Os meios na escola

175 visualizações

Publicada em

Trabalho de síntese realizado na UERJ para a matéria tecnologia e Práticas Pedagó

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
175
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os meios na escola

  1. 1. Universidade do Estado do Rio de JaneiroCentro de Educação e HumanidadesFaculdade de Educação - Curso de PedagogiaDisciplina: Tecnologia e Prática PedagógicaProfessora: Andréa Castro<br />Os Meios na Escola<br />Edith Litwin<br />Tecnologia Educacional<br />Aluna: Ângela Carneiro Salles<br />
  2. 2. ?<br />Para que se ensina nas escolas<br />Valores<br />Solidariedade<br />L<br />O<br />C<br />S<br />A<br />E<br />Mediadora<br />Tecnologia Educacional<br />Promoção <br />Pensamento reflexivo<br />Comunidade Social<br />?<br />Facilita processo de reconstrução<br />Questiona qualidade<br />Constrói conhecimento<br />FACILITA processos de RECONSTRUÇÃO<br />NÃO<br />TRANSMISSÃO<br />Propostas críticas <br />Formação do INDIVÍDUO<br />Conhecimento EXPERENCIAL<br />
  3. 3. ?<br />Para que se ensina nas escolas<br />L<br />O<br />C<br />A<br />S<br />E<br />?<br />Como gerar propostas de qualidade<br />Valorizarformas cooperativas de conhecimento<br />Tecnologia está incorporada na cultura, a informação que deriva dela deve ser desconstruída, a fim de favorecer o pensamento crítico.<br />Tecnologia Educacional<br />Reformas escolares<br />Reflexão na prática<br />Pesquisa-ação<br />Docente prático reflexivo<br />ESCOLA<br />CONSTRUIR VERDAEIRAS RELAÇÕES<br />COMUNIDADE<br />ACADÊMICA<br />COMUNIDADE<br />ALUNOS<br />NUNCAEVITAR CONHECIMENTO DO ALUNO<br />
  4. 4. ?<br />O que se ensina nas escolas<br />Currículos<br />Organização arbitrária <br />Com um forte poder classificatório<br />DISCIPLINAS<br />Conceitos<br />Ideias<br />Princípios<br />Costuma ser ignorada ou reduzida ao método<br />DISCIPLINA<br />Tecnologia Educacional<br />Deveríamos separar estrutura substancial da sintática<br />Refere-se à maneira como cada disciplina sustenta aquilo que é um descobrimento, uma comprovação ou uma qualidade de seus dados<br />Concepções fundamentais que costumam ser constituintes do currículo<br /> Reconhecimento do ensino de ambas as estruturas<br />substancial<br />sintática<br /> revalorizaria o ensino<br /> Devemos nos preocupar por criar portas de entrada de diferentes para que iniciem o processo de conhecimento<br />
  5. 5. ?<br />Como se ensina nas escolas<br />?<br />O que entendemos por “bom ensino”<br />epistemológica<br />Moral<br />O que se ensina é racionalmente justificável digno de que o estudantes o conheça, acredite e o entenda. <br />Que ações docentes sejam capazes de provocar ações docentes por parte dos estudantes.<br />Ensino compreensível<br />Tecnologia Educacional<br />Favorecer processos reflexivos<br />Resolução de problemas/Imagens mentais<br />Melhorar a maneira de construção de conhecimento<br />Conhecimento que gera de maneira superficial, semcompreensão autêntica, se esquece, <br />não se pode aplicar ou se ritualiza<br />?<br />Qual o papel da tecnologia na escola<br />Projetos que atendam a peculiaridades de cada cultura<br />Incorporar projetoscientíficos a atividades escolares<br />Fazer com os alunos uma desconstrução de toda aprendizagem, favorecendo desdobramento da capacidades analíticas, os desenvolvimentos argumentativos<br />

×