Causas da perda da Audição 
A maior parte surdez ocorre nos primeiros anos 
de vida, a maioria das vezes é genético ou com...
A perda auditiva sensorioneural responde por 90% 
dos déficits auditivos nos adultos. Deve-se a lesão 
nas células ciliada...
significativa o suficiente para afetar sua capacidade 
de ouvir os sons do cotidiano. 
Exposição a ruído tanto de forma sú...
Surdez por perda Condutiva é o resultado de dano 
ou bloqueio das partes móveis do ouvido. Os ossos 
saudáveis de uma orel...
entender. 
Surdo e Cego é a condição onde ocorrem ambos as 
condições para os surdos e cegos. Os indivíduos que 
são surdo...
decibéis. Aparelho ou prótese auditiva pode ser 
necessária. 
Perda Auditiva Severa: 
A incapacidade de ouvir sons abaixo ...
decibéis. Aparelho ou prótese auditiva pode ser 
necessária. 
Perda Auditiva Severa: 
A incapacidade de ouvir sons abaixo ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Perda de audição

310 visualizações

Publicada em

Trabalhode escola

Publicada em: Carreiras
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
310
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Perda de audição

  1. 1. Causas da perda da Audição A maior parte surdez ocorre nos primeiros anos de vida, a maioria das vezes é genético ou com causas perinatais. A surdez também pode ocorrer como resultado de infecções do ouvido médio (otite média), que são mais comuns em crianças. Também é possível adquirir surdez com o decorrer da vida, por doenças ou lesões traumáticas. Como adicional a perda auditiva é parte comum do processo de envelhecimento, especialmente em homens. As principais causas das perdas condutivas são: Otite média Otosclerose Perfuração da membrana timpânica Fratura dos ossos da orelha média Bloqueio temporário da orelha externa por alergias, infecções, rolha de cera, etc.
  2. 2. A perda auditiva sensorioneural responde por 90% dos déficits auditivos nos adultos. Deve-se a lesão nas células ciliadas da cóclea e o som não consegue mais estimular essas estruturas e conseqüentemente não é transmitido às vias auditivas para poder atingir o cérebro, onde o som é processado. Uma vez danificadas, via de regra, as células ciliadas não podem ser recuperadas, o que torna esse tipo de perda auditiva permanente. Nesse tipo de perda, na maioria dos casos, os aparelhos auditivos são a escolha de tratamento. As principais causas de perda sensorioneural são: Problemas genéticos, que são a principal causa desse tipo de perda auditiva. Presbiacusia, que é a perda comum ao processo natural de envelhecimento. Na faixa etária de 60 a 65 anos de idade, estima-se que aproximadamente 30% das pessoas têm uma perda auditiva
  3. 3. significativa o suficiente para afetar sua capacidade de ouvir os sons do cotidiano. Exposição a ruído tanto de forma súbita como em uma explosão, quanto de forma contínua como nos trabalhadores expostos a ruído ocupacional. Ototoxicidade, que é o dano causado por medicamentos que agridem a estrutura do ouvido interno. Traumas que levem a ferimentos na cabeça. Infecções como a rubéola durante a gravidez, caxumba, meningite. Problemas durante o trabalho de parto ou logo após ele, como falta de oxigenação temporária, infecções bacterianas, icterícia, etc. A Perda Auditiva Mista se caracteriza pela associação das duas causas de perda auditiva, ou seja, uma combinação da perda auditiva condutiva e sensorioneural. Classificações da perda de audição
  4. 4. Surdez por perda Condutiva é o resultado de dano ou bloqueio das partes móveis do ouvido. Os ossos saudáveis de uma orelha interna, os ossículos: martelo, bigorna e estribo vibrão em resposta a sons. Certas doenças ou lesões podem levar à incapacidade destes ossos vibrarem adequadamente, impedindo a detecção das informações sonoras. Surdez do nervo (Surdez Da Cóclea ou do Nervo Auditivo ) ocorre quando o nervo auditivo está danificado, impedindo assim a obtenção de informações auditivas para o cérebro. Os ossos do ouvido interno podem vibrar corretamente mas os nervos são incapazes de transmitir essa informação adequada mente para o cérebro. Som alto - perda auditiva é como o próprio nome indica, a perda da capacidade de ouvir tons altos. Uma das mais importantes conseqüências sociais é que vozes femininas são mais difíceis de compreender. Som baixo - perda auditiva é a incapacidade de ouvir tons baixos. Vozes masculinas são difíceis de ouvir e
  5. 5. entender. Surdo e Cego é a condição onde ocorrem ambos as condições para os surdos e cegos. Os indivíduos que são surdos-cegos muitas vezes se comunicam com a linguagem gestual, mas devem ser capazes de perceber os sinais que a outra pessoa está fazendo, essencialmente através da exploração das mãos enquanto a outra pessoa conversar. Ao acessar o conteúdo da web, eles geralmente utilizam Browser em Braille, dispositivos que lhes permitem o acesso de todos os conteúdos textuais da página web, incluindo texto alternativo para imagens. Graus de perda auditiva Perda Auditiva Leve: A incapacidade de ouvir sons abaixo de 30 decibéis. Discursos podem ser de difícil audição especialmente se estiverem presentes ruídos de fundo. Perda Auditiva Moderada: A incapacidade de ouvir sons abaixo de cerca de 50
  6. 6. decibéis. Aparelho ou prótese auditiva pode ser necessária. Perda Auditiva Severa: A incapacidade de ouvir sons abaixo de cerca de 80 decibéis. Próteses auditivas são úteis em alguns casos, mas são insuficientes em outros. Alguns indivíduos com perda auditiva severa se comunicam principalmente através de linguagem gestual, outros contam com uso das técnicas de leitura labial. Perda Auditiva Profunda: A ausência da capacidade de ouvir, ou a incapacidade de ouvir sons abaixo de cerca de 95 decibéis. Tal como aqueles com perda auditiva severa, alguns indivíduos com perda auditiva profunda se comunicam principalmente através de linguagem gestual, outros com uso das técnicas de leitura labial.
  7. 7. decibéis. Aparelho ou prótese auditiva pode ser necessária. Perda Auditiva Severa: A incapacidade de ouvir sons abaixo de cerca de 80 decibéis. Próteses auditivas são úteis em alguns casos, mas são insuficientes em outros. Alguns indivíduos com perda auditiva severa se comunicam principalmente através de linguagem gestual, outros contam com uso das técnicas de leitura labial. Perda Auditiva Profunda: A ausência da capacidade de ouvir, ou a incapacidade de ouvir sons abaixo de cerca de 95 decibéis. Tal como aqueles com perda auditiva severa, alguns indivíduos com perda auditiva profunda se comunicam principalmente através de linguagem gestual, outros com uso das técnicas de leitura labial.

×