VALOR E MEMÓRIA NA 
PRESERVAÇÃO DE ACERVOS 
Pensando a Gestão em Valor e 
Memória 
B.P.M. Fernandes Bastos - Osório - 2014
VALOR E MEMÓRIA NA 
PRESERVAÇÃO DE ACERVOS 
Gestão
A vocação primária do Poder Legislativo em nosso 
entendimento é a de 
provocar o aparecimento das condições 
necessárias ...
O que nos propomos ser 
-Organismo com articulação interinstitucional, com 
identidade própria, auto-sustentável, trabalha...
-Patrimônio Integral (transcender 
a memória institucional) 
-Atuação propositiva pela 
cidadania e desenvolvimento 
parti...
Itens do diagnóstico: 
ATIVIDADES ITENS 
Análise Situacional 
Inventários; 
Identificação dos atores; 
Identificação dos i...
OBJETIVOS PROPOSTOS 
✓Identificar e inventariar os patrimônios locais a partir do 
acervo do Legislativo 
✓Assegurar sua p...
ESTRATÉGIAS PROPOSTAS 
Promover as condições materiais e de 
ordem técnica para o trato dos 
patrimônios 
Articular as pol...
OBJETIVO METAS 
Identificar e inventariar os patrimônios -Inventariar patrimônios em risco 
-Completar o inventário do ace...
Eixos de Atuação 
ACERVOS, INVENTÁRIOS, 
PESQUISAS 
GESTÃO 
POLÍTICAS PÚBLICAS 
EDUCAÇÃO SOCIOAMBIENTAL
✓ Conservação do original 
✓ Publicidade e acesso ao conteúdo 
✓ Acessibilidade e uso de software livre
✓Gestão de Risco: 
Diagnóstico e controle, 
temperatura, umidade, sinistros
VALOR E MEMÓRIA NA 
PRESERVAÇÃO DE ACERVOS 
Valor e Memória
VALOR 
E 
MEMÓRIA
O valor exprime uma relação entre as necessidades do 
indivíduo (respirar, comer, reproduzir, prazer, domínio, 
relacionar...
Para o sociólogo Nildo Viana, "o valor é 
algo significativo, importante, 
para um indivíduo ou grupo social".
"Memória é a 
aquisição, conservação 
e evocação 
de informações".
VALO 
R 
Estímulos sensoriais podem reverter o esquecimento 
pois evocam memórias, 
atualizando o mecanismo do valor.
VALO 
R 
Imagens evocam memórias, 
atualizando o mecanismo do valor
ACERVOS COMO UM 
PANORAMA MULTISENSORIAL
IMAGENS NOS 
DEIXAM VISITAR 
LUGARES, 
TEMPOS, 
PESSOAS
COMO ACERVOS BIBLIOGRÁFICOS SE 
RELACIONAM COM A MEMÓRIA?
HISTÓRIA
José e Ana 
Custódio de Oliveira
POSSIBILIDADES E CONEXÕES
LITERATURA
LITERATURA
CONEXÕES
POSSIBILIDADES
1846 DATAÇÃO 
Atual
Transmissão de 
idéias 
http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/geral/ 
noticia/2013/06/destaque-da-capa-de-zh- 
sobre-protestos...
PESQUISA SOBRE FATOS 
PRIMEIRO AVIÃO E PRIMEIROS 
AVIADORES DA BRIGADA 
MILITAR DO RS, 1920, 1930
MANUSCRITOS
Modelar a realidade
CONSTRUÍNDO A CIDADE
Ações educativas coincidentes com os 
princípios norteadores, os objetivos, 
a matriz curricular da Educação do 
Município
O que propomos é o estudo da cidade 
a partir dos acervos disponíveis 
de forma articulada entre os 
participantes ao mesm...
Criando sentido: 
acervo cinco estrelas 
CONEXÕES 
★☆☆☆☆ As coisas estão disponíveis na Web, independente 
de formato, sob...
LINKED OPEN DATA EM ACERVOS BIBLIOGRÁFICOS 
http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/88826/000913466.pdf?sequence=1
VALOR E MEMÓRIA NA 
PRESERVAÇÃO DE ACERVOS 
B.P.M. Fernandes Bastos - Osório - 2014 
Obrigada 
documentoscamara@gmail.com
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Gestão osório 2014
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gestão osório 2014

292 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre gestão em valor e memória

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
292
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
106
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão osório 2014

  1. 1. VALOR E MEMÓRIA NA PRESERVAÇÃO DE ACERVOS Pensando a Gestão em Valor e Memória B.P.M. Fernandes Bastos - Osório - 2014
  2. 2. VALOR E MEMÓRIA NA PRESERVAÇÃO DE ACERVOS Gestão
  3. 3. A vocação primária do Poder Legislativo em nosso entendimento é a de provocar o aparecimento das condições necessárias para o desenvolvimento sustentável da cidade. Essa diretriz norteia o legislar, o fiscalizar, toda a atuação da instituição; inclusive ao executar ações de memória política, educação para a cidadania e educação com o patrimônio, através de seu Memorial.
  4. 4. O que nos propomos ser -Organismo com articulação interinstitucional, com identidade própria, auto-sustentável, trabalhando propositivamente pela preservação do patrimônio integral e pelo desenvolvimento participativo da cidade a partir do acervo do Legislativo -Agente gerador de identificação, valorização e vínculos entre a cidade e seus patrimônios, em especial o acervo do Legislativo; tendo a preservação como processo dinâmico de desenvolvimento sustentável
  5. 5. -Patrimônio Integral (transcender a memória institucional) -Atuação propositiva pela cidadania e desenvolvimento participativo -Desenvolvimento Sustentável
  6. 6. Itens do diagnóstico: ATIVIDADES ITENS Análise Situacional Inventários; Identificação dos atores; Identificação dos instrumentos legais; Análise da Situação; Identificação de tendências. Diagnóstico da Situação Discussão e elaboração, a partir do diagnóstico, de listagem com os principais desafios e oportunidades para o desenvolvimento do trabalho, para o período do plano. Desafios e Oportunidades Discussão e elaboração, a partir do diagnóstico, das diretrizes e princípios que devem nortear as ações Estratégias e Diretrizes Definição dos seus objetivos. Objetivos
  7. 7. OBJETIVOS PROPOSTOS ✓Identificar e inventariar os patrimônios locais a partir do acervo do Legislativo ✓Assegurar sua preservação ✓Identificar grupos de interesse relacionados com os patrimônios ✓Mapear as políticas públicas relacionadas ✓Construir uma rede de apropriação e preservação dos patrimônios locais
  8. 8. ESTRATÉGIAS PROPOSTAS Promover as condições materiais e de ordem técnica para o trato dos patrimônios Articular as políticas públicas relacionadas Construir as condições necessárias para atuação propositiva na Educação Socioambiental
  9. 9. OBJETIVO METAS Identificar e inventariar os patrimônios -Inventariar patrimônios em risco -Completar o inventário do acervo -Inventariar patrimônios imateriais Assegurar sua preservação -Finalizar o processo de tombamento dos prédios do Coliseu e da Câmara -Estabilizar as condições do acervo Identificar grupos de interesse relacionados com os patrimônios - Promover iniciativa de contato com grupos de interesse Mapear as políticas públicas relacionadas - Compilar legislação a respeito Adequar as políticas públicas específicas relacionadas - Aprovar resolução de criação e regulamento Construir uma rede de apropriação e preservação dos patrimônios -Definir instrumento de comunicação -Integrar participantes do Projeto Construindo a cidade -Capilarizar a Ação Educativa
  10. 10. Eixos de Atuação ACERVOS, INVENTÁRIOS, PESQUISAS GESTÃO POLÍTICAS PÚBLICAS EDUCAÇÃO SOCIOAMBIENTAL
  11. 11. ✓ Conservação do original ✓ Publicidade e acesso ao conteúdo ✓ Acessibilidade e uso de software livre
  12. 12. ✓Gestão de Risco: Diagnóstico e controle, temperatura, umidade, sinistros
  13. 13. VALOR E MEMÓRIA NA PRESERVAÇÃO DE ACERVOS Valor e Memória
  14. 14. VALOR E MEMÓRIA
  15. 15. O valor exprime uma relação entre as necessidades do indivíduo (respirar, comer, reproduzir, prazer, domínio, relacionar, comparar) e a capacidade das coisas em as satisfazer, onde se cria uma hierarquia de valores.
  16. 16. Para o sociólogo Nildo Viana, "o valor é algo significativo, importante, para um indivíduo ou grupo social".
  17. 17. "Memória é a aquisição, conservação e evocação de informações".
  18. 18. VALO R Estímulos sensoriais podem reverter o esquecimento pois evocam memórias, atualizando o mecanismo do valor.
  19. 19. VALO R Imagens evocam memórias, atualizando o mecanismo do valor
  20. 20. ACERVOS COMO UM PANORAMA MULTISENSORIAL
  21. 21. IMAGENS NOS DEIXAM VISITAR LUGARES, TEMPOS, PESSOAS
  22. 22. COMO ACERVOS BIBLIOGRÁFICOS SE RELACIONAM COM A MEMÓRIA?
  23. 23. HISTÓRIA
  24. 24. José e Ana Custódio de Oliveira
  25. 25. POSSIBILIDADES E CONEXÕES
  26. 26. LITERATURA
  27. 27. LITERATURA
  28. 28. CONEXÕES
  29. 29. POSSIBILIDADES
  30. 30. 1846 DATAÇÃO Atual
  31. 31. Transmissão de idéias http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/geral/ noticia/2013/06/destaque-da-capa-de-zh- sobre-protestos-na-capital-estudante- fala-sobre-movimento- 4174543.html
  32. 32. PESQUISA SOBRE FATOS PRIMEIRO AVIÃO E PRIMEIROS AVIADORES DA BRIGADA MILITAR DO RS, 1920, 1930
  33. 33. MANUSCRITOS
  34. 34. Modelar a realidade
  35. 35. CONSTRUÍNDO A CIDADE
  36. 36. Ações educativas coincidentes com os princípios norteadores, os objetivos, a matriz curricular da Educação do Município
  37. 37. O que propomos é o estudo da cidade a partir dos acervos disponíveis de forma articulada entre os participantes ao mesmo tempo sistematizada e exploratória, criativa, para que juntos possamos “contar, medir, escrever, pensar a cidade”. O que propomos é, coletivamente, construir a cidade.
  38. 38. Criando sentido: acervo cinco estrelas CONEXÕES ★☆☆☆☆ As coisas estão disponíveis na Web, independente de formato, sob uma licença aberta (Por exemplo um documento PDF sob uma licença aberta) ★★☆☆☆ A condição anterior mais, Disponível como dados estruturados legíveis por máquina (Por exemplo um arquivo Excel ao invés de uma imagem escaneada de uma tabela) ★★★☆☆ Todas as anteriores mais, Utilizar um formato não proprietário (Por exemplo um arquivo CSV ao invés de um Excel) ★★★★☆ Todas as anteriores mais, Utilizar URIs bem desenhadas para identificar as coisas, então as pessoas podem referenciá-las ★★★★★ Todas as anteriores mais, Ligar seus dados com dados de outras pessoas para prover contexto
  39. 39. LINKED OPEN DATA EM ACERVOS BIBLIOGRÁFICOS http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/88826/000913466.pdf?sequence=1
  40. 40. VALOR E MEMÓRIA NA PRESERVAÇÃO DE ACERVOS B.P.M. Fernandes Bastos - Osório - 2014 Obrigada documentoscamara@gmail.com

×