Aula de combate a incêndio com Rosse

6.770 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.770
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
559
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula de combate a incêndio com Rosse

  1. 1. ESCOLA DE BOMBEIROS CIVIS Técnica e Tática de Combate a Incêndio Sgt Rosse
  2. 2. FOGO  COMO FOI DESCOBERTO O FOGO?  COMO ERA UTILIZADO O FOGO PELOS PRIMATAS?
  3. 3. PROCESSO HISTÓRICO DE INCÊNDIOS NO BRASIL  1961-GRAN CIRCUS NORTE AMERICANO (503 MORTES);  1972- EDIFCIO ANDRAUS(16 MORTES);  1974-EDIFICIO JOELMA (+ 180 MORTES);  2001- CANECÃO MINEIRO(07 MORTES)  2013- BOATE KISS (254 MORTES)  (VIDEOS)
  4. 4. TRANSFORMAÇÕES QUIMICAS E FÍSICAS DAS MATERIAS Fogo= reação química
  5. 5. TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS E FÍSICAS DAS MATERIAS O QUE É MATERIA? TRANSFORMAÇÃO FÍSICA DA MATÉRIA= PRESERVA AS MESMAS PROPRIEDADES QUIMICAS. EX: ÁGUA SE CONGELANDO
  6. 6. TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS E FÍSICAS DAS MATERIAS A REAÇÃO QUÍMICA, OCORRE QUANDO A SUBSTÂNCIA SE TRANSFORMA DE UM TIPO DE MATÉRIA EM OUTRA. OXIDAÇÃO= REAÇÃO DO 0² + OUTROS MATERIAIS FERRUGEM= 0² + FERRO
  7. 7. TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS E FÍSICAS DAS MATERIAS AS TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS E FÍSICAS QUASE SEMPRE ENVOLVEM UMA TROCA DE ENERGIA;  AS REAÇÕES QUE LIBERAM ENERGIA SÃO CHAMADAS DE EXOTÉRMICAS.  AS REAÇÕES QUE ABSORVEM ENERGIA SÃO CHAMADAS DE ENDOTÉRMICAS.
  8. 8.  O Combustível  O Oxigênio (COMBURENTE) O Calor (AGENTE IGNEO) Sgt Rosse
  9. 9. COMBUSTIVEL Quando o processo de combustão em uma substância se desenvolve rapidamente, com alta velocidade de propagação das chamas, ela é chamada inflamável, entretanto, quando a combustão em uma substância se processa lentamente, com baixa velocidade de propagação, ela será denominada combustível.
  10. 10. COMBUSTIVEL OS COMBUSTÍVEIS DIVIDEM-SE EM TRÊS GRUPOS, DE ACORDO COM O ESTADO FÍSICO EM QUE SE APRESENTAM: COMBUSTÍVEIS SÓLIDOS: . Exemplos: madeira, papel, plástico, ferro, etc.
  11. 11. COMBUSTIVEL COMBUSTÍVEIS LÍQUIDOS : Este tipo de combustível tem algumas propriedades físicas que dificultam a extinção do calor, aumentando o risco. Exemplos: gasolina, óleo diesel e querosene. COMBUSTÍVEIS GASOSOS : gases inflamaveis. Auto risco de explosão. Ex. Gás liquefeito de petróleo.
  12. 12. COMBURENTE É o elemento que alimenta as chamas e intensifica a combustão. O comburente mais comum na natureza é o oxigênio. Acima de13% o O² alimenta a combustão em sua plenitude; 13% a 6% apenas uma incandescência; Abaixo de 6% não há combustão.
  13. 13. CALOR É a condição favorável que dá início, mantém e incentiva a propagação do fogo. Como principais fontes de calor temos: - O calor ambiental; - A chama; - O calor provocado pelo choque, atrito e compressão; - Energia radiante (raio laser); - O calor das reações químicas exotérmicas (oxidações, por exemplo); - Energia elétrica (centelha).
  14. 14. CALOR .
  15. 15. REAÇÃO EM CADEIA A reação em cadeia torna a queima auto-sustentável. O calor irradiado das chamas atinge o combustível e este é decomposto em partículas menores, que se combinam com o oxigênio e queimam, irradiando outra vez calor para o combustível, formando um ciclo constante.
  16. 16. INCÊNDIO É o FOGO fora de controle, pode causar danos à vida e ao patrimônio.
  17. 17. FORMAS DE PROPAGAÇÃO 1. CONDUÇÃO. 2. CONVECÇÃO. 3. IRRADIAÇÃO OU RADIAÇÃO.
  18. 18. FORMAS DE PROPAGAÇÃO CONDUÇÃO: O CALOR É TRANSMITIDO DE MOLÉCULA A MOLÉCULA. 1. 
  19. 19. FORMAS DE PROPAGAÇÃO  2. CONVECÇÃO: O CALOR É TRANSMITIDO ATRAVÉS DA CIRCULAÇÃO DO MEIO TRANSMISSOR.
  20. 20. FORMAS DE PROPAGAÇÃO  3. IRRADIAÇÃO OU RADIAÇÃO: O CALOR É TRANSMITIDO ATRAVÉS DE ONDAS DE AR AQUECIDAS.
  21. 21. PROCESSOS DE EXTINÇÃO DO FOGO 1. ABAFAMENTO. 2. RESFRIAMENTO. 3. ISOLAMENTO. 4. EXTINÇÃO QUÍMICA. 5. RESCALDO. 6. SALVATAGEM. Sgt Rosse
  22. 22. PROCESSOS DE EXTINÇÃO DO FOGO 1. ABAFAMENTO;  CONSISTE EM RETIRAR O OXIGÊNIO DO FOGO.
  23. 23. PROCESSOS DE EXTINÇÃO DO FOGO 2. RESFRIAMENTO;  CONSISTE NA RETIRADA DO CALOR.
  24. 24. PROCESSOS DE EXTINÇÃO DO FOGO 3. ISOLAMENTO  CONSISTE NA RETIRADA DO MATERIAL QUE ESTÁ SENDO QUEIMADO.
  25. 25. PROCESSOS DE EXTINÇÃO DO FOGO 4. EXTINÇÃO QUÍMICA  É o método que consiste em interromper a reação em cadeia, como sabemos o combustível sobre a ação do calor gera gases ou vapores, que ao se combinarem com o comburente formam uma mistura.
  26. 26. PROCESSOS DE EXTINÇÃO DO FOGO 5. RESCALDO  È o conjunto de operações finais destinadas a evitar a reignição do fogo. As ações de rescaldo exigem a completa remoção e resfriamento do braseiro e outros produtos da combustão.
  27. 27. PROCESSOS DE EXTINÇÃO DO FOGO 6. SALVATAGEM  Consiste na proteção dos bens contra a propagação do incêndio, retirando os materiais que possam se inflamar.
  28. 28. CLASSES DE INCÊNDO OS INCÊNDIOS SÃO CLASSIFICADOS ENTRE AS SEGUINTES CLASSES: CLASSE A. CLASSE B. CLASSE C. CLASSE D.
  29. 29. CLASSES DE INCÊNDO  CLASSE A Combustíveis sólidos ou fibrosos (madeira, tecidos, borracha); Queimam em razão do volume, profundidade e superfície; Produtos finais da combustão, cinzas, brasas, resíduos;
  30. 30. CLASSES DE INCÊNDO CLASSE B Combustíveis derivados do petróleo, e outros combustíveis líquidos, gases e/ou pastosos; (Gasolina, Diesel, Lubrificantes, Álcool, GLP, Gás Natural, Graxas, etc..); Queimam em razão da superfície; Produtos da combustão deixam pouco resíduo ao
  31. 31. CLASSES DE INCÊNDO  CLASSE C Incêndios envolvendo equipamentos elétricos e energizados; (condutores elétricos, transformadores, quadros de disjuntores, e outros aparelhos elétricos);
  32. 32. CLASSES DE INCÊNDIO OK  CLASSE D Incêndios em metais alcalinos e pirofóricos como (Magnésio, Selênio, Antimônio, Lítio, Potássio, Alumínio, Zircônio, Zinco. Titânio, Sódio);
  33. 33. EXTINTORES DE INCÊNDIO APARELHO SÓ SERÁ RETIRADO DO SEU LOCAL PARA:  EXERCÍCIO;  MANUTENÇÃO;  USO EM PRINCÍPIO DE INCÊNDIO. O OS EXTINTORES PODEM SER:  PORTÁTEIS;  SOBRE-RODAS;
  34. 34. Tabela 1 – Seleção do agente extintor segundo a classificação CLASSE DO FOGO ÁGUA AGENTE EXTINTOR ESPUMA GÁS PÓ BC 2 3 4 5 6 (A) (NR) (NR) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (A) (P) (A) (A) (A) (A) MECÂNICA CARBONICO 1 A B C D (A) (P) (P) PÓ HIDROCARBONETOS ABC ALOGENADOS Deve ser verificada a compatibilidade entre o metal combustível e o agente extintor Nota: (A) Adequado à classe do fogo (NR) Não recomendado à classe do fogo (P) Proibido à classe de fogo. Sgt Rosse
  35. 35. Utilização do extintor Transporte o extintor pela alça. Retire a trava de segurança, direcione o jato para a base do fogo e aperte o
  36. 36. “Nem sempre da pra fazer o que gostamos. Mas aquele que gosta do que faz. E sente orgulho em fazer melhor. A cada dia vai mais longe.” Sgt Rosse

×