Laudo técnico josué2

424 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
424
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Laudo técnico josué2

  1. 1. LAUDO TÉCNICO AVALIAÇÕES DE IMÓVEIS URBANOS Aos vinte e nove dias do mês de outubro do ano de 2013, o infra-firmado JONAS DE RESENDE CORRÊA, engenheiro Civil CREA 115657/D, e com o requerente ANTONIO FERREIRA DA SILVA procedeu, vistorias, coleta de dados em campo e medições, para elaboração deste laudo técnico e execução do desenho arquitetônico e relatá-los minuciosamente, com verdade e com todas as circunstâncias, da forma como segue: 1 - Considerações preliminares 1.1 - Finalidade Tem o presente a finalidade de relatar as reais condições do imóvel localizado na Rua Campo Grande, nº 48, bairro Luzia Augusta, na cidade de Ouro Branco- MG para a regularização do mesmo junto a prefeitura municipal da mesma cidade e obtenção do HABITE-SE. Uma vez que o imóvel encontra-se em condições de ocupação e foi executado sem os projetos necessários. a) coleta de dados em campo e medições para execução b) vistoria para fotografar o imóvel em questão, c) vistoria do imóvel para levantamento das condições da obra civil. do desenho arquitetônico, 2- Característica do imóvel O imóvel é uma residência uni familiar com um total de 479,74m² construídos em alvenaria não estrutural (bloco cerâmico comum) de 2 pavimentos de acabamento simples, apresenta telhado construído em telhas trapezoidais de zinco montadas em estrutura metálica sobre a área de tanque, duas lajes de cobertura sobre a área construída. O primeiro pavimento é uma garagem de 300m 2. O segundo pavimento de 179,74 m² possui (cinco) quartos, (duas) salas, uma copa, (dois) banheiros, (duas) cozinhas. 2.1 - Revestimento externo Parte do revestimento externo apresenta partes em reboco tipo paulista (cimento, areia e cal) e partes sem reboco (tijolo aparente) sem pintura em toda área externa (figura 1 e 2). Figuras 1 e 2: Fachada da casa 1
  2. 2. Figura 3: Vista de frente da garagem Figuras 4 e 5: Lage da garagem 2
  3. 3. Figuras 6 e 7: Cobertura com telha trapezoidal de zinco e estrutura metálica 2.2 - Revestimento interno e divisas O revestimento interno foi executado com reboco (cimento e areia) e pintura com tinta acrílica branco gelo como pode ser observado nas figuras 8 e figura 9. Nesta fotos também pode ser observado a inexistência de arvores de médio e ou grande porte próximas as edificação. Figura 8 e 9: Revestimento interno Figura 10 e 11: Divisa lado oeste (lote sem construir e fundos da igreja assembleia de Deus) 3
  4. 4. Figura 12: Divisa lado sul Figura 13: Divisa lado leste (rua Porto Velho) Figura 14: Divisa lado norte (Rua Campo Grande) 2.4 – Área de cozinha. As paredes tem revestimento executado com reboco (cimento e areia) e pintura em tinta látex como pode ser observado nas figuras 15. Figura 15: detalhe da pia na área de cozinha 2.5 - Instalações sanitárias Nas instalações sanitárias encontras-se um vaso sanitário, um lavatório e um chuveiro elétrico. As paredes internas tem revestimento em cerâmico em todo banheiro. 4
  5. 5. Figura 16 e 17: detalhes do banheiro 3.– Conclusões e Considerações finais: O imóvel apresenta-se ocupado e pode continuar sendo ocupado, pois apresenta as instalações sanitárias ligadas à rede publica e apesar de não ter projeto de calculo estrutural o mesmo não apresenta trincas, infiltrações e demais patologias que possam a vir a colocar em risco a vida dos que ocuparem estas instalações. O mesmo não foi construído em área de risco e não tem em seu entorno (vizinhos ao lado) edificações construídas em área de risco que possam a vir deixá-la em risco; outra fato importante observado é que no entorno da edificação não existe arvores que possam a vir cair sobre a edificação em questão e que a mesma foi construída em terreno sedimentar e sem aterro. Caso o imóvel sofra uma ou mais alterações do tipo: remoção de paredes; construção de mais pavimentos e comodos sem acompanhamento de um profissional legalmente habilitado para essas alterações à edificação poderá ter a sua integridade comprometida. ou seja, colocando a mesma em risco. Encerramento Este signatário apresenta o presente trabalho concluído, constando de 5 folhas digitadas de um só lado, todas rubricadas, exceto esta última, que segue devidamente datada e assinada, colocando-se a disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais que se fizerem necessários. Ouro Branco, 29 de outubro de 2013. -------------------------------------------------------------------------------Jonas de Resende Corrêa, Eng. Civil – CREA 115657/D --------------------------------------------------------------------------------ANTONIO FERREIRA DA SILVA, proprietário do imóvel. 5
  6. 6. 6
  7. 7. 6

×