Freitas aula 4

1.702 visualizações

Publicada em

Eliminação Adiada: O acaso das classes populares no interior da escola e a ocultação da (má) qualidade de ensino
Luiz Carlos de Freitas

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.702
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
55
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Freitas aula 4

  1. 1. Aula 4  Audrey Danielle Beserra de Brito
  2. 2. Eliminação Adiada: O acaso das classes populares no interior da escola e a ocultação da (má) qualidade de ensino Luiz Carlos de Freitas
  3. 3. Qual é a idéia de responsabilização? A avaliação institucional da escola como elo entre a avaliação externa de sistema e a escola e seus profissionais escolas e dirigentes sintam-se responsáveis pelo desempenho.
  4. 4. IDEB Índice de Desenvolvimento da Educação Brasileira = SAEB, Prova Brasil e indicadores de desempenho captados no censo escolar (evasão, aprovação e reprovação) Metas de melhoria PDE
  5. 5. Sob nova direção? Resultado das Avaliações Institucionais    Ranquear Acirrar a competição Pressionar, via opinião pública, o alcance de melhores resultados Lógica perversa Governo FHC e Lula Perspectiva: responsabilizar a escola, expondo à sociedade seus resultados para melhorar a qualidade de ensino
  6. 6. Igualdade de acesso X Igualdade de resultados X igualdade de oportunidades  Discurso limitado ao acesso e ao combate a reprovação.  Progressão Continuada: ausência de reprovação não é sinônimo de aprendizagem e qualidade.
  7. 7. Por que tudo isso?        Divulga-se o resultado da escola Divulga-se o fracasso da escola pública Transforma o serviço público em mercado Desloca o dinheiro para os pais Escolher melhores escolas a partir da divulgação dos resultados Melhores escolas = administração privada Política dos vouchers: dar dinheiro aos pais e não a escola
  8. 8. Voucher Educacional “....os fundos seguem a criança., no qual [sistema] os governos subsidiam as .escolas escolhidas. em estrita proporção com o número de alunos matriculados... Em sentido mais amplo um voucher educacional financiado com impostos é um pagamento efetuado pelo governo a uma escola eleita pelo pai da criança... O sistema introduz a rivalidade entre as escolas públicas... e entre as escolas públicas e as privadas”
  9. 9. Encobrir o pano de fundo “O resultado esperado será a institucionalização da escola para ricos e para pobres. As primeiras canalizarão os melhores desempenhos, as últimas os piores. Mas, o sistema terá criado um corredor para atender as classes mais bem posicionadas socialmente, o que será, é claro, atribuído ao mérito pessoal dos alunos e aos profissionais da escola”
  10. 10. Para refletir “Tudo isso é feito com a intenção de desresponsabilizar o Estado de suas políticas, para responsabilizar a escola, o que prepara para a privatização”
  11. 11. Para refletir “ Há hoje um grande contingente de alunos procedentes das camadas populares que vivem no interior das escolas., desacreditados nas salas de aula ou relegados a programas de recuperação, aceleração, progressão continuada ou automática, EJA, escolas de tempo integral, cuja eliminação da escola foi suspensa ou adiada e aguardam sua eliminação definitiva, quando então saem das estatísticas de reprovação”
  12. 12. Para refletir “Quando se cria um sistema de avaliação e passa a haver responsabilização pelos resultados, os gestores vão se preocupar com as notas e metas. Qual é a defesa desse sistema se existe um mecanismo para atribuir responsabilidades? Eles podem tentar falsear notas ou excluir os alunos mais fracos”
  13. 13. Para refletir “O verdadeiro limite à universalização da melhoria da qualidade da escola é a própria ideologia meritocrática liberal. Caso a avaliação se coloque a serviço dela, então ficará limitada à medição de mérito e à ocultação da desigualdade social sob forma de indicadores neutros como o IDEB”
  14. 14. Para refletir “Diante desse quadro, escolher apenas uma variável, desempenho do aluno, para analisar a educação básica, como o IDEB faz, não permite uma modelagem da realidade”
  15. 15. Novas formas de exclusão  Eliminação adiada: “finais de ciclos”. O aluno não é excluído fisicamente pela reprovação. A exclusão foi internalizada, a custos menores, através de trilhas de progressão diferenciadas. Adia-se a eliminação do aluno e internaliza-se o processo de exclusão.
  16. 16. Para refletir “Nesses sistemas de avaliação, o desempenho individual é subsumido nas estatísticas. A redução da ênfase na avaliação formal do aluno, em sala de aula, e seu deslocamento para processos informais de avaliação, fazem com que a qualidade seja objeto de medidas de desempenho como eficiência do sistema de ensino”
  17. 17. O que fazer então? Qualidade negociada via avaliação institucional 1. Passo: mudar a concepção de avaliação passando de uma visão de responsabilização para uma visão de participação e envolvimento local na vida da escola, através do PPP. 
  18. 18. 2. Passo: políticas de Estado para a avaliação  Instituir a obrigatoriedade da avaliação do sistema, no âmbito municipal (bienal);  Instituir a obrigatoriedade de processos de avaliação do PPP das escolas (anual);  Instituir a obrigatoriedade da avaliação do professor e dos demais profissionais da escola, fixando oportunidades e termos de desligamento do serviço público;
  19. 19.   Definir um teto para gastos dos municípios com os processos de avaliação; Criar um programa de apoio aos municípios. “A idéia é que a municipalização do ensino, deva seguir a municipalização da avaliação”
  20. 20. Avaliação Institucional   Espera-se que o coletivo da escola localize seus problemas, reflita e estruture situações de melhoria. Os três níveis de avaliação (sistema, escola e sala de aula) devem estar trabalhando articuladamente.
  21. 21. Resumo “Não somos contra a existência de avaliação externa. Não somos contra a existência dos índices. Somos contra o uso da avaliação externa tendo como pano de fundo a responsabilização”
  22. 22. Há de se considerar...     Só Português e Matemática são medidos nos testes, mas a escola é muito mais que isso! O que estão medindo estes testes? A média da escola é enviesada se ela atender um grande número de crianças pobres. 2021 – nota 6 no IDEB. Muito tempo para pouca nota. Essa data sinaliza que até lá não precisamos cobrar no Governo Federal melhorias além das previstas para cada ano.
  23. 23. Por fim “ Caso não constituamos um coletivo nas escolas que resolva apropriar-se dos problemas destas, no sentido bilateral de responsabilização (do Estado e da escola), e não estabeleçamos um elo entre as avaliações externas e o ensino e a avaliação que o professor conduz em sala de aula, passando pelo controle social local do coletivo da escola, na forma de avaliação institucional, sob o olhar atendo do poder público, corremos o risco de ocultar a má qualidade das escolas, inclusive para continuar a eleger os prefeitos, governadores e, é claro, até presidentes”.
  24. 24.  Agora, reflita sobre tudo o que discutimos e resuma as principais idéias de Freitas nesta obra, em palavras-chave.
  25. 25.  Treinando com questões

×