MERCADO	  FOCO	  RÚSSIA	                          	     Perspec3vas	  e	  Oportunidades	  Comerciais	  para	  Produtos	  B...
Sequência	  da	  Apresentação	    !   Panorama	  do	  Comércio	  Exterior	  Russo;	    !   Perspec3va	  Socioeconômica	  p...
Par3cipação	  nas	  Importações	  Mundiais	  (2004-­‐2010)	                                                               ...
Evolução	  das	  Importações	  Russas	  provenientes	  do	  mundo	  (2000-­‐2011)	                                        ...
Principais	  Fornecedores	  Russos	  (2000	  e	  2011)	                                                    2000	          ...
Quinze	  Principais	  Setores	  Importados	  pela	  Economia	  Russa	  do	  Mundo	  (2011)	                               ...
Composição	  do	  Produto	  Interno	  Bruto	  (PIB)	  Russo	  sob	  a	  Ó3ca	  da	  Produção	  (2011)	                    ...
Corrente	  de	  Comércio	  entre	  	  Brasil	  x	  Rússia	  (2000-­‐2010)	                                                ...
Quinze	  Principais	  Setores	  Importados	  pela	  Economia	  Russa	  do	  Brasil	  (2011)	                              ...
Exportações/Importações	  Russas	  para	  o	  Brasil	  Primeiros	  Semestres	  	  (2009-­‐2011)	                          ...
Intensidade	  Tecnológica	  nas	  Importações	  Provenientes	  do	  Mundo	  e	  do	  Brasil	  (2005	  e	  2010)	          ...
Complexos	  Selecionados	         ALIMENTOS,	  BEBIDAS	  E	  AGRONEGÓCIOS	                MÁQUINAS	  E	  EQUIPAMENTOS	    ...
Oportunidades	  no	  Mercado	  Russo	  -­‐	  Incipientes	  “A	  Desenvolver”	                                Complexo     ...
Oportunidades	  no	  Mercado	  Russo	  -­‐	  Expressivos	                                 Complexo                        ...
Oportunidades	  no	  Mercado	  Russo	  -­‐	  Incipientes	  “A	  Desenvolver”	                                Complexo     ...
Oportunidades	  no	  Mercado	  Russo	  -­‐	  Expressivos	                               Complexo                          ...
ALIMENTOS,	  BEBIDAS	  E	  AGRONEGÓCIOS	  
Corrente	  de	  comércio	  entre	  	  Brasil	  x	  Rússia	  do	  complexo	  (2000-­‐2011)	                                ...
Macrotendências	  Alimentos,	  Bebidas	  e	  Agronegócio	  -­‐	  Rússia	    !   O	   crescimento	   das	   importações	   ...
Macrotendências	  Alimentos,	  Bebidas	  e	  Agronegócio	  -­‐	  Rússia	    !   Produção	   de	   carnes:	   25%	   da	   ...
Macrotendências	  Alimentos,	  Bebidas	  e	  Agronegócio	  -­‐	  Rússia	    !   Somente	  empresas	  russas	  possuem	  es...
Macrotendências	  Alimentos,	  Bebidas	  e	  Agronegócio	  -­‐	  Rússia	       !   Gastos	  dos	  consumidores	  russos	  ...
Macrotendências	  Alimentos,	  Bebidas	  e	  Agronegócio	  -­‐	  Rússia	    !   O	   principal	   produto	   do	   segment...
Macrotendências	  Alimentos,	  Bebidas	  e	  Agronegócio	  -­‐	  Rússia	       !   Gastos	  dos	  consumidores	  russos	  ...
Macrotendências	  Alimentos,	  Bebidas	  e	  Agronegócio	  -­‐	  Rússia	       !   Gastos	  dos	  consumidores	  russos	  ...
Oportunidades	  no	  Mercado	  Russo	  -­‐	  Incipientes	  “A	  Desenvolver”	                                         Comp...
Oportunidades	  no	  Mercado	  Russo	  -­‐	  Expressivos	                                              Complexo           ...
Detalhamento	  de	  Oportunidades	  no	  Mercado	  Russo	      !   Importações	  totais	  russas	  entre	  2006	  -­‐	  20...
Açúcar	  Refinado	                           Principais	  fornecedores	  para	  a	  Rússia	  (2011)	                       ...
Carne	  de	  Boi	  Industrializada	  	                           Principais	  fornecedores	  para	  a	  Rússia	  (2011)	  ...
Carne	  de	  Frango	  “in	  natura”	  	                                 Principais	  fornecedores	  para	  a	  Rússia	  (2...
Carne	  de	  Suíno	  “in	  natura”	                           Principais	  fornecedores	  para	  a	  Rússia	  (2011)	     ...
Chá,	  Mate	  e	  Especiarias	  (mate,	  pimenta	  piper,	  cravo-­‐da-­‐índia,	  gengibre)	                           Pri...
Conservas	  de	  Frutas,	  Legumes	  e	  Outros	  Vegetais	                           Principais	  fornecedores	  para	  a...
Farelo	  de	  Soja	                           Principais	  fornecedores	  para	  a	  Rússia	  (2011)	                     ...
Goiabas	  e	  Mangas	                           Principais	  fornecedores	  para	  a	  Rússia	  (2011)	                 Au...
Mamões	  Frescos	  (papaias)	                             Principais	  fornecedores	  para	  a	  Rússia	  (2011)	         ...
Sementes	  Oleaginosas	  (amendoins)	                           Principais	  fornecedores	  para	  a	  Rússia	  (2011)	   ...
Vinhos,	  vinagres	  e	  vermutes	  (mostos	  de	  uvas)	                           Principais	  fornecedores	  para	  a	 ...
MÁQUINAS	  E	  EQUIPAMENTOS	  
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia

1.620 visualizações

Publicada em

MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia
Unidade de Inteligência Comercial - Apex-Brasil

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.620
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MERCADO FOCO RÚSSIA - Perspectivas e Oportunidades Comerciais para Produtos Brasileiros na Rússia

  1. 1. MERCADO  FOCO  RÚSSIA     Perspec3vas  e  Oportunidades  Comerciais  para  Produtos  Brasileiros  na   Rússia     Unidade  de  Inteligência  Comercial  -­‐  Apex-­‐Brasil  
  2. 2. Sequência  da  Apresentação   !   Panorama  do  Comércio  Exterior  Russo;   !   Perspec3va  Socioeconômica  para  a  Economia  Russa;   !   Relações  Bilaterais  Brasil  x  Rússia;  e   !   Oportunidades  iden3ficadas  para  o  mercado.  
  3. 3. Par3cipação  nas  Importações  Mundiais  (2004-­‐2010)   Par3cipação  Média  da  Rússia  no   Período:  1,3%   0,69   0,72   0,77   0,89   1,10   1,06   1,49   2,79   2,78   2,93   2,92   3,16   3,17   1,93   40,05   45,35   44,25   44,51   45,52   44,83   43,52   2,61   1,87   1,96   2,11   2,32   2,56   2,67   25,49   26,13   26,23   30,50   26,34   27,55   29,16   1,79   2,07   2,20   1,55   2,31   2,46   2,45   22,02   22,09   21,25   19,70   18,35   17,96   21,87   2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 América  do  N orte América  L atina* Ásia  e  Oceania África Europa Oriente  Médio Brasil   *  Sem  Brasil  Fonte:  United  Na9ons  Commodity  Trade  Sta9s9cs  Database  -­‐  UNComtrade.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  4. 4. Evolução  das  Importações  Russas  provenientes  do  mundo  (2000-­‐2011)   Taxa  Média  de  Crescimento  das  importações  da   Rússia  no  Período:  22,6%   300 60U S $   Tr i l h õ e s 278,69 48,0 255,57 50 250 34,8 36,2 40 34,8 34,3 40,1 31,8 24,0 211,44 30 200 22,4 189,62 20 11,9 155,21 10 10,8 150 128,15 0 128 -­‐10 100 91,48 -­‐20 68,13 50,55 -­‐30 50 40,75 36,42 29,76 -­‐40 -­‐39,3 0 -­‐50 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011   Fonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  5. 5. Principais  Fornecedores  Russos  (2000  e  2011)   2000   2011   Cazaquistão Itália França Finlândia Estados  Unidos França Itália Estados  Unidos 7% 4% Japão 5% 5% 4% Coréia  do  Sul 4% 3% 8% 5% China 4% 3% Ucrânia Ucrânia 7% 12% Alemanha 13% Alemanha 13% Outros 41% China Outros 16% 46% TOTAL  2000:  US$  29,8  BILHÕES   TOTAL  2011:  US$  278,7  BILHÕES   BRASIL  :  20º  (1,3%)     BRASIL  :  16º  (1,5%)      Fonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  6. 6. Quinze  Principais  Setores  Importados  pela  Economia  Russa  do  Mundo  (2011)   Geradores  e  transformadores,  elétricos 4.345,0 Petróleo  e  derivados  de  petróleo 4.737,4 Higiene  pessoal  e  cosméticos 4.845,8 Resinas  e  elastômeros 4.905,3 Plásticos  e  suas  obras 5.261,4 Aviões 5.417,8 Demais  produtos  metalúrgicos 5.659,4 Computadores  e  acessórios 6.191,1 Confecções 6.644,3 Instrumentos,  aparelhos  de  ótica,  precisão,  partes  e  peças 7.595,8 Autopeças 9.929,1 Demais  máquinas,  aparelhos  e  instrumentos  mecânicos 10.072,3 Produtos  Farmacêuticos 13.025,4 Aparelhos  transmissores  e  receptores 13.708,7 Automóveis 19.056,3  Fonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  7. 7. Composição  do  Produto  Interno  Bruto  (PIB)  Russo  sob  a  Ó3ca  da  Produção  (2011)   Comércio,  reparos  e  outros 0,92% 3,91% Manufatura 4,61% 17,20% Setor  financeiro  e  outros 5,36% Mineração 6,24% Transporte,  armazenagem  e  comunicações 8,28% 16,81% Educação,  saúde,  serviço  social  e  outros Administração  pública,  defesa  e  outros 9,83% Construção 15,50% Fornecimento  de  eletricidade,  água  e  gás 11,35% Agricultura,  caça,  silvicultura  e  pesca Hotéis  e  restaurantes  Fonte:  Euromonitor  Interna=onal.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  8. 8. Corrente  de  Comércio  entre    Brasil  x  Rússia  (2000-­‐2010)   6.714,2 6.460,5 5.739,0 5.238,8 4.665,5 4.109,1 4.459,3 4.046,4 4.189,7 3.711,1 2.941,3 3.417,2 2.985,3 2.048,69 2.270,83 1.723,9 1.738,4 1.692,59 2.339,4 1.524,2 1.129,72 1.104,2 1.042,16 1.469,2 1.369,3 1.295,0 601,96 725,81 640,9 916,5 387,3 254,64 369,07 187,69 229,19 253,5 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Importações  russas  do  Brasil  -­‐  US$  milhões  FOB Exportações  russas  para  o  Brasil    -­‐  US$  milhões  FOB Corrente  de  Comércio  -­‐  US$  milhões Crescimento  Médio  das  Importações  Russas  Oriundas  do  Brasil  2000-­‐2011:  24,2%   Crescimento  Médio  das  Exportações  Russas  para  o  Brasil  2000-­‐2011:  22,1%    Fonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  9. 9. Quinze  Principais  Setores  Importados  pela  Economia  Russa  do  Brasil  (2011)   Calçados 30,2 Farelo  de  soja 37,8 Ferro-­‐ligas 38,6 Suco  de  laranja  congelado 42,9 Máquinas  e  aparelhos  de  terraplenagem,  perfuração 52,6 Outros  produtos  de  origem  animal 56,5 Demais  produtos  de  metais  não-­‐ferrosos 56,6 Demais  produtos  de  café 76,5 Carne  de  frango  "in  natura" 124,7 Café  cru 133,6 Soja  mesmo  triturada 170,3 Fumo  em  folhas 363,7 Carne  de  Suíno  "in  natura" 429,9 Carne  de  boi  "in  natura" 922,4 Açúcar  em  bruto 1.324,8  Fonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  10. 10. Exportações/Importações  Russas  para  o  Brasil  Primeiros  Semestres    (2009-­‐2011)   2.858,2 US$  bilhões   2.263,7 26,3% -­‐46,4% 1.680,1 34,7% 1.531,8 37,2% 920,6 -­‐5,4% 870,9 670,9 126,1 296,7 jan-­‐jun  2009 jan-­‐jun  2010 jan-­‐jun  2011 jan-­‐jun  2012 Importações  russas  do  Brasil    -­‐  US$  milhões  FOB Exportações  russas  para  o  Brasil  -­‐  US$  milhões  FOB  Fonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  11. 11. Intensidade  Tecnológica  nas  Importações  Provenientes  do  Mundo  e  do  Brasil  (2005  e  2010)   MUNDO   BRASIL   13,4% 9,5% 11,4% 13,6% 52,5% 13,2% 59,1% 11,2% 27,0% 26,0% 36,8% 19,6% 21,9% 31,5% 1,2% 16,7% 0,6% 2,0% 16,0% 5,1% 2,8% 1,5% 0,6% 1,5% 4,1% 2005 2010 2005 2010  Fonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  12. 12. Complexos  Selecionados   ALIMENTOS,  BEBIDAS  E  AGRONEGÓCIOS   MÁQUINAS  E  EQUIPAMENTOS   MODA  E  CUIDADOS  PESSOAIS  
  13. 13. Oportunidades  no  Mercado  Russo  -­‐  Incipientes  “A  Desenvolver”   Complexo Grupo  de  produtos Ferramentas  e  talheres Lâmpadas  e  e quipamentos  de  i luminação Móveis Casa  e  Construção  Civil Obras  de  marcenaria  ou  de  carpintaria Painéis  de  fibras  ou  de  partículas  de  madeira Produtos  cerâmicos  Fonte:  United  Na9ons  Commodity  Trade  Sta9s9cs  Database  -­‐  UNComtrade.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  14. 14. Oportunidades  no  Mercado  Russo  -­‐  Expressivos   Complexo Grupo  de  Produtos Demais  madeiras  e  manufaturas  de  madeiras Casa  e  Construção  Civil Ferramentas  e  talheres Obras  de  pedras  e  semelhantes  Fonte:  United  Na9ons  Commodity  Trade  Sta9s9cs  Database  -­‐  UNComtrade.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  15. 15. Oportunidades  no  Mercado  Russo  -­‐  Incipientes  “A  Desenvolver”   Complexo Grupo  de  produtos Brinquedos Demais  produtos  de  borracha  e  suas  obras Demais  produtos  metalúrgicos Extratos  tanantes  e  tintoriais Obras  diversas Multissetorial  e  Outros Plásticos  e  suas  obras Produtos  farmacêuticos Produtos  para  fotografia Tubos  de  ferro  fundido,  ferro  ou  aço Vidro  e  suas  obras  Fonte:  United  Na9ons  Commodity  Trade  Sta9s9cs  Database  -­‐  UNComtrade.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  16. 16. Oportunidades  no  Mercado  Russo  -­‐  Expressivos   Complexo Grupo  de  Produtos Armas  e  munições Multissetorial  e  Outros Produtos  químicos  i norgânicos Produtos  químicos  orgânicos  Fonte:  United  Na9ons  Commodity  Trade  Sta9s9cs  Database  -­‐  UNComtrade.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  17. 17. ALIMENTOS,  BEBIDAS  E  AGRONEGÓCIOS  
  18. 18. Corrente  de  comércio  entre    Brasil  x  Rússia  do  complexo  (2000-­‐2011)   5.770,5 5.616,8 4.603,1 4.665,2 3.964,2 4.065,8 3.583,6 3.825,9 3.265,2 3.826,0 2.643,1 2.652,7 3.229,1 1.550,4 1.550,6 2.114,4 1.704,8 1.790,9 1.477,6 1.036,4 1.019,5 1.403,3 1.240,6 1.248,4 735,1 839,1 578,3 892,9 528,7 612,5 370,4 237,0 302,3 143,5 147,1 207,9 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Importações  russas  do  Brasil  -­‐  US$  milhões  FOB Exportações  russas  para  o  Brasil    -­‐  US$  milhões  FOB Corrente  de  Comércio  -­‐  US$  milhões Crescimento  Médio  das  Importações  Russas  Oriundas  do  Brasil  2000-­‐2011:  23,6%   Crescimento  Médio  das  Exportações  Russas  para  o  Brasil  2000-­‐2011:  21,6%    Fonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  19. 19. Macrotendências  Alimentos,  Bebidas  e  Agronegócio  -­‐  Rússia   !   O   crescimento   das   importações   russas   de   alimentos   demonstra   a   necessidade   de   busca  de  suprimentos  e  de  aumento  do  consumo  da  população;   !   Os  grupos  de  produtos  mais  importados  pela  Rússia  são:  produtos  horUcolas  e  plantas   vivas,  carne  de  boi  in  natura,  massas  e  preparações  alimenUcias;   !   Provenientes   do   Brasil   os   principais   grupos   de   produtos   importados   são   carne   bovina,   carne  suína,  açúcar  e  álcool;   !   As  terras  cul=váveis  da  Rússia  são  em  grande  parte  de  solo  pobre  em  nutrientes  e  por   isso   grande   parte   da   a=vidade   agrícola   é   des=nada   à   criação   de   animais   e   extração   de   madeira;      
  20. 20. Macrotendências  Alimentos,  Bebidas  e  Agronegócio  -­‐  Rússia   !   Produção   de   carnes:   25%   da   produção   mundial   de   peixes   frescos   e   congelados   são   provenientes   da   Rússia   (Euromonitor).   Com   relação   às   carnes   vermelhas,   es=ma-­‐se   que  o  rebanho  russo  seja  de  cerca  de  68  milhões  de  cabeças  –  30  milhões  de  bovinos,   22  milhões  de  ovelhas  e  cabras,  17  milhões  de  suínos.  (ROSTAT);   !   A   Rússia   não   tem   condições   de   suprir   a   demanda   interna   por   carne   bovina,   embora   haja  a  intenção  de  aumentar  a  produção  domés=ca,  inclusive  por  meio  de  importação   de  gado  em  pé;   !   As   exportações   brasileiras   de   carne   bovina   para   a   Rússia   são,   sobretudo,   de   carnes   congeladas   para   produção   de   embu=dos   (dianteiro   do   boi).   O   produto   não   está   associado  à  imagem  do  Brasil;   !   Quotas  de  importação  para  carnes  bovinas:  embora  não  sejam  proibi=vas  dificultam   sobremaneira  as  importações  (18%  de  imposto  com  as  quotas  e  70%  sem  elas);    
  21. 21. Macrotendências  Alimentos,  Bebidas  e  Agronegócio  -­‐  Rússia   !   Somente  empresas  russas  possuem  essas  quotas  que  foram  estabelecidas  em  2001  e   são   atualmente   de   470   mil   toneladas   para   importações   provenientes   de   Brasil,   Uruguai,  Paraguai,  Argen=na,  México,  Canadá,  Austrália  e  Nova  Zelândia;   !   Tendências   para   comercialização   de   carnes:   vendas   em   supermercados   e   feiras.   Surgimento  mercado  Gourmet.  Produtos  premiuns  ,  orgânicos  e  ingredientes  exó=cos;   !   Tendências   gerais   para   comercialização   de   alimentos:   compras   feitas   em   grandes   supermercados  (Rede  Auchan  –  Awah  por  exemplo);   !   48%   dos   gastos   com   alimentos   e   bebidas   são   des=nados   para   compras   de   pães   e   carnes;   !   Aumento  do  consumo  de  alimentos  saudáveis,  semiprontos  ou  de  rápido  preparo;    
  22. 22. Macrotendências  Alimentos,  Bebidas  e  Agronegócio  -­‐  Rússia   !   Gastos  dos  consumidores  russos  por  categorias  de  alimentos  (US$  milhões)2004-­‐2010   2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Laticínios  5.814,10  6.964,00  8.260,70  12.388,20  15.545,20  14.515,90  16.978,20   Confeitaria  5.544,50  6.356,60  7.468,70      8.915,50    10.580,50      9.360,10    10.894,00 Panificação  6.524,90  7.007,50  8.022,70      9.759,10    11.186,40      9.475,90    10.628,10 Alim.  Proc.  Congelados  2.801,50  3.519,90  4.333,00      5.369,70        6.366,60        5.565,70        6.517,70     Alim.  Processados  2.857,10  3.354,60  3.913,50      4.658,80        5.416,50        4.873,10        5.668,70   Enlatados  2.366,10  2.779,70  3.277,70      3.976,80        4.801,60        4.266,70        4.984,90   Alim.  Proc.  Secos  1.745,60  1.978,40  2.345,20      2.552,50        3.548,60        3.209,70        3.640,50     Massas          612,50          730,50          930,00      1.109,20        1.749,30        1.645,40        1.954,70   !   Panificação:  Rússia  possui  o  maior  consumo  per  capita  da  Europa  ultrapassando  100   Kg  anuais.  Preferência  por  pães  ocidentais:  croissants,  ciabalas  e  baguetes;   !   Oportunidades   no   setor   de   panificação   para   negociação   de   insumos   e   componentes   para  o  setor  e  suplementos  alimentares  para  serem  adicionados  aos  produtos;   !   Oportunidades  para  ingredientes:  chocolates,  cacau,  fermento,  castanhas,  uva  passa  e   enfeites  confeitados;   !   O   mercado   de   panificação   alcançou   em   2010   £8,7   bi   e   deverá   a=ngir   £11,5   bi   em   2020.  O  volume  anual  de  produção  é  de  7  milhões  de  ton./ano;  Fonte:  Euromonitor  Interna9onal.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil  
  23. 23. Macrotendências  Alimentos,  Bebidas  e  Agronegócio  -­‐  Rússia   !   O   principal   produto   do   segmento   de   confeitaria   em   relação   ao   consumo   é   o   chocolate   que   é  encontrado  em  diversas  formas.  A  indústria  domés=ca  é  tradicional;   !   Valores:  barra  de  chocolate  russo  de  100  gr.  custa  US$  2,05.  Barra  premium  US$  3,00.  As   marcas   internacionais   produzem   na   Rússia   e   custam   US$   5,00   (Niederegger)   e   US$   5,90   (Lindt);   !   As  frutas  mais  consumidas  na  Rússia  são:  maça,  banana,  frutas  cítricas  e  uvas.  Crescimento   no  consumo  de  abacate,  limão  e  manga;   !   Os   distribuidores   russos   de   frutas   demonstram   interesse   pelas   frutas   brasileiras   (laranja,   uva,   manga   e   limão),   embora   considerem   o   aspecto   das   frutas   um   problema.   Os   russos   compram  frutas  pela  beleza,  aspecto  e  tamanho;   !   Período  de  compra  de  frutas:  7  semanas  entre  julho  e  agosto.  Principais  concorrentes  do   Brasil:  Argen=na,  Chile,  Peru  e  Egito;   !   Logís=ca:  transporte  marí=mo  em  contêineres  refrigerados  até  o  Porto  de  São  Petersburgo   (3  semanas),  tramites  alfandegários  (5  dias)  e  transporte  rodoviário  até  Moscou  (2  dias);  
  24. 24. Macrotendências  Alimentos,  Bebidas  e  Agronegócio  -­‐  Rússia   !   Gastos  dos  consumidores  russos  por  categorias  de  alimentos  (US$  milhões)2004-­‐2010   2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010   Água  e ngarrafada          1.715,60            1.917,90            2.119,90            2.372,10            2.480,60            2.088,30            2.545,20   Chá          4.159,30            4.283,80            4.521,20            4.726,60            4.696,50            5.189,20            5.291,30   Sucos  vegetais  e  de     frutas          3.661,30            3.931,20            4.229,40            4.537,20            4.422,80            3.601,70            4.135,80   Café          2.525,60            2.807,90            2.923,20            3.097,00            3.111,70            3.124,20            3.293,40   Bebidas  gaseificadas          3.031,30            2.994,90            3.053,60            3.261,60            3.254,00            2.671,90            2.890,80   Bebidas  e nergéticas                        91,70                    118,20                    268,60                    399,30                    511,70                    402,30                    421,00   e  para  e sportistas Concentrados                      64,20                        64,70                        66,00                        67,20                        65,30                        66,40                        67,60   Bebidas  quentes  -­‐                        32,50                        33,40                        35,00                        36,70                        36,30                        35,30                        37,00   outras TOTAL      15.281,50        16.152,00        17.216,90        18.497,70        18.578,90        17.179,30        18.682,10   !   Chá   é   a   bebida   quente   tradicional   da   Rússia.   O   consumo   de   café   vem   aumentando,   inclusive  instantâneo,  expresso  e  cafés  especiais;    Fonte:  Euromonitor  Interna9onal.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil    
  25. 25. Macrotendências  Alimentos,  Bebidas  e  Agronegócio  -­‐  Rússia   !   Gastos  dos  consumidores  russos  por  categorias  de  alimentos  (US$  milhões)2004-­‐2010   2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010   Cerveja      15.356,60        16.308,90        17.361,80        20.114,60        20.127,60        19.582,90        20.068,70   Destilados      20.519,30        19.623,40        19.980,00        19.707,70        18.843,00        16.699,40        15.825,90   Vinhos          8.122,90            8.380,60            8.230,00            8.853,70            8.896,80            8.019,80            7.759,90   Preparados  e  outras            1.117,30            1.198,40            1.559,60            1.141,80            1.289,00            1.088,90                    986,10   bebidas  prontas TOTAL  45.116,10  45.511,30  47.131,40  49.817,80  49.156,40  45.391,00  44.640,60 !   Mercado  de  luxo  para  alimentos  e  bebidas.        Fonte:  Euromonitor  Interna9onal.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil  
  26. 26. Oportunidades  no  Mercado  Russo  -­‐  Incipientes  “A  Desenvolver”   Complexo Grupo  de  produtos Chocolate  e  suas  preparações Demais  preparações  alimentícias Massas  alimentícias  e  preparações  alimentícias Outros  açúcares Alimentos  Bebidas  e  Agronegócio Prepações  de  carnes  suínas Produtos  de  confeitaria,  sem  cacau Suco  de  l aranja  não  congelado Uvas  frescas  Fonte:  United  Na9ons  Commodity  Trade  Sta9s9cs  Database  -­‐  UNComtrade.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  27. 27. Oportunidades  no  Mercado  Russo  -­‐  Expressivos   Complexo Grupo  de  Produtos Açúcar  refinado Carne  de  boi  i ndustrializada Carne  de  frango  "in  natura" Carne  de  suíno  "in  natura" Castanhas  de  caju Castanhas  do  Pará  (castanhas  do  Brasil) Chá,  mate  e  e speciarias Alimentos  Bebidas  e  Agronegócio Conservas  de  frutas,  l egumes  e  outros  vegetais Farelo  de  soja Goiabas  e  mangas Gorduras  e  óleos  animais  e  vegetais Mamões  (papaias)  frescos Produtos  hortícolas  e  plantas  vivas Sementes  oleaginosas  (exceto  soja);  plantas   industriais  e  medicinais;  gomas  e  sucos  e  e xtratos   Vinhos,  vermutes,  vinagres  Fonte:  United  Na9ons  Commodity  Trade  Sta9s9cs  Database  -­‐  UNComtrade.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  28. 28. Detalhamento  de  Oportunidades  no  Mercado  Russo   !   Importações  totais  russas  entre  2006  -­‐  2011  (GTIS);   !   Importações  russas  provenientes  do  Brasil  2006  -­‐  2011  (GTIS);  e   !   SH6   iden3ficados   como   oportunidades   pela   metodologia   de   análise   da   Unidade   de   Inteligência   Comercial   da   Apex-­‐Brasil   ou   grupos   de   produtos   cujas   oportunidades   tenham   sido   iden3ficadas  a  par3r  de  informações  qualita3vas.  
  29. 29. Açúcar  Refinado   Principais  fornecedores  para  a  Rússia  (2011)   Moldávia Guatemala 4% 5% Outros 19% Polônia 17% IMPORTAÇÕES  TOTAIS  2011      US$  49,5  milhões   Brasil França 37% 18% Crescimento  das  importações  russas  oriundas  do  Mundo,  do   Principal  Concorrente  Brasileiro  e  do  Brasil  (2007-­‐2011)   3963,45% 3634,32% 410,52% 349,15% 153,57% 1,49% 57,89% 42,24% -­‐40,65% -­‐8,20% -­‐20,02% -­‐32,02% 2007 2008 2009 2010 2011 -­‐78,76% -­‐80,10% -­‐71,58%  Fonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.   Mundo França Brasil
  30. 30. Carne  de  Boi  Industrializada     Principais  fornecedores  para  a  Rússia  (2011)   Itália 18% BRASIL  (2,1%)   Espanha Outros 11% 15º  fornecedor   48% Países  Baixos 8% IMPORTAÇÕES  TOTAIS  2011     Hungria  US$  67,6  milhões   Estados  Unidos 8% 7% Crescimento  das  importações  russas  oriundas  do  Mundo,  do   Principal  Concorrente  Brasileiro  e  do  Brasil  (2007-­‐2011)   471,45% 225,75% 112,23% 65,87% 28,86% 22,84% 31,86% 20,99% 4,96% 9,31% 2007 2008 2009 -­‐24,96% 2010 -­‐11,39% 2011 -­‐32,76% -­‐48,23% -­‐73,74%  Fonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.   Mundo Itália Brasil
  31. 31. Carne  de  Frango  “in  natura”     Principais  fornecedores  para  a  Rússia  (2011)   Ucrânia França 2% 4%Alemanha 5% Outros 6% IMPORTAÇÕES  TOTAIS  2011     Brasil Estados  Unidos  US$  511,6  milhões   24% 59% Crescimento  das  importações  russas  oriundas  do  Mundo,  do   Principal  Concorrente  Brasileiro  e  do  Brasil  (2007-­‐2011)   101,23% 18,46% 33,66% 27,28% 16,85% 17,57% 9,80% 2007 2008 2009 2010 2011 -­‐18,78% -­‐11,89% -­‐20,84% -­‐8,16% -­‐54,47% -­‐53,68% -­‐34,66% -­‐46,18%   Mundo Estados  Unidos BrasilFonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  32. 32. Carne  de  Suíno  “in  natura”   Principais  fornecedores  para  a  Rússia  (2011)   Outros Brasil 25% 22% Estados   Canadá IMPORTAÇÕES  TOTAIS  2011     Unidos 17%  US$  1,9  bilhão   9% Dinamarca Alemanha 12% 15% Crescimento  das  importações  russas  oriundas  do  Mundo,  do   Principal  Concorrente  Brasileiro  e  do  Brasil  (2007-­‐2011)   90,63% 63,64% 68,86% 31,66% 34,20% 17,10% 12,51% 10,38% 8,81% 2,24% -­‐0,26% 2007 2008 2009 2010 -­‐7,37% 2011 -­‐14,83% -­‐39,68% -­‐59,49%  Fonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.   Mundo Canadá Brasil
  33. 33. Chá,  Mate  e  Especiarias  (mate,  pimenta  piper,  cravo-­‐da-­‐índia,  gengibre)   Principais  fornecedores  para  a  Rússia  (2011)   Brasil Indonésia 4% 5%Índia Outros 6% 9% Vietnã 36% Polônia IMPORTAÇÕES  TOTAIS  2011     8%  US$  31,6  milhões   Áustria 9% China 23% Crescimento  das  importações  estadunidenses  oriundas  do  Mundo,   do  Principal  Concorrente  Brasileiro  e  do  Brasil  (2005-­‐2010)   342,35% 148,12% 58,08% 74,49% 33,02% 35,50% 33,60% 37,38% 13,81% 14,71% 4,33% 9,69% 2007 -­‐22,30% 2008 2009 2010 2011 -­‐39,17% -­‐20,68%   Mundo Vietnã BrasilFonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  34. 34. Conservas  de  Frutas,  Legumes  e  Outros  Vegetais   Principais  fornecedores  para  a  Rússia  (2011)  Alemanha Outros 5% 19% Turquia BRASIL  (1,03%)  Azerbaijão 37% 12º  fornecedor   7% Ucrânia 11% IMPORTAÇÕES  TOTAIS  2011     Itália  US$  34,1  milhões   21% Crescimento  das  importações  russas  oriundas  do  Mundo,  do   Principal  Concorrente  Brasileiro  e  do  Brasil  (2007-­‐2011)   113,30% 63,60% 42,86% 46,73% 31,09% 39,89% 22,27% 25,46% 7,23% 2007 2008 2009 2010 -­‐4,65% 2011 -­‐5,45% -­‐35,63% -­‐39,79% -­‐63,82% -­‐80,27%   Mundo Turquia BrasilFonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  35. 35. Farelo  de  Soja   Principais  fornecedores  para  a  Rússia  (2011)   Países  Baixos Outros Estados  Unidos 5% 2% 6% Brasil 15% Argentina IMPORTAÇÕES  TOTAIS  2011     54%  US$  250,5  milhões   Alemanha 18% Crescimento  das  importações  russas  oriundas  do  Mundo,  do   319,19% Principal  Concorrente  Brasileiro  e  do  Brasil  (2007-­‐2011)   217,82% 69,08% 69,27% 67,59% 42,21% 54,87% 31,14% 34,37% 18,42% 28,13% -­‐0,03% 2007 2008 2009 2010 2011 -­‐50,11% -­‐70,20% -­‐92,60%   Mundo Argentina BrasilFonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  36. 36. Goiabas  e  Mangas   Principais  fornecedores  para  a  Rússia  (2011)   Austrália 3% China Outros 5% 9% Peru 9% IMPORTAÇÕES  TOTAIS  2011      US$  13,3  milhões   Tailândia Brasil 13% 61% Crescimento  das  importações  russas  oriundas  do  Mundo,  do   Principal  Concorrente  Brasileiro  e  do  Brasil  (2007-­‐2011)   111,24% 103,69% 58,67% 57,57% 55,07% 43,00% 41,83% 38,08% 28,73% 15,75% 13,48% 3,88% 2007 2008 2009 2010 2011 -­‐16,72% -­‐20,86% -­‐19,68%   Mundo Tailândia BrasilFonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  37. 37. Mamões  Frescos  (papaias)   Principais  fornecedores  para  a  Rússia  (2011)   Brasil Outros 71% 2% Espanha 2% IMPORTAÇÕES  TOTAIS  2011      US$  504,9  mil   Vietnã 5% Equador 10% Tailândia 10% Crescimento  das  importações  russas  oriundas  do  Mundo,  do   Principal  Concorrente  Brasileiro  e  do  Brasil  (2007-­‐2011)   3990,16% 304,23% 53,39% 250,82% 46,32% 42,87% 16,74% 25,20% 2,58% 31,00% 54,03% -­‐39,66% -­‐16,68% -­‐22,71% 2007 2008 2009 2010 2011   -­‐88,41%Fonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.   Mundo Equador Brasil
  38. 38. Sementes  Oleaginosas  (amendoins)   Principais  fornecedores  para  a  Rússia  (2011)   Argentina 61% Brasil IMPORTAÇÕES  TOTAIS  2011     10%  US$  156,4  milhões   Outros 7% Nicarágua China Estados  Unidos 10% 6% 6% Crescimento  das  importações  russas  oriundas  do  Mundo,  do   Principal  Concorrente  Brasileiro  e  do  Brasil  (2007-­‐2011)   177,53% 144,44% 105,40% 92,22% 64,39% 54,77% 34,99% 39,91% 31,23% 14,41% 2,47% 4,39% -­‐2,13% 2007 2008 2009 2010 2011 -­‐4,95% -­‐66,12%  Fonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.   Mundo Argentina Brasil
  39. 39. Vinhos,  vinagres  e  vermutes  (mostos  de  uvas)   Principais  fornecedores  para  a  Rússia  (2011)   Espanha 49% Outros BRASIL  (0,42%)   28% 14º  fornecedor   IMPORTAÇÕES  TOTAIS  2010     Itália Ucrânia  US$  138  milhões   6% 10%África  do  Sul 3% Moldávia 4% Crescimento  das  importações  russas  oriundas  do  Mundo,  do   Principal  Concorrente  Brasileiro  e  do  Brasil  (2007-­‐2011)   424,50% 358,62% 254,64% 108,56% 95,06% 30,83% 40,99% 42,98% 11,11% -­‐7,02% -­‐5,32% 2007 2008 2009 2010 2011 -­‐26,90% -­‐86,82%   Mundo Espanha BrasilFonte:  Global  Trade  Informa9on  System  -­‐  GTIS.  Elaboração:  UICC  Apex-­‐Brasil.  
  40. 40. MÁQUINAS  E  EQUIPAMENTOS  

×