n  Produtor Rural            n   Sergio Dornelles Leães     n   Sócio Proprietário e Administradorn   Fazenda Tarumã e Bom...
Sistema Bom Verde deTerminação Intensiva de    Bovinos a Pasto
Fazenda Tarumã•    Início do processo•    Cria•    Recria•    Engorda de Fêmeas de descarte•    Apa Ibirapuitã – Alegrete/RS
NOVAS TECNOLOGIAS PARAINTENSIFICAÇÃO DA PECUÁRIA      Um novo olhar sobre o negócio
A Empresa na Velocidade do Pensamento                   (Bill Gates)  “No momento em que pegou pela primeira vez uma pedra...
Tecnologias de Produçãon    Divisão das áreas com cercas elétricas (Speedrite)n   Diferimenton   Ajuste de cargan   Suplem...
Tecnologias de controle e registro             da informaçãou   Georreferenciamento (Gps e software para divisão das áreas...
Planilhas de Processamento e Armazenamento dos Dados
Bom Verde Agropastoril Localizada próxima a  cidade de Alegrete
Distribuição das áreasn   Bom Verde (área própria)    área útil 27,36 ha     Pastagem 24 han   Bom Verde (área arrendament...
Esquema de Divisão por cercas elétricas       Área Georreferenciada    Área de refúgio                                  Es...
Esquema de utilização das áreas                INVERNO                 VERÃO  ÁREA 1         AZEVÉM              UTILIZADA...
FÁBRICA DE CARNE / FÁBRICA DE PASTOn   Ferramentas mais importantes:   n   Ferramentas mais importantes:    Seleção do tip...
FÁBRICA DE CARNE / FÁBRICA DE PASTO            Controles:                     Controles:n   Controles individuais       n ...
FÁBRICA DE CARNE / FÁBRICA DE PASTO     COMO MAXIMIZAR A PRODUÇÃO ?                             AJUSTE DE CARGA           ...
FÁBRICA DE CARNE / FÁBRICA DE PASTO         COMO RESOLVER O ANTAGONISMO ?  Máximo ganho individual # Máximo ganho por área...
Ajuste de carga em Tempo Real                  Grassmaster II
AJUSTE DO SISTEMAn   Dinâmica da produção de paston   Utilização de suplementação estratégican   Pastoreio horário (área d...
Confecção do piquete
BEM ESTAR ANIMAL
Etologia Aplicada ao Sistema
Tomada de decisão com base na     velocidade de ganho
Avaliação da cobertura de gordura
RESULTADO PARCIAL + ESTIMADO ANO DE 2012Total de Kg de Ms transformada em carne                            10000 Kg de MsC...
PRODUÇÃO 2012 Kg/ha                                                          Produção Kg/há                               ...
INFLUÊNCIA DO CONSUMO DE CARNE BOVINA     COM TERMINAÇÃO A PASTO E/OU   CONFINAMENTO NO PERFIL LIPÍDICO DE         INDIVÍD...
•    Novilhos Braford•    Estância Guatambu    - Dom Pedrito/RS•    Abate Marfrig Group     -         3 mm espessura de go...
Composição química, em 100 g de contrafilé in natura, denovilhos terminados em pastagem e/ou confinamento                 ...
Limpeza e preparação de porções de contrafilé para estudo de                         consumo              Fac. de Agronomi...
Exemplos de pratos servidos pelos consumidores      voluntários no refeitório do IC/FUC       Fac. de Agronomia/ Dep. de Z...
Perfil lipídico dos voluntários  1)   Não houve alterações no colesterol total, LDL-       colesterol, HDL-colesterol e tr...
MUITO OBRIGADO PELA ATENÇÃO!!!                    Sergio Dornelles Leães              (55) 9928 0000                   ser...
121023 11-wbeef-engorda-a-pasto-sergio-leaes
121023 11-wbeef-engorda-a-pasto-sergio-leaes
121023 11-wbeef-engorda-a-pasto-sergio-leaes
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

121023 11-wbeef-engorda-a-pasto-sergio-leaes

987 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
987
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
36
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

121023 11-wbeef-engorda-a-pasto-sergio-leaes

  1. 1. n Produtor Rural n Sergio Dornelles Leães n Sócio Proprietário e Administradorn Fazenda Tarumã e Bom Verde Agropastoril
  2. 2. Sistema Bom Verde deTerminação Intensiva de Bovinos a Pasto
  3. 3. Fazenda Tarumã• Início do processo• Cria• Recria• Engorda de Fêmeas de descarte• Apa Ibirapuitã – Alegrete/RS
  4. 4. NOVAS TECNOLOGIAS PARAINTENSIFICAÇÃO DA PECUÁRIA Um novo olhar sobre o negócio
  5. 5. A Empresa na Velocidade do Pensamento (Bill Gates) “No momento em que pegou pela primeira vez uma pedra ou umgalho para usar como ferramenta, o homem alterouirrevogavelmente o equilíbrio entre ele e seu meio ambiente ...Enquanto o número destas ferramentas permaneceu pequeno,seus efeitos demoraram muito tempo para se espalhar e causarmudanças. Mas a medida que aumentou a quantidade delas, omesmo aconteceu com seus efeitos: Quanto mais ferramentas,mais rápido o ritmo da mudança.” James Burke
  6. 6. Tecnologias de Produçãon Divisão das áreas com cercas elétricas (Speedrite)n Diferimenton Ajuste de cargan Suplementação Mineraln Suplementação c/ concentradon Inseminação convencionaln Sincronizaçãon IATFn Pastoreio Rotacionadon Adubaçãon Roçada
  7. 7. Tecnologias de controle e registro da informaçãou Georreferenciamento (Gps e software para divisão das áreas)u Identificação eletrônicau Tronco Balançau Pesagem eletrônica (XR 3000)u Gerenciamento e registro da informação do rebanho (XR 3000)u Computação dos dadosu Conjunto de ferramentas (planilhas Excel)u Ultra-sonografiau Fotografia Digitalu Filmagensu Medição eletrônica de Matéria Secau Gerenciador Financeiro
  8. 8. Planilhas de Processamento e Armazenamento dos Dados
  9. 9. Bom Verde Agropastoril Localizada próxima a cidade de Alegrete
  10. 10. Distribuição das áreasn Bom Verde (área própria) área útil 27,36 ha Pastagem 24 han Bom Verde (área arrendamento) área útil 41 ha Pastagem 20 han Área útil total 68,3 ha Pastagens 44,0 ha Campo Nativo 24,3 ha
  11. 11. Esquema de Divisão por cercas elétricas Área Georreferenciada Área de refúgio Esquema de Pizza Campo Nativo Com Praça de Alimentação Pastoreio em Faixas Acesso por corredor
  12. 12. Esquema de utilização das áreas INVERNO VERÃO ÁREA 1 AZEVÉM UTILIZADA PARA 24 ha TREVO BRANCO POUSO DOS ANIMAIS CORNICHÃO PASTOREIO ROTACIONADO ÁREA 2 AZEVÉM SORGO FORRAGEIRO 20 ha PASTOREIO PASTOREIO ROTACIONADO ROTACIONADO HORÁRIO ÁREA 3 CAMPO NATIVO PASTOREIO HORÁRIO 25 ha MELHORADO DIFERIDO
  13. 13. FÁBRICA DE CARNE / FÁBRICA DE PASTOn Ferramentas mais importantes: n Ferramentas mais importantes: Seleção do tipo animal Ajuste de carga Tronco de contenção Cerca elétrica c/ contr. Remoto Balança eletrônica Medidor eletrônico de MS/ha Identificação Eletrônica Quadriciclo ou moto Ultrassonografia Cerca elétrica móvel
  14. 14. FÁBRICA DE CARNE / FÁBRICA DE PASTO Controles: Controles:n Controles individuais n Disponibilidade KgMs/han Velocidade de ganho (GMD) n Taxa de acúmulo KgMs/ha/dian Aceleração no GMD n Produção de MS de Invernon Ganho no período n Produção de Ms de Verãon Dias de sistema n Total de KgMs produzidan Espessura de gorduran Controles sanitários
  15. 15. FÁBRICA DE CARNE / FÁBRICA DE PASTO COMO MAXIMIZAR A PRODUÇÃO ? AJUSTE DE CARGA FÁBRICA DE PASTO FÁBRICA DE CARNE
  16. 16. FÁBRICA DE CARNE / FÁBRICA DE PASTO COMO RESOLVER O ANTAGONISMO ? Máximo ganho individual # Máximo ganho por área (animais gordos) (animais magros) AJUSTE DE CARGA FÁBRICA DE PASTO FÁBRICA DE CARNE
  17. 17. Ajuste de carga em Tempo Real Grassmaster II
  18. 18. AJUSTE DO SISTEMAn Dinâmica da produção de paston Utilização de suplementação estratégican Pastoreio horário (área de refúgio)n Pressão de Pastejo = N.Cab x Peso Med. Área Piquete
  19. 19. Confecção do piquete
  20. 20. BEM ESTAR ANIMAL
  21. 21. Etologia Aplicada ao Sistema
  22. 22. Tomada de decisão com base na velocidade de ganho
  23. 23. Avaliação da cobertura de gordura
  24. 24. RESULTADO PARCIAL + ESTIMADO ANO DE 2012Total de Kg de Ms transformada em carne 10000 Kg de MsCusto do Kg de Ms Azevém + leguminosas R$ 0,08Custo Suplementação media cab/ dia R$ 0,95 Ms Pasto Ms RaçãoConsumo Cab/ dia R$ 0,80 0,95 R$ 1,75Ganho Cab/ dia 1,5 R$ 3,42 R$ 5,12Custo do Kg de Carne produzida R$ 1,17Receita líquida Cab/ dia R$ 3,37Receita líquida por Cab. (período de 90 dias) R$ 303,73
  25. 25. PRODUÇÃO 2012 Kg/ha Produção Kg/há N.Cab. Realizada Prevista TotalAnimais vendidos no ano até 03/05 141 188 Kg/ha - 188 Kg/haAnimais vendidos inverno até 17/10 110 174 Kg/ha - 174 Kg/haAnimais existencia 17/10 147 230 Kg/ha 225 kg/ha 455 Kg/haPrevisão até 30/12 40 61 kg/ha 61 Kg/haTotais 438 592 Kg/ha 286 Kg/ha 878 Kg/ha
  26. 26. INFLUÊNCIA DO CONSUMO DE CARNE BOVINA COM TERMINAÇÃO A PASTO E/OU CONFINAMENTO NO PERFIL LIPÍDICO DE INDIVÍDUOS SAUDÁVEIS• Confinamento - Silagem de milho (37%) e concentrado (63%; grão de sorgo, farelo de soja, supra 32®, calcário calcítico e ionóforo) - 69 dias - Ganho peso diário 1,67kg• Pastagem - Azevém, trevo branco e cornichão - 126 dias - Ganho peso diário 1,17kg Fac. de Agronomia/ Dep. de Zootecnia
  27. 27. • Novilhos Braford• Estância Guatambu - Dom Pedrito/RS• Abate Marfrig Group - 3 mm espessura de gordura subcutânea - 470 kg Freitas & Lobato Fac. de Agronomia/ Dep. de Zootecnia/UFRGS Apresentado no Congresso Brasileiro de Cardiologia (2011)
  28. 28. Composição química, em 100 g de contrafilé in natura, denovilhos terminados em pastagem e/ou confinamento Confinamento PastagemGordura, % 3,7 3,7 baixíssim oColesterol, mg 48,7 47,3Ômega 3* 1,45 b 2,14 a* g/100 g de ácido graxo identificado 48% superior a pasto Freitas & Lobato Fac. de Agronomia/ Dep. de Zootecnia/UFRGS Apresentado no Congresso Brasileiro de Cardiologia (2011)
  29. 29. Limpeza e preparação de porções de contrafilé para estudo de consumo Fac. de Agronomia/ Dep. de Zootecnia
  30. 30. Exemplos de pratos servidos pelos consumidores voluntários no refeitório do IC/FUC Fac. de Agronomia/ Dep. de Zootecnia
  31. 31. Perfil lipídico dos voluntários 1) Não houve alterações no colesterol total, LDL- colesterol, HDL-colesterol e triglicerídios com a ingestão de 120 g de carne vermelha magra de pastagem ou de confinamento. 2) Houve redução da pressão arterial e nível de sódio com a ingestão de ambas as carnes em relação ao regime prévio. Castro, I. Instituto de Cardiologia do RGSul Freitas & Lobato Fac. de Agronomia/ Dep. de Zootecnia/UFRGS Apresentado no Congresso Brasileiro de Cardiologia (2011)
  32. 32. MUITO OBRIGADO PELA ATENÇÃO!!! Sergio Dornelles Leães (55) 9928 0000 sergioleaes@brturbo.com.br

×