Projeto Isaque - Evangelização

796 visualizações

Publicada em

Meu querido irmão, seja bem vindo ao treinamento “Evangelização”. Passaremos estes momentos sob a ministração do Espírito Santo, envolvidos numa intensa capacitação.
Vale a pena informar que este curso é uma adaptação do “Evangelismo Explosivo”, que nasceu no ano de 1962 na Igreja Presbiteriana de Coral Ridge/ Estados Unidos.
Agradecemos a Deus por este método e utilizamos quase que integralmente, apenas fazendo breves acomodações cabíveis à proposta do nosso projeto de discipulado.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
796
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto Isaque - Evangelização

  1. 1. EVANGELIZAÇÃO Segundo Final de Semana do Ano Base de Formação Espiritual Módulo II – Ano I
  2. 2. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 1
  3. 3. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 2 Sumário PRIMEIRO ENCONTRO....................................................................................................................... 4 ENTENDENDO A GRANDE COMISSÃO E A QUEM FOI CONFIADA .......................................... 4 SEGUNDO ENCONTRO....................................................................................................................... 9 OS MISSIONÁRIOS E A EVANGELIZAÇÃO..................................................................................... 9 TERCEIRO ENCONTRO..................................................................................................................... 14 EMPECILHOS E MOTIVAÇÃO....................................................................................................... 14 QUARTO ENCONTRO ....................................................................................................................... 18 A ABORDAGEM ............................................................................................................................... 18 QUINTO ENCONTRO......................................................................................................................... 22 CONTINUAÇÃO DA ABORDAGEM PERGUNTAS DIAGNÓSTICAS............................................ 22 SEXTO ENCONTRO ........................................................................................................................... 24 FASE FINAL DA ABORDAGEM...................................................................................................... 24 SÉTIMO ENCONTRO ......................................................................................................................... 31 CUIDADOS ESPECIAIS................................................................................................................... 31 ASSUMINDO O COMPROMISSO ..................................................................................................... 36 RELATÓRIO A SER PREENCHIDO PELO SUPERVISOR ............................................................. 37 TESTANDO A VOCAÇÃO................................................................................................................. 39
  4. 4. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 3 Evangelização Seja Bem Vindo! Existe apenas um método de evangelização, a saber, a explicação fiel e a aplicação da mensagem do evangelho. Nada ganharemos senão o desprazer de Deus, se procurarmos remover o escândalo da cruz: O ápice da sabedoria divina e a demonstração de Sua superioridade. Disto concluímos, e este é o princípio-chave que estamos buscando, que o teste para qualquer estratégia, técnica ou estilo de ação evangelística proposta, deve ser o seguinte:  Será isto em tudo fiel à Palavra?  Foi idealizado tendo em vista ser um meio de explicação fiel e completa do Evangelho e da aplicação profunda e exata do mesmo? À medida que for assim planejado, é legítimo e correto; mas, à medida em que tender a encobrir e obscurecer as realidades da mensagem e a natureza, a sua aplicação é perversa e errada (I Co 1:17). Meu querido irmão, seja bem vindo ao treinamento “Evangelização”. Passaremos estes momentos sob a ministração do Espírito Santo, envolvidos numa intensa capacitação. Vale a pena informar que este curso é uma adaptação do “Evangelismo Explosivo”, que nasceu no ano de 1962 na Igreja Presbiteriana de Coral Ridge/ Estados Unidos. Agradecemos a Deus por este método e utilizamos quase que integralmente, apenas fazendo breves acomodações cabíveis à proposta do nosso projeto de discipulado.
  5. 5. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 4 PRIMEIRO ENCONTRO ENTENDENDO A GRANDE COMISSÃO E A QUEM FOI CONFIADA Antes de tudo, façamos uma distinção entre MISSÃO e MISSÕES na vida da igreja. MISSÃO é a tarefa que a igreja recebeu de Deus para realizar. Vejamos qual é a missão da igreja:  Louvor (adoração, oração, enfim, comunhão com Deus): Jo 4:23; Ef 1:12.  Comunhão (uns aos outros): Hb 10:24,25.  Edificação: Ef 4:11-13.  Beneficência: At 10:38; Mt 25:34-36; Gl 6:9,10.  Testemunho: ao próprio povo: Mt 10:5,6. a todos os povos: Mt 28:18-20. MISSÕES é o cumprimento da GRANDE COMISSÃO de Deus em Cristo, dada à Igreja, de proclamar o evangelho a todos os povos e discipular os novos convertidos de todos os povos, no poder do Espírito, para a glória de Deus. REVISÃO 1 1. A missão da igreja é: ______________________, _______________________, _____________________, ______________________, _______________________. 2. A igreja só está cumprindo a sua missão se: ( ) Apenas orar ( ) Orar e ensinar ( ) Estiver apenas fazendo o bem a todos ( ) Houver comunhão com Deus, uns com os outros, edificação, ação social e testemunho.
  6. 6. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 5 3. A sua igreja está cumprindo a missão que Deus lhe deu? Por quê? 4. Qual a diferença entre missão e missões? A Grande Comissão (At 1:2) Referências: Mt 28:18-20; Mc 16:14-18; Lc 24:44-49; Jo 20:19-23 e At 1:6-9. Análise de Mt 28:18-20: Base: “E, chegando-se Jesus, falou-lhes dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra”. Consequência: “Portanto ide”. Propósito: “Fazei discípulos”. Esfera: “De todas as nações”. Método: “Batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os”. Conteúdo: “Todas as coisas que vos tenho mandado”. Provisão: “Eis que estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos”. A ênfase de cada referência: Mt 28:18-20: O alvo da Grande Comissão Mc 16:15: O alcance da Grande Comissão Lc 24:46-47: A mensagem da Grande Comissão Jo 20:21: O modelo da Grande Comissão
  7. 7. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 6 At 1:8: O poder capacitador da Grande Comissão A importância da Grande Comissão se vê: 1. No fato da ênfase dada pelos 4 evangelhos e pelo livro de Atos; 2. No fato da autoridade de Jesus como sua base; 3. No fato de terem sido as últimas palavras de Jesus, quando não havia mais nada a ser dito; 4. No fato de serem as primeiras palavras no livro de Atos, indicando que a história da igreja é uma obediência a essa ordem. REVISÃO 2 1. Quais as referências bíblicas da Grande Comissão? 2. Qual o texto mais completo sobre a Grande Comissão? 3. Discorra sobre Mt 28:18-20: A base da Grande Comissão é a: O propósito da Grande Comissão é: O conteúdo da Grande Comissão são: 4. Defina Grande Comissão:
  8. 8. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 7 A QUEM FOI CONFIADA A GRANDE COMISSÃO Considerando Negativamente:  Não a anjos: I Pe 1:12; Ef 3:10  Não aos santos que já dormem : Lc 16:27-29; II Tm 4:6,7  Não aos descrentes: II Co 5:18 Não mais a Israel: Rm 11:11 AQUILO QUE ISRAEL ERA E SERÁ... NÓS SOMOS ISRAEL IGREJA Is 44:8: “Vós sois minhas testemunhas” At 1:8: “E ser-me-eis testemunhas” Is 49:6: “Também te dei para luz dos gentios” Mt 5:14: “Vós sois a luz do mundo” Ex 19:5: “Então sereis a minha propriedade peculiar” 1 Pe 2:9: “Povo adquirido” Ex 19:6: “Reino sacerdotal” 1 Pe 2:9: “Sacerdócio real” Ex 19:6: “Povo santo” 1 Pe 2:9: “Nação santa” Considerando Positivamente: A GRANDE COMISSÃO foi confiada aos discípulos de Jesus, a Sua igreja, que é Seu corpo e instrumento da Sua vontade (II Co 5:17-21; I Pe 2:9,10).
  9. 9. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 8 REVISÃO 3 1. Qual a diferença entre MISSÃO e MISSÕES? 2. Qual a MISSÃO DA IGREJA? ___________________________, _________________________, _____________________, ___________________________, __________________________. 3. Como se chama a ordem de Jesus de fazermos MISSÕES em todo o mundo? 4. Quais as referências da GRANDE COMISSÃO? Dê a ênfase de cada referência. 5. Como se verifica a importância da GRANDE COMISSÃO? 6. Quem já foi testemunha do Senhor Deus? E quem é hoje? 7. O que você tem a ver com a GRANDE COMISSÃO?
  10. 10. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 9 SEGUNDO ENCONTRO OS MISSIONÁRIOS E A EVANGELIZAÇÃO QUEM SÃO OS MISSIONÁRIOS? At 8:1,4 TODOS. O que explica a explosão da igreja primitiva. “A maior estratégia de Satanás foi convencer a igreja que apenas os líderes deveriam evangelizar. Isso equivaleria a dizer que apenas os comandantes e generais deveriam ir à guerra”. Mas isto só começou a acontecer no ano 313 d.C., quando o imperador Constantino proclamou o Edito de Tolerância, pondo fim às duras perseguições contra a igreja. Nas décadas seguintes muitas iniciativas foram tomadas a fim de se cristianizar o Império Romano, o que deu ensejo a que muitos bárbaros pagãos adentrassem a igreja sem uma experiência genuína de conversão. Nem conheciam o evangelho. Daí nasceu a idéia de dividir o clero do leigo, dando a tarefa da evangelização aos indivíduos profissionalmente treinados. “Apenas 1% da igreja é composta de líderes. Como ficaria a GRANDE COMISSÃO se apenas este percentual trabalhasse?”. Existem vários tipos de missionários, que o Espírito Santo destaca como Lhe apraz, distribuindo os dons necessários (I Co 12:7,11). Vejamos: 1. MISSIONÁRIO PROFISSIONAL: É o que recebe seu sustento financeiro da igreja, igrejas ou de juntas de missões.  VANTAGEM: Mais tempo dedicado ao trabalho missionário.  EXEMPLOS BÍBLICOS: I Co 9:5,6; Fp 4:16,18. 2. PROFISSIONAL MISSIONÁRIO: É o que recebe seu sustento de sua profissão.  VANTAGEM: O sustento não pesa sobre a igreja e a sua profissão lhe abre um campo missionário. Por exemplo: um missionário profissional não recebe visto de entrada em países muçulmanos, mas um engenheiro cristão poderá ir como engenheiro e pregar o evangelho enquanto trabalha naquele país.  EXEMPLOS BÍBLICOS: II Co 11:7; I Co 9:18; At 18:3,4.
  11. 11. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 10 3. MISSIONÁRIO LOCAL: É o que trabalha dentre o povo de sua própria cultura.  EXEMPLOS BÍBLICOS: At 11:19,20; Gl 2:7 4. MISSIONÁRIO TRANSCULTURAL: É o que trabalha entre povos de outra cultura.  EXEMPLOS BÍBLICOS: At 11:19,20; Gl 2:7-8 REVISÃO 4 1. O que é um missionário profissional transcultural? 2. O que é um profissional missionário local? 3. No Kuwait há necessidade de gente para a indústria petrolífera; há vagas para professores e técnicos em Moçambique e precisa-se de engenheiros na Mauritânia e no Iraque. Que tipo de missionário se enquadraria para este trabalho? Você é um missionário? Que tipo de missionário você é? Quais as vantagens de ser um missionário como você?
  12. 12. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 11 TIPOS DE EVANGELIZAÇÃO EVANGELIZAÇÃO é a ação de comunicar o evangelho, que significa “BOAS NOTÍCIAS”. A EVANGELIZAÇÃO pode ser: 1. INDIVIDUAL: quando o evangelista fala particularmente ao indivíduo ou, 2. COLETIVA: quando o evangelista fala a um grupo de indivíduos, 3. PESSOAL: quando o evangelista está presente (ao vivo) ou, 4. IMPESSOAL: quando o evangelista está ausente e é substituído por veículo ou mídia que o representem. O método de evangelização mais eficaz é o INDIVIDUAL PESSOAL (conhecido comumente por “evangelismo pessoal”) pelas seguinte razões: 1. Pode ser praticado por todos os missionários evangelistas (At 8:1,4; 11:19,20). 2. Pode ser praticado em qualquer lugar, em casa, na rua, no trabalho, na escola, no lazer... (Jo 4:5-7). 3. Pode ser praticado a qualquer hora (Jo 3:2; 4:6). 4. Não custa nada. 5. É produtivo quando os outros métodos falham. 6. Lida diretamente com as objeções dos evangelizados. 7. Funciona bem em qualquer cultura. 8. Pode ser praticado diariamente (At 5:42). 9. O novo convertido já nasce com o pai espiritual. 10. Glorifica somente a Deus.
  13. 13. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 12 REVISÃO 5 1. Você é um missionário? ______________________________ 2. Que tipo de missionário você é? _________________________ 3. Qual o método mais eficaz de EVANGELIZAÇÃO? Cite 05 razões que justificam sua resposta. Uma vez que já localizamos que tipo de missionários somos e já identificamos qual o melhor método de evangelização, voltemo-nos para nós mesmos para averiguarmos se temos uma vida digna de sermos embaixadores de Cristo. QUALIDADES PESSOAIS DO MISSIONÁRIO 1. Ter convicção da salvação. 1. Para isto há três pontos de segurança, a saber: a) As promessas da Palavra (I Jo 5:13; Rm 10:9,10; Jo 5:24; 6:37,47). b) A perfeição da obra de Cristo (Hb 10:10,14; Tt 3:4-8). c) Testemunho do Espírito Santo no íntimo (Rm 8:16). 2. Ser Discípulo (Lc 14:25-33). 3. Estar cheio ou sob o controle do Espírito Santo (Ef 5:18; At 8:29,30; Gl 5:16). 4. Ter comportamento exemplar, na igreja e diante dos descrentes (Mt 5:13-16; I Co 9:25-27). 5. Ser dado à oração (I Ts 5:17) e ao estudo da palavra (II Tm 2:15), através de uma vida devocional diária (Sl 1:2). 6. Estar limpo do pecado (I Jo 1:9). 7. Ser humilde e submisso (Ef`5:2; Sl 25:9).
  14. 14. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 13 REVISÃO 6 1. O que é MISSÕES? 2. Como se chama a ordem de Jesus dada à igreja para evangelizar o mundo? 3. A quem foi confiada a GRANDE COMISSÃO? 4. Quem são os missionários? 5. Quais os tipos de missionários? 6. Que tipo de missionário você é? 7. Quais as vantagens do seu tipo específico de missionário? 8. Qual o método mais eficaz de evangelização? 9. Você se enquadra nas qualidades pessoais que Deus exige de um missionário? Se não, está disposto a mudar?
  15. 15. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 14 TERCEIRO ENCONTRO EMPECILHOS E MOTIVAÇÃO Muitos cristãos têm permitido com que várias barreiras se ergam para causar dano a sua própria evangelização, ou no mínimo, diminuir sua eficácia. Vejamos alguns inimigos da evangelização eficaz: 1. Ativismo O excesso de trabalho na igreja produz danos à causa da evangelização. Ou ainda a sobrecarga da luta pela sobrevivência, gerando a velha alegação da “falta de tempo”. 2. Vida cristã inexpressiva A dureza de coração e a conformação com padrões morais mundanos criam o cristianismo nominal, que de cristianismo nada tem. 3. Falta de conhecimento Não é raro vermos cristãos com muitos anos de igreja que não sabem abordar um não crente. Ou ainda não sabem o que a Bíblia diz sobre a necessidade do homem e o seu futuro sem Cristo. 4. Evangelização pulpitocêntrica A maioria dos crentes, quando pensam em evangelização, imaginam em convidar descrentes ao culto dominical para que o pastor evangelize. 5. Vergonha Muitas vezes produzida pela ignorância das Escrituras, cristãos se furtam de testemunhar de Cristo em alguns círculos (Rm 1:16; II Tm 1:8). 6. Desajustes Emocionais
  16. 16. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 15 O medo, por exemplo, ou timidez, são marcas de desajustes emocionais que trazem prejuízos à obra da evangelização (II Tm 1:7). Outro exemplo de desajuste emocional que prejudica a evangelização é a auto-estima negativa (Pv 23:7; Nm 13:33; Lc 19:20,21). Uma vez que descobrimos o que nos impede de exercer plenamente o que Deus nos confiou, devemos, igualmente, entender o que nos motiva à obra da evangelização. PORQUÊ DEVEMOS PREGAR? 1. Por causa da grande necessidade dos homens  Os homens estão mortos em seus pecados (Ef 2:1).  Eles são escravos dos seus pecados e estão em trevas (Ef 2:2-3; At 26:18; Jo 8:34; Rm 7:24); se tornam incapazes de salvarem a si mesmos.  Por isso estão debaixo da Ira do Deus que é Santo e Justo (Rm 1:18; 2:5; Jo 3:36), que odeia o Pecado (Hc 1:13; Pv 6:16-19). 2. Por causa do poder da mensagem (Rm 1:16; 10:13-15; Mc 16:15,16). 3. Somos devedores (Rm 1:14,15). 4. Pesa sobre nós a obrigatoriedade da ordem de Cristo (I Co 9:16; Mt 28:18-20). 5. Fomos chamados para isto (I Pe 2:9,10). 6. Pelo privilégio que nos foi concedido (II Co 5:17-21). 7. Porque haverá galardoamento da mordomia que exercermos do evangelho (I Co 9:23-25). 8. Para que Deus seja glorificado (Jo 17:4; I Co 15:28; Ef 1:6,12,14).
  17. 17. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 16 É bom sabermos que a pregação é apenas parte de nosso testemunho, podemos dizer que é a mais importante, mas não basta! A igreja também testemunha com... : 1. O seu procedimento (I Pe 2:12; 3:16; Mt 5:16). 2. O amor da comunidade (Jo 13:35; 17:20-23). REVISÃO 7 1. Ao observar os inimigos da evangelização, destaque aqueles que, em especial, têm agido em sua vida. 2. Você é um missionário? De que tipo? 3. Descreva as razões para evangelizar que você aprendeu. 4. A Igreja testemunha: Com palavras, com o _________________________________________ e com o
  18. 18. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 17
  19. 19. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 18 QUARTO ENCONTRO A ABORDAGEM ABORDAGEM TEXTO BÍBLICO EXPLICAÇÃO A experiência secular do visitado “Boa noite, Sr. Ary, eu sou __________ ____________________ da Igreja Congregacional, podemos entrar para conversarmos por alguns instantes?” “O Senhor é daqui mesmo?” ou “De onde vieram?” (caso você saiba que ele está chegando na cidade) “Sua casa é muito ventilada!” ou “Este quadro é muito bonito!” “Conte-nos mais sobre si mesmo...” É importante não chegar em horários inconvenientes. Várias perguntas podem ser feitas (de onde a pessoa é, o que faz, seu lazer, sua família...) É importante não olhar diretamente às imagens, caso haja nas paredes ou em outros lugares da casa. É sempre bom fazer um elogio sincero e manter o clima alegre e descontraído. A experiência religiosa do visitado “Você já visitou alguma igreja evangélica (antes da nossa)?” “O que você achou do culto?” “Você conhece algum membro de nossa igreja?” Testemunho da Igreja “Você gostaria de que eu compartilhasse com você porque eu acho que as pessoas são alegres?” “É por que elas receberam algo emocionante... A vida abundante que Jesus prometeu.” “Deixe-me compartilhar sobre o que Deus tem realizado em nosso meio... em poucos anos de trabalho.” Seja discreto e cuidadoso na abordagem da vida pessoal das pessoas. Cuidado com as perguntas que você fará. Depois de cada pergunta fique quieto e ouça o que a pessoa tem a falar sem interrompê-la. Não critique a religião da pessoa. Com essa abordagem você vai começar a ter noção da pessoa visitada e quanto ao grau de dificuldade que você enfrentará. Esta pergunta você fará caso a pessoa tenha ido ao culto e tenha gostado. Compartilhe com segurança, alegria e entusiasmo as maravilhas de Deus.
  20. 20. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 19 TESTEMUNHO PESSOAL Abaixo você encontrará um exemplo do testemunho de Paulo, falando dos eventos que levaram à sua conversão. Na página seguinte complete o roteiro dos eventos que levaram à sua conversão. O TESTEMUNHO DE PAULO (tirado de Atos 20 e 22) MINHA VIDA ANTES DE ME TORNAR CRISTÃO ERA ASSIM: “Sou judeu, nascido em Tarso da Cilícia, mas criado nesta cidade. Fui instruído rigorosamente por Gamaliel, sendo tão zeloso por Deus quanto qualquer um de vocês hoje. Persegui os seguidores deste Caminho até a morte, prendendo tanto homens como mulheres e lançando-os na prisão, como o podem testemunhar o sumo sacerdote e todo o Conselho. Cheguei a obter destes cartas para seus irmãos em Damasco e fui até lá, a fim de trazer essas pessoas para Jerusalém como prisioneiras, para serem punidas”. VEJA O QUE ME FEZ CONCLUIR QUE EU PRECISAVA SEGUIR A JESUS “Por volta do meio dia eu me aproximava de Damasco, quando de repente uma forte luz vinda do céu brilhou ao meu redor. Caí por terra e ouvi uma voz que me dizia: ‘Saulo, Saulo, por que você está me perseguindo?’. Então eu perguntei: Quem és tu Senhor? E Ele me respondeu: ‘Eu Sou Jesus, o Nazareno, a quem você persegue’. Os que me acompanhavam viram a luz, mas não entenderam a voz daquele que falava comigo”. ESTES SÃO OS DETALHES DA MINHA CONVERSÃO A CRISTO: “Assim perguntei: Que devo fazer, Senhor? Disse o Senhor: ‘Levanta-te, entra em Damasco e ali te será dito o que deves fazer’. Os que estavam comigo me levaram pela mão até Damasco, porque o resplendor da luz me deixara cego. Um homem chamado Ananias veio ver-me e , pondo-se junto a mim disse: ‘Irmão Saulo, recupere a visão’. Naquele mesmo instante pude vê-lo. PARA MIM SER CRISTÃO SIGNIFICA: “Todavia, não me importo, nem considero a minha vida de valor algum para mim mesmo, se tão somente puder terminar a corrida e completar o ministério que o Senhor Jesus me confiou, de testemunhar do evangelho da graça de Deus”. Agora é a sua vez! Sua conversão pode não ter sido tão dramática quanto a de Paulo. Não existem duas conversões idênticas. É isso que as torna especiais. O chamado de Deus para cada um de nós é especial. Prepare o seu testemunho no roteiro abaixo e visualize de que maneira você vai compartilhar sua história com o Sr. Ary.
  21. 21. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 20 MINHA VIDA ANTES DE TORNR-ME CRISTÃO ERA ASSIM: VEJA O QUE ME FEZ CONCLUIR QUE EU PRECISAVA SEGUIR A JESUS: ESTES SÃO OS DETALHES DE MINHA CONVERSÃO A CRISTO:
  22. 22. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 21 PARA MIM SER CRISTÃO SIGNIFICA: DINÂMICA DE REVISÃO DE TODA INTRODUÇÃO
  23. 23. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 22 QUINTO ENCONTRO CONTINUAÇÃO DA ABORDAGEM PERGUNTAS DIAGNÓSTICAS PERGUNTAS DIAGNÓSTICAS ABORDAGEM TEXTO BÍBLICO EXPLICAÇÃO Primeira Pergunta Diagnóstica “Posso fazer-lhe uma pergunta?” “Você já chegou a um ponto em sua vida espiritual, em que poderia afirmar com certeza que, se morresse hoje, iria para o céu?” O Sr. Ary pode responder: “Bem, eu acho que ninguém tem condições de saber disso.” Ou “Só Deus pode saber disso.” A introdução e as perguntas diagnósticas nos ajudarão a: 1. Criar uma transição para apresentar o evangelho; 2. Ganhar o direito de fazer perguntas pessoais; 3. Descobrir a condição espiritual da pessoa; 4. Descobrir os preconceitos e as objeções da pessoa; 5. Descobrir se ela tem o que você pretende oferece-la; 6. Criar um desejo de ouvir o evangelho; 7. Descobrir em quem a pessoa está confiando para a vida eterna. Então você dirá: “Era exatamente assim que eu passava, mas eu descobri algo maravilhoso, que é possível saber...” “Inclusive aprendi que esse motivo pelo qual a Bíblia foi escrita! Pois ela diz: ‘Estas coisas vos escrevi a fim de saberdes que tendes a vida eterna’.” “Não é fantástico?!” “Gostaria que eu compartilhasse com o senhor como fiz esta descoberta?” O Sr. Ary pode responder: “Sim, pode ser.” Então você dirá: “Mas antes de entrar no assunto, permita-me fazer-lhe outra pergunta.” I João 5.13 Sempre é bom pedir permissão para compartilhar o evangelho. Aqui você abrirá espaço para a segunda pergunta diagnóstica.
  24. 24. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 23 ABORDAGEM TEXTO BÍBLICO EXPLICAÇÃO Segunda Pergunta Diagnóstica “Suponhamos que você morresse hoje e comparecesse diante de Deus, e Ele lhe dissesse: ‘Por que eu deveria permitir que você entre no meu céu?’ O que você responderia?” O Sr. Ary poderia responder: “Bem, não tenho sido tão mau, nunca matei, nunca roubei...” Então você lhe dirá:
  25. 25. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 24 SEXTO ENCONTRO FASE FINAL DA ABORDAGEM ABORDAGEM TEXTO BÍBLICO EXPLICAÇÃO “Como então podemos receber este presente?” Fé “Pela fé recebemos o presente de Deus.” “A Bíblia diz: ‘Pela graça sois salvos, por meio da fé’.” “A fé é a chave que abre a porta do Céu.” (Aqui é interessante a ilustração da chave) “A chave certa do céu é a fé salvadora.” Ef 2:8 ABORDAGEM TEXTO BÍBLICO EXPLICAÇÃO O Que Não é Fé “Fé não é conhecimento intelectual.” “A Fé salvadora não é fé temporal.” O Que é Fé “É confiar somente em Jesus para a vida eterna e arrepender-se sinceramente de seus pecados.” (Aqui é interessante a ilustração da cadeira) “A Bíblia diz: ‘Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o Seu Filho Unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas Jo 3:16 Saber que Deus existe não é o que a Bíblia chama de fé salvadora (ver Tg 2:19). A fé que busca a Deus na hora da crise. É deixar de confiar em si mesmo, naquilo que fazemos para confiar naquilo que Cristo fez por nós. Sabendo que jamais conseguiríamos merecer a vida
  26. 26. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 25 tenha a vida Eterna’.” eterna. É transferência de confiança. Observação: Por quê evitamos qualquer “apelo” na moderna concepção da palavra, do tipo “você gostaria de receber o céu como um presente?”, ou “quem gostaria de aceitar a Jesus?” 1. Não encontramos “apelos” realizados por Jesus, do tipo “você me aceita?”. Encontramos Jesus fazendo um chamado especial para o discipulado (Mt 4:18,21; Jo 1:43): Segue-me! 2. A própria mensagem apostólica era o “apelo” que constrangia os pecadores (At 2:37; Ef 1:13). 3. A estatística mostra que “levantar a mão” numa reunião pública, ou dizer “sim” a um apelo simplista não implica necessariamente em salvação. Sabe-se que a cada 100 supostas “decisões”, apenas 06 permanecem (Jo 8:31). 4. A experiência mostra que o “sim”, geralmente, provém de pessoas mal informadas e precipitadas que não calcularam o preço da caminhada com Cristo (Lc 14:25-33). Por outro lado, o “não” a um apelo nem sempre é rejeição ao evangelho propriamente dito, mas poderá ser atitude de um prudente que quer conhecer mais sobre Cristo e Sua Palavra.
  27. 27. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 26 A DECISÃO: ABORDAGEM TEXTO BÍBLICO EXPLICAÇÃO A Pergunta Qualificadora: “Isto faz sentido para o senhor?” “Jesus fez um chamado especial àqueles que entenderam a Sua mensagem: Que chamado é este? O chamado é Segue-me!” A Pergunta de Decisão: “Você gostaria de obedecer a este chamado?” “Eu gostaria de lhe ajudar a seguir a Cristo. Isto implica em pagar o preço do discipulado. Ser discípulo de Cristo implica em arrependimento, fé e renúncia.” “Agora eu quero conduzí-lo a uma oração de compromisso com Jesus:" A Pedro e a André Ele disse: “Vinde após mim” (Mt 4:18-19). A Tiago e a João Ele os chamou (Mt 4:21) Ele disse a Filipe: “Segue-me” (Jo 1:43). E até hoje Ele continua fazendo este chamado aos que entendem a Sua mensagem.
  28. 28. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 27 ABORDAGEM TEXTO BÍBLICO EXPLICAÇÃO A Oração de Decisão “Se o senhor deseja a vida eterna, diga para Ele em voz alta:” Lembre-se que esta é apenas uma oração- modelo e não uma fórmula de salvação. “ Senhor Jesus, eu quero que Tu venhas e tomes a minha vida nas Tuas mãos/ Eu sou pecador/ Eu tenho confiado em mim mesmo / E nas boas obras que tenho praticado/ Mas agora eu coloco toda a minha confiança em Ti/ Eu te reconheço como o Meu único e suficiente Salvador e Meu Senhor/ Ajuda-me a deixar os meus pecados/ E a Te seguir aonde quer que fores/ Eu reconheço que a vida eterna é um presente/ Eu jamais mereceria/ Mas Te agradeço por teres me dado.” A Certeza de Salvação “O Senhor acabou de tomar a decisão e fazer a oração mais importante de sua vida.” “Leia comigo: ‘Quem crê em mim tem a vida eterna’.” Jo 6:47
  29. 29. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 28 REVISÃO 10 I. Descreva todo o esquema de evangelização conforme os itens abaixo: A VIDA SECULAR DO VISITADO: A VIDA RELIGIOSA DO VISITADO: COMPARTILHE SEU TESTEMUNHO: PERGUNTAS DIAGNÓSTICAS: 1. 2.
  30. 30. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 29 APRESENTAÇÃO DO EVANGELHO  A GRAÇA  O HOMEM  DEUS  JESUS CRISTO  A FÉ  A DECISÃO
  31. 31. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 30  A ORAÇÃO DE DECISÃO  A CERTEZA DE SALVAÇÃO II. Compartilhe o esquema que você fez com seu supervisor. III. Elabore um outro esquema constando apenas das perguntas diagnósticas e da apresentação do evangelho para ser apresentado ao seu supervisor em 3 minutos.
  32. 32. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 31 SÉTIMO ENCONTRO CUIDADOS ESPECIAIS Vale a pena aprendermos com quem já sofreu no aspecto prático da evangelização e, por isso, tem algumas lições valiosas para nos oferecer. Vamos pensar sobre isso: 1. Não leve uma Bíblia grande em sua visita. Às vezes ela nem é necessária porque a citação dos textos-chave também traz resultados; 2. Não mencione a referência quando você citar a Bíblia, isso pode atrapalhar o raciocínio da pessoa; 3. Cite somente a parte do texto referente ao assunto que você estiver tocando; 4. Não faça perguntas que compliquem, que exigem respostas longas e que confundem. Faça apenas perguntas que sugerem uma única resposta; 5. Comece onde a pessoa está. Cuidado ao citar termos técnicos da Bíblia (Salvação, justificação, fé, pecado...). Quando citar, explique imediatamente numa linguagem acessível. 6. Ouça quando seu ouvinte estiver falando. Dê toda a atenção a ele, mesmo que ele esteja falando algo contrário À Bíblia, e não o interrompa; 7. Evite qualquer tipo de críticas a religiões, objetos de adoração e rituais estranhos À Palavra; 8. Não queira entrar em assuntos mais profundos que apenas crentes devem estudar (detalhes sobre idolatria, escatologia, história...); 9. Procure manter a linha de raciocínio, não se deixando desviar do seu objetivo que é explicar o evangelho; 10. Espere os resultados. Nunca apresente precipitadamente o resultado de alguma ação evangelística. Espere os frutos e enquanto não surgem ajude o neófito; 11. Não pense que você tem que conseguir uma decisão a qualquer custo porque “ao Senhor pertence a salvação” (Jonas 2:9). O Pai escolhe, o Filho redime e o Espírito Santo aplica a salvação de Cristo aos corações dos homens (Ef 1). Sua tarefa é apresentar a mensagem; 12. Seja modesto ao falar de si mesmo e de sua igreja; 13. Faça tudo para tornar agradável o seu contato com a pessoa que está sendo evangelizada. Não seja um chato insistente;
  33. 33. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 32 14. Fale sempre sorrindo; 15. Cuidado com a aparência pessoal. Se for mulher, não exagere. Se for homem, esteja sempre barbeado, e cuidado com a combinação de cores; 16. Não fale muito alto, nem muito perto das pessoas. Cuidado com mau hálito; 17. Torne agradável a sua saída mesmo se o evangelho for rejeitado. Não feche a porta para quem vem depois de você. Caso haja uma decisão por Cristo, lembre-se que você não pode abandonar um filho na fé; 18. Não orar durante a evangelização, caso você esteja apenas acompanhando o irmão que está falando, ou ao chegar à porta da pessoa. Sabemos que o trabalho não é nosso, por isso precisamos ORAR antes do contato com a pessoa que está sendo evangelizada... : 1-Para que Deus mostre aonde devemos ir (At 16:6-10); 2-Com quem devemos falar (At 8:29); 3-Para que Deus nos conceda intrepidez (At 4:29); 4-Para falarmos no poder do Espírito (At 4:8,13). É óbvio que poderão surgir objeções durante a evangelização, afinal, todos têm o direito de questionar e, inclusive, de não concordar conosco. Veja como agir diante de objeções: 1-Evite discutir. A melhor maneira de vencer uma objeção é evitá-la; 2-Nunca diga ao evangelizado: “Você está errado!”, mesmo que seja algo contrário à Palavra de Deus. Você poderá reagir a uma objeção com a expressão: “Que bom que você disse isso! Isso nos ajudará bastante.”; 3-Elogie com sinceridade quando uma pessoa se tornar hostil. Isso aliviará as tensões. Por exemplo: “Você é uma pessoa muito inteligente...” ; 4-Não se zangue e não entre em pânico; 5-Haja com amor e carinho dando toda atenção à argumentação do evangelizado; 6-Você ainda pode adiar a objeção caso perceba que não há importância no momento ou que atrapalhará a apresentação do evangelho, dizendo: “Essa é uma questão muito interessante, se você não se incomoda, guarde-a por uns instantes e voltaremos a falar sobre ela”. Há CINCO leis de persuasão que Jesus usou. Vejamos João 4:
  34. 34. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 33 ATENÇÃO. Jesus chamou a atenção da mulher samaritana começando onde ela estava. “Dá-me de beber”, “Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim que sou mulher samaritana?”; INTERESSE. “Se conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e Ele te daria água viva”; DESEJO. “Qualquer que beber desta água, tornará a ter sede; mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede”. Agora ela desejava ardentemente o que Jesus lhe oferecia; CONVICÇÃO. Do pecado ou da veracidade das afirmações. “Vai, chama teu marido”; FECHAMENTO. Jesus sempre volta ao tema e termina a confrontando com a decisão que ela tem de tomar. “Eu o sou, eu que falo contigo”. REVISÃO 11 1. Fale sobre como deve ser sua aparência. 2. Fale como deve ser o clima da visita. 3. Quem é o responsável pela salvação? 4. Qual a maneira de lidar com as objeções que você achou mais interessantes? 5. Transcreva quatro vezes as cinco palavras que definem as leis de persuasão usadas por Jesus no caso da mulher samaritana.
  35. 35. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 34 ANALISANDO AS PESSOAS A SEREM VISITADAS QUANTO À IDADE Escolha geralmente, mas nem sempre, pessoas que tenham mais ou menos a sua idade, se possível, o mesmo estado civil. QUANTO AO SEXO Em geral é melhor visitar pessoas do mesmo sexo. QUANTO AO GRAU DE DIFICULDADE Escolha pessoas que não são completamente aversas ao evangelho, o que chamaremos de “INCRÉDULO TIPO A”. Veja as marcas do “INCRÉDULO TIPO A” 1. Não rejeita hostilmente participar de um culto ou de um encontro na célula; 2. Crê em Deus, aceita a Bíblia, entende que Jesus é o Filho de Deus e tem algum conhecimento de fatos bíblicos (como, por exemplo, a morte de Cristo); 3. Está aberto a estudos bíblicos e à explanação do plano da salvação; 4. Está buscando alguma coisa. QUANTO À PROXIMIDADE Escolha pessoas que você terá oportunidade de acompanhar em seu ano base de crescimento espiritual. E que poderão ter acesso a uma célula e ao culto.
  36. 36. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 35 Lembre-se de que pessoas não são cobaias de suas experiências evangelísticas, então... CASO HAJA UMA DECISÃO 1. Dê o folheto que apresenta a igreja local; 2. Dê o folheto “dois pés para caminhar com Cristo e Sua família”; 3. Dê o livreto “Boas Novas” e explique como ele fará sua leitura diária; 4. Marque um encontro sete dias depois para averiguar os questionários do “Boas Novas” e dê o módulo 1 (Quem é Deus) para iniciar o discipulado; 5. Convide-o ao culto dominical e à célula. CASO NÃO HAJA UMA DECISÃO Ofereça o curso bíblico gratuito por correspondência. QUANTO AO LUGAR DE ENCONTRÁ-LAS Muitas delas já visitam o templo, outras trabalham com você, outras são seus amigos e familiares, outras moram bem próximo e estão aguardando por sua amizade.
  37. 37. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 36 ASSUMINDO O COMPROMISSO 1. Com um companheiro de evangelização. O seu supervisor, que é o seu discipulador, será o seu companheiro de evangelização e estará no comando para fazer de você um SERVO EQUIPADO. 2. Com a prática da evangelização. Você e o seu supervisor formar uma equipe de evangelização e farão juntos quatro visitas evangelísticas até o dia ______/ _________/ _______ Sugestões que estarão sujeitas a alterações pelo supervisor: 1a Visita: Você apresenta seu supervisor à pessoa visitada e permite que ele introduza, faça as perguntas diagnósticas e apresente o evangelho. Você apenas observa como ele faz. Pessoa a ser visitada: __________________________________________ Endereço: ___________________________________________________ Data da visita: ________/________/________ melhor horário: ________ 2a Visita: Nesta visita você fará tudo e seu supervisor apenas lhe observará fazendo. Pessoa a ser visitada: __________________________________________ Endereço: ___________________________________________________ Data da visita: ________/________/________ melhor horário: ________ 3a Visita: Nesta visita repete-se a seqüência da primeira. Pessoa a ser visitada: __________________________________________ Endereço: ___________________________________________________ Data da visita: ________/________/________ melhor horário: ________ 4a Visita: Repete-se a seqüência da Segunda visita. Pessoa a ser visitada: __________________________________________ Endereço: ___________________________________________________ Data da visita: ________/________/________ melhor horário: ________ 3. Com o REENCONTRO EVANGELIZAÇÃO. Neste encontro iremos avaliar juntos os resultados e você descobrirá se o seu ministério específico é o de evangelista. Ele se realizará no dia _____/________/________, às ______ hs. _______________________________________ Assinatura Cidade: _______________________________________, Data: ___________
  38. 38. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 37 RELATÓRIO A SER PREENCHIDO PELO SUPERVISOR Esta avaliação deve ser levada pelo supervisor ao reencontro no dia _____/______/_________ às _____h. Avaliando a postura evangelizadora de: ___________________________________________ 1. Avalie o seu discípulo quando a aparência.  Roupa adequada _______________________________________________________  Precisa de orientação quanto a combinação de cores ___________________________  Precisa vestir-se com mais compostura _____________________________________  Preciso falar com ele especificamente sobre __________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ 2. Avalie o seu discípulo quanto ao comportamento nas visitas:  Sempre simpático e educado ______________________________________________  Manteve agradável o ambiente ____________________________________________  Não soube respeitar a pessoa visitada _______________________________________  Não soube ouvir a pessoa visitada _________________________________________  Falou fora de hora e interrompeu a evangelização _____________________________  Comportamento adequado _______________________________________________  Preciso falar com ele especificamente sobre __________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ 3. Avalie o seu discípulo quanto a apresentação do evangelho:  Fez uma boa introdução e quebrou o gelo ___________________________________  Fez as perguntas diagnósticas e soube aproveitá-las ___________________________  Apresentou todos os pontos estudados do evangelho ___________________________  Explicou claramente o que significa fé ______________________________________  Deixou o visitado livre para decidir ________________________________________  Fez a oração para o visitado repetir ________________________________________  Apresentou apenas parte do evangelho ______________________________________  Preciso falar com ele especificamente sobre __________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ 4. Avalie o seu discípulo quanto ao uso das leis de persuasão  Conseguiu a atenção e o interesse do visitado ________________________________  Despertou o desejo no visitado de ouvir o evangelho ___________________________  O visitado ficou convencido da veracidade do evangelho e de sua necessidade de Cristo ________________________________________________________________
  39. 39. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 38  Houve um confronto claro _______________________________________________  Preciso falar com ele especificamente sobre _________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ _____________________________________________________________________ 5. Avalie o resultado geral das visitas:  Houve __________ visitas  Houve __________ decisões  _________Pessoas receberam os “Boas Novas” e o “1º Módulo”, e estão sendo discipuladas  Houve _________ rejeições do evangelho  ________ pessoas querem o curso por correspondência (esses nomes devem ser dados na secretaria da igreja) 6. Avaliação geral do discípulo.  Já é um bom evangelizador e pode ser supervisor de outro discípulo  Acredito que preciso acompanha-lo em mais _______ visitas.  Aconselho-o a fazer novamente o fim-de-semana ‘evangelizaão’ ______________________________________ Assinatura do Supervisor
  40. 40. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 39 TESTANDO A VOCAÇÃO É necessário fazermos uma distinção entre “FUNÇÕES UNIVERSAIS”, que indica tarefas que são obrigações de todos os cristãos, e “DONS ESPIRITUAIS”. A diferença entre os dois é que o exercício de um determinado DOM não pode ser exigido de forma permanente de todos os cristãos, mas é exigido daqueles que têm o DOM específico. Sendo assim, a evangelização é uma função para todos os crentes, todos devem evangelizar, todos somos missionários e evangelizadores. Mas deve ser exigido um ministério contínuo e específico de evangelização daqueles que receberam de Deus o DOM ESPIRITUAL DE EVANGELISTA. Então, todos somos EVANGELIZADORES, mas alguns são EVANGELISTAS. O sufixo “ISTA” expressa uma especialização, como, por exemplo: dentISTA , oftalmologISTA, etc.. De acordo com as pesquisas de Christian A. Schwarz, 10% dos cristãos possuem o DOM DE EVANGELISTA. DONS ESPIRITUAIS são CARISMAS, ou manifestações do Espírito Santo, distribuídos a todos os membros do corpo de Cristo (I Co 12:7,11/ I Pe 4:10), de acordo com a graça de Deus (Rm 12:6), não sendo, portanto, recompensa por fidelidade, com o fim de edificar a igreja.( I Co 14:26 ), é para a glória de Deus. DOM DE EVANGELISTA é a capacidade especial que Deus concede a alguns membros do corpo de Cristo, que os capacita a expor o evangelho de tal forma aos não-cristãos, que esses aceitam a Cristo e se tornam membros responsáveis do corpo de Cristo ( Ef 4:11/ At 8:5,6/ At 8:26-40 ). Vamos ao teste Você encontrará abaixo algumas afirmações, ponha ao lado de cada uma delas a nota de 0 a 5, conforme o seguinte critério: 0 – JAMAIS, 1- RARAMENTE, 2- ÀS VEZES, 3- FREQUENTEMENTE, 4- MUITO, 5- É EXATAMENTE ISSO. ____Me realizo ao falar de Jesus e de meu relacionamento com Ele para não-cristãos. ____Levo outras pessoas a tomar uma decisão relacionada com a salvação. ____Tenho facilidade de iniciar uma conversa com uma pessoa estranha e levá-la a Cristo. ____Preocupo-me com a salvação de parentes, amigos, vizinhos e colegas. ____Tenho enorme vontade de conversar sobre a fé em Jesus com outras pessoas.
  41. 41. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 40 ____ A ênfase de minhas conversas tem sido a salvação em Cristo. ____ Tive muitas vezes a experiência de perceber que Deus me usou para levar pessoas a Cristo. ____ Considero um grande problema o fato de muitos cristãos não falarem de sua fé em Jesus. ____ TOTAL 1 Peça ao seu supervisor para avaliar você conforme os mesmos critérios. ____ Acredito que o chamado específico dele é falar de sua fé em Jesus a outras pessoas. ____ Ele tem enorme facilidade de apresentar o evangelho. ____ TOTAL 2 TOTAL 1 + TOTAL 2= _______________ Analise o resultado conforme o padrão abaixo: 0-10 : Indica que você não tem DOM DE EVANGELISTA, também pode indicar fraqueza espiritual quanto a responsabilidade cristã nesta área; 11-20 : Indica que provavelmente não tem esse DOM ou não foi desenvolvido; 21-30 : Indica uma boa possibilidade de Ter esse DOM; 31-40 : Indica que é quase certeza que tenha esse DOM; 41-50 : Indica que você tem um chamado especial nesta área. RESULTADO DO REENCONTRO EVANGELIZAÇÃO Os DONS ESPIRITUAIS existem para ser usados na realização de uma determinada tarefa. Deus os deu com esse fim. Por isso, jamais queira descobrir se tem um determinado DOM sem a intenção de praticá-lo para a edificação do corpo de Cristo e para a glória de Deus. É possível que você tenha descoberto se tem ou não o DOM DE EVANGELISTA:  Eu sou um evangelista  Eu não sou um evangelista  Eu não estou bem certo Caso você tenha convicção de ter o DOM DE EVANGELISTA, você está disposto a praticá-lo e desenvolvê-lo?  Não estou disposto  Estou disposto
  42. 42. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 41 Se você estiver disposto nos procure imediatamente após o REENCONTRO, nós temos um ministério especial composto dos EVANGELISTAS OFICIAIS DA COMUNIDADE, e estamos de braços abertos para recebê-lo. Caso você tenha descoberto que não tem o DOM DE EVANGELISTA, você já descobriu que evangelizar é uma “FUNÇÃO UNIVERSAL” por ser uma ordem do Senhor Jesus a todos os seus discípulos, e o mais importante, você já sabe como evangelizar, então não perca tempo nem oportunidades. Ademais, você ainda terá oportunidade de fazer o “FIM-DE-SEMANA DONS ESPIRITUAIS”, onde você descobrirá qual o seu DOM específico. Caso você esteja em dúvida, não se preocupe, continue praticando e orando, Deus confirmará! O “FIM-DE-SEMANA DONS ESPIRITUAIS” também lhe ajudará. De qualquer forma...:  Fui desafiado pelo meu supervisor a fazer novamente os encontros 4 a 6 do “FIM-DE- SEMANA EVANGELIZAÇÃO”.  Fui convocado a fazer mais .......... visitas com o meu superviso  Fui convocado pelo meu supervisor para ser supervisor de outro discípulo Caso você tenha sido convocado para supervisionar outro, decida _________ O discípulo que você matriculará no próximo “FIM-DE-SEMANA EVANGELIZAÇÃO” (porque já participou do “FIM-DE-SEMANA CONHECENDO O PROGRAMA”), que se realizará de ______/ _________/ __________ É o discípulo:____________________________________________________________
  43. 43. Projeto Isaque – Ano Base de Crescimento Espiritual Evangelização 42 ANALISANDO O DISCÍPULO A SER CONVIDADO Quanto ao compromisso com a comunidade: 1. Frequência na reunião 2. Congrega ativamente em uma célula 3. Prima pela unidade da comunidade Quanto ao compromisso com a liderança: 1. Tem zelo pelos líderes e submete-se a eles. Quanto ao compromisso com o Projeto de Discipulado: 1. Já foi ou está sendo discipulado com absoluto compromisso 2. Já participou do fim-de-semana “Conhecendo o Programa” 3. Tem disposição de levar outros à maturidade Quanto ao compromisso com a santificação: 1. Dar claras evidências de vida transformada 2. É capaz de ser modelo para outros 3. Vitórias sobre vícios e maus hábitos

×