os

FUNDAMENT
OS
da fé cristã
DOUTRINAS ESSENCIAIS

COMUNIDADE CRISTÃ

1
SEMEANDO

VIDA

2
O FUNDAMENTO
O que é Fundamento?
Fundamento significa base, alicerce, fundação. Quando olhamos para uma casa não
notamos o...
porque tinha sido bem edificada. Mas o que ouve e não pratica é semelhante a
um homem que edificou uma casa sobre terra, s...
•
•
•
•
•
•

Chega quase a frutificar mas não frutifica.
Não LIMPA A VIDA e as ervas daninhas sufocam a palavra.
Está divi...
O EVANGELHO

DO

REINO

Gl 1:6-9 - “Estou admirado de que tão depressa estejais desertando daquele que
vos chamou na graça...
 Qual era a semente?  A Palavra do Reino, Evangelho do Reino.
Mt 4:23 - “E percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando na...
Qual foi o pecado de Adão?
Em Gênesis 3:1-17 vemos como esta doença entrou na raça humana: “Ora, a
serpente era o mais ast...
 O Reino de Deus é o fim da independência do homem
Mesmo que podemos os galhos, se não houver mudança de
atitude eles vol...
havia de passar por ali. Quando Jesus chegou àquele lugar, olhou para cima e
disse-lhe: Zaqueu, desce depressa; porque imp...
•
•
•
•
•

Todos queriam seguir a Jesus.
Jesus aplica Lc14:26-27;33
“Deixa primeiro...” - condições
Jesus é quem determina...
ele, e com ele nos fez sentar nas regiões celestes em Cristo Jesus, para mostrar
nos séculos vindouros a suprema riqueza d...
O fato das pessoas não se submeterem a Ele não significa que Ele perdeu a
autoridade, ou que não tem poder. Todos que não ...
 A Murmuração
Qual o idioma do reino da luz?
 O Louvor
Louvor não significa cânticos ou música. A música é apenas uma ma...
Idioma
Bandeira

quiser
Murmuração
Egoísmo

quer
Louvor
Amor

I Ts 5:18
Jo 13:34-35

Em que reino você está?
Podemos usar ...
O amor de Deus nos livra do espírito de suspeita:
• Por que ele não me cumprimentou?
• Estão falando de mim...

 A inicia...
ARREPENDIMENTO
A Porta do Reino
Quando o Evangelho do Reino chega até nós, revelando a pessoa de Jesus Cristo
como Senhor,...
Por que Tanto Jesus quanto João Batista e os apóstolos anunciam primeiro o
arrependimento? Porque o arrependimento está na...
Rm 5:19 - “Porque, assim como pela desobediência de um só homem muitos foram
constituídos pecadores, assim também pela obe...
De que o homem deve se arrepender?
• De si mesmo. (sua condição)
• De seu pecado, (a independência de Deus)
• De seus peca...
edificar uma torre, não se senta primeiro a calcular as despesas, para ver se tem
com que a acabar? Para não acontecer que...
Depois querem estreitar o caminho. Mas quem vai querer perder a própria vida se
já lhe ofereceram salvação e vida eterna s...
O NOVO NASCIMENTO
Introdução
A porta do reino (At 2:38 / Cl 1:12-13)
Existem apenas dois reinos: o reino das trevas e o re...
do pai

da mãe

de seu caráter

Filho

Filhos

Deus nos dá a sua vida, a Vida Eterna; e começamos a viver essa vida agora
...
Rm 5:12 - "Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e
pelo pecado a morte, assim também a morte pass...
Rm 3:9 - "Pois quê? Somos melhores do que eles? De maneira nenhuma, pois já
demonstramos que, tanto judeus como gregos, to...
CORPO

O homem é um espírito que possui uma alma e que habita num corpo.

Espírito humano: Ponto de contato com Deus. É at...
Quando o espírito do homem morreu, todo o seu ser passou a ser governado pela
alma. O homem passou a viver então segundo s...
Quando estávamos nesta situação, Deus pela sua infinita misericórdia vem até nós
e nos dá a Vida por meio de Jesus.

A viv...
1 Pe 1:15-16 - "Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também
santos em todo o vosso procedimento; porquanto es...
 Deus não muda a carne. Ele crucifica a carne.
Por isso Jesus disse:
Lc 9:23 - “Se alguém quer vir após mim, negue-se a s...
Rm 8:12-13 - “Portanto, irmãos, somos devedores, não à carne para vivermos
segundo a carne; porque se viverdes segundo a c...
A CERTEZA
•
•
•
•

DA

SALVAÇÃO

O que é uma coisa eterna?
Você sabe onde vai passar a eternidade?
Se você morresse hoje, ...
“Ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda árvore do jardim podes
comer livremente; mas da árvore do conhecimento d...
Cl 1:13

“… nos libertou do poder das trevas …” (do domínio)

A primeira coisa da qual o homem precisa ser salvo é do domí...
então esta lei em mim, que, mesmo querendo eu fazer o bem, o mal está
comigo.
O homem precisa ser salvo não só do que ele ...
¬ Deus poderia condenar o homem simplesmente porque rejeita a salvação que lhe
é oferecida de graça.
O homem só precisa ex...
• Não por obras
• Se é pela graça já não é mais por obras, senão a graça deixa de ser graça
¬ Exercitamos a nossa fé na ob...
Gl 2:16
“Sabendo, contudo, que o homem não é justificado por obras da lei, mas sim, pela
fé em Cristo Jesus, temos também ...
•
•
•
•

Nos
Nos
Nos
Nos

liberou de Satanás
libertou do pecado
livrou da morte
deu paz com Deus

¬ Uma completa salvação ...
3) Glorificação do corpo
O objetivo final na ressurreição ou arrebatamento, quando receberemos um corpo
semelhante ao de C...
Is 63:8
"...pai e cirador..."
Jr 3:4
"...pai meu..."
Jr 3:19
"...te porei entre os filhos..."
Ml 2:10
"Não temos nós todos...
¬ Nós temos um alvo. A vida de um discípulo deve convergir para este alvo.
(família, trabalho, estudos, namoro, etc.)
A no...
Hb 2:10
"Porque convinha que aquele, para quem são todas as coisas, e por meio de quem
tudo existe, em trazendo muitos fil...
DE
ATRAVÉS
PARA

: Vendo do supremo ponto de referência
: Vendo todas as partes integradas
: Vendo o supremo ponto de coor...
O pecado causou uma necessidade e Deus resolveu: enviou Jesus. Mas agora temos
que olhar não para a necessidade causada pe...
Ele é a resposta para todas as perguntas
¬ Deus corrige a distorção por completo, tira o homem do centro e coloca Jesus no...
O homem se coloca no centro e passa a analisar tudo de acordo com seus próprios
interesses.
Este quadro precisa ser corrig...
Queda
ATRAVÉS
Em Revelação
Em Correção

Em revelação : Tudo é revelado pelo Pai. Ele mesmo se revelando.
Em correção : A o...
D  A queda
Se partirmos da queda do homem, a ênfase máxima seria a redenção em Cristo.
A redenção tem seu legítimo valor,...
A linha prosseguiria reta. O homem criado segundo a imagem de Deus cresceria, se
multiplicaria e formaria uma grande famíl...
 Em Cristo. (v3)
Em quem nos escolheu?
 Em Cristo. (v4)
Quando?
 Antes da fundação do mundo.
Por meio de quem nos prede...
O

QUE É SER UM

DISCÍPULO

Introdução
Jesus não apenas informou e ensinou. Ele formou discípulos. A Igreja do Senhor
Jesu...
Sabes que o Senhor hoje tomará o teu senhor por sobre a tua cabeça? E ele disse:
Sim, eu o sei; calai-vos. E Elias lhe dis...
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
44468 os-fundamentos-corrigido
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

44468 os-fundamentos-corrigido

746 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

44468 os-fundamentos-corrigido

  1. 1. os FUNDAMENT OS da fé cristã DOUTRINAS ESSENCIAIS COMUNIDADE CRISTÃ 1
  2. 2. SEMEANDO VIDA 2
  3. 3. O FUNDAMENTO O que é Fundamento? Fundamento significa base, alicerce, fundação. Quando olhamos para uma casa não notamos o seu alicerce, mas ele é a base para toda a edificação. O fundamento é necessário, pois não podemos edificar uma casa sem alicerce. Os Fundamentos da Fé são necessários, pois neles apoiamos toda a nossa Fé. Não são coisas relativas, que com o tempo podem variar ou se adaptar a uma determinada situação. Os fundamentos nunca vão mudar, são absolutos. Nunca se revoga ou se muda algo absoluto. O Fundamento de Deus Ef 2:19-22 - “Assim, pois, não sois mais estrangeiros, nem forasteiros, antes sois concidadãos dos santos e membros da família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, sendo o próprio Cristo Jesus a principal pedra da esquina; no qual todo o edifício bem ajustado cresce para templo santo no Senhor, no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito”. I Co 3:11 - “Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo”. Jesus é o único fundamento da Igreja. Antes de conhecermos Jesus, nos “firmávamos” em qualquer coisa: dinheiro, bens, emprego, relacionamentos, etc. Mas Deus só edificará se o fundamento for Jesus. Hb 5:11-14 - “Sobre isso temos muito que dizer, mas de difícil interpretação, porquanto vos tornastes tardios em ouvir. Porque, desde a infância sabes as sagradas letras, que podem necessitais de que se vos torne a ensinar os princípios elementares dos oráculos de Deus, e vos haveis feito tais que precisais de leite, e não de alimento sólido. Ora, qualquer que se alimenta de leite é inexperiente na palavra da justiça, pois é criança; mas o alimento sólido é para os adultos, os quais têm, pela prática, as faculdades exercitadas para discernir tanto o bem como o mal”. Estes cristãos a respeito dos quais o autor de Hebreus fala acima, por não estarem bem fundamentados, tinham que continuar tomando leite. Porém, o objetivo de Deus para cada um de nós é que nos tornemos mestres: Aprendemos para depois ensinarmos.  As coisas de Deus são simples, por isso não estamos estudando teologia, escatologia ou fazendo estudo bíblico. Tratamos de assuntos práticos nas nossas vidas. Lc 6:46-49 - “E por que me chamais: Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu vos digo? Todo aquele que vem a mim, e ouve as minhas palavras, e as pratica, eu vos mostrarei a quem é semelhante: É semelhante ao homem que, edificando uma casa, cavou, abriu profunda vala, e pôs os alicerces sobre a rocha; e vindo a enchente, bateu com ímpeto a torrente naquela casa, e não a pôde abalar, 3
  4. 4. porque tinha sido bem edificada. Mas o que ouve e não pratica é semelhante a um homem que edificou uma casa sobre terra, sem alicerces, na qual bateu com ímpeto a torrente, e logo caiu; e foi grande a ruína daquela casa”. Neste texto vemos dois tipos de pessoas: • Uma que ouviu e praticou a palavra, cavou bem fundo - não foi abalada. • Outra que ouviu e não praticou, sem alicerce - grande ruína. Podemos edificar duas casas idênticas, seguindo a mesma planta, uma com alicerce e outra sem alicerce. Uma vai prevalecer e outra vai cair. Se gastarmos mais tempo cavando fundo o alicerce para só depois edificarmos a casa, o resultado será duradouro. Devemos cavar até chegar na Rocha, que é Jesus. E cavar é arrancar tudo que é nosso, limpar de nossas vidas tudo que não vem de Deus. Os quatro tipos de solo – A parábola do Semeador- Mt 13:3-23 / Mc 4:2-20 / Lc 8:4-15 Uma parábola é uma estória que contém algum ensino moral. Jesus falava por parábolas para mostrar os princípios. Ele repetia com freqüência a frase: “quem tem ouvidos para ouvir, ouça”. Os discípulos não entenderam muito bem a parábola, muito menos a multidão. Mas os discípulos pediram e Jesus explicou. “Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado”. Jesus quer encontrar corações receptivos e abertos que queiram compreender de fato. A semente é a Palavra de Deus. O semeador é quem anuncia a Palavra de Deus. O solo é aquele que ouve a Palavra. A semente é boa. O semeador não é o problema. O problema está no solo. Nesta parábola identificamos quatro tipos de solos: 1) CORAÇÃO DURO - Mt 13:19 - “A todo o que ouve a palavra do reino e não a entende, vem o Maligno e arrebata o que lhe foi semeado no coração; este é o que foi semeado à beira do caminho”. • O Diabo rouba a palavra • Ouve de mal grado, não aceita. Lc 8:12 ainda menciona que não chega nem a se converter. 2) CORAÇÃO VOLÚVEL, INCONSTANTE - Mt 13:20 - “E o que foi semeado nos lugares pedregosos, este é o que ouve a palavra, e logo a recebe com alegria; mas não tem raiz em si mesmo, antes é de pouca duração; e sobrevindo a angústia e a perseguição por causa da palavra, logo se escandaliza”. • Ouve a palavra, fica animado, alegre, mas não tem raiz em si mesmo (convicção) • Não tem convicção própria, não experimentou a Jesus verdadeiramente. • Não tem fé em Jesus (no fundamento), tem fé na fé dos outros. • Não tem experiência própria. • Mc 4:17 - pouca duração • Lc 8:13 - na hora da provação se desviam 3) CORAÇÃO DIVIDIDO - Mt 13:22 - “E o que foi semeado entre os espinhos, este é o que ouve a palavra; mas os cuidados deste mundo e a sedução das riquezas sufocam a palavra, e ela fica infrutífera”. 4
  5. 5. • • • • • • Chega quase a frutificar mas não frutifica. Não LIMPA A VIDA e as ervas daninhas sufocam a palavra. Está divido entre Jesus e si mesmo. Mc 4:18-19 - Fica infrutífera. Lc 8:14 - Não dão fruto com perfeição. “Quem não é por mim é contra mim, quem comigo não ajunta espalha” Mt 12:30 • “Não podeis servir a dois senhores...” Mt 6:24 É a Palavra de Deus que limpa o nosso coração - Hb 11:4-12. Ela é o instrumento, mas quem tem que arrancar os espinhos somos nós. 4) CORAÇÃO BOM - Mt 13:23 - “Mas o que foi semeado em boa terra, este é o que ouve a palavra, e a entende; e dá fruto, e um produz cem, outro sessenta, e outro trinta”. • Ouve e compreende. • A palavra não pode ficar só na mente, ela tem que penetrar no coração. • Mc 4:20 - Recebem a Palavra - não é presunçoso, soberbo, não acha que já sabe. • Lc 8:15 - Ouvem a palavra com coração honesto e bom, • Conservam, retêm • Dão fruto com perseverança A nossa fé é uma chave poderosa que abre as portas da Graça de Deus. "... pela graça sois salvos, mediante a fé...". E esta fé tem que estar apoiada em algo sólido, firme, absoluto: a pessoa de Jesus Cristo, o Senhor. 5
  6. 6. O EVANGELHO DO REINO Gl 1:6-9 - “Estou admirado de que tão depressa estejais desertando daquele que vos chamou na graça de Cristo, para outro evangelho, o qual não é outro; senão que há alguns que vos perturbam e querem perverter o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema. Como antes temos dito, assim agora novamente o digo: Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema”. Desde o início da Igreja começaram a ser pregados outros evangelhos, que nem Jesus nem os apóstolos pregaram (distorções). E hoje em dia isto não é diferente. • O que Jesus pregou? • O que os apóstolos pregaram? A parábola do semeador Mt 13:3-9 • Jesus fala com a multidão através de parábolas e as pessoas não entendiam • Os discípulos perguntam o porquê e Ele explica. Mt 13:10-17 • Os mistérios não eram revelados à multidão porque não tinham um coração disposto, mas aos discípulos Ele explicava. Mt 13:18-23 • O agricultor se preocupa com a qualidade da semente para não perder toda a colheita. • Quatro tipos de solo, O semeador, A semente. O Semeador  Quem era o semeador?  JESUS  O que Ele queria colher?  DISCÍPULOS No livro de Atos, temos registrado o resultado da primeira semeadura. A Igreja de Atos é o resultado da semeadura de Jesus. E qual foi o resultado? • Toda a Igreja tinha graça para sofrer pelo nome de Jesus • Os cristãos iam para a arena alegres, cantando (segundo os próprios historiadores da época - pagãos) • O amor entre eles era notório. Eram reconhecidos pelo amor, não pelo falar, pelo vestir etc. • A santidade era notória. As pessoas pagãs que tinham contato com a Igreja ficavam convictas do seu pecado). A Semente 6
  7. 7.  Qual era a semente?  A Palavra do Reino, Evangelho do Reino. Mt 4:23 - “E percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino, e curando todas as doenças e enfermidades entre o povo”. Mt 9:35 - “E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino, e curando toda sorte de doenças e enfermidades”. Mt 24:14 - “E este evangelho do reino será pregado no mundo inteiro, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim”. Quantos evangelhos existem? testemunhas.  Um só, apresentado por quatro Lc 4:43 - “Ele, porém, lhes disse: É necessário que também às outras cidades eu anuncie o evangelho do reino de Deus; porque para isso é que fui enviado”. Lc 8:1 - “Logo depois disso, andava Jesus de cidade em cidade, e de aldeia em aldeia, pregando e anunciando o evangelho do reino de Deus; e iam com ele os doze” Lc 16:16 - “A lei e os profetas vigoraram até João; desde então é anunciado o evangelho do reino de Deus, e todo homem forceja por entrar nele”. At 8:12 - “Mas, quando creram em Filipe, que lhes pregava acerca do reino de Deus e do nome de Jesus, batizavam-se homens e mulheres”. At 19:8 - “Paulo, entrando na sinagoga, falou ousadamente por espaço de três meses, discutindo e persuadindo acerca do reino de Deus”. At 20:25 - “E eis agora, sei que nenhum de vós, por entre os quais passei pregando o reino de Deus, jamais tornará a ver o meu rosto”. At 28:23 - “Havendo-lhe eles marcado um dia, muitos foram ter com ele à sua morada, aos quais desde a manhã até a noite explicava com bom testemunho o reino de Deus e procurava persuadi-los acerca de Jesus, tanto pela lei de Moisés como pelos profetas”. At 28:30-31 - “E morou dois anos inteiros na casa que alugara, e recebia a todos os que o visitavam, pregando o reino de Deus e ensinando as coisas concernentes ao Senhor Jesus Cristo, com toda a liberdade, sem impedimento algum”. Esta era a semente. Quando Jesus inicia seu ministério ele diz: “Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.”- Mt 3:2 O Pecado Nós vivemos num planeta enfermo: • Há uma doença pior que o câncer, que a AIDS: O Pecado • Há um remédio que Jesus trouxe para o pecado: O Evangelho do Reino O que é pecado? Rm 5:12 - “Portanto, assim como por um só homem (Adão) entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram” 7
  8. 8. Qual foi o pecado de Adão? Em Gênesis 3:1-17 vemos como esta doença entrou na raça humana: “Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim? Respondeu a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim podemos comer, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais. Disse a serpente à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal. Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu. Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; pelo que coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais”. • O homem tinha comunhão perfeita com Deus • Relacionamento, alegria, sem preocupações, abundância. • O que o diabo ofereceu?  Entendimento • Arriscaram tudo e desobedeceram pela oportunidade de viver por conta própria. • “Eu vou ser o meu deus.”  Independência de Deus Ao pecar o homem se tornou independente e por isso inútil para o propósito de Deus.  O pecado não é o que o homem faz, é uma atitude interior, um princípio de vida interior de independência de Deus. (Eu sou dono do meu nariz, ninguém manda na minha vida) Sl 51:5 - “Eis que eu nasci em iniqüidade, e em pecado me concedeu minha mãe”. Não foi nada que ele fez nem seus pais. Toda criança quando nasce já traz o pecado, a raiz de independência. Porém, note que há uma diferença entre pecado e pecados: Pecado (Atitude) Pecados (Atos) Atitude interior de amar a Rebeldia, inveja, sua independência (gostar inimizades, de ser senhor de si mesmo) desobediência, adultério, vícios, mentira, etc. Não é preciso fazer força para pecar, é natural. A desobediência de Adão foi um fruto de sua rebelião interior. O Remédio Jesus não trouxe um remédio para as conseqüências do pecado, mas sim para a raiz do pecado. O que é o Reino de Deus? 8
  9. 9.  O Reino de Deus é o fim da independência do homem Mesmo que podemos os galhos, se não houver mudança de atitude eles voltam a brotar. (continua sendo rebelde) Ira Rebeldia Roubo Adultério Avareza Contenda Glutonaria Consequências Raiz Atos • A oração de um rebelde é pecado • A oferta de um rebelde é pecado • O bons atos de um rebelde são pecado O Homem está perdido porque é rebelde, independente de Deus. Atitude Independência O Senhorio de Jesus Cristo  Jesus  Κυριοσ autoridade+etc) (Kurios) Senhor (Dono+Governante supremo+Máxima Quando uma pessoa é salva, ela entra para o reino de Deus e está debaixo do governo de Jesus Cristo. Ela é salva da sua independência para ser dependente de Jesus. O senhorio de Jesus não é uma opção para ser salvo, é uma condição. Mt 16:24 - “Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e siga-me”.  Não podemos prometer a vida eterna para alguém que continua independente de Jesus. Mc 10:17-22 - “Ora, ao sair para se pôr a caminho, correu para ele um homem, o qual se ajoelhou diante dele e lhe perguntou: Bom Mestre, que hei de fazer para herdar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? ninguém é bom, senão um que é Deus. Sabes os mandamentos: Não matarás; não adulterarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; a ninguém defraudarás; honra a teu pai e a tua mãe. Ele, porém, lhe replicou: Mestre, tudo isso tenho guardado desde a minha juventude. E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Uma coisa te falta; vai vende tudo quanto tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, segue-me. Mas ele, pesaroso desta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitos bens”. • Era dono, possuía... • O deus dele eram suas posses. Seu coração estava nelas. Lc 19:1-10 - “Tendo Jesus entrado em Jericó, ia atravessando a cidade. Havia ali um homem chamado Zaqueu, o qual era chefe de publicanos e era rico. Este procurava ver quem era Jesus, e não podia, por causa da multidão, porque era de pequena estatura. E correndo adiante, subiu a um sicômoro a fim de vê-lo, porque 9
  10. 10. havia de passar por ali. Quando Jesus chegou àquele lugar, olhou para cima e disse-lhe: Zaqueu, desce depressa; porque importa que eu fique hoje em tua casa. Desceu, pois, a toda a pressa, e o recebeu com alegria. Ao verem isso, todos murmuravam, dizendo: Entrou para ser hóspede de um homem pecador. Zaqueu, porém, levantando-se, disse ao Senhor: Eis aqui, Senhor, dou aos pobres metade dos meus bens; e se em alguma coisa tenho defraudado alguém, eu lho restituo quadruplicado. Disse-lhe Jesus: Hoje veio a salvação a esta casa, porquanto também este é filho de Abraão. Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido”. • • • • • • Era rico, proeminente. Subiu numa árvore para ver. Jesus manda e ele obedece sem questionar nada. Recebeu Jesus com alegria. Ele se despojou de seus bens sem que Jesus tocasse no assunto. Entendeu o que era ter Jesus como Senhor. Deixou de ser independente.  A renúncia é uma condição para se converter. A porta é estreita - não existe a porta média! Nem Jesus nem os apóstolos usavam aquela famosa frase: “Quem quer aceitar Jesus como seu salvador?” Mas sim: “Negue-se a si mesmo. Renuncie a tudo, inclusive a você”. Eles pregavam uma submissão incondicional a Jesus. O Arrependimento  Para isso é necessário arrependimento  Meta,noia (metanoia)  Mudança de atitude. • • • • • Deixa de ser senhor para ser servo. Deixa de ser independente para ser dependente. Mudança de governo. Transformação de caráter. Corta-se a raiz da árvore - Lc 3:9 Lc 14:26-27;33 - “Se alguém vier a mim, e não aborrecer a pai e mãe, a mulher e filhos, a irmãos e irmãs, e ainda também à própria vida, não pode ser meu discípulo. Quem não leva a sua cruz e não me segue, não pode ser meu discípulo”. “Assim, pois, todo aquele dentre vós que não renuncia a tudo quanto possui, não pode ser meu discípulo”. • Condição para se tornar discípulo. • Calcular o preço (v28 e v31) Lc 9:57-62 - “Quando iam pelo caminho, disse-lhe um homem: Seguir-te-ei para onde quer que fores. Respondeu-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos; mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça. E a outro disse: Segue-me. Ao que este respondeu: Permite-me ir primeiro sepultar meu pai. Replicou-lhe Jesus: Deixa os mortos sepultar os seus próprios mortos; tu, porém, vai e anuncia o reino de Deus. Jesus, porém, lhe respondeu: Ninguém que lança mão do arado e olha para trás é apto para o reino de Deus.” 10
  11. 11. • • • • • Todos queriam seguir a Jesus. Jesus aplica Lc14:26-27;33 “Deixa primeiro...” - condições Jesus é quem determina as condições. Ele não admite o segundo lugar.  O preço é TUDO. O primeiro Adão quis fazer a própria vontade, O segundo Adão (Cristo) se submeteu completamente a Deus. Os dois reinos Rm 14:17 - “Porque o reino de Deus não consiste no comer e no beber, mas na justiça, na paz, e na alegria no Espírito Santo”. Cl 1:12-13 - “Dando graças ao Pai que vos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz, e que nos tirou do império das trevas, e nos transportou para o reino do seu Filho amado”. Existem 2 reinos: • O Reino das Trevas • O Reino da Luz O que é um reino?  É um estado ou país governado por um rei. Em um reino existem pelo menos duas classes de pessoas: • O rei  que governa o reino e de quem é o reino. • Os súditos  que vivem no reino, obedecem e se sujeitam à autoridade do rei. Não pode haver reino sem rei, nem rei sem súditos. Todas as pessoas estão em um desses dois reinos: ou no reino das trevas ou no reino da luz. Não existe meio termo. Toda pessoa desde quando nasce, está no reino das trevas. Por quê? Por causa da Independência decretada por Adão. Por causa disso a natureza humana desde Adão até hoje está em pecado (reino das trevas). O pecado (independência do homem) faz com que ele não se submeta ao governo de Deus e viva segundo a própria vontade. Jz 21:25 - “Naqueles dias não havia rei em Israel; cada um fazia o que parecia bem aos seus olhos”. Ef 2:1-9 - “Ele vos vivificou, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais outrora andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos de desobediência, entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como também os demais. Mas Deus, sendo rico em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), e nos ressuscitou juntamente com 11
  12. 12. ele, e com ele nos fez sentar nas regiões celestes em Cristo Jesus, para mostrar nos séculos vindouros a suprema riqueza da sua graça, pela sua bondade para conosco em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, mediante a fé e isso não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie”. Este é o relato da história de todo homem que nasce de novo. • • • • • Estando nós mortos nos nossos delitos e pecados Segundo o curso deste mundo Segundo o príncipe das potestades do ar Filhos da desobediência Filhos da ira Jesus é quem opera em nós a mudança de reino. • • • • Só Ele é capaz de fazer esta obra Não conseguimos por sacrifício Nem por boas obras Mas pela Graça, mediante a Fé Ele nos libertou do império das trevas. Fomos tirados de um reino e colocados em outro. Porém, o Reino de Deus não é o céu, não é a outra vida. O Reino de Deus começa quando nós cremos em Jesus. Reino decorativo Vejamos como exemplo a rainha Elizabete da Inglaterra. Ela recebe atenção de todos, participa de muitas festas, é procurada pela imprensa, aparece nos noticiários e jornais, vive no maior luxo e com toda mordomia. Mas ela não manda nada, não governa nada. Existe um 1o ministro, um parlamento e as câmaras que realmente governam a Inglaterra. Ela reina, mas não governa. É uma figura decorativa. A Igreja de um modo geral se tornou uma Inglaterra espiritual. Todos concordam que Jesus é rei, que ele reina, mas não se submetem ao seu governo. Todos dizem que ele é rei: as músicas, os hinos, as orações, os líderes, o povo. Mas ele governa? Se olharmos para isso, veremos que ele reina, mas não governa a vida de determinadas pessoas. Por isso a Igreja tem estado longe do propósito de Deus. Porém, Jesus reina e governa de fato. Sl 2:1-9 - “Por que se amotinam as nações, e os povos tramam em vão? Os reis da terra se levantam, e os príncipes juntos conspiram contra o Senhor e contra o seu ungido, dizendo: Rompamos as suas ataduras, e sacudamos de nós as suas cordas. Aquele que está sentado nos céus se rirá; o Senhor zombará deles. Então lhes falará na sua ira, e no seu furor os confundirá, dizendo: Eu tenho estabelecido o meu Rei sobre Sião, meu santo monte. Falarei do decreto do Senhor; ele me disse: Tu és meu Filho, hoje te gerei. Pede-me, e eu te darei as nações por herança, e as extremidades da terra por possessão. Tu os quebrarás com uma vara de ferro; tu os despedaçarás como a um vaso de oleiro”. 12
  13. 13. O fato das pessoas não se submeterem a Ele não significa que Ele perdeu a autoridade, ou que não tem poder. Todos que não o obedecem sofrem as conseqüências. As características de cada reino 1. Cada reino tem a sua lei  Qual a lei do reino das trevas? Viva como quiser. Ef 2:3 - “Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como também os demais”. • • • • Eu não tenho que dar satisfação para ninguém Ninguém manda no meu nariz Eu sou dono da minha vida Faço o que me der na telha. Mesmo na Igreja muitas pessoas depois de convertidas acham que são donas de suas vidas e continuam teimando em viver como pensam e acham - ACHOLOGIA. Mt 7:21-23 - “Nem todo que me diz Senhor, Senhor...” Qual a lei do reino da Luz? Viva como Jesus quer. • Submissão a Jesus • Obedecer sempre, não só quando for conveniente. 2. Cada reino tem seu idioma Pelo idioma podemos detectar a nacionalidade das pessoas (japonês, alemão, grego, português).  O idioma que falamos evidencia a que reino nós pertencemos. Se pudéssemos fazer uma excursão até o inferno, o que ouviríamos: • • • • • Choro Ranger de dentes Gemidos (Obs O diabo não está no inferno, mas vai para lá.) Reclamações Murmurações (maledicências) Nossa maneira de falar mostra quem está reinando em nosso coração. Lc 6:45 “pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca”. Ex.: O que se ouve nos pontos de ônibus, filas de banco, orelhões? contagioso. Qual é o idioma do reino das trevas? 13 - isso é
  14. 14.  A Murmuração Qual o idioma do reino da luz?  O Louvor Louvor não significa cânticos ou música. A música é apenas uma maneira de se expressar o louvor. Louvor é uma atitude interior de contentamento. Alguns crentes, no entanto, estão na fronteira entre os dois reinos. Seu idioma é uma mistura dos dois: Louvormuração (semelhante ao portunhol). Se pudéssemos medir a espiritualidade de uma pessoa, ela seria proporcional a sua gratidão. Ef 5:20 - “Sempre dando graças por tudo a Deus, o Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo”. I Ts 5:18 - “Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco”. Rm 8:28 - “E sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”. 3. Cada reino tem sua bandeira As cores e a disposição delas identificam a nação. Normalmente não têm palavras, elas não fazem falta.  A bandeira é algo que se vê Qual é a bandeira do reino da luz? O que Jesus disse que nos identificaria? - O Amor Jo 13:34-35 - “Um novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei a vós, que também vós vos ameis uns aos outros. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros”. Jesus não disse que a Igreja seria conhecida pelo tipo de roupa, tipo de cabelo, lugar que se reúne, etc. mas sim pelo amor. Mesmo os escritores e historiadores pagãos dizem: “Quando você vê duas pessoas juntas que nunca se viram antes mas se amam, ali estão dois cristãos”. Qual é a bandeira do reino das trevas? - O Egoísmo • • • • Tudo girando em torno do EU. Atenção voltada para mim. Tudo converge para mim. EU sou o centro de tudo.  O Amor não é uma opção, uma exortação ou um conselho de Deus. É um mandamento. Rei Lei Reino Trevas Satanás Viva das Reino da Luz Referência s Jesus Mt 25:34 como Viva como Jesus Mt 7:21 14
  15. 15. Idioma Bandeira quiser Murmuração Egoísmo quer Louvor Amor I Ts 5:18 Jo 13:34-35 Em que reino você está? Podemos usar um filtro: A Palavra de Deus. I Jo 2:9-11 - “Aquele que diz estar na luz, e odeia a seu irmão, até agora está nas trevas. Aquele que ama a seu irmão permanece na luz, e nele não há tropeço. Mas aquele que odeia a seu irmão está nas trevas, e anda nas trevas, e não sabe para onde vai; porque as trevas lhe cegaram os olhos”. Odiar  Aborrecer  Amar menos  pôr em segundo lugar. I Jo 3:10 - “Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do Diabo: quem não pratica a justiça não é de Deus, nem o que não ama a seu irmão”. I Jo 3:14 - “Nós sabemos que já passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama permanece na morte”. Deve haver o amor. Não basta não odiar. Se dissermos que “não temos nada” com o irmão não temos amor. A quem eu devo amar? • Amar os irmãos • Amar o próximo • Amar os inimigos Jo 13:34-35 Mc 12:32-33 Mt 5:44 O mundo não sabe distinguir o amor. • Amor não é sexo. • Amor não é sentimento. I Jo 3:16 - “Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e nós devemos dar a vida pelos irmãos” (comparar com Jo 3:16) I Jo 3:18 - “Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obras e em verdade”. Amor prático O amor não vem por você dobrar o joelho e ficar orando: me dá amor, me dá amor! • • • • Vem pelo obedecer Obedecer a palavra de Deus Não é sentimento, é prática Agir com fé (Ex.: Se um irmão passa e não me cumprimenta ou não vê, mesmo assim eu sei que ele me ama, e eu de minha parte vou amá-lo)  Na Bíblia não há nenhum mandamento de que os outros têm que amar você. A palavra é AME. (você é quem tem que amar) 15
  16. 16. O amor de Deus nos livra do espírito de suspeita: • Por que ele não me cumprimentou? • Estão falando de mim...  A iniciativa de amar deve partir de nós O nosso amor deve ser prático, demonstrado através do nosso agir, falar, ouvir. Pelo fato de termos recebido e experimentado do amor de Cristo, somos capacitados a amar como Ele. O amor de Cristo nos capacita a amarmos as pessoas. Mesmo em situações difíceis e em casos complicados devemos amar as pessoas envolvidas, não importando se o pivô da situação sou eu se é o outro.  Quando eu abraço um irmão e digo: “Eu te amo”. Eu estou dando a ele o direito de me magoar. (o amor sempre perdoa.)  Quando somos transportados do reino das trevas para o reino da luz apagam-se os holofotes que estavam acesos sobre nós e passamos a nos concentrar no Senhor e nas outras pessoas. 16
  17. 17. ARREPENDIMENTO A Porta do Reino Quando o Evangelho do Reino chega até nós, revelando a pessoa de Jesus Cristo como Senhor, sua obra por nós na cruz e a nossa real condição de pecado, gera em nós um confronto, uma consciência de que é preciso mudança. Em Atos 2:22-36, Pedro fala sobre Jesus, Sua vida, Sua obra, Seus milagres, prodígios e sinais, Sua morte na cruz, Sua ressurreição, exaltação, e finalmente termina proclamando que Jesus Cristo é o Senhor. Isto gerou fé no coração das pessoas, que perguntaram: At 2:37 - "E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, irmãos?" (ou seja, “o que faremos para ENTRAR neste Reino?”) Pedro então responde indicando a porta de entrada do reino de Deus: At 2:38 - Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo. Para entrar no reino de Deus existe uma porta pela qual temos que passar. Ninguém se coloca sob o governo de Deus sem passar por ela  ARREPENDIMENTO Esta é a porta do Reino de Deus. É a porta porque está no início de nossa vida cristã. Após passarmos por ela iniciamos nossa caminhada no Reino. A FÉ não é a porta do reino (não basta só crer e pronto), mas é a chave para passarmos pela porta. Quando o evangelho nos é anunciado, nós exercitamos a fé, cremos em Jesus e agora vamos passar pela porta e entrar no reino. Estas são coisas que determinam o reino de Deus na vida de uma pessoa. Arrependimento Precisamos entender bem o que é arrependimento pois estamos cercados de conceitos do mundo e conceitos religiosos que não definem bem a questão. Já vimos que Jesus pregava o evangelho do reino, a boa notícia da chegada do reino de Deus no coração das pessoas. ("reino de Deus está dentro de vós") Mas antes de Jesus, veio João Batista para preparar o caminho do Senhor, para preparar o coração das pessoas para a chegada do Reino. Qual era a pregação de João Batista? Mt 3:1-2 - “Naqueles dias apareceu João, o Batista, pregando no deserto da Judéia, dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.” v8 "Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento," Como Jesus inicia a pregação do evangelho? Mt 4:17 - “Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.” 17
  18. 18. Por que Tanto Jesus quanto João Batista e os apóstolos anunciam primeiro o arrependimento? Porque o arrependimento está na porta do reino. É algo interior que deve acontecer com a pessoa para que o reino de Deus se estabeleça em sua vida. Porque isso é necessário? O problema do homem Precisamos saber qual é o problema para depois saber a solução do problema. Qual é o Problema do homem com Deus? Gn 3:1-7 - “Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim? Respondeu a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim podemos comer, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais. Disse a serpente à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal. Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu. Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; pelo que coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.” Adão tinha uma vida perfeita no Éden. Até a natureza naquele tempo era mais bela, sem abrolhos nem espinhos. Ele tinha comunhão com Deus, que passeava no jardim na viração do dia. Qual foi a oferta da serpente? Dar entendimento e conhecimento. Por que isso foi tentador? Porque eles quiseram entendimento e conhecimento vindos de uma árvore e não de Deus? • Eles já estavam de olho naquela árvore. Haviam outras de boa aparência bons frutos. • Havia uma atitude interior que fez com que eles desobedecessem. Independência • Tendo entendimento e conhecimento eles poderiam ser independentes de Deus. • Não precisariam mais de Deus e poderiam viver do jeito que quisessem. Foi assim que o pecado entrou no mundo.  Havia uma atitude interior de independência no coração do homem que foi expressada pela desobediência. Rm 5:12 - “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram.” Quando Adão pecou, sua natureza humana se degenerou. O pecado tornou-se parte de sua natureza e também herança de toda a raça humana, pois todos são descendentes de Adão. (Gn 5:1-2) 18
  19. 19. Rm 5:19 - “Porque, assim como pela desobediência de um só homem muitos foram constituídos pecadores, assim também pela obediência de um muitos serão constituídos justos.” Todos são pecadores, pois todos vêm de Adão, logo, todos precisam de cura para esta doença chamada pecado. O problema de Adão é o problema de toda a raça humana.  O maior problema do homem com Deus não é o que ele faz, mas o que ele é. É a sua atitude interior de Independência de Deus. Temos que ter este entendimento: • Pecado: Atitude interior de independência • Pecados: Atos pecaminosos causados pela independência de Deus Por causa desta independência, meus atos do dia a dia não vão agradar a Deus. Nem as coisas boas. • • • • • O mal faz parte da natureza do homem. Ninguém faz força para falar mal dos outros. Ninguém faz força para xingar Ninguém faz força para ficar ressentido Ninguém faz força para mentir, etc. É suficiente que o homem abandone alguns pecados mais grosseiros como beber, fumar mentir e creia em Jesus sem resolver seu problema com Deus que é ser independente? NÃO! E o restante: insubmissão, rebeldia, egoísmo, orgulho, irresponsabilidade? Deus não trata com o homem de maneira superficial, Ele quer atingir a raiz do problema. Um médico não receita um band-aid para curar úlcera. Ira Rebeldia Roubo Adultério O que é arrependimento? Contenda  Arrependimento é mudança de atitude. Mudança de mentalidade. Avareza Glutonaria A palavra arrependimento vem do grego METANÓIA que quer dizer mudança de mente, mudança de atitude interior. Arrependimento é diferente de remorso. Remorso é um sentimento de culpa, inquietação da consciência por culpa ou crime cometido, mordimento e remordimento, bicho da consciência. Atos Mudamos Atitude a nossa atitude interior de independência (e rebeldia) e passamos a ser dependentes de Deus (e submissos). Temos que ter consciência do nosso pecado. O evangelho começa dizendo que há um Deus Independência irado com o homem (Ef 2:1-4 Jo 3:36). Antes de sabermos as boas notícias a respeito de Jesus, temos que saber as más notícias a nosso respeito.  Há uma doença mortal em nós, pior do que o câncer e que a AIDS, o pecado. E o remédio para ela é o arrependimento. 19
  20. 20. De que o homem deve se arrepender? • De si mesmo. (sua condição) • De seu pecado, (a independência de Deus) • De seus pecados, (atos pecaminosos causados pela independência.) Mudando nossa atitude, mudamos também nossos atos. Se mudarmos somente os atos sem mudar de atitude, continuamos em pecado. O que o arrependimento produz?  Deixamos de ser independentes e passamos a ser dependentes de Deus. Como isso vai funcionar na prática? Mudança de atitude em relação aos outros, como: • • • • • • Maridos Esposas Filhos Empregados Patrões Namorados Agora podemos depender de Deus, buscar Sua direção e obedecê-Lo em todas as áreas da nossa vida. Agora a árvore tem sua raiz em outro lugar (no Senhor) e vai começar a dar outros frutos. Isso não significa que nunca mais vamos pecar. Se começarmos a agir por conta própria, já estamos pecando.  O arrependimento não é um sentimento de culpa pelo pecado. Este sentimento ocorre quando colhemos as frutos do pecado. Por meio do arrependimento temos nosso interior totalmente mudado e passamos a ter uma atitude correta para com Deus. Toda pregação de Jesus estava repleta desta mensagem: • Arrependei-vos! • É chegado o Reino de Deus (quem passa a governar agora é Deus) • Levava o homem a uma transformação interior de submissão e dependência de Deus. O que é necessário para se arrepender? O que é necessário para se arrepender (mudar de atitude) e se tornar um verdadeiro discípulo de Jesus? É Jesus quem estabelece as condições para isso: Lc 14:26-33 - Ora, iam com ele grandes multidões; e, voltando-se, disse-lhes: Se alguém vier a mim, e não aborrecer a pai e mãe, a mulher e filhos, a irmãos e irmãs, e ainda também à própria vida, não pode ser meu discípulo. Quem não leva a sua cruz e não me segue, não pode ser meu discípulo. Pois qual de vós, querendo 20
  21. 21. edificar uma torre, não se senta primeiro a calcular as despesas, para ver se tem com que a acabar? Para não acontecer que, depois de haver posto os alicerces, e não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a zombar dele, dizendo: Este homem começou a edificar e não pode acabar. Ou qual é o rei que, indo entrar em guerra contra outro rei, não se senta primeiro a calcular se com dez mil pode sair ao encontro do que vem contra ele com vinte mil? No caso contrário, enquanto o outro ainda está longe, manda embaixadores, e pede condições de paz. Assim, pois, todo aquele dentre vós que não renuncia a tudo quanto possui, não pode ser meu discípulo. Quatro coisas são necessárias: 1)Negar-se a si mesmo (v26) - Não só aos pecados, mas a si mesmo. 2)Tomar a sua cruz (v27) - O que é tomar a cruz?  entregar a própria vida. Mc 8:34-35 - E chamando a si a multidão com os discípulos, disse-lhes: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas quem perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, salvá-la-á. 3)Perder a própria vida Até hoje quem governava minha vida era eu. Mas agora eu perco a minha vida, pois a entrego a Deus. Deus só pode governar minha vida se eu a entrego voluntariamente a Ele. Devo estar disposto a perder. A cruz é o lugar onde eu entrego a minha vida (Jesus me incluiu na sua morte, estou crucificado com Ele) 4)Renunciar a tudo por Jesus Se a minha vida já não me pertence, quanto mais o resto! Conversão significa mudança de direção, de governo. Jesus convida as pessoas para morrerem com Ele. Logo "... já não sou mais eu quem vive, mais Cristo vive em mim". O Chamado que Jesus fazia estava associado a algumas condições: "Se alguém quiser ser meu discípulo..." E logo vinham as condições. Não eram coisas opcionais para entrar no reino de Deus, mas sim condições. É essa a mensagem que a Igreja tem pregado? O arrependimento com tudo que ele significa e produz está na porta do reino, Logo na entrada. Mas não é isso que a Igreja de um modo geral tem pregado. Anuncia-se um evangelho "fofinho". • • • • • Voltado para o homem Voltado para as massas Creia e pronto Deus vai te abençoar Prosperidade 21
  22. 22. Depois querem estreitar o caminho. Mas quem vai querer perder a própria vida se já lhe ofereceram salvação e vida eterna sem nenhuma condição? Isto enche a Igreja de pessoas religiosas. Hoje no mundo existem três tipos de pessoas: Família Dinheiro Lazer EU Casa Sexo Estudos Trabalho Etc. Incrédulo Família Dinheiro Lazer EU Família Dinheiro Jesus Lazer Sexo Estudos Trabalho Etc. JESUS Sexo EU Estudos Trabalho Etc. Religioso Discípulo O Incrédulo: Não quer dizer necessariamente ateu. É alguém que não tem interesse em Deus. É ele quem governa e controla todas as áreas de sua vida conforme sua vontade. Tem o EU no centro de sua vida. Vive para si mesmo. O Religioso: É bem diferente do incrédulo. Acredita em Deus, lê a bíblia, ora, canta, vai a reuniões, chama Jesus de Senhor, etc. Mas ainda tem o eu como o centro. Vive para si mesmo. E Deus? Deus existe para abençoá-lo, curá-lo, servi-lo, salvá-lo. É um quebra galho. Este está pior que o incrédulo, pois está se enganando. O Discípulo: Não vive mais para si, vive para Deus. Toda sua vida está estruturada entorno da vontade de Deus. Jesus é o seu Senhor. Este experimentou o verdadeiro arrependimento. Jesus é o centro da sua vida.  O verdadeiro arrependimento tira o homem do centro e coloca Jesus no centro de tudo. Que benção é quando uma pessoa compreende o reino de Deus em sua vida. Está sempre pronta para servir, disposta, alegre, tem um coração grato, é submissa. • • • • Esta pessoa tem problemas? Ela passa por dificuldades? Ela pode vir a pecar? Ela passa por tribulações?     Tem! Passa! Pode! Sim! Mas em todas estas áreas ela tem vitória completa, pois sua vida esta edificada sobre a pessoa de Jesus. Ele é o centro. Ele é o Senhor. 22
  23. 23. O NOVO NASCIMENTO Introdução A porta do reino (At 2:38 / Cl 1:12-13) Existem apenas dois reinos: o reino das trevas e o reino da luz. Todas as pessoas estão no reino das trevas por natureza. Mas o Evangelho é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê. (Rm 1:16). Quando cremos no Evangelho do Reino, entregamos nossas vidas ao Senhor Jesus, nos arrependemos e somos batizados nas águas e no Espírito Santo, mudamos de reino (governo) e nos tornamos discípulos do Senhor.  Jesus nos transporta do reino das trevas para o reino da luz pelo novo nascimento. Não existe nenhuma maneira de mudar de reino a não ser morrer para um reino nascer de novo em outro. Somos transportados de um reino para outro através do novo nascimento. NOVO NASCIMENTO  DEUS FEZ UMA NOVA PESSOA Nós morremos para o mundo, para Satanás, para o pecado e principalmente para nós mesmos e nascemos de novo, passando a viver para Deus. Rm 6:11 - "Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus." Jo 1:1-5 - “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens; a luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela.” Jo 1:10-13 - “Estava ele no mundo, e o mundo foi feito por intermédio dele, e o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus.”  A vida que está em Deus desde antes da fundação do mundo nos é dada em Cristo. Esta vida é a luz dos homens, ela acende em nosso interior cheio de trevas e ilumina todo o nosso ser. Nós então nascemos de novo (nascidos de Deus) e passamos a ser filhos de Deus. Deus nos comunica suas qualidades e somos participantes da natureza de Cristo (nosso irmão mais velho). Somos gerados por Deus. Pai Qualidades Mãe Qualidades Deus 23 Qualidades
  24. 24. do pai da mãe de seu caráter Filho Filhos Deus nos dá a sua vida, a Vida Eterna; e começamos a viver essa vida agora consagrando todo nosso ser a Deus. É necessário nascer de novo Todos são filhos de Deus? A bíblia nos mostra que nem todos são filhos de Deus. O homem foi criado por Deus, mas quando pecou perdeu toda a glória de filho de Deus (Rm3:23), passando a ser apenas criatura de Deus. Mas o objetivo de Deus ao criar o homem era ter uma grande família de muitos filhos, e para trazer o homem de volta ao seu propósito, Ele proporcionou uma solução: Jo 3:12 - "Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome (Jesus), deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus.”  Para se tornar filho de Deus você precisa nascer de Deus pela fé no nome de Jesus. Então, quem são os filhos de Deus? São todos aqueles que creram em Jesus e o receberam como Senhor de suas vidas. Por que é necessário nascer de novo? Jo 3:1-7 - “Ora, havia entre os fariseus um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus. Este foi ter com Jesus, de noite, e disse-lhe: Rabi, sabemos que és Mestre, vindo de Deus; pois ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele. Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? porventura pode tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer? Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te admires de eu te haver dito: Necessário vos é nascer de novo.” • • Se alguém não nascer de novo não pode ver o reino Se alguém não nascer da Água e do Espírito não pode entrar no reino.  O reino de Deus só pode ser estabelecido na vida daqueles que nasceram de novo. Jesus disse a Nicodemos que um dia a mãe dele deu a luz e ele nasceu. Nascimento físico, da natureza humana, da carne. Mas para entrar no reino de Deus ele precisava nascer de novo. Porque o homem precisa nascer de novo? Porque está morto. O homem está morto espiritualmente por causa da culpa do pecado. 24
  25. 25. Rm 5:12 - "Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram" Quando Adão pecou seu espírito morreu para Deus (morte espiritual). Todos nós somos descendentes de Adão; e o que aconteceu com ele no Éden é transmitido a nós por herança até os dias de hoje. Gn 2:16-17 - “Ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda árvore do jardim podes comer livremente; mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.” • • Adão não morreu fisicamente, morreu espiritualmente. Satanás ofereceu a oportunidade dele viver independente de Deus. Ele acreditou no diabo, duvidou de Deus, desobedeceu e morreu. O espírito do homem morreu por causa da culpa do pecado. Adão e Eva fogem da presença de Deus, se escondem. Gn 3:8 - “E, ouvindo a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim à tardinha, esconderam-se o homem e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim”. O homem creu em Satanás e duvidou da bondade de Deus. Eles se sentiam culpados pelo pecado e esse sentimento de culpa os afastava de Deus. • A mesma semente que estava em Satanás quando se rebelou contra Deus foi plantada em Adão. • Ele foi então tomado por uma natureza diabólica, malígna, a mesma de Satanás. A esta natureza a bíblia chama de CARNE, que é a natureza humana não regenerada, velha natureza. Jesus disse que todo aquele que é nascido da carne é carne, e precisa nascer de novo. Todos nascem mortos espiritualmente Adão é o cabeça da humanidade, pois ele deu origem a toda a raça humana. Todos os homens são descendentes de Adão. A semente que o diabo plantou em Adão passou a todos os seus descendentes, ou seja, toda a raça humana. (Ex.: Caim)  Quando Adão pecou, ele ganhou uma natureza diabólica e um espírito morto por causa da culpa do pecado. E essa é a condição de todo ser humano. (desde quando nasce – Gn 5:3) Todas as pessoas quando nascem estão nesta condição: morte espiritual. Todos nascem mortos espiritualmente. Todos estão debaixo do pecado. 25
  26. 26. Rm 3:9 - "Pois quê? Somos melhores do que eles? De maneira nenhuma, pois já demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado;" Rm 3:23 - "Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;" Todos os seres humanos estão debaixo do pecado e estão mortos para Deus por causa do pecado. O pecado passou a todos os homens e pelo pecado a morte. Existe uma fonte de pecado dentro do homem que é a sua natureza. Por isso, mesmo quando não quer, acaba pecando. Mesmo quando quer fazer o bem acaba fazendo o mal. É porque o mal está dentro dele. O homem peca porque é pecador ou é pecador porque peca?  O homem peca porque é pecador. Ele é pecador por natureza, por isso ele e sempre peca. Todo aquele que comete pecado é escravo do pecado. O pecado tem domínio sobre ele e acaba sempre pecando. Rm 7:14-19 - “Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado. Pois o que faço, não o entendo; porque o que quero, isso não pratico; mas o que aborreço, isso faço. E, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa. Agora, porém, não sou mais eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim. Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; com efeito o querer o bem está em mim, mas o efetuá-lo não está. Pois não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse pratico.” Ninguém precisa fazer força para pecar, existe uma fábrica de pecados dentro do homem: o pecado.  O homem não precisa ser só perdoado de seus pecados. Ele precisa ser liberto do seu pecado. Da sua natureza diabólica que o faz escravo do pecado. Nós entramos neste reino por nascimento, então precisamos morrer para sair dele. Isto acontece na Cruz de Cristo, onde eu morro para o reino das trevas e ressuscito juntamente com Jesus no reino da luz. A morte espiritual Todo ser humano é formado de espírito, alma e corpo. I Ts 5:23 - “E o próprio Deus de paz vos santifique completamente; e o vosso espírito, e alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.” Quando Deus criou o homem, ele o formou do pó da terra (corpo), soprou nele o fôlego de vida (espírito) e ele se tornou alma vivente (alma).Gn2:7 ESPÍRITO ALMA Mente Vontade Emoções 26
  27. 27. CORPO O homem é um espírito que possui uma alma e que habita num corpo. Espírito humano: Ponto de contato com Deus. É através do meu espírito que tenho consciência de Deus e me relaciono com Ele. Deus é Espírito e só podemos perceber Deus no espírito. (Ef 2:22 Jo 4:24) Alma: É tudo que o homem é. Sua personalidade. Seu ego. É o mundo dos pensamentos, sentimentos e decisões. A alma está entre o espírito e o corpo. Pertence aos dois. Está ligada ao mundo espiritual através do espírito e ao mundo material através do corpo. Através da alma tenho consciência de mim mesmo. Áreas da alma: Mente  Sede da alma, intelecto, pensamentos, raciocínios, memória. Vontade  Instrumento para tomar decisões. Poder para escolher. Emoções  Nossos sentimentos, gostos, simpatias, alegrias, tristezas, amor, ódio, etc. A alma do homem é singular Corpo: Minha forma visível. Com ele me relaciono com o mundo exterior. (ex.: A fala, os cinco sentidos - audição, visão, olfato, tato, paladar, etc.) Deus criou o homem à sua imagem e semelhança para ter comunhão com ele. Adão antes da queda era um homem perfeito e usava todo seu potencial da alma, mas era governado pelo espírito. Deus pôs o espírito no homem para que todo o seu ser fosse governado pelo espírito, pois é por ele que Deus fala e se relaciona com o homem. O espírito governando a alma, que por sua vez governa o corpo. DEUS DEUS Espírito Espírito Gn 2:7 Alma QUEDA Gn 2:16-17 Gn 3:6 Corpo Alma Corpo Homem criado à semelhança de Deus. Tinha comunhão com Deus no espírito, que governava sua alma, que por sua vez governava o corpo. O homem era um ser governado pelo espírito. Após a queda o espírito do homem morreu para Deus e o homem perdeu a comunhão com Ele. O homem passou a ser governado pela sua alma. 27
  28. 28. Quando o espírito do homem morreu, todo o seu ser passou a ser governado pela alma. O homem passou a viver então segundo sua vontade, pensamentos e emoções. Se o espírito está morto, o homem está impossibilitado de perceber, ouvir e até falar com Deus. Pode ter pensamentos e idéias a respeito de Deus, ser religioso, mas não pode se comunicar nem ter comunhão com Ele. Por isso Jesus nos diz que é preciso nascer do espírito. Precisamos ter nosso espírito vivificado por Deus e livre da culpa do pecado. A regeneração Tt 3:3-5 - “Porque também nós éramos outrora insensatos, desobedientes, extraviados, servindo a várias paixões e deleites, vivendo em malícia e inveja odiosos e odiando-nos uns aos outros. Mas quando apareceu a bondade de Deus, nosso Salvador e o seu amor para com os homens, não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo.” Regenerar significa gerar de novo. Visto que o mal está dentro do homem desde sua geração no ventre de sua mãe, Deus nos gera de novo (regenera) pela renovação do Espírito.  DEUS FEZ UMA NOVA PESSOA Não importa como você era antes, se era perverso, mal, religioso, fracassado, corrupto, ladrão, mentiroso, extraviado; Deus prega tudo isso na cruz e faz um novo homem,"formado em verdadeira justiça e santidade"(Ef 4). É de vital importância que tenhamos este entendimento: Através da obra de Jesus na cruz por nós, somos justificados da culpa do pecado e com o Espírito Santo operando em nosso espírito Deus faz um novo homem. A morte de Jesus é substitutiva, ou seja, ele morreu no nosso lugar pagando pelos nossos pecados e recendo sobre si o nosso castigo. Mas ela também é inclusiva, somos incluídos na sua morte, nosso velho homem morre junto com Ele, e um NOVO ressurge. Ef 2:1-5 - “Ele vos vivificou, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais outrora andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos de desobediência, entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como também os demais. Mas Deus, sendo rico em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)” Este texto conta a história completa: • Estávamos mortos, assim como todas as pessoas estão (por causa do pecado). • Vivíamos na carne fazendo a nossa própria vontade. • A ira de Deus estava sobre nós. (por natureza, não por algo que fizemos) 28
  29. 29. Quando estávamos nesta situação, Deus pela sua infinita misericórdia vem até nós e nos dá a Vida por meio de Jesus. A vivificação do espírito Quando cremos em Jesus, nos unimos a Ele, somos justificados diante de Deus e perdoados da culpa do pecado. Então Deus através do seu Espírito Santo derrama de sua Vida sobre nosso espírito dando vida a ele. DEUS Nosso espírito é vivificado. Nascemos do espírito. Nascemos de novo e agora podemos ter comunhão com Deus. É isto que Jesus disse que Espírito Nicodemos precisava. É como se uma lâmpada se acendesse em nosso interior e sua luz vai aos poucos tomando conta da alma e do corpo. Alma Corpo Pv 20:27 “O espírito do homem é a lâmpada do Senhor, a qual esquadrinha todo o mais íntimo do coração.” Agora estamos vivos para Deus, podemos ter comunhão com Ele, ouvi-lo, obedecêlo e conhecer a sua vontade. Ganhamos uma nova natureza, a mesma natureza de Cristo, “que, segundo Deus, é formada em verdadeira justiça e santidade”. Cristo é o cabeça da Igreja  deu origem a todos os que nasceram de novo. Todos os cristãos têm a natureza de Cristo. II Co 5:17 - “Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” I Pe 1:3-4 - “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, incontaminável e imarcescível, reservada nos céus para vós.” Gl 6:15 - “Pois nem a circuncisão nem a incircuncisão é coisa alguma, mas sim o ser uma nova criatura.” O que importa é ser uma nova criatura, nascer se novo. A velha e a nova natureza Todo aquele que recebe a Cristo como seu único Senhor e Salvador, nasce de novo. Seu espírito é vivificado e pode ter comunhão com Deus. Jo 1:12-13 Ef 2:1 Temos então uma nova natureza em Cristo que segundo Deus é formada em verdadeira justiça e santidade. O nosso espírito é justificado pela fé e podemos agora ter comunhão com Deus. O novo nascimento não tira de mim a possibilidade de pecar, mas me dá a possibilidade de não pecar, pois agora tenho uma outra natureza, a natureza de Cristo e através do seu Espírito recebo forças para viver uma vida santa. 29
  30. 30. 1 Pe 1:15-16 - "Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em todo o vosso procedimento; porquanto está escrito: Sereis santos, porque eu sou santo." Se eu permanecer em Cristo, na nova natureza, eu não peco. Mas se eu voltar para à velha natureza já estou pecando. • Temos a nova natureza que é segundo o espírito. • Temos a velha natureza, o velho homem, a carne.  É daí que vêm todos os pecados: da nossa velha natureza independente de Deus. A corrupção da carne Rm 7:17-18 - “Agora, porém, não sou mais eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim. Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; com efeito o querer o bem está em mim, mas o efetuá-lo não está.” • “Em mim”  EGO • O pecado habita na carne • Por isso tudo que eu faço na carne é pecado. (até as boas obras)  A carne possui uma raiz de EGOÍSMO, REBELDIA e ORGULHO, de onde provém todos os pecados do homem. Egoísmo Individualism o Egocentrismo Hedonismo Materialismo Injustiça Avareza Preguiça Ciúme Orgulho Ambição de poder Ambição de autoridade Ambição de glória Vaidade Vanglória Soberba Ostentação Hipocrisia Racismo Rebeldia Todos os pecados de origem prática de desobediência Fornicação Mentira Roubo Ira Prostituição Feitiçaria Inimizades Todo pecado é rebeldia Deus considera a carne como sendo totalmente corrupta. A carne não melhora, é impossível se aperfeiçoar a carne. (Ex.: porco lavado). Até as boas obras que fazemos na carne são pecado e para nada servem (a carne para nada serve). Por isso Ele não tenta alterá-la. Ele nos dá nova vida para que nos despojemos da velha. Qual foi o tratamento que Deus deu para a carne?  Cruz Rm 6:6 - “Sabendo isto, que o nosso velho homem foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado fosse desfeito, a fim de não servirmos mais ao pecado.” 30
  31. 31.  Deus não muda a carne. Ele crucifica a carne. Por isso Jesus disse: Lc 9:23 - “Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome cada dia a sua cruz, e siga-me.” Ou seja lembre-se a cada dia que você está morto com Cristo na cruz. Para ser salvos do pecado precisamos apenas crer e ser batizados. Mas para ter vitória completa sobre o pecado é necessário um operar diário da cruz de Cristo em nossas vidas.  Dia a dia vamos negando a nós mesmos e o Espírito Santo vai tratando com o nosso ego, tirando-nos do centro e estabelecendo Jesus como o centro de nossas vidas. A Nova Natureza Deus não quer alterar a nossa velha natureza. Ele não quer uma carne melhorada. Ele crucifica a velha natureza e nos dá uma nova.  A Nossa nova natureza é firmada em AMOR, HUMILDADE e MANSIDÃO. Ef 4:1-2 - “Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor” Velha Natureza Egoísmo Rebeldia Orgulho • • • • • Nova Natureza Amor Mansidão Humildade Cristo opera em nós o novo nascimento Nosso espírito é justificado Nascemos de novo Temos uma nova natureza (Natureza divina) Somos uma nova criatura. II Pe 1:3-4 - “Visto como o seu divino poder nos tem dado tudo o que diz respeito à vida e à piedade, pelo pleno conhecimento daquele que nos chamou por sua própria glória e virtude; pelas quais ele nos tem dado as suas preciosas e grandíssimas promessas, para que por elas vos torneis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo.” • Antes mesmo quando queríamos fazer o bem a nossa velha natureza só produzia frutos para o mal. • Agora Deus nos dá a capacitação para NÃO pecar e andar conforme sua vontade  Uma Nova Natureza. 31
  32. 32. Rm 8:12-13 - “Portanto, irmãos, somos devedores, não à carne para vivermos segundo a carne; porque se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis.” Agora todos nós que cremos em Jesus somos novas criaturas, independente de como éramos no passado Deus nos fez de novo. Andemos pois, segundo a nova pessoa que Deus fez e não segundo a velha. 32
  33. 33. A CERTEZA • • • • DA SALVAÇÃO O que é uma coisa eterna? Você sabe onde vai passar a eternidade? Se você morresse hoje, estaria salvo? A opção que fazemos em seguir Jesus é uma opção para a eternidade. Um dia todos estarão diante de Cristo e confessarão que Ele é o Senhor. (reis, presidentes, atletas, artistas, todos) • Alguns com júbilo e alegria, pois passarão a eternidade com Ele • Outros com tristeza pois não creram Nele. ¬ A nossa fé determina onde nós vamos passar a eternidade. No céu com Deus ou no inferno. Deus nos proporciona grande salvação em Cristo, uma cura completa para nosso espírito, alma e corpo. O que é salvação? Salvação significa ato ou efeito de salvar. Salvar  Pôr a salvo; livrar da morte, tirar de perigo, preservar de dano, destruição, perda, ruína etc.; curar-se. (Evitar a derrota: O goleiro salvou o jogo) Por uma pessoa precisa ser salva? ¬ Porque está perdida ou prestes a se perder mas ainda pode safar-se dessa situação. (Ex.: afogamento  incapaz de se salvar por si mesmo, precisa de ajuda) No dilúvio, Noé e sua família foram salvos na arca. O Juízo de Deus era inevitável, viria sobre todos os homens, mas todos poderiam se salvar, se ao invés de criticar Noé tivessem feito barcos. Uma pessoa que está perdida (por exemplo num labirinto) se salva em três etapas: • Precisa reconhecer que está perdido (cair em si) • Precisa encontra o caminho. (Jesus) • Precisa ser conduzido para fora. Por que o homem está perdido? ¬ Porque desobedeceu a Deus e seu estado de pecado o colocou debaixo da IRA de Deus. Gn 2:16-17 33
  34. 34. “Ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda árvore do jardim podes comer livremente; mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.” Mas o homem cedeu a Satanás e desobedeceu. Ao desobedecer o homem pensou em trazer para si o controle de sua vida, mas esse controle foi para as mãos de Satanás. ¬ Satanás passou a ter domínio sobre o homem. O próprio homem se entregou a ele. O homem que tinha sido criado a imagem e semelhança de Deus foi corrompido e tomado por uma natureza diabólica. Rm 3:23 ”Todos pecaram …” (pode haver alguém que não pecou???) Rm 5:12 “A morte passou a todos os homens…” Rm 6:23 “O salário do pecado é a morte... “ (trabalho, salário, holerite) Mc 16:16 “Quem não crer já está condenado…” Is 59:2 “Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados esconderam o seu rosto de vós, de modo que não vos ouça. SITUAÇÃO DO HOMEM: Separado de Deus (Deus é a fonte de todo bem. O contrario disso é o mal) ¬ O homem está separado de Deus por causa do pecado. Por causa da ira de Deus contra o pecado, o homem está debaixo de uma terrível condenação: a morte eterna. O homem (a humanidade toda) está perdido, impossibilitado de cumprir o propósito para o qual foi criado (Supremo Propósito). Por isso ele precisa ser salvo. Ex.: Labirinto Para ser salvo o homem precisa • Ter consciência de que está perdido (cair em si) • Encontrar o caminho para fora (Jesus) • Seguir o caminho para fora De que o homem precisa ser salvo? 1) Do domínio de Satanás 34
  35. 35. Cl 1:13 “… nos libertou do poder das trevas …” (do domínio) A primeira coisa da qual o homem precisa ser salvo é do domínio de Satanás. Satanás tem domínio sobre a vida do homem e sobre o sistema do mundo. Por isso Jesus o chama de príncipe deste mundo. Jo 12:31 “ …será expulso o principe desse mundo” Jo 14:30 “…vem o príncipe deste mundo, e ele nada tem em mim;” Lc 4:6 “E disse-lhe: Dar-te-ei toda a autoridade e glória destes reinos, porque me foi entregue, e a dou a quem eu quiser; se tu, me adorares, será toda tua.” Quem entregou? Quando entregou?  o homem  no Edem ao pecar MUNDO  Cosmo: sistema organizado (política, comércio, moda, religião, etc.) I Jo 5:19 “Sabemos que somos de Deus, e que o mundo inteiro jaz no Maligno.” Jesus veio para nos salvar do domínio que Satanás exerce em nós através de seu sistema chamado mundo. Jesus venceu a Satanás para nos dar a vitória sobre ele. Muitas pessoas não sabem que estão sob o domínio do diabo, que ele as mantém aprisionas através de suas mentiras. O Evangelho é a boa noticia de Deus para a nossa libertação. 2) Do poder do pecado O homem é pecador porque peca ou peca porque é pecador?  O fato do homem pecar prova que ele é pecador. Há uma lei operando no homem que a bíblia chama de “lei do pecado” que o homem por si mesmo não consegue vencer. Esta lei opera através de sua natureza carnal que leva o homem a fazer somente o que é mal. Mesmo às vezes conhecendo o bem não consegue praticá-lo. Rm 7:14-21 Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado. Pois o que faço, não o entendo; porque o que quero, isso não pratico; mas o que aborreço, isso faço. E, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa. Agora, porém, não sou mais eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim. Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; com efeito o querer o bem está em mim, mas o efetuá-lo não está. Pois não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse pratico. Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim. Acho 35
  36. 36. então esta lei em mim, que, mesmo querendo eu fazer o bem, o mal está comigo. O homem precisa ser salvo não só do que ele faz, mas do que ele é (pecador). (Pecado gera pecados) 3) Do salário do pecado  Morte Eterna Rm 6:23 “O salário do pecado é a morte… ” MORTE  Separação eterna de Deus O homem está separado de Deus e se morrer assim esta será sua situação para toda a eternidade. ¬ Deus não criou o homem para ir para o inferno. Mas é para lá que ele vai se não se arrepender. Inferno  hades, lugar de tormento (Lc 16:23) O inferno foi criado para o diabo e seus anjos. Mt 25:41 “… o fogo eterno, preparado para o Diabo e seus anjos” Existem muitos textos na bíblia que falam sobre o inferno: Sl 9:17 ; Mt 10:28 ; Mt 18:8 ; Mt 23:33 ; Mt 25:41 ; Lc 12:5 ; II Pe 2:4 Mt 5:22 (lago de fogo, fogo eterno) O homem precisa ser salvo da morte eterna, do inferno, tormento eterno. 4) Da ira de Deus Jo 3:36 “Quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, porém, desobedece ao Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.” • O estado de desobediência do homem o coloca debaixo da ira de Deus. • Deus ama o homem mas odeia o pecado Mt 3:7 “…quem vos ensinou a fugir da ira vindoura?” Rm 1:18 “Pois do céu é revelada a ira de Deus contra toda a impiedade…” Rm 2:5 “…entesouras ira para ti no dia da ira e da revelação do justo juízo…” Rm 3:5 “Acaso Deus, que castiga com ira, é injusto?” Ef 5:6 “…por estas coisas vem ira de Deus sobre os filhos da desobediência.” I Ts 1:10 “… e esperardes dos céus a seu Filho, a quem ele ressuscitou dentre os mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira vindoura.” Por causa de tudo isso o homem precisa ser salvo. Para sair desse estado de condenação ele precisa nascer de novo. Precisa receber o presente que Deus oferece. 36
  37. 37. ¬ Deus poderia condenar o homem simplesmente porque rejeita a salvação que lhe é oferecida de graça. O homem só precisa exercitar sua capacidade de decidir e crer. (ao contrário do que fez no Edem) A Palavra de Deus sempre apela para a vontade do homem Mc 8:34 “Se alguém quiser vir após mim …” Ap 3:20 “Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta…” Para que nós somos salvos?  Para a glória de Deus Ef 1:3-14 “…para o louvor da sua glória” • • • • A criatura deve revelar a beleza de seu criador. (ex.: quadro / refletir a glória) A salvação antes de beneficiar o homem, glorifica a Deus. Somos salvos para Deus Somos salvos para ser reenquadrados no Propósito de Deus Deus criou o homem para ter comunhão com ele. Mas o homem por causa do pecado volta-se para si mesmo, para seus próprios interesses e impossibilita esta comunhão. Rm 6:10-13 “Pois quanto a ter morrido, de uma vez por todas morreu para o pecado, mas quanto a viver, vive para Deus. Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus. Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para obedecerdes às suas concupiscências; nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado como instrumentos de iniqüidade; mas apresentai-vos a Deus, como redivivos dentre os mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça.” ¬ A cruz jamais operará sua obra completa em nós enquanto não formos capazes de interpretar além daquilo que Cristo fez PARA NÓS e começarmos a ver o que ele fez PARA DEUS. O que nos garante a salvação? Como saber se estamos salvos? Em que nos baseamos para dizer que estamos salvos? Ef 2:8-9 “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isso não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie.” • Pela graça, mediante a fé. 37
  38. 38. • Não por obras • Se é pela graça já não é mais por obras, senão a graça deixa de ser graça ¬ Exercitamos a nossa fé na obra que Jesus fez e recebemos de graça a salvação. Hb 11:6 “Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.” Fé em que?  Em Jesus e na palavra de Deus. (fé  Hb 11:1) A obra de Jesus foi perfeita e suficiente. Cl 2:14-15 “E havendo riscado o escrito de dívida que havia contra nós nas suas ordenanças, o qual nos era contrário, removeu-o do meio de nós, cravando-o na cruz; e, tendo despojado os principados e potestades, os exibiu publicamente e deles triunfou na mesma cruz.” • Não temos que pagar mais nada. Jesus pagou a divida por nós e cravou na cruz. • Só precisamos crer nele, na sua obra por nós. II Co 5:21 “Àquele que não conheceu pecado, Deus o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.” • Ele se fez pecado para nos libertar do pecado e nos justificar para com Deus • Ele pagou pelos nossos pecados, um alto preço (Ex.: preço tesouro x preço que pagamos) Rm 5:1 “Justificados, pois, pela fé, tenhamos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo” • Pela fé na obra de Jesus por nós somos justificados diante de deus • Foi-se a ira de Deus contra nós. • Em Cristo temos paz para com Deus. ¬ Não é pela nossa justiça, mas pela justiça de Deus em Cristo. (nossa justiça é um trapo de imundícia) At 26:18 “Para lhes abrir os olhos a fim de que se convertam das trevas à luz, e do poder de Satanás a Deus, para que recebam remissão de pecados e herança entre aqueles que são santificados pela fé em mim.” • Pela fé em Jesus somos libertados do domínio de Satanás 38
  39. 39. Gl 2:16 “Sabendo, contudo, que o homem não é justificado por obras da lei, mas sim, pela fé em Cristo Jesus, temos também crido em Cristo Jesus para sermos justificados pela fé em Cristo, e não por obras da lei; pois por obras da lei nenhuma carne será justificada.” As bases da nossa salvação Podemos afirmar que estamos salvos com base em 2 coisas: 1) Na obra de Jesus por nós. No que Ele fez por nós e não do que nós fizemos. Is 53:5-6 " Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e esmagado por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas, cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de todos nós." 2) Na Palavra de Deus Não é por sentimento, mas por fé na palavra de Deus que diz que eu sou salvo. I Jo 5:6-13 “Quem tem o filho tem a vida…” Mc 16:16 “Quem crer e for batizado será salvo…” Jo 3:16 “Porque Deus amou o mundo de tal maneira…” v15  “assim como a serpente foi levantada no deserto..” Nu 21:5-9 ¬ Quando cremos em Jesus somos curados da peçonha mortal que nos conduzia a morte. Jo 5:24 “Quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou…” Jo 6:28-29 “A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que ele enviou” Jo 10:9-10 “…eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.” Jo 11:25 “Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim…” Jo 14:6 “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida….” I Tm 2:5 “Porque há um só mediador entre deus e os homens …” Temos dois testemunhos que somos salvos: • Um exterior  A Palavra de Deus • Um interior  O Espírito Santo I Tm 1:15 "Fiel é esta palavra e digna de toda a aceitação; que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais sou eu o principal" Rm 8:16 “O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus” 39
  40. 40. • • • • Nos Nos Nos Nos liberou de Satanás libertou do pecado livrou da morte deu paz com Deus ¬ Uma completa salvação por meio da fé em Cristo • Se você creu em Jesus, que ele morreu pelos seus pecados. • Se você se arrependeu e foi batizado para a remissão dos seus pecados. • Se você tem Jesus como Senhor da sua vida e tem disposição em obedecê-lo. Então você pode dizer que está salvo e viver à luz desta verdade. Livre para expressar a glória de Deus. ¬ Um indício de que uma pessoa se sente salva é quando ela para de pedir a salvação e começa a glorificar a Deus por estar salva. Versículos para decorar Rm 3:23 Rm 6:23 Cl 1:13 Ef 2:8-9 Hb 11:6 II Co 5:21 Rm 5:1 Jo 3:16 Jo 5:14 I Tm 2:5 “Todos pecaram …” “O salário do pecado é a morte…” “Ele nos tirou do império das trevas…” “Pela graça sois salvos por meio da fé…” “Ora, sem fé é impossível agradar a Deus…” “Aquele que não conheceu o pecado, Deus o fez pecado por nós…” “Sendo pois justificados mediante a fé…” “Porque Deus amou o mundo de tal maneira…” “Quem ouve a minha palavra…” “Porque há um só mediador entre Deus e os homens …” SALVAÇÃO  Cura completa (I Ts 5:23 para o espírito, alma e corpo) 1) Justificação do espírito ¬ Justificar  tornar justo. Mas quando o homem caiu (escolheu fazer a própria vontade ao invés da vontade de Deus), ele morreu espiritualmente. O homem ficou então incapaz de ter comunhão com Deus por causa da culpa do pecado. Gn 3:7-10 O Espírito do homem precisa ser justificado diante de Deus. 2) Santificação da alma ¬ Santificar  purificar, separar Consiste no operar diário da cruz de Cristo em nossas vidas. Cruz: quando a vontade de Deus entra em choque com a minha vontade e eu escolho fazer a vontade de Deus. ¬ É o Espírito Santo habitando em nós que nos santifica dia a dia. 40
  41. 41. 3) Glorificação do corpo O objetivo final na ressurreição ou arrebatamento, quando receberemos um corpo semelhante ao de Cristo depois de ressurreto. Um novo corpo, incorruptível. O PROPÓSITO ETERNO DE DEUS Efésios cap 1 Qual é o tema central deste capítulo? • Fala de algo eterno (antes da fundação do mundo) • Algo que estava no coração de Deus antes que ele criasse todas as coisas • Algo que precisamos saber. v17-18 "Para que saibais a esperança da vossa vocação..." • Fala de um objetivo, de um propósito e Paulo ora para que Deus abra o nosso entendimento para que saibamos que existe algo maior para o qual fomos chamados. Nos versos 7 e 8 fala sobre a nossa redenção, que ela é para a glória de Deus Nós somos os maiores beneficiados com a salvação, mas esse não é o objetivo final. Somos salvos não para nós mas para a glória de Deus. Deus nos salva para algo maior. Nos versos 4 a 6 fala que fomos eleitos antes da fundação do mundo para sermos filhos de adoção em Cristo. Nos versos 9 e 10 fala que a vontade de Deus é fazer convergir todas as coisas em Cristo. Qual é o propósito eterno de Deus? ¬ Ter uma grande família de muitos filhos semelhantes a Jesus, para a sua glória. Por que a salvação não é o propósito eterno de Deus?  Porque se esse fosse o objetivo final, Deus teria que fazer o homem pecar para poder salvá-lo. Quando falamos sobre o propósito eterno de Deus, falamos sobre a paternidade de Deus, o desejo de Deus de ser pai. • No velho testamento vemos várias referências a esse respeito: Sl 68:5 Is 9:6 Is 63:16 "...até os órfãos tem um pai..." "...pai da eternidade..." "...tu és o nosso pai..." 41
  42. 42. Is 63:8 "...pai e cirador..." Jr 3:4 "...pai meu..." Jr 3:19 "...te porei entre os filhos..." Ml 2:10 "Não temos nós todos um mesmo Pai? não nos criou um mesmo Deus? por que nos havemos aleivosamente uns para com outros, profanando o pacto de nossos pais?" Deus se revelando como Pai. • No novo testamento, vemos que a principal obra de Jesus era mostrar o pai: • Eu e pai somos um... • Quem vê a mim vê o pai • Mostrar que deus é Pai. ¬ O propósito eterno de Deus é o assunto mais importante no estudo da obra de Deus. Quando nos convertemos passamos pela porta do reino: • Arrependimento • Batismo nas águas • Batismo no Espírito Santo Passamos pela porta e iniciamos um caminho. Para que?  Para chegar a um objetivo, a um propósito, a um alvo. Porta Caminho Alvo A salvação acontece para nos levar a um objetivo maior:  Sermos formados a imagem de Jesus Jesus é a matriz, o molde original, o modelo de Deus (ex.: marmitex) ¬ Durante o caminho somos colocados em diversas situações para que aprendamos, mudemos de atitude, e sejamos transformados segundo a imagem de Jesus. (Se não mudamos, perdemos a oportunidade de ser transformados) Quando nos convertemos, a obra de Deus em nossas vidas está apenas começando. • Por isso vem as tribulações. • Por isso tomamos a cruz. Muitos, quando Deus aperta a rosca, espanam.  Porque não entenderam que Deus quer mais do que salvar o homem. 42
  43. 43. ¬ Nós temos um alvo. A vida de um discípulo deve convergir para este alvo. (família, trabalho, estudos, namoro, etc.) A nossa vida deve ser consagrada para Deus. Não podemos separa o que é sagrado e o que é profano em nossas vidas. (Ex.: missa e festa junina ; Deus é chefe do departamento religioso eu sou chefe do departamento pessoal) Temos que glorificar a Deus na igreja e no nosso trabalho, escola, lares... Dá para separa? Não é tudo para Deus? Embasamento para o propósito eterno de Deus. Deus tem um propósito, tem um plano, que ele tem declarado através de Jesus Cristo. Ef 1:9-10 Ed Contemporânea Ef 1:9-10 Bíblia Viva Nós somos limitados ao tempo, Deus não. Para entendermos este assunto precisamos sair do aspecto temporal e olhar para o eterno. (Ex.: É o mesmo que observar um desfile por uma fresta, ou por uma sacada) No princípio era o Paio, o Filho e o Espírito Santo vivendo numa harmonia e comunhão perfeita e o relacionamento entre eles era o amor (Jo 17:24). Então que o Pai desejou Ter muitos filhos semelhantes ao primeiro (Jesus) para multiplicar esse amor. Gn 1:26-27 "E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se arrasta sobre a terra. Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou." • Façamos... • Crescei e multiplicai... ¬ Se o homem não tivesse pecado ele continuaria a se reproduzir segundo a semelhança de Deus, dando prosseguimento ao desejo inicial de Deus. Por isso a salvação não é o objetivo final de Deus. Ela visa colocar o homem em sua situação original, para continuar a cumprir um propósito maior. ¬ Deus salva o homem para que ele se enquadre novamente no seu plano inicial. Nós somos salvos para a glória de Deus, para que seu propósito continue a se cumprir. 43
  44. 44. Hb 2:10 "Porque convinha que aquele, para quem são todas as coisas, e por meio de quem tudo existe, em trazendo muitos filhos à glória, aperfeiçoasse pelos sofrimentos o autor da salvação deles." Para quem são todas as coisas? Deus Conduzindo muitos filhos à glória Jesus vem para colocar o homem no mesmo nível que estava antes de pecar (de onde nunca deveria ter saído). Porque Adão falhou, mas Cristo venceu para levar muitos filhos a Deus. Deus é o Centro de Tudo Quando o homem pecou, além de se tornar independente e rebelde ele passou a se colocar como o centro de todas as coisas. ¬ EGOCENTRISMO: tudo gira em torno do homem tudo é feito para o homem. (Do homem para, o homem, pelo homem.) Precisamos de uma mudança completa de centro. Um roda só pode ter um eixo. Tudo gira em torno desse eixo. Se o homem for o eixo, tudo vai girar em torno do homem.Se Deus for o eixo, tudo girará em torno de Deus. Deus é o centro de todas as coisas Rm 11:36 "Porque dele, e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém." Temos que olhar as coisas vendo Deus como o centro (a origem e o motivo de tudo) DEUS: o motivo supremo de todas as coisas DE PARA Vendo o motivo do ponto de vista de Deus ATRAVÉS 44
  45. 45. DE ATRAVÉS PARA : Vendo do supremo ponto de referência : Vendo todas as partes integradas : Vendo o supremo ponto de coordenação. Se olharmos para a igreja hoje, é tudo feito para o bem do homem, para agradar o homem, tendo o homem como o centro. Ex.: Cultos voltados para o homem (duração, datas, etc.) Cânticos voltados para o homem. Até o evangelho que é pregado está centralizado no homem, fazendo apelos para que o homem venha para Deus para ser salvo, Ter sua vida concertada e ser feliz. ¬ Mas Deus deve ser o centro, Jesus deve ser o centro. O próprio Jesus nunca colocou o homem como o centro. Ex.: o jovem rico Ele o amou, viu o jovem ir embora com tristeza. Mas Deus sempre esteve no centro. ¬ O nosso apelo é para que as pessoas acordem e se ajustem ao propósito para o qual Deus nos criou. Por isso é necessário arrependimento: para sair da situação atual e se submeter as Deus. ¬ A plena felicidade de cada um de nós está nisso: VOTAR PARA DEUS. Quando fazemos s nossa própria vontade temos um prazer momentâneo, mas depois percebemos que aquilo não permanece e não satisfaz. Não preenche o vazio que está dentro. O apelo é para que os homens se conscientizem do propósito eterno de Deus. Para que eles entendam o motivo para o qual foram criados. A questão máxima não é o homem, nem sua salvação, mas revelar quem Deus é, e o que Ele tinha no seu coração desde o início. Não devemos concentrar nossa atenção nos problemas do homem,, mas sim voltarnos para Deus. Hb 12:2 Olhando para o autor e consumador de nossa fé. Quanto mais olhamos para os nossos problemas maiores eles ficam. Devemos olhar para Jesus e não para os nossos problemas. O nosso maior problema é sermos o centro de tudo. 45
  46. 46. O pecado causou uma necessidade e Deus resolveu: enviou Jesus. Mas agora temos que olhar não para a necessidade causada pelo pecado, mas para Jesus. O que é que Deus quer? O que é que Deus gosta? Qual é a maior satisfação do Pai?  Que o filho o ame, e que seja seu amigo. Assim como um pai (ou uma mãe) tem prazer nos filhos, Deus tem prazer em cada um de nós. Estamos centralizados em Deus ou em nós mesmos? Isto é muito sutil, até mesmo os crentes podem não ter consciência de que es tão centralizados em si mesmos. Precisamos entender o que agrada a Deus, o que satisfaz a Deus. Quando o centro está errado, tudo está errado. Se olharmos para a vida de Jesus veremos que tudo era centralizado no Pai, fazer a vontade do Pai, glorificar o Pai. Tudo apontava para o Pai. O Centro da Igreja é Jesus. Tudo deve ser para Ele. (orações, cânticos, reuniões, etc.) Todo ser humano, rico ou pobre, santo ou pecador, novo ou velho é um filósofo. Porquê?  Porque existem perguntas e questionamentos interiores a serem respondidos. Deus respondeu todas elas em Cristo. Cl 2:2-3 "Para que os seus corações sejam animados, estando unidos em amor, e enriquecidos da plenitude do entendimento para o pleno conhecimento do mistério de Deus: Cristo, no qual estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência." " Tire o senso de destino do homem e ele se transforma num animal selvagem. Acaba tudo." FILOSOFIA: amor ao saber, ciência da causa e efeito. As pessoas tentam responder todas as perguntas baseadas em si mesmas, tendo o homem e suas necessidades e indagações como o centro. Por isso não encontram respostas satisfatórias. I Co 1:30 "Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção;" Deus resume todas as coisas em Cristo 46
  47. 47. Ele é a resposta para todas as perguntas ¬ Deus corrige a distorção por completo, tira o homem do centro e coloca Jesus no Centro Tudo nasce em Deus. Deus é a única causa não causada. Todo se iniciou no coração de Deus Tudo começou com o Desejo de Deus. (O desejo de ser pai => Ter filhos) O Ponto de Partida Muitos erram por tentar entender o propósito eterno de Deus partindo do ponto errado. (a queda do homem, a ciração do homem,...) E acabam chegando na salvação. Erram porque olham para o homem como origem, como centro ou como objetivo ¬ Duas retas paralelas nunca se encontram, mas se houver um pequeno desvio, por menor que seja, no início do traçado, elas já não são mais paralelas, se tornam concorrentes e vão acabar se cruzando. Mas se olharmos para de antes da fundação do mundo, com Deus no centro, sendo a origem e o objetivo, podemos compreender melhor qual o próposito; e veremos que não é a salvação. Precisamos compreender todos os aspectos do plano de Deus e não apenas um deles. A salvação é apenas uma parte do plano de Deus. (Ex.: os hindus e o elefante numa sal escura. - cada um só reconheceu a parte que apalpou) Muitas vezes tocamos em parte do plano de Deus e não vemos o todo. Por isso precisamos ter comunhão com Deus, para ver como Ele vê. E compreendermos o todo. Para isso o homem precisa sair do centro e colocar Deus como o centro de todas as coisas. O homem sempre quis ser Deus. Porque quer ser rico?  Porque dá uma sensação de onipotência Porque não quer precisar dos outros?  Porque dá uma sensação de onipotência (" Não preciso da ajuda de ninguém) 47
  48. 48. O homem se coloca no centro e passa a analisar tudo de acordo com seus próprios interesses. Este quadro precisa ser corrigido. Precisamos estabelecer o ponto de referência correto: Deus. Esta visão traz uma tremenda transformação em nossas vidas. Ótica de alguns segmentos do cristianismo Teologia da libertação • Analisam tudo a partir do aspecto social. • Estão sempre associados com movimentos revolucionários, política, etc. • Do homem, pelo homem, para o homem. • Seu ênfase é o que o homem faz Fundamentalista • Descartam todo tipo de experiência pessoal com Deus. • Descartam os dons do Espírito Santo. • Sua enfase é o que Deus fez no homem Grupos de Santidade • Buscam experiência com Deus. • Buscam o Espirito Santo. • Mas o homem continua no centro. • Sua ênfase é a transformação do homem. Em todos estes casos o homem continua no centro; e Deus é apenas um meio para libertá-lo, abençoá-lo e transformá-lo. Reuniões voltadas para o homem, orações voltadas para o homem, palavras, cânticos, tudo gira em torno do homem, e o homem não é curado. O chamado para o arrependimento é um chamado para uma mudança de mente. No seu sentido mais amplo significa uma correção suprema. Por isso esse arrependimento nunca deve parar, até que todas as coisas convirjam para Deus. Até que Deus seja o centro de tudo em nossas vidas. (Arrependimento contínuo  tomar a cruz a cada dia Lc 14:26) O ponto de referência correto O Supremo Propósito de Deus Em Realização PARA DE 48
  49. 49. Queda ATRAVÉS Em Revelação Em Correção Em revelação : Tudo é revelado pelo Pai. Ele mesmo se revelando. Em correção : A obra de Cristo corrigindo o desvio causado pela queda. Em realização: Para a suprema realização dele mesmo. Qual deve ser o nosso ponto de partida? Vamos analisar quatro pontos: No Deus Eterno O Alvo A B C D 49
  50. 50. D  A queda Se partirmos da queda do homem, a ênfase máxima seria a redenção em Cristo. A redenção tem seu legítimo valor, mas ela não é o objetivo final. Faz parecer que o homem apareceu no cenário apenas para ser salvo. O pecado passa a ser uma etapa necessária para o cumprimento do propósito. Erro: Agostinho. "Bendita culpa que nos trouxe tamanho Salvador" (É tão coerente quanto uma pessoa que é salva de um seqüestro agradecer pelos seqüestradores, pois se não houvesse seqüestro ela não seria salva) Se começarmos da queda do homem temos que admitir que Deus fez o homem pecar para poder salvá-lo. Assim a redenção passa a ser a obra principal de Deus e a restauração do homem o centro de tudo. C  A Criação do Homem • Se iniciarmos na criação do homem o propósito passa a ser a restauração do homem ao que era antes da queda. B  A Criação do Universo • Iniciando onde Deus inicia. • Mostra o ponto de vista das atividades de Deus • Ainda não é o ponto ideal, pois o propósito passa a ser a restauração de todas as coisas. A  No Coração de Deus • Antes de todas as coisas • Este é o ponto correto, o ponto onde Paulo começa. • Iniciando no desejo que estava no coração de Deus antes dele iniciar a criação. O Desejo de Deus ser Pai. • Isto toma como base o próprio Deus, e passamos a olhar tudo do ponto de vista de Deus. O que Deus planejou quando quis ser pai? O que Deus desejava na eternidade? O que Deus desejava caso o pecado nunca tivesse entrado no mundo? No Deus Eterno O Alvo 50
  51. 51. A linha prosseguiria reta. O homem criado segundo a imagem de Deus cresceria, se multiplicaria e formaria uma grande família de filhos semelhantes a Jesus. ¬ Mesmo sem o pecado Deus continuaria a cumprir o seu propósito. Há um propósito no coração de Deus que nunca dependeu de tempo nem foi alterado pela queda do homem. (Deus já tinha a solução pronta) Ef 1:4 "Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele em amor." • Nos elegeu nele • Antes da fundação do mundo Isto ocorre no nível eterno e é algo que Deus já vê como consumado. Se o homem nunca tivesse pecado iria convergir para Cristo?  Sim. Cristo não está ligado somente à redenção, mas a toda a vontade do Pai. Se o homem não tivesse pecado tudo estaria em Cristo?  Sim ¬ O objetivo do Pai é que Cristo seja o meio de realização da sua vontade. Toda vontade de Deus se cumpre em Cristo. Ele é o agente da vontade de Deus. (Independente do acontecesse, tudo se realizaria em Cristo) Sl 2 • Salmo profético. Fala que todas as nações tentam tirar Deus do trono. • Ele se ri. • Eu ungi meu Rei (Jesus) • Diz que Deus estabeleceu Jesus como o cabeça de todas as coisas. "Pede-me e eu te darei as nações por herança". Vejamos algumas expressões que aparecem em Efésios 1 Em quem Deus nos abençoou? 51
  52. 52.  Em Cristo. (v3) Em quem nos escolheu?  Em Cristo. (v4) Quando?  Antes da fundação do mundo. Por meio de quem nos predestinou para adoção?  Por meio de Cristo. Nos elegeu gratuitamente em quem?  No Amado. (Cristo) Fazer convergir em quem?  Em Cristo. ¬ Tudo se cumpre em Cristo, toda a obra de Deus se realiza em Cristo 52
  53. 53. O QUE É SER UM DISCÍPULO Introdução Jesus não apenas informou e ensinou. Ele formou discípulos. A Igreja do Senhor Jesus é composta de discípulos. Jesus sempre teve a multidão ao seu redor, mas Ele não se iludia com a multidão, Pois a multidão vem e vai (é como freguesia de centro, nunca é a mesma). Mas Ele se dedicou a um grupo pequeno de pessoas, próximas a Ele, que estavam dispostos a tudo por Ele: OS DISCÍPULOS. Jesus procurou enraizar neles a visão do Pai e fez dos discípulos pessoas capazes de dar continuidade a sua obra. Através de um relacionamento intenso com o Mestre os discípulos aprenderam tudo e aplicaram da mesma maneira à Igreja. Não vamos encontrar na bíblia as palavras “membro de igreja” como referência aos cristãos e sim discípulos. Sempre que a Igreja estava reunida, ali estavam reunidos os discípulos de Jesus. Mesmo antes de Jesus a Bíblia nos mostra pessoas que tinham um relacionamento de discípulos. Moisés e Josué Ex 24:13 “E levantando-se Moisés com Josué, seu servidor, subiu ao monte de Deus” Ex 33:11 “E falava o Senhor a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo. Depois tornava Moisés ao arraial; mas o seu servidor, o mancebo Josué, filho de Num, não se apartava da tenda.” Nm 27:18-21 “Então disse o Senhor a Moisés: Toma a Josué, filho de Num, homem em quem há o Espírito, e impõe-lhe a mão; e apresenta-o perante Eleazar, o sacerdote, e perante toda a congregação, e dá-lhe a comissão à vista deles; e sobre ele porás da tua glória, para que lhe obedeça toda a congregação dos filhos de Israel.” Elias e Eliseu II Re 2:1-9 Disse Elias a Eliseu: Fica-te aqui, porque o Senhor me envia a Betel. Eliseu, porém disse: Vive o Senhor, e vive a tua alma, que não te deixarei. E assim desceram a Betel. Então os filhos dos profetas que estavam em Betel saíram ao encontro de Eliseu, e lhe disseram: Sabes que o Senhor hoje tomará o teu senhor por sobre a tua cabeça? E ele disse: Sim, eu o sei; calai-vos. E Elias lhe disse: Eliseu, fica-te aqui, porque o Senhor me envia a Jericó. Ele, porém, disse: Vive o Senhor, e vive a tua alma, que não te deixarei. E assim vieram a Jericó. Então os filhos dos profetas que estavam em Jericó se chegaram a Eliseu, e lhe disseram: 53
  54. 54. Sabes que o Senhor hoje tomará o teu senhor por sobre a tua cabeça? E ele disse: Sim, eu o sei; calai-vos. E Elias lhe disse: Fica-te aqui, porque o senhor me envia ao Jordão. Mas ele disse: Vive o Senhor, e vive a tua alma, que não te deixarei. E assim ambos foram juntos. E foram cinqüenta homens dentre os filhos dos profetas, e pararam defronte deles, de longe; e eles dois pararam junto ao Jordão. Então Elias tomou a sua capa e, dobrando-a, feriu as águas, as quais se dividiram de uma à outra banda; e passaram ambos a pé enxuto. Havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: Pede-me o que queres que eu te faça, antes que seja tomado de ti. E disse Eliseu: Peço-te que haja sobre mim dobrada porção de teu espírito.” Is 50:4 “O Senhor Deus me deu a língua dos instruídos para que eu saiba sustentar com uma palavra o que está cansado; ele desperta-me todas as manhãs; desperta-me o ouvido para que eu ouça como discípulo.” O que é um discípulo? ¬ É aquele que crê em tudo que Cristo disse e faz tudo que Cristo manda. Aquele que creu, se arrependeu, foi batizado e recebeu o Dom do Espírito Santo a bíblia chama de discípulo. É importante entender que no contexto do Novo Testamento não existe uma pessoa que seja convertida e não seja discípulo. Salvo, convertido, discípulo, todos são termos que se referem a uma mesma pessoa. Cada um desses termos tem um sentido diferente, mas são aplicados a uma mesma pessoa. A palavra convertido aparece 2 vezes no VT A palavra crente aparece 15 vezes no NT A palavra discípulo aparece 3 vezes no VT e 258 vezes no NT (Evangélico não aparece em lugar nenhum) • Salvo • Convertido: o que mudou de atitude e mentalidade (transformação de mente) • Discípulo • Crente : aquele que crê : o que foi libertado do poder de da condenação do pecado. : o seguidor, praticante dos ensinos do mestre, submisso. É comum encontrarmos pessoas que se dizem convertidas, crêem sinceramente que são salvas, mas se você perguntar se elas desejam se submeter e obedecer a Cristo em tudo vão dizer: “ainda não...”, “talvez um dia em me consagre totalmente…”. Isto é uma grande contradição, pois como alguém pode se considerar salvo ou convertido se ainda não se entregou total e incondicionalmente a Jesus Cristo para viver em total obediência a Ele, renunciando a tudo quanto tem e até sua própria vida. 54

×