Artigo desenho técnico

2.000 visualizações

Publicada em

Artigo: Desenho técnico nas empresas moveleiras
Professor: Fábio Redin
Disciplina: Desenho técnico
Aluna: Bianca Pizutti

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Artigo desenho técnico

  1. 1. O DESENHO TÉCNICO NAS EMPRESAS MOVELEIRASRESUMOO presente trabalho tem a intenção de mostrar a importância do desenho técnico emempresas, especificamente do ramo moveleiro. Como ele é utilizado na fabricação demóveis, o conhecimento que os profissionais do ramo têm se tratando principalmente desoftwares (que a principal função seria simplificar o trabalho na empresa, por seuscomandos relativamente fáceis de serem aprendidos e a alta resolução do mesmo).OBJETIVO GERALVisitar uma empresa (neste caso, do ramo moveleiro) e entender o funcionamento damesma. Qual a relação que ela tem com o desenho técnico e a metodologia usada nafabricação dos móveis.OBJETIVO ESPECÍFICOEstar ciente da importância da utilização do desenho técnico em empresas e doconhecimento dos profissionais da área para com os softwares.1. INTRODUÇÃOO desenho técnico é uma forma de expressão gráfica que tem por finalidade arepresentação de forma, dimensão e posição de objetos de acordo com asdiferentes necessidades requeridas pelas diversas modalidades de engenharia etambém da arquitetura.Utilizando-se de um conjunto constituído por linhas, números, símbolos eindicações escritas normalizadas internacionalmente, o desenho técnico é definidocomo linguagem gráfica universal da engenharia e da arquitetura.Assim como a linguagem verbal escrita exige alfabetização, a execução e ainterpretação da linguagem gráfica do desenho técnico exige treinamento específico,porque são utilizadas figuras planas (bidimensionais) para representar formasespaciais.Conhecendo-se a metodologia utilizada para elaboração do desenhobidimensional é possível entender e conceber mentalmente a forma espacialrepresentada na figura plana.Na prática pode-se dizer que, para interpretar um desenho técnico, énecessário enxergar o que não é visível e a capacidade de entender uma formaespacial a partir de uma figura plana é chamada visão espacial.2.DESENVOLVIMENTOA representação de objetos tridimensionais em superfícies bidimensionaisevoluiu gradualmente através dos tempos.No século XVII, por patriotismo e visando facilitar as construções defortificações, o matemático francês Gaspar Monge criou, utilizando projeções ortogonais,um sistema com correspondência biunívoca entre os elementos do plano e do espaço.O sistema criado por Gaspar Monge, publicado em 1795 com o título “GeometrieDescriptive” é a base da linguagem utilizada pelo Desenho Técnico.No século XIX, com a explosão mundial do desenvolvimento industrial, foinecessário normalizar a forma de utilização da Geometria Descritiva paratransformá-la numa linguagem gráfica que, a nível internacional, simplificasse acomunicação e viabilizasse o intercâmbio de informações tecnológicas.Desta forma, a Comissão Técnica TC 10 da International Organization forStandardization – ISO normalizou a forma de utilização da Geometria Descritivacomo linguagem gráfica da engenharia e da arquitetura, chamando-a de Desenho
  2. 2. Técnico.Nos dias de hoje a expressão “desenho técnico” representa todos os tipos dedesenhos utilizados pela engenharia incorporando também os desenhos não-projetivos (gráficos, diagramas, fluxogramas etc.).2.1 SOFTWARESHá muitos programas que podem ser utilizados, mas citarei os mais conhecidos econsequentemente mais usados. São eles:AutoCad - é um software do tipo CAD — computer aided design ou desenho auxiliado porcomputador É utilizado principalmente para a elaboração de peças de desenho técnicoem duas dimensões (2D) e para criação de modelos tridimensionais (3D). Além dosdesenhos técnicos, o software vem disponibilizando. É um dos mais utilizados porprofissionais da engenharia, arquitetura e design.Sketchup - Faz juz ao próprio nome, pois “Sketch” significa esboço, em inglês. Aexplicação disso se dá ao fato de muitos arquitetos o usarem para iniciar os projetos e osesboços de maquetes tridimensionais, até mesmo porque na fase inicial se pode alteraros dados muito fácil e rapidamente, como a forma, as cores, volumes.Promob - Já esse programa é muito usado nas empresas de móveis planejados. Eleassim como o Sketchup, somente suporta projetos em 3D. Mas tem recursosdiferenciados, não somente de criação, mas também gera orçamentos e as imagensficam tão próximas da realidade, que o cliente sai satisfeito. Além disso, diz- se ser umprograma de fácil aprendizado, melhorando ainda o andamento da empresa.2.2 CONHECIMENTO DO DESENHO TÉCNICONa indústria moveleira é essencial o conhecimento dos softwares da área para criaçãodos produtos. Apesar de hoje em dia ainda ser comum, pessoas que não têmconhecimento algum dos programas citados acima, se encontrarem trabalhando em lojasde móveis planejados, por exemplo, devido a facilidade das ferramentas encontradas nosmesmos. A tecnologia avançou tão rapidamente, que algumas gerações não conseguiramacompanhar tamanha evolução e as empresas lidam com isso todos os dias, tendo quecompreender a situação e muitas vezes, colocar um profissional capacitado, ensinar aoleigo.2.3 UTILIZAÇÃO DO DESENHO TÉCNICO NAS EMPRESAS MOVELEIRASComo pesquisado e visitado, percebe- se que as empresas, apesar do auxílio decomputadores com softwares de alta resolução e de fácil modelagem, ainda prefereminiciar o trabalho à mão. Assim que é expressada a idéia ao profissional, ele faz umesboço para demonstrar se está próximo daquilo o que o cliente deseja. Assim que tiverem mãos um esboço bidimensional (2D), e as medidas específicas, ele começa seutrabalho no software que se enquadra melhor, para aí então gerar o projeto tridimensional(3D), que no final será renderizado e ficará o mais próximo possível da realidade, paraque o cliente sinta que suas expectativas foram superadas.
  3. 3. 3. CONSIDERAÇÕES FINAISPrentedeu- se com o trabalho realizado, demonstrar de forma simples, como o desenhotécnico tem relação com a fabricação de móveis e o quanto os softwares estão evoluindoe agradando cada vez mais, tanto os profissionais quanto os clientes das empresas queos utilizam, facilitando o fechamento de negócios e o funcionamento das mesmas.4. REFERÊNCIASRIBEIRO, A. C. . CURSO DE DESENHO TÉCNICO. 1. ed. LORENA: EEL-USP, 2009. v.1. 466 p.WIKIPEDIA, a enciclopédia livre. AutoCAD/ Promob/ Sketchup

×