Escola De Obreiros Tampa Fl Usa

4.161 visualizações

Publicada em

Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.
2 Timóteo 2:15

Publicada em: Espiritual
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.161
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
221
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escola De Obreiros Tampa Fl Usa

  1. 1.
  2. 2. Friendly hand ministry of assembly of god inc.Assembleia de deusmãoamigatampa-fl-usa.Apresentaescola de obreirosvisando o aperfeiçoamento dos santospara a grandeza do reino de deus.<br />
  3. 3. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.<br />2 Timóteo 2:15<br />
  4. 4. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Nossavisão<br />AprimorarosnossosconhecimentosdaPalavra de Deus; e juntosbuscarmosa melhormaneira de administrarmosa Igreja local e tantasoutrasáreas do ministério. Assimestaremosfazendonossatarefacomobonsobreirosnaseara do Senhor!.<br />
  5. 5. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />NossaMotivação<br />Sermosgratosportudoque Deus realizoupornós, através de Jesus Cristo nacruz do Calvário. Cientesqueestamosprestando um trabalhoparaEle, façamosdamelhormaneirapossível!.<br />
  6. 6. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Vamosestudarjuntos<br />Tema:<br />A igreja é umafamíliamuito especial<br />Ora, vós sois de Cristo; e individualmente, membros desse corpo 1 Co. 12:27.<br />
  7. 7. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Assimcomonãoháfamíliaperfeita, tambémnãoháumaigrejaperfeita. Lembre-se; aindanãochegamos no céu. Assimsendotemosqueaprender a viveremharmoniapoisafinalsomosmembrosdestafamíliamaravilhosa.<br />
  8. 8. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Vejamosalgunsprincípios<br />paraentendermosmelhor<br />1- A igreja, comoumafamília, precisaseguir as ordens do seuSenhor, conformevemosem<br />1 Co. 12:5. <br />E há diversidade de ministérios, mas <br />o Senhor é o mesmo.<br />
  9. 9. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />A Bíbliadeixabemclaroque Cristo é a cabeçadaigreja, <br />Cl 1:18. <br />E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência.<br />
  10. 10. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Nestetextoficabemexplicítoquenós<br />( o corpo) ou a (igreja) nãopodemosgovernar a nósmesmos. Temosqueobedecer a Cristo, o Senhor; ounãosomossuaigreja.<br />
  11. 11. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Vejaainda o quediz Jo. 15:14.<br />Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. A igreja não é conduzida segundo o nosso querer, mas segundo a santa vontade de Seu Dono, Redentor e Senhor. Afinal quem comprou a igreja com seu próprio sangue foi JESUS CRISTO.<br />O Senhor da igreja.<br />
  12. 12. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />2- A igreja, comoumafamília, é composta de irmãosdiferentes<br />1 Co. 12:12.<br />Muitoemboraestejamosdebaixo do mesmosenhorio de Cristo e habilitadospelomesmoEspíritoSanto e filhos do mesmo Deus; somosdiferentesuns dos outros. Jáobservounasuaprópriafamília? Existemmuitasdiferençasnão é mesmo?<br />
  13. 13. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />A igrejaportanto é umaunidade<br />nadiversidade.<br />Lembre-se: somosirmãosuns dos outros, e nãorivais. <br />Nossasdiferençasnãodevemnosseparar; masnosunir.<br />
  14. 14. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Atenção<br />A unidade do corponão é sinônimo de uniformidade.<br />
  15. 15. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />A beleza e a funcionalidade do corponãoestão no fato de seusmembrosseremdiferentesuns dos outros, mas de todosestaremtrabalhandoemprol do mesmoobjetivo.<br />Paulo foibemclaroquandodisse: “Mas, seguindo a verdadeemamor, cresçamosemtudonaqueleque é a cabeça, Cristo, de quemtodo o corpo, bemajustado e consolidadopeloauxílio de toda a junta, segundo a justacooperação de cadaparte,efetua o seupróprioaumentopara a edificação de simesmoemamor” Ef. 4:15, 16.<br />
  16. 16. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Se vocêpuder, leianovamente o texto de Ef. 4:15,16, verifiquecomoele se completa:<br />Seguindo a verdade (jesus) emamor<br />Cresçamosemtudo<br />Naqueleque é a cabeça, Cristo<br />Todo o corpobemajustado e consolidadopeloauxílio de toda junta<br />Justacooperação de cada parte<br />Seupróprioaumento<br />Para edificação de simesmo (daigreja).<br />
  17. 17. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />3- A igreja, comoumafamíliadeve cultivar o amor e o perdãounspelosoutros.<br />1 Co. 12:21-26.<br />É natural termosqueixasnafamília e naigreja. Falhamosuns com osoutros e muitasvezesnosdecepcionamos. Mas, quandoissoacontesse, a atitudecirstãnão é banir o nossoirmão<br />
  18. 18. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />mastratá-lo com amor e perdoá-lo. <br />Cl. 3:13.<br />Suportando-vos uns aos outros, e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também.<br />
  19. 19. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />O Apóstolo Paulo lidou com tensões de relacionamentosnasigrejasporondepassou.<br />ex.: Na igreja de Corinto<br />Haviam partidosdentrodacomunidade.<br />1 Co. 1:12.<br />Quero dizer com isto, que cada um de vós diz: Eu sou de Paulo, e eu de Apolo, e eu de Cefas, e eu de Cristo.<br />
  20. 20. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Vale lembrarqueaquelesirmãosnãoapenasbrigavam, maslevavamsuasbrigasparaostribunaisseculares, 1 Co. 6:1-7.<br />1-Ousa algum de vós, tendo algum negócio contra outro, ir a juízo perante os injustos, e não perante os santos? <br />2- Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deve ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas? <br />3-Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida?<br />
  21. 21. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />4- Então, se tiverdes negócios em juízo, pertencentes a esta vida, pondes para julgá-los os que são de menos estima na igreja?<br /> 5- Para vos envergonhar o digo. Não há, pois, entre vós sábios, nem mesmo um, que possa julgar entre seus irmãos? <br />6- Mas o irmão vai a juízo com o irmão, e isto perante infiéis.<br /> 7- Na verdade é já realmente uma falta entre vós, terdes demandas uns contra os outros. Por que não sofreis antes a injustiça? Por que não sofreis antes o dano?<br />
  22. 22. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Veja agora naigreja<br /> de Filipos.<br />Algunscrentestrabalhavamnaigrejaporvanglória, outrosporpartidarismo. Fp. 2:3-4.<br />3- Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo.<br /> 4- Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.<br />
  23. 23. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Deus abominaquemsemeiacontenda entre osirmãos<br />Pv. 6:16-19.<br />16- A testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos. Estas seis coisas o SENHOR odeia, e a sétima a sua alma abomina: <br /> 17- Olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, <br />18- O coração que maquina pensamentos perversos, pés que se apressam a correr para o mal,<br />
  24. 24. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br /> Um grandeproblemanaigreja<br /> de Corinto era:<br />O complexo de inferioridade e o de superioridade. <br />Os doissãoprejudiciais.<br />Issoestavacompromentendo<br />a comunhão entre eles.<br />
  25. 25. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />leiamos 1 Co. 12:16.<br />Complexo de inferioridade.<br />E se a orelha disser: Porque não sou olho não sou do corpo; não será por isso do corpo?<br />Complexo de superioridade.<br />1 Co. 12:21.<br />E o olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de ti; nem ainda a cabeça aos pés: Não tenho necessidade de vós.<br />
  26. 26. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Veja o que a Bíbliarecomenda:<br />Fp 2:3.<br />Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo.<br />
  27. 27. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Portanto, cada um de nósagradeaopróximo no que é bomparaedificação. Rm. 15:2.<br />
  28. 28. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />4- A igreja, comoumafamília, deve ser um lugar de sustentação e apoio de unspara com osoutros.<br />1 Co. 12:25-26.<br />25- Para que não haja divisão no corpo, mas antes tenham os membros igual cuidado uns dos outros. <br />26- De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele.<br />
  29. 29. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Umafamíliasaudável é caracterizadaporatitudes de apoio, encorajamento e sustentaçãopor parte de seusmembros.<br />Quando um cai,osoutroslevantam.<br />Quando um triunfa, osoutroscelebram.<br />Pensebem; naigrejanãopode ser diferente.<br />
  30. 30. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Precisamosservirunsaosoutros, orarunspelosoutros, abençoarunsaosoutros, levaras cargasuns dos outros e <br />perdoarunsaosoutros.<br />Na igrejanãoháespaçoparainveja, disputa, facções, intrigas e partidarismos. <br />Pertencemosunsaosoutros. <br />Somosmembrosuns dos outros. <br />
  31. 31. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />A vitória de um é o triunfo do outro; a dor de um é o sofrimento de outro. Se um membrosofre, todossofrem com ele; e, se um membro é honrado, todos se alegram com ele. <br />Deus em Cristo Jesus nosabençoe com a presençagloriosa do Espírito Santo parasermosuma (igreja) famíliaunida e amorosa; assimseremosseusdiscipulos.<br />
  32. 32. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Conforme Jo. 13:34,35.<br />34-Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. <br />35-Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.<br />
  33. 33. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.<br />2 Timóteo 2:15<br />
  34. 34. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Deus nosajude a realizarmossuaObra com Amor, <br />Carinho e Dedição.<br />
  35. 35. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Agora vamosaotrabalho:<br />Gostaria de solicitar a todosqueescrevamsuassugestões, especificandocadaárea do ministérioquevocêgostariaquemelhorasse. Lembrem-se; nósestamosjuntosbuscandosoluções<br />
  36. 36. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Portantoaosugerir, pensecomo se fosse executar o trabalho. <br />Istoé, tentevivenciarsuaopinião. <br />Escrevaaquiloquetiveremseucoração.<br />Estassugestõesservirãoparaoutrastantasreuniõesda ESCOLA DE OBREIROS, quesemdúvidateremos.<br />
  37. 37. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Agora vamosfazerumaavaliação de todonossotrabalhoaté agora e quais as áreasquemerecemmaisatenção.<br />Palavraabertaaospresentes<br />(porumaquestão de ordem) <br />quemquisera palavralevante a mão e concederemospelaordem.<br />
  38. 38. ESCOLA DE OBREIROS Tampa-FL-usa.<br />Este power point foirealizadopara ser utilizado no<br />Friendly Hand Ministry of Assembly of God Inc. <br />Assembleia de Deus Mão Amiga. <br />Tampa-FL-USA. <br />OBS.: Fiquem à vontadeparautilizá-lo e fazercópias.<br />Nãopode ser comercializado.<br />Pr. Carlos A. Zacarkim<br />

×