Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio

2.135 visualizações

Publicada em

Dra. Priscila Ferrari

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

Criofrequência - A sinergia entre Radiofrequência e Frio

  1. 1. CRIOFREQUÊNCIA: A Sinergia entre a Radiofrequência 1050w e frio -10graus Dra. Priscila Ferrari INSTAGRAM @pri_ferrari
  2. 2. :
 • : • : HISTÓRIA DA RADIOFREQUÊNCIA 2002 – 1º FDA para foto rejuvenescimento – Thermacool (monopolar
  3. 3. RADIOFREQUÊNCIA
  4. 4. RADIOFREQUÊNCIA APLICADA A FISIOTERAPIA
  5. 5. RADIOFRÊNCIA • Onda Eletromagnética; • Frequências entre 0,5MHz e 10GHz; • Penetração no tecido biológico subcutâneo (diretamente proporcional) • Absorção pelo tecido biológico – Calor
  6. 6. Uma corrente é formada quando as partículas carregadas fluem através do tecido. Quando a corrente é aplicada, o tecido apresenta uma impedância (resistência) à corrente. Corrente Tecido Energia Térmica
  7. 7. Dispositivos de Radiofrequência produzem corrente elétrica usando uma radiação eletromagnética na frequência de 3kHz a 300MHz (CONVERSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM ENERGIA TÉRMICA)
  8. 8. MECANISMO DE AÇÃO Desnaturação Colágeno • Espessamento e Contração das Fibras de Colágeno pela quebra das Pontes de Hidrogênio das triplas hélices da molécula do colágeno. • Contração do tecido subcutâneo por aquecimento septos compostos por colágeno Processo inflamatório • Neocolagenese. Mudança na estrutura e comprimento do colágeno induzem resposta de fibroblastos para a remodelação do colágeno a longo prazo
  9. 9. EFEITO BIOLÓGICO • Tratamento • da obesidade Drenagem linfática Eliminação de material de descarte Aumento do Metabolismo Estímulo do sistema imuneAumento Nutriicional Aumento do metabolismo Reposição de colágeno Aumento da Oxigenação Aumento do metabolismo ↓ ↓ ↓ ↓ ↓ Aumento da temperatura local até 40~42℃ Vasodilatação Aumento do fluxo sanguíneo.
  10. 10. GRÁFICO DE CURVAS DE COLÁGENO
  11. 11. EFEITO BIOLÓGICO DA RF - Promove a contração das fibras, tornando mais eficiente na sustentação da pele - Alteração das fibras colágenas (calibre, formato, etc.) - Resposta de termoregulação; - Estimula a Neocolagênese entre 40 a 45°C
  12. 12. TIPOS DE RF ● Monopolar; ● Unipolar; ● Bipolar; ● Tripolar; ● Hexapolar (Multipolar); ● Qual a diferença???
  13. 13. CRIOFREQUÊNCIA • O encontro das duas temperaturas • geram milhões de choques térmicos • garantindo o controle de temperatura, • dispensando o uso termómetro, porque • é frio todo o tempo na epiderme . • Estes avanços desenvolvidos pelo • departamento de pesquisa da Body Health garantem a segurança resultados imediatos e efetivos.
  14. 14. Tecnologia do aplicador • O aplicador se diferencia por ter 3 tecnologias que podem ser aplicadas simulltaneamente e somadas chegam a 1050 watts de potência. • MULTIPOLAR - com 6 polos que cruzam entre si; • MONOPOLAR - com um polo central e outro paciente; • SISTEMA CRIO - que gera temperaturas até –10 graus
  15. 15. MONOPOLAR Com 400w de potência a RF monopolar age mais profundo, e o tecido adiposo absorve mais energia . Assim o tratamento para gordura localizada é mais eficiente, causando lipólise em todos os tecidos onde temos excesso gordura.
  16. 16. MULTIPOLAR • Com 650w de potência - arcos cruzados - a tecnologia permite o controle da profundidade • Possui frequências diferentes para cada tipo de tratamento. • High a nível de derme 5,5 mm ( face) • Média 7,5 mm (papada,colo, seio) • Low e Mix 12 mm (corpo)
  17. 17. CRIOFREQUÊNCIA • Esta terapia íntegra muito mais tecnología que qualquer outra radio frequência. • Entrega de maneira condutiva até (-) menos 10 graus desde o aplicador até a derme e simultaneamente, 1050w de onda eletro magnética que como qualquer radio frequência gera calor por converção.
  18. 18. DIFERENÇA ENTRE: - Radiofreqüência - Criolipólise - Criofrequência
  19. 19. DIFERENÇA:
 CRIOLIPÓLISE X CRIOFREQUÊNCIA A Criolipólise apresentada no Meeting da Academia Americana de Dermatologia 2009 apenas usa frio como terapia, chegando a congelar os adipócitos, após este processo a uma eliminação gradativa de 2 a 3 meses para se ver o resultado final, sendo assim uma terapia diferente da proposta pela Criofrequência.
  20. 20. Indicações: Multipolar+Monopolar • FLACIDEZ FACIAL • FLACIDEZ CORPORAL • ENVELHECIMENTO PELE • CELULITE e LIPODISTROFIA GINÓIDE • ADIPOSIDADE LOCALIZADA
  21. 21. BENEFÍCIOS: MONOPOLAR+MULTIPOLAR • Reduz volume e modela corpo. • Previne celulite e a gordura localizada. • Se pode aplicar em qualquer fototipo. • Se pode aplicar em qualquer época do ano. • Não requer hospitalização, nem tempo de repouso. • Mais resultado em menos tempo. • Sessões rápidas, seguras, NÃO INVASIVAS e com resultados imediatos e duradouros.
  22. 22. BENEFÍCIOS: MONOPOLAR+MULTIPOLAR • Lifting instantâneo e duradouro; • Estimulação de colágeno e elastina; • Rejuvenecimento da pele; • Combate ao mesmo tempo a gordura e a flacidez; • Promovendo lipólise e favorecendo drenagem e combate celulite.
  23. 23. POR QUE É UMA TERAPIA DIFERENTE? • É extremanente confortável, podendo ser usada por pessoas que tem intolerância ao calor.(ex. Rosáceas ,Melasmas) Imagem termográfica
  24. 24. PATOLOGIAS A TRATAR: LIPODISTROFIA GINÓIDE (CELULITE) E ADIPOSIDADE LOCALIZADA • EFEITOS QUE PRODUZ: • Estimula a microcirculação • Favorece sistema linfático • Disponibiliza gordura para ser utilizada • Maior oxigenação • Diminuição celulite
  25. 25. • RESULTADOS OBTIDOS: • Alívio de dores devido a problemas circulatórios • Lipólise • Melhora tonicidade e aspecto pele • Diminuição de medidas PATOLOGIAS A TRATAR: LIPODISTROFIA GINÓIDE (CELULITE) E ADIPOSIDADE LOCALIZADA
  26. 26. ZONAS DE APLICAÇÃO • Abdômen • Flancos • Glúteos • Pernas • Braços • Face • Colo • Intercostal
  27. 27. CONTRAINDICAÇÕES • Marcapassos • Câncer de pele • Gravidez • Implantes (metálicos/silicone) na área tratar (monopolar) • Corticóides • Epilepsia • Lesões primárias e secundarias da pele
  28. 28. APLICAÇÃO DO TRATAMENTO • 6 a 8 sessões, dependendo da quantidade de tecido adiposo da àrea a tratar e o estado da pele. • Tempo 20 minutos por área. • Potencias entre 70 e 85 % para obter os resultados esperados. • Toma de medidas. APLICAÇÃO DO PRODUTO CONDUTIVO • Glicerina • Gel condutivo • Cremes para Radiofrequência
  29. 29. ANALISE LABORATORIAL • Análise das mudanças estruturais após o tratamento de Criofrequência no tecido subcutâneo observado através de ultra-sonografia (2-5MZ) e microscopia. • As mudanças são quantitativas e qualitativas. • Quantitativa: Distâncias entre derme e banda de tecido fibroso entre derme e muscular. Com diminuição do tecido adiposo. • Qualitativa: Tiro panorâmico para medir a quantidade, espessura, qualidade de bandas fibrosas.
  30. 30. ECOGRAFIA Imagem do abdomem do paciente antes do tratamento com criofrequência, é notavel que o tecido conjuntivo está disperso e desorganizado. Depois de 25 dias após 45 min de tratamento de criofrequência. O tecido gorduroso superficial diminuiu 37% e o tecido conectivo está mais espesso, alinhado e uniforme; e novas fibras de colágeno.
  31. 31. ECOGRAFIA Imagem do abdomem antes do tratamento de Criofrequência. Imagen do abdomem após 45 min de tratamento com Criofrequência, observe a marcação clara da diminuição do tecido gorduroso.
  32. 32. 6 SESSÕES DE CRIOFREQUÊNCIA Após 20 dias mesmo nas férias a cliente manda foto com resultados ainda melhores.
  33. 33. 3 SESSÕES DE CRIOFREQUÊNCIA ANT ES DEPOIS
  34. 34. 1 SESSÃO DE 10 MIN. CRIOFREQUÊNCIA
  35. 35. 6 SESSÕES DE 80 MIN.CRIOFREQUÊNCIA
  36. 36. 2 SESSÕES DE CRIOFREQUÊNCIA ANTES DEPOIS
  37. 37. 8 SESSÕES - CRIOFREQUÊNCIA
  38. 38. 3 SESSÕES DE CRIOFREQUÊNCIA
  39. 39. 3 SESSÕES DE CRIOFREQUÊNCIA ANTES DEPOIS
  40. 40. 6 SESSÕES DE CRIOFREQUÊNCIA
  41. 41. 3 SESSÕES DE CRIOFREQUÊNCIA
  42. 42. 2 SESSÕES DE CRIOFREQUÊNCIA ANTES DEPOIS
  43. 43. Obrigado! Dra. Priscila Ferrari INSTAGRAM @pri_ferrari

×