Bloco de tarefas_lit_red_6_ano_jun_2014 (1)

252 visualizações

Publicada em

fg fg f fdg d dg dgg

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
252
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bloco de tarefas_lit_red_6_ano_jun_2014 (1)

  1. 1. EDUCANDÁRIO ESPÍRITA EURÍPEDES BARSANULFO Aluno:__________________________________________ Disciplina: REDAÇÃO e LITERATURA Turma: ________________ Turno: MATUTINO Bloco de Tarefas 2 0 1 4
  2. 2. Parte II – Literatura – (Nº 1) Os contos de fadas nos fazem viajar pelo mundo da fantasia, e seus heróis e vilões permanecem, por muito tempo, vivos em nossa imaginação. Vamos relembrar? 1. Entre as ilustrações a seguir, identifique quem são os vilões e quem são os heróis. ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ 2. Cada figura dentro do espelho faz parte de um conto de fadas. Seu desafio será descobrir a qual história cada uma pertence.
  3. 3. 1:_________________________________ 2:_________________________________ 3:_________________________________ 4:__________________________________ 5:__________________________________ 6:__________________________________ 3. Quem conta um conto aumenta um ponto... Que relação de sentido pode ser feita entre essa expressão popular e a tirinha a seguir? Explique.
  4. 4. ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ Os três porquinhos e o lobo mau Era uma vez três porquinhos que viviam juntos, unidos pelo respeito mútuo, e em harmonia com o meio ambiente. Usando materiais nativos daquela região, eles construíram três casas. Uma de palha, uma outra de madeira e uma terceira, uma casa de alvenaria, com tijolos feitos com fibras naturais e rampas de acesso para deficientes físicos na calçada. Quando terminaram os porquinhos ficaram satisfeitos com seu trabalho e se instalaram para viver em paz e autonomia. Mas eis que de repente apareceu um misterioso, sinistro e assustador Lobo Mau. O idílio dos porquinhos foi logo quebrado, pois o tal lobo veio cheio de idéias expansionistas. Viu os porquinhos e ficou faminto, tanto no sentido físico, quanto no ideológico. Quando os porquinhos viram o lobo, correram assustados para a casa de palha. O lobo se disfarçou de entregador de pizza e tocou a campainha. Quando eles abriram a porta o lobo anunciou: _Olha a pizza! Mas os porquinhos responderam: _Não comemos pizza. Pizzas são gordurosas e tem muito amido, o que vai contra qualquer dieta saudável. _Mas é uma pizza diet!, Retrucou o lobo. Revoltados com a propaganda enganosa, os porquinhos bateram a porta na cara do lobo, que enfurecido, gritou: _Porquinhos, porquinhos, deixem-me entrar! E os porquinhos responderam: _Sua tática de ataque não mete medo em porquinhos que defendem seu lar e sua cultura. O lobo soprou, bufou e pôs abaixo a casa de palha. Os três porquinhos, que correram para a casa de madeira, jantavam sossegados quando viram estupefatos no telejornal a notícia de que no lugar de sua antiga casa de palha, outros lobos compraram a terra e iniciaram uma nova rota para os contos de fadas com pedágios abusivos, cobrando indiscriminadamente de vovós e chapeuzinhos vermelhos. Enquanto isso o lobo que não desejava se frustrar, planejava novamente soprar e bufar e por abaixo também a casa de madeira. Na casa de madeira, o lobo esmurrou a porta e gritou: _Porquinhos, porquinhos, deixem-me entrar! E os porquinhos responderam: _ Vá para o inferno, seu opressor carnívoro, seu imperialista! Ouvindo isso, o lobo sorriu, condescendente. E pensou: _Eles são tão infantis. É uma pena que tenham que morrer, mas não se pode deter o progresso! O lobo soprou, soprou e pôs abaixo a casa de madeira. E desta vez quase capturou dois porquinhos! No lugar da casa de madeira, outros lobos construíram um residencial service de trinta andares, desrespeitando o gabarito da região, e um shopping center sem nenhum espaço reservado para cinemas ou teatros, e sem fraldário! Na casa de tijolos, o lobo novamente esmurrou a porta e gritou: _Porquinhos, porquinhos, deixem-me entrar! Dessa vez, como resposta, os porquinhos cantaram canções de solidariedade e enviaram e-mails de protesto às Nações Unidas.
  5. 5. A essa altura, o lobo estava ficando zangado com a recusa dos porquinhos. Então ele soprou e bufou, soprou e bufou, até que segurou o peito e caiu duro com um enfarte fulminante causado por colesterol alto, vida sedentária e excesso de cigarros. Os porquinhos se rejubilaram, pois a justiça triunfara, e dançaram em volta do corpo do lobo. O próximo passo foi liberar seu território ocupado. Reuniram porquinhos que tinham sido expulsos de suas terras e, juntos, exigiram a intervenção do exército, que cercou o local e, sem usar a força, invadir lares ou desrespeitar os direitos dos lobos trabalhadores, acabou com o crime organizado. Os porquinhos estabeleceram uma social-democracia modelar com educação gratuita, seguro de saúde para todos e financiamento da casa própria. Nota: O lobo e os porquinhos deste conto são apenas metáforas. Nenhum animal de verdade sofreu danos físicos no decorrer da história. Tirado do livro de James Finn Garner: “Conto de Fadas Politicamente Corretos” 4. Como vocês viram, o texto “Os três porquinhos” faz parte de um livro intitulado Contos de fadas politicamente corretos. Com base nessa informação, respondam: a) O que vocês entendem pela expressão “politicamente correto”? ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ b) Montem um quadro com atitudes politicamente corretas e atitudes politicamente incorretas mencionadas no texto e indiquem os personagens que a praticaram. (Responder no caderno) 5. Pesquisem o significado da palavra Paródia e respondam:  O texto que vocês acabaram de ler pode ser considerado uma paródia de conto de fadas? Explique. ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ 6. Nessa história o lobo é vilão, herói ou vítima? Justifique sua resposta. ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ 7. O lobo afirmou que a pizza que ele estava entregando era diet. Os porquinhos ficaram revoltados com a propaganda enganosa. Por quê? ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ 8. Leia. “A Organização das Nações Unidas (ONU) tem como objetivos manter a paz, defender os direitos humanos e as liberdades fundamentais e promover o desenvolvimento dos países em escala mundial.”
  6. 6. (Almanaque Abril. São Paulo, Abril, 2001.)  Com base nessa informação, explique por que os porquinhos “enviaram cartas de protesto às Nações Unidas”. ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ 9. Podemos citar dois tipos de narradores de história: a) O narrador observador, que é aquele que conta a história para o leitor sem participar dela como personagem. b) O narrador-personagem, que é aquele que participa da história, como personagem, e a conta de acordo com seus pensamentos e sentimentos.  Que tipo de narrador a história apresenta? ____________________________________________________________________________

×