O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Úlcera Gástrica

Hi I hope you enjoy! Olá espero que gostem!

  • Entre para ver os comentários

Úlcera Gástrica

  1. 1. Úlceras Gástricas Alunas: Ana Rita 9ºC Nº3 Bruna David 9ºC Nº4 Prof.: Teresa Guedes 2º Período Ano letivo: 2015/2016
  2. 2. Identificação A úlcera gástrica, úlcera péptica ou úlcera no estômago é uma ferida que geralmente é causada por diversos fatores, entre eles a má alimentação. Ela apresenta como sintoma a dor de estômago, especialmente após comer, e normalmente não é uma situação muito grave.
  3. 3. Caracterização A úlcera gástrica gera sintomas como: • Dor abdominal forte, em forma de pontada, que piora ao comer ou ao beber; • Dor em forma de queimação na "boca do estômago“; • Enjoo; • Vómito; • Dor de cabeça; • Perda de peso.
  4. 4. Causas/prevenção As possíveis causas da úlcera gástrica são: • Fator genético • Alimentação • Presença da Helicobacter Pylori • Stress
  5. 5. Consequências A úlcera gástrica pode, como consequência da progressiva corrosão da parede estomacal, originar graves complicações. Uma das mais frequentes, caso a lesão erosiva chegue aos vasos sanguíneos localizados por baixo da mucosa, é a hemorragia. Se se tratar de pequenos capilares, o sangrar não será copioso, mas se o vaso afetado tiver um grande caudal, então, pode provocar uma perda de sangue muito abundante.
  6. 6. Uma outra complicação possível é a perfuração da parede do estômago, sempre que a úlcera se aprofundar e atravessar todas as capas do estômago, provocando assim a passagem do conteúdo gástrico para a cavidade abdominal, uma situação de extrema gravidade. Também pode suceder que, através do mesmo mecanismo, a úlcera penetre num órgão adjacente, como o fígado e o pâncreas, o que provocará uma intensa dor que nem com tratamento poderá ser aliviada. Consequências
  7. 7. Diagnóstico Para identificar a úlcera gástrica, recomenda-se uma endoscopia digestiva alta. Nela, o médico irá colocar uma sonda, com uma microcâmara na ponta, dentro da boca do indivíduo até o seu estômago, conseguindo visualizar com clareza as paredes internas do estômago e suas lesões. A biópsia do tecido do estômago poderá confirmar a presença da H. Pylori.
  8. 8. Tratamento O tratamento para úlcera gástrica é feito com o uso de antiácidos, que evitam que o suco gástrico utilizado na digestão aumente o tamanho da ferida. Pode-se recorrer ainda a analgésicos, para controlar as dores, e a calmantes, para que o indivíduo fique mais relaxado, uma vez que o ácido gástrico é produzido em maior quantidade sob stress. Para eliminar a H.Pylory, recorre-se a antibióticos, como, por exemplo, a Amoxicilina. A alimentação deve ser feita com frutas, legumes e verduras cozidos, grãos, laticínios light, pão, e carnes magras, devendo-se evitar alimentos muito quentes, bebidas alcoólicas, refrigerantes, sanduíches, fast food, frituras e doces em geral.
  9. 9. Evite também alimentos que promovem a liberação do ácido gástrico, como café, chá preto, mate, condimentos, molhos picantes e frutas ácidas como caju, laranja, limão e abacaxi. Um ótimo tratamento caseiro para úlcera gástrica é tomar o suco puro de uma batata por dia. Basta passar a batata pela centrífuga ou processador de alimentos e tomar seu suco, sempre em jejum e várias vezes durante o dia. Tome o suco logo após o seu preparo. A batata é um antiácido natural que não tem contraindicações, muito eficaz em caso de gastrite e úlcera. Tratamento

×