Dinamica i portfolio_antonio_cruz_final

317 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
317
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dinamica i portfolio_antonio_cruz_final

  1. 1. . DINAMICA E ANIMAÇÃO GRUPOS PORTFOLIO António Cruz - G3NA – nº 5066 Dra. Sandra Gomes, Docente da unidade curricular de dinâmica e animação de gruposRESUMO: Trabalho sobre desenvolvimento aprofundado de competências, pessoais eprofissionais. INSTITUTO PORTUGUES DE ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING PORTO, JAN 2012
  2. 2. Conteúdo1. INTRODUÇÃO ........................................................................................................ 32. PERFIL DE COMPETÊNCIAS ............................................................................ 43. PLANO DE DESENVOLVIMENTO ..................................................................... 53.1. Networking ............................................................................................... 53.2. Comunicação Oral .................................................................................... 54. PLANEAMENTO ................................................................................................... 65. REFLEXÃO SOBRE OS EXERCÍCIOS DA AULA. .......................................... 76. REFLEXÃO SOBRE AS COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER. ................... 97. REFLEXÃO SOBRE O SEMINÁRIO LIFE TRAINING .................................... 108. REFLEXÃO SOBRE ACTIVIDADE OUTDOOR ............................................... 119. AUTO AVALIAÇÃO ............................................................................................. 1210. TESTEMUNHOS .................................................................................................... 1311. BIBLIOGRAFIA ...................................................................................................... 14 2
  3. 3. 1. INTRODUÇÃO Na unidade curricular de dinâmica e animação de grupos, foi-me propostoum conjunto de competências consideradas relevantes para estruturação doplano individual de desenvolvimento de competências. Foram selecionadas a comunicação oral e networking, com base nanecessidade de desenvolver três qualidades essenciais: clareza, convicção esentido de oportunidade. 3
  4. 4. 2. PERFIL DE COMPETÊNCIAS Consiste no desenvolvimento, através da formação contínua, dos nossosconhecimentos e aptidões para enfrentar os desafios da nossa atividadeprofissional e da vida social. Com base no auto e hetero avaliação, efectuada ao longo do ultimosemestre, quer por colegas de grupo do IPAM, quer pela minha familia,identifiquei algumas áreas criticas de melhoria. As áreas que entraram no meu processo de desenvolvimento foram, oNetworking, e a Comunicação Oral. Estas áreas foram identificadas pelaelaboração de uma tabela de avaliação que junto em anexo. Competência Nível de desenvolvimento Competências a desenvolver 1 Resolução de problemas 4 2 Pensamento crítico 3 3 Análise 4 4 Síntese 4 5 Tomada de decisão 5 6 Liderança 5 7 Planeamento 4 8 Organização 4 9 Gestão de tempo 4 10 Comunicação oral 3 XX 11 Comunicação escrita 4 12 Trabalho em equipa 4 13 Negociação 5 14 Networking 3 X 15 Ética 5 16 Empatia 5 17 Gestão de conflitos 5 18 Criatividade 3 19 Inovação 4 20 Assertividade 4 21 Proatividade 4 22 Flexibilidade 4 23 Determinação 5 24 Empenho 5 25 Pesquisa 4 26 4
  5. 5. 3. PLANO DE DESENVOLVIMENTO 3.1. Networking Consiste no desenvolvimento sistemático e estruturado de uma rede decontactos com base na criação de relacionamentos duradouros e consistentesassentes na confiança e na troca de conhecimento. Esta ferramenta é de extremaimportância, pois o nosso valor é inflacionado positivamente com uma boa redede contactos. Esta rede poderá ajudar-nos quer em contexto profissional, quer emcontexto social. Estratégia: Criar conta pessoal Linkedin, com dados o mais completospossíveis, afim de me munir dos contactos certos para melhorar a minha rede.  Agendar e registar diariamente os contactos. 3.2. Comunicação Oral Segundo Platão:” Os prudentes falam, porque têm qualquer coisa paradizer; os insensatos, porque gostariam de dizer qualquer coisa”. A simplicidade é a chave da comunicação segundo Aristóteles: “Pensecomo as pessoas sábias, mas fale como as pessoas simples”.  Estratégia: Treinar apresentações  Assistir a palestras sobre vários temas 5
  6. 6. 4. PLANEAMENTO Agendamento de contactos com inicio em 2 de Novembro de 2011,mantendo o registo atualizado. Na rede social Linkedin, mantenho os contactos ativos. Na implementação da estratégia de melhoria da comunicação oral, graveiconforme planeado várias apresentações. As mesmas foram gravadas emambiente de ensaio/Treino, bem como nas apresentações finais. Monitorização Calendarização 2011 2012 António Cruz Novembro Dezembro Janeiro Semanas 2 3 4 1 2 3 1 2 3Adquirir AgendaAdquirir GravadorActualizar Rede LinkedinMostrar registo na AgendaEntregar registo das gravaçõesMonitorização 6
  7. 7. 5. REFLEXÃO SOBRE OS EXERCÍCIOS DA AULA. As aulas de Dinâmica e Animação de Grupos ajudaram-me a conhecer as Competências essenciais de um gestor de marketing, avaliar e aimplementar estratégias em trabalho de equipa, gestão de conflitos, processo dedecisão, gestão de tempo e liderança. Os exercícios efetuados em aula foram importantes, pois ajudaram-me asaber relacionar a teoria com a prática e a gerir prioridades.  Criação de um plano de desenvolvimento pessoal  Planeamento e organização de tempo – Uso diário de uma agenda com planificação das várias tarefas a executar  Gestão de Conflito – Inerente á minha posição profissional (Marketing Manager), uma área bastante importante que desenvolvi, e pretendo desenvolver ainda mais pois tenho a meu cargo uma equipa 111 funcionários. Para além destes colaboradores, tenho constantes reuniões com vários players( Clientes/Fornecedores), bem como chefes de produção da área da fabril, nas quais utilizo esta ferramenta, que considero bastante útil.  Networking – Uma área que estou a desenvolver, e que até ter esta unidade curricular, não tinha sentido necessidade. Ao definir o meu plano de desenvolvimento, ajudou-me a ver esta ferramenta como uma mais valia, para o meu maior sucesso social/profissional.  Comunicação Oral – Ao definir no meu plano de desenvolvimento esta área crítica de melhoria, ajudou-me acima de tudo a ter mais preparação e auto confiança, nas várias reuniões business que 7
  8. 8. habitualmente participo. Consegui retirar desta lacuna, uma grandeaprendizagem, pois consegui definir outras áreas de melhoria queidentifiquei, e trabalha-las de forma estruturada como conseguifazer com comunicação oral. Hoje sinto-me muito mais à vontade afalar mesmo para públicos vastos, e esses exemplos tenho-os tidona fábrica onde trabalho. 8
  9. 9. 6. REFLEXÃO SOBRE AS COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER. O registo de todos os contactos emagenda permitiu um melhor planeamento dasminhas atividades, bem como oestabelecimento de prioridades. No entantoesta tarefa tem que ser bem pensada, poisparece simples para quem a pratica, revela-se de grau de dificuldade elevado para quem por norma não utiliza o processo,até porque é necessário saber gerir bem o tempo disponível, e priorizar osprocessos de envolvência por relevância e importância, bem como sentido deurgência. A comunicação oral nas apresentações melhorou. Contudo trata-se de umprocesso que necessita de treino continuo, para que se atinga o aperfeiçoamentodo mesmo, e com isto o nível desejado, porem já tenho notado grandesdiferenças a comunicar com os meus colaboradores em ambiente profissional, emesmo em casa, já me foi feito sentir a minha diferença na forma como comunico. 9
  10. 10. 7. REFLEXÃO SOBRE O SEMINÁRIO LIFE TRAINING Este seminário, apresentado pelo Dr. João Pombeiro foi bastanteinteressante na medida em que permitiu conhecer os métodos (SMART/SPIDER)e estabelecer uma relação de causa e efeito, na procura de equilíbrio entre oscompromissos, as emoções, as motivações e o desenvolvimento pessoal. A Participação seminário ajudou-me a ser mais construtivo nos meusobjetivos/ações, e realista nas metas que pretendo atingir, e de ter plenaconsciência da mensuração do prazer que obtenho na execução das minhasvárias tarefas. 10
  11. 11. 8. REFLEXÃO SOBRE ACTIVIDADE OUTDOOR Nesta atividade o grupo desenvolveu competências de gestão deconflitos, de forma eficaz e com interação de todos os participantes. De realçar o modo como foram planeadas e realizadas as atividades quepermitiram conhecer e conviver com colegas de curso, reforçar laços de amizade,fomentar o espirito de equipa do grupo e de união das turmas. No desenvolvimento da atividade, o objetivo do grupo foi procurar criarpotenciais situações de desconforto, e tentar medir o impacto no seio do grupo. Por outro lado, pretendemos identificar as estratégias adotadas pelogrupo para minimizar o impacto das tarefas. O ambiente de envolvênciavalorizava o espirito de equipa e integração dos diferentes grupos, o que não nospermitiu gerar uma situação conflituosa real. Todas as avaliações abaixodescritas, estão suportadas em vídeos realizados pelo grupo Target no decorrerda atividade . 11
  12. 12. 9. AUTO AVALIAÇÃO O trabalho desenvolvido com a disciplina permitiu-me uma reflexão sobreidentidade, comportamento, recursos e competências a desenvolver, melhorar epraticar, de forma a alcançar objetivos com criatividade, flexibilidade e harmonia. Consegui estabelecer um plano de coaching, a mim próprio, que me iráajudar a desenvolver cada vez mais as minhas competências, e por certoinfluenciará o desempenho das minhas funções. Tenciono criar um plano dcoaching, para toda a minha empresa, apresenta-lo aos chefes dos váriosdepartamentos. Com isto pretendo dar um input extra aos meus funcionários paraque se sintam mais valorizados. Este fator parece-me ainda mais relevante, dadoque a conjuntura económica estar com um trend negativo, e cada vez maisdebilitada. Atualmente planeio o trabalho, o estudo, a família e os momentos delazer de forma muito mais equilibrada 12
  13. 13. 10. TESTEMUNHOS Foram apresentados no power point do trabalho, vídeos de heteroavaliação, dosmeus familiares. Estes vídeos serão publicados no seguinte blogue: http://mosquetier.blogspot.com/ 13
  14. 14. 11. BIBLIOGRAFIAEstanqueiro, António. (2006). Como Lidar com as Pessoas. Ed Presença.12.ª Ed.LisboaCarnegie, Dale. (1984). Como falar Facilmente. Liv. Civilização Editora. Porto Pereira, Alexandre. Poupa, Carlos. (2004). Como apresentar em Público.Edições Silabo. Lisboa 14

×