SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar
essa MAPA? Iremos te ajudar!
Entre em contato
(63) 99129-5554
MAPA – IFPC - SOCIOLOGIA JURÍDICA - 54/2023
ETAPA 1: CONTEXTUALIZANDO
Olá, caro(a), aluno(a)! De uma maneira simplificada, podemos dizer que o trabalho do
investigador forense é compreender cientificamente um crime, sendo que, o que é
considerado crime difere conforme o que cada sociedade, em diferentes momentos,
considera bom ou mau, certo ou errado. Por outro lado, a sociologia jurídica estuda as
relações entre os indivíduos e as leis, a sociedade e o Direito, a liberdade e obediência às
leis. Portanto, ao utilizar a sociologia jurídica como ferramenta para a construção do
profissional de investigação forense, precisamos ir ao cerne dessas temáticas, que é o
poder. O poder é um tema que se mistura com a própria história da humanidade, posto que,
o relacionamento humano está totalmente permeado e regulado pela forma como cada
sociedade lidou com suas diferentes relações de poder. Em um modelo de sociedade
autoritário, como o absolutista, é possível falar de um poder centralizado, em uma
sociedade democrática, se presumo que o poder venha do “povo”, isso é, da massa de
eleitores chamados de cidadãos que compõem uma nação. Entretanto, os estudos mais
atuais sobre o tema, nos falam de relações de poder, e não mais de um poder unilateral. A
industrialização e o desenvolvimento do capitalismo, criou uma nova ordem, novos hábitos
e consequentemente novas demandas por controle. E sendo a Sociologia uma ciência que
nasceu das demandas geradas justamente pelo contexto pós-industrial, capitalista, nada
mais natural que, cada um de seus autores buscassem compreender onde está o poder.
Afinal entender onde está o poder, nos faz entender também quem está à margem dele, e
hoje sabemos que, onde há o poder, há também controle, o que muito interessa à
sociologia. Frente a isso, o objetivo dessa atividade é que você reflita sobre onde está o
poder

ETAPA 2 – PROBLEMATIZANDO
Mas, e hoje, onde está o poder? Será que ainda podemos falar apenas dominantes e
dominados? Em um excelente texto, intitulado “Bourdieu, Baudrillard e Bauman: O
Consumo Como Estratégia de Distinção”, o pesquisador Daniel Gambaro traz uma reflexão
sobre a “evolução do consumo econômico e cultural como forma de distinção entre as
classes sociais no decorrer do século 20”, e com isso, aponta o consumo como uma
estratégia de poder da atualidade. Apoiado no sociólogo Zigmund Bauman, ela aponta
como em nossa sociedade o poder não está mais associado ao ser, e sim ao ter, e é o
poder de compra/consumo que te integra, empodera e te dá o status social.

ETAPA 3 - CONCEITUALIZANDO
Frente as reflexões aqui propostas, seu desafio será desenvolvido em duas etapas. A
primeira delas, é conceituar o poder para diferentes autores, a partir de seus conhecimentos
obtidos em nosso livro didático e também no texto de Gabriel Gambaro, em anexo. Para
tanto, você deverá responder às seguintes perguntas:
1. Onde está o poder para Karl Marx? (mínimo 5 e máximo 15 linhas)
2. Onde está o poder para Nicolau Maquiavel? (mínimo 5 e máximo 15 linhas)
3. Onde está o poder para John Locke? (mínimo 5 e máximo 15 linhas)
4. Qual a análise que Daniel Gambarro faz sobre o poder na atualidade? (mínimo 5 e
máximo 15 linhas)
ETAPA 4: VAMOS COLOCAR EM PRÁTICA
Nessa etapa você deve criar um mapa conceitual dos conceitos que analisou na etapa
anterior. Ou seja, pegar transformar suas respostas em um mapa, em forma de diagrama
que represente visualmente as relações que você estabeleceu entre os conceitos e ideias,
para responder onde está o poder nos diferentes autores. (Abaixo segue um exemplo de
mapa, que tem como tempo Mapas Conceituais)
Orientações Importantes:
- Leia o texto “Bourdieu, Baudrillard e Bauman: O Consumo Como Estratégia de Distinção”
que está disponível no link: <
https://www.revistas.usp.br/novosolhares/article/view/51444/55511> e também em
ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA.
- Leia o livro didático, buscando compreender o que cada autor entende como poder, e
onde ele se localiza.
- Em suas respostas, escreva pequenos textos autorais, com linguagem clara, sem plágios,
e com as devidas citações, caso sinta a necessidade.
- Seja criativo na hora de criar o seu mapa conceitual, você pode fazer no word, no canva,
ou em qualquer outra aplicativo, apenas deve salvar em PDF antes de enviar.
- Certifique-se de que está encaminhando o arquivo correto no seu studeo antes de
finalizar, pois não haverá como editar e/ou enviar outro arquivo após a finalização, ainda
que o prazo da atividade esteja aberto.
- A atividade será aceita somente pelo studeo, atividades fora do prazo não serão aceitas.
- Em caso de dúvidas, entre em contato com o seu Professor (a) Mediador (a) pelo studeo
no canal: Fale com Mediador.

Mais conteúdo relacionado

Mais de Azul Assessoria Acadêmica

QUESTÃO 8 • "A imagem sintética, por sua vez, pode ser inteiramente baseada e...
QUESTÃO 8 • "A imagem sintética, por sua vez, pode ser inteiramente baseada e...QUESTÃO 8 • "A imagem sintética, por sua vez, pode ser inteiramente baseada e...
QUESTÃO 8 • "A imagem sintética, por sua vez, pode ser inteiramente baseada e...Azul Assessoria Acadêmica
 
QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...
QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...
QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...Azul Assessoria Acadêmica
 
QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...
QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...
QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...Azul Assessoria Acadêmica
 
QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...
QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...
QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...Azul Assessoria Acadêmica
 
QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...
QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...
QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...Azul Assessoria Acadêmica
 
Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...
Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...
Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...Azul Assessoria Acadêmica
 
Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...
Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...
Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...Azul Assessoria Acadêmica
 
Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...
Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...
Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...Azul Assessoria Acadêmica
 
Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...
Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...
Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...Azul Assessoria Acadêmica
 
Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...
Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...
Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...Azul Assessoria Acadêmica
 
Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...
Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...
Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...Azul Assessoria Acadêmica
 
Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...
Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...
Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...Azul Assessoria Acadêmica
 
Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...
Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...
Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...Azul Assessoria Acadêmica
 
Questão 1 Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...
Questão 1  Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...Questão 1  Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...
Questão 1 Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...Azul Assessoria Acadêmica
 
Questão 1 Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...
Questão 1  Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...Questão 1  Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...
Questão 1 Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...Azul Assessoria Acadêmica
 
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023Azul Assessoria Acadêmica
 
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023Azul Assessoria Acadêmica
 
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023Azul Assessoria Acadêmica
 
Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...
Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...
Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...Azul Assessoria Acadêmica
 
Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...
Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...
Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...Azul Assessoria Acadêmica
 

Mais de Azul Assessoria Acadêmica (20)

QUESTÃO 8 • "A imagem sintética, por sua vez, pode ser inteiramente baseada e...
QUESTÃO 8 • "A imagem sintética, por sua vez, pode ser inteiramente baseada e...QUESTÃO 8 • "A imagem sintética, por sua vez, pode ser inteiramente baseada e...
QUESTÃO 8 • "A imagem sintética, por sua vez, pode ser inteiramente baseada e...
 
QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...
QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...
QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...
 
QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...
QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...
QUESTÃO 7 • "A renovação do interesse pelos estudos da imagem e da arte não a...
 
QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...
QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...
QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...
 
QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...
QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...
QUESTÃO 6 • "Portanto, segundo Mitchell, a cultura visual pode ser definida n...
 
Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...
Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...
Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...
 
Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...
Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...
Levando em conta o conceito de acreditabilidade e as informações apresentadas...
 
Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...
Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...
Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...
 
Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...
Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...
Questão 4 As indústrias promocionais – publicidade, marketing, relações públi...
 
Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...
Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...
Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...
 
Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...
Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...
Questão 3 Medidas e mapeamento são elementos facilitadores no processo de pla...
 
Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...
Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...
Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...
 
Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...
Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...
Questão 2 "Os novos aplicativos de inteligência artificial, que se tornaram p...
 
Questão 1 Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...
Questão 1  Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...Questão 1  Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...
Questão 1 Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...
 
Questão 1 Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...
Questão 1  Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...Questão 1  Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...
Questão 1 Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num ...
 
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
 
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
 
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
ATIVIDADE – SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 54/2023
 
Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...
Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...
Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...
 
Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...
Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...
Na esfera mercadológica, a Realidade Virtual (RV) se encontra num momento de ...
 

Último

Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 

Onde está o poder

  • 1. Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar essa MAPA? Iremos te ajudar! Entre em contato (63) 99129-5554 MAPA – IFPC - SOCIOLOGIA JURÍDICA - 54/2023 ETAPA 1: CONTEXTUALIZANDO Olá, caro(a), aluno(a)! De uma maneira simplificada, podemos dizer que o trabalho do investigador forense é compreender cientificamente um crime, sendo que, o que é considerado crime difere conforme o que cada sociedade, em diferentes momentos, considera bom ou mau, certo ou errado. Por outro lado, a sociologia jurídica estuda as relações entre os indivíduos e as leis, a sociedade e o Direito, a liberdade e obediência às leis. Portanto, ao utilizar a sociologia jurídica como ferramenta para a construção do profissional de investigação forense, precisamos ir ao cerne dessas temáticas, que é o poder. O poder é um tema que se mistura com a própria história da humanidade, posto que, o relacionamento humano está totalmente permeado e regulado pela forma como cada sociedade lidou com suas diferentes relações de poder. Em um modelo de sociedade autoritário, como o absolutista, é possível falar de um poder centralizado, em uma sociedade democrática, se presumo que o poder venha do “povo”, isso é, da massa de eleitores chamados de cidadãos que compõem uma nação. Entretanto, os estudos mais atuais sobre o tema, nos falam de relações de poder, e não mais de um poder unilateral. A industrialização e o desenvolvimento do capitalismo, criou uma nova ordem, novos hábitos e consequentemente novas demandas por controle. E sendo a Sociologia uma ciência que nasceu das demandas geradas justamente pelo contexto pós-industrial, capitalista, nada
  • 2. mais natural que, cada um de seus autores buscassem compreender onde está o poder. Afinal entender onde está o poder, nos faz entender também quem está à margem dele, e hoje sabemos que, onde há o poder, há também controle, o que muito interessa à sociologia. Frente a isso, o objetivo dessa atividade é que você reflita sobre onde está o poder  ETAPA 2 – PROBLEMATIZANDO Mas, e hoje, onde está o poder? Será que ainda podemos falar apenas dominantes e dominados? Em um excelente texto, intitulado “Bourdieu, Baudrillard e Bauman: O Consumo Como Estratégia de Distinção”, o pesquisador Daniel Gambaro traz uma reflexão sobre a “evolução do consumo econômico e cultural como forma de distinção entre as classes sociais no decorrer do século 20”, e com isso, aponta o consumo como uma estratégia de poder da atualidade. Apoiado no sociólogo Zigmund Bauman, ela aponta como em nossa sociedade o poder não está mais associado ao ser, e sim ao ter, e é o poder de compra/consumo que te integra, empodera e te dá o status social.  ETAPA 3 - CONCEITUALIZANDO Frente as reflexões aqui propostas, seu desafio será desenvolvido em duas etapas. A primeira delas, é conceituar o poder para diferentes autores, a partir de seus conhecimentos obtidos em nosso livro didático e também no texto de Gabriel Gambaro, em anexo. Para tanto, você deverá responder às seguintes perguntas: 1. Onde está o poder para Karl Marx? (mínimo 5 e máximo 15 linhas) 2. Onde está o poder para Nicolau Maquiavel? (mínimo 5 e máximo 15 linhas) 3. Onde está o poder para John Locke? (mínimo 5 e máximo 15 linhas) 4. Qual a análise que Daniel Gambarro faz sobre o poder na atualidade? (mínimo 5 e máximo 15 linhas) ETAPA 4: VAMOS COLOCAR EM PRÁTICA Nessa etapa você deve criar um mapa conceitual dos conceitos que analisou na etapa anterior. Ou seja, pegar transformar suas respostas em um mapa, em forma de diagrama que represente visualmente as relações que você estabeleceu entre os conceitos e ideias, para responder onde está o poder nos diferentes autores. (Abaixo segue um exemplo de mapa, que tem como tempo Mapas Conceituais)
  • 3. Orientações Importantes: - Leia o texto “Bourdieu, Baudrillard e Bauman: O Consumo Como Estratégia de Distinção” que está disponível no link: < https://www.revistas.usp.br/novosolhares/article/view/51444/55511> e também em ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA. - Leia o livro didático, buscando compreender o que cada autor entende como poder, e onde ele se localiza. - Em suas respostas, escreva pequenos textos autorais, com linguagem clara, sem plágios, e com as devidas citações, caso sinta a necessidade. - Seja criativo na hora de criar o seu mapa conceitual, você pode fazer no word, no canva, ou em qualquer outra aplicativo, apenas deve salvar em PDF antes de enviar. - Certifique-se de que está encaminhando o arquivo correto no seu studeo antes de finalizar, pois não haverá como editar e/ou enviar outro arquivo após a finalização, ainda que o prazo da atividade esteja aberto. - A atividade será aceita somente pelo studeo, atividades fora do prazo não serão aceitas. - Em caso de dúvidas, entre em contato com o seu Professor (a) Mediador (a) pelo studeo no canal: Fale com Mediador.