SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 41
Estudo das religiões
Xamanismo
• Primeira manifestação de divino praticado
pela humanidade.
• Desde o homem primitivo, aperfeiçoado pelos
indígenas.
Xamanismo
• Um conjunto de práticas universais.
• Filosofia de Vida x Religião.
Xamanismo
Xamã:
• Líder espiritual, político e religioso.
• Semelhante a um sacerdote.
• Não é uma escolha.
• “Organiza o caos”.
Xamanismo
• Focado no êxtase – Alexandre Meireles.
• Transe ou total concentração.
• Fogo, música, silêncio...
Xamanismo
• Recuperação do
poder pessoal.
• Causa das doenças =
nos afastamos do nosso
núcleo de força.
Xamanismo
• Nós somos responsáveis pela nossa saúde e
pela nossa alegria.
• Irradia para a sociedade.
• “Você atrai aquilo que você emana”.
Xamanismo
• Filosofia de vida.
• Processo terapêutico.
• Religião (?).
Origem
• Não há raízes histórico-geográficas.
• Nome – Sibéria.
• Práticas surgiram nos povos paleolíticos após
o surgimento do fogo.
• Vários clãs = vários fundadores.
Crenças
• Observaram a natureza –
interação com o todo.
• Com essa percepção:
– aprendizado do que
realmente somos,
– capacidade de elevar a
consciência,
Crenças
– capacidade de se relacionar com outras
realidades e dimensões,
– manter plena e perfeita harmonia com a
natureza,
– integração dos corpos físico, mental,
emocional e espiritual.
Textos Sagrados
• Tradição oral – lendas.
• Origem do Mundo e da Humanidade.
• A origem das doenças e dos remédios.
Culto
• Não há,
exatamente, um
culto.
• Conjunto de
práticas e técnicas
antigas.
Culto
• Uso do simbolismo
varia de acordo com
a cultura da pessoa
que as praticam.
• Mesmas forças e os
mesmos elementos.
Culto
• “Possibilitando aos indivíduos aprenderem
conscientemente a transpor o aparente
abismo existente entre o mundo físico e o
espiritual, entre as esferas da visão e da
imaginação”.
Ritos
• Buscam o estado
de êxtase para a
cura.
• Fogueira,
instrumentos de
poder, música.
• Cantam.
Vídeo [1]
Animais de Poder
• Ferramenta poderosa
– crescimento
pessoal.
• Espírito do animal de
poder = o que precisa
ser trabalhado na sua
vida.
Animais de Poder
• Trabalhar com o
Animal de Poder =
trabalhar consigo
mesmo.
• Você = seu animal de
poder.
Animais de Poder
• Ajudam a alcançar qualquer objetivo.
• Para descobrir o seu animal de poder – Jornada
Simples Xamânica.
Animais de Poder
• Águia.
• iluminação, a visão interior, coragem,
elevação do espírito a grandes alturas.
• ajuda a ver o mundo em um contexto mais
amplo, a tomar decisões com clareza e
objetividade.
Animais de Poder
• Búfalo.
• sabedoria ancestral.
• esperança, paz, tolerância.
• espiritualidade, preces.
Animais de Poder
• Cavalo.
• poder interior, liberdade de espírito, viagem
xamânica, força.
Animais de Poder
• Gaivota.
• voar através da
vida com calma e
esforço para
alcançar objetivos.
Animais de Poder
• Lagarto.
• otimismo, adaptabilidade, sonhos.
• regeneração, renovação, transformação.
Animais de Poder
• Lobo
• amor, relacionamentos
saudáveis, fidelidade,
generosidade,
ensinamento.
Animais de Poder
• Macaco
• inteligência, bom humor, alegria, agilidade,
perícia, irreverência, amizade.
Animais de Poder
• Aranha
• Abelha
• Alce
• Antílope
• Beija-flor
• Borboleta
• Cabra/cabrito
• Camelo
• Canguru
• Castor
• Cisne
• Coiote
• Cobra
• Cachorro
• Esquilo
• Falcão
• Gambá
• Gato
• Galo
• Girafa
Animais de Poder
• Gofinho
• Gorila
• Guaxinim
• Jaguar
• Leopardo
• Lince
• Libélula
• Minhoca
• Morcego
• Onça
• Porco-Espinho
• Puma
• Raposa
• Rato
• Salmão
• Texugo
• Touro
• Urso
• Veado
Plantas Nativas e Ervas
• Empregadas em várias cerimônias.
• Defumação, tomar, emplastros.
Plantas Nativas e Ervas
• Objetivos:
– proporcionar cura de doenças,
– bem-estar, equilíbrio, sabedoria,
– limpeza, purificação,
– contato com nosso interior e espíritos
guardiães.
Plantas Nativas e Ervas
• Tabaco;
• Sálvia Branca;
• Sweetgrass;
• Cedro;
• Lavanda;
• Copal;
• Urucum;
• Cravo;
Instrumentos de Poder
• Tambor sagrado;
• Chocalho sagrado;
• Pedras e cristais;
• Bastão Falante;
• Abalone;
• Penas de Poder;
• Pau de Chuva;
• Cachimbo Sagrado.
Considerações
Xamã
• assumir a responsabilidade com o Universo
de:
– viver em harmonia com a natureza,
– ajudar o próximo,
– transformar o ambiente em que vive,
– ser aparelho de transformações nas pessoas.
• não é uma profissão, é um dom.
Considerações
Carpe Diem
• Viver cada momento como sagrado é
reconhecer que todas as coisas são
interligadas numa grande Teia Cósmica.
• Nos curamos = mundo se beneficia.
Considerações
Carpe Diem
• Viver completamente: aqui e agora é o único
ponto em que podemos fazer escolhas e
podemos mudar nosso mundo.
• despertar e abranger o divino – restabelece
nossa conexão com a natureza e com o
mistério do cosmo = adquirir capacidade e
sabedoria.
Considerações
Conceitos de cura
• A cura é a jornada de toda uma vida no
sentido da inteireza.
• Curar é:
– lembrar o que foi esquecido sobre o vínculo,
unidade e interdependência entre tudo o que
é vivente e não-vivente.
– Curar é abrir os braços ao que é mais
temido;
Considerações
– é abrir o que estava fechado e suavizar o
que endureceu em forma de obstrução;
– é penetrar no momento transcendente e
atemporal em que se experimenta o divino;
Considerações
– é criatividade, amor e paixão.
– Curar é buscar e expressar o ser em sua
plenitude, sua luz e sua sombra, o masculino e
o feminino.
– Curar é aprender a confiar na vida.
Considerações
Mulheres
• um xamã pode ser tanto homem quanto
mulher.
• podem praticar a medicina da cura.
Ciência
• Vídeo [2]
Conclusão
• O xamanismo pode não ter uma instituição
religiosa, mas ele cumpre a função religiosa.
• “re-ligar” = religião = base do xamanismo – há
ligação entre tudo o que existe, toda ação que
fizermos irá afetar o ambiente e as outras
vidas.
• Religião, filha do desejo, filha do medo –
xamanismo = rituais de cura; combate
enfermidades do século XXI.
Xamanismo
Alunos:
Gabriela T Freitas
Rodrigo Morais
Thiago Mittermayer
Professor: Jozimas
Introdução ao Pensamento Teológico II
Tecnologia e Mídias Digitais – 2º semestre/2010.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
 
Chakras e cores cura
Chakras e cores curaChakras e cores cura
Chakras e cores cura
 
Felicidade
FelicidadeFelicidade
Felicidade
 
Ondas e Percepções
Ondas e PercepçõesOndas e Percepções
Ondas e Percepções
 
A gênese
A gêneseA gênese
A gênese
 
Roteiro 1 influência dos espíritos
Roteiro 1   influência dos espíritosRoteiro 1   influência dos espíritos
Roteiro 1 influência dos espíritos
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 9 - Obsessão
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 9 - ObsessãoMocidade Espírita Chico Xavier - Aula 9 - Obsessão
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 9 - Obsessão
 
Eae aula 4 - as Raças Primitivas
Eae   aula 4 - as Raças PrimitivasEae   aula 4 - as Raças Primitivas
Eae aula 4 - as Raças Primitivas
 
Aula 09_O Decálogo_Escola de Aprendizes do Evangelho
Aula 09_O Decálogo_Escola de Aprendizes do EvangelhoAula 09_O Decálogo_Escola de Aprendizes do Evangelho
Aula 09_O Decálogo_Escola de Aprendizes do Evangelho
 
Aula 8 mediunidade
Aula 8   mediunidadeAula 8   mediunidade
Aula 8 mediunidade
 
Apometria
ApometriaApometria
Apometria
 
Apostila de-chakras
Apostila de-chakrasApostila de-chakras
Apostila de-chakras
 
A CASA MENTAL
A CASA MENTALA CASA MENTAL
A CASA MENTAL
 
Exus
ExusExus
Exus
 
Riqueza e Pobreza
Riqueza e PobrezaRiqueza e Pobreza
Riqueza e Pobreza
 
Obsessao
ObsessaoObsessao
Obsessao
 
Olm 100929-inconvenientes e perigos-papel do médium nas comunicações
Olm 100929-inconvenientes e perigos-papel do médium nas comunicaçõesOlm 100929-inconvenientes e perigos-papel do médium nas comunicações
Olm 100929-inconvenientes e perigos-papel do médium nas comunicações
 
Capítulo 16 Não se pode servir a Deus e a Mamón
Capítulo 16 Não se pode servir a Deus e a MamónCapítulo 16 Não se pode servir a Deus e a Mamón
Capítulo 16 Não se pode servir a Deus e a Mamón
 
Aborto na visão Espírita
Aborto na visão EspíritaAborto na visão Espírita
Aborto na visão Espírita
 
Cm 21 - cérebro espiritual
Cm  21 - cérebro espiritualCm  21 - cérebro espiritual
Cm 21 - cérebro espiritual
 

Destaque

Xamanismo a verdadeira_cura_pdf
Xamanismo a verdadeira_cura_pdfXamanismo a verdadeira_cura_pdf
Xamanismo a verdadeira_cura_pdfAlceu Roveda
 
Animais e xamanismo
Animais e xamanismoAnimais e xamanismo
Animais e xamanismoEdson2308
 
Medicina tradicional indigena
Medicina tradicional indigenaMedicina tradicional indigena
Medicina tradicional indigenaPaulo Santos
 
Arquétipos xamã 01
Arquétipos   xamã 01Arquétipos   xamã 01
Arquétipos xamã 01Lorena Souza
 
Manual de Reiki PDF Com 55 Técnicas Passo a Passo [Gratuito]
Manual de Reiki PDF Com 55 Técnicas Passo a Passo [Gratuito]Manual de Reiki PDF Com 55 Técnicas Passo a Passo [Gratuito]
Manual de Reiki PDF Com 55 Técnicas Passo a Passo [Gratuito]Ricardo Ricco
 
gareth-knight-praticas-e-exercicios-ocultos
 gareth-knight-praticas-e-exercicios-ocultos gareth-knight-praticas-e-exercicios-ocultos
gareth-knight-praticas-e-exercicios-ocultosRe David
 
Reiki sistema ocidental sagrado sem segredos
Reiki sistema ocidental sagrado sem segredosReiki sistema ocidental sagrado sem segredos
Reiki sistema ocidental sagrado sem segredosVARNO NOMADE
 
O Xamanismo e seus rituais
O Xamanismo e seus rituaisO Xamanismo e seus rituais
O Xamanismo e seus rituaisYngridy Pires
 
Livro fundamentos da magia
Livro fundamentos da magiaLivro fundamentos da magia
Livro fundamentos da magiaRegina Oliveira
 

Destaque (20)

Xamanismo a verdadeira_cura_pdf
Xamanismo a verdadeira_cura_pdfXamanismo a verdadeira_cura_pdf
Xamanismo a verdadeira_cura_pdf
 
Animais e xamanismo
Animais e xamanismoAnimais e xamanismo
Animais e xamanismo
 
Cartas Xamânicas - Sandra Reginna Moreira
Cartas Xamânicas - Sandra Reginna MoreiraCartas Xamânicas - Sandra Reginna Moreira
Cartas Xamânicas - Sandra Reginna Moreira
 
Xamanismo
XamanismoXamanismo
Xamanismo
 
Medicina tradicional indigena
Medicina tradicional indigenaMedicina tradicional indigena
Medicina tradicional indigena
 
derval-gramacho-magia-xamanica
 derval-gramacho-magia-xamanica derval-gramacho-magia-xamanica
derval-gramacho-magia-xamanica
 
Arquétipos xamã 01
Arquétipos   xamã 01Arquétipos   xamã 01
Arquétipos xamã 01
 
Xamanismo I
Xamanismo IXamanismo I
Xamanismo I
 
Manual de Reiki PDF Com 55 Técnicas Passo a Passo [Gratuito]
Manual de Reiki PDF Com 55 Técnicas Passo a Passo [Gratuito]Manual de Reiki PDF Com 55 Técnicas Passo a Passo [Gratuito]
Manual de Reiki PDF Com 55 Técnicas Passo a Passo [Gratuito]
 
gareth-knight-praticas-e-exercicios-ocultos
 gareth-knight-praticas-e-exercicios-ocultos gareth-knight-praticas-e-exercicios-ocultos
gareth-knight-praticas-e-exercicios-ocultos
 
Xamanismo
XamanismoXamanismo
Xamanismo
 
Ma'heo'o - Reiki Xamã
Ma'heo'o - Reiki XamãMa'heo'o - Reiki Xamã
Ma'heo'o - Reiki Xamã
 
32208567 xamanismo-a-verdadeira-cura
32208567 xamanismo-a-verdadeira-cura32208567 xamanismo-a-verdadeira-cura
32208567 xamanismo-a-verdadeira-cura
 
Reiki sistema ocidental sagrado sem segredos
Reiki sistema ocidental sagrado sem segredosReiki sistema ocidental sagrado sem segredos
Reiki sistema ocidental sagrado sem segredos
 
O Xamanismo e seus rituais
O Xamanismo e seus rituaisO Xamanismo e seus rituais
O Xamanismo e seus rituais
 
44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase
44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase
44970137 ana vitoriavieiramonteiro-xamanismoarteextase
 
Xamanismo II
Xamanismo IIXamanismo II
Xamanismo II
 
Encontrando se animal de poder
Encontrando se animal de poderEncontrando se animal de poder
Encontrando se animal de poder
 
1ªaula
1ªaula1ªaula
1ªaula
 
Livro fundamentos da magia
Livro fundamentos da magiaLivro fundamentos da magia
Livro fundamentos da magia
 

Semelhante a Xamanismo

Síntese de palestras xamãsconet
Síntese de palestras xamãsconetSíntese de palestras xamãsconet
Síntese de palestras xamãsconetTai Santos
 
Aula 02 2013 - o que é espiritismo
Aula 02 2013 - o que é espiritismoAula 02 2013 - o que é espiritismo
Aula 02 2013 - o que é espiritismocontatodoutrina2013
 
Educação e Espiritismo
Educação e EspiritismoEducação e Espiritismo
Educação e Espiritismogrupodepaisceb
 
Jundiaí – SP 2014
Jundiaí – SP 2014Jundiaí – SP 2014
Jundiaí – SP 2014RODRIGO ORION
 
Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12Leonardo Pereira
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da TerraSérie Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da TerraRicardo Azevedo
 
Animaisexamanismo 110504075651-phpapp01
Animaisexamanismo 110504075651-phpapp01Animaisexamanismo 110504075651-phpapp01
Animaisexamanismo 110504075651-phpapp01fajfhcs
 
2013 cem - interrogar os espíritos - parte a - 13a aula
2013   cem - interrogar os espíritos - parte a -  13a aula2013   cem - interrogar os espíritos - parte a -  13a aula
2013 cem - interrogar os espíritos - parte a - 13a aulaArtomy Jado
 
Caibalion por Alexandre Cezário
Caibalion por Alexandre CezárioCaibalion por Alexandre Cezário
Caibalion por Alexandre CezárioAlexandre Cezário
 
Codigodeetica
CodigodeeticaCodigodeetica
Codigodeeticalecocq
 
Aula 4 - Estudo histórico comparativo sobre a revelação de Deus
Aula 4 - Estudo histórico comparativo sobre a revelação de Deus Aula 4 - Estudo histórico comparativo sobre a revelação de Deus
Aula 4 - Estudo histórico comparativo sobre a revelação de Deus Pr. Luiz Carlos Lopes
 
A Jornada da Nossa Alma
A Jornada da Nossa AlmaA Jornada da Nossa Alma
A Jornada da Nossa Almasintesedourada
 

Semelhante a Xamanismo (20)

Xamanismo
XamanismoXamanismo
Xamanismo
 
Síntese de palestras xamãsconet
Síntese de palestras xamãsconetSíntese de palestras xamãsconet
Síntese de palestras xamãsconet
 
Aula 02 2013 - o que é espiritismo
Aula 02 2013 - o que é espiritismoAula 02 2013 - o que é espiritismo
Aula 02 2013 - o que é espiritismo
 
Mediunidade e parceria-marisa_l (1)
Mediunidade e parceria-marisa_l (1)Mediunidade e parceria-marisa_l (1)
Mediunidade e parceria-marisa_l (1)
 
Apresentação umbanda
Apresentação  umbandaApresentação  umbanda
Apresentação umbanda
 
Educação e Espiritismo
Educação e EspiritismoEducação e Espiritismo
Educação e Espiritismo
 
teologia moral
teologia moralteologia moral
teologia moral
 
Jundiaí – SP 2014
Jundiaí – SP 2014Jundiaí – SP 2014
Jundiaí – SP 2014
 
Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da TerraSérie Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
 
Animaisexamanismo 110504075651-phpapp01
Animaisexamanismo 110504075651-phpapp01Animaisexamanismo 110504075651-phpapp01
Animaisexamanismo 110504075651-phpapp01
 
2013 cem - interrogar os espíritos - parte a - 13a aula
2013   cem - interrogar os espíritos - parte a -  13a aula2013   cem - interrogar os espíritos - parte a -  13a aula
2013 cem - interrogar os espíritos - parte a - 13a aula
 
Caibalion por Alexandre Cezário
Caibalion por Alexandre CezárioCaibalion por Alexandre Cezário
Caibalion por Alexandre Cezário
 
Caibalion
CaibalionCaibalion
Caibalion
 
Codigodeetica
CodigodeeticaCodigodeetica
Codigodeetica
 
Reiki
ReikiReiki
Reiki
 
Biblioteca virtual ilma atualizada 2
Biblioteca virtual ilma   atualizada 2Biblioteca virtual ilma   atualizada 2
Biblioteca virtual ilma atualizada 2
 
Aula 4 - Estudo histórico comparativo sobre a revelação de Deus
Aula 4 - Estudo histórico comparativo sobre a revelação de Deus Aula 4 - Estudo histórico comparativo sobre a revelação de Deus
Aula 4 - Estudo histórico comparativo sobre a revelação de Deus
 
A Jornada da Nossa Alma
A Jornada da Nossa AlmaA Jornada da Nossa Alma
A Jornada da Nossa Alma
 
Xamanismo-Um-caminho-transpessoal.pdf
Xamanismo-Um-caminho-transpessoal.pdfXamanismo-Um-caminho-transpessoal.pdf
Xamanismo-Um-caminho-transpessoal.pdf
 

Mais de Gabriela Freitas

Ciborgues e a História - FINAL
Ciborgues e a História - FINALCiborgues e a História - FINAL
Ciborgues e a História - FINALGabriela Freitas
 
Hamlet no holodeck: Capítulo 6
Hamlet no holodeck: Capítulo 6Hamlet no holodeck: Capítulo 6
Hamlet no holodeck: Capítulo 6Gabriela Freitas
 
Paper Teologia: Ciborgues e a Espiritualidade
Paper Teologia: Ciborgues e a EspiritualidadePaper Teologia: Ciborgues e a Espiritualidade
Paper Teologia: Ciborgues e a EspiritualidadeGabriela Freitas
 
Ciborgues e a História - 01/06/2010
Ciborgues e a História - 01/06/2010Ciborgues e a História - 01/06/2010
Ciborgues e a História - 01/06/2010Gabriela Freitas
 
Trabalho completo de Ciborgues e a História
Trabalho completo de Ciborgues e a HistóriaTrabalho completo de Ciborgues e a História
Trabalho completo de Ciborgues e a HistóriaGabriela Freitas
 
Ciborgues e a Historia: Para apresentação
Ciborgues e a Historia: Para apresentaçãoCiborgues e a Historia: Para apresentação
Ciborgues e a Historia: Para apresentaçãoGabriela Freitas
 

Mais de Gabriela Freitas (11)

Android
AndroidAndroid
Android
 
Ciborgues e a História - FINAL
Ciborgues e a História - FINALCiborgues e a História - FINAL
Ciborgues e a História - FINAL
 
Hamlet no holodeck: Capítulo 6
Hamlet no holodeck: Capítulo 6Hamlet no holodeck: Capítulo 6
Hamlet no holodeck: Capítulo 6
 
Pré-Projeto de um site
Pré-Projeto de um sitePré-Projeto de um site
Pré-Projeto de um site
 
Apresentação Inicial
Apresentação InicialApresentação Inicial
Apresentação Inicial
 
Hamlet no holodeck
Hamlet no holodeckHamlet no holodeck
Hamlet no holodeck
 
Paper Teologia: Ciborgues e a Espiritualidade
Paper Teologia: Ciborgues e a EspiritualidadePaper Teologia: Ciborgues e a Espiritualidade
Paper Teologia: Ciborgues e a Espiritualidade
 
Ciborgues e a História - 01/06/2010
Ciborgues e a História - 01/06/2010Ciborgues e a História - 01/06/2010
Ciborgues e a História - 01/06/2010
 
Trabalho completo de Ciborgues e a História
Trabalho completo de Ciborgues e a HistóriaTrabalho completo de Ciborgues e a História
Trabalho completo de Ciborgues e a História
 
A Cabeça Bem Feita
A Cabeça Bem FeitaA Cabeça Bem Feita
A Cabeça Bem Feita
 
Ciborgues e a Historia: Para apresentação
Ciborgues e a Historia: Para apresentaçãoCiborgues e a Historia: Para apresentação
Ciborgues e a Historia: Para apresentação
 

Último

LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxSebastioFerreira34
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José OperárioNilson Almeida
 
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdfO Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdfSUELLENBALTARDELEU
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadofreivalentimpesente
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoRicardo Azevedo
 

Último (10)

LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário
 
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdfO Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significado
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 

Xamanismo

  • 2. Xamanismo • Primeira manifestação de divino praticado pela humanidade. • Desde o homem primitivo, aperfeiçoado pelos indígenas.
  • 3. Xamanismo • Um conjunto de práticas universais. • Filosofia de Vida x Religião.
  • 4. Xamanismo Xamã: • Líder espiritual, político e religioso. • Semelhante a um sacerdote. • Não é uma escolha. • “Organiza o caos”.
  • 5. Xamanismo • Focado no êxtase – Alexandre Meireles. • Transe ou total concentração. • Fogo, música, silêncio...
  • 6. Xamanismo • Recuperação do poder pessoal. • Causa das doenças = nos afastamos do nosso núcleo de força.
  • 7. Xamanismo • Nós somos responsáveis pela nossa saúde e pela nossa alegria. • Irradia para a sociedade. • “Você atrai aquilo que você emana”.
  • 8. Xamanismo • Filosofia de vida. • Processo terapêutico. • Religião (?).
  • 9. Origem • Não há raízes histórico-geográficas. • Nome – Sibéria. • Práticas surgiram nos povos paleolíticos após o surgimento do fogo. • Vários clãs = vários fundadores.
  • 10. Crenças • Observaram a natureza – interação com o todo. • Com essa percepção: – aprendizado do que realmente somos, – capacidade de elevar a consciência,
  • 11. Crenças – capacidade de se relacionar com outras realidades e dimensões, – manter plena e perfeita harmonia com a natureza, – integração dos corpos físico, mental, emocional e espiritual.
  • 12. Textos Sagrados • Tradição oral – lendas. • Origem do Mundo e da Humanidade. • A origem das doenças e dos remédios.
  • 13. Culto • Não há, exatamente, um culto. • Conjunto de práticas e técnicas antigas.
  • 14. Culto • Uso do simbolismo varia de acordo com a cultura da pessoa que as praticam. • Mesmas forças e os mesmos elementos.
  • 15. Culto • “Possibilitando aos indivíduos aprenderem conscientemente a transpor o aparente abismo existente entre o mundo físico e o espiritual, entre as esferas da visão e da imaginação”.
  • 16. Ritos • Buscam o estado de êxtase para a cura. • Fogueira, instrumentos de poder, música. • Cantam. Vídeo [1]
  • 17. Animais de Poder • Ferramenta poderosa – crescimento pessoal. • Espírito do animal de poder = o que precisa ser trabalhado na sua vida.
  • 18. Animais de Poder • Trabalhar com o Animal de Poder = trabalhar consigo mesmo. • Você = seu animal de poder.
  • 19. Animais de Poder • Ajudam a alcançar qualquer objetivo. • Para descobrir o seu animal de poder – Jornada Simples Xamânica.
  • 20. Animais de Poder • Águia. • iluminação, a visão interior, coragem, elevação do espírito a grandes alturas. • ajuda a ver o mundo em um contexto mais amplo, a tomar decisões com clareza e objetividade.
  • 21. Animais de Poder • Búfalo. • sabedoria ancestral. • esperança, paz, tolerância. • espiritualidade, preces.
  • 22. Animais de Poder • Cavalo. • poder interior, liberdade de espírito, viagem xamânica, força.
  • 23. Animais de Poder • Gaivota. • voar através da vida com calma e esforço para alcançar objetivos.
  • 24. Animais de Poder • Lagarto. • otimismo, adaptabilidade, sonhos. • regeneração, renovação, transformação.
  • 25. Animais de Poder • Lobo • amor, relacionamentos saudáveis, fidelidade, generosidade, ensinamento.
  • 26. Animais de Poder • Macaco • inteligência, bom humor, alegria, agilidade, perícia, irreverência, amizade.
  • 27. Animais de Poder • Aranha • Abelha • Alce • Antílope • Beija-flor • Borboleta • Cabra/cabrito • Camelo • Canguru • Castor • Cisne • Coiote • Cobra • Cachorro • Esquilo • Falcão • Gambá • Gato • Galo • Girafa
  • 28. Animais de Poder • Gofinho • Gorila • Guaxinim • Jaguar • Leopardo • Lince • Libélula • Minhoca • Morcego • Onça • Porco-Espinho • Puma • Raposa • Rato • Salmão • Texugo • Touro • Urso • Veado
  • 29. Plantas Nativas e Ervas • Empregadas em várias cerimônias. • Defumação, tomar, emplastros.
  • 30. Plantas Nativas e Ervas • Objetivos: – proporcionar cura de doenças, – bem-estar, equilíbrio, sabedoria, – limpeza, purificação, – contato com nosso interior e espíritos guardiães.
  • 31. Plantas Nativas e Ervas • Tabaco; • Sálvia Branca; • Sweetgrass; • Cedro; • Lavanda; • Copal; • Urucum; • Cravo;
  • 32. Instrumentos de Poder • Tambor sagrado; • Chocalho sagrado; • Pedras e cristais; • Bastão Falante; • Abalone; • Penas de Poder; • Pau de Chuva; • Cachimbo Sagrado.
  • 33. Considerações Xamã • assumir a responsabilidade com o Universo de: – viver em harmonia com a natureza, – ajudar o próximo, – transformar o ambiente em que vive, – ser aparelho de transformações nas pessoas. • não é uma profissão, é um dom.
  • 34. Considerações Carpe Diem • Viver cada momento como sagrado é reconhecer que todas as coisas são interligadas numa grande Teia Cósmica. • Nos curamos = mundo se beneficia.
  • 35. Considerações Carpe Diem • Viver completamente: aqui e agora é o único ponto em que podemos fazer escolhas e podemos mudar nosso mundo. • despertar e abranger o divino – restabelece nossa conexão com a natureza e com o mistério do cosmo = adquirir capacidade e sabedoria.
  • 36. Considerações Conceitos de cura • A cura é a jornada de toda uma vida no sentido da inteireza. • Curar é: – lembrar o que foi esquecido sobre o vínculo, unidade e interdependência entre tudo o que é vivente e não-vivente. – Curar é abrir os braços ao que é mais temido;
  • 37. Considerações – é abrir o que estava fechado e suavizar o que endureceu em forma de obstrução; – é penetrar no momento transcendente e atemporal em que se experimenta o divino;
  • 38. Considerações – é criatividade, amor e paixão. – Curar é buscar e expressar o ser em sua plenitude, sua luz e sua sombra, o masculino e o feminino. – Curar é aprender a confiar na vida.
  • 39. Considerações Mulheres • um xamã pode ser tanto homem quanto mulher. • podem praticar a medicina da cura. Ciência • Vídeo [2]
  • 40. Conclusão • O xamanismo pode não ter uma instituição religiosa, mas ele cumpre a função religiosa. • “re-ligar” = religião = base do xamanismo – há ligação entre tudo o que existe, toda ação que fizermos irá afetar o ambiente e as outras vidas. • Religião, filha do desejo, filha do medo – xamanismo = rituais de cura; combate enfermidades do século XXI.
  • 41. Xamanismo Alunos: Gabriela T Freitas Rodrigo Morais Thiago Mittermayer Professor: Jozimas Introdução ao Pensamento Teológico II Tecnologia e Mídias Digitais – 2º semestre/2010.