tal
en

ção
iva

ntin
Co

Der
A

Trabalho realizado por:
Beatriz Santos
Nº4
7ºC
Índice
●
●
●
●
●
●

Alfred Wegener
Teoria da deriva continental
Argumentos Morfológicos
Argumentos Paleontológicos e Argum...
Alfred Wegener
O meteorologista e geofísico Alfred Wegener (1880-1930) formulou a teoria da deriva
continental, com base n...
Teoria da deriva continental
Muito tempo antes de Wegener, outros cientistas notaram este fato. A ideia da deriva
continen...
Argumentos Morfológicos
Wegener que as margens atlânticas da América do Sul e de África se ajustavam, à
semelhança das peç...
Argumentos Paleontológicos
Evidencias paleontológicas contribuíram também para a teoria de da Deriva dos
Continentes.No es...
Argumentos Paleoclimáticos
Enquanto meteorologista, Wegener deu uma atenção particular a reconstitiuções
paleoclimáticas.A...
Mecanismo responsável pela
movimentação dos continentes
Para Wegener, os continentes assentavam
sobre um substrato que se ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Deriva Continental

466 visualizações

Publicada em

Trabalho de ciências em diapositivos sobre a deriva continental

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
466
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Deriva Continental

  1. 1. tal en ção iva ntin Co Der A Trabalho realizado por: Beatriz Santos Nº4 7ºC
  2. 2. Índice ● ● ● ● ● ● Alfred Wegener Teoria da deriva continental Argumentos Morfológicos Argumentos Paleontológicos e Argumentos Litológicos Argumentos Paleoclimáticos Mecanismo responsável pela movimentação dos continentes
  3. 3. Alfred Wegener O meteorologista e geofísico Alfred Wegener (1880-1930) formulou a teoria da deriva continental, com base nas linhas costeiras dos vários continentes, que parecem encaixar-se umas nas outras, nos estratos rochosos similares em continentes separados entre si, e nos fósseis. Argumentou que, há cerca de 200 milhões de anos, havia um super continente designado por Pangea (Pangéia), que começou a fraturar-se. Alfred Wegener estava também intrigado com as ocorrências das estruturas geológicas pouco comuns e dos fósseis de plantas e animais encontrados na América do Sul e África, que estão separados atualmente pelo Oceano Atlântico.
  4. 4. Teoria da deriva continental Muito tempo antes de Wegener, outros cientistas notaram este fato. A ideia da deriva continental surgiu pela primeira vez no final do século XVI, com o trabalho do cartógrafo Abraham Ortelius. A crosta terrestre é formada de pedaços chamados placas tectônicas, que andam à deriva sobre a camada de rocha fundida do manto. Há sete placas principais e várias outras menores. As forças magnéticas do interior da Terra fazem com que as placas se desloquem lentamente pelo globo em um vai e vêm constante. Os geólogos pensam que há cerca de 225 milhões de anos toda a Terra deste planeta estava unida num "super continente" a que chamaram Pangeia. Mas, à medida que as placas se deslocaram, a Terra deste super continente começou lentamente a separasse. Chama-se a este movimento a deriva dos continentes. Os mapas mostram o que os geólogos pensam sobre o modo como os continentes se deslocaram e se afastaram até formarem as massas de terra que conhecemos atualmente. No hemisfério Sul, há cerca de 150 milhões de anos, no período chamado Jurássico, as correntes de convecção dividiram em pedaços o mega continente Gondwana. Nas regiões de Gondwana, que hoje são Brasil e África, as correntes de convecção formaram fissuras e fraturas na crosta terrestre, o que gerou derramamento de lava. A ação contínua dessas forças também rompeu completamente a crosta terrestre e formou o oceano Atlântico.
  5. 5. Argumentos Morfológicos Wegener que as margens atlânticas da América do Sul e de África se ajustavam, à semelhança das peças de um puzzle. Na sequência desta constatação, Wegener alargou o seu estudo aos restantes continentes, tendo verificado que, de modo semelhante, eles também se ajustavam.
  6. 6. Argumentos Paleontológicos Evidencias paleontológicas contribuíram também para a teoria de da Deriva dos Continentes.No estudo de fauna e flora continental anteriores ao Mesozoico, foram encontradas grandes semelhanças no registo fóssil da América do Norte e da Europa, da América do Sul e da África e por fim da Austrália,África do Sul, Índia e Patagónia . A constatação da distribuição destas especies fósseis, em continentes que hoje se encontram muito afastados, poderia ser explicada se, na altura em que esses seres vivos habitaram a Terra, aqueles continentes estivessem reunidos num único continente. Argumentos Litológicos Á semelhança do que verificou para o registo fóssil, Wegener encontrou correspondências entre as rochas existentes de um e outro lado do Oceano Atlântico. Essa correspondência litológica verifica-se em termos de idade e tipos de rocha, depósitos minerais, camada de carvão e estruturas geológicas.
  7. 7. Argumentos Paleoclimáticos Enquanto meteorologista, Wegener deu uma atenção particular a reconstitiuções paleoclimáticas.A paleoclimatologia entende-se como a ciência que estuda os climas antigos. São conhecidos sedimentos de idade carbonífera (359a299 MA)de origem glaciar na costa Oeste da América do Sul, no Sul do continente africano, na Índia e no Sul da Austrália. Ou seja, religiões que hoje em dia se encontram em latitudes incompatíveis, do ponto de vista climático, com depósitos daquela natureza. Com estes dados,que foram sendo reunidos por ele e pelos seus apoiantes, Wegener consegui impor a ideia de que os continentes estiveram distribuídos de forma diferente no passado e reunidos numa massa continental única, á Pangeia.
  8. 8. Mecanismo responsável pela movimentação dos continentes Para Wegener, os continentes assentavam sobre um substrato que se comportava como um liquido muito viscoso, permitindo a sua deriva por ação de forças resultantes do movimento de rotação da terra. Com o objetivo de prosseguir os seus estudos,Wegener deslocou-se numa expedição á Gronelândia, onde viria a perder a vida em 1930.

×