SlideShare uma empresa Scribd logo
Check List de Equipamentos
                                                   Relatório de inspeção diária de Bate Estacas
Elaborado pelo Eng. Antonio Fernando Navarro
Equipamento nº:
Marca:                                                                Modelo:
Operador:
Inspeção por:                                                                                                                         Data:

Avaliação das qualificações do operador do equipamento                                                                                 COM    S   N   NA
O operador encontra-se habilitado e qualificado?
O operador encontra-se identificado por crachá?
Existem auxiliares para apoio à operação do equipamento?

Verificações diárias dos motores e máquinas                                                                                            COM    S   N   NA
O abastecimento do combustível está sendo feito antes do início das atividades?
O motor está com o seu plano de manutenção e limpeza em dia?
Os dispositivos de segurança encontram-se em suas corretas posições?
As luzes de advertência e de alarmes de operação encontram-se funcionando?
O freio de emergência está funcionando corretamente?
As sapatas de freio dos tambores são novas e estão corretamente ajustadas?
Há vazamentos de água, combustível, graxa ou óleo lubrificante? Nota 4
As lâmpadas de advertência estão funcionando?
Há controle bimensal de inspeção dos equipamentos e acessórios com etiquetas coloridas do bimestre?

Avaliação das condições gerais dos cabos de aço                                                                                        COM    S   N   NA
A quantidade de fios arrebentados é menor que 10% dos fios de cada perna, inclusive próximos aos acessórios?
Há amassamento dos cabos?
Os cabos encontram-se lubrificados?
As polias e roldanas encontram-se em boas condições?
Existem pontos de corrosão ou de desgaste acentuado nos cabos?
Há presença de “gaiolas de passarinho”, destrançamento, dobras, protuberâncias de alma?
O laço (olhal) foi conformado em “Trançado Flamengo”?
O laço (olhal) manual encontra-se preso com clips de acordo com a norma N-2170?
Está sendo feita inspeção diária de ganchos, manilhas, eslingas e acessórios?
Os sapatilhos estão com diâmetro menor do que o do cabo ou com rachaduras?
Existem corrosão, trincas, deformações e desgaste nos acessórios?

Avaliação dos componentes e parte elétricas                                                                                            COM    S   N   NA
O chicote de fios encontra-se em boas condições, sem emendas ou com essas adequadamente protegidas?
Há fios soltos e sem qualquer identificação ou proteção?
As conexões elétricas são providas de plug à prova d’água?
Os painéis elétricos estão providos com disjuntor “DR”?
Os circuitos elétricos encontram-se sinalizados adequadamente?
O equipamento encontra-se eletricamente aterrado por meio de haste de aterramento? Nota 1

Avaliação das condições de segurança                                                                                                   COM    S   N   NA
O operador e seus ajudantes encontram-se utilizando os EPI’s adequados à função e operação? Nota 7
O extintor de incêndio encontra-se carregado, com etiqueta de inspeção atualizada e com lacre?
A área onde estão os equipamentos encontra-se sinalizada à toda volta, informado a todos sobre os riscos existentes, e guardando
uma distância mínima de uma vez e meia a altura da maior torre de bate estacas nessa mesma área?
O isolamento da area foi feita com tela do tipo “cerquite” sobre moldura de madeira?
O acesso é permitido somente ao pessoal autorizado pelo profissional de SMS?
Há permanência de pessoas não envolvidas com a atividade a menos de 1,5 vezes a altura da lança do mesmo?
As estacas encontram-se estocadas em local cercado e sinalizado e escoradas para evitar que se desloquem acidentalmente?
A estaca foi laçada à estrutura da torre por meio de cabo de aço para evitar seu tombamento?
O ajudante ao subir na torre para ajuste do cepo de cravação ou da laçada fica com um dos talabartes preso aos degraus da torre e o
outro ao trava quedas?
O terreno apresenta-se com desníveis ou interferências? Nota 2
São realizados trabalhos em dias de chuva? Nota 3
Montagem e desmontagem do bate estacas e descarregamento de estacas Nota 5

Ítens adicionais                                                                                                                       COM    S   N   NA
A APR encontra-se na frente de serviço e foi divulgada a todos os envolvidos?
Na observação da "nega" e repique da estaca o apontador e os ajudantes ficam posicionados lateralmente á cravação e nunca
frontalmente ao equipamento?
Quando na mesma área isolada houver dois bate-estacas esses deverão trabalhar de "costas" um para o outroequipamento. Isso está
ocorrendo?

                                                          Observações (Notas inseridas)
1. A haste de aterramento elétrico deve ter sido inserida no solo pelo menos 100cm, devendo estar interligada a fio condutor de 35 mm, preso à base do
bate estacas com conexão de arruela prensada.
2. Se o terreno apresentar desnível, tubulações ou envelopes no underground , deve ser providenciada estiva de madeira, com dormentes capazes de resistir
aos esforços.
3. Os trabalhos deverão ser interrompidos durante chuvas, na iminência de queda de raios ou de fortes ventos.
4. Deve ser providenciada manta de PEAD para ser posicionada sob o equipamento imediatamente abaixo do tanque de combustível da máquina, para
recolhimento do produto vazado.
5. Durante a montagem e desmontagem do equipamento e o descarregamento das estacas deve-se isolar completamente a área, sinalizando-a
adequadamente.
6. Não deverão ser empregados na montagem do equipamento componentes improvisados ou inadequados ao equipamento, principalmente pinos e polias.

7. O operador do bate estacas e os seus ajudantes deverão utilizar como proteção auditiva plug de inserção e protetor do tipo concha, conjugados.
8. A área ao redor do equipamento deve estar isolada no mínimo em uma distância equivalente a altura da torre do bate-estacas
9. A operação somente deve ser iniciada após a aprovação do planejamento das atividades pelo encarregado do local.
10. Quando não estiver em operação o pilão deve estar repousado sobre o chão ou na cabeça da estaca
11. Não deve ser permitida a manutenção de estacas ainda não cravadas apoiadas na guia da torre, a menos que esteja presa em três pontos por cabos de
aço resistentes ao peso da mesma
                                                                   COMENTÁRIOS:
1.
2.
3.
4.

                                                                  VERIFICADORES
                               Nome                                                           Assinatura                                   Data

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano de manutenção de caminhão de carroceria
Plano de manutenção de caminhão de carroceriaPlano de manutenção de caminhão de carroceria
Plano de manutenção de caminhão de carroceria
EVALDO JUNIO SILVA DA GAMA
 
Lista de verificação de canteiro de obras
Lista de verificação de canteiro de obrasLista de verificação de canteiro de obras
Lista de verificação de canteiro de obras
Ane Costa
 
Treinamento NR-12
Treinamento NR-12Treinamento NR-12
Treinamento NR-12
Kaiton Andrade
 
Check List Equipamento Autonômo
Check List Equipamento AutonômoCheck List Equipamento Autonômo
Check List Equipamento Autonômo
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Campanha adornos
Campanha adornosCampanha adornos
Campanha adornos
Ane Costa
 
Checklist de trabalho em altura.
Checklist de trabalho em altura.Checklist de trabalho em altura.
Checklist de trabalho em altura.
Tuany Caldas
 
Formulario inspeção E.P.I
Formulario inspeção E.P.IFormulario inspeção E.P.I
Formulario inspeção E.P.I
Ane Costa
 
Lista de Verificação para inspeções de Caminhões Munck
Lista de Verificação para inspeções de Caminhões MunckLista de Verificação para inspeções de Caminhões Munck
Lista de Verificação para inspeções de Caminhões Munck
Universidade Federal Fluminense
 
Check list empilhadeira
Check list  empilhadeiraCheck list  empilhadeira
Check list empilhadeira
Fernando Batista
 
Treinamento em campo
Treinamento em campoTreinamento em campo
Treinamento em campo
Aerbras
 
Check list empilhadeira (1)
Check list  empilhadeira (1)Check list  empilhadeira (1)
Check list empilhadeira (1)
Edson Ambiental
 
Apr pintura
Apr   pinturaApr   pintura
Apr pintura
JonathanPessotti
 
Prova treinamento-munck
Prova treinamento-munckProva treinamento-munck
Prova treinamento-munck
Lisyane Silveira
 
Permissao para-trabalho-a-quente
Permissao para-trabalho-a-quentePermissao para-trabalho-a-quente
Permissao para-trabalho-a-quente
Jose Fernandes
 
Plano de içamento lista de verificação
Plano de içamento   lista de verificaçãoPlano de içamento   lista de verificação
Plano de içamento lista de verificação
Universidade Federal Fluminense
 
38657754 check-list-para-maquinas-e-equipamentos
38657754 check-list-para-maquinas-e-equipamentos38657754 check-list-para-maquinas-e-equipamentos
38657754 check-list-para-maquinas-e-equipamentos
Eliete Brasileiro
 
Ficha de Inspeção de Extintores de Incêndio
Ficha de Inspeção de Extintores de IncêndioFicha de Inspeção de Extintores de Incêndio
Ficha de Inspeção de Extintores de Incêndio
Ana Lucia Santana
 
MODELO DE LISTA DE PRESENÇA EM TREINAMENTOS
MODELO DE LISTA DE PRESENÇA EM TREINAMENTOSMODELO DE LISTA DE PRESENÇA EM TREINAMENTOS
MODELO DE LISTA DE PRESENÇA EM TREINAMENTOS
Ane Costa
 
Check List de Inspeção de Segurança em Áreas Produtiva
Check List de Inspeção de Segurança em Áreas ProdutivaCheck List de Inspeção de Segurança em Áreas Produtiva
Check List de Inspeção de Segurança em Áreas Produtiva
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Procedimento para utilização e inspeção de cintas e cabos
Procedimento para utilização e inspeção de cintas e cabosProcedimento para utilização e inspeção de cintas e cabos
Procedimento para utilização e inspeção de cintas e cabos
Universidade Federal Fluminense
 

Mais procurados (20)

Plano de manutenção de caminhão de carroceria
Plano de manutenção de caminhão de carroceriaPlano de manutenção de caminhão de carroceria
Plano de manutenção de caminhão de carroceria
 
Lista de verificação de canteiro de obras
Lista de verificação de canteiro de obrasLista de verificação de canteiro de obras
Lista de verificação de canteiro de obras
 
Treinamento NR-12
Treinamento NR-12Treinamento NR-12
Treinamento NR-12
 
Check List Equipamento Autonômo
Check List Equipamento AutonômoCheck List Equipamento Autonômo
Check List Equipamento Autonômo
 
Campanha adornos
Campanha adornosCampanha adornos
Campanha adornos
 
Checklist de trabalho em altura.
Checklist de trabalho em altura.Checklist de trabalho em altura.
Checklist de trabalho em altura.
 
Formulario inspeção E.P.I
Formulario inspeção E.P.IFormulario inspeção E.P.I
Formulario inspeção E.P.I
 
Lista de Verificação para inspeções de Caminhões Munck
Lista de Verificação para inspeções de Caminhões MunckLista de Verificação para inspeções de Caminhões Munck
Lista de Verificação para inspeções de Caminhões Munck
 
Check list empilhadeira
Check list  empilhadeiraCheck list  empilhadeira
Check list empilhadeira
 
Treinamento em campo
Treinamento em campoTreinamento em campo
Treinamento em campo
 
Check list empilhadeira (1)
Check list  empilhadeira (1)Check list  empilhadeira (1)
Check list empilhadeira (1)
 
Apr pintura
Apr   pinturaApr   pintura
Apr pintura
 
Prova treinamento-munck
Prova treinamento-munckProva treinamento-munck
Prova treinamento-munck
 
Permissao para-trabalho-a-quente
Permissao para-trabalho-a-quentePermissao para-trabalho-a-quente
Permissao para-trabalho-a-quente
 
Plano de içamento lista de verificação
Plano de içamento   lista de verificaçãoPlano de içamento   lista de verificação
Plano de içamento lista de verificação
 
38657754 check-list-para-maquinas-e-equipamentos
38657754 check-list-para-maquinas-e-equipamentos38657754 check-list-para-maquinas-e-equipamentos
38657754 check-list-para-maquinas-e-equipamentos
 
Ficha de Inspeção de Extintores de Incêndio
Ficha de Inspeção de Extintores de IncêndioFicha de Inspeção de Extintores de Incêndio
Ficha de Inspeção de Extintores de Incêndio
 
MODELO DE LISTA DE PRESENÇA EM TREINAMENTOS
MODELO DE LISTA DE PRESENÇA EM TREINAMENTOSMODELO DE LISTA DE PRESENÇA EM TREINAMENTOS
MODELO DE LISTA DE PRESENÇA EM TREINAMENTOS
 
Check List de Inspeção de Segurança em Áreas Produtiva
Check List de Inspeção de Segurança em Áreas ProdutivaCheck List de Inspeção de Segurança em Áreas Produtiva
Check List de Inspeção de Segurança em Áreas Produtiva
 
Procedimento para utilização e inspeção de cintas e cabos
Procedimento para utilização e inspeção de cintas e cabosProcedimento para utilização e inspeção de cintas e cabos
Procedimento para utilização e inspeção de cintas e cabos
 

Semelhante a Relatório de inspeção diária de bate estacas

Relatório de inspeção diária de bate estacas
Relatório de inspeção diária de bate estacasRelatório de inspeção diária de bate estacas
Relatório de inspeção diária de bate estacas
Universidade Federal Fluminense
 
Check list diário de bate estacas
Check list diário de bate estacasCheck list diário de bate estacas
Check list diário de bate estacas
Universidade Federal Fluminense
 
Check list diário de bate estacas
Check list diário de bate estacasCheck list diário de bate estacas
Check list diário de bate estacas
Universidade Federal Fluminense
 
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdfAPRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
RaynaraGoes1
 
Garen kdz tsi
Garen kdz tsiGaren kdz tsi
Garen kdz tsi
Leandro Almeida
 
04 manual balancim-leve
04 manual balancim-leve04 manual balancim-leve
04 manual balancim-leve
Gleuciane Rocha
 
Check list do bate-estacas
Check list do bate-estacasCheck list do bate-estacas
Check list do bate-estacas
Universidade Federal Fluminense
 
Check list do bate-estacas
Check list do bate-estacasCheck list do bate-estacas
Check list do bate-estacas
Universidade Federal Fluminense
 
Polidora UHS de pisos
Polidora UHS de pisosPolidora UHS de pisos
Mfl42763404 portuguese
Mfl42763404 portugueseMfl42763404 portuguese
Mfl42763404 portuguese
Agassis Rodrigues
 
12 mangueiras
12 mangueiras12 mangueiras
Catalogo rocadeira ninjaflex_f300
Catalogo rocadeira ninjaflex_f300Catalogo rocadeira ninjaflex_f300
Catalogo rocadeira ninjaflex_f300
Catalogo Fácil Agro Mecânica Tatuí
 
Check List Diversos.pdf
Check List Diversos.pdfCheck List Diversos.pdf
Check List Diversos.pdf
Nathan646606
 
SERVIÇO A QUENTE 000000000000000000000000000000000000
SERVIÇO A QUENTE  000000000000000000000000000000000000SERVIÇO A QUENTE  000000000000000000000000000000000000
SERVIÇO A QUENTE 000000000000000000000000000000000000
caduzinho70
 
Treinamento de Trabalho a Quente versão 2024
Treinamento de Trabalho a Quente versão 2024Treinamento de Trabalho a Quente versão 2024
Treinamento de Trabalho a Quente versão 2024
caduzinho70
 
Plataforma lavadora de pisos LST44
Plataforma lavadora de pisos LST44Plataforma lavadora de pisos LST44
Plataforma lavadora de pisos LST44
Plataforma Tecnologa em Conservação de Pisos Ltda.
 
1-NR 35 TREINAMENTO 102 SLIDES parte 3.pptx
1-NR 35 TREINAMENTO 102 SLIDES parte 3.pptx1-NR 35 TREINAMENTO 102 SLIDES parte 3.pptx
1-NR 35 TREINAMENTO 102 SLIDES parte 3.pptx
MagnaBamineracao
 
Andaimeparte2
Andaimeparte2Andaimeparte2
Manual bombas-perifericas man
Manual bombas-perifericas manManual bombas-perifericas man
Manual bombas-perifericas man
Adjamar Raimundo
 
Rgaomanual led61 pratic
Rgaomanual led61 praticRgaomanual led61 pratic
Rgaomanual led61 pratic
Cocab Pools
 

Semelhante a Relatório de inspeção diária de bate estacas (20)

Relatório de inspeção diária de bate estacas
Relatório de inspeção diária de bate estacasRelatório de inspeção diária de bate estacas
Relatório de inspeção diária de bate estacas
 
Check list diário de bate estacas
Check list diário de bate estacasCheck list diário de bate estacas
Check list diário de bate estacas
 
Check list diário de bate estacas
Check list diário de bate estacasCheck list diário de bate estacas
Check list diário de bate estacas
 
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdfAPRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
 
Garen kdz tsi
Garen kdz tsiGaren kdz tsi
Garen kdz tsi
 
04 manual balancim-leve
04 manual balancim-leve04 manual balancim-leve
04 manual balancim-leve
 
Check list do bate-estacas
Check list do bate-estacasCheck list do bate-estacas
Check list do bate-estacas
 
Check list do bate-estacas
Check list do bate-estacasCheck list do bate-estacas
Check list do bate-estacas
 
Polidora UHS de pisos
Polidora UHS de pisosPolidora UHS de pisos
Polidora UHS de pisos
 
Mfl42763404 portuguese
Mfl42763404 portugueseMfl42763404 portuguese
Mfl42763404 portuguese
 
12 mangueiras
12 mangueiras12 mangueiras
12 mangueiras
 
Catalogo rocadeira ninjaflex_f300
Catalogo rocadeira ninjaflex_f300Catalogo rocadeira ninjaflex_f300
Catalogo rocadeira ninjaflex_f300
 
Check List Diversos.pdf
Check List Diversos.pdfCheck List Diversos.pdf
Check List Diversos.pdf
 
SERVIÇO A QUENTE 000000000000000000000000000000000000
SERVIÇO A QUENTE  000000000000000000000000000000000000SERVIÇO A QUENTE  000000000000000000000000000000000000
SERVIÇO A QUENTE 000000000000000000000000000000000000
 
Treinamento de Trabalho a Quente versão 2024
Treinamento de Trabalho a Quente versão 2024Treinamento de Trabalho a Quente versão 2024
Treinamento de Trabalho a Quente versão 2024
 
Plataforma lavadora de pisos LST44
Plataforma lavadora de pisos LST44Plataforma lavadora de pisos LST44
Plataforma lavadora de pisos LST44
 
1-NR 35 TREINAMENTO 102 SLIDES parte 3.pptx
1-NR 35 TREINAMENTO 102 SLIDES parte 3.pptx1-NR 35 TREINAMENTO 102 SLIDES parte 3.pptx
1-NR 35 TREINAMENTO 102 SLIDES parte 3.pptx
 
Andaimeparte2
Andaimeparte2Andaimeparte2
Andaimeparte2
 
Manual bombas-perifericas man
Manual bombas-perifericas manManual bombas-perifericas man
Manual bombas-perifericas man
 
Rgaomanual led61 pratic
Rgaomanual led61 praticRgaomanual led61 pratic
Rgaomanual led61 pratic
 

Mais de Universidade Federal Fluminense

Punto de inflexión, accidentes frente a equipos de protección personal
Punto de inflexión, accidentes frente a equipos de protección personalPunto de inflexión, accidentes frente a equipos de protección personal
Punto de inflexión, accidentes frente a equipos de protección personal
Universidade Federal Fluminense
 
Tipping point, accidents versus personal protective equipment
Tipping point, accidents versus personal protective equipmentTipping point, accidents versus personal protective equipment
Tipping point, accidents versus personal protective equipment
Universidade Federal Fluminense
 
Pegadas hídricas água, o precioso líquido do presente e do futuro
Pegadas hídricas   água, o precioso líquido do presente e do futuroPegadas hídricas   água, o precioso líquido do presente e do futuro
Pegadas hídricas água, o precioso líquido do presente e do futuro
Universidade Federal Fluminense
 
Rc para executivos ganha destaque no mercado segurador ad corretora de seguros
Rc para executivos ganha destaque no mercado segurador   ad corretora de segurosRc para executivos ganha destaque no mercado segurador   ad corretora de seguros
Rc para executivos ganha destaque no mercado segurador ad corretora de seguros
Universidade Federal Fluminense
 
Liderança da gestão
Liderança da gestãoLiderança da gestão
Liderança da gestão
Universidade Federal Fluminense
 
Percepção, compreensão e avaliação de riscos análise de resultados de pesqu...
Percepção, compreensão e avaliação de riscos   análise de resultados de pesqu...Percepção, compreensão e avaliação de riscos   análise de resultados de pesqu...
Percepção, compreensão e avaliação de riscos análise de resultados de pesqu...
Universidade Federal Fluminense
 
Editora roncarati incêndio em áreas de tancagem de produtos diversos arti...
Editora roncarati   incêndio em áreas de tancagem de produtos diversos   arti...Editora roncarati   incêndio em áreas de tancagem de produtos diversos   arti...
Editora roncarati incêndio em áreas de tancagem de produtos diversos arti...
Universidade Federal Fluminense
 
Editora roncarati cenários críticos que ampliam riscos artigos e notícias
Editora roncarati   cenários críticos que ampliam riscos   artigos e notíciasEditora roncarati   cenários críticos que ampliam riscos   artigos e notícias
Editora roncarati cenários críticos que ampliam riscos artigos e notícias
Universidade Federal Fluminense
 
Cenários críticos que ampliam riscos
Cenários críticos que ampliam riscosCenários críticos que ampliam riscos
Cenários críticos que ampliam riscos
Universidade Federal Fluminense
 
Uma passagem só de ida no voo do dia 24 de março de 2015
Uma passagem só de ida no voo do dia 24 de março de 2015Uma passagem só de ida no voo do dia 24 de março de 2015
Uma passagem só de ida no voo do dia 24 de março de 2015
Universidade Federal Fluminense
 
Revista opinião.seg nº 7 maio de 2014
Revista opinião.seg nº 7   maio de 2014Revista opinião.seg nº 7   maio de 2014
Revista opinião.seg nº 7 maio de 2014
Universidade Federal Fluminense
 
Editora roncarati autovistoria de edificações - considerações gerais arti...
Editora roncarati   autovistoria de edificações - considerações gerais   arti...Editora roncarati   autovistoria de edificações - considerações gerais   arti...
Editora roncarati autovistoria de edificações - considerações gerais arti...
Universidade Federal Fluminense
 
Utilidade social e eficiência do mutualismo
Utilidade social e eficiência do mutualismoUtilidade social e eficiência do mutualismo
Utilidade social e eficiência do mutualismo
Universidade Federal Fluminense
 
Uma breve análise da evolução dos programas de gerenciamento de riscos
Uma breve análise da evolução dos programas de gerenciamento de riscosUma breve análise da evolução dos programas de gerenciamento de riscos
Uma breve análise da evolução dos programas de gerenciamento de riscos
Universidade Federal Fluminense
 
Teste de adequação de passivos susep
Teste de adequação de passivos   susepTeste de adequação de passivos   susep
Teste de adequação de passivos susep
Universidade Federal Fluminense
 
Teoria do risco
Teoria do riscoTeoria do risco
Teoria do risco tese de doutoramento
Teoria do risco   tese de doutoramentoTeoria do risco   tese de doutoramento
Teoria do risco tese de doutoramento
Universidade Federal Fluminense
 
Teoria de utilidade e seguro
Teoria de utilidade e seguroTeoria de utilidade e seguro
Teoria de utilidade e seguro
Universidade Federal Fluminense
 
Tecnicas atuariais dos seguros
Tecnicas atuariais dos segurosTecnicas atuariais dos seguros
Tecnicas atuariais dos seguros
Universidade Federal Fluminense
 
Tábuas de mortalidade
Tábuas de mortalidadeTábuas de mortalidade
Tábuas de mortalidade
Universidade Federal Fluminense
 

Mais de Universidade Federal Fluminense (20)

Punto de inflexión, accidentes frente a equipos de protección personal
Punto de inflexión, accidentes frente a equipos de protección personalPunto de inflexión, accidentes frente a equipos de protección personal
Punto de inflexión, accidentes frente a equipos de protección personal
 
Tipping point, accidents versus personal protective equipment
Tipping point, accidents versus personal protective equipmentTipping point, accidents versus personal protective equipment
Tipping point, accidents versus personal protective equipment
 
Pegadas hídricas água, o precioso líquido do presente e do futuro
Pegadas hídricas   água, o precioso líquido do presente e do futuroPegadas hídricas   água, o precioso líquido do presente e do futuro
Pegadas hídricas água, o precioso líquido do presente e do futuro
 
Rc para executivos ganha destaque no mercado segurador ad corretora de seguros
Rc para executivos ganha destaque no mercado segurador   ad corretora de segurosRc para executivos ganha destaque no mercado segurador   ad corretora de seguros
Rc para executivos ganha destaque no mercado segurador ad corretora de seguros
 
Liderança da gestão
Liderança da gestãoLiderança da gestão
Liderança da gestão
 
Percepção, compreensão e avaliação de riscos análise de resultados de pesqu...
Percepção, compreensão e avaliação de riscos   análise de resultados de pesqu...Percepção, compreensão e avaliação de riscos   análise de resultados de pesqu...
Percepção, compreensão e avaliação de riscos análise de resultados de pesqu...
 
Editora roncarati incêndio em áreas de tancagem de produtos diversos arti...
Editora roncarati   incêndio em áreas de tancagem de produtos diversos   arti...Editora roncarati   incêndio em áreas de tancagem de produtos diversos   arti...
Editora roncarati incêndio em áreas de tancagem de produtos diversos arti...
 
Editora roncarati cenários críticos que ampliam riscos artigos e notícias
Editora roncarati   cenários críticos que ampliam riscos   artigos e notíciasEditora roncarati   cenários críticos que ampliam riscos   artigos e notícias
Editora roncarati cenários críticos que ampliam riscos artigos e notícias
 
Cenários críticos que ampliam riscos
Cenários críticos que ampliam riscosCenários críticos que ampliam riscos
Cenários críticos que ampliam riscos
 
Uma passagem só de ida no voo do dia 24 de março de 2015
Uma passagem só de ida no voo do dia 24 de março de 2015Uma passagem só de ida no voo do dia 24 de março de 2015
Uma passagem só de ida no voo do dia 24 de março de 2015
 
Revista opinião.seg nº 7 maio de 2014
Revista opinião.seg nº 7   maio de 2014Revista opinião.seg nº 7   maio de 2014
Revista opinião.seg nº 7 maio de 2014
 
Editora roncarati autovistoria de edificações - considerações gerais arti...
Editora roncarati   autovistoria de edificações - considerações gerais   arti...Editora roncarati   autovistoria de edificações - considerações gerais   arti...
Editora roncarati autovistoria de edificações - considerações gerais arti...
 
Utilidade social e eficiência do mutualismo
Utilidade social e eficiência do mutualismoUtilidade social e eficiência do mutualismo
Utilidade social e eficiência do mutualismo
 
Uma breve análise da evolução dos programas de gerenciamento de riscos
Uma breve análise da evolução dos programas de gerenciamento de riscosUma breve análise da evolução dos programas de gerenciamento de riscos
Uma breve análise da evolução dos programas de gerenciamento de riscos
 
Teste de adequação de passivos susep
Teste de adequação de passivos   susepTeste de adequação de passivos   susep
Teste de adequação de passivos susep
 
Teoria do risco
Teoria do riscoTeoria do risco
Teoria do risco
 
Teoria do risco tese de doutoramento
Teoria do risco   tese de doutoramentoTeoria do risco   tese de doutoramento
Teoria do risco tese de doutoramento
 
Teoria de utilidade e seguro
Teoria de utilidade e seguroTeoria de utilidade e seguro
Teoria de utilidade e seguro
 
Tecnicas atuariais dos seguros
Tecnicas atuariais dos segurosTecnicas atuariais dos seguros
Tecnicas atuariais dos seguros
 
Tábuas de mortalidade
Tábuas de mortalidadeTábuas de mortalidade
Tábuas de mortalidade
 

Relatório de inspeção diária de bate estacas

  • 1. Check List de Equipamentos Relatório de inspeção diária de Bate Estacas Elaborado pelo Eng. Antonio Fernando Navarro Equipamento nº: Marca: Modelo: Operador: Inspeção por: Data: Avaliação das qualificações do operador do equipamento COM S N NA O operador encontra-se habilitado e qualificado? O operador encontra-se identificado por crachá? Existem auxiliares para apoio à operação do equipamento? Verificações diárias dos motores e máquinas COM S N NA O abastecimento do combustível está sendo feito antes do início das atividades? O motor está com o seu plano de manutenção e limpeza em dia? Os dispositivos de segurança encontram-se em suas corretas posições? As luzes de advertência e de alarmes de operação encontram-se funcionando? O freio de emergência está funcionando corretamente? As sapatas de freio dos tambores são novas e estão corretamente ajustadas? Há vazamentos de água, combustível, graxa ou óleo lubrificante? Nota 4 As lâmpadas de advertência estão funcionando? Há controle bimensal de inspeção dos equipamentos e acessórios com etiquetas coloridas do bimestre? Avaliação das condições gerais dos cabos de aço COM S N NA A quantidade de fios arrebentados é menor que 10% dos fios de cada perna, inclusive próximos aos acessórios? Há amassamento dos cabos? Os cabos encontram-se lubrificados? As polias e roldanas encontram-se em boas condições? Existem pontos de corrosão ou de desgaste acentuado nos cabos? Há presença de “gaiolas de passarinho”, destrançamento, dobras, protuberâncias de alma? O laço (olhal) foi conformado em “Trançado Flamengo”? O laço (olhal) manual encontra-se preso com clips de acordo com a norma N-2170? Está sendo feita inspeção diária de ganchos, manilhas, eslingas e acessórios? Os sapatilhos estão com diâmetro menor do que o do cabo ou com rachaduras? Existem corrosão, trincas, deformações e desgaste nos acessórios? Avaliação dos componentes e parte elétricas COM S N NA O chicote de fios encontra-se em boas condições, sem emendas ou com essas adequadamente protegidas? Há fios soltos e sem qualquer identificação ou proteção? As conexões elétricas são providas de plug à prova d’água? Os painéis elétricos estão providos com disjuntor “DR”? Os circuitos elétricos encontram-se sinalizados adequadamente? O equipamento encontra-se eletricamente aterrado por meio de haste de aterramento? Nota 1 Avaliação das condições de segurança COM S N NA O operador e seus ajudantes encontram-se utilizando os EPI’s adequados à função e operação? Nota 7 O extintor de incêndio encontra-se carregado, com etiqueta de inspeção atualizada e com lacre? A área onde estão os equipamentos encontra-se sinalizada à toda volta, informado a todos sobre os riscos existentes, e guardando uma distância mínima de uma vez e meia a altura da maior torre de bate estacas nessa mesma área? O isolamento da area foi feita com tela do tipo “cerquite” sobre moldura de madeira? O acesso é permitido somente ao pessoal autorizado pelo profissional de SMS? Há permanência de pessoas não envolvidas com a atividade a menos de 1,5 vezes a altura da lança do mesmo? As estacas encontram-se estocadas em local cercado e sinalizado e escoradas para evitar que se desloquem acidentalmente? A estaca foi laçada à estrutura da torre por meio de cabo de aço para evitar seu tombamento? O ajudante ao subir na torre para ajuste do cepo de cravação ou da laçada fica com um dos talabartes preso aos degraus da torre e o outro ao trava quedas? O terreno apresenta-se com desníveis ou interferências? Nota 2 São realizados trabalhos em dias de chuva? Nota 3 Montagem e desmontagem do bate estacas e descarregamento de estacas Nota 5 Ítens adicionais COM S N NA A APR encontra-se na frente de serviço e foi divulgada a todos os envolvidos? Na observação da "nega" e repique da estaca o apontador e os ajudantes ficam posicionados lateralmente á cravação e nunca frontalmente ao equipamento? Quando na mesma área isolada houver dois bate-estacas esses deverão trabalhar de "costas" um para o outroequipamento. Isso está ocorrendo? Observações (Notas inseridas)
  • 2. 1. A haste de aterramento elétrico deve ter sido inserida no solo pelo menos 100cm, devendo estar interligada a fio condutor de 35 mm, preso à base do bate estacas com conexão de arruela prensada. 2. Se o terreno apresentar desnível, tubulações ou envelopes no underground , deve ser providenciada estiva de madeira, com dormentes capazes de resistir aos esforços. 3. Os trabalhos deverão ser interrompidos durante chuvas, na iminência de queda de raios ou de fortes ventos. 4. Deve ser providenciada manta de PEAD para ser posicionada sob o equipamento imediatamente abaixo do tanque de combustível da máquina, para recolhimento do produto vazado. 5. Durante a montagem e desmontagem do equipamento e o descarregamento das estacas deve-se isolar completamente a área, sinalizando-a adequadamente. 6. Não deverão ser empregados na montagem do equipamento componentes improvisados ou inadequados ao equipamento, principalmente pinos e polias. 7. O operador do bate estacas e os seus ajudantes deverão utilizar como proteção auditiva plug de inserção e protetor do tipo concha, conjugados. 8. A área ao redor do equipamento deve estar isolada no mínimo em uma distância equivalente a altura da torre do bate-estacas 9. A operação somente deve ser iniciada após a aprovação do planejamento das atividades pelo encarregado do local. 10. Quando não estiver em operação o pilão deve estar repousado sobre o chão ou na cabeça da estaca 11. Não deve ser permitida a manutenção de estacas ainda não cravadas apoiadas na guia da torre, a menos que esteja presa em três pontos por cabos de aço resistentes ao peso da mesma COMENTÁRIOS: 1. 2. 3. 4. VERIFICADORES Nome Assinatura Data