SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Pedologia
1 - (URCA) Analise os dois perfis de solo a seguir.
(ADAS, Melhem e ADAS, Sergio. Panorama Geográfico do Brasil. São Paulo:
Moderna. 2004.)
Identifique qual das assertivas traz informações corretas sobre os perfis de solo.
a) O perfil II é típico do semiárido nordestino. Devido à escassez de chuvas, a ação do
intemperismo físico é limitada, o que faz com que o intemperismo químico seja o
principal agente de formação do solo.
b) O perfil I é típico do semiárido nordestino. Devido à escassez de chuvas, a ação do
intemperismo químico é limitada, o que faz com que o intemperismo físico seja o
principal agente de formação do solo. Em consequência, o horizonte A é pouco
profundo e se apoia diretamente sobre a rocha-mãe.
c) O perfil I é típico das terras baixas amazônicas. Devido a abundância de chuvas, a
ação do intemperismo químico é muito intensa, o que faz com que o intemperismo
químico seja o principal agente de formação do solo. Em consequência, o horizonte A é
muito profundo e se apoia diretamente sobre rochas calcárias.
d) O perfil II é típico da Zona da Mata nordestina. Devido a abundância de chuvas, a
ação do intemperismo biológico é muito intenso, o que faz com que seja rico em
material orgânico. Em consequência, o horizonte C é muito profundo e rico em húmus.
e) O perfil I é típico do semiárido nordestino. Devido à escassez de chuvas, a ação do
intemperismo biológico é limitada, o que faz com que o mesmo seja ácido, pedregoso e
salino.
2 - (UFAL)
Disponível em: http://www.botanic.com.br. Acesso em: 08/12/2013
A imagem mostra um dos maiores problemas da atualidade, a perda de solo devido à
ocupação irregular ou o mau aproveitamento da terra. O processo de destruição do solo
mostrado na figura, uma vez iniciado, não tem retorno, há medidas para conter seu
avanço, mas não há garantias de recuperação da fertilidade perdida. Esses buracos são
chamados de
a) deslizamento.
b) voçoroca.
c) afundamento.
d) assoreamento.
e) lixiviação.
3 - (UNIOSTE) O solo é um recurso natural resultante da ação simultânea e integrada
do clima, do material de origem, do relevo, dos organismos e do tempo. É considerado a
base de todas as atividades humanas na superfície terrestre e apresenta várias
possibilidades de uso e ocupação. Por isso, o conjunto de técnicas e procedimentos com
vistas ao planejamento do uso e ocupação do solo é indispensável para a manutenção do
equilíbrio ambiental dos sistemas agrícolas e urbanos. Sobre os sistemas agrícolas
brasileiros e seu planejamento conservacionista, considere as afirmativas abaixo.
(I) As áreas próximas às divisas entre os Estados do Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia
formam a nova área de avanço da fronteira agrícola conhecida como a região da
'Mapitoba', cujo principal produto agrícola é a soja que, com o crescimento vertiginoso
de sua produção, com base na concentração fundiária, pode trazer consequências
socioambientais negativas difíceis de serem mitigadas.
(II) A perda anual de milhares de toneladas de solos agricultáveis, sobretudo em
consequência da erosão hídrica, constitui um grave problema ambiental brasileiro.
(III) Toda atividade agrícola pode provocar algum tipo de degradação nos solos, mas a
intensidade depende do tipo de cultura, das técnicas de uso e manejo utilizados bem
como dos atributos físico-químicos dos mesmos.
(IV) O terraceamento, as curvas de nível e a associação de culturas são exemplos de
práticas conservacionistas que possibilitam a ampliação das áreas cultivadas em regiões
com forte declividade, a redução da velocidade do escoamento superficial e o equilíbrio
orgânico do solo.
(V) A necessidade de que haja investimento em práticas alternativas, as quais visam à
conservação e à preservação dos solos, em detrimento da degradação, contribuiu para a
utilização da hidroponia e da aeroponia que são tecnologias de cultivo de plantas
bastante exigentes e economicamente viáveis para inúmeras culturas, inclusive a soja, o
milho e o trigo, amplamente cultivados na região Centro-Sul do Brasil.
Assim, assinale a alternativa CORRETA.
a) Estão corretas apenas as alternativas II, III e IV.
b) Estão corretas apenas as alternativas I, II e IV.
c) Estão corretas apenas as alternativas I, II, III e IV.
d) Estão corretas apenas as alternativas III, IV e V.
e) Estão corretas apenas as alternativas I, II, III.
4 - (UPE) Observa-se, na figura a seguir, um problema ambiental que decorre,
indiretamente e sobretudo, das ações antrópicas sobre a natureza. Examine a fotografia e
depois assinale a alternativa que apresenta esse problema.
a) Formação de voçorocas
b) Assoreamento
c) Lixiviação dos latossolos
d) Laterização de leito fluvial
e) Movimentos de massa rápidos
5 - (UNICAMP) Solo é a camada superior da superfície terrestre, onde se fixam as
plantas, que dependem de seu suporte físico, água e nutrientes. Um perfil de solo é
representado na figura abaixo. Sobre o perfil apresentado é correto afirmar que:
a) O horizonte (ou camada) O corresponde ao acúmulo de material orgânico que é
gradualmente decomposto e incorporado aos horizontes inferiores, acumulando-se nos
horizontes B e C.
b) O horizonte A apresenta muitos minerais não alterados da rocha que deu origem ao
solo, sendo normalmente o horizonte menos fértil do perfil.
c) O horizonte C corresponde à transição entre solo e rocha, apresentando,
normalmente, em seu interior, fragmentos da rocha não alterada.
d) O horizonte B apresenta baixo desenvolvimento do solo, sendo um dos primeiros
horizontes a se formar e o horizonte com a menor fertilidade em relação aos outros
horizontes.
6 - (UDESC) O conceito de fertilidade do solo refere-se à sua importância econômica,
isto é, à sua capacidade de permitir um eficaz desenvolvimento da agricultura. Para ser
fértil, um solo deve possuir, naturalmente, uma série de condições: boa quantidade
de húmus, um pH neutro, boa quantidade de elementos nutrientes, fácil penetração do ar
e da água em seu interior, entre outras.
Sobre os solos férteis do Brasil pode-se afirmar.
I. Os solos de maior fertilidade natural do Brasil se localizam nas áreas dos planaltos
sedimentares basálticos, principalmente, nos estados de São Paulo e do Paraná. Destaca-
se aí a “terra roxa”, como é regionalmente conhecida.
II. O “massapé” é outro solo fértil, encontrado na faixa litorânea do Nordeste, na
chamada Zona da Mata. O massapê se origina da decomposição do granito, do gnaisse
e, às vezes, do calcário.
III. Embora existam alguns solos de alta fertilidade natural no Brasil, normalmente,
eles, como todos os solos tropicais em geral, são frágeis e requerem cuidados especiais,
para não se empobrecerem de forma intensa.
IV. Nos solos férteis encontram-se grandes quantidades de minerais como nitrogênio,
fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enxofre, ferro, manganês, zinco, boro, cobre e
outros.
V. Os solos férteis naturais são aqueles que nunca perdem suas propriedades, mesmo
com intensa atividade da agricultura e o uso de técnicas de manejo atrasadas como a
queimada, também conhecida como coivara.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I, II, III e IV são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas I e V são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.
e) Todas as afirmativas são verdadeiras.
7 - (IFMT) “A erosão acelerada não é uma coisa nova, ela acompanha a agricultura
desde o seu início, há 4.000 ou 5.000 anos a.C., nos vales do Eufrates, Tigre e Nilo,
onde, presume-se, tenha sido o berço da agricultura.”
(CONCIANI, Wilson. Processos erosivos: conceitos e ações de controle. Cuiabá:
Editora Cefet-MT, 2008. p. 11.)
Mesmo que a erosão seja um acontecimento antigo, como citado acima, o tema é
sempre atual, trazendo muitos transtornos para as zonas rural e urbana. Sobre a erosão,
suas causas e consequências, é correto afirmar que:
a) é caracterizada pela destruição e transformação de rochas pela ação de agentes que
modelam a superfície terrestre, através dos fatores endógenos (clima, rios, correntes
marítimas, enxurradas) e de fatores exógenos (animais, homens e vulcanismos).
b) nas encostas, as águas superficiais escorrem e formam as ravinas ou voçorocas com
sulcos laterais inclinados, entretanto só provocam efeitos na superfície dos solos e são
facilmente controladas pela ação antrópica.
c) é parte do processo de degradação do solo, provocando o acúmulo de metais pesados,
lixiviação e diminuição de nutrientes; só ocorre com a intervenção do homem,
tornando-se um dos mais sérios problemas ecológicos do planeta.
d) a ação do intemperismo físico e químico e das cheias e inundações compensam o
material retirado pela erosão, com formações de cordões arenosos e praias nos rios e no
litoral.
e) a ação da água como agente de erosão depende da quantidade que cai sobre o solo e
da maior ou menor capacidade de infiltração que este solo oferece. A erosão provocada
pelo escoamento superficial recebe o nome de erosão laminar ou em lençol.
8 - (UFRN) Um agricultor adquiriu dez hectares de terra para práticas agrícolas. A
propriedade, atravessada por um rio perene, apresenta solos de boa fertilidade. Todavia,
predomina um relevo de médias altitudes com declividade acentuada. Preocupado com a
conservação do solo, o agricultor consultou um engenheiro agrônomo. Este recomendou
arar e semear o solo seguindo as cotas altimétricas do relevo, o que reduz a velocidade
do escoamento superficial da água, os processos erosivos e a perda de solo agricultável.
A técnica de conservação do solo recomendada pelo engenheiro agrônomo denomina-se
a) curvas de nível.
b) terraceamento.
c) associação de culturas.
d) reflorestamento.
Gabarito:
1 – b
2 – b
3 – c
4 – b
5 – c
6 – a
7 – e
8 – a

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Geografia brasil-natural-clima-exercicios
Geografia brasil-natural-clima-exerciciosGeografia brasil-natural-clima-exercicios
Geografia brasil-natural-clima-exerciciosDelmacy Cruz Souza
 
Lista - Fatores e Elementos Climáticos
Lista - Fatores e Elementos ClimáticosLista - Fatores e Elementos Climáticos
Lista - Fatores e Elementos ClimáticosRogério Bartilotti
 
GEOGRAFIA DO BRASIL
GEOGRAFIA DO BRASILGEOGRAFIA DO BRASIL
GEOGRAFIA DO BRASILBruno Lima
 
Lista de exercícios. relevo brasileiro.i
Lista de exercícios. relevo brasileiro.iLista de exercícios. relevo brasileiro.i
Lista de exercícios. relevo brasileiro.iRaquel Avila
 
Prof Demetrio Melo - Brasil: Estrutura Geológica e Relevo
Prof Demetrio Melo - Brasil: Estrutura Geológica e RelevoProf Demetrio Melo - Brasil: Estrutura Geológica e Relevo
Prof Demetrio Melo - Brasil: Estrutura Geológica e RelevoDeto - Geografia
 
Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]
Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]
Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]Marco Aurélio Gondim
 
Exercício 1
Exercício 1Exercício 1
Exercício 1renanpinh
 
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do ClimaTreinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do ClimaRogério Bartilotti
 
Dinâmica climática
Dinâmica climáticaDinâmica climática
Dinâmica climáticaLigia Amaral
 
Jurandyr Ross e a classificação do relevo brasileiro; Os principais tipos de...
Jurandyr Ross e a classificação do relevo brasileiro;  Os principais tipos de...Jurandyr Ross e a classificação do relevo brasileiro;  Os principais tipos de...
Jurandyr Ross e a classificação do relevo brasileiro; Os principais tipos de...Ronaldo Mello
 
Treinamento - Climatologia - parte II
Treinamento - Climatologia - parte IITreinamento - Climatologia - parte II
Treinamento - Climatologia - parte IIRogério Bartilotti
 
Relevo brasileiro
Relevo brasileiroRelevo brasileiro
Relevo brasileirokarolpoa
 
Documento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografia
Documento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografiaDocumento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografia
Documento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografiaMinistério da Educação
 

Mais procurados (20)

Porradão do Bartinho II
Porradão do Bartinho IIPorradão do Bartinho II
Porradão do Bartinho II
 
Geografia 2012
Geografia 2012Geografia 2012
Geografia 2012
 
Geografia brasil-natural-clima-exercicios
Geografia brasil-natural-clima-exerciciosGeografia brasil-natural-clima-exercicios
Geografia brasil-natural-clima-exercicios
 
Lista - Fatores e Elementos Climáticos
Lista - Fatores e Elementos ClimáticosLista - Fatores e Elementos Climáticos
Lista - Fatores e Elementos Climáticos
 
Treinamento - Meio Ambiente
Treinamento - Meio AmbienteTreinamento - Meio Ambiente
Treinamento - Meio Ambiente
 
Geo – geomorfologia do brasil 01 – 2013
Geo – geomorfologia do brasil 01 – 2013Geo – geomorfologia do brasil 01 – 2013
Geo – geomorfologia do brasil 01 – 2013
 
GEOGRAFIA DO BRASIL
GEOGRAFIA DO BRASILGEOGRAFIA DO BRASIL
GEOGRAFIA DO BRASIL
 
Lista de exercícios. relevo brasileiro.i
Lista de exercícios. relevo brasileiro.iLista de exercícios. relevo brasileiro.i
Lista de exercícios. relevo brasileiro.i
 
Prof Demetrio Melo - Brasil: Estrutura Geológica e Relevo
Prof Demetrio Melo - Brasil: Estrutura Geológica e RelevoProf Demetrio Melo - Brasil: Estrutura Geológica e Relevo
Prof Demetrio Melo - Brasil: Estrutura Geológica e Relevo
 
Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]
Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]
Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]
 
Lista 2 - geografia
Lista 2 - geografiaLista 2 - geografia
Lista 2 - geografia
 
Relevo
RelevoRelevo
Relevo
 
Exercício 1
Exercício 1Exercício 1
Exercício 1
 
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do ClimaTreinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
 
Provas UEFS 2011 12
Provas UEFS 2011 12Provas UEFS 2011 12
Provas UEFS 2011 12
 
Dinâmica climática
Dinâmica climáticaDinâmica climática
Dinâmica climática
 
Jurandyr Ross e a classificação do relevo brasileiro; Os principais tipos de...
Jurandyr Ross e a classificação do relevo brasileiro;  Os principais tipos de...Jurandyr Ross e a classificação do relevo brasileiro;  Os principais tipos de...
Jurandyr Ross e a classificação do relevo brasileiro; Os principais tipos de...
 
Treinamento - Climatologia - parte II
Treinamento - Climatologia - parte IITreinamento - Climatologia - parte II
Treinamento - Climatologia - parte II
 
Relevo brasileiro
Relevo brasileiroRelevo brasileiro
Relevo brasileiro
 
Documento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografia
Documento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografiaDocumento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografia
Documento apoio ao estudo meio natural relevo hidrografia
 

Semelhante a Pedologia

Semelhante a Pedologia (20)

Solos
SolosSolos
Solos
 
aula 4.pptx
aula 4.pptxaula 4.pptx
aula 4.pptx
 
Geografia a importancia da cobertura vegetal no processo de erosao e deserf...
Geografia   a importancia da cobertura vegetal no processo de erosao e deserf...Geografia   a importancia da cobertura vegetal no processo de erosao e deserf...
Geografia a importancia da cobertura vegetal no processo de erosao e deserf...
 
SOLO, ORIGEM E FORMAÇÃO
SOLO, ORIGEM E FORMAÇÃOSOLO, ORIGEM E FORMAÇÃO
SOLO, ORIGEM E FORMAÇÃO
 
Origem dos Solos
Origem dos SolosOrigem dos Solos
Origem dos Solos
 
Uern 2011
 Uern 2011 Uern 2011
Uern 2011
 
A formação dos solos
A formação dos solosA formação dos solos
A formação dos solos
 
DEGRADAÇÃO DO SOLO.pptx
DEGRADAÇÃO DO SOLO.pptxDEGRADAÇÃO DO SOLO.pptx
DEGRADAÇÃO DO SOLO.pptx
 
Solo
SoloSolo
Solo
 
Uern 2011
 Uern 2011 Uern 2011
Uern 2011
 
Hidrografia
HidrografiaHidrografia
Hidrografia
 
Questões Marco Aurelio
Questões Marco AurelioQuestões Marco Aurelio
Questões Marco Aurelio
 
Antropossolo
AntropossoloAntropossolo
Antropossolo
 
Geografia brasil-natural-vegetacao-exercicios
Geografia brasil-natural-vegetacao-exerciciosGeografia brasil-natural-vegetacao-exercicios
Geografia brasil-natural-vegetacao-exercicios
 
Banco de questões Geografia
Banco de questões GeografiaBanco de questões Geografia
Banco de questões Geografia
 
SOLO, ORIGEM E FORMAÇÃO
SOLO, ORIGEM E FORMAÇÃOSOLO, ORIGEM E FORMAÇÃO
SOLO, ORIGEM E FORMAÇÃO
 
ENEM 500 Questões de GEOGRAFIA para vestibular
ENEM 500 Questões de GEOGRAFIA para vestibularENEM 500 Questões de GEOGRAFIA para vestibular
ENEM 500 Questões de GEOGRAFIA para vestibular
 
8 - A. A. Meio Terrestre - 23-11 (1).ppt
8 - A. A. Meio Terrestre - 23-11 (1).ppt8 - A. A. Meio Terrestre - 23-11 (1).ppt
8 - A. A. Meio Terrestre - 23-11 (1).ppt
 
Vt5 teste 1
Vt5  teste 1Vt5  teste 1
Vt5 teste 1
 
BURITICUPU.pdf
BURITICUPU.pdfBURITICUPU.pdf
BURITICUPU.pdf
 

Mais de Rogério Bartilotti

Agentes externos e Relevo Brasileiro
Agentes externos e Relevo BrasileiroAgentes externos e Relevo Brasileiro
Agentes externos e Relevo BrasileiroRogério Bartilotti
 
Fatores e elementos do clima parte ii
Fatores e elementos do clima   parte iiFatores e elementos do clima   parte ii
Fatores e elementos do clima parte iiRogério Bartilotti
 
Treinamento: Geologia, Geomorfologia e Solos
Treinamento: Geologia, Geomorfologia e SolosTreinamento: Geologia, Geomorfologia e Solos
Treinamento: Geologia, Geomorfologia e SolosRogério Bartilotti
 
Treinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. Ambientais
Treinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. AmbientaisTreinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. Ambientais
Treinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. AmbientaisRogério Bartilotti
 
Domínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, Transição
Domínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, TransiçãoDomínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, Transição
Domínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, TransiçãoRogério Bartilotti
 
Treinamento - Recursos Minerais e Fontes de Energia
Treinamento - Recursos Minerais e Fontes de EnergiaTreinamento - Recursos Minerais e Fontes de Energia
Treinamento - Recursos Minerais e Fontes de EnergiaRogério Bartilotti
 
Migrações internacionais Teoria e Questões
Migrações internacionais Teoria e QuestõesMigrações internacionais Teoria e Questões
Migrações internacionais Teoria e QuestõesRogério Bartilotti
 
Fases do crescimento populacional
Fases do crescimento populacionalFases do crescimento populacional
Fases do crescimento populacionalRogério Bartilotti
 
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da ÁguaProblemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da ÁguaRogério Bartilotti
 
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...Rogério Bartilotti
 

Mais de Rogério Bartilotti (20)

Transportes
TransportesTransportes
Transportes
 
Agentes externos e Relevo Brasileiro
Agentes externos e Relevo BrasileiroAgentes externos e Relevo Brasileiro
Agentes externos e Relevo Brasileiro
 
Fatores e elementos do clima parte ii
Fatores e elementos do clima   parte iiFatores e elementos do clima   parte ii
Fatores e elementos do clima parte ii
 
Treinamento blocos
Treinamento blocosTreinamento blocos
Treinamento blocos
 
Treinamento: Geologia, Geomorfologia e Solos
Treinamento: Geologia, Geomorfologia e SolosTreinamento: Geologia, Geomorfologia e Solos
Treinamento: Geologia, Geomorfologia e Solos
 
Revisao 2 - Aulas de Sexta
Revisao 2 - Aulas de SextaRevisao 2 - Aulas de Sexta
Revisao 2 - Aulas de Sexta
 
Da URSS a Rússia
Da URSS a RússiaDa URSS a Rússia
Da URSS a Rússia
 
Treinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. Ambientais
Treinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. AmbientaisTreinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. Ambientais
Treinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. Ambientais
 
Treinamento Cartografia
Treinamento CartografiaTreinamento Cartografia
Treinamento Cartografia
 
Eras Geológicas
Eras GeológicasEras Geológicas
Eras Geológicas
 
Ordens Mundiais
Ordens MundiaisOrdens Mundiais
Ordens Mundiais
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 
Domínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, Transição
Domínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, TransiçãoDomínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, Transição
Domínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, Transição
 
Treinamento - Recursos Minerais e Fontes de Energia
Treinamento - Recursos Minerais e Fontes de EnergiaTreinamento - Recursos Minerais e Fontes de Energia
Treinamento - Recursos Minerais e Fontes de Energia
 
Focos de tensão na Áfrcia
Focos de tensão na ÁfrciaFocos de tensão na Áfrcia
Focos de tensão na Áfrcia
 
Recursos Minerais
Recursos MineraisRecursos Minerais
Recursos Minerais
 
Migrações internacionais Teoria e Questões
Migrações internacionais Teoria e QuestõesMigrações internacionais Teoria e Questões
Migrações internacionais Teoria e Questões
 
Fases do crescimento populacional
Fases do crescimento populacionalFases do crescimento populacional
Fases do crescimento populacional
 
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da ÁguaProblemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
 
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
 

Último

Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docCarolineWaitman
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdflbgsouza
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguaKelly Mendes
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxprofbrunogeo95
 

Último (20)

Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 

Pedologia

  • 1. Pedologia 1 - (URCA) Analise os dois perfis de solo a seguir. (ADAS, Melhem e ADAS, Sergio. Panorama Geográfico do Brasil. São Paulo: Moderna. 2004.) Identifique qual das assertivas traz informações corretas sobre os perfis de solo. a) O perfil II é típico do semiárido nordestino. Devido à escassez de chuvas, a ação do intemperismo físico é limitada, o que faz com que o intemperismo químico seja o principal agente de formação do solo. b) O perfil I é típico do semiárido nordestino. Devido à escassez de chuvas, a ação do intemperismo químico é limitada, o que faz com que o intemperismo físico seja o principal agente de formação do solo. Em consequência, o horizonte A é pouco profundo e se apoia diretamente sobre a rocha-mãe. c) O perfil I é típico das terras baixas amazônicas. Devido a abundância de chuvas, a ação do intemperismo químico é muito intensa, o que faz com que o intemperismo químico seja o principal agente de formação do solo. Em consequência, o horizonte A é muito profundo e se apoia diretamente sobre rochas calcárias. d) O perfil II é típico da Zona da Mata nordestina. Devido a abundância de chuvas, a ação do intemperismo biológico é muito intenso, o que faz com que seja rico em material orgânico. Em consequência, o horizonte C é muito profundo e rico em húmus. e) O perfil I é típico do semiárido nordestino. Devido à escassez de chuvas, a ação do intemperismo biológico é limitada, o que faz com que o mesmo seja ácido, pedregoso e salino. 2 - (UFAL)
  • 2. Disponível em: http://www.botanic.com.br. Acesso em: 08/12/2013 A imagem mostra um dos maiores problemas da atualidade, a perda de solo devido à ocupação irregular ou o mau aproveitamento da terra. O processo de destruição do solo mostrado na figura, uma vez iniciado, não tem retorno, há medidas para conter seu avanço, mas não há garantias de recuperação da fertilidade perdida. Esses buracos são chamados de a) deslizamento. b) voçoroca. c) afundamento. d) assoreamento. e) lixiviação. 3 - (UNIOSTE) O solo é um recurso natural resultante da ação simultânea e integrada do clima, do material de origem, do relevo, dos organismos e do tempo. É considerado a base de todas as atividades humanas na superfície terrestre e apresenta várias possibilidades de uso e ocupação. Por isso, o conjunto de técnicas e procedimentos com vistas ao planejamento do uso e ocupação do solo é indispensável para a manutenção do equilíbrio ambiental dos sistemas agrícolas e urbanos. Sobre os sistemas agrícolas brasileiros e seu planejamento conservacionista, considere as afirmativas abaixo. (I) As áreas próximas às divisas entre os Estados do Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia formam a nova área de avanço da fronteira agrícola conhecida como a região da 'Mapitoba', cujo principal produto agrícola é a soja que, com o crescimento vertiginoso de sua produção, com base na concentração fundiária, pode trazer consequências socioambientais negativas difíceis de serem mitigadas.
  • 3. (II) A perda anual de milhares de toneladas de solos agricultáveis, sobretudo em consequência da erosão hídrica, constitui um grave problema ambiental brasileiro. (III) Toda atividade agrícola pode provocar algum tipo de degradação nos solos, mas a intensidade depende do tipo de cultura, das técnicas de uso e manejo utilizados bem como dos atributos físico-químicos dos mesmos. (IV) O terraceamento, as curvas de nível e a associação de culturas são exemplos de práticas conservacionistas que possibilitam a ampliação das áreas cultivadas em regiões com forte declividade, a redução da velocidade do escoamento superficial e o equilíbrio orgânico do solo. (V) A necessidade de que haja investimento em práticas alternativas, as quais visam à conservação e à preservação dos solos, em detrimento da degradação, contribuiu para a utilização da hidroponia e da aeroponia que são tecnologias de cultivo de plantas bastante exigentes e economicamente viáveis para inúmeras culturas, inclusive a soja, o milho e o trigo, amplamente cultivados na região Centro-Sul do Brasil. Assim, assinale a alternativa CORRETA. a) Estão corretas apenas as alternativas II, III e IV. b) Estão corretas apenas as alternativas I, II e IV. c) Estão corretas apenas as alternativas I, II, III e IV. d) Estão corretas apenas as alternativas III, IV e V. e) Estão corretas apenas as alternativas I, II, III. 4 - (UPE) Observa-se, na figura a seguir, um problema ambiental que decorre, indiretamente e sobretudo, das ações antrópicas sobre a natureza. Examine a fotografia e depois assinale a alternativa que apresenta esse problema. a) Formação de voçorocas
  • 4. b) Assoreamento c) Lixiviação dos latossolos d) Laterização de leito fluvial e) Movimentos de massa rápidos 5 - (UNICAMP) Solo é a camada superior da superfície terrestre, onde se fixam as plantas, que dependem de seu suporte físico, água e nutrientes. Um perfil de solo é representado na figura abaixo. Sobre o perfil apresentado é correto afirmar que: a) O horizonte (ou camada) O corresponde ao acúmulo de material orgânico que é gradualmente decomposto e incorporado aos horizontes inferiores, acumulando-se nos horizontes B e C. b) O horizonte A apresenta muitos minerais não alterados da rocha que deu origem ao solo, sendo normalmente o horizonte menos fértil do perfil. c) O horizonte C corresponde à transição entre solo e rocha, apresentando, normalmente, em seu interior, fragmentos da rocha não alterada. d) O horizonte B apresenta baixo desenvolvimento do solo, sendo um dos primeiros horizontes a se formar e o horizonte com a menor fertilidade em relação aos outros horizontes. 6 - (UDESC) O conceito de fertilidade do solo refere-se à sua importância econômica, isto é, à sua capacidade de permitir um eficaz desenvolvimento da agricultura. Para ser fértil, um solo deve possuir, naturalmente, uma série de condições: boa quantidade de húmus, um pH neutro, boa quantidade de elementos nutrientes, fácil penetração do ar e da água em seu interior, entre outras. Sobre os solos férteis do Brasil pode-se afirmar.
  • 5. I. Os solos de maior fertilidade natural do Brasil se localizam nas áreas dos planaltos sedimentares basálticos, principalmente, nos estados de São Paulo e do Paraná. Destaca- se aí a “terra roxa”, como é regionalmente conhecida. II. O “massapé” é outro solo fértil, encontrado na faixa litorânea do Nordeste, na chamada Zona da Mata. O massapê se origina da decomposição do granito, do gnaisse e, às vezes, do calcário. III. Embora existam alguns solos de alta fertilidade natural no Brasil, normalmente, eles, como todos os solos tropicais em geral, são frágeis e requerem cuidados especiais, para não se empobrecerem de forma intensa. IV. Nos solos férteis encontram-se grandes quantidades de minerais como nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enxofre, ferro, manganês, zinco, boro, cobre e outros. V. Os solos férteis naturais são aqueles que nunca perdem suas propriedades, mesmo com intensa atividade da agricultura e o uso de técnicas de manejo atrasadas como a queimada, também conhecida como coivara. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I, II, III e IV são verdadeiras. b) Somente as afirmativas I e V são verdadeiras. c) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras. d) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras. e) Todas as afirmativas são verdadeiras. 7 - (IFMT) “A erosão acelerada não é uma coisa nova, ela acompanha a agricultura desde o seu início, há 4.000 ou 5.000 anos a.C., nos vales do Eufrates, Tigre e Nilo, onde, presume-se, tenha sido o berço da agricultura.” (CONCIANI, Wilson. Processos erosivos: conceitos e ações de controle. Cuiabá: Editora Cefet-MT, 2008. p. 11.) Mesmo que a erosão seja um acontecimento antigo, como citado acima, o tema é sempre atual, trazendo muitos transtornos para as zonas rural e urbana. Sobre a erosão, suas causas e consequências, é correto afirmar que: a) é caracterizada pela destruição e transformação de rochas pela ação de agentes que modelam a superfície terrestre, através dos fatores endógenos (clima, rios, correntes marítimas, enxurradas) e de fatores exógenos (animais, homens e vulcanismos). b) nas encostas, as águas superficiais escorrem e formam as ravinas ou voçorocas com sulcos laterais inclinados, entretanto só provocam efeitos na superfície dos solos e são facilmente controladas pela ação antrópica.
  • 6. c) é parte do processo de degradação do solo, provocando o acúmulo de metais pesados, lixiviação e diminuição de nutrientes; só ocorre com a intervenção do homem, tornando-se um dos mais sérios problemas ecológicos do planeta. d) a ação do intemperismo físico e químico e das cheias e inundações compensam o material retirado pela erosão, com formações de cordões arenosos e praias nos rios e no litoral. e) a ação da água como agente de erosão depende da quantidade que cai sobre o solo e da maior ou menor capacidade de infiltração que este solo oferece. A erosão provocada pelo escoamento superficial recebe o nome de erosão laminar ou em lençol. 8 - (UFRN) Um agricultor adquiriu dez hectares de terra para práticas agrícolas. A propriedade, atravessada por um rio perene, apresenta solos de boa fertilidade. Todavia, predomina um relevo de médias altitudes com declividade acentuada. Preocupado com a conservação do solo, o agricultor consultou um engenheiro agrônomo. Este recomendou arar e semear o solo seguindo as cotas altimétricas do relevo, o que reduz a velocidade do escoamento superficial da água, os processos erosivos e a perda de solo agricultável. A técnica de conservação do solo recomendada pelo engenheiro agrônomo denomina-se a) curvas de nível. b) terraceamento. c) associação de culturas. d) reflorestamento. Gabarito: 1 – b 2 – b 3 – c 4 – b 5 – c 6 – a 7 – e 8 – a