Op ef-hi-03

279 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
279
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Op ef-hi-03

  1. 1. EIXO TEMÁTICO I: HISTÓRIA DE VIDA, DIVERSIDADE POPULACIONAL E MIGRAÇÕES Tema 1: Histórias de vida, diversidade populacional (étnica, cultural, regional e social) e migrações locais, regionais e intercontinentais Sub-tema 1: Transformações econômicas, diversidade populacional e migrações em Minas Gerais Tópico 3: Os primeiros europeus: os portugueses do reino e da colônia Habilidades: 1. Situar no espaço e no tempo a expansão portuguesa rumo ao interior brasileiro e a Minas Gerais 2. Analisar o contexto e motivações gerais para o início da colonização portuguesa em Minas GeraisPorque ensinarRetomando a questão discutida no tópico I “A população mineira e brasileira: várias origens, várias histórias” constata-se aexistência de uma diversidade social e étnico-cultural em Minas Gerais. Tal constatação leva-nos a perguntar sobre as origensdessa diversidade. Nesse momento, o estudo dos movimentos migratórios em Minas Gerais no período colonial torna-senecessário para a compreensão dessa realidade, uma vez que se configura como um possível ponto de partida para oentendimento do processo de constituição da população de Minas Gerais. Assim, o estudo do presente tópico possibilitará acontextualização do processo de deslocamento populacional que ocorreu no território mineiro e o estabelecimento relações entreesse deslocamento e questões econômicas e sócio-culturais.Condições prévias para ensinarÉ importante que o aluno tenha uma noção do contexto histórico em que se deu a descoberta do ouro e o povoamento das minas.Faz-se necessário o entendimento da crise econômico-financeira enfrentada por Portugal em meados do século XVII relacionadaà perda de seus entrepostos orientais, à concorrência de produtos provenientes das colônias inglesas e francesas e àdesorganização da área de produção açucareira, entre outros aspectos.O que ensinarOs movimentos migratórios para a região de Minas Gerais explicam-se a partir da descoberta do ouro nos fins do século XVII e,ainda, pela forma como tal riqueza aurífera era inicialmente extraída: o ouro de aluvião permitia que qualquer indivíduoingressasse na atividade mineradora sem possuir muitos recursos e técnicas. Com a exploração do ouro, um grande contingentepopulacional vindo de Portugal e também de outras regiões da colônia foi atraído para os sertões de Minas Gerais. Além desses,uma grande leva de escravos negros também passaram a compor a população mineira. Os escravos vieram não apenas da África,como também de outras regiões da colônia.A iniciativa de migração e imigração para as minas foi resultado de esforços individuais e particulares. Os momentos iniciais defixação da população nessa região foram desordenados, marcados pelo caos e confusão.Entretanto, não se pode pensar que aqui se estabeleceram apenas indivíduos ligados à exploração aurífera. Muitos exerceramatividades paralelas e de suporte à mineração, tal como a agricultura e criação de animais.O processo histórico de ocupação da região das Minas fez surgir uma sociedade bastante dinâmica, de cultura e valorespeculiares, marcada pela miscigenação e hibridismo.Como ensinar• Atividade IPeça aos alunos que leiam atentamente o texto abaixo:Documento I Perfil da economia mineral do Estado de Minas Gerais O Estado de Minas Gerais detém, há vários anos, a liderança na produção mineral do País caracterizando-se tanto pela diversificação das substâncias produzidas, como pelos métodos de produção empregados, desde o garimpo aos mais sofisticados métodos de lavra e beneficiamento, que induzem a formação de pequenas, médias e grandes empresas de mineração. São características marcantes de mineração no Estado, atender eficazmente, sua própria indústria de transformação, participar com parcela significativa na oferta de bens minerais para outras Unidades da Federação e contribuir,
  2. 2. expressivamente, na pauta de exportação do País. (...) Nos 250 municípios que apresentaram atividades de mineração regular (áreas concedidas) a mão-de-obra empregada é de cerca de 30.000 empregos diretos, dos quais 2,5% de nível superior, estando excluído o pessoal ligado a garimpos, a lavra rudimentar e terceirização nas lavras. (...) Destaca-se o efeito multiplicador ou de encadeamento motivado pela mineração que consumindo dentro do Estado cerca de 1/3 da sua produção, aliado à importação de outros insumos (energia, minerais, etc.) gera para cada unidade monetária produzida na mineração, outras 7 unidades monetárias na indústria de transformação, assim como gera cerca de 5 outros empregos nas atividades de transformação mineral. (...). Fonte: site www2.fiemg.com.br/sindicatos/sindiextra/perfil-economia1.htmEsclareça o vocabulário desconhecido aos alunos. Explique que, embora não tenhamos a data exata dessa notícia, ela pode serconsiderada recente, pois em outras partes do documento são apresentados dados do ano de 1998.Peça para que respondam as seguintes questões:• Sobre o que o texto acima fala? Qual a atividade econômica enfoca? Em que lugar do país?• Qual a fonte dessa notícia? O que é a Fiemg (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais)? (o professor deveráexplicar, caso o aluno não saiba, o que é a Fiemg e qual o seu papel).• Qual a importância da atividade mineradora para Minas Gerais? E para o Brasil?• Quais os reflexos dessa atividade? O que ela gera? Quais transformações essa atividade promove nos locais nos quais éestabelecida?• Vocês seriam capazes de citar um exemplo de alguma cidade em Minas Gerais que se formou ou que foi profundamentetransformada com a inserção da atividade mineradora? Quais os reflexos dessa atividade para o povoamento do local e para adinamização da sua economia? (se os alunos não souberem citar exemplos, o próprio professor poderá fazê-lo).Pergunte aos alunos: qual terá sido a importância da mineração na história do Brasil para a ocupação e delimitação do territóriobrasileiro? Qual a relação entre a realidade atual mostrada na notícia acima e a nossa história? Explique que essas não sãoperguntas para serem respondidas de imediato. Peça para que busquem, durante todo o trabalho que será feito em sala de aula,subsídios para tentarem responder essas perguntas.• Atividade IILeia, juntamente com os alunos, o documento IDocumento I “(...) Estimativas autorizadas indicam que a população colonial de procedência européia chegou a decuplicar durante o século em que foi mais intenso o trabalho das lavras. Essa imigração, quase toda espontânea, serviu para povoar uma vastíssima região arredada do litoral, e que de outra maneira ficaria sem dúvida abandonada e talvez perdida para os portugueses, afeitos tradicionalmente à colonização costeira. O descobrimento das jazidas do extremo oeste e a fundação ali de núcleos urbanos e fortalezas, em resultado desses achados, dará como fruto a silhueta geográfica do Brasil atual." HOLANDA, Sérgio Buarque de (org.). A época colonial, tomo I, vol. II: administração, economia, sociedade. In História geral da civilização brasileira. RJ: Bertrand Brasil, 2001, p. 310.Esclareça o vocabulário desconhecido pelos alunos.Peça aos alunos que respondam, baseados no documento, as seguintes questões:• Quais eram as áreas de colonização preferenciais dos portugueses?• O documento destaca um movimento migratório. Qual foi a importância desse movimento para o território colonial?• Qual região, anteriormente abandonada, foi povoada?• O que gerou esse grande deslocamento populacional?• Qual característica destacada por Sérgio Buarque para qualificar a imigração?Documento II A corrida do ouro trouxera “enxame de aventureiros e desempregados de todos recantos da colônia” e também de Portugal: a “cada ano vêm nas frotas quantidades de portugueses e de estrangeiros, para passarem às minas das cidades, vilas, recôncavos, e sertões do Brasil vão brancos, pardos, pretos e muitos índios de que os paulistas se servem. A mistura é de toda a condição de pessoa: homens, mulheres, moças e velhos, pobres e ricos, nobres e plebeus, seculares, clérigos e
  3. 3. religiosos de diversos instintos, muitos dos quais não têm no Brasil convento nem casa.” Antonil, Cultura e Opulência do Brasil por suas Drogas e Minas. 1711Documento III “Foi a descoberta do ouro que levou à corrida dos colonos, acompanhados dos seus escravos para as capitanias mais tarde denominadas Minas Gerais (1695), Mato Grosso (1718) e Goiás (1725) e para o interior da Bahia (1726), transformando para sempre o mapa do Brasil”. Ramos. Mineração In.Dicionário histórico da colonização portuguesa no Brasil. 1994Apresente aos alunos, brevemente, quem foi Antonil. Em seguida, com base nos documentos acima, peça para que os alunosrespondam as perguntas abaixo:• O relato de Antonil, documento I, refere-se a que época?• Quem vinha para as minas?• Qual o resultado dessa imigração para a composição da sociedade que se constituiu em Minas Gerais?• Por que o mapa do Brasil foi transformado com o povoamento de Minas? (Nesse ponto, deve-se trabalhar com a idéia de que aexploração do ouro em Minas Gerais foi um passo inicial do povoamento do Mato Grosso e de Goiás. Forasteiros expulsos dasminas na guerra dos emboabas foram descobrir ouro e diamante, posteriormente, nessas regiões).• Atividade IIIPeça aos alunos para que observem atentamente o gráfico abaixo:Faça as seguintes perguntas:• Qual o título do mapa? O que ele mostra?• O que são as áreas pintadas de bege claro?• O que são as áreas pintadas de roxo claro?• O que está dividindo as terras de domínio espanhol das de domínio português? Vocês sabem o que foi o tratado de Tordesilhas?(Se os alunos não souberem, fale um pouco a respeito, situando-os espacial e temporalmente).• O que as setas pretas representam? Qual a direção dessas setas? Qual atividade econômica é destacada?• Qual o século esse mapa representa?• Quais conclusões podemos tirar a partir da análise desse mapa e dos documentos trabalhados acima?• Qual a relação existente entre mineração, território brasileiro e ocupação no século XVIII?
  4. 4. Com base nos mapas a nas atividades desenvolvidas anteriormente, peça aos alunos que façam no mapa abaixo uma linhaaonde acham que passa o limite de Tordesilhas e pinte a área de expansão do território brasileiro. Em seguida, peça para quecomparem as duas áreas (a pintada e a normal) e Responda o que aconteceu com a área do território brasileiro.Configuração atual do território brasileiro• Atividade finalDiscuta com os alunos as questões propostas no início do trabalho: qual terá sido a importância da mineração na história do Brasilpara a ocupação e delimitação do território brasileiro? Qual a relação entre a realidade atual mostrada na notícia acima e a nossahistória? Deixe que exponham suas idéias e ajude-os a organizá-las. Em seguida, peça para que escrevam um texto respondendoessas perguntas.Orientação Pedagógica: Os primeiros europeus: os portugueses do Reino e da ColôniaCurrículo Básico Comum - História Ensino FundamentalAutor(a): Simone Calil Ramos e Maíra Siman GomesCentro de Referência Virtual do Professor - SEE-MG/2005

×