121121 08-wbeef-marcas-marcia-dutra-de-barcellos

335 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
335
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
90
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

121121 08-wbeef-marcas-marcia-dutra-de-barcellos

  1. 1. Marcia Dutra de Barcellos
  2. 2. Marcia Dutra de Barcellos LEIA O TEXTO ABAIXO, POR FAVOR!!  De aorcdo com uma pqsieusa de uma uinrvesiddae ignlsea, não ipomtra a odrem plea qaul as lrteas de uma plravaa etãso, a úncia csioa iprotmatne é que a piremria e útmlia lrteas etejasm no lgaur crteo.  Cosiruo, não é? 3
  3. 3. Marcia Dutra de BarcellosO Comportamento de Compra
  4. 4. Marcia Dutra de BarcellosO consumidor
  5. 5. Marcia Dutra de Barcellos  Supermercado x açougue, alta frequência de consumo, compra por que gosta, carne para churrasco: ocasião especial, social  Busca de Informações na embalagem −  Data de validade, certificação de qualidade, inspeção, muito importantes −  Alimentação, raça e sexo, são pouco importantes neste momento −  Papel do açougueiro e familiares/amigos  Avaliação das alternativas −  Maciez, sabor, cor  Decisão de compra −  Carne é um produto caro, mas há disposição ao pagamento por qualidade −  Disposição ao pagamento por carne natural, orgânica (livre de agrotóxicos, resíduos, aditivos, ambientalmente correta, etc.)
  6. 6. Marcia Dutra de BarcellosBeef Lovers: Um Estudo Cross-Cultural sobre oComportamento de Consumo de Carne Bovina (De Barcellos,2007)
  7. 7. Marcia Dutra de BarcellosEmoções Antecipadas e Envolvimento
  8. 8. No consumption Não consumo Consumo controlado Cautious Estratégias do consumidorFalta de conhecimento consciente Uso de marcas e selos Fonte: Verbeke et al., 2010, De Barcellos et al., 2011
  9. 9. Introdução•  O ser humano... •  é racional •  é emocional •  é complexo •  é gregário •  é contraditório
  10. 10. Marcia Dutra de Barcellos Se por um lado vemos...-  Pressões de tempo: conveniência e serviços-  Alta conectividade, stress, velocidade-  Comer e beber: “on-the-go”, “on the move”, “takeaway”, “fast food”
  11. 11. Por outro lado aumenta a demanda por...-  Saúde & Bem-Estar-  Beleza e cuidados com o corpo-  Alimentos saudáveis (naturalmente, funcionais)-  Certificações-  Requinte e sofisticação-  MARCAS
  12. 12. Marcia Dutra de BarcellosThe Total Food Quality Model, Grunert et al., 1996
  13. 13. Marcia Dutra de Barcellos Definição de MarcaUS$ 77,8 bilhões US$ 69,7 US$ 76,5 bilhões US$ 75,5 bilhões bilhões +26% +129%
  14. 14. Marcia Dutra de Barcellos Marcas para Classe C  A classe C, em sete anos (2005-2011), passou de 34% para 54% da população ou seja 103.054.685 pessoas (O Observador Brasil 2012)  Marcas preferidas (Data Popular, 22 mil pessoas, Agosto 2012) −  46% NÃO TEM
  15. 15. Marcia Dutra de Barcellos A Nova Realidade Econômica  O número de milionários no Brasil cresceu 6,2% em 2011 em relação ao ano anterior e chegou a 165.000. A quantidade mantém o país na 11ª posição do ranking global de países com maior número de milionários (World Wealth Report, 2012)  A classe AB ganhou 9,2 milhões de pessoas entre 2003 e 2011, deve ter um aumento de mais 7,7 milhões de brasileiros entre 2012 e 2014. Até 2014, essa expansão será 29,3%, enquanto a classe C crescerá 11,9% (FGV, 2012).  Mudança de paradigma: de QUANTIDADE para QUALIDADE
  16. 16. Marcia Dutra de BarcellosMARCAS GLOBAIS X LOCAIS
  17. 17. Marcia Dutra de Barcellos
  18. 18. Marcia Dutra de Barcellos Pesquisa “Os Consumidores Conscientes e o Desenvolvimento de Produtos Eco-Inovadores no Setor de Alimentos”“Kôrin: A galinha dos ovos de ouro” A marca produz cerca de 8 mil toneladas de carne de frango e 6,5milhões de ovos por ano. Crescimento de 23% aa. Certified Humane, ECOCERT, Free range, sem ATB,sem promotores de crescimento. Rio+20
  19. 19. Marcia Dutra de Barcellos Que imagem queremos para as marcas de carne do Brasil?  Brasil: celeiro do mundo (Samba Enredo da Vila Isabel RIO 2013). Inevitável aumento do consumo global.  O mundo quer preservar a natureza, logo, necessitamos de sistemas eficientes de produção de carne bovina.  Mercado de carne certificada (que dá GARANTIA às marcas) é ainda incipiente no Brasil (500.000 animais, de um abate de 40 milhões?)  Porém, existe muito espaço para o crescimento de marcas globais e regionais em carne Bovina (IGs, raças, indústria, marcas próprias varejo e fazendas, etc.)
  20. 20. Marcia Dutra de Barcellos Os Desafios  A maioria dos consumidores brasileiros tem pouco conhecimento sobre os métodos de produção e são ainda muito indiferentes.  Mas isso está mudando, e precisamos trabalhar na cadeia produtiva da carne com transparência, seriedade e comprometimento com a qualidade.  Existem diferentes mercados para diferentes clientes (o desafio da segmentação e posicionamento)
  21. 21. Marcia Dutra de Barcellos A evolução dos NegóciosOrientação Orientação Orientação para o para para o produto vendas mercado 22
  22. 22. Marcia Dutra de BarcellosA Evolução dos Negócios Valor Compartilhado com a Sociedade
  23. 23. Mensagem Final"A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original." (Albert Einstein)Obrigada!Marcia Dutra de Barcellosmdbarcellos@ea.ufrgs.brhttp://lattes.cnpq.br/5277492107669504

×