SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Baixar para ler offline
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ
   Reconhecida pela Portaria nº. 821/MEC – D.O.U. de 01.06.94
         CAMPUS AVANÇADO DE QUIXERAMOBIM
               CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA
                 Prof.: Antonio Martins de Almeida Filho




           METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO
                A CONSTRUÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA




                         QUIXERAMOBIM – CEARÁ
                      SETEMBRO E OUTUBRO – 2010
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                      1/2




                                            Só sei que nada sei enquanto os outros acreditam
                                            saber aquilo que não sabem

                                                                                       Sócrates
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                      1/3




                                        Antonio Filho, Martins de Almeida

            D____
            ___

                  Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos – Universidade
           Estadual Vale do Acaraú - UVA. Campus Avançado de Quixeramobim – Ceará.
           2010.



           1- Metodologia do trabalho Científico.

                     CDU: _______
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                      1/4



SUMÁRIO

APRSENTAÇÃO                                                                      06


MENETA DA DISCIPLINA                                                             08


BOAS VINDAS AOS ACADÊMICOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA                           11

UNIDADE I
INTRODUÇÃO AOS NÍVEIS DE CONHECIMENTOS – ABORDAGEM FILOSÓFICA                    12


UNIDADE II
O PROBLEMA DA DEMARCAÇÃO DA CIÊNCIA E A RELAÇÃO COM O
SENSO COMUM                                                                      31


UNIDADE III
O CONHECIMENTO HUMANO                                                            36


UNIDADE IV
AS VÁRIAS FORMAS DO CONHECIMENTO HUMANO - CIÊNCIA,
CONHECIMENTO E MÉTODO CIENTÍFICO                                                 38


UNIDADE V
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA                                                         41


UNIDADE VI
FORMAS DE REGISTRO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS: A TÉCNICA
DE SUBLINHAR E A ELABORAÇÃO DE ESQUEMAS                                          44


UNIDADE VII
FORMA DE REGISTRO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS: A ELABORAÇÃO
DE RESUMOS                                                                       48


UNIDADE VIII
FORMAS DE REGISTRO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS: O FICHAMENTO
E A RESENHA                                                                      52
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                      1/5

UNIDADE IX
FORMAS DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS                                  56


UNIDADE X
A PESQUISA CIENTÍFICA                                                            59

UNIDADE XI
A PESQUISA CIENTÍFICA: TÉCNICAS OU INSTRUMENTOS                                  63


UNIDADE XII
PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA                                                   68


UNIDADE XIII
RELATÓRIO DE PESQUISA CIENTÍFICA                                                 74


UNIDADE XIV
CITAÇÕES E REFERÊNCIAS NOS TRABALHOS CIENTÍFICOS                                 77


UNIDADE XV
FORMAS DE DIVULGAÇÃO OU PUBLICAÇÃO: O ARTIGO CIENTÍFICO                          84


UNIDADE XVI
FORMAS DE DIVULGAÇÃO OU PUBLICAÇÃO: MONOGRAFIA/TCC                               87

UNIDDE XVII
APRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS TRABALHOS ACADÊMICOS                                    89


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS                                                       96
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                      1/6




                                     APRESENTAÇÃO


       Durante o exercício da docência, em ambientes acadêmicos, uma situação da
prática cotidiana tem me desafiado; em particular as dificuldades e equívocos
cometidos com relação às produções universitárias, tanto nas turmas de graduações
e pós-graduações, de cursistas matriculadas nas diversas áreas do conhecimento.
Essas limitações são mais observadas e acentuadas nas produções referentes aos
Trabalhos rotineiros da vida acadêmica cotidiana e nos TCC”s - Trabalhos de
Conclusão de Curso.


       Chegando à cidade de Quixeramobim no ano de 1999, com a interiorização da
Universidade, em especial a Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA,
inicialmente com a implantação exclusiva de cursos voltados para a formação do
magistério. Posteriormente ocorreu a criação da UNICENTRO e mais tarde, por
determinação judicial, a UVA assume as atividades da citada UNICENTRO, criando o
Campus Avançado de Quixeramobim, fator que culminou na implantação de novos
cursos como Direito, Enfermagem, Administração, Contabilidade e Educação Física.


       Como professor desta instituição e tendo a oportunidade de atuar nos diversos
cursos, conviver com alunos e profissionais, passei a observar situações cotidianas
em que se caracteriza um fenômeno previsto no pensamento filosófico, ou seja, a
diversidade de pensamentos conflitando com a fertilidade de idéias e interpretações
próprias da convivência inteligente.


       Segundo o princípio racional da administração toda instituição necessita traçar
diretrizes para que seus seguidores possam atuar corretamente em suas
especificidades e especialidades. Com esse intuito somos orientados a seguir o
Manual acadêmico disponibilizado pela Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA,
entretanto, este ainda permite dúvidas, remetendo-nos à Associação Brasileira de
Normas Técnicas – ABNT, que sua vez também favorece interpretações particulares
quando permite que a instituição proceda com as devidas adequações e/ou
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                      1/7

padronizações das normas científicas no âmbito da academia. Diante dessa abertura
tem início a fertilidade de interpretações favorecendo a divergência de pensamentos e


compreensões próprias de um ambiente permeando por consciências e mentes
férteis.


       Diante dessas alegativas e visando promover a unidade na diversidade
acadêmica é que me propus a elaborar e apresentar essa produção à Universidade
Estadual Vale do Acaraú – UVA através do Instituto Dom José de Educação e Cultura
– Campus Avançado de Quixeramobim – Ceará respondendo aos anseios dos alunos
possíveis concludentes dos diversos cursos de Graduação e objetivando a
articulação, a realização e o desenvolvimento da educação no tocante à formação
acadêmica inicial de seus educandos, possíveis concludentes, a equipe de
professores responsáveis pela orientação dos Trabalhos de Conclusão de Curso –
TCC-, aplicando-se aos casos específicos de elaboração de Produções Monográficas
e Artigos Científicos, e considerando, ainda, o fator tempo aplicado à vida dos alunos
e de seus respectivos professores, a distância entre o a sede do Campus Avançado e
o acervo bibliográfico disponível considera a necessidade de elaborar uma Norma
Básica para atender as principais dificuldades e compreensão de um trabalho
científico, aprimorando os conhecimentos e facilitando os estudos específicos.


       Considerando as exposições anteriores e visando contribuir com a prática
docente e discente dessa Universidade apresento à Coordenação Local do Campus
Avançado de Quixeramobim e seu corpo de professores a presente proposta para
estudo, análise, sugestões, proposições, modificações e aprovação para sua
implementação no segundo semestre letivo de 2010.




                                                    Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                      1/8




                                          EMENTA DA DISCIPLINA


      Professor: Antônio Martins de Almeida Filho
      Disciplina: METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO
      Campus Avançado de Quixeramobim
      Período de oferta: setembro e outubro de 2010
      Turma - 260130


DISCIPLINA                       CARGA HORÁRIA          CRÉDITOS        PRÉ-REQUISITO
Metodologia     do    Trabalho         60                   04                   -
Científico

EMENTA
Noções introdutórias dos fundamentos metodológicos e diretrizes técnicas para formação de
adequados hábitos de estudo, de leitura e análise de textos, de utilização de instrumentos de
trabalho acadêmico, de debate coletivo, de produção e sistematização do conhecimento,
subsidiando os alunos no desenvolvimento de uma saudável postura crítica e investigativa,
articulando assim, os fundamentos filosóficos, epistemológicos e éticos com as orientações técnicas
para o desenvolvimento da pesquisa, no sentido de superar a visão tecnicista.

OBJETIVOS
   • Introduzir e capacitar o aluno na realização de pesquisas bibliográficas e na elaboração e
      apresentação de trabalhos acadêmicos dentro dos fundamentos do método científico;
   • Formação de hábitos adequados de leitura;
   • Desenvolver o aluno através da leitura com senso crítico;
   • Compreender os vários tipos de métodos científicos e as várias formas de pesquisa;
   • Conhecer as normas referentes à elaboração e apresentação de trabalhos acadêmicos;
   • Elaborar e apresentar trabalho devidamente normalizado;
   • Capacitar o aluno a desenvolver pesquisa científica;
   • Elaborar uma monografia.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
  • Apresentação e discussão do programa da disciplina;
  • Leitura: tipos de leitura, finalidades da leitura e análise de textos;
  • Fichamentos: explicação teórica, elaboração e apresentação;
  • Resumos: explicação teórica, elaboração e apresentação;
  • Relatório: estrutura, estilo e aspectos gráficos;
  • Método científico: classificação e características;
  • Pesquisa: tipos, conceitos e objetivos;
  • Pesquisa bibliográfica;
  • Etapas para elaboração do trabalho científico: formulação do problema, hipótese,
     amostragem, observação, entrevista e questionário;
  • Elaboração do trabalho científico: monografia, dissertação, tese, artigo em periódico;
  • Análise crítica do texto: leitura e discussão;
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                      1/9

   • Referências bibliográficas e citações e notas de rodapé (normas da ABNT);
   • Formas de apresentação do trabalho científico (oral painel): postura científica, abordagem,
     estrutura e conteúdos;
   • Recursos áudio-visuais (banner, painéis, álbum seriado, filmagem): elaboração, estrutura
     gráfica;
   • Apresentação do trabalho científico.


METODOLOGIA
   • Aulas teóricas expositivas;
   • Aulas práticas;
   • Exposição dialogada,estudo em grupo, discussão;
   • Estudo em equipe, discussão;
   • Trabalho individual e em grupo;
   • Apresentação individual.

AVALIAÇÃO
   • Seminários;
   • Avaliação escrita e discursiva;
   • Participação dos trabalhos em sala

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

             ALVES, M.; ALDA, J.; GEWANDSNADJDER, F. O método nas ciências naturais e
sociais: A pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo: Pioneira, 1998.

        ANDRADE, M.M. Introdução à metodologia do trabalho científico. 4ª ed. São Paulo:
Atlas, 1999.

       BASTOS, I.R.P.; FERNANDES, L.M. Manual para elaboração de projetos e relatórios de
pesquisa teste e dissertações. 3ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1982.

         CARVALHO, M.C. (org). Construindo o saber: fundamentos e técnicas de metodologia
científica. 6ª ed. Campinas: Papirus, 1997.

       CERVO, A.L.; BERVIAS, P.A. Metodologia científica: para uso dos estudantes
universitários. São Paulo, Mcgraw Hill, 1983.

        CHIZZOTTI, Antônio. Pesquisa em ciências humanas e sociais. São Paulo: Cortez,
1995.

        ECO, H. Como se faz uma tese. 10ª ed. São Paulo: Perspectiva, 1993.

        FAZENDA, I. (org.). Novos enfoques da pesquisa educacional. 3ª ed. São Paulo: Cortez,
1999.

        FEITOSA, V.C. Redação de textos científicos. Campinas: Papirus, 1991.

        GALLIANO, G. O método científico teoria e prática. São Paulo: Atlas, 1991.
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                     1/10

       MARCON, M.A.; LAKATOS, E.M. Técnicas de pesquisa planejamento e execução de
pesquisa. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 1990.

       MINAYO, M. Cecília S. (org). Pesquisa Social: Teoria, método e criatividade. Petrópolis:
Vozes, 1994.

        RUIZ, J.A. Metodologia científica – Guia para eficiência nos estudos. 3ª ed. São Paulo:
Atlas, 1991.

       Normas da ABNT.
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                     1/11




          Aos Acadêmicos do Curso de Educação Física da Universidade Estadual Vale do Acaraú –
UVA, Campus Avançado de Quixeramobim,


          Seja bem-vindo(a) ao curso de Educação Física da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA,
Campus Avançado de Quixeramobim – Ceará e em especial à Disciplina Metodologia do Trabalho Científico.
Esta disciplina integra a Matriz Curricular e a fundamentação teórica do Curso de Educação Física desta
Universidade, através do Instituto Dom José de Educação e Cultura.


          Você está sendo acolhido nesta Universidade sob a sua égide, que é: "Agere sequitur esse", o agir
segue o ser. Portanto, como acadêmico acolhido nesta instituição de ensino superior deverá primar por sua
formação, pelo que representa e principalmente pelo que a sociedade espera de você.


          Esta apostila elaborada e disponibilizada pelo professor Antônio Martins de Almeida Filho
compreenderá, a partir da ementa institucional, uma série de reflexões e aprofundamentos que norteará a
sua introdução à vida acadêmica e à iniciação científica. Propiciará aprofundamentos em torno das noções
introdutórias dos fundamentos metodológicos e diretrizes técnicas para formação de adequados hábitos de
estudo, de leitura e análise de textos, de utilização de instrumentos de trabalho acadêmico, de debate
coletivo, de produção e sistematização do conhecimento, subsidiando os alunos no desenvolvimento de uma
saudável postura crítica e investigativa, articulando assim, os fundamentos filosóficos, epistemológicos e
éticos com as orientações técnicas para o desenvolvimento da pesquisa, no sentido de superar a visão
tecnicista.


          Os conteúdos programáticos serão relevantes para a sua formação profissional e, ao mesmo tempo,
será ponte para o estudo das demais disciplinas e “LUMEN AD VIAM” - Luz para os seus caminhos ou luz
para a vida. Esta é a disciplina que não permitirá jamais que o acadêmico, enquanto eterno aprendiz fique de
férias.


          Pautado nas considerações anteriores e com a crença em seu crescimento e formação profissional é
que lhe damos as boas vindas e desejamos uma boa sorte.


                                                                  Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                     1/12


        UNIDADE XII


    1. PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA


        INTRODUÇÃO
        Como vimos anteriormente, pesquisa é o mesmo que busca ou procura. Pesquisar, portanto, é
buscar ou procurar resposta para alguma coisa. Em se tratando de Pesquisa Científica, é a busca de
solução a um problema de que alguém queira saber a resposta. Pode-se dizer que se faz ciência, ou
melhor, que se produz ciência por meio de uma pesquisa. E, na pesquisa, utilizam-se diferentes
procedimentos e instrumentos para se chegar a uma resposta mais precisa. Para alcançar essa
resposta, também é preciso percorrer algumas etapas, a saber:

        1º - elaboração de um projeto de pesquisa;
        2º - a execução da pesquisa conforme a metodologia prevista no projeto;
        3º - a elaboração do relatório da pesquisa realizada (divulgação dos resultados da pesquisa).

        Nesse momento, apresentaremos, passo a passo, a estrutura de um projeto de pesquisa,
exemplificando de tal modo que você, compreenda e possa elaborar o seu projeto.

        O que é um projeto de pesquisa?

        Há várias definições para o projeto de pesquisa. De modo geral, podemos dizer que é uma
proposta teórica prévia, formulada a respeito de determinado assunto, para realização da pesquisa. Em
linguagem simplificada, trata-se da intenção planejada de realizar uma pesquisa. O projeto é a primeira
etapa do processo de elaboração, execução e apresentação da pesquisa.

         Em uma pesquisa, nada se faz ao acaso. Desde a escolha do tema, elaboração dos objetivos,
determinação da metodologia, coleta de dados, sua análise e interpretação para a elaboração do
relatório final, tudo é previsto no projeto de pesquisa.

       Parece-nos que há um consenso, entre os teóricos, de que o projeto, ao buscar prever as ações
a serem desenvolvidas durante a pesquisa, tenta responder às seguintes questões:
    •   o quê?
    •   por quê?
    •   para quê?
    •   para quem?
    •   onde?
    •   como?
    •   com quê?
    •   quando?
    •   quem?
    •   com quantos?

       Antes de redigir um projeto de pesquisa, alguns passos devem ser dados. Em primeiro lugar,
exigem-se estudos preliminares que permitirão verificar o estado da questão que se pretende
desenvolver, sob aspectos teóricos e de outros estudos, como também de pesquisa já elaborada. Tal
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                     1/13

esforço não será desperdiçado, pois qualquer tema de pesquisa necessita de adequada integração com
a teoria existente. Isso se faz por meio de uma rigorosa análise do material já disponível, sendo incluída
no projeto sob o título de “revisão bibliográfica”.

        O projeto de pesquisa é necessário para obtenção de bolsas de estudo, patrocínio para
pesquisas, para ser apresentado ao orientador visualizando uma possível monografia de final de curso,
na graduação e/ou na pós-graduação, a fim de que o orientador seja informado a respeito do trabalho
que se pretende desenvolver etc.

       Um bom projeto de pesquisa deve conter as linhas básicas da pesquisa que se tem em mente.
Uma coisa precisa ser lembrada: a pesquisa, por ser um trabalho científico por excelência,
metodologicamente, deve ter um planejamento e seguir uma estruturação.

        Abaixo, apresentamos uma possível estrutura, entre outras possíveis, para a elaboração de um
projeto de pesquisa. Nosso intuito é que sirva como orientação às pesquisas a ser desenvolvidas por
você, no contexto acadêmico e, posteriormente, no âmbito profissional.

        O esquema básico de um projeto de pesquisa deve conter os seguintes elementos:
    •   Capa;
    •   Folha de rosto;
    •   Tema;
    •   Justificativa;
    •   Definição de objetivos;
    •   Definição e seleção do problema;
    •   Elaboração de hipóteses;
    •   Fundamentação teórica / (revisão bibliográfica);
    •   Metodologia;
    •   Cronograma;
    •   Orçamento;
    •   Referências;
    •   Anexos e/ou apêndices.

        Na capa, faz-se a identificação da instituição destinatária do trabalho e do projeto em si. Na folha
de rosto, indicam-se a instituição destinatária do projeto, o título do projeto, o autor ou autores, o local e a
data. Abordaremos os outros elementos, um a um, com maiores detalhes, a seguir.

        Tema

         Tematizar um assunto é selecionar um aspecto ou enfoque específico da realidade. É delimitar
seu objeto de pesquisa, isto é, ao delimitar o tema, deve-se considerar o tempo e o espaço em que o
projeto será desenvolvido, além do aspecto específico a ser investigado.

        Veja alguns exemplos de temas elaborados a partir de assuntos bem freqüentes na realidade
social em que vivemos:




                 ASSUNTOS                                                    TEMAS
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                     1/14

Ex. 1 A Educação Física Escolar                      A Educação Física como Fator de
                                                     Socialização no Âmbito Escolar
Ex. 2 O Atendimento aos Usuários do                  A Humanização do Atendimento no
Sistema Único de Saúde em, em                        Sistema     Único    de    Saúde,   em
Quixeramobim                                         Quixeramobim.
Ex. 3 A Defensoria Pública como Direito              O Papel da Defensoria Pública no
do Cidadão                                           Atendimento à População Carente do
                                                     Município de Quixeramobim
Ex. 4 O Curso de Administração de                    O impacto econômico do Sertão Central
Empresas em Quixeramobim                             nos últimos cinco anos com a Chegada da
                                                     Faculdade de Administração

        A Elaboração do Projeto de Pesquisa

       A partir desse ponto do texto vamos apresentando uma estrutura, instrumentalizando a sua
atenção e conhecimento para a elaboração do Projeto de Pesquisa.

       Justificativa

        A justificativa em um projeto de pesquisa, como o próprio nome indica, é o convencimento de
que o trabalho de pesquisa é fundamental e deve ser efetivado. É válido ter na mente uma dúvida: o
tema escolhido pelo pesquisador, o problema e as hipóteses levantadas são de suma importância para a
sociedade ou para alguns indivíduos?

          Deve-se tomar o cuidado, na elaboração dessa parte do projeto, de não se tentar explicar a
hipótese levantada, ou seja, tentar responder ou concluir o que vai ser buscado no trabalho de pesquisa.
A justificativa exalta a importância do tema a ser estudado ou justifica a necessidade imperiosa de se
levar a efeito tal empreendimento.

       Objetivos

         Repare o que diz Bagno (2002, p. 28) a respeito dos objetivos em um projeto de pesquisa
científica:

                         O objetivo é o ponto de chegada, a meta final. É a contribuição que o projeto quer dar ao
                         conhecimento daquele tema. Uma pesquisa sem objetivo é uma aberração científica! [...] O
                         pesquisador em farmácia que está testando novas combinações de substâncias para tentar
                         combater uma doença tem o objetivo claro de salvar vidas humanas. [...] Fazer pesquisa é
                         assumir pelo menos um compromisso: aumentar o conhecimento das pessoas acerca de um
                         determinado assunto. E isso é uma grande responsabilidade. Grifo nosso.



         O objetivo geral pode ser detalhado em objetivos específicos que, como o próprio nome sugere,
irão detalhar, especificar, esmiuçar, aquele objetivo maior. Um recurso que deve ser utilizado para se
definir os objetivos é colocá-los começando com o verbo no infinitivo: esclarecer tal coisa; definir tal
assunto; procurar aquilo; permitir aquilo outro; demonstrar alguma coisa etc.

       Exemplo de objetivo a partir da proposta de tema anteriormente apresentado:


       1. Compreender a Educação Física como Fator de Socialização no Âmbito Escolar.
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                     1/15

        2. Investigar o papel da Humanização do Atendimento do Sistema Único de Saúde, em
           Quixeramobim.
        3. Conhecer o Papel da Defensoria Pública no Atendimento à População Carente do Município
           de Quixeramobim.
        4. Comparar o impacto econômico do Sertão Central nos últimos cinco anos com a Chegada
           da Faculdade de Administração.

        Problema

         O problema é a mola propulsora de todo o trabalho de pesquisa. Depois de definido o tema,
levanta-se uma questão para ser respondida por meio de uma hipótese, que será confirmada ou negada
a partir do trabalho de pesquisa. O problema é criado pelo próprio autor e relacionado ao tema escolhido.
O autor, no caso, criará um questionamento para definir a abrangência de sua pesquisa. Não há regras
para se criar um problema, mas alguns autores sugerem que ele seja expresso em forma de pergunta,
outros defendem que ele seja descrito como uma afirmação.

        O problema a ser estudado deverá ser o marco de referência para todas as suas decisões. De
acordo com o problema, define-se todo o encaminhamento do projeto de pesquisa. Formular o problema
consiste em dizer, de forma explícita, clara, compreensível e operacional, qual é a dificuldade com a qual
nos defrontamos e queremos resolver. O problema é uma dificuldade, cuja solução poderá ser
encontrada com a realização de uma pesquisa.

        Hipótese

        Hipótese deriva do problema e constitui uma verdade provisória. É uma afirmação categórica,
que irá orientar a tentativa de responder o problema levantado no tema escolhido para pesquisa. É uma
pré-solução para o referido problema. O trabalho de pesquisa, então, irá confirmar ou negar a hipótese
(verdade provisória) levantada.

        Fundamentação teórica

       Este é um ponto importantíssimo no projeto de pesquisa. Se eu sei os objetivos de minha
pesquisa e tenho clareza do problema que quero investigar, a fundamentação teórica irá me ajudar a
argumentar aquilo que desejo descobrir.

        É necessário alimentar nossos conhecimentos a partir de conhecimentos propostos por outros
autores, sejam no sentido de afirmação ou refutação do conhecimento. Devo compreender que não
estou inaugurando um fato novo no campo científico, enquanto conhecimento. Em algum momento ou
lugar alguém já deve ter falado sobre o assunto em questão. É o princípio da humildade que a filosofia
recomenda a todo pesquisador. Compreender que ninguém pode falar daquilo que não se conhece.

        Caso eu fosse professor e, por exemplo, quisesse encontrar as causas do fracasso de meus
alunos no processo de alfabetização, ou quisesse descobrir os métodos mais adequados para ensinar as
operações fundamentais, seria preciso buscar, nas fontes adequadas, o que já foi estudado e escrito
sobre a questão e registrar, nessa parte do projeto, o resultado dessa investigação.

         O referencial teórico é o que fundamenta e dá consistência ao projeto de pesquisa. eu seleciono
a teoria, os conceitos que darão sustentação à prática desenvolvida.
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                     1/16

        Metodologia
         Em um projeto de pesquisa, a Metodologia é a explicação minuciosa, detalhada, rigorosa de toda
ação desenvolvida no método (caminho) do trabalho de pesquisa. É a explicação do tipo de pesquisa, do
instrumental utilizado (questionário, entrevista etc.), do tempo previsto, da equipe de pesquisadores e da
divisão do trabalho, das formas de tabulação e tratamento dos dados, enfim, de tudo aquilo que se
utilizou no trabalho de pesquisa.

        A metodologia é o caminho a ser adotado para coletar os dados, tendo como base a teoria e os
objetivos da pesquisa. Fique atento para escolher os métodos adequados ao problema e às hipóteses e
combinar adequadamente os métodos propostos.

        Cronograma
         O Cronograma é a previsão de tempo que será gasto na realização do trabalho de acordo com
as atividades a serem cumpridas. As atividades e os períodos serão definidos a partir das características
de cada pesquisa e dos critérios determinados pelo autor do trabalho e pelo tempo previsto no calendário
acadêmico. Os períodos podem estar divididos em dias, semanas, quinzenas, meses, bimestres,
trimestres etc. de acordo com os critérios de tempo adotados por cada pesquisador.
        Exemplo:
      ATIVIDADE          1ºMÊS       2ºMÊS        3ºMÊS      4ºMÊS      5ºMÊS       6ºMÊS     7ºMÊS

  Levantamento de
     literatura.          X
    Montagem do
      Projeto
                                      X
   Pesquisa de
  Campo e Coleta
    de dados
                                                              X

   Tratamento de
       dados
                                                                          X          X
  Sistematização
 das Informações e
   Elaboração do
   Relatório Final
                                                                                     X
   Publicação dos
    Resultados
                                                                                               X
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                     1/17

       Orçamento

       Normalmente, as monografias, as dissertações e as teses acadêmicas não necessitam de que
sejam expressos os recursos financeiros. Os recursos só serão incluídos quando o projeto for
apresentado para uma instituição financiadora de projetos de pesquisa.

        Os recursos financeiros podem estar divididos em material permanente, material de consumo e
pessoal, sendo que essa divisão vai ser definida a partir dos critérios de organização de cada um ou das
exigências da instituição onde está sendo apresentado o projeto.
        Exemplo:
                    ITENS                                                         CUSTO (R$)
 Compra de Livros                                                                   170,00
 Despesas com Xerox, digitação e impressão de documentos e textos                   200,00
 Pagamento de passagens - Transporte                                                150,00
 Despesa com alimentação em viagens                                                 150,00
 Publicação do Trabalho.                                                            100,00
 TOTAL:                                                                             770,00

       Anexos/Apêndice

          Este item – anexos ou Apêndices – também só é incluído caso haja necessidade de juntar ao
projeto algum documento que venha dar algum tipo de esclarecimento ao texto. A inclusão ou não fica a
critério do autor da pesquisa.

        Ao contrário do que propugnava a NBR 10719 (1989), a NBR 14724 (2001) estabelece diferença
entre esses dois elementos pós-textuais: apêndice é um “texto ou documento elaborado pelo autor para
complementar sua argumentação, sem prejuízo da unidade nuclear do trabalho” (p.4.), ao passo que
anexo é um “texto ou documento não elaborado pelo autor mas que serve de fundamentação,
complementação e ilustração.” Ambos são identificados pelas letras do alfabeto em maiúsculas:
Apêndice A , Apêndice B, Apêndice C, etc. e/ou Anexo A, Anexo B, Anexo C etc. Portanto, conclui-se
que o Apêndice é uma produção de autoria do próprio autor, enquanto que o Anexo é uma produção de
autoria de terceiros.
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                     1/18


        UNIDADE XIII


    2. RELATÓRIO DE PESQUISA CIENTÍFICA


        INTRODUÇÃO

       Na unidade passada, enfatizamos que a pesquisa é útil quando queremos obter a solução de um
problema. Para chegarmos a essa solução, o primeiro passo é a elaboração de um projeto de pesquisa.

         Na unidade de hoje, daremos o terceiro passo dessa caminhada. Você, nesse momento, pode
estar perguntando: terceiro? Sim, sim, pois falaremos sobre os procedimentos para a elaboração de um
relatório de pesquisa e, para tal, faz-se necessário imaginarmos que a referida pesquisa já tenha sido
executada de acordo com a metodologia prevista no projeto, ou seja, que tenhamos dado o segundo
passo dessa caminhada.

        O que é um relatório de pesquisa?

       O relatório é a exposição geral da pesquisa, desde o planejamento às conclusões, incluindo os
processos metodológicos empregados. Deve ter como base a lógica, a imaginação e a precisão e ser
expresso em linguagem simples, clara, objetiva, concisa e coerente.

        A principal finalidade do relatório é dar informações sobre os resultados da pesquisa, se
possível, com detalhes, para que eles possam alcançar a sua relevância. São importantes, na
estruturação do relatório, a objetividade e o estilo, mantendo-se a expressão impessoal e evitando-se
frases qualificativas ou valorativas, pois a informação deve descrever e explicar, mas não visando a
convencer.

         Descrição, análise e interpretação dos dados Antes de começar a fazer o relatório, você deve ter
realizado todas as etapas da pesquisa previstas na metodologia. Você já deve ter feito a fundamentação
teórica, ou revisão bibliográfica, e aplicado os instrumentos para a coleta de dados selecionados, a partir
do problema e/ou das hipóteses levantadas.

        Após essa coleta dos dados, a primeira providência é manipulá-los, ou seja, o pesquisador deve
submetê-los a uma verificação crítica. Eles devem ser selecionados, codificados, tabulados para serem
registrados em um relatório, na monografia, na dissertação ou tese, conforme veremos no próximo tema.
Vejamos as etapas necessárias, que são:

        1. tabulação;
        2. interpretação;
        3. explicação;
        4. especificação.

       A tabulação consiste na disposição dos dados em tabelas ou gráficos, conforme grupos ou
subgrupos, e reunidos de modo que possam responder ao problema da pesquisa.

         Uma vez manipulados os dados e obtidos os resultados, o passo seguinte é a sua análise e
interpretação. A partir da tabulação, é possível fazer uma análise quantitativa e também a análise
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                     1/19

qualitativa. “A análise é a tentativa de evidenciar as relações entre o fenômeno estudado e outros
fatores” (LAKATOS; MARCONI, 2001, p. 167).

    • Quantitativa: Quantos (%) professores consideram que a biblioteca escolar atende
      satisfatoriamente às necessidades, quantos a consideram regular e quantos a consideram
      insuficiente.

    • Qualitativa: Por que é satisfatório o atendimento ou não, o que caracterizaria um atendimento
      satisfatório para esses professores.

        Partes que compõem um relatório

        A apresentação escrita do relatório de pesquisa obedece, de modo geral, às mesmas normas de
apresentação dos trabalhos científicos. As partes que compõem qualquer relatório são: capa, folha de
rosto, sumário, introdução, desenvolvimento, conclusão e referências. Caso sejam necessários,
apêndices e anexos deverão ser inseridos no final do relatório.

       O que vai distinguir um relatório de pesquisa de um relatório técnico, seja descritivo ou analítico,
de um grupo de estudos realizado na escola é o desenvolvimento que, na pesquisa, deve
necessariamente apresentar a análise e a interpretação dos dados.

        Elementos pré-textuais

        A capa e a folha de rosto devem conter informações essenciais, como já foi especificado na
apresentação dos trabalhos científicos. O sumário é o resumo das etapas do trabalho e as referidas
páginas. São os elementos pré-textuais que admitem, ainda, as folhas de dedicatória, agradecimentos e
epígrafe.


        Partes Textuais do Relatório de Pesquisa Científica

        Introdução

          A introdução do relatório compõe-se dos seguintes elementos: o tema (título da pesquisa), a
delimitação do assunto, os objetivos, o problema, as hipóteses, o universo da pesquisa (amostragem), a
justificativa ou relevância da pesquisa empreendida e os procedimentos metodológicos empregados.

        Se observarmos bem, veremos que, na introdução do relatório de pesquisa, retomam-se todas
as partes do projeto, de forma resumida, para mostrar que o relatório que será lido diz respeito “àquela”
pesquisa sobre o “tal” tema que tem “essa e aquela” importância e foi realizada com “determinado”
objetivo etc. Assim, o leitor do relatório, ao ler a introdução, fica informado desses dados que serão
demonstrados no relatório.

        Desenvolvimento

        Na grande maioria dos relatórios de pesquisa, o primeiro capítulo, ou parte, apresenta o texto de
revisão bibliográfica ou fundamentação teórica. Em seguida, o desenvolvimento do relatório apresenta os
seguintes itens:

        1. apresentação/descrição dos dados obtidos;
        2. análise e interpretação dos dados, em gráficos e tabelas;
Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará
Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho
Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho                                     1/20

       3. discussão dos resultados.

        A discussão dos resultados será feita após a representação dos dados. O conteúdo dos gráficos
e tabelas deve ser o objetivo da análise e, ainda que os dados estejam claramente representados,
devem ser mencionados na discussão.

       Conclusão

         A conclusão consiste em uma síntese interpretativa da pesquisa. Procede-se à revisão dos
principais fatos e retomam-se as hipóteses a fim de verificar se há confirmação ou rejeição. Na
conclusão cabem, ainda, sugestões para outros trabalhos, com novo enfoque, mais amplo sobre o
assunto.

       Elementos pós-textuais

       A parte referencial é composta por Apêndices, Anexos e Referências. Cada uma dessas partes
vem localizada no término do relatório.

        Modelos de questionário e formulário, roteiro de entrevista, fazem parte dos Apêndices. Já os
recortes de jornais e revistas, mapas, figuras, estatutos, programas de cursos, etc. compõem os Anexos.
As fotografias, ilustrações e outros documentos de autoria de quem realizou o trabalho, são incluídas
também nos Apêndices; se de autoria alheia, devem constar dos Anexos.

       Para organizar as Referências é necessário respeitar as normas da ABNT conforme
apresentaremos na Unidade seguinte.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Etnografia e Observação
Etnografia e ObservaçãoEtnografia e Observação
Etnografia e ObservaçãoGe Homrich
 
Slide hist. educação no brasil
Slide hist. educação no brasilSlide hist. educação no brasil
Slide hist. educação no brasilSilvana Tenfen
 
Diversidade Cultural No Brasil
Diversidade Cultural No BrasilDiversidade Cultural No Brasil
Diversidade Cultural No BrasilJoemille Leal
 
PLANO DE AULA História dos Meus Ancestrais.docx
PLANO DE AULA História dos Meus Ancestrais.docxPLANO DE AULA História dos Meus Ancestrais.docx
PLANO DE AULA História dos Meus Ancestrais.docxIvanaAlves18
 
Educação da Relações Étnico-Raciais - Apresentação Deborah Moema
Educação da Relações Étnico-Raciais -  Apresentação Deborah MoemaEducação da Relações Étnico-Raciais -  Apresentação Deborah Moema
Educação da Relações Étnico-Raciais - Apresentação Deborah Moemacoordenacaodiversidade
 
Art história do cinema
Art   história do cinemaArt   história do cinema
Art história do cinemasergioborgato
 
PLANO DE AULA- CONTRA A VIOLÊNCIA EU MOSTRO A MINHA CARA- Prof. Noe Assunção
PLANO DE AULA- CONTRA A VIOLÊNCIA EU MOSTRO A MINHA CARA- Prof.  Noe AssunçãoPLANO DE AULA- CONTRA A VIOLÊNCIA EU MOSTRO A MINHA CARA- Prof.  Noe Assunção
PLANO DE AULA- CONTRA A VIOLÊNCIA EU MOSTRO A MINHA CARA- Prof. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 

Mais procurados (20)

Arte na escola
Arte na escolaArte na escola
Arte na escola
 
Etnografia e Observação
Etnografia e ObservaçãoEtnografia e Observação
Etnografia e Observação
 
Slide hist. educação no brasil
Slide hist. educação no brasilSlide hist. educação no brasil
Slide hist. educação no brasil
 
PROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENAPROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENA
 
Língua e linguagem 1
Língua e linguagem 1Língua e linguagem 1
Língua e linguagem 1
 
Ivan cruz
Ivan cruzIvan cruz
Ivan cruz
 
Diversidade Cultural No Brasil
Diversidade Cultural No BrasilDiversidade Cultural No Brasil
Diversidade Cultural No Brasil
 
Fichamento de Texto
Fichamento de TextoFichamento de Texto
Fichamento de Texto
 
FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO
FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃOFUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO
FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO
 
PLANO DE AULA História dos Meus Ancestrais.docx
PLANO DE AULA História dos Meus Ancestrais.docxPLANO DE AULA História dos Meus Ancestrais.docx
PLANO DE AULA História dos Meus Ancestrais.docx
 
Educação da Relações Étnico-Raciais - Apresentação Deborah Moema
Educação da Relações Étnico-Raciais -  Apresentação Deborah MoemaEducação da Relações Étnico-Raciais -  Apresentação Deborah Moema
Educação da Relações Étnico-Raciais - Apresentação Deborah Moema
 
Fichamento
FichamentoFichamento
Fichamento
 
Cultura e arte
Cultura e arteCultura e arte
Cultura e arte
 
Art história do cinema
Art   história do cinemaArt   história do cinema
Art história do cinema
 
O que é etnocentrismo
O que é etnocentrismoO que é etnocentrismo
O que é etnocentrismo
 
Relações Raciais na Escola
Relações Raciais na EscolaRelações Raciais na Escola
Relações Raciais na Escola
 
Etnocentrismo
EtnocentrismoEtnocentrismo
Etnocentrismo
 
Estagio supervisionado
Estagio supervisionado Estagio supervisionado
Estagio supervisionado
 
Novo acordo ortográfico
Novo acordo ortográficoNovo acordo ortográfico
Novo acordo ortográfico
 
PLANO DE AULA- CONTRA A VIOLÊNCIA EU MOSTRO A MINHA CARA- Prof. Noe Assunção
PLANO DE AULA- CONTRA A VIOLÊNCIA EU MOSTRO A MINHA CARA- Prof.  Noe AssunçãoPLANO DE AULA- CONTRA A VIOLÊNCIA EU MOSTRO A MINHA CARA- Prof.  Noe Assunção
PLANO DE AULA- CONTRA A VIOLÊNCIA EU MOSTRO A MINHA CARA- Prof. Noe Assunção
 

Destaque

Apresentação metodologia do trabalho científico
Apresentação metodologia do trabalho científicoApresentação metodologia do trabalho científico
Apresentação metodologia do trabalho científicoLarissa Almada
 
Estacio 2014 2 manual de estagio adm
Estacio 2014 2 manual de estagio admEstacio 2014 2 manual de estagio adm
Estacio 2014 2 manual de estagio admkatiagomide
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científicaLudmila Moura
 
Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012
Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012
Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012elisabuzzo
 
Estrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academicoEstrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academicomarceloedf
 
Projeto de pesquisa exemplo
Projeto de pesquisa   exemploProjeto de pesquisa   exemplo
Projeto de pesquisa exemploFelipe Pereira
 
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,Jaqueline Sarges
 
Apostila Metodologia do Trabalho Cientifico - UNIDADE 1 - FATENE
Apostila Metodologia do Trabalho Cientifico - UNIDADE 1 - FATENEApostila Metodologia do Trabalho Cientifico - UNIDADE 1 - FATENE
Apostila Metodologia do Trabalho Cientifico - UNIDADE 1 - FATENEFátima Falcão
 
Tcc capa sumario resumo[1].
Tcc capa sumario resumo[1].Tcc capa sumario resumo[1].
Tcc capa sumario resumo[1].Ana Braga
 
Apostila de recuperação Gebrim
Apostila de recuperação GebrimApostila de recuperação Gebrim
Apostila de recuperação Gebrimrafaelcef3
 
Apostila de jogos cooperativos
Apostila de jogos cooperativosApostila de jogos cooperativos
Apostila de jogos cooperativosEduardo Lopes
 
Planejamento de Marketing Digital
Planejamento de Marketing Digital Planejamento de Marketing Digital
Planejamento de Marketing Digital doisnos
 
247245628 modelo-de-trabalho-de-conclusao-de-curso-unimar (1)
247245628 modelo-de-trabalho-de-conclusao-de-curso-unimar (1)247245628 modelo-de-trabalho-de-conclusao-de-curso-unimar (1)
247245628 modelo-de-trabalho-de-conclusao-de-curso-unimar (1)Hidematuda
 

Destaque (20)

Apresentação metodologia do trabalho científico
Apresentação metodologia do trabalho científicoApresentação metodologia do trabalho científico
Apresentação metodologia do trabalho científico
 
Tcc cleide
Tcc cleideTcc cleide
Tcc cleide
 
Estacio 2014 2 manual de estagio adm
Estacio 2014 2 manual de estagio admEstacio 2014 2 manual de estagio adm
Estacio 2014 2 manual de estagio adm
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científica
 
Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012
Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012
Trabalho Conclusão de Curso Enfermagem UNIP/Assis 2012
 
Estrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academicoEstrutura trabalho academico
Estrutura trabalho academico
 
Projeto de pesquisa exemplo
Projeto de pesquisa   exemploProjeto de pesquisa   exemplo
Projeto de pesquisa exemplo
 
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
 
Gabarito livrinho coesao
Gabarito livrinho coesaoGabarito livrinho coesao
Gabarito livrinho coesao
 
Apostila Metodologia do Trabalho Cientifico - UNIDADE 1 - FATENE
Apostila Metodologia do Trabalho Cientifico - UNIDADE 1 - FATENEApostila Metodologia do Trabalho Cientifico - UNIDADE 1 - FATENE
Apostila Metodologia do Trabalho Cientifico - UNIDADE 1 - FATENE
 
Cronobiologia 1
Cronobiologia 1Cronobiologia 1
Cronobiologia 1
 
Tcc capa sumario resumo[1].
Tcc capa sumario resumo[1].Tcc capa sumario resumo[1].
Tcc capa sumario resumo[1].
 
Apostila de recuperação Gebrim
Apostila de recuperação GebrimApostila de recuperação Gebrim
Apostila de recuperação Gebrim
 
HANDEBOL
HANDEBOLHANDEBOL
HANDEBOL
 
metodologia do trabalho cientifico 5
metodologia do trabalho cientifico 5metodologia do trabalho cientifico 5
metodologia do trabalho cientifico 5
 
Apostila de jogos cooperativos
Apostila de jogos cooperativosApostila de jogos cooperativos
Apostila de jogos cooperativos
 
Manual medicina20122
Manual medicina20122Manual medicina20122
Manual medicina20122
 
Planejamento de Marketing Digital
Planejamento de Marketing Digital Planejamento de Marketing Digital
Planejamento de Marketing Digital
 
247245628 modelo-de-trabalho-de-conclusao-de-curso-unimar (1)
247245628 modelo-de-trabalho-de-conclusao-de-curso-unimar (1)247245628 modelo-de-trabalho-de-conclusao-de-curso-unimar (1)
247245628 modelo-de-trabalho-de-conclusao-de-curso-unimar (1)
 
Resenha
ResenhaResenha
Resenha
 

Semelhante a Apostila metodologia do trabalho científico ed física - pdf

Pedagogia Matriz Curricular
Pedagogia Matriz CurricularPedagogia Matriz Curricular
Pedagogia Matriz CurricularRosatricia Moura
 
Proex pedagogia versao final
Proex pedagogia versao finalProex pedagogia versao final
Proex pedagogia versao finalRosatricia Moura
 
Proex ciencias biologicas 1 modulo
Proex ciencias biologicas 1 moduloProex ciencias biologicas 1 modulo
Proex ciencias biologicas 1 moduloRosatricia Moura
 
Programa de Extensão Ciências Biológicas
Programa de Extensão Ciências BiológicasPrograma de Extensão Ciências Biológicas
Programa de Extensão Ciências BiológicasRosatricia Moura
 
Programa de Extensão Letras
Programa de Extensão LetrasPrograma de Extensão Letras
Programa de Extensão LetrasRosatricia Moura
 
Programa de Extensão Matemática
Programa de Extensão MatemáticaPrograma de Extensão Matemática
Programa de Extensão MatemáticaRosatricia Moura
 
026 2012 resolução diretrizes de ensino de graduação uenp
026   2012 resolução diretrizes de ensino de graduação uenp026   2012 resolução diretrizes de ensino de graduação uenp
026 2012 resolução diretrizes de ensino de graduação uenpDirecao Ccsa-Jacarezinho Direito
 
Programa de Extensão História
Programa de Extensão HistóriaPrograma de Extensão História
Programa de Extensão HistóriaRosatricia Moura
 
Folheto programa seminario6_v2
Folheto programa seminario6_v2Folheto programa seminario6_v2
Folheto programa seminario6_v2José Matias Alves
 
PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DIDÁTICO: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA PARA O ENSINO...
PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DIDÁTICO: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA PARA O ENSINO...PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DIDÁTICO: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA PARA O ENSINO...
PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DIDÁTICO: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA PARA O ENSINO...ProfessorPrincipiante
 
Apresentação projovem campo ufc
Apresentação projovem campo ufcApresentação projovem campo ufc
Apresentação projovem campo ufcprojovemcampoufc
 
Metodologia da pesquisa em ciências da educação
Metodologia da pesquisa em ciências da educação Metodologia da pesquisa em ciências da educação
Metodologia da pesquisa em ciências da educação Patrícia Éderson Dias
 
Edital de apresentação de projetos acadêmicos
Edital de apresentação de projetos acadêmicosEdital de apresentação de projetos acadêmicos
Edital de apresentação de projetos acadêmicosCAMPUS XIX
 
10 - PPC LIC EM QUÍMICA - ANTIGO.pdf
10 - PPC LIC EM QUÍMICA - ANTIGO.pdf10 - PPC LIC EM QUÍMICA - ANTIGO.pdf
10 - PPC LIC EM QUÍMICA - ANTIGO.pdfIaraRodrigues64
 
Estágio2010 1cronograma raquel
Estágio2010 1cronograma raquelEstágio2010 1cronograma raquel
Estágio2010 1cronograma raquelMarinaGLD
 

Semelhante a Apostila metodologia do trabalho científico ed física - pdf (20)

Pedagogia Matriz Curricular
Pedagogia Matriz CurricularPedagogia Matriz Curricular
Pedagogia Matriz Curricular
 
Proex pedagogia versao final
Proex pedagogia versao finalProex pedagogia versao final
Proex pedagogia versao final
 
Proex ciencias biologicas 1 modulo
Proex ciencias biologicas 1 moduloProex ciencias biologicas 1 modulo
Proex ciencias biologicas 1 modulo
 
Programa de Extensão Ciências Biológicas
Programa de Extensão Ciências BiológicasPrograma de Extensão Ciências Biológicas
Programa de Extensão Ciências Biológicas
 
Proex letras 1º modulo
Proex letras 1º moduloProex letras 1º modulo
Proex letras 1º modulo
 
Programa de Extensão Letras
Programa de Extensão LetrasPrograma de Extensão Letras
Programa de Extensão Letras
 
Programa de Extensão Matemática
Programa de Extensão MatemáticaPrograma de Extensão Matemática
Programa de Extensão Matemática
 
Proex matematica 1 modulo
Proex matematica 1 moduloProex matematica 1 modulo
Proex matematica 1 modulo
 
026 2012 resolução diretrizes de ensino de graduação uenp
026   2012 resolução diretrizes de ensino de graduação uenp026   2012 resolução diretrizes de ensino de graduação uenp
026 2012 resolução diretrizes de ensino de graduação uenp
 
Programa de Extensão História
Programa de Extensão HistóriaPrograma de Extensão História
Programa de Extensão História
 
Manual do calouro
Manual do calouroManual do calouro
Manual do calouro
 
Folheto programa seminario6_v2
Folheto programa seminario6_v2Folheto programa seminario6_v2
Folheto programa seminario6_v2
 
Linha do Tempo - Currículo
Linha do Tempo - CurrículoLinha do Tempo - Currículo
Linha do Tempo - Currículo
 
Regimento 2012
Regimento 2012Regimento 2012
Regimento 2012
 
PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DIDÁTICO: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA PARA O ENSINO...
PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DIDÁTICO: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA PARA O ENSINO...PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DIDÁTICO: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA PARA O ENSINO...
PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DIDÁTICO: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA PARA O ENSINO...
 
Apresentação projovem campo ufc
Apresentação projovem campo ufcApresentação projovem campo ufc
Apresentação projovem campo ufc
 
Metodologia da pesquisa em ciências da educação
Metodologia da pesquisa em ciências da educação Metodologia da pesquisa em ciências da educação
Metodologia da pesquisa em ciências da educação
 
Edital de apresentação de projetos acadêmicos
Edital de apresentação de projetos acadêmicosEdital de apresentação de projetos acadêmicos
Edital de apresentação de projetos acadêmicos
 
10 - PPC LIC EM QUÍMICA - ANTIGO.pdf
10 - PPC LIC EM QUÍMICA - ANTIGO.pdf10 - PPC LIC EM QUÍMICA - ANTIGO.pdf
10 - PPC LIC EM QUÍMICA - ANTIGO.pdf
 
Estágio2010 1cronograma raquel
Estágio2010 1cronograma raquelEstágio2010 1cronograma raquel
Estágio2010 1cronograma raquel
 

Mais de Prof. Antônio Martins de Almeida Filho

PROFESSOR ANTÔNIO MARTINS, SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ, PROMO...
PROFESSOR ANTÔNIO MARTINS, SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ, PROMO...PROFESSOR ANTÔNIO MARTINS, SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ, PROMO...
PROFESSOR ANTÔNIO MARTINS, SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ, PROMO...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO, SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ...
PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO, SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ...PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO, SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ...
PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO, SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETAR...
PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETAR...PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETAR...
PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETAR...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
PROFESSOR ANTONIO MARTINS ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETARIA MUNICIPAL DA E...
PROFESSOR ANTONIO MARTINS ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETARIA MUNICIPAL DA E...PROFESSOR ANTONIO MARTINS ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETARIA MUNICIPAL DA E...
PROFESSOR ANTONIO MARTINS ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETARIA MUNICIPAL DA E...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
PROF. ANTONIO MARTINS - SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO, PREFEITO MUNICIPAL E PRESIDEN...
PROF. ANTONIO MARTINS - SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO, PREFEITO MUNICIPAL E PRESIDEN...PROF. ANTONIO MARTINS - SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO, PREFEITO MUNICIPAL E PRESIDEN...
PROF. ANTONIO MARTINS - SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO, PREFEITO MUNICIPAL E PRESIDEN...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
Prof. antonio martins secretário de educação de quixadá lança o progma saúd...
Prof. antonio martins   secretário de educação de quixadá lança o progma saúd...Prof. antonio martins   secretário de educação de quixadá lança o progma saúd...
Prof. antonio martins secretário de educação de quixadá lança o progma saúd...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
Prof. antonio martins secretário de educação de quixadá anuncia calendário ...
Prof. antonio martins   secretário de educação de quixadá anuncia calendário ...Prof. antonio martins   secretário de educação de quixadá anuncia calendário ...
Prof. antonio martins secretário de educação de quixadá anuncia calendário ...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
Prof. antonio martins de almeifda filho toma posse como secretário de educa...
Prof.  antonio martins de almeifda filho toma posse como  secretário de educa...Prof.  antonio martins de almeifda filho toma posse como  secretário de educa...
Prof. antonio martins de almeifda filho toma posse como secretário de educa...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
Prof. antonio martins de almeifda filho toma posse como secretário de educa...
Prof.  antonio martins de almeifda filho toma posse como  secretário de educa...Prof.  antonio martins de almeifda filho toma posse como  secretário de educa...
Prof. antonio martins de almeifda filho toma posse como secretário de educa...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
Prof. antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...
Prof.  antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...Prof.  antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...
Prof. antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
Prof. antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...
Prof.  antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...Prof.  antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...
Prof. antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
Prefeitos e secretários de educação cearenses recebem o prêmio palma de ouro ...
Prefeitos e secretários de educação cearenses recebem o prêmio palma de ouro ...Prefeitos e secretários de educação cearenses recebem o prêmio palma de ouro ...
Prefeitos e secretários de educação cearenses recebem o prêmio palma de ouro ...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
Antonio martins e francimary sousa, representantes da secretaria municipal da...
Antonio martins e francimary sousa, representantes da secretaria municipal da...Antonio martins e francimary sousa, representantes da secretaria municipal da...
Antonio martins e francimary sousa, representantes da secretaria municipal da...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá setembro - 2015
Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá   setembro - 2015Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá   setembro - 2015
Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá setembro - 2015Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá setembro - 2015
Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá   setembro - 2015Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá   setembro - 2015
Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá setembro - 2015Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
Trajetória profissional e acadêmica do prof antônio m artins de almeida filh...
Trajetória profissional e acadêmica do  prof antônio m artins de almeida filh...Trajetória profissional e acadêmica do  prof antônio m artins de almeida filh...
Trajetória profissional e acadêmica do prof antônio m artins de almeida filh...Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 

Mais de Prof. Antônio Martins de Almeida Filho (20)

Biografia Antonio Martins de Almeida
Biografia Antonio Martins  de AlmeidaBiografia Antonio Martins  de Almeida
Biografia Antonio Martins de Almeida
 
POSSE DO PROF. ANTÔNIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO NA AQL
POSSE DO PROF. ANTÔNIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO NA AQLPOSSE DO PROF. ANTÔNIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO NA AQL
POSSE DO PROF. ANTÔNIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO NA AQL
 
PROFESSOR ANTÔNIO MARTINS, SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ, PROMO...
PROFESSOR ANTÔNIO MARTINS, SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ, PROMO...PROFESSOR ANTÔNIO MARTINS, SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ, PROMO...
PROFESSOR ANTÔNIO MARTINS, SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ, PROMO...
 
PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO, SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ...
PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO, SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ...PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO, SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ...
PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO, SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE QUIXADÁ...
 
PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETAR...
PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETAR...PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETAR...
PROFESSOR ANTONIO MARTINS DE ALMEIDA FILHO ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETAR...
 
PROFESSOR ANTONIO MARTINS ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETARIA MUNICIPAL DA E...
PROFESSOR ANTONIO MARTINS ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETARIA MUNICIPAL DA E...PROFESSOR ANTONIO MARTINS ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETARIA MUNICIPAL DA E...
PROFESSOR ANTONIO MARTINS ASSUME PELA SEGUNDA VEZ A SECRETARIA MUNICIPAL DA E...
 
PROF. ANTONIO MARTINS - SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO, PREFEITO MUNICIPAL E PRESIDEN...
PROF. ANTONIO MARTINS - SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO, PREFEITO MUNICIPAL E PRESIDEN...PROF. ANTONIO MARTINS - SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO, PREFEITO MUNICIPAL E PRESIDEN...
PROF. ANTONIO MARTINS - SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO, PREFEITO MUNICIPAL E PRESIDEN...
 
Prof. antonio martins secretário de educação de quixadá lança o progma saúd...
Prof. antonio martins   secretário de educação de quixadá lança o progma saúd...Prof. antonio martins   secretário de educação de quixadá lança o progma saúd...
Prof. antonio martins secretário de educação de quixadá lança o progma saúd...
 
Prof. antonio martins secretário de educação de quixadá anuncia calendário ...
Prof. antonio martins   secretário de educação de quixadá anuncia calendário ...Prof. antonio martins   secretário de educação de quixadá anuncia calendário ...
Prof. antonio martins secretário de educação de quixadá anuncia calendário ...
 
Prof. antonio martins de almeifda filho toma posse como secretário de educa...
Prof.  antonio martins de almeifda filho toma posse como  secretário de educa...Prof.  antonio martins de almeifda filho toma posse como  secretário de educa...
Prof. antonio martins de almeifda filho toma posse como secretário de educa...
 
Prof. antonio martins de almeifda filho toma posse como secretário de educa...
Prof.  antonio martins de almeifda filho toma posse como  secretário de educa...Prof.  antonio martins de almeifda filho toma posse como  secretário de educa...
Prof. antonio martins de almeifda filho toma posse como secretário de educa...
 
Prof. antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...
Prof.  antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...Prof.  antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...
Prof. antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...
 
Prof. antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...
Prof.  antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...Prof.  antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...
Prof. antonio martins de almeifda filho , presidindo solenidade de colação d...
 
Prefeitos e secretários de educação cearenses recebem o prêmio palma de ouro ...
Prefeitos e secretários de educação cearenses recebem o prêmio palma de ouro ...Prefeitos e secretários de educação cearenses recebem o prêmio palma de ouro ...
Prefeitos e secretários de educação cearenses recebem o prêmio palma de ouro ...
 
Antonio martins e francimary sousa, representantes da secretaria municipal da...
Antonio martins e francimary sousa, representantes da secretaria municipal da...Antonio martins e francimary sousa, representantes da secretaria municipal da...
Antonio martins e francimary sousa, representantes da secretaria municipal da...
 
Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá setembro - 2015
Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá   setembro - 2015Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá   setembro - 2015
Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá setembro - 2015
 
Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá setembro - 2015
Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá   setembro - 2015Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá   setembro - 2015
Carta de saudação aos secretários escolares de quixadá setembro - 2015
 
Carta de saudação pelo dia do professor de quixadá outubro-2015
Carta de saudação pelo dia do professor de quixadá   outubro-2015Carta de saudação pelo dia do professor de quixadá   outubro-2015
Carta de saudação pelo dia do professor de quixadá outubro-2015
 
Carta de saudação pelo dia do professor de quixadá outubro-2015
Carta de saudação pelo dia do professor de quixadá   outubro-2015Carta de saudação pelo dia do professor de quixadá   outubro-2015
Carta de saudação pelo dia do professor de quixadá outubro-2015
 
Trajetória profissional e acadêmica do prof antônio m artins de almeida filh...
Trajetória profissional e acadêmica do  prof antônio m artins de almeida filh...Trajetória profissional e acadêmica do  prof antônio m artins de almeida filh...
Trajetória profissional e acadêmica do prof antônio m artins de almeida filh...
 

Apostila metodologia do trabalho científico ed física - pdf

  • 1. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ Reconhecida pela Portaria nº. 821/MEC – D.O.U. de 01.06.94 CAMPUS AVANÇADO DE QUIXERAMOBIM CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Prof.: Antonio Martins de Almeida Filho METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO A CONSTRUÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA QUIXERAMOBIM – CEARÁ SETEMBRO E OUTUBRO – 2010
  • 2. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/2 Só sei que nada sei enquanto os outros acreditam saber aquilo que não sabem Sócrates
  • 3. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/3 Antonio Filho, Martins de Almeida D____ ___ Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos – Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA. Campus Avançado de Quixeramobim – Ceará. 2010. 1- Metodologia do trabalho Científico. CDU: _______
  • 4. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/4 SUMÁRIO APRSENTAÇÃO 06 MENETA DA DISCIPLINA 08 BOAS VINDAS AOS ACADÊMICOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 11 UNIDADE I INTRODUÇÃO AOS NÍVEIS DE CONHECIMENTOS – ABORDAGEM FILOSÓFICA 12 UNIDADE II O PROBLEMA DA DEMARCAÇÃO DA CIÊNCIA E A RELAÇÃO COM O SENSO COMUM 31 UNIDADE III O CONHECIMENTO HUMANO 36 UNIDADE IV AS VÁRIAS FORMAS DO CONHECIMENTO HUMANO - CIÊNCIA, CONHECIMENTO E MÉTODO CIENTÍFICO 38 UNIDADE V A IMPORTÂNCIA DA LEITURA 41 UNIDADE VI FORMAS DE REGISTRO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS: A TÉCNICA DE SUBLINHAR E A ELABORAÇÃO DE ESQUEMAS 44 UNIDADE VII FORMA DE REGISTRO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS: A ELABORAÇÃO DE RESUMOS 48 UNIDADE VIII FORMAS DE REGISTRO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS: O FICHAMENTO E A RESENHA 52
  • 5. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/5 UNIDADE IX FORMAS DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS ACADÊMICOS 56 UNIDADE X A PESQUISA CIENTÍFICA 59 UNIDADE XI A PESQUISA CIENTÍFICA: TÉCNICAS OU INSTRUMENTOS 63 UNIDADE XII PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA 68 UNIDADE XIII RELATÓRIO DE PESQUISA CIENTÍFICA 74 UNIDADE XIV CITAÇÕES E REFERÊNCIAS NOS TRABALHOS CIENTÍFICOS 77 UNIDADE XV FORMAS DE DIVULGAÇÃO OU PUBLICAÇÃO: O ARTIGO CIENTÍFICO 84 UNIDADE XVI FORMAS DE DIVULGAÇÃO OU PUBLICAÇÃO: MONOGRAFIA/TCC 87 UNIDDE XVII APRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS TRABALHOS ACADÊMICOS 89 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 96
  • 6. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/6 APRESENTAÇÃO Durante o exercício da docência, em ambientes acadêmicos, uma situação da prática cotidiana tem me desafiado; em particular as dificuldades e equívocos cometidos com relação às produções universitárias, tanto nas turmas de graduações e pós-graduações, de cursistas matriculadas nas diversas áreas do conhecimento. Essas limitações são mais observadas e acentuadas nas produções referentes aos Trabalhos rotineiros da vida acadêmica cotidiana e nos TCC”s - Trabalhos de Conclusão de Curso. Chegando à cidade de Quixeramobim no ano de 1999, com a interiorização da Universidade, em especial a Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA, inicialmente com a implantação exclusiva de cursos voltados para a formação do magistério. Posteriormente ocorreu a criação da UNICENTRO e mais tarde, por determinação judicial, a UVA assume as atividades da citada UNICENTRO, criando o Campus Avançado de Quixeramobim, fator que culminou na implantação de novos cursos como Direito, Enfermagem, Administração, Contabilidade e Educação Física. Como professor desta instituição e tendo a oportunidade de atuar nos diversos cursos, conviver com alunos e profissionais, passei a observar situações cotidianas em que se caracteriza um fenômeno previsto no pensamento filosófico, ou seja, a diversidade de pensamentos conflitando com a fertilidade de idéias e interpretações próprias da convivência inteligente. Segundo o princípio racional da administração toda instituição necessita traçar diretrizes para que seus seguidores possam atuar corretamente em suas especificidades e especialidades. Com esse intuito somos orientados a seguir o Manual acadêmico disponibilizado pela Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA, entretanto, este ainda permite dúvidas, remetendo-nos à Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, que sua vez também favorece interpretações particulares quando permite que a instituição proceda com as devidas adequações e/ou
  • 7. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/7 padronizações das normas científicas no âmbito da academia. Diante dessa abertura tem início a fertilidade de interpretações favorecendo a divergência de pensamentos e compreensões próprias de um ambiente permeando por consciências e mentes férteis. Diante dessas alegativas e visando promover a unidade na diversidade acadêmica é que me propus a elaborar e apresentar essa produção à Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA através do Instituto Dom José de Educação e Cultura – Campus Avançado de Quixeramobim – Ceará respondendo aos anseios dos alunos possíveis concludentes dos diversos cursos de Graduação e objetivando a articulação, a realização e o desenvolvimento da educação no tocante à formação acadêmica inicial de seus educandos, possíveis concludentes, a equipe de professores responsáveis pela orientação dos Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC-, aplicando-se aos casos específicos de elaboração de Produções Monográficas e Artigos Científicos, e considerando, ainda, o fator tempo aplicado à vida dos alunos e de seus respectivos professores, a distância entre o a sede do Campus Avançado e o acervo bibliográfico disponível considera a necessidade de elaborar uma Norma Básica para atender as principais dificuldades e compreensão de um trabalho científico, aprimorando os conhecimentos e facilitando os estudos específicos. Considerando as exposições anteriores e visando contribuir com a prática docente e discente dessa Universidade apresento à Coordenação Local do Campus Avançado de Quixeramobim e seu corpo de professores a presente proposta para estudo, análise, sugestões, proposições, modificações e aprovação para sua implementação no segundo semestre letivo de 2010. Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
  • 8. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/8 EMENTA DA DISCIPLINA Professor: Antônio Martins de Almeida Filho Disciplina: METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO Campus Avançado de Quixeramobim Período de oferta: setembro e outubro de 2010 Turma - 260130 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA CRÉDITOS PRÉ-REQUISITO Metodologia do Trabalho 60 04 - Científico EMENTA Noções introdutórias dos fundamentos metodológicos e diretrizes técnicas para formação de adequados hábitos de estudo, de leitura e análise de textos, de utilização de instrumentos de trabalho acadêmico, de debate coletivo, de produção e sistematização do conhecimento, subsidiando os alunos no desenvolvimento de uma saudável postura crítica e investigativa, articulando assim, os fundamentos filosóficos, epistemológicos e éticos com as orientações técnicas para o desenvolvimento da pesquisa, no sentido de superar a visão tecnicista. OBJETIVOS • Introduzir e capacitar o aluno na realização de pesquisas bibliográficas e na elaboração e apresentação de trabalhos acadêmicos dentro dos fundamentos do método científico; • Formação de hábitos adequados de leitura; • Desenvolver o aluno através da leitura com senso crítico; • Compreender os vários tipos de métodos científicos e as várias formas de pesquisa; • Conhecer as normas referentes à elaboração e apresentação de trabalhos acadêmicos; • Elaborar e apresentar trabalho devidamente normalizado; • Capacitar o aluno a desenvolver pesquisa científica; • Elaborar uma monografia. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO • Apresentação e discussão do programa da disciplina; • Leitura: tipos de leitura, finalidades da leitura e análise de textos; • Fichamentos: explicação teórica, elaboração e apresentação; • Resumos: explicação teórica, elaboração e apresentação; • Relatório: estrutura, estilo e aspectos gráficos; • Método científico: classificação e características; • Pesquisa: tipos, conceitos e objetivos; • Pesquisa bibliográfica; • Etapas para elaboração do trabalho científico: formulação do problema, hipótese, amostragem, observação, entrevista e questionário; • Elaboração do trabalho científico: monografia, dissertação, tese, artigo em periódico; • Análise crítica do texto: leitura e discussão;
  • 9. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/9 • Referências bibliográficas e citações e notas de rodapé (normas da ABNT); • Formas de apresentação do trabalho científico (oral painel): postura científica, abordagem, estrutura e conteúdos; • Recursos áudio-visuais (banner, painéis, álbum seriado, filmagem): elaboração, estrutura gráfica; • Apresentação do trabalho científico. METODOLOGIA • Aulas teóricas expositivas; • Aulas práticas; • Exposição dialogada,estudo em grupo, discussão; • Estudo em equipe, discussão; • Trabalho individual e em grupo; • Apresentação individual. AVALIAÇÃO • Seminários; • Avaliação escrita e discursiva; • Participação dos trabalhos em sala REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ALVES, M.; ALDA, J.; GEWANDSNADJDER, F. O método nas ciências naturais e sociais: A pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo: Pioneira, 1998. ANDRADE, M.M. Introdução à metodologia do trabalho científico. 4ª ed. São Paulo: Atlas, 1999. BASTOS, I.R.P.; FERNANDES, L.M. Manual para elaboração de projetos e relatórios de pesquisa teste e dissertações. 3ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1982. CARVALHO, M.C. (org). Construindo o saber: fundamentos e técnicas de metodologia científica. 6ª ed. Campinas: Papirus, 1997. CERVO, A.L.; BERVIAS, P.A. Metodologia científica: para uso dos estudantes universitários. São Paulo, Mcgraw Hill, 1983. CHIZZOTTI, Antônio. Pesquisa em ciências humanas e sociais. São Paulo: Cortez, 1995. ECO, H. Como se faz uma tese. 10ª ed. São Paulo: Perspectiva, 1993. FAZENDA, I. (org.). Novos enfoques da pesquisa educacional. 3ª ed. São Paulo: Cortez, 1999. FEITOSA, V.C. Redação de textos científicos. Campinas: Papirus, 1991. GALLIANO, G. O método científico teoria e prática. São Paulo: Atlas, 1991.
  • 10. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/10 MARCON, M.A.; LAKATOS, E.M. Técnicas de pesquisa planejamento e execução de pesquisa. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 1990. MINAYO, M. Cecília S. (org). Pesquisa Social: Teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 1994. RUIZ, J.A. Metodologia científica – Guia para eficiência nos estudos. 3ª ed. São Paulo: Atlas, 1991. Normas da ABNT.
  • 11. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/11 Aos Acadêmicos do Curso de Educação Física da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA, Campus Avançado de Quixeramobim, Seja bem-vindo(a) ao curso de Educação Física da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA, Campus Avançado de Quixeramobim – Ceará e em especial à Disciplina Metodologia do Trabalho Científico. Esta disciplina integra a Matriz Curricular e a fundamentação teórica do Curso de Educação Física desta Universidade, através do Instituto Dom José de Educação e Cultura. Você está sendo acolhido nesta Universidade sob a sua égide, que é: "Agere sequitur esse", o agir segue o ser. Portanto, como acadêmico acolhido nesta instituição de ensino superior deverá primar por sua formação, pelo que representa e principalmente pelo que a sociedade espera de você. Esta apostila elaborada e disponibilizada pelo professor Antônio Martins de Almeida Filho compreenderá, a partir da ementa institucional, uma série de reflexões e aprofundamentos que norteará a sua introdução à vida acadêmica e à iniciação científica. Propiciará aprofundamentos em torno das noções introdutórias dos fundamentos metodológicos e diretrizes técnicas para formação de adequados hábitos de estudo, de leitura e análise de textos, de utilização de instrumentos de trabalho acadêmico, de debate coletivo, de produção e sistematização do conhecimento, subsidiando os alunos no desenvolvimento de uma saudável postura crítica e investigativa, articulando assim, os fundamentos filosóficos, epistemológicos e éticos com as orientações técnicas para o desenvolvimento da pesquisa, no sentido de superar a visão tecnicista. Os conteúdos programáticos serão relevantes para a sua formação profissional e, ao mesmo tempo, será ponte para o estudo das demais disciplinas e “LUMEN AD VIAM” - Luz para os seus caminhos ou luz para a vida. Esta é a disciplina que não permitirá jamais que o acadêmico, enquanto eterno aprendiz fique de férias. Pautado nas considerações anteriores e com a crença em seu crescimento e formação profissional é que lhe damos as boas vindas e desejamos uma boa sorte. Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
  • 12. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/12 UNIDADE XII 1. PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA INTRODUÇÃO Como vimos anteriormente, pesquisa é o mesmo que busca ou procura. Pesquisar, portanto, é buscar ou procurar resposta para alguma coisa. Em se tratando de Pesquisa Científica, é a busca de solução a um problema de que alguém queira saber a resposta. Pode-se dizer que se faz ciência, ou melhor, que se produz ciência por meio de uma pesquisa. E, na pesquisa, utilizam-se diferentes procedimentos e instrumentos para se chegar a uma resposta mais precisa. Para alcançar essa resposta, também é preciso percorrer algumas etapas, a saber: 1º - elaboração de um projeto de pesquisa; 2º - a execução da pesquisa conforme a metodologia prevista no projeto; 3º - a elaboração do relatório da pesquisa realizada (divulgação dos resultados da pesquisa). Nesse momento, apresentaremos, passo a passo, a estrutura de um projeto de pesquisa, exemplificando de tal modo que você, compreenda e possa elaborar o seu projeto. O que é um projeto de pesquisa? Há várias definições para o projeto de pesquisa. De modo geral, podemos dizer que é uma proposta teórica prévia, formulada a respeito de determinado assunto, para realização da pesquisa. Em linguagem simplificada, trata-se da intenção planejada de realizar uma pesquisa. O projeto é a primeira etapa do processo de elaboração, execução e apresentação da pesquisa. Em uma pesquisa, nada se faz ao acaso. Desde a escolha do tema, elaboração dos objetivos, determinação da metodologia, coleta de dados, sua análise e interpretação para a elaboração do relatório final, tudo é previsto no projeto de pesquisa. Parece-nos que há um consenso, entre os teóricos, de que o projeto, ao buscar prever as ações a serem desenvolvidas durante a pesquisa, tenta responder às seguintes questões: • o quê? • por quê? • para quê? • para quem? • onde? • como? • com quê? • quando? • quem? • com quantos? Antes de redigir um projeto de pesquisa, alguns passos devem ser dados. Em primeiro lugar, exigem-se estudos preliminares que permitirão verificar o estado da questão que se pretende desenvolver, sob aspectos teóricos e de outros estudos, como também de pesquisa já elaborada. Tal
  • 13. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/13 esforço não será desperdiçado, pois qualquer tema de pesquisa necessita de adequada integração com a teoria existente. Isso se faz por meio de uma rigorosa análise do material já disponível, sendo incluída no projeto sob o título de “revisão bibliográfica”. O projeto de pesquisa é necessário para obtenção de bolsas de estudo, patrocínio para pesquisas, para ser apresentado ao orientador visualizando uma possível monografia de final de curso, na graduação e/ou na pós-graduação, a fim de que o orientador seja informado a respeito do trabalho que se pretende desenvolver etc. Um bom projeto de pesquisa deve conter as linhas básicas da pesquisa que se tem em mente. Uma coisa precisa ser lembrada: a pesquisa, por ser um trabalho científico por excelência, metodologicamente, deve ter um planejamento e seguir uma estruturação. Abaixo, apresentamos uma possível estrutura, entre outras possíveis, para a elaboração de um projeto de pesquisa. Nosso intuito é que sirva como orientação às pesquisas a ser desenvolvidas por você, no contexto acadêmico e, posteriormente, no âmbito profissional. O esquema básico de um projeto de pesquisa deve conter os seguintes elementos: • Capa; • Folha de rosto; • Tema; • Justificativa; • Definição de objetivos; • Definição e seleção do problema; • Elaboração de hipóteses; • Fundamentação teórica / (revisão bibliográfica); • Metodologia; • Cronograma; • Orçamento; • Referências; • Anexos e/ou apêndices. Na capa, faz-se a identificação da instituição destinatária do trabalho e do projeto em si. Na folha de rosto, indicam-se a instituição destinatária do projeto, o título do projeto, o autor ou autores, o local e a data. Abordaremos os outros elementos, um a um, com maiores detalhes, a seguir. Tema Tematizar um assunto é selecionar um aspecto ou enfoque específico da realidade. É delimitar seu objeto de pesquisa, isto é, ao delimitar o tema, deve-se considerar o tempo e o espaço em que o projeto será desenvolvido, além do aspecto específico a ser investigado. Veja alguns exemplos de temas elaborados a partir de assuntos bem freqüentes na realidade social em que vivemos: ASSUNTOS TEMAS
  • 14. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/14 Ex. 1 A Educação Física Escolar A Educação Física como Fator de Socialização no Âmbito Escolar Ex. 2 O Atendimento aos Usuários do A Humanização do Atendimento no Sistema Único de Saúde em, em Sistema Único de Saúde, em Quixeramobim Quixeramobim. Ex. 3 A Defensoria Pública como Direito O Papel da Defensoria Pública no do Cidadão Atendimento à População Carente do Município de Quixeramobim Ex. 4 O Curso de Administração de O impacto econômico do Sertão Central Empresas em Quixeramobim nos últimos cinco anos com a Chegada da Faculdade de Administração A Elaboração do Projeto de Pesquisa A partir desse ponto do texto vamos apresentando uma estrutura, instrumentalizando a sua atenção e conhecimento para a elaboração do Projeto de Pesquisa. Justificativa A justificativa em um projeto de pesquisa, como o próprio nome indica, é o convencimento de que o trabalho de pesquisa é fundamental e deve ser efetivado. É válido ter na mente uma dúvida: o tema escolhido pelo pesquisador, o problema e as hipóteses levantadas são de suma importância para a sociedade ou para alguns indivíduos? Deve-se tomar o cuidado, na elaboração dessa parte do projeto, de não se tentar explicar a hipótese levantada, ou seja, tentar responder ou concluir o que vai ser buscado no trabalho de pesquisa. A justificativa exalta a importância do tema a ser estudado ou justifica a necessidade imperiosa de se levar a efeito tal empreendimento. Objetivos Repare o que diz Bagno (2002, p. 28) a respeito dos objetivos em um projeto de pesquisa científica: O objetivo é o ponto de chegada, a meta final. É a contribuição que o projeto quer dar ao conhecimento daquele tema. Uma pesquisa sem objetivo é uma aberração científica! [...] O pesquisador em farmácia que está testando novas combinações de substâncias para tentar combater uma doença tem o objetivo claro de salvar vidas humanas. [...] Fazer pesquisa é assumir pelo menos um compromisso: aumentar o conhecimento das pessoas acerca de um determinado assunto. E isso é uma grande responsabilidade. Grifo nosso. O objetivo geral pode ser detalhado em objetivos específicos que, como o próprio nome sugere, irão detalhar, especificar, esmiuçar, aquele objetivo maior. Um recurso que deve ser utilizado para se definir os objetivos é colocá-los começando com o verbo no infinitivo: esclarecer tal coisa; definir tal assunto; procurar aquilo; permitir aquilo outro; demonstrar alguma coisa etc. Exemplo de objetivo a partir da proposta de tema anteriormente apresentado: 1. Compreender a Educação Física como Fator de Socialização no Âmbito Escolar.
  • 15. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/15 2. Investigar o papel da Humanização do Atendimento do Sistema Único de Saúde, em Quixeramobim. 3. Conhecer o Papel da Defensoria Pública no Atendimento à População Carente do Município de Quixeramobim. 4. Comparar o impacto econômico do Sertão Central nos últimos cinco anos com a Chegada da Faculdade de Administração. Problema O problema é a mola propulsora de todo o trabalho de pesquisa. Depois de definido o tema, levanta-se uma questão para ser respondida por meio de uma hipótese, que será confirmada ou negada a partir do trabalho de pesquisa. O problema é criado pelo próprio autor e relacionado ao tema escolhido. O autor, no caso, criará um questionamento para definir a abrangência de sua pesquisa. Não há regras para se criar um problema, mas alguns autores sugerem que ele seja expresso em forma de pergunta, outros defendem que ele seja descrito como uma afirmação. O problema a ser estudado deverá ser o marco de referência para todas as suas decisões. De acordo com o problema, define-se todo o encaminhamento do projeto de pesquisa. Formular o problema consiste em dizer, de forma explícita, clara, compreensível e operacional, qual é a dificuldade com a qual nos defrontamos e queremos resolver. O problema é uma dificuldade, cuja solução poderá ser encontrada com a realização de uma pesquisa. Hipótese Hipótese deriva do problema e constitui uma verdade provisória. É uma afirmação categórica, que irá orientar a tentativa de responder o problema levantado no tema escolhido para pesquisa. É uma pré-solução para o referido problema. O trabalho de pesquisa, então, irá confirmar ou negar a hipótese (verdade provisória) levantada. Fundamentação teórica Este é um ponto importantíssimo no projeto de pesquisa. Se eu sei os objetivos de minha pesquisa e tenho clareza do problema que quero investigar, a fundamentação teórica irá me ajudar a argumentar aquilo que desejo descobrir. É necessário alimentar nossos conhecimentos a partir de conhecimentos propostos por outros autores, sejam no sentido de afirmação ou refutação do conhecimento. Devo compreender que não estou inaugurando um fato novo no campo científico, enquanto conhecimento. Em algum momento ou lugar alguém já deve ter falado sobre o assunto em questão. É o princípio da humildade que a filosofia recomenda a todo pesquisador. Compreender que ninguém pode falar daquilo que não se conhece. Caso eu fosse professor e, por exemplo, quisesse encontrar as causas do fracasso de meus alunos no processo de alfabetização, ou quisesse descobrir os métodos mais adequados para ensinar as operações fundamentais, seria preciso buscar, nas fontes adequadas, o que já foi estudado e escrito sobre a questão e registrar, nessa parte do projeto, o resultado dessa investigação. O referencial teórico é o que fundamenta e dá consistência ao projeto de pesquisa. eu seleciono a teoria, os conceitos que darão sustentação à prática desenvolvida.
  • 16. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/16 Metodologia Em um projeto de pesquisa, a Metodologia é a explicação minuciosa, detalhada, rigorosa de toda ação desenvolvida no método (caminho) do trabalho de pesquisa. É a explicação do tipo de pesquisa, do instrumental utilizado (questionário, entrevista etc.), do tempo previsto, da equipe de pesquisadores e da divisão do trabalho, das formas de tabulação e tratamento dos dados, enfim, de tudo aquilo que se utilizou no trabalho de pesquisa. A metodologia é o caminho a ser adotado para coletar os dados, tendo como base a teoria e os objetivos da pesquisa. Fique atento para escolher os métodos adequados ao problema e às hipóteses e combinar adequadamente os métodos propostos. Cronograma O Cronograma é a previsão de tempo que será gasto na realização do trabalho de acordo com as atividades a serem cumpridas. As atividades e os períodos serão definidos a partir das características de cada pesquisa e dos critérios determinados pelo autor do trabalho e pelo tempo previsto no calendário acadêmico. Os períodos podem estar divididos em dias, semanas, quinzenas, meses, bimestres, trimestres etc. de acordo com os critérios de tempo adotados por cada pesquisador. Exemplo: ATIVIDADE 1ºMÊS 2ºMÊS 3ºMÊS 4ºMÊS 5ºMÊS 6ºMÊS 7ºMÊS Levantamento de literatura. X Montagem do Projeto X Pesquisa de Campo e Coleta de dados X Tratamento de dados X X Sistematização das Informações e Elaboração do Relatório Final X Publicação dos Resultados X
  • 17. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/17 Orçamento Normalmente, as monografias, as dissertações e as teses acadêmicas não necessitam de que sejam expressos os recursos financeiros. Os recursos só serão incluídos quando o projeto for apresentado para uma instituição financiadora de projetos de pesquisa. Os recursos financeiros podem estar divididos em material permanente, material de consumo e pessoal, sendo que essa divisão vai ser definida a partir dos critérios de organização de cada um ou das exigências da instituição onde está sendo apresentado o projeto. Exemplo: ITENS CUSTO (R$) Compra de Livros 170,00 Despesas com Xerox, digitação e impressão de documentos e textos 200,00 Pagamento de passagens - Transporte 150,00 Despesa com alimentação em viagens 150,00 Publicação do Trabalho. 100,00 TOTAL: 770,00 Anexos/Apêndice Este item – anexos ou Apêndices – também só é incluído caso haja necessidade de juntar ao projeto algum documento que venha dar algum tipo de esclarecimento ao texto. A inclusão ou não fica a critério do autor da pesquisa. Ao contrário do que propugnava a NBR 10719 (1989), a NBR 14724 (2001) estabelece diferença entre esses dois elementos pós-textuais: apêndice é um “texto ou documento elaborado pelo autor para complementar sua argumentação, sem prejuízo da unidade nuclear do trabalho” (p.4.), ao passo que anexo é um “texto ou documento não elaborado pelo autor mas que serve de fundamentação, complementação e ilustração.” Ambos são identificados pelas letras do alfabeto em maiúsculas: Apêndice A , Apêndice B, Apêndice C, etc. e/ou Anexo A, Anexo B, Anexo C etc. Portanto, conclui-se que o Apêndice é uma produção de autoria do próprio autor, enquanto que o Anexo é uma produção de autoria de terceiros.
  • 18. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/18 UNIDADE XIII 2. RELATÓRIO DE PESQUISA CIENTÍFICA INTRODUÇÃO Na unidade passada, enfatizamos que a pesquisa é útil quando queremos obter a solução de um problema. Para chegarmos a essa solução, o primeiro passo é a elaboração de um projeto de pesquisa. Na unidade de hoje, daremos o terceiro passo dessa caminhada. Você, nesse momento, pode estar perguntando: terceiro? Sim, sim, pois falaremos sobre os procedimentos para a elaboração de um relatório de pesquisa e, para tal, faz-se necessário imaginarmos que a referida pesquisa já tenha sido executada de acordo com a metodologia prevista no projeto, ou seja, que tenhamos dado o segundo passo dessa caminhada. O que é um relatório de pesquisa? O relatório é a exposição geral da pesquisa, desde o planejamento às conclusões, incluindo os processos metodológicos empregados. Deve ter como base a lógica, a imaginação e a precisão e ser expresso em linguagem simples, clara, objetiva, concisa e coerente. A principal finalidade do relatório é dar informações sobre os resultados da pesquisa, se possível, com detalhes, para que eles possam alcançar a sua relevância. São importantes, na estruturação do relatório, a objetividade e o estilo, mantendo-se a expressão impessoal e evitando-se frases qualificativas ou valorativas, pois a informação deve descrever e explicar, mas não visando a convencer. Descrição, análise e interpretação dos dados Antes de começar a fazer o relatório, você deve ter realizado todas as etapas da pesquisa previstas na metodologia. Você já deve ter feito a fundamentação teórica, ou revisão bibliográfica, e aplicado os instrumentos para a coleta de dados selecionados, a partir do problema e/ou das hipóteses levantadas. Após essa coleta dos dados, a primeira providência é manipulá-los, ou seja, o pesquisador deve submetê-los a uma verificação crítica. Eles devem ser selecionados, codificados, tabulados para serem registrados em um relatório, na monografia, na dissertação ou tese, conforme veremos no próximo tema. Vejamos as etapas necessárias, que são: 1. tabulação; 2. interpretação; 3. explicação; 4. especificação. A tabulação consiste na disposição dos dados em tabelas ou gráficos, conforme grupos ou subgrupos, e reunidos de modo que possam responder ao problema da pesquisa. Uma vez manipulados os dados e obtidos os resultados, o passo seguinte é a sua análise e interpretação. A partir da tabulação, é possível fazer uma análise quantitativa e também a análise
  • 19. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/19 qualitativa. “A análise é a tentativa de evidenciar as relações entre o fenômeno estudado e outros fatores” (LAKATOS; MARCONI, 2001, p. 167). • Quantitativa: Quantos (%) professores consideram que a biblioteca escolar atende satisfatoriamente às necessidades, quantos a consideram regular e quantos a consideram insuficiente. • Qualitativa: Por que é satisfatório o atendimento ou não, o que caracterizaria um atendimento satisfatório para esses professores. Partes que compõem um relatório A apresentação escrita do relatório de pesquisa obedece, de modo geral, às mesmas normas de apresentação dos trabalhos científicos. As partes que compõem qualquer relatório são: capa, folha de rosto, sumário, introdução, desenvolvimento, conclusão e referências. Caso sejam necessários, apêndices e anexos deverão ser inseridos no final do relatório. O que vai distinguir um relatório de pesquisa de um relatório técnico, seja descritivo ou analítico, de um grupo de estudos realizado na escola é o desenvolvimento que, na pesquisa, deve necessariamente apresentar a análise e a interpretação dos dados. Elementos pré-textuais A capa e a folha de rosto devem conter informações essenciais, como já foi especificado na apresentação dos trabalhos científicos. O sumário é o resumo das etapas do trabalho e as referidas páginas. São os elementos pré-textuais que admitem, ainda, as folhas de dedicatória, agradecimentos e epígrafe. Partes Textuais do Relatório de Pesquisa Científica Introdução A introdução do relatório compõe-se dos seguintes elementos: o tema (título da pesquisa), a delimitação do assunto, os objetivos, o problema, as hipóteses, o universo da pesquisa (amostragem), a justificativa ou relevância da pesquisa empreendida e os procedimentos metodológicos empregados. Se observarmos bem, veremos que, na introdução do relatório de pesquisa, retomam-se todas as partes do projeto, de forma resumida, para mostrar que o relatório que será lido diz respeito “àquela” pesquisa sobre o “tal” tema que tem “essa e aquela” importância e foi realizada com “determinado” objetivo etc. Assim, o leitor do relatório, ao ler a introdução, fica informado desses dados que serão demonstrados no relatório. Desenvolvimento Na grande maioria dos relatórios de pesquisa, o primeiro capítulo, ou parte, apresenta o texto de revisão bibliográfica ou fundamentação teórica. Em seguida, o desenvolvimento do relatório apresenta os seguintes itens: 1. apresentação/descrição dos dados obtidos; 2. análise e interpretação dos dados, em gráficos e tabelas;
  • 20. Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA – Campus Avançado de Quixeramobim - Ceará Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos - Curso: Educação Física - Metodologia do Trabalho Científico - Prof.: Antônio Martins de Almeida Filho 1/20 3. discussão dos resultados. A discussão dos resultados será feita após a representação dos dados. O conteúdo dos gráficos e tabelas deve ser o objetivo da análise e, ainda que os dados estejam claramente representados, devem ser mencionados na discussão. Conclusão A conclusão consiste em uma síntese interpretativa da pesquisa. Procede-se à revisão dos principais fatos e retomam-se as hipóteses a fim de verificar se há confirmação ou rejeição. Na conclusão cabem, ainda, sugestões para outros trabalhos, com novo enfoque, mais amplo sobre o assunto. Elementos pós-textuais A parte referencial é composta por Apêndices, Anexos e Referências. Cada uma dessas partes vem localizada no término do relatório. Modelos de questionário e formulário, roteiro de entrevista, fazem parte dos Apêndices. Já os recortes de jornais e revistas, mapas, figuras, estatutos, programas de cursos, etc. compõem os Anexos. As fotografias, ilustrações e outros documentos de autoria de quem realizou o trabalho, são incluídas também nos Apêndices; se de autoria alheia, devem constar dos Anexos. Para organizar as Referências é necessário respeitar as normas da ABNT conforme apresentaremos na Unidade seguinte.