1
"Estrutura do Monitoramento e Avaliação
no Ministério da Previdência Social"
2
Gestão por processos
3
• Estrutura: Administração Direta, 2 Autarquias e 1 Empresa
Pública;
• Processos de reconhecimento de direito: 22.000 pr...
4
• PREVMóvel e PREVBarco;
Previdência Social: números e histórico
5
Histórico da Modelagem:
• Programa de Melhoria do Atendimento (PMA): em 1997 buscou-
se uma nova forma de atendimento, m...
6
Promover a melhoria da
qualidade dos serviços
previdenciários
Fomentar políticas e ações de
sustentabilidade dos regimes...
7
Indicadores
Consolidados
Central de Resultados
(Monitoramento e Avaliação)
Painel de Controle
Comitê Estratégico
Indicad...
8
Modelo de Governança para ResultadosEstrutura
Executivo
Principal
Unidade 1
Unidade 2
Unidade “N”
Contrato de
Resultados...
9
Planos de Ação a partir do Mapa Estratégico:
• Plano de Ação Integrado do MPS;
• Plano de Ação do INSS;
• Plano de Ação ...
10
Ministério da Previdência Social - MPS:
• Gestão da Informação Corporativa na Previdência Social;
• Aprimorar o Monitor...
11
Área
“D”
Área
“A”
Área
“B”
Área
“C”
Planejar
contratações
Registrar a
documentação
Necessidade
do Cliente
Atendimento
d...
12
Ações Estratégicas 2012:
•Otimizar a análise e julgamento dos recursos administrativos em
primeira instância e segunda ...
13
• Reunião de Avaliação Estratégica - Trimestral;
• Monitoramento dos Indicadores dos Obejtivos Estratégicos;
• Avaliaçã...
14
As estratégias de comunicação e disseminação da Gestão por
Processos.
• Publicação do Projeto de Gestão por Processos e...
15
Comunicação e disseminação da Gestão por Processos.
• Elaboração do Guia de Modelagem de Processos;
• Desenvolvimento d...
16
Etapas da Modelagem dos Processos
17
18
Estratégia da Gestão por Processo
19
Macroprocessos Gerenciais
Macroprocessos Finalísticos
Macroprocessos de Apoio
Modelo Lógico da Previdência Social
20
Cadeia de Valor Agregado
Gerir a Informação
e documentação
Planejar a gestão
da informação e
documentação
Gerenciar
doc...
21
Representada em 5 (cinco) níveis:
• Macroprocesso;
• Processo;
• Processo de Trabalho (Subprocesso);
• Atividades;
• Ta...
22
• Gerir a informação e documentação (14);
• Gerenciar o acesso a informação e documentação (3);
• Gerenciar o atendimen...
23
Painel de Desempenho
24
Monitoramento e Avaliação
25
Plano de Ação
26
27
28
Informações Gerenciais
29
Sala de Monitoramento da APS
30
Sala de Monitoramento da APS
31
32
33
34
Sala de Monitoramento da APS
35
Sala de Monitoramento da APS
36
Sala de Monitoramento da APS
37
Sala de Monitoramento da APS
38
39
40
Nicir Chaves
Assessora de Gestão Estratégica e Inovação Institucional
Ministério da Previdência Social
nicir.chaves@pre...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

[BPM DAY DF 2012] DATAPREV – Indicadores: Ferramenta Essencial da Gestão

145 visualizações

Publicada em

[BPM DAY DF 2012] DATAPREV – Indicadores: Ferramenta Essencial da Gestão

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
145
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[BPM DAY DF 2012] DATAPREV – Indicadores: Ferramenta Essencial da Gestão

  1. 1. 1 "Estrutura do Monitoramento e Avaliação no Ministério da Previdência Social"
  2. 2. 2 Gestão por processos
  3. 3. 3 • Estrutura: Administração Direta, 2 Autarquias e 1 Empresa Pública; • Processos de reconhecimento de direito: 22.000 processos/dia; • Servidores: aproximadamente 40.000 servidores ativos; • Superintendência e Gerência-Executiva: 5 (SR) e 102 (GEX); • Agências da Previdência Social (APS): 1.350 APS no Brasil; • Ampliação da rede de atendimento: + 720 APS; Previdência Social: em números e histórico
  4. 4. 4 • PREVMóvel e PREVBarco; Previdência Social: números e histórico
  5. 5. 5 Histórico da Modelagem: • Programa de Melhoria do Atendimento (PMA): em 1997 buscou- se uma nova forma de atendimento, modificações das Agência; • Modelagem dos processos iniciou no INSS: em 2001 no projeto “Novo Modelo de Gestão”, priorizou os processo de atendimento; • Modelagem dos processos no Ministério da Previdência Social: iniciou em 2009; • Meta do MPS em 2011: 30% dos processos modelados. Previdência Social: números e o histórico Transformando partes para formar o todo
  6. 6. 6 Promover a melhoria da qualidade dos serviços previdenciários Fomentar políticas e ações de sustentabilidade dos regimes previdenciários ProcessosInternos Promover ações de inclusão e permanência no sistema previdenciário Promover a valorização e a qualidade de vida das pessoas Ampliar e modernizar a rede de atendimento da Previdência Social Aperfeiçoar a aplicação dos recursos Prover soluções em ambiente tecnológico integrado, seguro e de alto desempenho Otimizar o quadro de pessoal e desenvolver competências compatíveis com os objetivos institucionais Desenvolver cultura voltada aos valores, aos resultados e à responsabilidade socioambiental Gestão estratégica de pessoas Modernização da infraestrutura e otimização dos recursosÉtica Respeito Segurança Transparência Profissionalismo Garantir o pagamento de benefícios com qualidade Promover o reconhecimento automático de direito Promover o acesso à informação de forma transparente e tempestiva Aperfeiçoar as decisões e minimizar as ocorrências de litígios Contribuir com a qualidade de vida dos contribuintes e beneficiários no envelhecimento ativo Aprimorar a prevenção de riscos ocupacionais e mitigar os efeitos da incapacidade laboral Promover políticas de sustentabilidade do sistema previdenciário Fortalecer os controles internos, o combate às fraudes, a gestão de riscos e a segurança institucional Intensificar a fiscalização dos regimes próprios e das entidades fechadas de previdência complementar Missão Garantirproteção ao trabalhador e sua família, por meio de sistema público de política previdenciáriasolidária, inclusiva e sustentável, com objetivo de promover o bem-estar social. Visão Ser reconhecida como patrimônio do trabalhador e sua família, pela sustentabilidade dos regimes previdenciários e pela excelência na gestão, cobertura e atendimento. Simplificar e desburocratizar normas e uniformizar os processos previdenciários Participação Efetividade Governança Fortalecimento da proteção social Aprimorar as informações sobre o perfil do cidadão e o mercado de trabalho Fortalecer a educação previdenciária com foco na inclusão e fidelização Inovação da gestão Excelência do atendimento e controle social Eficácia na supervisão Ampliação da cobertura Aprendizadoe Crescimento Resultadospara aSociedade Plano Plurianual 2012 - 2015
  7. 7. 7 Indicadores Consolidados Central de Resultados (Monitoramento e Avaliação) Painel de Controle Comitê Estratégico Indicadores por Áreas de Resultados Indicadores da Visão Indicadores das Ações Estratégicas Indicadores da Organização Modelo de Governança para Resultados
  8. 8. 8 Modelo de Governança para ResultadosEstrutura Executivo Principal Unidade 1 Unidade 2 Unidade “N” Contrato de Resultados Contrato de Resultados Contrato de Resultados Contrato de ResultadosParceiros Central de Resultados (Monitoramento e Avaliação) Painel de Controle Comitê Estratégico ‘ Agenda Estratégica Visão (Indicadores Consolidados) Ação Estratégica1 Ação Estratégica2 Ação Estratégica3 Ação Estratégica“N” Contrato de Resultados Contrato de Resultados Contrato de Resultados Contrato de Resultados Metas Institucionais
  9. 9. 9 Planos de Ação a partir do Mapa Estratégico: • Plano de Ação Integrado do MPS; • Plano de Ação do INSS; • Plano de Ação da Previc. Termo de Compromisso de Resultados
  10. 10. 10 Ministério da Previdência Social - MPS: • Gestão da Informação Corporativa na Previdência Social; • Aprimorar o Monitoramento e a Avaliação de Informações Gerenciais; • Aprimorar a análise de Fraudes em Benefícios Previdenciários a partir de Vínculos Laborais Irregulares; • Criar e unificar o cadastro dos servidores públicos brasileiros; • Implementar o Escritório de Processos no Ministério da Previdência Social; • Aperfeiçoar o processo de Contratação (automação). Ações Estratégica – Alguns Destaques
  11. 11. 11 Área “D” Área “A” Área “B” Área “C” Planejar contratações Registrar a documentação Necessidade do Cliente Atendimento da Necessidade Movimentar crédito orçamentário Área “A” Contratar por Dispensa ou Inexigibilidade de Licitação Realizar análise jurídica Cadeia de processos X Unidades
  12. 12. 12 Ações Estratégicas 2012: •Otimizar a análise e julgamento dos recursos administrativos em primeira instância e segunda instância; •Otimizar os procedimentos da Assessoria de Pesquisa Estratégica e de Gerenciamento de Riscos (APEGR); •Otimizar os processos da CRPC; •Otimizar os processos de trabalho de assistência ao Ministro; •Otimizar o Processo de Análise Jurídica; •Aperfeiçoar o processo de contratação por Pregão Eletrônico; •Aperfeiçoar os procedimentos do PAD; •Otimizar o processo de Administração de Material Permanente e de Consumo. Ações Estratégicas – Melhoria de Processos
  13. 13. 13 • Reunião de Avaliação Estratégica - Trimestral; • Monitoramento dos Indicadores dos Obejtivos Estratégicos; • Avaliação dos Objetivos Estratégicos; • Monitoramento dos Indicadores das Ações Estratégicas; • Avaliação das Ações Estratégicas. Monitoramento e Avaliação de Resultados
  14. 14. 14 As estratégias de comunicação e disseminação da Gestão por Processos. • Publicação do Projeto de Gestão por Processos e Projeto de Gestão da Informação Corporativa na Previdência Social no Plano de Ação e no Plano Plurianual (PPA); • Avaliação de Desempenho Institucional vinculada a estratégia (projetos e processos). Estratégia da Gestão por Processo
  15. 15. 15 Comunicação e disseminação da Gestão por Processos. • Elaboração do Guia de Modelagem de Processos; • Desenvolvimento de Ferramenta de Diagnóstico de Processos e Documentos; • Envolvimento contínuo junto as unidade administrativas; • Fazer acontecer para obter confiança dos gestores; • Promoção de eventos de Lançamento dos processos modelados das unidades administrativas. Estratégia da Gestão por Processo
  16. 16. 16 Etapas da Modelagem dos Processos
  17. 17. 17
  18. 18. 18 Estratégia da Gestão por Processo
  19. 19. 19 Macroprocessos Gerenciais Macroprocessos Finalísticos Macroprocessos de Apoio Modelo Lógico da Previdência Social
  20. 20. 20 Cadeia de Valor Agregado Gerir a Informação e documentação Planejar a gestão da informação e documentação Gerenciar documentos arquivísticos Gerenciar acervo bibliográficos Gerenciar acervo museológicos Gerenciar o acesso a informação Avaliar a gestão da informação e documentação Gerenciar a melhoria dos processos
  21. 21. 21 Representada em 5 (cinco) níveis: • Macroprocesso; • Processo; • Processo de Trabalho (Subprocesso); • Atividades; • Tarefas. Hierarquia de Processos
  22. 22. 22 • Gerir a informação e documentação (14); • Gerenciar o acesso a informação e documentação (3); • Gerenciar o atendimento de ouvidoria (5); • Gerenciar decisões de recursos previdenciários (4); • Elaborar atos normativos (1); • Elaborar comunicações oficiais (1); • Gerenciar contratações (17); • Gerenciar projetos (6). Processos já Modelados
  23. 23. 23 Painel de Desempenho
  24. 24. 24 Monitoramento e Avaliação
  25. 25. 25 Plano de Ação
  26. 26. 26
  27. 27. 27
  28. 28. 28 Informações Gerenciais
  29. 29. 29 Sala de Monitoramento da APS
  30. 30. 30 Sala de Monitoramento da APS
  31. 31. 31
  32. 32. 32
  33. 33. 33
  34. 34. 34 Sala de Monitoramento da APS
  35. 35. 35 Sala de Monitoramento da APS
  36. 36. 36 Sala de Monitoramento da APS
  37. 37. 37 Sala de Monitoramento da APS
  38. 38. 38
  39. 39. 39
  40. 40. 40 Nicir Chaves Assessora de Gestão Estratégica e Inovação Institucional Ministério da Previdência Social nicir.chaves@previdencia.gov.br (61) 2021-5072

×