507257 a-perola-de-grande-valor

98 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
98
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

507257 a-perola-de-grande-valor

  1. 1. A PÉROLA DE GRANDE VALOR A PÉROLA DE GRANDE VALOR “O reino dos céus é também semelhante a um que negocia e procura boas pérolas, e, tendo achado uma pérola de grande valor, vende tudo o que possui e a compra” (S. Mateus 13:45,46). Tendo sido descobertas há aproximadamente 5 mil anos, próximo ao Golfo Pérsico, no Mar Vermelho e no Oceano Índico, há 25 séculos as pérolas já eram utilizadas em países do Oriente para o pagamento de impostos. Têm sido empregadas, desde então, como ornamento e material precioso. O Japão é atualmente responsável por 80% da produção mundial. A Formação das Pérolas A pérola natural começa a se formar quando um grão de areia ou um parasita penetra em uma ostra perlífera, inflamando sua carne sensível. A ostra, por não conseguir expulsar o corpo estranho, combate a inflamação cobrindo-a com camadas de nácar, uma substância dura e lisa, que é depositada ano após ano sobre o corpo intruso. As ostras segregam cerca de três ou quatro camadas diárias de nácar, levando mais de dois anos para terminar uma pérola, formada por cerca de mil películas concêntricas com alguns milésimos de milímetro de espessura. Essas gemas marinhas são compostas quase totalmente de carbonato de cálcio e podem ser naturais, quando a matéria inflamante penetra acidentalmente, ou cultivadas quando o material é introduzido pelo homem e o processo é concluído pela natureza. Ao contrário de outras gemas, que devem ser lapidadas para que finalmente mostrem seu encanto, as pérolas não são fabricadas, mas “nascem” belas, ao surgir do interior das ostras que habitam as águas do mar. Pérolas Famosas Uma das pérolas naturais mais famosas do mundo, e para alguns também a mais bela, é a PEREGRINA, pescada no século XVI nas águas que separam as ilhas venezuelanas de Cubahua e Margarita. Foi levada para a Espanha, onde se converteu em uma das jóias prediletas das rainhas espanholas. Seu paradeiro tornou-se desconhecido por muito tempo. Mais tarde, aparece em grande estilo quando a atriz Elizabeth Taylor a recebe de presente de casamento de Richard Burton.
  2. 2. A maior do mundo é a PÉROLA DE LAO-TSÉ OU PÉROLA DE ALÁ, que pesa 6,37 kg e mede 24 cm de comprimento e 14 cm de diâmetro, tendo sido encontrada em uma ostra gigante nas Filipinas, em 1.934. O mais alto preço pago por uma pérola foi de aproximadamente US$ 850 mil. Trata-se da PÉROLA OVAL LA RÉGENTE, que fez parte das jóias da coroa francesa e foi vendida na Christie’s de Genebra, Suíça, em 1.988. Não existem duas pérolas idênticas! Seu valor é estabelecido de acordo com cinco características básicas: tamanho, brilho, forma, cor e perfeição. Nem todas as pérolas têm a cor branca prateada habitual. Também existem as de tons rosa, creme, branco-rosado, dourado, verde, azul e negro-fosco, resultante da refração da luz nas películas de nácar e da reação química gerada pelas quantidades microscópicas dos diferentes pigmentos existentes em suas camadas. As raras pérolas negras são as mais procuradas em todo o mundo! São oriundas da Austrália e da Polinésia. A Pérola de Grande Valor! A PÉROLA de grande valor (S. Mateus 13:45,46), em QUEM “estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da Ciência”, é CRISTO! Tudo que pode satisfazer às necessidades e anelos da alma humana, para este e para o mundo vindouro, é encontrado nEle. Nosso Redentor é a Pérola tão preciosa, em comparação com a qual tudo pode ser reputado perda. O tamanho, o brilho, a forma, a cor e a perfeição da pérola são os elementos de sua avaliação. A perfeição de caráter e a plenitude do amor de Cristo constituem Sua preciosidade. O “negociante” de pérolas experimentará uma satisfação e uma paz “que excede a todo o entendimento” humano ao “comprar” esta Pérola inigualável! Não há outra base de alegria e de paz senão esta. A graça de Cristo, recebida no coração, subjuga a inimizade; afasta a contenda, enche o coração de amor e difundirá ao redor de si sua bendita influência. Aquele que encontra em Cristo a resposta a todos os anseios de sua alma, que encontra nEle o objetivo da existência, encontrou o maior tesouro da vida! “Vendeu Tudo e a Comprou” A Pérola não nos é apresentada na parábola como uma dádiva: o negociante adquiriu-A pelo preço de tudo que possuía. O “preço” é a entrega, sem reservas, da alma, corpo e espírito. Devemos entregar-nos a Cristo para viver uma vida de obediência voluntária a todos os Seus reclamos. Tudo que somos, todos os talentos e habilidades que possuímos, serão do Senhor para serem consagrados a Seu serviço. Quando assim nos rendemos
  3. 3. inteiramente a Ele, Cristo Se entrega a nós com todos os tesouros do Céu. Adquirimos a PÉROLA de grande valor!!! Pastor Vagner Alves Ferreira E-mail: prvagner-iasd@uol.com.br

×