Denise Araújo Alves - Abelhas Sem Ferrão

3.807 visualizações

Publicada em

Denise Araújo Alves - Abelhas Sem Ferrão. Agricultura e Polinizadores, Campinas, 25 de agosto de 2014.

Publicada em: Ciências
  • Seja o primeiro a comentar

Denise Araújo Alves - Abelhas Sem Ferrão

  1. 1. Denise A. Alves Giorgio Venturieri Abelhas sem Ferrão C. Menezes
  2. 2. Melhoram a produção de > 75% de culturas agrícolas importantes mundialmente Influenciam 35% do suprimento alimentar humano (Klein et al. 2007, Proc. Roc. Soc.) O valor anual estimado em R$ 400 bilhões (10% do valor de toda a agricultura mundial) (Gallai et al. 2009, Ecol. Econ.) Polinizadores na agricultura
  3. 3. Colletidae Andrenidae (Andrena dorsata) Colletidae Halictidae (Agapostemon sp.) Megachilidae (Megachile sp.) Estima-se 20.000spp. no mundo (em 6 famílias) e >1.600spp. no Brasil Apidae G. Venturieri T. Wenseleers (Silveira et al. 2002. Abelhas brasileiras) Abelhas: Polinizadores profissionais
  4. 4.  produção agrícola (%) Ano (Aizen et al. 2009, Current Biology) Produção agrícola Cultura dependente de polinizador Cultura independente de polinizador População humana Produção de mel
  5. 5.  produção agrícola (%) Ano (Aizen et al. 2009, Current Biology)  número de ninhos (%) Cultura dependente de polinizador Cultura independente de polinizador População humana Produção de mel Produção agrícola
  6. 6.  produção agrícola (%) Ano (Aizen et al. 2009, Current Biology)  número de ninhos (%) Cultura dependente de polinizador Cultura independente de polinizador População humana Produção de mel O “estoque” mundial de abelhas melíferas domesticadas cresce mais lentamente que a demanda agrícola por polinização Produção agrícola
  7. 7. Apis mellifera insetos selvagens Produção de fruto/cultura (Garibaldi et al. 2013, Science) Produção agrícola
  8. 8. Apis mellifera insetos selvagens Produção de fruto/cultura novas práticas devem considerar a gestão integrada de A. mellifera e os diversas insetos selvagens, aumentando o rendimento das culturas globais insetos selvagens polinizam culturas de forma mais eficaz, pois o maior tempo na visita aumenta a produção de frutos em duas vezes (quando comparada à A. mellifera) (Garibaldi et al. 2013, Science) Produção agrícola
  9. 9. Cleptotrigona Dactylurina Hypotrigona Liotrigona Meliponula Plebeina Austroplebeia Tetragonula Abelhas sem ferrão
  10. 10. 1.Aparatrigona 2.Camargoia 3.Celetrigona 4.Cephalotrigona 5.Dolichotrigona 6.Duckeola 7.Friesella 8.Frieseomelitta 9.Geotrigona 10.Lestrimelitta 11.Leurotrigona 12.Melipona 13.Meliwillea 14.Mourella 15.Nannotrigona 16.Nogueirapis 17.Oxytrigona 18.Parapartamona 19.Paratrigona 20.Paratrigonoides 21.Partamona 22.Plebeia 23.Proplebeia 24.Ptilotrigona 25.Scaptotrigona 26.Scaura 27.Schwarziana 28.Schwarzula 29.Tetragona 30.Tetragonisca 31.Trichotrigona 32.Trigona 33.Trigonisca Alta biodiversidade! Abelhas sem ferrão Região Neotropical 397 nomes válidos de espécies
  11. 11. Abelhas sem ferrão Celetrigona longicornis Cephalotrigona capitata Frieseomelitta varia Leurotrigoa muelleri Melipona fasciculata Melipona marginata Oxytrigona tataira Nannotrigona testaceicornis Paratrigona lineata Tetragona clavipes Tetragonisca angustula Trigona fulviventris Fotos: K. Aleixo
  12. 12. Abelhas sem ferrão recursos florais como fonte de alimento M. Hrncir M. Cortopassi-Laurino cavidades arbóreas para a alojamento de seus ninhos
  13. 13. Criação de abelhas sem ferrão criação de abelhas
  14. 14. (Villas-Bôas 2012, Mel de abelhas sem ferrão) Criação de abelhas sem ferrão
  15. 15. Criação de abelhas sem ferrão -Número adequado de colônias, para manter a “saúde genética” das populações -Manejo para alimentação suplementar, divisão de colônias, captura de enxames -Quarentena para ninhos que chegam de outros locais ou meliponários -Pasto apícola planejado nas imediações do meliponário
  16. 16. Pe. Moure († 97 anos) www.moure.cria.org.br Prof. Camargo († 68 anos) Criação de abelhas sem ferrão
  17. 17. Preço do mel (L) MA: R$ 25,00 PA: R$ 30,00 PI: R$ 25,00 Melipona fasciculata (tiúba, cinzenta) Açaí Berinjela Tomate Pimenta Ampla criação na Baixada Maranhense (MA) e Zona Bragantina (PA) Sistema produtivo bastante adiantado: 7L/ninho/ano MA, MT, PA, PI, TO C. Menezes Criação de abelhas sem ferrão
  18. 18. Melipona scutellaris (uruçu) Café Maçã Goiaba Abacate Pitanga Pitomba M. Hrncir AL, BA, CE, PB, PE, RN, SE Preço do mel (L) BA: R$ 50,00-80,00 PB PE: R$ 70,00-140,00 Em matas úmidas do Nordeste, especialmente na BA e PE. Tem despertado interesse de criadores de diversos estados (produtividade e beleza) Criação de abelhas sem ferrão
  19. 19. Preço do mel (L) CE: R$ 25,00-30,00 RN: R$ 80,00 Melipona subnitida (jandaíra) Pimentão Goiaba Caju AL, BA, CE, MA, PB, PE, PI, RN, SE Abelha de mel muito apreciado no Nordeste brasileiro, nos últimos anos vem crescendo muito o número de criadores, especialmente no município de Mossoró (RN) Produção: 1-2L/ninho/ano Criação de abelhas sem ferrão
  20. 20. Preço do mel (L) BA: R$ 30,00-45,00 PR: R$ 50,00-100,00 Melipona quadrifasciata (mandaçaia) Tomate Pimenta Goiaba AL, BA, ES, GO, MS, MG, PB, PE, RJ, SE, SP Criada amplamente com sistema de produção bem avançado Mel muito saboroso, bastante conhecido na zona rural Produção: 2L/ninho/ano Criação de abelhas sem ferrão
  21. 21. Preço do mel (L) BA: R$ 80,00-100,00 DF: R$ 280,00 PR: R$ 50,00-100,00 SC: R$ 30,00 Tetragonisca angustula (jataí) Morango Café Citrus Pimentão Brócolis C. Grutter AM, AP, BA, CE, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PR, PB, PA, PE, RJ, RR, RS, SC, SP Mais popular no S e SE, produz um dos méis mais procurados, devido ao seu sabor e às suas propriedades medicinais Abundante em zonas urbanas, fato que favorece a criação disseminada Produção: 1L/ninho/ano Criação de abelhas sem ferrão
  22. 22. Preço do mel (L) PR: R$ 50,00-100,00 SP Tetragona clavipes (borá) Cupuaçu Citrus Pequi Girassol AC, AM, AP, BA, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PR, PA, PI, RJ, RS, SC, SP Mel com sabor altamente diferenciado e bastante procurado O processo produtivo ainda não está plenamente consolidado, principalmente a fase de multiplicação de seus ninhos Criação de abelhas sem ferrão
  23. 23. Criação de abelhas sem ferrão Mel Para se tornar o mel, o néctar passa por alterações: (1)física: por evaporação de uma grande parte da sua água [25-35%] (2)biológica: fermentação por levedura e bactérias (3)química: enzimas, secretadas por glândulas, são adicionadas pelas operárias, transformando a sacarose em glicose e frutose e microorganismos (converter, fermentar, aprimorar e/ou preservar o mel) C. Geuster
  24. 24. Criação de abelhas sem ferrão Mel – ação antimicrobiana Staphylococcus aureus Escherichia coli Candida albicans Bactéria Epidemiologia: Desde simples infecção (espinhas, furúnculos) até infecções graves (pneumonia, meningite) Bactéria Epidemiologia: Gastroenterites, Colecistite, Apendicite, Peritonite Fungo Epidemiologia: Alguns tipos de infecção oral e vaginal
  25. 25. Criação de abelhas sem ferrão Pólen – forrageiras: - transferem e acumulam os grãos de pólen nas corbículas usando néctar e secreções salivares. - voltam para suas colônias com o pólen e depositam os grãos de pólen nos postes de alimento, que são fechados quando estão cheios. Armazenamento do pólen por durante duas semanas antes de ser consumido C. Menezes T. Wenseleers
  26. 26. Criação de abelhas sem ferrão Pólen – microrganismos Secretam enzimas que quebram carboidratos, lipídios e proteínas, antibióticos, ácidos (controlam microrganismos competidores que podem estragar o pólen) Frieseomelitta pólen fermentado seco e relativamente doce Scaptorigona pólen fermentado úmido e mais ácido C. Menezes C. Menezes
  27. 27. Criação de abelhas sem ferrão Formação de frutos com polinização: aumenta em 14,5% (por abelhas que residem em manchas de florestas próximas aos cultivos) Minas Gerais: propriedade de 1ha, com 4.000 mudas de café, tem aumento de 25 sacas para o produtor. Costa Rica: Rendimento anual de U$60.000,00 C. Menezes
  28. 28. Criação de abelhas sem ferrão Melipona fasciculata (uruçu cinzenta ): alternativa para berinjela (Nunes-Silva et al. 2013, Apidologie) % frutificação % aborto controle 23,3 76,7 abelhas 52,8 47,2 peso médio (mg) mín (mg) máx (mg) controle 213 188 257 abelhas 418 370 453 P. Nunes-Silva
  29. 29. Criação de abelhas sem ferrão Lazer
  30. 30. Criação de abelhas sem ferrão P. Menezes Lazer Umburana com ninho de Plebeia mosquito
  31. 31. Criação de abelhas sem ferrão M. Hrncir Educação Ambiental Trilha dos Polinizadores UFERSA (TRIPOL) Estação Experimental Rafael Fernandes da UFERSA +100 apicultores e meliponicultores (Maia-Silva al. 2014, Mensagem Doce)
  32. 32. Criação de abelhas sem ferrão C. Menezes Educação Ambiental
  33. 33. Criação de abelhas sem ferrão C. Menezes P. Menezes Educação Ambiental
  34. 34. Obrigada pela atenção! C. Menezes

×