Tecnologia front end back-end

1.786 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.786
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecnologia front end back-end

  1. 1. Colégio São Luis TecnologiaFront-End/ Back-End Andressa J. Silveira Filipe dos Santos Hélio Metz São Leopoldo, 2013
  2. 2. ÍNDICE 1. Introdução......................................................................................................... 02 2.1. Computação Distribuída................................................................................ 03 2.2. Exemplos de Computação Distribuída......................................................... 03 3.1. Computação em Nuvem (Cloud Computing)............................................... 05 3.1.1. Front-End/ Back-End na Computação em Nuvem................................ 05 3.2. Computação em Cluster................................................................................. 06 3.2.1. Front-End/ Back-End no Cluster Beowulf............................................ 06 4. Front-End/ Back-End no Exchange Server.................................................... 07 2. Bibliografia........................................................................................................ 10 1|Página
  3. 3. 1. INTRODUÇÃO O termo front-end/ back-end é um termo bem amplo quanto ao mundo computacional, e portanto, podemos encontrar mais de uma função ligada a ele. Podemos encontrar o termo front-end/ back-end ligado, por exemplo, aos profissionais programadores. Há alguns poucos anos passados, existiam fundamentalmente dois tipos de profissionais que trabalhavam com desenvolvimento de sites: o Webmaster e o Webdesigner. Porém, com o passar do tempo, muita coisa mudou. Novos tipos de profissionais ganharam espaço e passaram a fazer parte do processo de desenvolvimento web: o desenvolvedor Front-end e o desenvolvedor Back-end. No entanto, falaremos a respeito do front-end/ back-end ligado ao modelo computacional de computação distribuída, onde o termo se refere em uma classificação dentro dessa modalidade computacional, a qual é utilizada de forma mais eficiente, já que pode ser usada em computadores, celulares,, tablets entre outros. Fig.1: A computação distribuída pode ser utilizada em diversos dispositivos. 2|Página
  4. 4. 2.1. COMPUTAÇÃO DISTRIBUÍDA A computação distribuída é um modelo de computação, que funciona a partir não de um, mas sim, a partir de vários computadores. Então, ao invés de um único processador para executar todas as tarefas, são utilizados de centenas, e em algumas situações milhares, de processadores. A jogada está em dividir os dados (ou até mesmo os problemas) em porções menores que podem ser então tratadas por máquinas diversas. Fig.2: A Computação Distribuída pode ser organizada em nuvem (imagem da direita), em grade(imagem da esquerda) ou em cluster. Um uso bastante interessante da computação distribuída está em utilizar da capacidade de processamento da mesma enquanto essa não está sendo utilizada. Imagine por exemplo, em uma grande empresa ou cidade, a quantidade de computadores existentes, mas que em algum momento do dia estes estão ligados mas sem executar nenhuma atividade produtiva, como quando se está exibindo um protetor de tela. Aqui ideia é utilizareste tempo de processamento desperdiçado para fins mais uteis.2.2. EXEMPLOS DE COMPUTAÇÃO DISTRIBUÍDA Dois exemplos práticos de computação distribuída, é do programa SETI@Home da Universidade de Berkley, e do programa Folding@home da Universidade de Stanford. No caso do SETI@Home (http://setiathome.ssl.berkeley.edu/), o objetivo é de processar a enorme quantidade de dados recebidos de radiotelescópios pelo mundo em busca de sinais indicadores vida inteligente fora da Terra, ou seja, o programa é uma espécie de “caça-ETs” de verdade. No site, as pessoas possuem a possibilidade fazer o download da aplicação que será instalada como um 3|Página
  5. 5. protetor de tela do computador. O programa recebe os dados pela Internet, e fazo processamento enquanto seu computador está ligado mas não está em uso,devolvendo assim, as informações coletadas para análise. Fig.3:O programa SETI utiliza da Computação Distribuida na busca de vida inteligente fora da Terra. Já o programa Folding@home (http://folding.stanford.edu/), tem oobjetivo de estudar a estrutura das proteínas relacionadas com a cura de doençascomo Alzheimer, Cancer, Parkinson entre outras. Seu funcionamento é bastantesimilar ao SETI. uma informação importante é a de que o grupo doFolding@home se comprometeu a divulgar todas as descobertas do projeto deforma livre na Internet, fazendo assim com que outros pesquisadores do mundotodo possam utilizar dos mesmos dados em suas próprias pesquisas.Fig.4: Já o Folding, da Stanford, utiliza desta tecnologia na pesquisa de proteínasligadas a cura de doenças como Alzheimer e Parkinson. 4|Página
  6. 6. 3.1. COMPUTAÇÃO EM NUVEM (CLOUD COMPUTING) A Computação em Nuvem é um dos modos de execução da computação distribuída. Computadores na nuvem são configurados para trabalhar juntos, e os diversos aplicativos usam o poder da computação coletiva como se estivessem sendo executados em um único sistema. Antes da computação em nuvem, Web sites e aplicativos baseados em servidor eram executados em um sistema específico. Já com o advento da computação em nuvem, recursos são usados como um computador virtual anexado. Fig.5 :Com a Computação em Nuvem é possível interligar diferentes dispositivos.3.1.1. FRONT-END/ BACK-END NA COMPUTAÇÃO EM NUVEM O Front-End/Back-End pode ter seu uso encontrado na computação em nuvem. Esses dois elementos são conectados por meio de uma rede, geralmente a Internet. O front-end é o meio por onde o usuário interage com o sistema. O mesmo é composto de um cliente de computador, ou a rede de computadores de um empreendimento, e os aplicativos usados para acessar a nuvem. Já o back- end é a própria nuvem. Ele fornece os aplicativos, computadores, servidores e armazenamento de dados que criam a nuvem de serviços. 5|Página
  7. 7. 3.2. COMPUTAÇÃO EM CLUSTER Cluster é denominado um sistema que relaciona dois ou mais computadores para que estes trabalhem de maneira conjunta no intuito de processar uma tarefa. Estas máquinas dividem entre si as atividades de processamento e executam este trabalho de maneira simultânea. A computação em cluster muitas vezes acaba se tornando como uma solução viável porque os nós podem até mesmo ser compostos por computadores simples, como PCs de desempenho mediano. Juntos, eles formam um sistema de processamento com capacidade suficiente para dar conta de determinadas aplicações que, se atendidas por supercomputadores ou servidores sofisticados, exigiriam investimentos muito maiores. Fig.6: Cluster antigo formado por vários desktops.3.2.1. BACK-END/FRONT-END NO CLUSTER BEOWULF O Beowulf faz referência a um padrão de clustering disponibilizado pela NASAem 1994 e amplamente adotado desde então. Clusters Beowulf tem como uma de suas características de que entre os nós,necessita haja pelo menos um que atue como mestre para exercer o controle dos 6|Página
  8. 8. demais. Essas máquinas mestres são as chamadas front-end. As demais, são asdenominadas back-end. Há a possibilidade de existir mais de um nó no front-endpara que cada um realize tarefas específicas, como monitoramento, por exemplo. Fig.7:Exemplo básico de um cluster Beowulf. 7|Página
  9. 9. 4. EXEMPLO DE FRONT-END/BACK-END NO EXCHANGE SERVER Muitos profissionais têm dúvida sobre design de soluções Exchange Server quando o assunto é utilização de servidores front-end e/ou back-end, a pergunta mais freqüente é: onde utilizar da melhor forma estes recursos? O primeiro passo é definirmos as funções do Exchange que podem ser dois tipos Back-end e Front-end Back-End É a função default de qualquer Exchange Server, é onde ficam as mailboxes dos usuários, pode desempenhar também as funções de OWA, OMA, POP, SMTP, RPC over HTTP/HTTPS e IMAP. Todo servidor Exchange não configurado para ser um front-end é automaticamente um back-end server. Front-End O servidor front-end é configurado especificamente para esta função, ele não hospeda nenhuma mailbox de usuário. Ele recebe as solicitações de acesso dos clientes e funciona como um proxy para estes clientes. Para o usuário que está externo ele "acredita" que o seu servidor de mensagens é front-end. É importante ressaltar que o Front-End não possui nenhuma informação (mensagens) dos usuários. Fig. 8: Cenário onde uma empresa com dois servidores back-end (Servidor_A e Servidor_B) com 5 usuários distribuídos da seguinte forma: Servidor_A possui os usuários Usuario1 e Usuario2; Servidor_B possui os usuários Usuario3, Usuario4 e Usuario5. Na empresa possui um firewall que protege a rede Interna da internet. Todos os usuários acessam externamente o Exchange Server. 8|Página
  10. 10. Fig. 9: No mesmo cenário, utilizando o recurso do fron-end, a administração fica muitomais simpes e segura, os servidores da rede interna não estarão publicados na internet,haverá somente uma publicação de cada protocolo para o servidor Front-End. Podemos observar que sem duvida a alta disponibilidade é uma dasvantagens do Exchange Server, e a mesma é implementanda de acordo com afunção que ele (o Exchange Server) desempenha. O Back-End usa Clusterdevido a sua natureza que são os dados propriamento ditos (mailboxes deusuários), enquanto que o Front-End pode utilizar Load Balancing porque nãohá nenhuma informação única nestes servidores (os dados: mailboxes estão noback-end), simplesmente desempenham a função de proxy para usuáriosexternos. 9|Página
  11. 11. BIBLIOGRAFIAhttp://www.infowester.com/cluster.phphttp://imasters.com.br/artigo/3818/tecnologia/computacao-distribuida/http://www.inf.ufsc.br/~frank/INE5418/1.Fundamentos-Slides.pdfhttp://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc668442.aspxhttp://www.webmaster.pt/desenvolvedor-web-parte2-front-end-back-end-10447.htmlhttp://www.ibm.com/developerworks/br/cloud/library/cl-cloudintro/ 10 | P á g i n a

×