Gênero de texto: canção Adriana e Silvia Língua Portuguesa
Discursos e Textos <ul><li>Discurso   </li></ul><ul><li>Ideológico </li></ul><ul><li>Cultural </li></ul><ul><li>Histórico ...
Gênero: Canção <ul><li>Gênero híbrido de caráter intersemiótico  (Linguagem verbal/ musical/ lítero-musical ); </li></ul><...
Gênero: Canção <ul><li>“ (...) abordagem da música popular centralizada unicamente nas  letras  das canções, levando à con...
Gênero: Canção <ul><ul><li>Elementos extracanção: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Contexto cultural e sócio-histórico; </li...
Navio Negreiro  – Castro Alves <ul><ul><ul><li>http://www.itaucultural.org.br/rumos/castroalves.pdf </li></ul></ul></ul>Ca...
Navio Negreiro  - poesia <ul><li>Característica Romântica – poesia; </li></ul><ul><li>Musicalidade; </li></ul><ul><li>“ Se...
Canção:  Navio Negreiro  <ul><li>Contexto de Produção </li></ul><ul><li>“ Gravar longos trechos de O Navio Negreiro signif...
Canção:  Navio Negreiro <ul><li>Marcação ritmica: Romântica X Contemporânea; </li></ul><ul><li>Entonação; </li></ul><ul><l...
Gênero Canção <ul><li>Canção  é ... </li></ul><ul><li>um gênero que está tanto para o mundo iletrado quanto para os letrad...
Textos diferentes, leituras diferentes <ul><li>A escolha da linguagem pode modificar o sentido do que se quer dizer; </li>...
Reflexões sobre a formação de leitores e produtores de textos <ul><li>Planejar qualquer processo formativo é sempre uma ta...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ot 03 09-2010[1]

653 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
653
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ot 03 09-2010[1]

  1. 1. Gênero de texto: canção Adriana e Silvia Língua Portuguesa
  2. 2. Discursos e Textos <ul><li>Discurso </li></ul><ul><li>Ideológico </li></ul><ul><li>Cultural </li></ul><ul><li>Histórico </li></ul><ul><li>Social... </li></ul><ul><li>Texto </li></ul><ul><li>materialização dos discursos </li></ul><ul><li>(representação/registro) </li></ul><ul><li>Orais / escritos / visuais </li></ul>
  3. 3. Gênero: Canção <ul><li>Gênero híbrido de caráter intersemiótico (Linguagem verbal/ musical/ lítero-musical ); </li></ul><ul><li>Linguagem musical – cânones; </li></ul><ul><li>Letra – Música – Canção. </li></ul>
  4. 4. Gênero: Canção <ul><li>“ (...) abordagem da música popular centralizada unicamente nas letras das canções, levando à conclusões problemáticas e generalizando aspectos parciais das obras e seus significados”. ( Revista Língua Portuguesa p. 25 ) </li></ul>
  5. 5. Gênero: Canção <ul><ul><li>Elementos extracanção: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Contexto cultural e sócio-histórico; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Economia e política; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Evolução estético-musical; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Formação musical e ideológica do compositor; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Arranjador e intérprete. </li></ul></ul></ul>
  6. 6. Navio Negreiro – Castro Alves <ul><ul><ul><li>http://www.itaucultural.org.br/rumos/castroalves.pdf </li></ul></ul></ul>Caetano Veloso - Livro 1997 - Polygram Ficha técnica original Uma produção Universal Music dirigida por Jacques Morelenbaum e Caetano Veloso Direção artística: Max Pierre Arranjos de base: Caetano Veloso, Jacques Morlenbaum e músicos participantes (exceto nas faixas &quot;O navio negreiro&quot; e &quot;Doideca&quot;) Assistentes do projeto: Beth Araújo e Virgínia Casé Engenheiro de gravação: Moogie Canazio Assistente de gravação: Duda Mello Coordenação na estúdio: Barney
  7. 7. Navio Negreiro - poesia <ul><li>Característica Romântica – poesia; </li></ul><ul><li>Musicalidade; </li></ul><ul><li>“ Sendo uma arte intermediária entre a prosa e a poesia (pois é escrita como a primeira, mas feita para ser recitada, como a segunda), ela se prestava admiravelmente às aventuras da palavra em crise de inferioridade”. (Cândido, p. 37) </li></ul>
  8. 8. Canção: Navio Negreiro <ul><li>Contexto de Produção </li></ul><ul><li>“ Gravar longos trechos de O Navio Negreiro significou reconsiderar o aspecto popular que esse belo poema retórico não pode perder. Com a percussão, ele volta vivo, claro, irresistível. Moreno me deu outro presente na forma desse canto de capoeira que ele aprendeu não sei onde — e que ficou deslumbrante no timbre do coro feminino que ele próprio tinha escalado para How beautiful could a being be.” (C.Veloso) </li></ul>
  9. 9. Canção: Navio Negreiro <ul><li>Marcação ritmica: Romântica X Contemporânea; </li></ul><ul><li>Entonação; </li></ul><ul><li>Meios de circulação X (re)produção. </li></ul>
  10. 10. Gênero Canção <ul><li>Canção é ... </li></ul><ul><li>um gênero que está tanto para o mundo iletrado quanto para os letrados. </li></ul><ul><li>Marca de identidade (social, cultural...) </li></ul><ul><li>Consciência da construção histórica do país. </li></ul>
  11. 11. Textos diferentes, leituras diferentes <ul><li>A escolha da linguagem pode modificar o sentido do que se quer dizer; </li></ul><ul><li>Há diferentes formas de se falar sobre um mesmo assunto; </li></ul><ul><li>Diferentes linguagens podem servir de estratégias para o professor em sala de aula. </li></ul>
  12. 12. Reflexões sobre a formação de leitores e produtores de textos <ul><li>Planejar qualquer processo formativo é sempre uma tarefa complexa permeada por múltiplas dimensões. </li></ul><ul><li>Exige que se pense muito sobre muitas perspectivas para se priorizar os objetivos; elencar os conteúdos correspondentes; </li></ul><ul><li>tomar decisões sobre as estratégias de formação mais adequadas; </li></ul><ul><li>buscar materiais de apoio; </li></ul><ul><li>planejar as intervenções necessárias, propor ajustes a partir dos saberes dos participantes, etc. </li></ul><ul><li>(Jacqueline P.Barbosa) </li></ul>

×