Pesquisa - Torcedoras do Sport Club do Recife

7.755 visualizações

Publicada em

A pesquisa foi realizada com as torcedoras do Sport Club do Recife. Os objetivos são conhecer o público feminino,
descobrir/analisar os principais motivos para serem rubro-negras e irem a campo, analisar o comportamento de consumo de maneira geral (mídia, compras etc.) e as motivações de compra, traçar perfis, analisar os principais anseios e críticas e identificar tendências de comportamento.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.755
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
378
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pesquisa - Torcedoras do Sport Club do Recife

  1. 1. Torcedoras Rubro-negras Pesquisa - Torcedoras do Sport Club do Recife
  2. 2. PROBLEMA Início da profissionalização do marketing esportivo Desconhecimento e falta de investimento no público feminino Falta de aproveitamento das oportunidades de mercado
  3. 3. PROBLEMA Início da profissionalização do marketing esportivo Desconhecimento e falta de investimento no público feminino Falta de aproveitamento das oportunidades de mercado OBJETIVO
  4. 4. METODOLOGIA PESQUISA EXPLORATÓRIA ALEATÓRIA AMOSTRA NÃO PROBABILÍSTICA QUESTIONÁRIO ESTRUTURADO NÃO DISFARÇADO INTERNET COLETA DE DADOS FONTES PRIMÁRIAS FONTES SECUNDÁRIAS
  5. 5. METODOLOGIA PESQUISA EXPLORATÓRIA ALEATÓRIA AMOSTRA NÃO PROBABILÍSTICA QUESTIONÁRIO ESTRUTURADO NÃO DISFARÇADO INTERNET COLETA DE DADOS FONTES PRIMÁRIAS FONTES SECUNDÁRIAS 729 QUESTIONÁRIOS RESPONDIDOS
  6. 6. DIVULGAÇÃO ENVOLVIMENTO
  7. 7. ARRECADAÇÃO DE FOTOS (para utilização nesta apresentação) Participação do grupo Meninas Sport e Futuro Sport Recife
  8. 8. RESULTADO 80 imagens das torcedoras rubro-negras Grande envolvimento Criação do álbum “Meninas da Ilha” com as fotos enviadas
  9. 9. PERFIL DA TORCEDORA DO SPORT CLUB DO RECIFE
  10. 10. PERFIL DA TORCEDORA RUBRO-NEGRA 69,4% 47,6% Possuem entre 18 e 25 anos 70,1% Solteiras 77,6% Não possuem filhos 65,3% Moram com os pais e irmãos Não são sócias 38,5% Ganham de 01 a 03 salários mínimos 20,3 % A principal motivação das sócias é comprar ingresso com desconto e utilizar as dependências do 40,3% clube/escolinhas As não sócias alegam que o preço da mensalidade é elevado 26,8% Ganham de 04 a 08 salários mínimos 23,9 % Ensino médio 25,4 % Ensino superior incompleto 21% Jornal Em dias de jogos, o rádio ganha destaque Motivação na hora da compra 52,1% Costumam comprar apenas um a dois produtos por ano 49,3% 37,1% Vestuário é o item o mais consumido 82,7% As notícias em primeira mão/exclusivas e as notícias sobre o clube são os principais interesses das torcedoras nas redes sociais Camisa do Sport Ajudar o clube Novos modelos Compram algum produto a cada três meses 32,6% O site oficial e o Facebook são as fontes de notícias mais acessadas pelas rubro-negras. Em seguida, aparecem os sites de notícias, Twitter e blogs jornalísticos Usam bandeira Produto oficial Embaixada da Ilha/Espaço Sport Compram para dar de presente. 13,4% Televisão Apenas em dias de jogos... Compram produtos oficiais na loja do Sport A compra do produto está relacionada ao consumo próprio 59,8% Internet Internet Rádio O preço da mensalidade as mantêm afastadas do clube, assim como a falta de companhia para ir aos jogos 22% Ensino superior 50,7% As rubro-negras recorrem aos seguintes meios para se manterem informadas Todos os dias... 50,3% 4,1% Compram produtos oficiais pela internet Usam acessórios do Sport Bolsa, chaveiro, boné, sandália etc.
  11. 11. PERFIL DA TORCEDORA RUBRO-NEGRA DEPOIMENTOS “Mais linhas de vestuário feminino casual. Camisas, blusas discretas e sofisticadas, mas que, obviamente, remetem ao Sport de alguma forma. Certos padrões de jogo e treino que só são disponibilizados para os homens, bem como camisas comemorativas, principalmente retrô.” “Mais acessórios femininos, sem falar que há poucas camisas femininas, quando lança uma camisa nova demora um pouco para as femininas chegarem e tem alguns modelos que nem lançam femininas. Deveriam ter mais criatividade e dar mais valor as torcedoras mulheres.” “Seria interessante que tivesse biquíni, jaqueta feminina, vestidos de vários modelos, edredom, lençóis, cortinas... Queria que tivesse também mais opções de camisas femininas, como por exemplo a do goleiro Magrão que é linda! Mulher é mais consumista e quem ama o Sport vai querer sempre comprar esse tipo de coisa que falta! Por favor, invistam mais no público feminino! Eu ganhei um prêmio da FPF e quando fui no Espaço Sport não tinha nenhuma camisa feminina, fiquei super triste!”
  12. 12. PERFIL DA TORCEDORA RUBRO-NEGRA SUGESTÕES DE PRODUTOS Biquíni, camisas femininas de modelos diferentes, sapatilhas, bolsas femininas, chapéu, capa para celular, vestido, saias esportivas, bolsas femininas, capa para notebook, conjunto de cama, mesa e banho, camisas com tamanhos grandes, camisa de goleiro, relógio, óculos de sol, bonecas, protetor solar para carro, bolsa de praia, agenda, bijuteria, peças íntimas, mochila para atividades esportivas, vestuário para atividades esportivas, carteiras, adesivos, sacola para compras, blusas, meias, cosméticos, produtos de higiene pessoal, almofadas, casacos, sandália, faixas de cabelo, mascote de pelúcia, quadros, perfume, roupa de dormir, camisas de passeio, DVDs e livros sobre a história do clube, alimentos, miniaturas dos jogadores, brinquedos, artigos para bebês, acessórios para carro, papéis de parede, shorts, cooler, capacete, nécessaires, artigo para decoração, boneco do goleiro Magrão, caderno, agenda, bandeiras oficiais e comemorativas, adesivo para unhas, miniatura da Ilha do Retiro, souvenir de qualidade, camisinha, broche, móveis, camisa regata, computador, tablet, flâmulas, capa de chuva, cachecol, refrigerante, calota para carros, protetor solar, prancha de surf, materiais escolares, mouse, moda praia, abridor de garrafa que toque o “cazá cazá” toda vez que abrir alguma garrafa, miniatura de taças, pôsteres e fotos autografadas dos jogadores, fotos do clube, fotos aéreas, fotos da torcida, dos jogos, revista, artigos para decoração, canecas para coleção. **Todos os produtos acima foram citados na pesquisa. Alguns deles o clube comercializa, contudo a divulgação precisa existir ou ser reforçada.
  13. 13. PERFIL DA TORCEDORA RUBRO-NEGRA Costumam frequentar os jogos com amigos 31,8% Costumam frequentar os jogos acompanhadas do marido/filhos 23,2% 47,3% Assistem aos jogos em casa 40,4% Compram ingresso com antecedência Compram ingresso em cima da hora 28,2% Compram ingresso pela internet 6,4% Determinante para ausência nos jogos 49,2% Violência 35,6% Preço do ingresso 29% 19,1% Falta de conforto Outros motivos (Falta de companhia foi o mais pontuado) Elas gostam de chegar aos estádio, em dias de jogos, com antecedência para encontrar os amigos, beber, conversar etc. 43,5% Encaram o jogo como lazer 48,2% Acreditam que o Sport pode surpreender dentro e fora de campo 39,3%
  14. 14. OPORTUNIDADES | Torcedoras do Sport A moradia compartilhada com a família, em alguns casos, pode favorecer ao Sport. De modo que, dependendo do grau de responsabilidade do ente, a renda individual pode ser canalizada para produtos e eventos rubro-negros. É preciso criar uma cultura participativa que vá além da utilização das dependências. O despertar da necessidade do incentivo feminino dentro de campo é um caminho para que Sport atraia mais mulheres. Planos de associação voltados para esse público podem ser uma alternativa interessante As não sócias, afirmam ter desinteresse pela associação devido ao alto valor da mensalidade. É preciso reforçar benefícios, fazê-las conhecer o que o Sport pode proporcionar de momentos de lazer, diversão, troca. Além disso, a falta de companhia, também apontada, serve como oportunidade para o Sport trabalhar com diversas ações que estimulem a ida da mulher. Seja através de promoções, sorteios, marketing de guerrilha, ativação dos patrocinadores etc. As mulheres recorrem às lojas oficiais do Sport (Embaixada da Ilha e Espaço Sport) para comprar os produtos, mas se deparam com uma variedade mínima e insuficiente. Os estabelecimentos ainda não respondem às necessidades de consumo das torcedoras, apesar de uma parcela interessante comprar um produto a cada três meses. É preciso mostrar mais opções e integrar as mulheres na busca de produtos licenciados e de produtos rotineiros para que não só a frequência de compra seja maior como também o ticket médio. Segundo a pesquisa, a compra, em sua maioria, é destinada para consumo próprio, sendo o vestuário a opção mais procurada. Tal informação justifica a necessidade da existência de variedades e coleções, pois a mulher compra por impulso, compra para se diferenciar, para exibir e sente falta de novidade. Por outro lado, as torcedoras rubro-negras raramente compram para presentear, ou seja, nos deparamos com uma oportunidade de expandir os produtos do Sport para categoria “presentes”. Nos dias de jogos, a bandeira foi apontada como um acessório indispensável. Outra oportunidade que pode ser aproveitada para aumento de produtos (coleção de bandeiras, por exemplo). A caracterização é um ponto forte dentro do espetáculo futebolístico. Quanto mais diversificado (modelos e tamanhos), mais torcedoras irão em busca do destaque, da diferenciação. A rubro-negra ainda prefere assistir aos jogos em casa, pois considera a violência um grande obstáculo. Como a eliminação desse fator inibidor depende de um conjunto de medidas, o clube deve mostrar o lado de estar perto do time, de acompanhar. Trabalhar o emocional, a necessidade da vibração feminina.Além disso, a mulher pode ser atraída por outros elementos, como ações promocionais voltadas para ela e para os filhos/namorado/marido/amigos(as), por exemplo. A antecedência na compra dos ingressos mostra a preocupação em garantir seu lugar e evitar filas, contudo a compra pela internet teve um percentual muito baixo. O clube precisa comunicar com mais ênfase as vantagens de se comprar ingresso pela internet e criar nova cultura de compra. Talvez até beneficiar, inicialmente, os sócios que comprarem ingressos pela internet. As mulheres gostam de chegar antes dos jogos para beber, se reunir com amigos etc. Os momentos que antecedem os jogos podem representar experiências positivas, pois independente do resultando em campo, as torcedoras poderão sair com boas lembranças. Na própria pesquisa elas afirmam que sempre esperam surpresas por parte do Sport, isto é, estão abertas para novidades.
  15. 15. PERFIL DA SÓCIA DO SPORT CLUB DO RECIFE
  16. 16. PERFIL DA SÓCIA RUBRO-NEGRA 30,6% São sócias As sócias recorrem aos seguintes meios para se manterem informadas Internet 41,6% 59,8% Possuem entre 18 e 25 anos Televisão Solteiras Jornal 70,8% Não possuem filhos 58,9% Moram com os pais e irmãos Ganham de 01 a 03 salários mínimos 28,7 % Ganham de 04 a 08 salários mínimos 18,2% 25,8 % 26,8% Ensino médio Apenas em dias de jogos... 53,8% As notícias em primeira mão/exclusivas e as notícias sobre o clube são os principais interesses das torcedoras nas redes sociais Compram produtos oficiais na loja do Sport Costumam comprar apenas um a dois produtos por ano 41,7% Compram algum produto a cada três meses 42,2% A compra do produto está relacionada ao consumo próprio 63,3% Compram para dar de presente. 11,6% Determinante para ausência nos jogos 23% 37,7% Violência Preço do ingresso Camisa do Sport Ensino superior Todos os dias... Motivação na hora da compra Produto oficial Ajudar o clube Novos modelos 53% Usam acessórios do Sport 54,3% Assistem aos jogos no estádio Bolsa, chaveiro, boné, sandália etc. Costumam frequentar os jogos com amigos 42,1% Costumam frequentar os jogos acompanhadas do marido/filhos 41,7% 62,8% 3,5% Compram produtos oficiais pela internet 30,9% Usam bandeira 48,2% Ensino superior incompleto 67,3% Embaixada da Ilha/Espaço Sport O site oficial e o Facebook são as fontes de notícias mais acessadas pelas rubro-negras. Em seguida, aparecem os sites de notícias, Twitter e blogs jornalísticos Rádio Em dias de jogos, o rádio ganha destaque 35,9% Internet Compram ingresso com antecedência Compram ingresso em cima da hora 26,7% Compram ingresso pela internet 3,7% Vestuário é o item o mais consumido 87,9% Falta de conforto Elas gostam de chegar aos estádio, em dias de jogos, com antecedência para encontrar os amigos, beber, conversar etc. 55,5% Encaram o jogo como lazer 52,9% Acreditam que o Sport pode surpreender dentro e fora de campo 43,5%
  17. 17. OPORTUNIDADES | Sócias A sócia rubro-negra apresenta o poder aquisitivo e escolaridade superior aos demais perfis. Tal peculiaridade deixa o Sport em situação favorável para explorar produtos e ações que demandem investimentos maiores. As sócias são e devem ser tratadas como vitrine para as demais torcedoras, pois pelo nível de aproximação elas possuem grande poder de convencimento e atração. A presença em campo é superior ao comparar com os demais perfis. As sócias podem representar o Sport para as demais mulheres. Por exemplo, em campo, senhoras de idade são símbolos de saúde, alegria, disposição. Meninas pequenas representam o início de uma paixão, amigas simbolizam a quebra de resistências. Por mais que as imagens falem por si só, o reforço para cada grupo é crucial para gerar identificação. A compra de ingressos pela internet foi muito insatisfatória. O perfil que mais está próximo do clube é um dos que menos utiliza o benefício. O reforço de comunicação voltado para os pontos positivos da associação devem ser aumentados consideravelmente, pois as sócias são um dos principais agentes da informação para as demais torcedoras. A violência confirmou que ainda afasta as torcedoras, como também o valor do ingresso. Este último deve ser bem analisado, pois entra a questão do valor percebido. O que está faltado no clube para que as sócias vejam que o valor a ser pago é condizente?
  18. 18. PERFIL DAS TORCEDORAS CASADAS DO SPORT CLUB DO RECIFE
  19. 19. PERFIL DA TORCEDORA RUBRO-NEGRA CASADA Internet 21,1% 30,5% 27,3% 58,4% São casadas 57,9% Possuem entre 26 e 30 anos 42,1% Possuem entre 31 e 40 anos Não são sócias São Sócias As casadas recorrem aos seguintes meios para se manterem informadas O site oficial e o Facebook são as fontes de notícias mais acessadas pelas rubro-negras. Em seguida, aparecem os sites de notícias, Twitter e blogs jornalísticos Internet (A maioria é dependente) Televisão Possuem filhos 22,1% Torcem pelo Sport devido a influência do marido Jornal Rádio 41,6% Ganham de 01 a 03 salários mínimos 29,9 % Ganham de 04 a 08 salários mínimos 27,4% Ensino médio 24,7% Ensino superior 16,9 % Pós-graduação A principal motivação das sócias é comprar ingresso com desconto e utilizar as dependências do 39,5% clube/escolinhas São sócias para acompanhar o marido 23,7% As não sócias apontaram a As não sócias também colocaram o preço da falta de vantagens como mensalidade como fator de desmotivação 24,7% afastamento 22,4% Em dias de jogos, o rádio ganha destaque Motivação na hora da compra Produto oficial Apenas em dias de jogos... Ajudar o clube 55,4% Compram produtos oficiais na loja do Sport Compram para dar de presente. 10,8% Embaixada da Ilha/Espaço Sport Costumam comprar apenas um a dois produtos por ano 52,3% Compram algum produto a cada três meses 33,8% 4,6% Compram produtos oficiais pela internet 50,8% Vestuário é o item o mais consumido 85,4% Compram produtos para filhos/marido A compra do produto está relacionada ao consumo próprio 32,3% As notícias em primeira mão/exclusivas e as notícias sobre o clube são os principais interesses das torcedoras nas redes sociais 46,6% 52,6% Usam bandeira 44,9% Novos modelos Camisa do Sport Todos os dias... Usam acessórios do Sport Bolsa, chaveiro, boné, sandália etc.
  20. 20. PERFIL DA TORCEDORA RUBRO-NEGRA CASADA Costumam frequentar os jogos como marido 41,4% Costumam frequentar os jogos acompanhadas da família 29,1% 55,7% Assistem aos jogos em casa 45,2% Compram ingresso com antecedência Compram ingresso em cima da hora 22,6% Compram ingresso pela internet 4% Determinante para ausência nos jogos 52,4% Violência 41,1% Preço do ingresso 29,8% Falta de conforto Elas gostam de chegar aos estádio, em dias de jogos, com antecedência para encontrar os amigos, beber, conversar etc. 44,4% Encaram o jogo como lazer 52,4% Acreditam que o Sport pode surpreender dentro e fora de campo 28,2%
  21. 21. OPORTUNIDADES | Casadas A presença de filhos no relacionamento pode aumentar o grau de envolvimento da família com o Sport em diversos fatores. Como por exemplo, aumento da frequência de compra e de idas ao clube para utilização das dependências ou escolinhas. Para as casadas, o marido é um influenciador na hora de escolher o time. Essa questão reflete a importância de se trabalhar a recepção feminina, pois a partir do momento em que ela começar a criar vínculos afetivos com o clube, os jogos, por exemplo, poderão representar o lazer a dois. Mais uma vez, o perfil apresentado prefere comprar os produtos vendidos nas lojas oficiais do Sport (Embaixada da Ilha e Espaço Sport), contudo a frequência de compra pode melhorar. Nesse caso, além do trabalho do merchandising, a variedade de produtos e a comunicação devem ser fortalecidas para que a torcedora seja atraída. Foi detectado que as casadas optam por comprar mais para o(s) filho(s) ou marido, se colocando em segundo lugar. A mudança desse cenário é crucial para o aumento da frequência de compra, ticket médio e do relacionamento. A praticidade deveria ser mais bem explorada para as casadas, pois uma compra (para o filho) pode ser revertida em várias (para a família inteira). Como também as variedades de produtos atreladas ao dia a dia pode ocasionar a “fuga da compra para jogo” e o início de outros tipos compras (artigos de cama, mesa, banho etc.). O consumo é limitado à família, artigos do Sport não são levados em consideração na hora de se presentear. Outro ponto que deve ser trabalhado para se aumentar a receita. Em dias de jogos, as casadas colocaram a bandeira como um produto indispensável. Explorar variações de bandeiras para jogos comemorativos, viagens etc. é uma opção interessante, pois pode se tornar artigo de coleção. Uma parcela insignificante compra ingresso pela internet. O clube deve fortalecer a comunicação voltada para compra de ingressos pela rede, valorizando a questão da comodidade, modernidade e exclusividade para os sócios. Os rituais pré-jogos são bem-vindos. O encanto pré-jogo é importante para favorecer a experiência e atrair para demais partidas. Mais uma vez, a crença pela surpresa dentro e fora de campo é significativa. Ou seja, fortalece a questão da experiência positiva. Já que fará parte do momento que antecede o jogo, podendo não ser abalada por um resultando negativo.
  22. 22. PERFIL DA NOVA GERAÇÃO DO SPORT CLUB DO RECIFE
  23. 23. PERFIL DA NOVA GERAÇÃO Até 17 anos 14% 92,2% Possuem até 17 anos 78,5% Moram com os pais e irmãos 21,5% Não são sócias São Sócias (A maioria é dependente) 64,7% Até um salário mínimo 20,6 % 37,3 % A principal motivação das sócias é comprar ingresso com desconto e utilizar as dependências do 35,9% clube/escolinhas Ensino médio incompleto Ensino médio 29,8% Compram produtos oficiais na loja do Sport Embaixada da Ilha/Espaço Sport 26,2% As não sócias alegam que a falta de companhia para ir aos jogos as mantêm distante da associação 36,1% Além disso, consideram o preço da mensalidade elevado 29,1% Compram em qualquer lugar A nova geração recorre aos seguintes meios para se manter informadas Internet Televisão Jornal Internet O site oficial e o Facebook são as fontes de notícias mais acessadas pelas rubro-negras. Em seguida, aparecem os sites de notícias, Twitter e blogs jornalísticos Rádio Em dias de jogos, o rádio ganha destaque Apenas em dias de jogos... 44,1% Usam bandeira 28,9% As notícias em primeira mão/exclusivas e as notícias sobre o clube são os principais interesses das torcedoras nas redes sociais Camisa do Sport Priorizam o produto oficial Costumam comprar apenas um a dois produtos por ano 46,4% Compram algum produto a cada três meses 27,4% A compra do produto está relacionada ao consumo próprio 73,8% Compram para dar de presente. 8,3% 3,6% Compram produtos oficiais pela internet Motivação na hora da compra Ajudar o clube Produto oficial Vestuário é o item o mais consumido 75% Novos modelos Todos os dias... 59% Usam acessórios do Sport Bolsa, chaveiro, boné, sandália etc.
  24. 24. PERFIL DA NOVA GERAÇÃO Costumam frequentar os jogos com os amigos 34,9% Costumam frequentar os jogos acompanhadas da família 32,7% 56,3% Assistem aos jogos em casa 32,9% Compram ingresso com antecedência Compram ingresso em cima da hora 17,1% Compram ingresso pela internet 13,2% Determinante para ausência nos jogos 53,9% Violência 27,6% Preço do ingresso 15,8% Trânsito Elas gostam de chegar aos estádio, em dias de jogos, com antecedência para encontrar os amigos, conversar etc. 32,9% Encaram o jogo como lazer 40,8% Acreditam que o Sport pode surpreender dentro e fora de campo 50%
  25. 25. OPORTUNIDADES | Nova geração O perfil "até 17 anos" foi selecionado em virtude da necessidade constante de renovação dos torcedores. O grupo se encontra no estágio de autoafirmação, ávido por experiências e exigente no que diz respeito à participação dos processos decisórios.. Por se tratarem de menores de idade, o vínculo com o clube, na maioria das vezes, está relacionado à dependência dos pais. Como alternativa, o Sport disponibiliza a categoria Juvenil, na qual o menor de idade pode ser sócio e ajudar ao clube sem manter o vínculo da dependência. Todavia, não há divulgação suficiente a respeito da categoria, nem um benefício específico que a torne atrativa. É importante trabalhar junto às torcedoras a importância de ser, realmente, uma sócia colaboradora, ativa. Reforçar as vantagens tangíveis relacionadas ao desenvolvimento do clube, instalações etc. e as intangíveis que dizem respeito ao orgulho de ser uma rubro-negra de verdade. Comunicar de forma mais eficiente a categoria Juvenil para dois públicos, os pais e a(s) filha(s). Despertar o desejo desde cedo das jovens e estimular os pais a optarem pela categoria Juvenil ao invés da dependência. A falta de companhia, apontado pelas não sócias, pode se transformar em oportunidade para o clube. Campanhas e facilidades podem ser criadas para estimular a presença da família em campo. Em relação ao preço da mensalidade, também apontado, mostrar que o valor percebido não condiz com os possíveis benefícios que elas terão como sócias. No que diz respeito às compras, diferentemente dos demais perfis, este compra tanto nas lojas do Sport (Embaixada da Ilha e Espaço Sport) quanto em qualquer lugar que ofereça o produto oficial. Isto é, temos o fator distância que impede o aumento do ticket médio nas lojas oficiais. Produtos exclusivos voltados para esse público podem atraí-las e, juntamente, com um bom trabalho de merchandinsing pode-se estimular a compra por impulso. Produtos exclusivos, variedade e coleções têm a capacidade de aumentar a frequência de compra. A nova geração demanda cuidados específicos, pois é o momento de se autoafirmar diante do seu grupo e da criação/desenvolvimento de uma identidade que poderá permear durante os demais anos como torcedora. O clube precisa trabalhar na construção de uma torcedora participativa dentro e fora de campo. Como foi visto, elas buscam ajudar o Sport dentre as possibilidades apresentadas pelo clube (compra de produtos nas lojas oficiais). Por ser um público que, na maioria dos casos, não possui renda individual significativa, a compra de produtos pode ficar na dependência dos pais. A utilização de kits que estimulem os pais a também comprarem para suas filhas, descontos dados a partir da comprovação presença em campo, novos modelos que despertem o desejo de compra, criação de novos produtos são alguns exemplo de como se pode aumentar o consumo. A presença do Sport no dia a dia (utilização de camisas, acessórios e vestuário que remetam ao time) abre margem para criação de diversos produtos que atendam às necessidades diárias. Temos um público que abraça a ideia de levar o Leão para onde for, então, quanto mais opções oferecidas, mais demonstração de carinho, aumento nas vendas e visibilidade da marca do Sport terá. O desinteresse em comprar produtos para presentear, mostra uma oportunidade para criar uma cultura em que as amigas se presenteiem com produtos do Sport. Esse ponto também poderia ser aproveitado para aumentar a frequência de compra, ticket médio e criar rituais. A frequência em campo está ligada a falta de companhia para ir aos jogos. Mais uma vez a questão vem à tona. Ações de incentivo, ativação dos patrocinadores, a apresentação de um ambiente de alegria e festividade podem ser saídas para se iniciar um processo de cultura participativa das jovens junto à família e amigos(as). Esse grupo apresentou o maior índice de compra de ingressos pela internet, como já esperado. A ligação inerente com a rede se apresenta como grande oportunidade para o Sport ousar, arriscar formas diferenciadas de comunicação com essas jovens, além de utilizá-las como referenciais para auxiliar os pais na compra dos ingressos.
  26. 26. Obrigada Andreza Salgueiro E-mail: andreza.salgueiro@gmail.com Facebook: /andsalgueiro

×