SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Baixar para ler offline
Uma pequena história...




O Big Bang foi quem deu origem a expansão do universo
a partir de seu estado inicial de alta compressão, numa
  explosão repentina, o resultado foi uma violentíssima
 explosão que deu origem aos planetas, estrelas e etc.
Sol

       Mercúrio

                  Vénus




                          Terra

                                  Marte




                                          Júpiter
      Uma disputa entre duas hipóteses sobre a posição da
            Terra no espaço marcava o Saturno IV
                                        século
                                                    Urano


                                                            Neptuno
                                                                      Plutão
             (Classificação antiga)
Duas hipóteses se formaram para explicar a posição
do planeta Terra no universo




                                         hipóteses


                                                 Modelo Heliocêntrico defendido por Galileu Galilei
  Modelo geocêntrico defendido por Aristóteles
Diferenças entre o pensamento
        medieval e o renascentista:

     PENSAMENTO                          PENSAMENTO
       MEDIEVAL                        RENASCENTISTA
Teocentrismo                    Antropocentrismo
Verdade = Bíblia                Verdade = experimentação, observação
Vida material sem importância   Vida terrena e material também é importante

Conformismo                     Crença no progresso
Natureza = fonte do pecado      Natureza = beleza, onde o homem se insere

Ascetismo                       Hedonismo
Dogmatismo                      Fé diferente da razão
geocêntrico/heliocêntrico
 Modelo Geocêntrico

 Quando o homem olha para o céu vê:

    O Sol a movimentar-se;
    A Lua a movimentar-se;
    As estrelas a movimentarem-se.

                    Tudo à volta da Terra!

 A Terra parece ser o centro de todos os movimentos!

           Geo (~ Terra) + Cêntrico (~ no centro)
geocêntrico/heliocêntrico
 Modelo Geocêntrico

 Já era mencionado pelo grego
 Aristóteles, no século IV a.C.


                             Terra



                                  Lua
                             Mercúrio
                                Vénus
                                   Sol
                                Marte
                               Júpiter
                              Saturno
                              estrelas
geocêntrico/heliocêntrico
 Modelo Heliocêntrico

 Aristarco de Samos
 (310-230 a.C.),
 Nicolau Copérnico
 (1473-1543),
 e Galileu Galilei
 (1564-1642),
 defenderam a ideia
 de que Terra não estaria no centro.

           Hélio (~ Sol) + Cêntrico (~ no centro)
geocêntrico/heliocêntrico
 Modelo Heliocêntrico

 Neste modelo a Terra passa a ser apenas mais um dos
 planetas a girar em torno do Sol.

 A Terra deixou de ser o centro dos movimentos.

 A aceitação foi complicada porque a Igreja Católica não
 reconhecia este modelo como válido.
O que era o modelo
           Heliocêntrico?
No sistema heliocêntrico o centro do Universo não é a
  Terra, como no sistema geocêntrico, mas sim o Sol.
Foi Nicolau Copérnico quem defendeu esta idéia, que
  posteriormente seria também defendida por Galileu
  Galilei. Atualmente sabe-se que o Sol também não é
  o centro do Universo, nem sequer da nossa galáxia -
           é apenas o centro do Sistema Solar.
 Com a teoria heliocêntrica, Galileu tornou-se a única
      pessoa já condenada pela Inquisição por ter
        defendido teses estritamente científicas.
As observações de Galileu levavam a crer que
 Nicolau Copérnico estava certo quando disse que a
 Terra girava ao redor do Sol. Por isso, Galileu foi
repreendido pela Igreja Católica em 1616. Galileu é
julgado e condenado por apresentar teoria de que a
Terra não é o centro do sistema solar, se ajoelhou e
     fez uma jura de que sempre acreditaria nos
   ensinamentos da Igreja, abandonaria a idéia do
 movimento da Terra ao redor do Sol e jamais diria
tais coisas novamente. Histórias nunca confirmadas
  dizem que, quando se levantou, Galileu murmurou
 baixinho: "eppur si muove" ("e, no entanto, ela se
move"). Referindo-se que a Terra se move ao redor
                       do sol.
                  Julgamento de Galileu
geocêntrico/heliocêntrico
 Atualmente…

 Sabemos que o Sol, em conjunto com todo o Sistema Solar,
 se encontra em movimento;

 Que o Sol é apenas uma das mais de 200 mil milhões de
 estrelas, que fazem parte de um enorme conjunto: a
 galáxia Via Láctea;

 As galáxias também se encontram em movimento.
Eventos curiosos do
Universo
              Podemos escutar sons no espaço?
 No espaço não podemos escutar sons, pois não possui moléculas de
 ar, por isso, não há como o som vibrar moléculas e viajar no espaço.
Portanto, se uma bomba explodir no espaço não iríamos escutar nada!

                     A luz tem velocidade?
         Muita gente pensa que a luz vai de um lugar ao outro
   instantaneamente, mas não, ela demora um tempo para ir de um
lugar ao outro. Por exemplo: a luz do sol leva mais de 8 minutos para
  chegar a Terra se o sol desaparecesse só iríamos deixar de receber
                 sua luz depois de mais de 8 minutos!
Qual a diferença da
 luz e do som?
  A luz pode se propagar (viajar) pelo espaço não precisa de
  moléculas de ar, já o som não consegue, além disso, a luz
     viaja a uma velocidade de 300.000 quilômetros por 1
        segundo e o som a 340 metros por 1 segundo!




Sabendo isso, responda: Por que numa tempestade observamos
     primeiro o relâmpago para depois escutar o trovão?
RESPOSTA


É que a luz viaja numa velocidade MUITO maior que
 o som, por isso, observamos primeiro o relâmpago
            para depois escutar o trovão!




            VAMOS VER UM EXEMPLO!
Como o som viaja a 340 metros por
   1 segundo Calvin vai escutar o
trovão daqui a 2 segundos (340 x 2
 = 680), mas vai ver de imediato o
    relâmpago, pois a luz viaja a
     300.000 quilômetros por 1
             segundo.

                   680 metros de distância do
                          relâmpago




          Calvin
geocêntrico/heliocêntrico




           Antonio Fernandes 2012

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
 
Oba 2014 aula 5_ terra
Oba 2014 aula 5_ terraOba 2014 aula 5_ terra
Oba 2014 aula 5_ terra
 
Astronomia basica
Astronomia basicaAstronomia basica
Astronomia basica
 
05 gravitação universal
05  gravitação universal05  gravitação universal
05 gravitação universal
 
O que é Astronomia?
O que é Astronomia?O que é Astronomia?
O que é Astronomia?
 
Os corpos celestes no espaço
Os corpos celestes no espaçoOs corpos celestes no espaço
Os corpos celestes no espaço
 
Passagem do modelo geocêntrico para o heliocêntrico_2013
Passagem do modelo geocêntrico para o heliocêntrico_2013Passagem do modelo geocêntrico para o heliocêntrico_2013
Passagem do modelo geocêntrico para o heliocêntrico_2013
 
I.1 A origem do universo
I.1 A origem do universoI.1 A origem do universo
I.1 A origem do universo
 
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema SolarAula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
 
Introdução à Astronomia
Introdução à AstronomiaIntrodução à Astronomia
Introdução à Astronomia
 
Sistema solar
Sistema solarSistema solar
Sistema solar
 
Apresentação slide sistema solar
Apresentação slide sistema solarApresentação slide sistema solar
Apresentação slide sistema solar
 
A terra no espaço
A terra no espaçoA terra no espaço
A terra no espaço
 
Origem do universo
Origem do universoOrigem do universo
Origem do universo
 
Terra no espaço
Terra no espaçoTerra no espaço
Terra no espaço
 
Universo
UniversoUniverso
Universo
 
Aula 02 - Cosmologia
Aula 02 - CosmologiaAula 02 - Cosmologia
Aula 02 - Cosmologia
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
 
O universo e o Sistema Solar
O universo e o Sistema SolarO universo e o Sistema Solar
O universo e o Sistema Solar
 
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big BangOrigem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
 

Semelhante a Modelo geocêntrico vs modelo heliocêntrico

Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1Débora Sales
 
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1Débora Sales
 
MOVIMENTO SINCRONIZADO_23_UP_6.pdf
MOVIMENTO SINCRONIZADO_23_UP_6.pdfMOVIMENTO SINCRONIZADO_23_UP_6.pdf
MOVIMENTO SINCRONIZADO_23_UP_6.pdfSimone Maia
 
A terra e o universo
A terra e o universoA terra e o universo
A terra e o universoKethlin Ruas
 
Origem e evolução do Universo
Origem e evolução do UniversoOrigem e evolução do Universo
Origem e evolução do UniversoVirgilio Nt
 
Introdução sistema solar
Introdução   sistema solarIntrodução   sistema solar
Introdução sistema solarLiliane Morgado
 
O universo e o sistema solar slide power point
O universo e o sistema solar slide power pointO universo e o sistema solar slide power point
O universo e o sistema solar slide power pointJorgeDias104
 
evolução histórica da Astronomia
evolução histórica da Astronomiaevolução histórica da Astronomia
evolução histórica da Astronomiageologia 12
 
ARQUITECTURAxzbxha xxhajacubqcjnxqknocojsnm
ARQUITECTURAxzbxha xxhajacubqcjnxqknocojsnmARQUITECTURAxzbxha xxhajacubqcjnxqknocojsnm
ARQUITECTURAxzbxha xxhajacubqcjnxqknocojsnmElizeuNetto2
 
Gravitação site
Gravitação siteGravitação site
Gravitação sitefisicaatual
 
Modelos do Universo
Modelos do UniversoModelos do Universo
Modelos do Universofbsantos
 
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universomariagrave
 
Novo F.Q. 7 - PPT Universo
Novo F.Q. 7 - PPT UniversoNovo F.Q. 7 - PPT Universo
Novo F.Q. 7 - PPT Universoandygracolas
 
O k existe no universo
O k existe no universoO k existe no universo
O k existe no universoJoana Costa
 
Geografia 1EM 1BIM
Geografia  1EM 1BIM Geografia  1EM 1BIM
Geografia 1EM 1BIM Alice MLK
 

Semelhante a Modelo geocêntrico vs modelo heliocêntrico (20)

Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
 
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
 
MOVIMENTO SINCRONIZADO_23_UP_6.pdf
MOVIMENTO SINCRONIZADO_23_UP_6.pdfMOVIMENTO SINCRONIZADO_23_UP_6.pdf
MOVIMENTO SINCRONIZADO_23_UP_6.pdf
 
A terra e o universo
A terra e o universoA terra e o universo
A terra e o universo
 
Origem e evolução do Universo
Origem e evolução do UniversoOrigem e evolução do Universo
Origem e evolução do Universo
 
Introdução sistema solar
Introdução   sistema solarIntrodução   sistema solar
Introdução sistema solar
 
O universo e o sistema solar slide power point
O universo e o sistema solar slide power pointO universo e o sistema solar slide power point
O universo e o sistema solar slide power point
 
Gravitação Universal GGE - 2
Gravitação Universal GGE - 2Gravitação Universal GGE - 2
Gravitação Universal GGE - 2
 
evolução histórica da Astronomia
evolução histórica da Astronomiaevolução histórica da Astronomia
evolução histórica da Astronomia
 
Astronomia giu
Astronomia giuAstronomia giu
Astronomia giu
 
ARQUITECTURAxzbxha xxhajacubqcjnxqknocojsnm
ARQUITECTURAxzbxha xxhajacubqcjnxqknocojsnmARQUITECTURAxzbxha xxhajacubqcjnxqknocojsnm
ARQUITECTURAxzbxha xxhajacubqcjnxqknocojsnm
 
Gravitação site
Gravitação siteGravitação site
Gravitação site
 
Modelos do Universo
Modelos do UniversoModelos do Universo
Modelos do Universo
 
O universo [só de leitura]
O universo [só de leitura]O universo [só de leitura]
O universo [só de leitura]
 
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
 
Novo F.Q. 7 - PPT Universo
Novo F.Q. 7 - PPT UniversoNovo F.Q. 7 - PPT Universo
Novo F.Q. 7 - PPT Universo
 
Mec4
Mec4Mec4
Mec4
 
O Universo
O UniversoO Universo
O Universo
 
O k existe no universo
O k existe no universoO k existe no universo
O k existe no universo
 
Geografia 1EM 1BIM
Geografia  1EM 1BIM Geografia  1EM 1BIM
Geografia 1EM 1BIM
 

Mais de Antonio Fernandes

Turma 211 desequilíbrio ambiental
Turma 211 desequilíbrio ambientalTurma 211 desequilíbrio ambiental
Turma 211 desequilíbrio ambientalAntonio Fernandes
 
Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...
Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...
Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...Antonio Fernandes
 
Ecologia-Relações Ecológicas
Ecologia-Relações Ecológicas Ecologia-Relações Ecológicas
Ecologia-Relações Ecológicas Antonio Fernandes
 
Trab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma Amazon
Trab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma AmazonTrab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma Amazon
Trab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma AmazonAntonio Fernandes
 
Conceitos em Ecologia e Ecossitemas
Conceitos em Ecologia e EcossitemasConceitos em Ecologia e Ecossitemas
Conceitos em Ecologia e EcossitemasAntonio Fernandes
 

Mais de Antonio Fernandes (11)

Sistema circulatorio 2011
Sistema circulatorio 2011Sistema circulatorio 2011
Sistema circulatorio 2011
 
Turma 211 desequilíbrio ambiental
Turma 211 desequilíbrio ambientalTurma 211 desequilíbrio ambiental
Turma 211 desequilíbrio ambiental
 
Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...
Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...
Tarsila do Amaral - biografia Aluna: LAVINIA MARTINS DE ANDRADE Turma 181 Col...
 
A terra Vista do Céu
A terra Vista do CéuA terra Vista do Céu
A terra Vista do Céu
 
Projeto pintores
Projeto pintoresProjeto pintores
Projeto pintores
 
Apresentação+tarsila 2010
Apresentação+tarsila 2010Apresentação+tarsila 2010
Apresentação+tarsila 2010
 
Ecologia-Relações Ecológicas
Ecologia-Relações Ecológicas Ecologia-Relações Ecológicas
Ecologia-Relações Ecológicas
 
Sistema Digestório Carmo
Sistema Digestório CarmoSistema Digestório Carmo
Sistema Digestório Carmo
 
Tecidos
TecidosTecidos
Tecidos
 
Trab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma Amazon
Trab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma AmazonTrab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma Amazon
Trab biologia Grupo Gustavo Dantas Bioma Amazon
 
Conceitos em Ecologia e Ecossitemas
Conceitos em Ecologia e EcossitemasConceitos em Ecologia e Ecossitemas
Conceitos em Ecologia e Ecossitemas
 

Último

atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 

Último (20)

atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 

Modelo geocêntrico vs modelo heliocêntrico

  • 1. Uma pequena história... O Big Bang foi quem deu origem a expansão do universo a partir de seu estado inicial de alta compressão, numa explosão repentina, o resultado foi uma violentíssima explosão que deu origem aos planetas, estrelas e etc.
  • 2. Sol Mercúrio Vénus Terra Marte Júpiter Uma disputa entre duas hipóteses sobre a posição da Terra no espaço marcava o Saturno IV século Urano Neptuno Plutão (Classificação antiga)
  • 3. Duas hipóteses se formaram para explicar a posição do planeta Terra no universo hipóteses Modelo Heliocêntrico defendido por Galileu Galilei Modelo geocêntrico defendido por Aristóteles
  • 4.
  • 5.
  • 6. Diferenças entre o pensamento medieval e o renascentista: PENSAMENTO PENSAMENTO MEDIEVAL RENASCENTISTA Teocentrismo Antropocentrismo Verdade = Bíblia Verdade = experimentação, observação Vida material sem importância Vida terrena e material também é importante Conformismo Crença no progresso Natureza = fonte do pecado Natureza = beleza, onde o homem se insere Ascetismo Hedonismo Dogmatismo Fé diferente da razão
  • 7. geocêntrico/heliocêntrico Modelo Geocêntrico Quando o homem olha para o céu vê: O Sol a movimentar-se; A Lua a movimentar-se; As estrelas a movimentarem-se. Tudo à volta da Terra! A Terra parece ser o centro de todos os movimentos! Geo (~ Terra) + Cêntrico (~ no centro)
  • 8. geocêntrico/heliocêntrico Modelo Geocêntrico Já era mencionado pelo grego Aristóteles, no século IV a.C. Terra Lua Mercúrio Vénus Sol Marte Júpiter Saturno estrelas
  • 9. geocêntrico/heliocêntrico Modelo Heliocêntrico Aristarco de Samos (310-230 a.C.), Nicolau Copérnico (1473-1543), e Galileu Galilei (1564-1642), defenderam a ideia de que Terra não estaria no centro. Hélio (~ Sol) + Cêntrico (~ no centro)
  • 10. geocêntrico/heliocêntrico Modelo Heliocêntrico Neste modelo a Terra passa a ser apenas mais um dos planetas a girar em torno do Sol. A Terra deixou de ser o centro dos movimentos. A aceitação foi complicada porque a Igreja Católica não reconhecia este modelo como válido.
  • 11. O que era o modelo Heliocêntrico? No sistema heliocêntrico o centro do Universo não é a Terra, como no sistema geocêntrico, mas sim o Sol. Foi Nicolau Copérnico quem defendeu esta idéia, que posteriormente seria também defendida por Galileu Galilei. Atualmente sabe-se que o Sol também não é o centro do Universo, nem sequer da nossa galáxia - é apenas o centro do Sistema Solar. Com a teoria heliocêntrica, Galileu tornou-se a única pessoa já condenada pela Inquisição por ter defendido teses estritamente científicas.
  • 12. As observações de Galileu levavam a crer que Nicolau Copérnico estava certo quando disse que a Terra girava ao redor do Sol. Por isso, Galileu foi repreendido pela Igreja Católica em 1616. Galileu é julgado e condenado por apresentar teoria de que a Terra não é o centro do sistema solar, se ajoelhou e fez uma jura de que sempre acreditaria nos ensinamentos da Igreja, abandonaria a idéia do movimento da Terra ao redor do Sol e jamais diria tais coisas novamente. Histórias nunca confirmadas dizem que, quando se levantou, Galileu murmurou baixinho: "eppur si muove" ("e, no entanto, ela se move"). Referindo-se que a Terra se move ao redor do sol. Julgamento de Galileu
  • 13. geocêntrico/heliocêntrico Atualmente… Sabemos que o Sol, em conjunto com todo o Sistema Solar, se encontra em movimento; Que o Sol é apenas uma das mais de 200 mil milhões de estrelas, que fazem parte de um enorme conjunto: a galáxia Via Láctea; As galáxias também se encontram em movimento.
  • 14. Eventos curiosos do Universo Podemos escutar sons no espaço? No espaço não podemos escutar sons, pois não possui moléculas de ar, por isso, não há como o som vibrar moléculas e viajar no espaço. Portanto, se uma bomba explodir no espaço não iríamos escutar nada! A luz tem velocidade? Muita gente pensa que a luz vai de um lugar ao outro instantaneamente, mas não, ela demora um tempo para ir de um lugar ao outro. Por exemplo: a luz do sol leva mais de 8 minutos para chegar a Terra se o sol desaparecesse só iríamos deixar de receber sua luz depois de mais de 8 minutos!
  • 15. Qual a diferença da luz e do som? A luz pode se propagar (viajar) pelo espaço não precisa de moléculas de ar, já o som não consegue, além disso, a luz viaja a uma velocidade de 300.000 quilômetros por 1 segundo e o som a 340 metros por 1 segundo! Sabendo isso, responda: Por que numa tempestade observamos primeiro o relâmpago para depois escutar o trovão?
  • 16. RESPOSTA É que a luz viaja numa velocidade MUITO maior que o som, por isso, observamos primeiro o relâmpago para depois escutar o trovão! VAMOS VER UM EXEMPLO!
  • 17. Como o som viaja a 340 metros por 1 segundo Calvin vai escutar o trovão daqui a 2 segundos (340 x 2 = 680), mas vai ver de imediato o relâmpago, pois a luz viaja a 300.000 quilômetros por 1 segundo. 680 metros de distância do relâmpago Calvin
  • 18. geocêntrico/heliocêntrico Antonio Fernandes 2012