O romantismo da segunda geração

13.567 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação

O romantismo da segunda geração

  1. 1. O Romantismo no BrasilAntonio MinharroCláudio AmaroMarcela AlmeidaMarcia RibeiroProf. Maria Célia Souza Guilhen
  2. 2. Segunda Geração 
  3. 3. Lord ByronDenominações:ByronianaMal-do-séculoUltra românticaSubjetivista
  4. 4. Temas:PessimismoMorteTédioFuga darealidade
  5. 5. Ultrarromantismo
  6. 6. Poetas desvinculadoscom o compromisso danacionalidade edesinteressados da vidapolítico-social do país.
  7. 7. Voltando-se para si mesmo osescritores desse período abordavam opessimismo em protesto contra omundo burguês e se mostravamentediados e em espera da morte.
  8. 8. Essa geração poética nãose identificava com osvalores da RevoluçãoFrancesa, sentindo-sediferentes do resto dosescritores burgueses.
  9. 9. Em contestação dosvalores postos levavama vida desregrada.
  10. 10. “ Mal do século” ( onda de pessimismo que se traduzia em atitudes e valores considerados decadentes naépoca, como atração pela noite, pelo vício e pela morte)
  11. 11. Os poetas se concentram nosubjetivismo, egocentrismo esentimentalismo.
  12. 12. Há o medo e o desejosobre o sentimentoamoroso.
  13. 13. A segunda geração do Romantismotem seus traços mais facilmenteidentificáveis no campo da poesia eseu marco inicial é dado pelapublicação da poesia de Álvares deAzevedo (1831 - 1852), em 1853.
  14. 14. Exemplosdesse períodosão as obras de:Fagundes VarelaCasimiro de AbreuÁlvares de AzevedoJunqueira Freire
  15. 15. Essa exacerbação da sentimentalidade edas fantasias da imaginação mórbida exigeuma versificação mais livre, menosapegada a esquemas formaispreestabelecidos, e define as obraspoéticas de maior impacto do período,como Um Cadáver de Poeta, de Álvares deAzevedo.
  16. 16. InspiradospeloinglêsByron...
  17. 17. ...pelo italiano GiacomoLeopardi...
  18. 18. ...e pelos francesesAlphonse deLamartine e Alfred deMusset,
  19. 19. ...os poetas da segundageração escrevem poemas quesugerem uma entrega total aoscaprichos da sensibilidade e dafantasia, abordando temas quevão do vulgar ao sublime, dopoético ao sarcástico e aoprosaico
  20. 20. Byron foi o principal "poetamaldito" do Romantismo edeixou atrás de si um númeroincontável de seguidores.Esta geração surgiu nadécada de 1850, quando onacionalismo e o indianismodeixavam de fascinar ajuventude e iniciava-se olongo processo deestabilidade do II Império.
  21. 21. AutoresSegundaGeraçãoRomântica:
  22. 22. ÁLVARES DE AZEVEDO(1831-1852)Obras:Lira dos vinte anos (poemas - 1853)Noite na taverna (contos - 1855)O conde Lopo (poema – 1886)Macário (poema dramático - 1855).
  23. 23. CASIMIRO DE ABREU(1839-1860)Obras:Meus oito anosAmor e MedoPrimaveras
  24. 24. JUNQUEIRA FREIREObras:Inspirações do ClaustroContradições poéticasTratado de eloquência nacionalAmbrósio
  25. 25. FAGUNDES VARELLAObras:Noturnas Vozes da América Cantos e Fantasias Cantos MeridionaisCantos do Ermo e da Cidade Diário de Lázaro 
  26. 26. O desenvolvimento urbano, o nascimento deuma vida acadêmica em São Paulo, Rio deJaneiro, Salvador e Recife e, até mesmo,uma relativa sofisticação dos estratosmédios e superiores da estrutura socialbrasileira possibilitaram a criação de umalírica voltada quase que exclusivamentepara a confissão e o extravasamento íntimo.
  27. 27. Os autores ultrarromanticos eram, em suagrande maioria, jovens burgueses comidade próxima aos vinte anos, estudantese boêmios, e os espaços quefrequentavam eram justamente os salõesda alta burguesia, onde compartilhavamtextos uns com os outros e participavamde festas regadas a bebida.
  28. 28. Geralmente dirigiam-se para São Paulopara cursar Direito ou Medicina, e a cidadeoferecia poucas oportunidades de lazer.Longe da família e sem diversão, essesrapazes experimentavam um profundoisolamento, que incentivava seus escritosde cunho saudoso e melancólico.
  29. 29. Apesar de viverem na boêmia, osultrarromanticos caracterizavam o sexocomo a corrupção do Amor, e por issoidealizavam que tal sentimento sópoderia ser plenamente vivido após amorte.

×