SlideShare uma empresa Scribd logo

Teresina palestra pc

1 de 31
Baixar para ler offline
O processo de criminalização de condutas


      Professora Alice Bianchini
  Doutora em Direito Penal pela PUC/SP
          Editora do Portal
   www.atualidadesdodireito.com.br
Direito
              penal
                        estratégia

                         FENÔMENO
                          CRIMINAL
compreender
                                       criar    Controle
                                     estratégia da
                                         s      violência
Objetivo
            • Criar estratégias para a
da Política
              diminuição da violência
 Criminal




 2º Apontamento
Estratégias de Política Criminal



       Iluminação pública

       Educação

       Restrição do uso de armas

       Fechamento de bares

       Oportunidade de emprego

       Direito penal
Papel do Direito Penal na Política Criminal



                           Reduzido
             Total
                           Movimentos
          Movimentos       minimalistas
          punitivistas




                     Nenhum
                  Movimentos
                 abolicionistas
Movimentos de política criminal

Grau de crença no Direito penal
       Punitivismo




       Minimalismo



       Abolicionismo

Recomendados

O papel da criminologia na definição do delito
O papel da criminologia na definição do delitoO papel da criminologia na definição do delito
O papel da criminologia na definição do delitoAllan Almeida de Araújo
 
CONHECIMENTO JURÍDICO APLICADO A ATIVIDADE DE SEGURANÇA PÚBLICA
	CONHECIMENTO JURÍDICO APLICADO A ATIVIDADE DE SEGURANÇA PÚBLICA	CONHECIMENTO JURÍDICO APLICADO A ATIVIDADE DE SEGURANÇA PÚBLICA
CONHECIMENTO JURÍDICO APLICADO A ATIVIDADE DE SEGURANÇA PÚBLICAAllan Almeida de Araújo
 
Direito Fundamental à Segurança Pública
Direito Fundamental à Segurança PúblicaDireito Fundamental à Segurança Pública
Direito Fundamental à Segurança PúblicaAllan Almeida de Araújo
 
8 criminologia o conceito de crime - ftc - itabuna
8 criminologia   o conceito de crime - ftc - itabuna8 criminologia   o conceito de crime - ftc - itabuna
8 criminologia o conceito de crime - ftc - itabunaUrbano Felix Pugliese
 
10 criminologia a vítima e a criminologia - ftc - itabuna
10 criminologia   a vítima e a criminologia - ftc - itabuna10 criminologia   a vítima e a criminologia - ftc - itabuna
10 criminologia a vítima e a criminologia - ftc - itabunaUrbano Felix Pugliese
 
3 ciências criminais introdução - ftc - itabuna
3 ciências criminais   introdução - ftc - itabuna3 ciências criminais   introdução - ftc - itabuna
3 ciências criminais introdução - ftc - itabunaUrbano Felix Pugliese
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Direito penal economico
Direito penal economicoDireito penal economico
Direito penal economicofabio leite
 
5 criminologia controle social - ftc - itabuna
5 criminologia   controle social - ftc - itabuna5 criminologia   controle social - ftc - itabuna
5 criminologia controle social - ftc - itabunaUrbano Felix Pugliese
 
Aula 01 crim-dir
Aula 01 crim-dirAula 01 crim-dir
Aula 01 crim-dirwedsonleoo
 
Apresentacao por que dizer não à redução da idade penal
Apresentacao por que dizer não à redução da idade penalApresentacao por que dizer não à redução da idade penal
Apresentacao por que dizer não à redução da idade penalAna Lúcia Vieira II
 
Roda de conversa redução da maioridade penal
Roda de conversa   redução da maioridade penal Roda de conversa   redução da maioridade penal
Roda de conversa redução da maioridade penal Caritas Mexicana IAP
 
Maioridade penal e direitos humanos
Maioridade penal e direitos humanosMaioridade penal e direitos humanos
Maioridade penal e direitos humanosaa. Rubens Lima
 
Atualidades - Redução da Maioridade Penal
Atualidades - Redução da Maioridade PenalAtualidades - Redução da Maioridade Penal
Atualidades - Redução da Maioridade PenalElton Zanoni
 
Redução da maioridade penal (1)
Redução da maioridade penal (1)Redução da maioridade penal (1)
Redução da maioridade penal (1)Gislaine Ribeiro
 
Redução da maioridade penal. saiba mais!
Redução da maioridade penal. saiba mais!Redução da maioridade penal. saiba mais!
Redução da maioridade penal. saiba mais!DesabafoSocial
 
Maioridade penal slaid
Maioridade penal   slaidMaioridade penal   slaid
Maioridade penal slaidValda Saraiva
 
Criminologia slides completos
Criminologia slides completosCriminologia slides completos
Criminologia slides completosGesiel Oliveira
 
Redação Redução da maioridade penal
Redação   Redução da maioridade penalRedação   Redução da maioridade penal
Redação Redução da maioridade penalanasanches96
 
Teorias criminais rs - senasp-pr - novissima versao - em construcao
Teorias criminais   rs - senasp-pr - novissima versao - em construcaoTeorias criminais   rs - senasp-pr - novissima versao - em construcao
Teorias criminais rs - senasp-pr - novissima versao - em construcaoFACULDADE ESPÍRITA
 
Criminologia slides - Prof Gesiel Oliveira
Criminologia slides - Prof Gesiel OliveiraCriminologia slides - Prof Gesiel Oliveira
Criminologia slides - Prof Gesiel OliveiraGesiel Oliveira
 
Criminologia. Professor Lauro M. M. de Almeida
Criminologia. Professor Lauro M. M. de AlmeidaCriminologia. Professor Lauro M. M. de Almeida
Criminologia. Professor Lauro M. M. de AlmeidaLauro Almeida
 
Criminologia 28 03 pdf
Criminologia 28 03 pdfCriminologia 28 03 pdf
Criminologia 28 03 pdfMatheus Salome
 

Mais procurados (20)

Direito penal economico
Direito penal economicoDireito penal economico
Direito penal economico
 
5 criminologia controle social - ftc - itabuna
5 criminologia   controle social - ftc - itabuna5 criminologia   controle social - ftc - itabuna
5 criminologia controle social - ftc - itabuna
 
Aula 01 crim-dir
Aula 01 crim-dirAula 01 crim-dir
Aula 01 crim-dir
 
Apresentacao por que dizer não à redução da idade penal
Apresentacao por que dizer não à redução da idade penalApresentacao por que dizer não à redução da idade penal
Apresentacao por que dizer não à redução da idade penal
 
Roda de conversa redução da maioridade penal
Roda de conversa   redução da maioridade penal Roda de conversa   redução da maioridade penal
Roda de conversa redução da maioridade penal
 
Maioridade penal e direitos humanos
Maioridade penal e direitos humanosMaioridade penal e direitos humanos
Maioridade penal e direitos humanos
 
Atualidades - Redução da Maioridade Penal
Atualidades - Redução da Maioridade PenalAtualidades - Redução da Maioridade Penal
Atualidades - Redução da Maioridade Penal
 
Redução da maioridade penal (1)
Redução da maioridade penal (1)Redução da maioridade penal (1)
Redução da maioridade penal (1)
 
Redução da maioridade penal. saiba mais!
Redução da maioridade penal. saiba mais!Redução da maioridade penal. saiba mais!
Redução da maioridade penal. saiba mais!
 
Maioridade penal slaid
Maioridade penal   slaidMaioridade penal   slaid
Maioridade penal slaid
 
Criminologia slides completos
Criminologia slides completosCriminologia slides completos
Criminologia slides completos
 
Redação Redução da maioridade penal
Redação   Redução da maioridade penalRedação   Redução da maioridade penal
Redação Redução da maioridade penal
 
Maioridade Penal
Maioridade PenalMaioridade Penal
Maioridade Penal
 
Teorias criminais rs - senasp-pr - novissima versao - em construcao
Teorias criminais   rs - senasp-pr - novissima versao - em construcaoTeorias criminais   rs - senasp-pr - novissima versao - em construcao
Teorias criminais rs - senasp-pr - novissima versao - em construcao
 
Criminologia slides - Prof Gesiel Oliveira
Criminologia slides - Prof Gesiel OliveiraCriminologia slides - Prof Gesiel Oliveira
Criminologia slides - Prof Gesiel Oliveira
 
Criminologia. Professor Lauro M. M. de Almeida
Criminologia. Professor Lauro M. M. de AlmeidaCriminologia. Professor Lauro M. M. de Almeida
Criminologia. Professor Lauro M. M. de Almeida
 
Debate maioridade penal
Debate   maioridade penalDebate   maioridade penal
Debate maioridade penal
 
Elementos do crime
Elementos do crimeElementos do crime
Elementos do crime
 
Criminologia 28 03 pdf
Criminologia 28 03 pdfCriminologia 28 03 pdf
Criminologia 28 03 pdf
 
Maioridade Penal
Maioridade PenalMaioridade Penal
Maioridade Penal
 

Destaque

Moções be assembleia municipal
Moções be assembleia municipalMoções be assembleia municipal
Moções be assembleia municipalO Engenho No Papel
 
Apresentacao introducao digital_2012 (1) - cópia
Apresentacao introducao digital_2012 (1) - cópiaApresentacao introducao digital_2012 (1) - cópia
Apresentacao introducao digital_2012 (1) - cópiaTelma da Silva Barbosa
 
Câncer de tireóide 6 ano
Câncer de tireóide 6 anoCâncer de tireóide 6 ano
Câncer de tireóide 6 anocadu1301
 
Empresa digital2
Empresa digital2Empresa digital2
Empresa digital2heitor777
 
Stemcellplan
StemcellplanStemcellplan
Stemcellplanteamvip01
 
Ukrainian web sites ranking september 2012
Ukrainian web sites ranking september 2012Ukrainian web sites ranking september 2012
Ukrainian web sites ranking september 2012Watcher
 
Office Efficiency -Going that Extra Mile
Office Efficiency -Going that Extra MileOffice Efficiency -Going that Extra Mile
Office Efficiency -Going that Extra MileDespo Kyprianou
 
Presentación Negocio Telefonía Móvil
Presentación Negocio Telefonía MóvilPresentación Negocio Telefonía Móvil
Presentación Negocio Telefonía MóvilRoberto Moschütz
 
Ondernemen via Internet (voor starters)
Ondernemen via Internet (voor starters)Ondernemen via Internet (voor starters)
Ondernemen via Internet (voor starters)Copernica BV
 
Nigerian Breweries annual report 2008
Nigerian Breweries annual report 2008Nigerian Breweries annual report 2008
Nigerian Breweries annual report 2008Michael Olafusi
 
Ukrainian websites-ranking-january-2013
Ukrainian websites-ranking-january-2013Ukrainian websites-ranking-january-2013
Ukrainian websites-ranking-january-2013Watcher
 
Empresa digital
Empresa digitalEmpresa digital
Empresa digitalheitor777
 
Tipos de Sistemas de Información
Tipos de Sistemas de Información Tipos de Sistemas de Información
Tipos de Sistemas de Información marcela2706
 

Destaque (20)

Moções be assembleia municipal
Moções be assembleia municipalMoções be assembleia municipal
Moções be assembleia municipal
 
Apresentacao introducao digital_2012 (1) - cópia
Apresentacao introducao digital_2012 (1) - cópiaApresentacao introducao digital_2012 (1) - cópia
Apresentacao introducao digital_2012 (1) - cópia
 
Câncer de tireóide 6 ano
Câncer de tireóide 6 anoCâncer de tireóide 6 ano
Câncer de tireóide 6 ano
 
Empresa digital2
Empresa digital2Empresa digital2
Empresa digital2
 
Accelerate program
Accelerate programAccelerate program
Accelerate program
 
Ordem de malta
Ordem de maltaOrdem de malta
Ordem de malta
 
Stemcellplan
StemcellplanStemcellplan
Stemcellplan
 
Ukrainian web sites ranking september 2012
Ukrainian web sites ranking september 2012Ukrainian web sites ranking september 2012
Ukrainian web sites ranking september 2012
 
Office Efficiency -Going that Extra Mile
Office Efficiency -Going that Extra MileOffice Efficiency -Going that Extra Mile
Office Efficiency -Going that Extra Mile
 
Presentación Negocio Telefonía Móvil
Presentación Negocio Telefonía MóvilPresentación Negocio Telefonía Móvil
Presentación Negocio Telefonía Móvil
 
Ondernemen via Internet (voor starters)
Ondernemen via Internet (voor starters)Ondernemen via Internet (voor starters)
Ondernemen via Internet (voor starters)
 
Nigerian Breweries annual report 2008
Nigerian Breweries annual report 2008Nigerian Breweries annual report 2008
Nigerian Breweries annual report 2008
 
Tedbonilla
TedbonillaTedbonilla
Tedbonilla
 
Motorola Market Cafe
Motorola Market CafeMotorola Market Cafe
Motorola Market Cafe
 
Screen shots
Screen shotsScreen shots
Screen shots
 
Presentacion Droneria_ES
Presentacion Droneria_ESPresentacion Droneria_ES
Presentacion Droneria_ES
 
Ukrainian websites-ranking-january-2013
Ukrainian websites-ranking-january-2013Ukrainian websites-ranking-january-2013
Ukrainian websites-ranking-january-2013
 
Empresa digital
Empresa digitalEmpresa digital
Empresa digital
 
Tipos de Sistemas de Información
Tipos de Sistemas de Información Tipos de Sistemas de Información
Tipos de Sistemas de Información
 
St miquels3
St miquels3St miquels3
St miquels3
 

Semelhante a Teresina palestra pc

Crime, Justiça Penal e Desigualdade Jurídica (Sociologia Geral e do Direito)
Crime, Justiça Penal e Desigualdade Jurídica (Sociologia Geral e do Direito)Crime, Justiça Penal e Desigualdade Jurídica (Sociologia Geral e do Direito)
Crime, Justiça Penal e Desigualdade Jurídica (Sociologia Geral e do Direito)Helíssia Coimbra
 
ARTIGO CIENTÍFICO - O Criminoso x Os Motivos que Levam ao Mundo do Crime
ARTIGO CIENTÍFICO - O Criminoso x Os Motivos que Levam ao Mundo do CrimeARTIGO CIENTÍFICO - O Criminoso x Os Motivos que Levam ao Mundo do Crime
ARTIGO CIENTÍFICO - O Criminoso x Os Motivos que Levam ao Mundo do CrimeHipolito Matos
 
Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3
Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3
Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3aa. Rubens Lima
 
VI Fórum Nacional de Juízes de Violência Doméstica e Familiar – Fonavid
VI Fórum Nacional de Juízes de Violência Doméstica e Familiar – FonavidVI Fórum Nacional de Juízes de Violência Doméstica e Familiar – Fonavid
VI Fórum Nacional de Juízes de Violência Doméstica e Familiar – FonavidAtualidades Do Direito
 
Criminologia
CriminologiaCriminologia
Criminologiapeleguera
 
slides - criminologia - convertido.ppt
slides - criminologia - convertido.pptslides - criminologia - convertido.ppt
slides - criminologia - convertido.pptFELIPEJORGELIMADASIL
 
Infração penal novo padrao alagoas on line
Infração penal   novo padrao alagoas on lineInfração penal   novo padrao alagoas on line
Infração penal novo padrao alagoas on lineandersonfdr1
 
Infração penal novo padrao alagoas on line
Infração penal   novo padrao alagoas on lineInfração penal   novo padrao alagoas on line
Infração penal novo padrao alagoas on lineandersonfdr1
 
Revista de Estudos Criminais #41 - Síntese
Revista de Estudos Criminais #41 - SínteseRevista de Estudos Criminais #41 - Síntese
Revista de Estudos Criminais #41 - SínteseEditora Síntese
 

Semelhante a Teresina palestra pc (20)

Crime, Justiça Penal e Desigualdade Jurídica (Sociologia Geral e do Direito)
Crime, Justiça Penal e Desigualdade Jurídica (Sociologia Geral e do Direito)Crime, Justiça Penal e Desigualdade Jurídica (Sociologia Geral e do Direito)
Crime, Justiça Penal e Desigualdade Jurídica (Sociologia Geral e do Direito)
 
I movimentos penais
I   movimentos penaisI   movimentos penais
I movimentos penais
 
ARTIGO CIENTÍFICO - O Criminoso x Os Motivos que Levam ao Mundo do Crime
ARTIGO CIENTÍFICO - O Criminoso x Os Motivos que Levam ao Mundo do CrimeARTIGO CIENTÍFICO - O Criminoso x Os Motivos que Levam ao Mundo do Crime
ARTIGO CIENTÍFICO - O Criminoso x Os Motivos que Levam ao Mundo do Crime
 
Programa atendimento integral vítimas de crimes violentos
Programa atendimento integral vítimas de crimes violentosPrograma atendimento integral vítimas de crimes violentos
Programa atendimento integral vítimas de crimes violentos
 
Escolas da criminologia
Escolas da criminologiaEscolas da criminologia
Escolas da criminologia
 
Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3
Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3
Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3
 
Programa Acolhimento Integral às Vitimas
Programa Acolhimento Integral às VitimasPrograma Acolhimento Integral às Vitimas
Programa Acolhimento Integral às Vitimas
 
VI Fórum Nacional de Juízes de Violência Doméstica e Familiar – Fonavid
VI Fórum Nacional de Juízes de Violência Doméstica e Familiar – FonavidVI Fórum Nacional de Juízes de Violência Doméstica e Familiar – Fonavid
VI Fórum Nacional de Juízes de Violência Doméstica e Familiar – Fonavid
 
Aula de Direito Penal 1
Aula de Direito Penal 1Aula de Direito Penal 1
Aula de Direito Penal 1
 
Criminologia
CriminologiaCriminologia
Criminologia
 
Alice Bianchini IX Congresso LMP
Alice Bianchini  IX Congresso LMPAlice Bianchini  IX Congresso LMP
Alice Bianchini IX Congresso LMP
 
Pena de Morte
Pena de MortePena de Morte
Pena de Morte
 
Dissertação Teoria da Lei Penal
Dissertação Teoria da Lei PenalDissertação Teoria da Lei Penal
Dissertação Teoria da Lei Penal
 
Artigo jefferson de_paula
Artigo jefferson de_paulaArtigo jefferson de_paula
Artigo jefferson de_paula
 
slides - criminologia - convertido.ppt
slides - criminologia - convertido.pptslides - criminologia - convertido.ppt
slides - criminologia - convertido.ppt
 
Caderno de pauta 005
Caderno de pauta 005Caderno de pauta 005
Caderno de pauta 005
 
Infração penal novo padrao alagoas on line
Infração penal   novo padrao alagoas on lineInfração penal   novo padrao alagoas on line
Infração penal novo padrao alagoas on line
 
Infração penal novo padrao alagoas on line
Infração penal   novo padrao alagoas on lineInfração penal   novo padrao alagoas on line
Infração penal novo padrao alagoas on line
 
Revista de Estudos Criminais #41 - Síntese
Revista de Estudos Criminais #41 - SínteseRevista de Estudos Criminais #41 - Síntese
Revista de Estudos Criminais #41 - Síntese
 
8º ano reda cem - 8.30
8º ano   reda cem - 8.308º ano   reda cem - 8.30
8º ano reda cem - 8.30
 

Mais de AtualidadesdoDireito

Salvador palestra lmp_40min_novo (1)
Salvador palestra lmp_40min_novo (1)Salvador palestra lmp_40min_novo (1)
Salvador palestra lmp_40min_novo (1)AtualidadesdoDireito
 
São jose do rio preto palestra lmp AtualidadesdoDireito Palestra AliceBianchini
São jose do rio preto palestra lmp AtualidadesdoDireito Palestra AliceBianchiniSão jose do rio preto palestra lmp AtualidadesdoDireito Palestra AliceBianchini
São jose do rio preto palestra lmp AtualidadesdoDireito Palestra AliceBianchiniAtualidadesdoDireito
 

Mais de AtualidadesdoDireito (20)

Atores jurídicos
Atores jurídicosAtores jurídicos
Atores jurídicos
 
Crimes informáticos
Crimes informáticosCrimes informáticos
Crimes informáticos
 
Palestra recentes decisões
Palestra recentes decisõesPalestra recentes decisões
Palestra recentes decisões
 
Tertulias
TertuliasTertulias
Tertulias
 
Rj palestra lmp_crimes pessoa
Rj palestra lmp_crimes pessoaRj palestra lmp_crimes pessoa
Rj palestra lmp_crimes pessoa
 
Teresina palestra pc
Teresina palestra pcTeresina palestra pc
Teresina palestra pc
 
Manaus palestra lmp_40min_novo
Manaus palestra lmp_40min_novoManaus palestra lmp_40min_novo
Manaus palestra lmp_40min_novo
 
Salvador palestra lmp_40min_novo (1)
Salvador palestra lmp_40min_novo (1)Salvador palestra lmp_40min_novo (1)
Salvador palestra lmp_40min_novo (1)
 
Salvador palestra lmp_40min
Salvador palestra lmp_40minSalvador palestra lmp_40min
Salvador palestra lmp_40min
 
Salvador palestra lmp_40min
Salvador palestra lmp_40minSalvador palestra lmp_40min
Salvador palestra lmp_40min
 
São jose do rio preto palestra lmp AtualidadesdoDireito Palestra AliceBianchini
São jose do rio preto palestra lmp AtualidadesdoDireito Palestra AliceBianchiniSão jose do rio preto palestra lmp AtualidadesdoDireito Palestra AliceBianchini
São jose do rio preto palestra lmp AtualidadesdoDireito Palestra AliceBianchini
 
Palestra Alice Bianchini
Palestra Alice BianchiniPalestra Alice Bianchini
Palestra Alice Bianchini
 
Ppt agostinhozechin 11hrs_quinta
Ppt agostinhozechin 11hrs_quintaPpt agostinhozechin 11hrs_quinta
Ppt agostinhozechin 11hrs_quinta
 
Sexta 8hrs acácio_miranda
Sexta 8hrs acácio_mirandaSexta 8hrs acácio_miranda
Sexta 8hrs acácio_miranda
 
Ppt napoleãocasado 15hrs_quarta
Ppt napoleãocasado 15hrs_quartaPpt napoleãocasado 15hrs_quarta
Ppt napoleãocasado 15hrs_quarta
 
Ppt liciniarossi 14hrs_quarta
Ppt liciniarossi 14hrs_quartaPpt liciniarossi 14hrs_quarta
Ppt liciniarossi 14hrs_quarta
 
Ppt paulolépore 12hrs_quarta
Ppt paulolépore 12hrs_quartaPpt paulolépore 12hrs_quarta
Ppt paulolépore 12hrs_quarta
 
Ppt ronyvainzof quarta_10hrs
Ppt ronyvainzof quarta_10hrsPpt ronyvainzof quarta_10hrs
Ppt ronyvainzof quarta_10hrs
 
Ppt brunoguilhen terça_18hrs
Ppt brunoguilhen terça_18hrsPpt brunoguilhen terça_18hrs
Ppt brunoguilhen terça_18hrs
 
Ppt andrégualtieri terça_17hrs
Ppt andrégualtieri terça_17hrsPpt andrégualtieri terça_17hrs
Ppt andrégualtieri terça_17hrs
 

Teresina palestra pc

  • 1. O processo de criminalização de condutas Professora Alice Bianchini Doutora em Direito Penal pela PUC/SP Editora do Portal www.atualidadesdodireito.com.br
  • 2. Direito penal estratégia FENÔMENO CRIMINAL compreender criar Controle estratégia da s violência
  • 3. Objetivo • Criar estratégias para a da Política diminuição da violência Criminal 2º Apontamento
  • 4. Estratégias de Política Criminal Iluminação pública Educação Restrição do uso de armas Fechamento de bares Oportunidade de emprego Direito penal
  • 5. Papel do Direito Penal na Política Criminal Reduzido Total Movimentos Movimentos minimalistas punitivistas Nenhum Movimentos abolicionistas
  • 6. Movimentos de política criminal Grau de crença no Direito penal Punitivismo Minimalismo Abolicionismo
  • 7. Grandes Movimentos de PC Movimentos Punitivistas » recrudescimento do sistema penal/menos regalias/menos benefícios/menos garantias Minimalismo penal » pena como mal necessário (antídoto contra a anarquia punitiva – Ferrajoli) Movimentos Abolicionistas » o mal que o Direito penal pretende evitar é menor do que aquele que a intervenção punitiva acarreta
  • 8. Qual modelo mais recomendado ? Objeto da criminologia Delin- Controle Delito Vítima quente social Função da criminologia • Explicar e prevenir o crime e intervir na pessoa do infrator (García-Pablos)
  • 9. Qual modelo mais recomendado ? Teorias biológicas, psicológicas e sociológicas
  • 10. Posicionamento dos criminólogos CONTROVÉRSIAS Delito » problema social » conduta irregular ou desviada » etiqueta, etc. PONTO PACIFICADO o Dp não é instrumento eficaz para resolver o problema da criminalidade
  • 11. Política criminal no Brasil • Reforma da PG CP • LEP 1984 • CF com inúmeros direitos, princípios e garantias penais, processuais e de execução penal 1988 • Leis mais recrudescedoras, com raras exceções • Inicia-se preocupação do legislador com os fatos sociais e com políticas criminais extra-penais 2006
  • 12. Política criminal no Brasil Lei que busca coibir a violência de gênero 46 artigos; 4 de caráter criminal 2006 Lei de Drogas 75 artigos; 32 - prevenção Pronasci - Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania: Leis 11.530/07 e 11.707/08 Só prevenção
  • 13. Luís W ander l ey Gazot o
  • 14. Crise do ideal ressocializador Movimentos Movimentos punitivistas abolicionistas Movimentos minimalistas
  • 15. Sociedade Legislador Judiciário Ministério Público Academia STF | Mensalão Executivo (em parte)
  • 16. Funções do Direito penal Função 1 • Proteção de bens jurídicos relevantes contra ofensas graves, intoleráveis e transcendentais Função 2 • Proteção do indivíduo contra a reação social que o crime desencadeia Função 3 • Proteção do indivíduo contra a arbitrariedade do Estado
  • 17. Funções do Direito penal Função 1 Coibir condutas que ofendam ou exponham a perigo, de forma grave, intolerável e transcendental bens jurídicos relevantes - Princípio da exclusiva proteção do bj - Princípio da ofensividade
  • 18. Princípio da exclusiva proteção de bj Direito penal deve se restringir à tutela de bens jurídicos, não estando, assim, legitimado a atuar quando se trata da tutela da moral, de funções estatais, de ideologia, de dada concepção religiosa
  • 19. Juiz Edilson R. Rodrigues - Sete Lagoas (MG) "Esta ‘Lei Maria da Penha’ - como posta ou editada - é de uma heresia manifesta. Herética porque é anti-ética; herética porque fere a lógica de Deus; herética porque é inconstitucional e, por tudo isso, flagrantemente injusta.” "Ora! A desgraça humana começou no Éden: por causa da mulher - todos nós sabemos - mas também em virtude da ingenuidade, da tolice e da fragilidade emocional do homem". "O mundo é masculino! A idéia que temos de Deus é masculina! Jesus foi Homem!".
  • 20. Homicídios de mulheres  Piauí– 27º lugar  Palmas: 27º lugar 2,5 homicídios por 1,7 homicídios por 100 mil mulheres 100 mil mulheres Média Brasil: 4,6 Média capitais: 5,4 São Paulo - 26º São Paulo: 2,8 26º Santa Catarina - 25º Florianópolis: 3,2 25º Teresina: 3,2 24º DADOS DE 2010 Pesquisa - Mapa violência 2012
  • 21. Teresina 33% dos processos criminais de Teresina estão relacionados à Lei Maria da Penha http://atualidadesdodireito.com.br/alicebianchini/2011/11/01/33- dos-processos-criminais-de-teresina-estao-relacionados-a-lei-maria- da-penha/
  • 22. Funções do Direito penal Questões Em relação a qualquer ofensa? Não, só aquelas graves, intoleráveis e transcendentais Ex.: aplicação princípio da insignificância
  • 23. Merecimento de Tutela Penal Crime ofensa ofensa + Imputação obj et i va
  • 24. Tutela penal Merecimento - Bem jurídico-penal relevante - Ofensa grave, intolerável e transcendental Necessidade - há outros meios de tutela que não a penal? Adequação
  • 25. Punitivismo extremo: Direito “penal” do inimigo Lei de abate de “aviões” Art. 4º. A aeronave suspeita de tráfico de substâncias entorpecentes e drogas afins que não atenda aos procedimentos coercitivos descritos no art. 3º será classificada como aeronave hostil e estará sujeita à medida de destruição.
  • 26. Punitivismo extremo: Direito “penal” do inimigo Lei de abate de “aviões” Art. 5º. A medida de destruição consiste no disparo de tiros, feitos pela aeronave de interceptação, com a finalidade de provocar danos e impedir o prosseguimento do vôo da aeronave hostil e somente poderá ser utilizada como último recurso e após o cumprimento de todos os procedimentos que previnam a perda de vidas inocentes, no ar ou em terra.
  • 27. Academia x opinião pública: a prevalência da cultura do medo » Sociedade insegura, » Busca por um Estado frágil, vulnerável mais forte, que a possa (mobilização das proteger vítimas) » Falta de apoio » Apoio da população a popular a políticas de ações policiais direitos humanos repressivas » Regime pseudo- » Regime ditatorial: o democrático: medo poder era garantido por meio do medo propicia a que o poder se legitime
  • 28. População brasileira x pena de morte • 51% a favor da pena de morte 2006 • FSP, 13 ago 06 • 55% a favor da pena de morte (= ao de fev 93; 2007 as pesquisas iniciaram-se em 91); em SP: 57% • 47% a favor da pena de morte 2008 • FSP, 6 abr 08 • 31% - defende a adoção da pena de morte • 15% acham que pode ser justificada em alguns casos 2011 • Estadão, 19 out 2011
  • 29. Preocupações do minimalismo Deve-se cercar os processos de cominação abstrata; de aplicação concreta e de execução da pena, a fim de que não se a imponha 
  • 30. ⇢ inadequadamente criando-se limites mínimos e máximos desproporcionais ao desvalor da ação e do resultado ⇢ injustamente com a pena fixada em limite superior à culpabilidade do autor do fato ⇢ desumanamente infligindo ao agente males que a sentença condenatória não estabelece
  • 31. Grande desafio criar um modelo de Direito penal mais apto a diminuir a violência que se fixa no interior da sociedade sem se fazer, do mesmo modo — ou mais —, violento, sempre cuidando de só atingir no mínimo possível a liberdade individual da qual é garante.