120925 06-wbeef-associacoes-josé-caixeta

167 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
167
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

120925 06-wbeef-associacoes-josé-caixeta

  1. 1. PRODUTOR  ORGANIZADO:  ENTIDADE  FORTE  E  REPRESENTATIVIDADE  LEGÍTIMA.   JOSÉ MANOEL CAIXETA HAUN Vice-Presidente FAEG Presidente Comissão de Pecuária de Corte
  2. 2. “Representar o Produtor Rural, zelando pelos seus interesses, por meio dos Sindicatos Rurais, contribuindo para odesenvolvimento econômico, social e ambiental da sociedade”. 2
  3. 3. Em Goiás: 246 Municípios126 Sindicatos Rurais Filiados34 Municípios como extensão de base territorial 8 Sindicatos Rurais Intermunicipais 17  Sindicatos em processo de registro no MTE (18 municípios) 182  unicípios com M Cobertura Sindical 68 mil produtores 3 parceiros
  4. 4. REGIONAIS DO SISTEMA FAEG-SENAR
  5. 5. Importância do setorResponsável por um quarto da economia do país37% das oportunidades de emprego37,9% das exportaçõesEm 30 anos houve redução do custo da alimentação dosbrasileiros de 40% para 13%Em 45 anos, o Brasil construiu a maior agricultura tropicaldo planeta usando apenas 27,7% do seu territórioPreservamos 61% de nossa vegetação que, coincidentemente,também formam a maior floresta tropical do mundo. 5
  6. 6. Cenário Nacional : Valores Antirrurais 6
  7. 7. Imagem do SetorÉ preciso “desconstruir” os valores “hostis” à agropecuária, pois esta é, com certeza, a maior conquista dos brasileiros. 7
  8. 8. Imagem do Setor 8
  9. 9. Nova Imagem do Setor 9
  10. 10. Ocupação do Território Brasileiro 10
  11. 11. •  Mobilização em favor da Aprovação do Novo Código Florestal
  12. 12. Produção Agrícola Goiás - Série Histórica (1975/2006) 1975   1980   1985   1995   2006   Var.   Efe8vos  Animais   10.121.990   18.490.616 16.563.490 18.145.166 19.280.113   +90,47%             (UA)   Produção  Vegetal   2.168,686   3.997,738   8.302,229   12.376,847 25.916,064 +1095%       (Toneladas)   Área  agropecuários   24.332     29.185   29.864     27.472     25.683     (Milhões  de  Ha)   +5,26%  Fonte: Censo Agropecuário série histórica 1975 e 2006 (IBGE) 12
  13. 13. Potencialidade pecuária O Brasil tem 180 milhões de ha em pastagens Mais de 60 milhões de ha são aptos e podem ser incorporados à produção agrícola. Mesmo com redução da área, para manter o mesmo patamar de 40 milhões de cabeças abatidas ao ano, basta melhorar índices: •  Lotação 1,14 para 1,50 cabeças/ha •  Desfrute de 22% para 30% ao ano 13
  14. 14. Potencialidade agrícola Se aumentar a produtividade de milho, estimulando o grupo de produtores com baixa tecnologia (os 40% menos produtivos) a produzirem na faixa de produtividade dos 40% mais produtivos, poderia resultar na redução da área em 13%, ou no incremento em 11,7 milhões de toneladas 14
  15. 15. Agricultura sustentável INTEGRAÇÃO  LAVOURA  PECUÁRIA     15
  16. 16. LEI AGRÍCOLA – AÇÕES E INSTRUMENTOSPLANEJAMENTO AGRÍCOLA PESQUISA AGROPECUÁRIA ASSIST. TÉC. E EXT. RURAL PROTEÇÃO MEIO AMBIENTE DEFESA AGROPECUÁRIA INFORMAÇÃO AGRÍCOLAPROD. COMERC. ABAST. ARM. ASSOC. E COOPERATIVISMOFORM. PROF. E EDUC. RURAL INVEST. PÚBLICOS PRIVADOS CRÉDITO RURAL GARANTIA ATIV. AGROPEC. SEGURO AGRÍCOLA TRIBUTAÇÃO E INC. FISCAIS IRRIGAÇÃO E DRENAGEM HABITAÇÃO RURAL ELETRIFICAÇÃO RURAL MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA CRÉDITO FUNDIÁRIO 16
  17. 17. CONDIÇÕES MOTIVADORAS 17
  18. 18. CONDIÇÕES MOTIVADORAS 18
  19. 19. Cenário Nacional – AGENDA BRASIL •  R 31 N •  olíticas sociais - Pronaf P • nfraestrutura e Logística - estratégia I •  órum da produção do Centro Oeste F •  udeco, FDCO, Reforma Tributária, Logística S 19
  20. 20. Cenário RegionalInteriorização do Sistema – “Regionalização”Plano Estratégico Municipal de Formação ProfissionalParceriasParcerias com o EstadoConselho Consultivo ExternoFAEG JovemFAEG Mulher
  21. 21. Cenário LocalInteração com a SociedadeLiderar o processo de desenvolvimentoInterlocução com Instituições LocaisPlano de Negócios MunicipaisMobilização povoadosSer protagonista ou denunciante?
  22. 22. Visão ampla das oportunidades- A demanda mundial por alimento crescerá em 20%.- Potencial em expandir a produção agrícola e pecuáriaem áreas já abertas. 22
  23. 23. ... as conquistas e desafios passam pelas organizações Desenvolver competências pessoais fortalecimentoampliar base Alinhamento Desenvolver o Aumentar a Ampliar a base senso de influência da de representativi- cooperação na base de dade política base representativi- dade institucional 23
  24. 24. SENARFormação ecapacitaçãoprofissional 24
  25. 25. AÇÕES DE FPR E PS•  5.022 AÇÕES•  45.735 PARTICIPANTES•  133.022 HORAS AULA
  26. 26. Programas visando odesenvolvimento do setor integrado aos anseios da sociedade 26
  27. 27. Programas de Responsabilidade Social e ambiental 27
  28. 28. Programas de Gerenciamento 28
  29. 29. Programas de Apoio à Comercialização 29
  30. 30. Programas de Fortalecimento do Sistema Mulher 30
  31. 31. Programa de Formação Profissional Rural Qualificação Lançamento do PRONATEC na região Sul/Sudeste
  32. 32. PROGRAMA AGRINHO170 Municípios 32
  33. 33. E QUAL É O DESAFIO?
  34. 34. Ações para Pecuária de Corte- Ordem dasinformações- Eliminação deincoerências fiscais - Isenção interna deICMS. (Tare)
  35. 35. Ações Pecuária Corte•  Atuação  para  adequar  cálculo  de  pauta  fiscal  
  36. 36. Ações Pecuária Corte •  Faeg atuou junto a Assembleia Legislativa para impedir o projeto dogoverno que atualizaria ostributos agropecuários em até 600% (Sefaz/ Agrodefesa)
  37. 37. Ações Pecuária Corte•  Cartão – Emissão da GTA eletrônica
  38. 38. Ações Pecuária Corte Parceria (CNA) e o (MAPA)
  39. 39. Ações Pecuária Corte•  Atuação junto aos credores para recebimento dos seus créditos – interação entre Federações;
  40. 40. Ações  Pecuária  de  CorteEVOLUÇÃO  NA  COMERCIALIZAÇÃO  DE  BOVINOS   40
  41. 41. Ações Pecuária Corte – futuro presente•  Atuar ativamente para implantação do CONSEBOV - Transparência na relação (qualidade, peso, preços, marketing,etc.)• Promover a recuperação das pastagens (ABC / Projeto Singenta, etc.)• Tributação (pis/cofins)• Defesa Sanitária.
  42. 42. Zelando do campo em consonânciacom os desejos da sociedade OBRIGADO!   42

×