Manual exercício de aquecimento vs3 Final

17.781 visualizações

Publicada em

A importância das actividades lúdicas para crianças

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Manual exercício de aquecimento vs3 Final

  1. 1. “Os GOLFINHOS” Clube de Futebol “Os Barulhentos” Manual de jogos de aquecimento“A criança deve ter plena oportunidade para brincar e para se dedicar a actividades recreativas, que devem ser orientadas para os mesmos objectivos da educação; asociedade e as autoridades públicas deverão esforçar-se para promover o gozo destes direitos.” (1) Princípio 7.º da Declaração dos Direitos da Criança (ONU, 1959) Por: António Luís 2011
  2. 2. “António Luís” Manual de jogos de aquecimentoÍNDICEÍNDICE..................................................................................................................................2DEDICATÓRIA.......................................................................................................................3AGRADECIMENTOS..............................................................................................................3RESUMO..............................................................................................................................3INTRODUÇÃO.......................................................................................................................5OBJECTIVOS.........................................................................................................................6LISTA DE JOGOS...................................................................................................................61-Serpente...........................................................................................................................62 - Jogo sem bola.................................................................................................................73 - Corda humana................................................................................................................74 - Coelhos às tocas............................................................................................................85 - O Mata............................................................................................................................86 - O Rei manda..................................................................................................................9CONSIDERAÇÕES FINAIS....................................................................................................10REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS..........................................................................................11TAREFA CURSO Página 2
  3. 3. “António Luís” Manual de jogos de aquecimentoDEDICATÓRIAEste trabalho é dedicado, aos amigos, que mesmo distantes, algumas vezes, nuncao deixaram de ser.Aos grandes professores que têm marcado a minha vida, que despertaram em mimo interesse e carinho pela educação. À minha família pela paciência, cumplicidadee carinho.AGRADECIMENTOSÀ minha orientadora, Rosário, sempre prestativa e compreensiva em todas asetapas do trabalho.Aos meus familiares que sempre me ajudaram e me apoiaram.Às crianças do Projecto que, me, mostraram que escolhi o tema certo. “Aquilo que agrada ensina de uma forma muito mais eficaz” (McLuhan)RESUMOPartindo de leituras e discussões sobre a importância das actividades lúdicas paracrianças em idade escolar, este trabalho procurou identificar o lúdico fora daescola, bem como a sua utilização como estratégia de ensino no futebol. Buscou-se, primeiramente, levantar argumentação teórica que comprovasse aeficiência dos jogos lúdicos no processo de ensino aprendizagem do futebol, nodesenvolvimento social, cognitivo e físico da criança.Dessa forma, essa realidade permitiu reflectir acerca da preparação dos monitores,para desenvolver conteúdos e estratégias que provocassem mais prazer aospraticantes de futebol.Palavras Chave: Lúdico, Jogos, Futebol, Criança.TAREFA CURSO Página 3
  4. 4. “António Luís” Manual de jogos de aquecimentoTAREFA CURSO Página 4
  5. 5. “António Luís” Manual de jogos de aquecimento OS GOLFINHOS Escola de Futebol de ruaINTRODUÇÃOPretende-se com este manual, para além, do objectivo principal (exercícios deaquecimento) utilizar o jogo enquanto meio de excelência para o desenvolvimentodas competências transversais gerais, nomeadamente as competências ligadas aodesenvolvimento de um conceito activo de cidadania, onde a potenciação demomentos/experiências pedagógicas obriga à aceitação das limitações pessoais edas dos outros, à aceitação de normas estabelecidas e à importância do trabalho emgrupo como fundamentais. “Com esforço venceremos”TAREFA CURSO Página 5
  6. 6. “António Luís” Manual de jogos de aquecimentoOBJECTIVOS Desenvolver nas crianças/jovens hábitos de uma ocupação saudável através daprática desportiva, entendendo esta como uma actividade complementar emrelação às suas actividades escolares, com uma finalidade eminentementeformativa e social, no respeito integral pelo crescimento harmonioso. Exercícios de aquecimento nos treinosLISTA DE JOGOS1 1- Serpente As crianças formam duas equipas que se dispõem em fila, agarrando-se uns aos outros pela cintura, formando uma serpente. Colocam-se frente a frente as duas serpentes e, à indicação do professor, a criança da frente de uma equipa terá que tocar na última criança da outra equipa. Ganha a equipa que tocar em primeiro lugar no último jogador da Desenho Márcia Glória 1-1 outra serpente.1 GONÇALO DIAS Jogos tradicionais portugueses - retrospectiva e tendências futuras Exedra: Revista Científica, ISSN 1646-9526, Nº. 3,2010 , págs. 51-58TAREFA CURSO Página 6
  7. 7. “António Luís” Manual de jogos de aquecimento2 - Jogo sem bolaDesenha-se no solo um rectângulo, num espaçoplano e divide-se em dois meios campos iguais.Cada equipa, com pelo menos cinco crianças, écolocada no seu meio campo. As crianças de cadaequipa dispõem-se lado a lado, junto à linha demeio campo.Ao sinal de início do jogo, cada equipa tentamarcar golo. Marca-se golo, quando uma criança,partindo do seu meio campo, passa para além dalinha final da equipa adversária, sem ser tocadapor ninguém desta equipa.Quando uma criança tem oportunidade, avança para o Desenho feito por Hélder 1meio campo adversário e tenta ultrapassar a sua linha final, a fim de marcar golo.Por sua vez, os elementos da equipa que está a defender, tentam tocar-lhe. Se istoacontecer, aquela criança fica presa no local onde foi tocada e só pode voltar aojogo se outra, da mesma equipa, a livrar, ou seja se lhe tocar.Os elementos de uma equipa só podem caçar outros no seu meio campo e nunca nomeio campo adversário. Aqui são, por sua vez, caçados. Depois de invadir o meiocampo adversário, um avançado pode regressar ao seu meio campo, desde que nãoseja tocado. Depois de existir um golo, todos os elementos caçados regressam aoseu meio campo e o jogo recomeça. Vence a equipa que mais golos marcar.3 - Corda humanaEscolhe-se uma criança, o gavião, que tem a função de caçar as outras. Estasfogem do gavião, num espaço previamente definido. O gavião corre atrás dosoutros e aqueles a quem conseguir tocar vão dando a mão entre si, formando umacadeia. Quem for tocado, fica sempre o último elo desta cadeia. No outro extremoestá o gavião.Apenas os elementosdas pontas da cadeiapodem caçar e só se a cadeia estiver unida. Não Desenho de Anabela S. 1poderá caçar ninguém se, se partir, o que é vulgaracontecer. Por outro lado, quem sair do terreno de jogo passa automaticamentepara a cadeia. A última criança a ser tocada é considerada vencedora.TAREFA CURSO Página 7
  8. 8. “António Luís” Manual de jogos de aquecimentoNuma outra variante podem existir dois gaviões, competindo entre si para verquem caça mais crianças.4 - Coelhos às tocasDividir as crianças em dois grupos numericamente iguais. Um grupo constitui astocas e os outros os coelhos.As crianças escolhidas para tocas devem espalhar-se por todo o espaço e tomar aposição de pé com as pernas afastadas, sem se mexerem. O professor dá aordem de correr aos “coelhos” e estes correm por todo o espaço.À voz de “Coelhos às tocas”, os coelhos põem-sede gatas debaixo das pernas das tocas. Têm deentrar por detrás das tocas, para evitar choques.O professor deverá colocar-se atrás de uma toca Desenho feito por André 1qualquer, para que um coelho fique sem lugar. O coelho quefica sem toca perde um ponto.Depois de quatro ou cinco jogadas, as crianças trocam de posição. Os coelhostomam o lugar das tocas e vice-versa. Ganha a criança com menos pontos porqueficou menos vezes sem toca.5 - O MataDesenha-se no solo um rectângulo, num espaço plano e divide-se em dois meioscampos iguais. Cada equipa, com pelo menos cinco crianças, vai para o seu meiocampo. Um elemento de cada equipa, o piolho, é colocado num corredor, junto àlinha final oposta ao seu campo.Depois de sorteada a equipa que começa o jogo, o piolho lança uma bola (pequena,tipo ténis) para o seu meio campo. Se alguma criança a apanhar, devolve-a ao seupiolho. O objectivo é fazer três passes seguidos. Enquanto isso, os adversáriostentam apanhar a bola. Se conseguir fazer os três passes seguidos sem deixar cair a bola, essa equipa passa a ter o direito de ”matar” os adversários, acertando-lhes com a mesma.TAREFA CURSO Página 8 Desenho de Anabela S. 2
  9. 9. “António Luís” Manual de jogos de aquecimentoPode acertar-lhes a partir do seu piolho ou do seu meio campo. Se deixar cair abola no chão, depois de já ter feito três passes seguidos, basta fazer um passe entreo piolho e a sua equipa, para ter de novo o direito de” matar”.Entretanto, os adversários tentam apanhar a bola para também adquirirem o direitode matar, fazendo três passes seguidos entre o piolho e os seus companheiros deequipa.Cada vez que uma criança é atingida, vai para o corredor oposto ao seu meiocampo, fazendo companhia ao seu piolho. Perde a equipa que primeiro ficar semcrianças no seu meio campo.Se ao ser atingida, a criança apanhar a bola sem a deixar cair no chão, passa para asua equipa a contagem adversária. Se esta equipa já tiver feito os três passes, tem odireito de “matar” automaticamente.6 - O Rei mandaJogam seis ou mais crianças, num espaço que tenha parede ou muro, embora estespossam ser substituídos por um risco desenhado no chão.O rei coloca-se de costas para a parede ou risco e as outras crianças colocam-se,lado a lado, à sua frente, a uma distância superior a dez metros.A função do rei é dar ordens que podem variar bastante. As outrascrianças cumprem essas ordens, tentando aproximar-se o mais possívelda parede ou risco onde está o rei. Quem conseguir chegar àparede ou ao risco em primeiro lugar, será o novo rei. Desenho Márcia Glória 0-2Ao dar as suas ordens, o Rei deve começar por dizer, “O rei manda...:”. A título deexemplo pode dizer: “O rei manda...dar dois saltos a pés juntos para a frente, umsalto de gigante para o lado esquerdo, marchar no sítio, saltitar a pé coxinho para olado direito, dizer o nome em voz alta, rodopiar duas vezes”, etc. O professor temde ter o cuidado de verificar se as ordens do rei não se tornam demasiadorestritivas à aproximação das crianças ao seu posto. A IMPORTÂNCIA DO AQUECIMENTO NA ATIVIDADE FÍSICATAREFA CURSO Página 9
  10. 10. “António Luís” Manual de jogos de aquecimentoO aquecimento é a primeira parte da actividade física e tem como objectivopreparar o indivíduo tanto fisiologicamente como psicologicamente para aactividade física. “A realização do aquecimento visa obter o estado ideal psíquico e físico, prevenirlesões e criar alterações no organismo para suportar um treino, uma competiçãoou uma actividade de lazer, onde o mais importante é o aumento da temperaturacorporal”.2O aumento da temperatura corporal resulta nos seguintes benefícios: • Aumento da taxa metabólica; • Aumento de fluxo sanguíneo local; • Melhoria da difusão do oxigénio disponível nos músculos; • Aumento da quantidade de oxigénio disponível nos músculos; • Aumento da velocidade de transmissão do impulso nervoso; • Diminuição do tempo de relaxamento muscular após contracção; • Aumento da velocidade e da força de contracção muscular; • Melhoria na coordenação; • Aumento da capacidade das articulações ao suportar carga.“Alguns destes benefícios reduzem o potencial de lesões, já que possuem acapacidade de aumentar a coordenação neuromuscular, retardar a fadiga etornar os tecidos menos susceptíveis a danos”.3CONSIDERAÇÕES FINAISO brincar faz parte da infância e deve ser utilizado/ valorizado e explorado nostreinos.2 BALBINOTTI, Marcos Alencar Abaide; CAPOZZOLI, Carla Josefa. Regular practical motivation for physical activity: an exploratory study withpractitioners in gymnastics academies. Rev. bras. Educ. Fís. Esp., São Paulo, v. 22, n. 1, mar. 2008 . Disponível em<http://www.revistasusp.sibi.usp.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092008000100006&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 15 jun. 2011.3 MELLO, Enio Lopes; ANDRADA E SILVA, Marta Assumpção de. O corpo do cantor: alongar, relaxar ou aquecer?. Rev. CEFAC, São Paulo, v. 10,n. 4, Dec. 2008 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462008000400015&lng=en&nrm=iso>. access on15 June 2011. doi: 10.1590/S1516-18462008000400015.TAREFA CURSO Página 10
  11. 11. “António Luís” Manual de jogos de aquecimentoTrazer os jogos lúdicos para os treinos de futebol significa fazer o trabalho commais prazer e permitir que as crianças se desenvolvam e aprendam dentro do seuambiente de brincadeiras e fantasias.REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS(1) ONU. Declaração universal dos direitos da criança. 1959 GONÇALO DIAS Jogos tradicionais portugueses - retrospectiva e tendênciasfuturas Exedra: Revista Científica, ISSN 1646-9526, Nº. 3, 2010 , págs. 51-58LOPES, M.G. 2005. Jogos na educação: criar, fazer, jogar. 6ª Ed. São Paulo:Cortez.160pBALBINOTTI, Marcos Alencar Abaide e CAPOZZOLI, Carla Josefa. Motivaçãoà prática regular de atividade física: um estudo exploratório com praticantes emacademias de ginástica. Rev. bras. Educ. Fís. Esp. [online]. 2008, vol.22, n.1, pp.63-80. ISSN 1807-5509MELLO, Enio Lopes and ANDRADA E SILVA, Marta Assumpção de. O corpodo cantor: alongar, relaxar ou aquecer?. Rev. CEFAC [online]. 2008, vol.10, n.4,pp. 548-556. ISSN 1516-1846. doi: 10.1590/S1516-18462008000400015.TAREFA CURSO Página 11

×