Técnicas de Reprodução Medicamente Assistida

3.533 visualizações

Publicada em

Trabalho realizado em 2010 no âmbito da disciplina de Biologia.

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.533
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
115
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Técnicas de Reprodução Medicamente Assistida

  1. 1. Biologia 12º Ano Ano Lectivo 2010/2011Trabalho Elaborado por:- André Tinoco, nº 3, 12ºC- Andrei Tudosa, nº 7, 12ºC- Bogdan Jaranovic, nº4, 12ºA- Isabel Santos, nº 16, 12ºAProf.ª Rosário Falcato
  2. 2. Infertilidade Segundo a OMS, um casal tem problemas de fertilidade se não gerar uma gravidez ao fim de dois anos de actividade sexual sem métodos contraceptivos. Idiopáticos Factores Gerais de Infertilidade (sem explicação) 20% Factores Femininos 40% Factores Masculinos 40%
  3. 3. Infertilidade Masculina •InfecçãoBloqueio no •Problemas da próstataTransporte do •Ausência de vasos deferentesesperma •Vasectomia •Causas GenéticasProblemas na produção de •Ausência da descidaesperma testicular na infância •Infecções •TorçõesProblemas na síntese de •Doençashormonas essenciais à •Drogasespermatogénese •Estragos pela radiação •Cirurgia prostáticaPerturbações na ejaculação •Danos no sistema nervosoe erecção •Problemas de ejaculação •Medicação
  4. 4. Infertilidade FemininaSíndrome dos Ovários • Excesso de actividade física;Poliquísticos • Stress; • Doenças psicológicas. Ausência de ovulação Causa genética e/ou ligado a factores tóxicos Endometriose ambientais • Inflamações e infecções nas trompas de Falópio; Obstrução tubar • Doenças sexualmente transmissíveis. • Produção de reduzidas quantidades Muco cervical incompetente de muco cervical; • Formação de um muco muito espesso.
  5. 5. Infertilidade Feminina • Produção de oócitos imaturos,Anomalias do cariótipo • Produção de oócitos morfológica e/ou geneticamente anormais, • Anomalias do desenvolvimento embrionário. • Tumores; • Malformações anatómicas;Outros • Abortos feitos em condições adversas; • Auto-anticorpos • Causa desconhecida;
  6. 6. Técnicas de ReproduçãoMedicamente Assistida  Inseminação artificial  O processo de inseminação artificial pode dividir-se em três passos essenciais: Estimulação dos ovários. Selecção dos espermatozóides móveis.Fig. 1 – Inseminação artificial. Colocação dos espermatozóides no útero.
  7. 7. Técnicas de ReproduçãoMedicamente Assistida A fertilização in vitro: Consiste na colocação de um número significativo de espermatozóides em contacto com um oócito II para que ocorra fecundação. Em seguida transfere-se o embrião para o útero.
  8. 8. Técnicas de ReproduçãoMedicamente Assistida Fig. 2 – Etapas de fertilização in vitro.
  9. 9. Técnicas de ReproduçãoMedicamente Assistida Transferência intratubárica de gâmetas ou GIFT (Gamete Intrafallopian Transfer): Consiste na colocação dos oócitos II e dos espermatozóides, previamente tratados e seleccionados, nas Trompas de Falópio (através de uma laparoscopia) onde irá ocorrer a fecundação (in vivo).
  10. 10. Técnicas de ReproduçãoMedicamente Assistida Fig. 3 – Laparoscopia dos gâmetas.
  11. 11. Técnicas de ReproduçãoMedicamente Assistida Transferência intratubárica de zigotos ou ZIFT (Zygote Intrafallopian Transfer): Esta técnica é semelhante à GIFT, mas neste caso dá-se a transferência do zigoto, previamente fecundado por técnicas in vitro, para as Trompas de Falópio. Fig. 4 – Laparoscopia do zigoto.
  12. 12. Técnicas de ReproduçãoMedicamente Assistida A injecção intracitoplasmática de espermatozóides (microinjecção):  Injecta-se somente um espermatozóide, devidamente seleccionado, dentro do citoplasma de um oócito.  O óvulo fecundado é posteriormente transferido para o útero da mãe. Fig. 5 – Procedimentos.
  13. 13. Vídeo de Sensibilização
  14. 14. Bibliografia RIBEIRO, Elsa, SILVA, João Carlos, OLIVEIRA, Óscar (2010) – BioDesafios – 12º Ano, Lisboa, Edições ASA http://www.notapositiva.com/ http://sdb3danielle.blogspot.com/ http://www.pordata.pt/azap_runtime/?n=4 http://www.ferring.com.br/infertilidade-consequencias.asp http://www.biologia-ap.no.comunidades.net/index.php?pagina=1113812620 http://pt.wikipedia.org/wiki/Reprodu%C3%A7%C3%A3o_medicamente_assistida http://www.apfertilidade.org/web/index.php/causas-de-infertilidade-masculina/51-infertilidade/141-principais- causas-de-infertilidade-masculina http://www.cientic.com/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=94:diapositivos-de- manipulacao-da-fertilidade&catid=35:reproducao-e-manipulacao-da-fertilidade&Itemid=109 http://moodle.espa.edu.pt/mod/resource/view.php?inpopup=true&id=1614 Imagens: http://1.bp.blogspot.com/_a-cYR4s788c/SVicbx- DZzI/AAAAAAAAAd4/BuvL6lBqN1s/s400/Artificial+insemination.png http://4.bp.blogspot.com/_CeATAHBs7dU/TAkXm_J17sI/AAAAAAAAAIM/- OyRB4lCRgI/s1600/fertilizacao_in_vitro.jpg http://www.acfs2000.com/assets/images/art_services/alttreatment1.jpg http://www.acfs2000.com/assets/images/art_services/alttreatment2.jpg http://motherslapivf.com/images/ICSI-1.jpg Video: http://www.youtube.com/watch?v=U01tjm5-Fv8

×