Estratégias	  de	  gestão	  da	  sanidade	   para	  o0mizar	  a	  lucra0vidade	  em	             confinamentos	          	 ...
Riscos	  em	  Confinamento	  •  Riscos	  de	  produção	  •  Riscos	  sanitários	  •  Riscos	  sócio-­‐ambiental	  •  Riscos...
Riscos	  em	  Sanidade	  Confinamentos                                           	  •  Respiratório:	      –  Sídrome	  Res...
Programa	  Sanitário	                        PROGRAMA                       SANIDADE               REALIZADO   NÃO REALIZA...
Custos	  de	  Produção	  em	  Confinamento	  
•  Condição	  Pastejo:	      –  Animal	  seleciona	  alimento	      –  ↑	  volumoso	      –  ↓	  concentrado	      –  Lota...
•  Confinamento:	      –  O	  Boi	  não	  tem	  opção!	      –  ↓	  volumoso	      –  ↑	  concentrado	      –  	  Aglomeraç...
CisAcercose	  Bovina	  Prejuízos	  para	  o	  Pecuarista	  e	  para	  a	  Indústria	  
Protocolo	  Sanitário	  para	  Confinamento	                 CONTROLE	  DA	  CISTICERCOSE	  ÁREAS	  ENDÊMICAS	             ...
Qualidade	  da	  Água	  
Serve	  também	  como	  período	  prévio	  para	  adaptação	  
Clostridioses                                               	  •  O	  Clostridium	  é	  anaeróbio	  e	  sobrevive	  no	   ...
Prevenção	  contra:	  –  lostridium	  chauvoei;	   C–  .	  perfringens	  B,	  C	  e	  D;	   C–  .	  sepPcum;	   C–  .	  no...
Acidose	  LáAca	  Ruminal                                             	  •  Desequilíbrio	  volumoso	  x	  concentrado.	  ...
Vagões	  misturadores	  melhoram	    homogeneidade	  da	  dieta...                                	  
Acidose	  e	  Timpanismo	  
ReAculopericardite	  traumáAca	  
Atenção	  no	  período	  de	  adaptação	  
Feno	  é	  óAma	  alternaAva...                                 	  
Período	  de	  Adaptação	  
Polioencéfalomalácea	  
Síndrome	  Respiratória	  Bovina	  •  Temperaturas	  extremas	  •  	  Má	  nutrição	  -­‐	  Refugo	  •  	  Alta	  densidad...
Síndrome	  Respiratória	  Bovina	  Literatura:
Prejuízos	  Ocultos	  da	  Pneumonia	  •  Queda	  no	  desempenho:	      –  VechiaUo	  2009:	  8,3%	  bovinos	  aba0dos	  ...
Seqüestro	  de	  Carcaças	  no	  Abate	  
Erros	  na	  aplicação	  medicamento...                                                  	       Cada	  1	  kg	  equivale	...
Erros	  no	  manejo	  e	  aplicação	  de	  medicamentos                                                            	  
Mortes	  “Súbitas”                  	  
Ronda	  Constante	  e	  Tratamento	  
Fichas	  de	  Controle	  
Tratamento	  Pneumonias                                      	  •  Carência	  28	  dias:	       – Nuflor®	  IM	  ou	  SC	  ...
Sombra	  =	  Conforto	  Animal                                	  
Controle	  da	  Poeira	  
Controle	  da	  Poeira	  
Causas de Mortalidade Bovinos em Confinamento          Medicamentos                              Mão de Obra              ...
Protocolo	  Sanitário	  Confinamento	   ENTRADA NOCONFINAMENTO             PROCESSAMENTO             Descanso             d...
5	  Pilares	  da	  Pecuária	                    Gestão    Pessoas                  Nutrição       Sanidade            Gené...
Equipe:	  Chave	  do	  Sucesso!                                 	  
Um	  treinamento	  sem	  aplicação	  imediata	  é	  pouco	  eficiente!	      Treinamento     Planejamento      Revisão     ...
Muito Obrigado!Denis B. Alves AntonioConsultor em PecuáriaCel.: 18 9714-1257denis.antonio@merck.comwww.msd-saude-animal.co...
[Palestra] Denis Alves: Estratégias de gestão da sanidade para otimizar a lucratividade em confinamentos.
[Palestra] Denis Alves: Estratégias de gestão da sanidade para otimizar a lucratividade em confinamentos.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

[Palestra] Denis Alves: Estratégias de gestão da sanidade para otimizar a lucratividade em confinamentos.

855 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
855
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[Palestra] Denis Alves: Estratégias de gestão da sanidade para otimizar a lucratividade em confinamentos.

  1. 1. Estratégias  de  gestão  da  sanidade   para  o0mizar  a  lucra0vidade  em   confinamentos     Méd.  Vet.  Denis  B.  Alves  Antonio   Consultor  Pecuária  MSD  Saúde  Animal   São  Paulo  24/04/2012  
  2. 2. Riscos  em  Confinamento  •  Riscos  de  produção  •  Riscos  sanitários  •  Riscos  sócio-­‐ambiental  •  Riscos  financeiro/contábil  
  3. 3. Riscos  em  Sanidade  Confinamentos  •  Respiratório:   –  Sídrome  Respiratória  Bovina  •  DigesAvo:   –  Acidose  láAca  ruminal   –  Timpanismo    •  Neurológico   –  Polioencefalomalácea    •  Verminoses  •  CisAcercose  •  Clostridioses   –  Carbúnculo,  Botulismo  •  Afecções  Podais:  Traumas,  laminites  
  4. 4. Programa  Sanitário   PROGRAMA SANIDADE REALIZADO NÃO REALIZADO OCORRE NÃO OCORRE DOENÇA DOENÇA
  5. 5. Custos  de  Produção  em  Confinamento  
  6. 6. •  Condição  Pastejo:   –  Animal  seleciona  alimento   –  ↑  volumoso   –  ↓  concentrado   –  Lotação:  pastejo  super  intensivo  10  UA/ha  =  1  UA/1.000m2  
  7. 7. •  Confinamento:   –  O  Boi  não  tem  opção!   –  ↓  volumoso   –  ↑  concentrado   –   Aglomeração:  1  UA/12  m2  
  8. 8. CisAcercose  Bovina  Prejuízos  para  o  Pecuarista  e  para  a  Indústria  
  9. 9. Protocolo  Sanitário  para  Confinamento   CONTROLE  DA  CISTICERCOSE  ÁREAS  ENDÊMICAS   ENTRADA NO CONFINAMENTO 30 dias 30 dias 1º MANEJO 2º MANEJO 3º MANEJO Sulfóxido de Sulfóxido de Sulfóxido deAlbendazole – 1 mL/40 kg Albendazole – 1 mL/40 kg Albendazole – 1 mL/40 kg PERÍODO PRÉ- CONFINAMENTO (RECRIA A PASTO)
  10. 10. Qualidade  da  Água  
  11. 11. Serve  também  como  período  prévio  para  adaptação  
  12. 12. Clostridioses  •  O  Clostridium  é  anaeróbio  e  sobrevive  no   meio  ambiente  na  forma  de  esporos.  •  As  bactérias  do  gênero  Clostridium  exercem   seu  efeito  patogênico  por  toxinas,  que   podem  aAngir  os  animais  por  três  vias.   (RadosAsAs,  2007).   –  Alimentos  contaminados  pelas  toxinas    =   Botulismo   –  Toxinas  da  proliferação  dos  clostridios  no   intesAno  =  Enterotoxemia   –  Toxinas  após  proliferação  do  Clostridium   em  um  tecido  infectado  =  Carbúnculo  
  13. 13. Prevenção  contra:  –  lostridium  chauvoei;   C–  .  perfringens  B,  C  e  D;   C–  .  sepPcum;   C–  .  novyi;   C–  .  sordelli.   C
  14. 14. Acidose  LáAca  Ruminal  •  Desequilíbrio  volumoso  x  concentrado.  •  Quadro  de  Acidose  Lá0ca  Ruminal  •  Ruminite,  Laminite,  Abscesso  hepáAcos  •  Determinar  MS  com  freqüência!   Fonte: Ortolani, 2007.•  Leitura  de  cocho  diária  e  cuidado  com  período  chuvoso  
  15. 15. Vagões  misturadores  melhoram   homogeneidade  da  dieta...  
  16. 16. Acidose  e  Timpanismo  
  17. 17. ReAculopericardite  traumáAca  
  18. 18. Atenção  no  período  de  adaptação  
  19. 19. Feno  é  óAma  alternaAva...  
  20. 20. Período  de  Adaptação  
  21. 21. Polioencéfalomalácea  
  22. 22. Síndrome  Respiratória  Bovina  •  Temperaturas  extremas  •   Má  nutrição  -­‐  Refugo  •   Alta  densidade  •  Reagrupamentos,  compeAções  •  Transporte,  Manejo  •  Poeira  
  23. 23. Síndrome  Respiratória  Bovina  Literatura:
  24. 24. Prejuízos  Ocultos  da  Pneumonia  •  Queda  no  desempenho:   –  VechiaUo  2009:  8,3%  bovinos  aba0dos  com  pneumonia   –  Redução  no  Ganho:  60  a  200  g/boi/dia   * @ = R$ 80,00
  25. 25. Seqüestro  de  Carcaças  no  Abate  
  26. 26. Erros  na  aplicação  medicamento...   Cada  1  kg  equivale  a  0,2%  no  rendimento  =  R$  3,43*   Brasil: 40% rebanho abatido apresenta lesões. 300 a 1400 g de tecido retirado da carcaça Ortolani, 2011* @ = R$ 103,00
  27. 27. Erros  no  manejo  e  aplicação  de  medicamentos  
  28. 28. Mortes  “Súbitas”  
  29. 29. Ronda  Constante  e  Tratamento  
  30. 30. Fichas  de  Controle  
  31. 31. Tratamento  Pneumonias  •  Carência  28  dias:   – Nuflor®  IM  ou  SC  •  Carência  5  dias:   – Cobactan®  IM  •  Casos  Agudos    =  Febre   –  Associação  Banamine®  IV  
  32. 32. Sombra  =  Conforto  Animal  
  33. 33. Controle  da  Poeira  
  34. 34. Controle  da  Poeira  
  35. 35. Causas de Mortalidade Bovinos em Confinamento Medicamentos Mão de Obra Alimentação Identificação do animal doente Presença de Material Metálico Prazo de Validade Perfurocortante nos Baixa frequência de ronda Ingredientes Vencido Tempo identificação x tratamento Umidade na Má conservação/ Armazenagem armazenagem Dose Aplicação Incorreta dos ingredientes Posologia do Medicamento Fornecimento de Condições dos equipamentos: Produto Mal Manejo de Volumoso Extra limpeza e calibragem para Adaptação à condução e/ou contenção do animal Dieta Morte do Manifestação dos Sintomas Piso do Curral Animal Escorregadio Tempo e Distãncia de Estágio da Doença viagem Período do Ano Heterogeneidade dos Tempo de Poeira Uso incorretos Lotes (Peso, Idade, Raça) processamento do ou dos Aspersores animal Lama Resposta do Animal ao Tratamento Capacidade de Condição de Lotação dos Currais Adaptação ao chegada dos animalconfinamento e à dieta (seca e águas) (origem) D.  B.  A.  Antonio,  2012   Animal Transporte/ Estrutura e Recepção Meio
  36. 36. Protocolo  Sanitário  Confinamento   ENTRADA NOCONFINAMENTO PROCESSAMENTO Descanso de 3 dias •  Vision 7 •  Avotan LA 1 •  Vacina Botulismo •  Vacina Respiratória •  Ou Sulfóxido de Albendazole*** * Sulfóxido de Albendazole: 3º tratamento
  37. 37. 5  Pilares  da  Pecuária   Gestão Pessoas Nutrição Sanidade Genética
  38. 38. Equipe:  Chave  do  Sucesso!  
  39. 39. Um  treinamento  sem  aplicação  imediata  é  pouco  eficiente!   Treinamento Planejamento Revisão Aplicação (apoio especializado)
  40. 40. Muito Obrigado!Denis B. Alves AntonioConsultor em PecuáriaCel.: 18 9714-1257denis.antonio@merck.comwww.msd-saude-animal.com.br

×