Parasitologia

2.658 visualizações

Publicada em

Slide de Parasitologia

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Parasitologia

  1. 1. Os ovos inférteis de Ascaris lumbricoides são alongados e reve lam citoplasma cheio de grânulos refringentes de aspecto gros- seiro. Medem de 80 a 90 micrômetros de comprimento. Ovo infértil de Ascaris lumbricoides: fêmeas não fecundadas podem eliminá-los; são incapazes de tornarem-se infectantes.
  2. 2. As fêmeas não fecundadas eliminam ovos inférteis (incapazes de evoluir no solo) assim caracterizados: mais alongados que os ovos férteis ou “nor mais” , revelam casca mais delgada e com a camada albuminosa muito re- duzida, irregular ou ausente. O citolasma dos ovos inférteis é granuloso e de aspécto grosseiro (foto). Estão presentes nas fezes de pacientes portadores de infestações causadas só por fêmeas ou quando estas são muito jóvens ou muito senís ou mesmo após administração de antihelmínticos indutores de teratogênese.
  3. 3. Ovo infértil de Ascaris lumbricoides: é mais alongado (80 a 90 micrôme- tros de comprimento), sendo dotado de casca mais delgada, com a cama- da albuminosa muito reduzida, irregular ou ausente.
  4. 4. Ovo de A.lumbricoides larvado e descorticado (tais ovos tornam-se trans- lúcidos ou mais claros devido à perda da sua córtex, revelando casca inter na dupla, lisa e refringente).
  5. 5. Ovos de Enterobius vermicularis: são inconfundíveis devido serem assimétricos, revelando uma das faces achatada e casca de duplo contorno transparente, permitindo visualizar-se uma larva no seu interior. Medem de 50 a 60 micrômetros de com- primento por 20 a 30 micrômetros de largura.
  6. 6. Ovo de Enterobius vermicularis
  7. 7. Caso raro de presença de verme adulto de E.vermicularis em amostra fecal de uma cri- ança (foto A) e detalhe da porção cefálica, re- velando as asas cervicais (foto B). Em ambas as fotos é possível observar o bulbo do esôfa- go (área dilatada do esôfago).
  8. 8. Ancylostomatidae
  9. 9. Larva rabditóide de Ancylostomidae: - dotada de esôfago rabditiforme (dividi do em 3 porções; corpo, istmo e bul- bo) - mede em média 250 micrômetros ( primeiro estádio), atingindo de 500 a 700 micrômetros ( segundo estádio) - notar vestíbulo bucal longo (seta) V.B Larva Ancy cylostomidae
  10. 10. bainha S A S A FilariformeRabditiformeAs larvas rabditóides (rabdi tiformes) dos Ancylostomi- dae e do Strongyloides pos- suem esôfago rabditiforme (diferenciado em corpo, íst- mo e bulbo posterio), me- dem 250 micrômetros (1/3 constitui o esôfago). Tais larvas alimentam-se ativa- mente no solo (ingerem bac térias), crescem e passam p/ nova muda, atingindo em média 500 a 700 micrôme- tros. vb: vestíbulo bucal pg: primórdio genital S: Strongyloides A: Ancylostomidae vb vb pg pg
  11. 11. larva rabditóide de ancilostomídeo Vestíbulo bucal longo larva rabditóide de Strongyloides Vestíbulo bucal curto Primórdio genital
  12. 12. cauda entalhada ou bifurcada Larva filarióide de S.stercoralis Larva filarióide de ancilostomídeo cauda ponteagu- da
  13. 13. primórdio genital Larvas filarióides de S.stercoralis Larva rabditóide de S.stercoralis
  14. 14. E s p o r ã o E s p i n h o
  15. 15. H.diminuta (sem filamentos polares e com 70 a 80 micrômetros de com- primento) H.nana (com filamentos pola res e medindo de 30 a 40 mi- crômetros de diâmetro)
  16. 16. Os ovos de Trichuris trichiura medem 50 micrômetros de com- primento por 25 mi- crômetros de largura Seu formato é de ban deja e têm duas sali- ências polares trans- parentes. Cada fêmea ovipõe, em média 200 a 300 ovos por grama de fe- zes.
  17. 17. Trichuris trichiura Ascaris lumbricoides (ovo decorticado) Ancylostomatidae Ovos de Nematoda
  18. 18. Os ovos de Trichuris trichiu ra ou Trichocephalus trichi- urus medem 50 x 25 micrô- metros, possuem forma de bandeja ou barril e duas sa liências polares transparen- tes. Taenia sp T. trichiura Ascaris lumbricoides Ancylostomidae
  19. 19. Gênero Trichuris T.trichiura T.vulpis

×