Levantamento da ASSOCON Sobre o Sistema de Produçãoem Confinamento no Brasil.Realização:Apoio:                            ...
1 – INTRODUÇÃO      Há 7 anos, a Associação Nacional dos Confinadores – ASSOCON vemrepresentando as práticas do confinamen...
Entre os meses de março e junho de 2012 a Associação Nacional dosConfinadores – ASSOCON levantou informações sobre a ativi...
Os dados apurados mostram que 8% dos confinamentos foram responsáveis em2010 por 55% do total confinado e 92% dos confinam...
produção de 25.652 a 76.904 animais, perfazendo uma produção média deaproximadamente 55 mil animais (FIGURA 3).QUADRO 3. E...
FIGURA 2. Volume de gado confinado por faixa de produção de bovinos engordadosem 2010. 100%                               ...
A região Centro-Oeste concentrou a produção de 62,78% de bovinos confinadosem 2010 e os 5 principais estados no Brasil (GO...
QUADRO 4. Distribuição da produção de animais e quantidade de confinamentos porestado no ano de 2010.         Estado      ...
A menor e maior produção de gado confinado em 2011 foi de 22 e 100.000animais, respectivamente. A produção média nas propr...
Somente 1,4% dos confinamentos (12 unidades de engorda) em 2011produziram 660.953 animais (20% do total). Essas 12 proprie...
Assocon - Censo 2012
Assocon - Censo 2012
Assocon - Censo 2012
Assocon - Censo 2012
Assocon - Censo 2012
Assocon - Censo 2012
Assocon - Censo 2012
Assocon - Censo 2012
Assocon - Censo 2012
Assocon - Censo 2012
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Assocon - Censo 2012

1.439 visualizações

Publicada em

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.439
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
531
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Assocon - Censo 2012

  1. 1. Levantamento da ASSOCON Sobre o Sistema de Produçãoem Confinamento no Brasil.Realização:Apoio: 0
  2. 2. 1 – INTRODUÇÃO Há 7 anos, a Associação Nacional dos Confinadores – ASSOCON vemrepresentando as práticas do confinamento bovino no país. Com o apoio de seusassociados, incentiva a produção de maior volume e qualidade. Para isso, agrupaconfinadores de todo o país a fim de viabilizar negócios, buscar novas técnicas etrabalhar por uma maior representatividade junto a órgãos públicos e privados. As atividades da ASSOCON estão baseadas em três pilares:  Representação institucional – para defesa dos interesses dos confinadores em assuntos que impactam direta ou indiretamente a produção de gado confinado.  Comercial – acordos comerciais com empresas fornecedoras de insumos ou frigoríficos que resultem em benefícios diretos aos associados.  Técnico – boletins informativos sobre o mercado agropecuário, programa de fomento às boas práticas em confinamento, cursos de capacitação de mão de obra, Interconf e outros eventos oferecidos aos confinadores associados e seus colaboradores. Um dos trabalhos técnicos da ASSOCON é o acompanhamento do sistema deconfinamento através de pesquisas maiores, realizadas com auxílio de outrasentidades e empresas. Nesse ínterim, em 2007 foi realizado o Censo de Confinadoresdo estado de Goiás, em 2008 o Censo de Confinadores do estado do Mato Grosso eem 2009 o Censo de Confinadores do estado de São Paulo. Em 2012 um projeto maisambicioso foi realizado, um mapeamento da atividade em todo o Brasil. Os objetivos desse trabalho foi de mensurar o número de participantes naprodução de bovinos de corte em sistema de confinamento em todo o Brasil, avaliar ocomportamento dos responsáveis pelas propriedades sob diversos aspectos ligados àatividade, gerar informações relevantes para o desenvolvimento desse segmento eauxiliar a ASSOCON em seu trabalho de representar os produtores de gado que seutilizam do sistema de terminação em confinamento. 1
  3. 3. Entre os meses de março e junho de 2012 a Associação Nacional dosConfinadores – ASSOCON levantou informações sobre a atividade de confinamento debovinos de corte em diversos estados brasileiros. A partir de informações da ASSOCON e de outras cedidas pelas empresas:Casale, MSD Saúde Animal e Nutron, foi possível montar um cadastro inicial com 1.568contatos de confinadores. Após um trabalho de validação dessas informações chegou-se em um cadastro limpo de 1.348 contatos (QUADRO 1). O Censo de Confinamento da ASSOCON foi dividido em duas etapas: - 1ª etapa: contato telefônico – do total de 1.348 contatos, obtivemos 877respostas (confinamentos válidos). - 2ª etapa: questionário website – enviado para 877 confinadores e obteve-se119 questionários iniciados, dos quais 62 foram terminados.QUADRO 1. Contatos realizados.Cadastro inicial fornecido pelas empresas + ASSOCON 1.568Cadastro final 1.3481ª etapa - Nº de confinamentos com resposta via telefone 8772ª etapa - Questionários iniciados na web 1192ª etapa - Questionários terminados na web 622 – RESULTADOS2.1 – 1ª ETAPA : Telefone2.1.1 – Ano 2010 Em 2010 foram confinados aproximadamente 2,1 milhões de animais por 579confinadores (QUADRO 2). Os outros 298 pecuaristas não utilizaram ou não possuíaminstalações de confinamento em 2010. A menor e maior produção de gado confinado em 2010 foi de 24 e 76.904animais, respectivamente. A produção média nas propriedades foi de 3.554 animais(QUADRO 2). 2
  4. 4. Os dados apurados mostram que 8% dos confinamentos foram responsáveis em2010 por 55% do total confinado e 92% dos confinamentos responsáveis por 45% dovolume produzido (FIGURA 1).QUADRO 2. Resultados gerais de 2010. Confinamentos válidos¹Nº de confinamentos 579Total de gado confinado 2.057.488Menor confinamento 24Maior confinamento 76.904Nº de animais confinados / propriedade 3.554¹ do total de 877 que responderam questionário via telefoneFIGURA 1. Distribuição da produção de gado confinado em 2010. 1.128.998 928.490 55% 45% 533 confinamentos (92%) 46 confinamentos (08%) Em 2010 aproximadamente 77% dos confinamentos (448 unidades de engorda)foram responsáveis por 457.802 animais produzidos (22% do total) com uma média deanimais / propriedade de 1.022 bovinos confinados (QUADRO 3 e FIGURA 2). Somente 2% dos confinamentos (11 unidades de engorda) em 2010 produziram498.904 animais (24% do total). Essas 11 propriedades situavam-se entre a faixa de 3
  5. 5. produção de 25.652 a 76.904 animais, perfazendo uma produção média deaproximadamente 55 mil animais (FIGURA 3).QUADRO 3. Estratificação da engorda de gado confinado por faixa de produção dosconfinamentos em 2010. Faixa de Nº de Volume de F.A.A¹ F.R.P² F.R.P.A³ produção confinamentos gado 2010 24 3.230 448 457.802 457.802 22,3% 22% 3.231 6.433 63 300.388 758.190 14,6% 37% 6.434 9.636 22 170.300 928.490 8,3% 45% 9.637 12.839 8 89.000 1.017.490 4,3% 49% 12.840 16.042 7 105.000 1.122.490 5,1% 55% 16.043 19.245 3 53.566 1.176.056 2,6% 57% 19.246 22.448 9 188.328 1.364.384 9,2% 66% 22.449 25.651 8 194.200 1.558.584 9,4% 76% 25.652 28.854 2 55.000 1.613.584 2,7% 78% 28.855 32.057 1 30.000 1.643.584 1,5% 80% 35.261 38.463 2 73.000 1.716.584 3,5% 83% 38.464 41.666 1 40.000 1.756.584 1,9% 85% 41.667 44.869 1 43.000 1.799.584 2,1% 87% 44.870 48.072 1 48.000 1.847.584 2,3% 90% 64.088 67.290 1 65.000 1.912.584 3,2% 93% 67.291 70.494 1 68.000 1.980.584 3,3% 96% 73.698 76.904 1 76.904 2.057.488 3,7% 100% 579 2.057.488 100,0%¹ Frequência Acumulada Absoluta.² Frequência Relativa Percentual.³ Frequência Relativa Percentual Acumulada 4
  6. 6. FIGURA 2. Volume de gado confinado por faixa de produção de bovinos engordadosem 2010. 100% 459.000 456.000 453.000 450.000 447.000 457.802 100% 444.000 441.000 95% 438.000 435.000 432.000 429.000 96% 426.000 423.000 420.000 417.000 90% 414.000 93% 411.000 408.000 405.000 402.000 399.000 90% 396.000 393.000 85% 390.000 387.000 87% 384.000 381.000 378.000 85% 375.000 372.000 369.000 80% 83% 366.000 363.000 360.000 357.000 354.000 80% 351.000 348.000 75% 345.000 78% 342.000 339.000 336.000 333.000 70% 76% 330.000 327.000 324.000 321.000 318.000 315.000 312.000 309.000 306.000 303.000 300.000 65% 297.000 294.000 291.000 66% 288.000 300.388 285.000 282.000 279.000 60% 276.000 273.000 270.000 267.000 264.000 261.000 258.000 255.000 55% 252.000 249.000 57% 246.000 243.000 240.000 237.000 55% 234.000 231.000 50% 228.000 225.000 222.000 219.000 216.000 213.000 49% 210.000 45% 207.000 204.000 37% 201.000 198.000 195.000 192.000 40% 45% 189.000 186.000 183.000 194.200 180.000 177.000 188.328 174.000 171.000 168.000 165.000 162.000 35% 159.000 170.300 156.000 153.000 150.000 147.000 144.000 141.000 30% 138.000 135.000 132.000 129.000 126.000 123.000 120.000 55.000 117.000 53.566 25% 114.000 111.000 48.000 108.000 43.000 105.000 40.000 102.000 99.000 96.000 93.000 30.000 20% 105.000 90.000 87.000 22% 84.000 81.000 78.000 89.000 75.000 72.000 15% 69.000 66.000 76.904 73.000 63.000 65.000 68.000 60.000 57.000 54.000 51.000 48.000 10% 45.000 42.000 39.000 36.000 33.000 30.000 27.000 5% 24.000 21.000 18.000 15.000 12.000 9.000 6.000 3.000 0% 0 3.230 6.433 9.636 12.839 16.042 19.245 22.448 25.651 28.854 32.057 38.463 41.666 44.869 48.072 67.290 70.494 76.904 24 3.231 6.434 9.637 12.840 16.043 19.246 22.449 25.652 28.855 35.261 38.464 41.667 44.870 64.088 67.291 73.698 Volume de gado 2010 F.R.P.AFIGURA 3. Números de confinamentos por faixa de produção de bovinos engordadosem 2010. 100% 500 490 99% 99% 100% 100% 100% 480 95% 448 98% 98% 99% 99% 99% 470 95% 97% 460 90% 93% 95% 450 85% 92% 440 430 88% 420 410 80% 400 390 380 75% 77% 370 360 70% 350 340 330 65% 320 310 60% 300 290 280 55% 270 260 50% 250 240 230 45% 220 210 40% 200 190 180 35% 170 160 30% 150 140 130 25% 120 110 20% 100 90 15% 63 80 70 60 10% 50 22 40 5% 8 7 3 9 8 2 1 2 1 1 1 1 1 1 30 20 10 0% 0 3.230 6.433 9.636 12.839 16.042 19.245 22.448 25.651 28.854 32.057 38.463 41.666 44.869 48.072 67.290 70.494 76.904 24 3.231 6.434 9.637 12.840 16.043 19.246 22.449 25.652 28.855 35.261 38.464 41.667 44.870 64.088 67.291 73.698 Nº de confinamentos 2010 F.R.P.A 5
  7. 7. A região Centro-Oeste concentrou a produção de 62,78% de bovinos confinadosem 2010 e os 5 principais estados no Brasil (GO, SP, MT e MS) concentraram ovolume de 92,40% do total engordado (FIGURA 4). A região Centro-Oeste também concentrou o maior número de unidades deengorda, 527 propriedades, entretanto somente 355 declararam que produziram gadoem sistema de confinamento, ou seja, ociosidade de quase 33% na principal regiãoprodutora de gado confinado (QUADRO 4).FIGURA 4. Distribuição da produção de gado confinado em 2010. Goiás - 34,25% São Paulo - 20,56% Mato Grosso - 19,67% Minas Gerais - 9,06% Mato Grosso do Sul - 8,86% Rondônia - 3,51% Paraná - 1,86% Tocantins - 1,48% Demais estados - 0,75%Volume total em 2010: 2.057.488 animais. 6
  8. 8. QUADRO 4. Distribuição da produção de animais e quantidade de confinamentos porestado no ano de 2010. Estado Volume Nº de confinamentos válidos¹Goiás 34,25% 219São Paulo 20,56% 109Mato Grosso 19,67% 73Minas Gerais 9,06% 56Mato Grosso do Sul 8,86% 63Rondônia 3,51% 9Paraná 1,86% 20Tocantins 1,48% 10Bahia 0,19% 3Rio Grande do Norte 0,15% 1Rio Grande do Sul 0,11% 3Ceará 0,07% 3Pará 0,07% 3Pernambuco 0,05% 2Rio de Janeiro 0,05% 2Maranhão 0,03% 2Sergipe 0,03% 1Espírito Santo 0,00% 0Santa Catarina 0,00% 0Total 2.057.488 579¹ Do total de 877 que responderam questionário via telefone2.1.2 – Ano 2011 Em 2011 foram confinados aproximadamente 3,4 milhões de animais por 829confinadores (QUADRO 5) e 48 pecuaristas não utilizaram ou não possuíaminstalações de confinamento em 2011. O volume confinado em 2011 foi 63% superior ao total apurado em 2010. Aquantidade de unidades de engorda que produziram animais também aumentou, 43%,250 estabelecimentos a mais que em 2010. 7
  9. 9. A menor e maior produção de gado confinado em 2011 foi de 22 e 100.000animais, respectivamente. A produção média nas propriedades foi de 3.472 animais(QUADRO 5). Os dados apurados mostram que 8% dos confinamentos foram responsáveis em2011 por 52% do total confinado enquanto 92% dos confinamentos responsáveis por48% do volume produzido (FIGURA 5).QUADRO 5. Resultados gerais de 2011. Confinamentos válidos¹Nº de confinamentos 829Total de gado confinado 3.360.906Menor confinamento 22Maior confinamento 100.000Nº de animais confinados / propriedade 4.054¹ do total de 877 que responderam questionário via telefoneFIGURA 5. Distribuição da produção de gado confinado em 2011. 1.732.213 1.628.693 52% 48% 761 confinamentos (92%) 68 confinamentos (08%) Em 2011 aproximadamente 74% dos confinamentos (612 unidades de engorda)foram responsáveis por 676.677 animais produzidos (20% do total) com uma média deanimais / propriedade de 1.106 bovinos confinados (QUADRO 6 e FIGURA 6). 8
  10. 10. Somente 1,4% dos confinamentos (12 unidades de engorda) em 2011produziram 660.953 animais (20% do total). Essas 12 propriedades situavam-se entre afaixa de produção de 31.282 a 100.749 animais, perfazendo uma produção média deaproximadamente 66 mil animais (FIGURA 7).QUADRO 6. Estratificação da engorda de gado confinado por faixa de produção dosconfinamentos em 2011. Nº de Volume de Faixas confinamentos 2011 gado 2011 F.A.A¹ F.R.P² F.R.P.A³ 22 3.494 612 676.677 676.677 20,1% 20% 3.495 6.968 91 445.516 1.122.193 13,3% 33% 6.969 10.441 58 506.500 1.628.693 15,1% 48%10.442 13.915 14 167.793 1.796.486 5,0% 53%13.916 17.388 7 108.401 1.904.887 3,2% 57%17.389 20.861 13 245.566 2.150.453 7,3% 64%20.862 24.335 13 292.500 2.442.953 8,7% 73%24.336 27.808 2 51.000 2.493.953 1,5% 74%27.809 31.281 7 206.000 2.699.953 6,1% 80%31.282 34.755 1 33.299 2.733.252 1,0% 81%34.756 38.228 3 110.000 2.843.252 3,3% 85%41.703 45.175 1 42.600 2.885.852 1,3% 86%45.176 48.648 1 46.000 2.931.852 1,4% 87%52.123 55.595 1 55.000 2.986.852 1,6% 89%55.596 59.068 1 57.150 3.044.002 1,7% 91%66.016 69.489 1 68.000 3.112.002 2,0% 93%69.490 72.962 1 72.000 3.184.002 2,1% 95%76.436 79.909 1 76.904 3.260.906 2,3% 97%97.277 100.749 1 100.000 3.360.906 3,0% 100% 829 3.360.906 100,0%¹ Frequência Acumulada Absoluta.² Frequência Relativa Percentual.³ Frequência Relativa Percentual Acumulada 9

×