AUNIÃO faz aFORÇA         2	  
3	  
( Quantos peixes há ? )                          4	  
5	  
6	  
• 	  	  Coopera(vas	                                  	             • 	  	  Representação	  setorial	              	      ...
8	  
9	  
FASE DE CRIAÇÃO    1.  Nós	  possuímos	  um	  Plano	  de	  Negócio	  e	  uma	  Estratégia	                                ...
FASE DE CRIAÇÃO    1.  Possuímos	  um	  Plano	  de	  Negócio	  e	  uma	  Estratégia	  de	                                 ...
FASE DE CRIAÇÃO    1.  Possuímos	  um	  Plano	  de	  Negócio	  e	  uma	  Estratégia	  de	                                 ...
FASE DE CRIAÇÃO    1.  Possuímos	  um	  Plano	  de	  Negócio	  e	  uma	  Estratégia	  de	                                 ...
14	  
15	  
150                      83Fornecedores   Frigoríficosde insumos         SIFados                              16	  
Fase de     1.  Redefinir	  o	  papel	  e	  as	  ações	  dos	  “Fundadores”	  >	  Passagem	  Organização          para	  a	...
Fase de     1.  Redefinir	  o	  papel	  e	  as	  ações	  dos	  “Fundadores”	  >	  Passagem	  Organização          para	  a	...
Fase de              1.  Redefinir	  o	  papel	  e	  as	  ações	  dos	  “Fundadores”	  >	  Passagem	  Organização          ...
Fase de              1.  Redefinir	  o	  papel	  e	  as	  ações	  dos	  “Fundadores”	  >	  Passagem	  Organização          ...
Fase de              1.  Redefinir	  o	  papel	  e	  as	  ações	  dos	  “Fundadores”	  >	  Passagem	  Organização          ...
Fase deImplantação                         Programar	  Projetos	                • 	  	  	  claros	  e	  bem	  dimensionado...
23	  
24	  
25	  
Cenário          26	  
27	  
PARA REFLETIR Projetos associativos são resultado de      ESFORÇOS COLETIVOS  Visionários e Realizadores lideram o        ...
Projetos concebidos comNOVOS FORMATOS ASSOCIATIVOS  Redes de Interesses Complementares               Exemplos             ...
URUGUAIParceria Vertical                    30	  
31	  
32	  
33	  
34	  
120925 01-wbeef-associacoes-francisco-vila
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

120925 01-wbeef-associacoes-francisco-vila

206 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
206
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

120925 01-wbeef-associacoes-francisco-vila

  1. 1. AUNIÃO faz aFORÇA 2  
  2. 2. 3  
  3. 3. ( Quantos peixes há ? ) 4  
  4. 4. 5  
  5. 5. 6  
  6. 6. •     Coopera(vas     •     Representação  setorial     •     Raças     •     Modelos  de  Negócio     •     Comercialização     •     Pools    •     Grupos  com  interesses  comuns     •     Alianças  estratégicas     7  
  7. 7. 8  
  8. 8. 9  
  9. 9. FASE DE CRIAÇÃO 1.  Nós  possuímos  um  Plano  de  Negócio  e  uma  Estratégia   de  Consolidação     Núcleo Fundador 2.          Nossos  centros  de  lucro  indicam  a  necessidade  de  obter   “economias  de  escala  externas”   10  
  10. 10. FASE DE CRIAÇÃO 1.  Possuímos  um  Plano  de  Negócio  e  uma  Estratégia  de   Consolidação     Núcleo Fundador 2.          Nossos  centros  de  Lucro  indicam  a  necessidade  para   obter  “economias  de  escala  externas”   3.  Conhecemos  outros  produtores  em  situação    igual   4.            Abordamos  20  a  25  colegas  individualmente   5.            Escolhemos  5  a  6  produtores  com  perfis   complementares  para  criar  uma  Aliança  Estratégica   11  
  11. 11. FASE DE CRIAÇÃO 1.  Possuímos  um  Plano  de  Negócio  e  uma  Estratégia  de   Consolidação     Núcleo Fundador 2.          Nossos  centros  de  Lucro  indicam  a  necessidade  para   obter  “economias  de  escala  externas”   3.  Conhecemos  outros  produtores  em  situação    igual   4.            Abordamos  20  a  25  colegas  individualmente   5.            Escolhemos  5  a  6  produtores  com  perfis   complementares  para  criar  uma  Aliança  Estratégica   6.  Cada  Membro  Fundador  possui  realidades  de  negócio   compaQveis,  mas  talentos  diferentes   7.            A  soma  da  habilidades  pessoais  e  empresariais   representa  a  plataforma  para  a  expansão  posterior   12  
  12. 12. FASE DE CRIAÇÃO 1.  Possuímos  um  Plano  de  Negócio  e  uma  Estratégia  de   Consolidação     Núcleo Fundador 2.          Nossos  centros  de  Lucro  indicam  a  necessidade  para   obter  “economias  de  escala  externas”   3.  Conhecemos  outros  produtores  em  situação    igual   4.            Abordamos  20  a  25  colegas  individualmente   5.            Escolhemos  5  a  6  produtores  com  perfis   complementares  para  criar  uma  Aliança  Estratégica   6.  Cada  Membro  Fundador  possui  realidades  de  negócio   compaQveis,  mas  talentos  diferentes   7.            A  soma  da  habilidades  pessoais  e  empresariais   representa  a  plataforma  para  a  expansão  posterior   8.  Cada  Membro  Fundador  exerce  funções  diferentes  e   entre  em  cena  em  momentos  dis(ntos     O  INSPIRADOR  junta  os  membros  do  núcleo  inicial     O  COMPETENTE  planeja  o  modelo  associa(vo     O  PESO  POLÍTICO  empresta  sua  imagem       O  COOPERADO  contribui  com  a  experiência  cole(va     O  ATIVO  divulga  o  projeto  e  capta  outros  interessados   9.  O  núcleo  se  reúne  1  vez  por  mês  para  energizar  o   projeto  e  para  ajustar  a  linha  de  atuação     10.   A  inicia(va  é  apoiada  por  uma  pesquisa  qualita(va  e   por  consultoria  especializada  (nos  obje(vos)   13  
  13. 13. 14  
  14. 14. 15  
  15. 15. 150 83Fornecedores Frigoríficosde insumos SIFados 16  
  16. 16. Fase de 1.  Redefinir  o  papel  e  as  ações  dos  “Fundadores”  >  Passagem  Organização para  a  2ª  fase  (crescimento)   3.  Elaborar  o  Plano  Estratégico  e  o  Programa  de  Ação  (Ano  1)   3.   Realizar  “projetos  piloto”  (testar  membros  e  viabilidade)   17  
  17. 17. Fase de 1.  Redefinir  o  papel  e  as  ações  dos  “Fundadores”  >  Passagem  Organização para  a  2ª  fase  (crescimento)   3.  Elaborar  o  Plano  Estratégico  e  o  Programa  de  Ação  (Ano  1)   3.   Realizar  “projetos  pilotos”  (testar  membros  e  viabilidade)   4.   Avaliar  congruência  e  comprome(mento  dos  interessados/ membros  (redução)   5.   Convidar  novos  membros  com  critérios    mais  sele(vos   (expansão  2)   18  
  18. 18. Fase de 1.  Redefinir  o  papel  e  as  ações  dos  “Fundadores”  >  Passagem  Organização para  a  2ª  fase  (crescimento)   2.   Elaborar  estatutos  e  formalmente  eleger  dirigentes  (Diretoria   e  Conselho   3.   Elaborar  o  Plano  Estratégico  e  o  Programa  de  Ação  (Ano  1)   4.   Realizar  “projetos  pilotos”  (testar  membros  e  viabilidade)   5.   Avaliar  congruência  e  comprome(mento  dos  interessados/ membros  (redução)  (100  >  30)   6.   Convidar  novos  membros  com  critérios  mais  sele(vos   (expansão  2)(30  –  50)   6.   Contratar  um  gerente  (  não  ligado  a  membros)   7.  Tipificar  projetos  e  definir  ro(nas  (plano  –  controle)   8.   Capacitar  membros  e  seus  funcionários     19  
  19. 19. Fase de 1.  Redefinir  o  papel  e  as  ações  dos  “Fundadores”  >  Passagem  Organização para  a  2ª  fase  (crescimento)   2.   Elaborar  estatutos  e  formalmente  eleger  dirigentes  (Diretoria   e  Conselho   3.   Elaborar  o  Plano  Estratégico  e  o  Programa  de  Ação  (Ano  1)   4.   Realizar  “projetos  pilotos”  (testar  membros  e  viabilidade)   5.   Avaliar  congruência  e  comprome(mento  dos  interessados/ membros  (redução)  (100  >  30)   6.   Convidar  novos  membros  com  critérios  mais  sele(vos   (expansão  2)(30  –  50)   6.   Contratar  um  gerente  (  não  ligado  a  membros)   7.  Tipificar  projetos  e  definir  ro(nas  (plano  –  controle)   8.   Capacitar  membros  e  seus  funcionários     9.   Expansão  ver(cal  (negociar  alianças  com  fornecedores  e   frigoríficos  (programas  de  fidelização)   10.   Implementar  ferramentas  de  governança  associa(va   20  
  20. 20. Fase de 1.  Redefinir  o  papel  e  as  ações  dos  “Fundadores”  >  Passagem  Organização para  a  2ª  fase  (crescimento)   2.   Elaborar  estatutos  e  formalmente  eleger  dirigentes  (Diretoria   e  Conselho   3.   Elaborar  o  Plano  Estratégico  e  o  Programa  de  Ação  (Ano  1)   4.   Realizar  “projetos  pilotos”  (testar  membros  e  viabilidade)   5.   Avaliar  congruência  e  comprome(mento  dos  interessados/ membros  (redução)  (100  >  30)   6.   Convidar  novos  membros  com  critérios  mais  sele(vos   (expansão  2)(30  –  50)   6.   Contratar  um  gerente  (  não  ligado  a  membros)   7.  Tipificar  projetos  e  definir  ro(nas  (plano  –  controle)   8.   Capacitar  membros  e  seus  funcionários     9.   Expansão  ver(cal  (negociar  alianças  com  fornecedores  e   frigoríficos  (programas  de  fidelização)   10.   Implementar  ferramentas  de  governança  associa(va   11.  Buscar  alianças  com  outros  grupos  afins  (rede)       12.   Passar  responsabilidades  para  a  2ª  geração  de  dirigentes     21  
  21. 21. Fase deImplantação Programar  Projetos   •       claros  e  bem  dimensionados  (PPT)     •       com  boa  chance  de  êxito  (baixo  risco)     •       primeiro  inicia(vas  simples     •       iniciar  com  projetos  de  rápida  realização     •       com  prêmios  para  seus  realizadores     O  ó(mo  é  o  inimigo  do  bom   22  
  22. 22. 23  
  23. 23. 24  
  24. 24. 25  
  25. 25. Cenário 26  
  26. 26. 27  
  27. 27. PARA REFLETIR Projetos associativos são resultado de ESFORÇOS COLETIVOS Visionários e Realizadores lideram o PROCESSOO Brasil sofre de uma expressiva falta de LÍDERES 28  
  28. 28. Projetos concebidos comNOVOS FORMATOS ASSOCIATIVOS Redes de Interesses Complementares Exemplos 29  
  29. 29. URUGUAIParceria Vertical 30  
  30. 30. 31  
  31. 31. 32  
  32. 32. 33  
  33. 33. 34  

×