SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
QUEDA DETENSÃO
Instalações elétricas de baixa
tensão – Conforme norma NBR
5410, em nenhum caso a queda
de tensão nos circuitos terminais
pode ser superior a 4%, mas
quedas de tensão maiores são
permitidas para equipamentos
com corrente de partida elevada,
durante o período de partida,
desde que dentro dos limites
permitidos em suas normas
respectivas. Abaixo está a tabela
de queda de tensão para produtos
isolados em PVC 70ºC e
temperatura ambiente de 30ºC,
instalados conforme método de
referência B1.
CAPACIDADE DE CORRENTE
Instalações elétricas de baixa
tensão – Conforme norma NBR 5410,
abaixo está a tabela que descreve a
capacidade de corrente, em ampères
(A), para condutores de cobre com
isolação de PVC 70ºC, para os
métodos de referência B1 e B2.
B1.Condutores isolados ou cabos
unipolares em eletroduto de seção
circular embutido em alvenaria.
B2.Cabo multipolar em eletroduto
de seção circular embutido
em alvenaria.
Cálculo
Quedadetensão(V)=quedadetensãotabelada(V/A.km)xcorrentedocircuito(A)xcomprimento(KM)
Quedadetensãoem%=quedadetensão(V)/Tensãodocircuito(V)
QUEDA DE TENSAO PARA COS Ø = 0,8 V/A.KM
Conduto não-magnético
Circuito monofásico Circuito trifásico
Conduto magnético
Seção nominal
(mm2)
1,5 23,3 20,2 23
2,5 14,3 12,4 14
4 8,96 7,79 9
6 6,03 5,25 5,87
10 3,63 3,17 3,54
16 2,32 2,03 2,27
25 1,51 1,33 1,5
35 1,12 0,98 1,12
50 0,85 0,76 0,86
70 0,62 0,55 0,64
95 0,48 0,43 0,5
120 0,40 0,36 0,42
150 0,35 0,31 0,37
185 0,30 0,27 0,32
240 0,26 0,23 0,29
B1 B2
2
condutores
carregados
3
condutores
carregados
2
condutores
carregados
3
condutores
carregados
Seção nominal
(mm2)
0,5 9 8 9 8
0,75 11 10 11 10
1,0 14 12 13 12
1,5 17,5 15,5 16,5 15
2,5 24 21 23 20
4 32 28 30 27
6 41 36 38 34
10 57 50 52 46
16 76 68 69 62
25 101 89 90 80
35 125 110 111 99
50 151 134 133 118
70 192 171 168 149
95 232 207 201 179
120 269 239 232 206
150 309 275 265 236
185 353 314 300 268
240 415 370 351 313
300 477 426 401 358
400 571 510 477 425
500 656 587 545 486
Investindo constantemente em tecnologia,
equipamentos e profissionais qualificados,
a Construfios produz fios e cabos elétricos com rigoroso
controle de qualidade e tecnologia de ponta, proporcionando
segurança, confiança e tranquilidade para o seu projeto.
Fábrica
Construfios
em Ferraz de
Vasconcelos,
São Paulo
w w w . c o n s t r u f i o s . c o m . b r
Construfios Indústria de Condutores Elétricos Ltda.
Matriz: Rua das Indústrias, 651 – Vila Loanda – CEP 08539-200 – Ferraz de Vasconcelos, SP
Filial: Av. Ibirapuera, 2033, 14º Andar, Cj. 144 – Moema – CEP: 04549-010 – São Paulo, SP
Tel./Fax: (11) 4677.5088
construfios_tabelaeletricista:Layout 1 5/16/13 3:59 PM Page 1
TABELA DE CONVERSAO  AWG PARA mm2
PVC 70ºC  NBR NM 2473
AWG mm2
20 0,50
18 0,75
16 1,0
14 1,5
12 2,5
10 4
8 6
6 10
4 16
2 25
1 35
1/0 50
3/0 70
4/0 95
250 120
300 120
350 150
500 240
600 240
800 300
INFORMACOES EXTRAIDAS DA NORMA NBR 5410
Tipo de
instalação
Instalações
fixas em geral
Ligações
flexíveis
feitas com cabos
isolados
Utilização do circuito
Circuitos de iluminação
Circuitos de força (tomadas)
Circuitos de sinalização
e circuitos de controle
Para um equipamento
específico
Para qualquer outra aplicação
Circuitos a extrabaixa tensão
para aplicações especiais
Seção mínima do condutor
isolado (mm2)
1,5
2,5
0,5
Como especificado na norma
do equipamento
0,75
0,75
Ocupação máxima sugerida dos eletrodutos de PVC (NBR 15465)
OBS.:Tamanho nominal: NBR 6150 – Classe B
(mm) 16 20 25 32 40 50 60 75 85
(pol) 3/8 1/2 3/4 1 11/4 11/2 2 21/2 3
Número de condutores do eletrodutoSeção
nominal
mm2
Tamanho nominal do eletroduto (mm)
2 3 4 5 6 7 8 9 10
FIOS E CABOS SECAO MINIMA DOS CONDUTORES
SECAO REDUZIDA DO CONDUTOR NEUTRO SECAOMINIMADOCONDUTORDEPROTECAO
Para reduzir a seção do condutor
neutro utilizando a tabela abaixo, deverá
ser consultada a norma NBR 5410.
Seção do condutor
fase (mm2
)
Seçãomínimado
condutorneutro(mm2
)
Seção do condutor
fase (mm2
)
Seçãocondutorde
proteção(mm2
)
Cores dos condutores: Neutro /Terra / Fase
Instalações elétricas de baixa tensão, conforme norma
NBR 5410 – as cores azul-claro e verde-amarelo ou
simplesmente verde são exclusivas para certas funções.
• O condutor com isolação na cor azul-claro deve ser utilizado como condutor neutro.
•O condutor com isolação verde-amarelo ou simplesmente verde deve ser utilizado
como condutor de proteção, também conhecido como terra.
•Ocondutorutilizadocomofasepoderáserdequalquercor,
excetoascorescitadasacima.
w w w . c o n s t r u f i o s . c o m . b r
Construfios. A marca da segurança.
1,5 16 16 16 16 16 16 20 20 20
2,5 16 16 16 20 20 20 20 25 25
4 16 16 20 20 20 25 25 25 25
6 16 20 20 25 25 25 25 32 32
10 20 20 25 25 32 32 32 40 40
16 20 25 25 32 32 40 40 40 40
25 25 32 32 40 40 40 50 50 50
35 25 32 40 40 50 50 50 50 60
50 32 40 40 50 50 60 60 60 75
70 40 40 50 60 60 60 75 75 75
95 40 50 60 60 75 75 75 85 85
120 50 50 60 75 75 75 85 85 –
150 50 60 75 75 85 85 – – –
185 50 75 75 85 85 – – – –
240 60 75 85 – – – – – –
S ≤ 25 S
35 25
50 25
70 35
95 50
120 70
150 70
185 95
240 120
300 150
400 185
1,5 1,5 (mínima)
2,5 2,5
4 4
6 6
10 10
16 16
25 16
35 16
50 25
70 35
95 50
120 70
150 95
185 95
240 120
300 150
SECAO DOS CONDUTORES PARA INSTALACAO DE MOTORES ELETRICOS  220 V  TRIFASICOS
POTENCIA NOMINAL CORRENTE A
PLENA CARGA
AMPERES
SECAO DOS
CONDUTORES
(mm2
)
DISTANCIA
MAXIMA DO
CIRCUITO (m)
FUSÍVEIS
AMPERESKW CV
0,12 0,17 0,8 1,5 – –
0,18 0,25 1,1 1,5 – 6
0,25 0,33 1,5 1,5 – 6
0,37 0,50 2,5 1,5 – 10
0,55 0,75 2,8 1,5 – 10
0,75 1 3,5 1,5 – 15
1,1 1,5 5 1,5 – 15
1,5 2 6,5 1,5 – 15
2,2 3 9 1,5 37 20
3 4 11,4 1,5 30 20
3,7 5 15 2,5 38 25
4,4 6 17 2,5 34 30
5,5 7,5 22 4 43 50
7,5 10 27 6 52 60
9,2 12,5 34 10 65 80
11 15 40 16 73 80
15 20 52 16 60 100
18,4 25 65 25 76 125
22 30 77 35 88 150
30 40 100 50 97 200
37 50 125 70 107 200
44 60 150 70 100 250
51 70 171 95 109 300
55 75 185 95 118 300
60 80 194 95 83 300
67 90 218 120 122 355
75 100 247 150 125 355
92 125 300 185 129 400
110 150 360 240 130 500
construfios_tabelaeletricista:Layout 1 5/16/13 3:59 PM Page 2

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Materiais eletricos
Materiais eletricos Materiais eletricos
Materiais eletricos dellgomes12
 
Edmv reg clientes_rev0
Edmv reg clientes_rev0Edmv reg clientes_rev0
Edmv reg clientes_rev0confidencial
 
HTR India - Produtos - Resistores De Fio Enrolado - Resistores Revestidos Com...
HTR India - Produtos - Resistores De Fio Enrolado - Resistores Revestidos Com...HTR India - Produtos - Resistores De Fio Enrolado - Resistores Revestidos Com...
HTR India - Produtos - Resistores De Fio Enrolado - Resistores Revestidos Com...Creativity Please
 
Dimensionamento cabos baixa tensão
Dimensionamento cabos baixa tensãoDimensionamento cabos baixa tensão
Dimensionamento cabos baixa tensãoThalles Anderson
 
Conectores e terminais elétricos BT
Conectores e terminais elétricos BTConectores e terminais elétricos BT
Conectores e terminais elétricos BTAlexandre Vieira
 
Dimensionamento de condutores elétricos em bt
Dimensionamento de condutores elétricos em btDimensionamento de condutores elétricos em bt
Dimensionamento de condutores elétricos em btGerson Roberto da Silva
 
1.5 mcs+ contatores rev 10
1.5 mcs+ contatores rev 101.5 mcs+ contatores rev 10
1.5 mcs+ contatores rev 10confidencial
 
Disjuntores 3 vt
Disjuntores 3 vtDisjuntores 3 vt
Disjuntores 3 vtDion Sousa
 
Nbr 5422 nb 182 projeto de linhas aereas de transmissao de energia eletrica
Nbr 5422 nb 182   projeto de linhas aereas de transmissao de energia eletricaNbr 5422 nb 182   projeto de linhas aereas de transmissao de energia eletrica
Nbr 5422 nb 182 projeto de linhas aereas de transmissao de energia eletricaFrederico_Koch
 

Mais procurados (17)

Materiais eletricos
Materiais eletricos Materiais eletricos
Materiais eletricos
 
Edmv reg clientes_rev0
Edmv reg clientes_rev0Edmv reg clientes_rev0
Edmv reg clientes_rev0
 
HTR India - Produtos - Resistores De Fio Enrolado - Resistores Revestidos Com...
HTR India - Produtos - Resistores De Fio Enrolado - Resistores Revestidos Com...HTR India - Produtos - Resistores De Fio Enrolado - Resistores Revestidos Com...
HTR India - Produtos - Resistores De Fio Enrolado - Resistores Revestidos Com...
 
4 quadros e_paineis
4 quadros e_paineis4 quadros e_paineis
4 quadros e_paineis
 
Dimensionamento cabos baixa tensão
Dimensionamento cabos baixa tensãoDimensionamento cabos baixa tensão
Dimensionamento cabos baixa tensão
 
Conectores e terminais elétricos BT
Conectores e terminais elétricos BTConectores e terminais elétricos BT
Conectores e terminais elétricos BT
 
Folder sistema-fotovoltaico-2020
Folder sistema-fotovoltaico-2020Folder sistema-fotovoltaico-2020
Folder sistema-fotovoltaico-2020
 
Cabos redes compactas
Cabos redes compactasCabos redes compactas
Cabos redes compactas
 
Dimensionamento de condutores elétricos em bt
Dimensionamento de condutores elétricos em btDimensionamento de condutores elétricos em bt
Dimensionamento de condutores elétricos em bt
 
Rele de seguranca
Rele de segurancaRele de seguranca
Rele de seguranca
 
2 disjuntores moldada
2 disjuntores moldada2 disjuntores moldada
2 disjuntores moldada
 
F7f5063a5b6b30fca779
F7f5063a5b6b30fca779F7f5063a5b6b30fca779
F7f5063a5b6b30fca779
 
Rtf 82 05
Rtf 82 05Rtf 82 05
Rtf 82 05
 
Cap3 polienerg
Cap3 polienergCap3 polienerg
Cap3 polienerg
 
1.5 mcs+ contatores rev 10
1.5 mcs+ contatores rev 101.5 mcs+ contatores rev 10
1.5 mcs+ contatores rev 10
 
Disjuntores 3 vt
Disjuntores 3 vtDisjuntores 3 vt
Disjuntores 3 vt
 
Nbr 5422 nb 182 projeto de linhas aereas de transmissao de energia eletrica
Nbr 5422 nb 182   projeto de linhas aereas de transmissao de energia eletricaNbr 5422 nb 182   projeto de linhas aereas de transmissao de energia eletrica
Nbr 5422 nb 182 projeto de linhas aereas de transmissao de energia eletrica
 

Semelhante a Queda tensão instalações elétricas

Catalogo Mini disjuntores 2013-14-low.pdf
Catalogo Mini disjuntores 2013-14-low.pdfCatalogo Mini disjuntores 2013-14-low.pdf
Catalogo Mini disjuntores 2013-14-low.pdfWilliamAlbertassi1
 
Dicas de Eletricidade
Dicas de EletricidadeDicas de Eletricidade
Dicas de EletricidadeEmerson Brito
 
Pirelli
PirelliPirelli
Pirelliedgjp
 
Dimensionamento de condutores
Dimensionamento de condutoresDimensionamento de condutores
Dimensionamento de condutoresAnderson Silva
 
9537 chassis sk4.0_l-ca_manual_de_servicio
9537 chassis sk4.0_l-ca_manual_de_servicio9537 chassis sk4.0_l-ca_manual_de_servicio
9537 chassis sk4.0_l-ca_manual_de_serviciohumberto salazar
 
Guia_de_Dimensionamento-Baixa_Tensao_Rev9 (1).pdf
Guia_de_Dimensionamento-Baixa_Tensao_Rev9 (1).pdfGuia_de_Dimensionamento-Baixa_Tensao_Rev9 (1).pdf
Guia_de_Dimensionamento-Baixa_Tensao_Rev9 (1).pdffern97
 
dimensionamento_de_cabos_isolados.pdf
dimensionamento_de_cabos_isolados.pdfdimensionamento_de_cabos_isolados.pdf
dimensionamento_de_cabos_isolados.pdfcarlaindira
 
Cash Componentes - iluminação
Cash Componentes - iluminaçãoCash Componentes - iluminação
Cash Componentes - iluminaçãoaandresa
 
Dicas instalaeseltricasprediais-residenciais-130320084634-phpapp01
Dicas instalaeseltricasprediais-residenciais-130320084634-phpapp01Dicas instalaeseltricasprediais-residenciais-130320084634-phpapp01
Dicas instalaeseltricasprediais-residenciais-130320084634-phpapp01Carlos Reutymann
 
catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200
catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200
catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200Marcio Carvalho
 

Semelhante a Queda tensão instalações elétricas (20)

Maquina de solda
Maquina de soldaMaquina de solda
Maquina de solda
 
Disjuntores Siemens
Disjuntores SiemensDisjuntores Siemens
Disjuntores Siemens
 
Ged 2856
Ged 2856Ged 2856
Ged 2856
 
Ctc m5 v3_t
Ctc m5 v3_tCtc m5 v3_t
Ctc m5 v3_t
 
Catalogo Mini disjuntores 2013-14-low.pdf
Catalogo Mini disjuntores 2013-14-low.pdfCatalogo Mini disjuntores 2013-14-low.pdf
Catalogo Mini disjuntores 2013-14-low.pdf
 
Catalogo rx3
Catalogo rx3Catalogo rx3
Catalogo rx3
 
Dicas de Eletricidade
Dicas de EletricidadeDicas de Eletricidade
Dicas de Eletricidade
 
Prysmian 2014 2
Prysmian 2014 2Prysmian 2014 2
Prysmian 2014 2
 
Dimensionamento bt
Dimensionamento btDimensionamento bt
Dimensionamento bt
 
Pirelli
PirelliPirelli
Pirelli
 
Dimensionamento de condutores
Dimensionamento de condutoresDimensionamento de condutores
Dimensionamento de condutores
 
9537 chassis sk4.0_l-ca_manual_de_servicio
9537 chassis sk4.0_l-ca_manual_de_servicio9537 chassis sk4.0_l-ca_manual_de_servicio
9537 chassis sk4.0_l-ca_manual_de_servicio
 
Guia_de_Dimensionamento-Baixa_Tensao_Rev9 (1).pdf
Guia_de_Dimensionamento-Baixa_Tensao_Rev9 (1).pdfGuia_de_Dimensionamento-Baixa_Tensao_Rev9 (1).pdf
Guia_de_Dimensionamento-Baixa_Tensao_Rev9 (1).pdf
 
dimensionamento_de_cabos_isolados.pdf
dimensionamento_de_cabos_isolados.pdfdimensionamento_de_cabos_isolados.pdf
dimensionamento_de_cabos_isolados.pdf
 
Catalogo contatores 2011 abb
Catalogo contatores 2011 abbCatalogo contatores 2011 abb
Catalogo contatores 2011 abb
 
Cash Componentes - iluminação
Cash Componentes - iluminaçãoCash Componentes - iluminação
Cash Componentes - iluminação
 
Ged 3586
Ged 3586Ged 3586
Ged 3586
 
Dicas instalaeseltricasprediais-residenciais-130320084634-phpapp01
Dicas instalaeseltricasprediais-residenciais-130320084634-phpapp01Dicas instalaeseltricasprediais-residenciais-130320084634-phpapp01
Dicas instalaeseltricasprediais-residenciais-130320084634-phpapp01
 
catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200
catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200
catalogo norgrenv pneumatica M46000 m46100 m46200
 
Catalogo rtt-roof-top-tosi
Catalogo rtt-roof-top-tosiCatalogo rtt-roof-top-tosi
Catalogo rtt-roof-top-tosi
 

Último

MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAMMODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAMCassio Rodrigo
 
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraTecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraGuilhermeLucio9
 
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdfLivro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdfSamuel Ramos
 
Estatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animalEstatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animalleandroladesenvolvim
 
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdfPLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdfAroldoMenezes1
 
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animalFISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animalPauloHenrique154965
 
Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréEletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréGuilhermeLucio9
 
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaLEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaGuilhermeLucio9
 
Aula de classificação de rolamentos norma DIN
Aula de classificação de rolamentos norma DINAula de classificação de rolamentos norma DIN
Aula de classificação de rolamentos norma DINFabioFranca22
 
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboralA Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboralFranciscaArrudadaSil
 

Último (10)

MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAMMODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAM
 
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraTecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
 
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdfLivro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
 
Estatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animalEstatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animal
 
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdfPLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
 
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animalFISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
 
Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréEletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
 
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaLEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
 
Aula de classificação de rolamentos norma DIN
Aula de classificação de rolamentos norma DINAula de classificação de rolamentos norma DIN
Aula de classificação de rolamentos norma DIN
 
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboralA Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
 

Queda tensão instalações elétricas

  • 1. QUEDA DETENSÃO Instalações elétricas de baixa tensão – Conforme norma NBR 5410, em nenhum caso a queda de tensão nos circuitos terminais pode ser superior a 4%, mas quedas de tensão maiores são permitidas para equipamentos com corrente de partida elevada, durante o período de partida, desde que dentro dos limites permitidos em suas normas respectivas. Abaixo está a tabela de queda de tensão para produtos isolados em PVC 70ºC e temperatura ambiente de 30ºC, instalados conforme método de referência B1. CAPACIDADE DE CORRENTE Instalações elétricas de baixa tensão – Conforme norma NBR 5410, abaixo está a tabela que descreve a capacidade de corrente, em ampères (A), para condutores de cobre com isolação de PVC 70ºC, para os métodos de referência B1 e B2. B1.Condutores isolados ou cabos unipolares em eletroduto de seção circular embutido em alvenaria. B2.Cabo multipolar em eletroduto de seção circular embutido em alvenaria. Cálculo Quedadetensão(V)=quedadetensãotabelada(V/A.km)xcorrentedocircuito(A)xcomprimento(KM) Quedadetensãoem%=quedadetensão(V)/Tensãodocircuito(V) QUEDA DE TENSAO PARA COS Ø = 0,8 V/A.KM Conduto não-magnético Circuito monofásico Circuito trifásico Conduto magnético Seção nominal (mm2) 1,5 23,3 20,2 23 2,5 14,3 12,4 14 4 8,96 7,79 9 6 6,03 5,25 5,87 10 3,63 3,17 3,54 16 2,32 2,03 2,27 25 1,51 1,33 1,5 35 1,12 0,98 1,12 50 0,85 0,76 0,86 70 0,62 0,55 0,64 95 0,48 0,43 0,5 120 0,40 0,36 0,42 150 0,35 0,31 0,37 185 0,30 0,27 0,32 240 0,26 0,23 0,29 B1 B2 2 condutores carregados 3 condutores carregados 2 condutores carregados 3 condutores carregados Seção nominal (mm2) 0,5 9 8 9 8 0,75 11 10 11 10 1,0 14 12 13 12 1,5 17,5 15,5 16,5 15 2,5 24 21 23 20 4 32 28 30 27 6 41 36 38 34 10 57 50 52 46 16 76 68 69 62 25 101 89 90 80 35 125 110 111 99 50 151 134 133 118 70 192 171 168 149 95 232 207 201 179 120 269 239 232 206 150 309 275 265 236 185 353 314 300 268 240 415 370 351 313 300 477 426 401 358 400 571 510 477 425 500 656 587 545 486 Investindo constantemente em tecnologia, equipamentos e profissionais qualificados, a Construfios produz fios e cabos elétricos com rigoroso controle de qualidade e tecnologia de ponta, proporcionando segurança, confiança e tranquilidade para o seu projeto. Fábrica Construfios em Ferraz de Vasconcelos, São Paulo w w w . c o n s t r u f i o s . c o m . b r Construfios Indústria de Condutores Elétricos Ltda. Matriz: Rua das Indústrias, 651 – Vila Loanda – CEP 08539-200 – Ferraz de Vasconcelos, SP Filial: Av. Ibirapuera, 2033, 14º Andar, Cj. 144 – Moema – CEP: 04549-010 – São Paulo, SP Tel./Fax: (11) 4677.5088 construfios_tabelaeletricista:Layout 1 5/16/13 3:59 PM Page 1
  • 2. TABELA DE CONVERSAO  AWG PARA mm2 PVC 70ºC  NBR NM 2473 AWG mm2 20 0,50 18 0,75 16 1,0 14 1,5 12 2,5 10 4 8 6 6 10 4 16 2 25 1 35 1/0 50 3/0 70 4/0 95 250 120 300 120 350 150 500 240 600 240 800 300 INFORMACOES EXTRAIDAS DA NORMA NBR 5410 Tipo de instalação Instalações fixas em geral Ligações flexíveis feitas com cabos isolados Utilização do circuito Circuitos de iluminação Circuitos de força (tomadas) Circuitos de sinalização e circuitos de controle Para um equipamento específico Para qualquer outra aplicação Circuitos a extrabaixa tensão para aplicações especiais Seção mínima do condutor isolado (mm2) 1,5 2,5 0,5 Como especificado na norma do equipamento 0,75 0,75 Ocupação máxima sugerida dos eletrodutos de PVC (NBR 15465) OBS.:Tamanho nominal: NBR 6150 – Classe B (mm) 16 20 25 32 40 50 60 75 85 (pol) 3/8 1/2 3/4 1 11/4 11/2 2 21/2 3 Número de condutores do eletrodutoSeção nominal mm2 Tamanho nominal do eletroduto (mm) 2 3 4 5 6 7 8 9 10 FIOS E CABOS SECAO MINIMA DOS CONDUTORES SECAO REDUZIDA DO CONDUTOR NEUTRO SECAOMINIMADOCONDUTORDEPROTECAO Para reduzir a seção do condutor neutro utilizando a tabela abaixo, deverá ser consultada a norma NBR 5410. Seção do condutor fase (mm2 ) Seçãomínimado condutorneutro(mm2 ) Seção do condutor fase (mm2 ) Seçãocondutorde proteção(mm2 ) Cores dos condutores: Neutro /Terra / Fase Instalações elétricas de baixa tensão, conforme norma NBR 5410 – as cores azul-claro e verde-amarelo ou simplesmente verde são exclusivas para certas funções. • O condutor com isolação na cor azul-claro deve ser utilizado como condutor neutro. •O condutor com isolação verde-amarelo ou simplesmente verde deve ser utilizado como condutor de proteção, também conhecido como terra. •Ocondutorutilizadocomofasepoderáserdequalquercor, excetoascorescitadasacima. w w w . c o n s t r u f i o s . c o m . b r Construfios. A marca da segurança. 1,5 16 16 16 16 16 16 20 20 20 2,5 16 16 16 20 20 20 20 25 25 4 16 16 20 20 20 25 25 25 25 6 16 20 20 25 25 25 25 32 32 10 20 20 25 25 32 32 32 40 40 16 20 25 25 32 32 40 40 40 40 25 25 32 32 40 40 40 50 50 50 35 25 32 40 40 50 50 50 50 60 50 32 40 40 50 50 60 60 60 75 70 40 40 50 60 60 60 75 75 75 95 40 50 60 60 75 75 75 85 85 120 50 50 60 75 75 75 85 85 – 150 50 60 75 75 85 85 – – – 185 50 75 75 85 85 – – – – 240 60 75 85 – – – – – – S ≤ 25 S 35 25 50 25 70 35 95 50 120 70 150 70 185 95 240 120 300 150 400 185 1,5 1,5 (mínima) 2,5 2,5 4 4 6 6 10 10 16 16 25 16 35 16 50 25 70 35 95 50 120 70 150 95 185 95 240 120 300 150 SECAO DOS CONDUTORES PARA INSTALACAO DE MOTORES ELETRICOS  220 V  TRIFASICOS POTENCIA NOMINAL CORRENTE A PLENA CARGA AMPERES SECAO DOS CONDUTORES (mm2 ) DISTANCIA MAXIMA DO CIRCUITO (m) FUSÍVEIS AMPERESKW CV 0,12 0,17 0,8 1,5 – – 0,18 0,25 1,1 1,5 – 6 0,25 0,33 1,5 1,5 – 6 0,37 0,50 2,5 1,5 – 10 0,55 0,75 2,8 1,5 – 10 0,75 1 3,5 1,5 – 15 1,1 1,5 5 1,5 – 15 1,5 2 6,5 1,5 – 15 2,2 3 9 1,5 37 20 3 4 11,4 1,5 30 20 3,7 5 15 2,5 38 25 4,4 6 17 2,5 34 30 5,5 7,5 22 4 43 50 7,5 10 27 6 52 60 9,2 12,5 34 10 65 80 11 15 40 16 73 80 15 20 52 16 60 100 18,4 25 65 25 76 125 22 30 77 35 88 150 30 40 100 50 97 200 37 50 125 70 107 200 44 60 150 70 100 250 51 70 171 95 109 300 55 75 185 95 118 300 60 80 194 95 83 300 67 90 218 120 122 355 75 100 247 150 125 355 92 125 300 185 129 400 110 150 360 240 130 500 construfios_tabelaeletricista:Layout 1 5/16/13 3:59 PM Page 2