DESIGN THINKING LAB - Caruaru

428 visualizações

Publicada em

O Design Thinking Lab é um workshop para aprender de forma prática a metodologia, as técnicas e a cultura do Design Thinking como ferramenta de estratégia, análise, criação e desenvolvimento para inovar e impactar a vida das pessoas.

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

DESIGN THINKING LAB - Caruaru

  1. 1. QUEM SOU EU?
  2. 2. “Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas mudam o mundo.”
  3. 3. “Imaginação é mais importante que conhecimento.”
  4. 4. SOMOS UMA CONSULTORIA INTERNACIONAL DE DESIGN DE SERVIÇOS. AJUDAMOS ORGANIZAÇÕES E EMPRESAS EM TODO O MUNDO A ENTENDER SEUS CLIENTES E ENTREGAR SERVIÇOS DE QUALIDADE.
  5. 5. No Brasil No mundo
  6. 6. QUEM SÃO VOCÊS?
  7. 7. #DTLabCaruaru
  8. 8. QUAL A PROPOSTA DO WORKSHOP?
  9. 9. “Eu não falhei. Apenas encontrei 10 mil caminhos diferentes que não funcionaram.”
  10. 10. Design Thinker
  11. 11. Torre de Macarrão • Maior torre. • Macarrão e Marshmallow. 10 min QUEBRA-GELO
  12. 12. LEARN BY DOING
  13. 13. COLABORAÇÃO
  14. 14. CO-CRIAÇÃO
  15. 15. EMPATIA
  16. 16. OTIMISMO
  17. 17. PROTOTIPAÇÃO
  18. 18. CONFIANÇA CRIATIVA
  19. 19. 3 A 5 ANOS Orbiting the Giant Hairball, Gordon Mackenzie, 1998.
  20. 20. Orbiting the Giant Hairball, Gordon Mackenzie, 1998.
  21. 21. Orbiting the Giant Hairball, Gordon Mackenzie, 1998.
  22. 22. Orbiting the Giant Hairball, Gordon Mackenzie, 1998.
  23. 23. Orbiting the Giant Hairball, Gordon Mackenzie, 1998.
  24. 24. Orbiting the Giant Hairball, Gordon Mackenzie, 1998.
  25. 25. JÁ NA VIDA ADULTA... Orbiting the Giant Hairball, Gordon Mackenzie, 1998.
  26. 26. Orbiting the Giant Hairball, Gordon Mackenzie, 1998.
  27. 27. contruindo a sua CONFIANÇA CRIATIVA...
  28. 28. Dinâmica dos 20 Círculos • Criar 20 ideias ou mais. • Quantidade é importante. • Ex.: sol, bola... 2 min CONFIANÇA CRIATIVA
  29. 29. CONVERGENTE FAZER ESCOLHAS
  30. 30. CONVERGENTE FAZER ESCOLHAS DIVERGENTE CRIAR ESCOLHAS
  31. 31. Desenhe a face de alguém • Formem duplas ou trios. • Alguém que esteja ao seu lado. 2 min CONFIANÇA CRIATIVA
  32. 32. JULGAMENTO ANTECIPADO
  33. 33. QUEM AQUI SABE DESENHAR?
  34. 34. VAMOS DESENHAR UMA PESSOA CORRENDO?
  35. 35. TOLERÂNCIA AO ERRO
  36. 36. “Errar não é apenas parte do processo, é uma consequência necessária na busca de algo inovador.” Ed Catmull, Presidente da Pixar e da Walt Disney Animation Studios.
  37. 37. APRENDER COM O ERRO
  38. 38. “Não pense o erro como um fracasso, pense como um experimento projetado que permitirá você aprender mais sobre ou problema ou solução.” Tim Brown, CEO da IDEO
  39. 39. ITERATIVO, ITERATIVO, ITERATIVO
  40. 40. “O que um processo iterativo nos permite é ganhar validação durante o caminho, isso porque nós passamos a ouvir as pessoas que de fato usarão a solução.” Gaby Brink, Fundadora da Tomorrow Partners
  41. 41. PROCESSO
  42. 42. ENTENDIMENTO EMPATIA DEFINIÇÃO IDEAÇÃO PROTOTIPAGEM TESTE ITERAÇÃO
  43. 43. QUAL A DEFINIÇÃO DE DESIGN THINKING?
  44. 44. “Design Thinking é uma abordagem para inovação centrada no ser humano que combina o pensamento criativo ao de negócios.” Arne van Oosterom, Fundador da DesignThinkers Group.
  45. 45. “Design Thinking é uma abordagem de inovação que leva em consideração o que é desejável para as pessoas, o que é viável a nível de mercado e que é tecnologicamente possível.” Tim Brown, CEO da IDEO.
  46. 46. VAMOS COLOCAR A MÃO NA MASSA?
  47. 47. Formação de duplas • Formem duplas. • Uma pessoa que você não conhece. 2 min REDESIGN DA ENTREGA DO PRESENTE
  48. 48. Orientações básicas • Sessões com tempo definido. • Não antecipar etapas do processo. • Sessões individuais ou interativas. • Caos focado. 2 min REDESIGN DA ENTREGA DO PRESENTE
  49. 49. Entrevista • Sessão interativa. •2 sessões de 3 minutos. • Uma boa conversa. 6 min REDESIGN DA ENTREGA DO PRESENTE
  50. 50. Dig Deeper • Sessão interativa. •2 sessões de 2 minutos. • Sentimentos e Emoções. 4 min REDESIGN DA ENTREGA DO PRESENTE
  51. 51. Descobertas • Sessão individual. •Objetivos e Desejos. • Use verbos. 2 min REDESIGN DA ENTREGA DO PRESENTE
  52. 52. Insights • Sessão individual. •O que aprendeu com sua dupla. • O que você acha que a dupla sente ou pensa, mas não verbalizou com você. 2 min REDESIGN DA ENTREGA DO PRESENTE
  53. 53. Definir • Sessão Individual. •Desejo ou Necessidade latente. • Descobertas + Insights. • 1 Frase. 3 min REDESIGN DA ENTREGA DO PRESENTE
  54. 54. Ideias • Sessão individual. • 5 ideias radicais. • Definição é o seu norte. 6 min REDESIGN DA ENTREGA DO PRESENTE
  55. 55. Feedback • Sessão interativa. • 3 minutos para cada um. • Compartilhe suas ideias. • O que sua dupla gostou? • O que sua dupla não gostou? 6 min REDESIGN DA ENTREGA DO PRESENTE
  56. 56. Iteração • Sessão individual. • Reflita sobre o feedback. • O que pode reaproveitar? • Crie uma única solução. • Visual Thinking. 2 min REDESIGN DA ENTREGA DO PRESENTE
  57. 57. Construção • Sessão individual. • Algo que sua dupla possa interagir. • Mão na massa. 10 min REDESIGN DA ENTREGA DO PRESENTE
  58. 58. Testar • Sessão interativa. • Simulação da Experiência. • Espírito de ator/atriz. 6 min REDESIGN DA ENTREGA DO PRESENTE
  59. 59. ENTENDIMENTO EMPATIA DEFINIÇÃO IDEAÇÃO PROTOTIPAGEM TESTE ITERAÇÃO
  60. 60. SERÁ QUE EU CONHEÇO ALGUM CASE DE DESIGN THINKING?
  61. 61. OLD, BUT GOLD.
  62. 62. “Não somos especialistas em nenhuma área específica, somos especialistas no processo de design.”
  63. 63. CASES
  64. 64. COMO PODERÍAMOS FAZER UMA GRANDE CORPORAÇÃO VENCER UMA CRISE?
  65. 65. “Quando você quer diferenciar os serviços de sua organização, você precisa construir uma organização diferente.”
  66. 66. US$ 116
  67. 67. 20ª
  68. 68. EFICIÊNCIA VS. INOVAÇÃO
  69. 69. EXPLOTAÇÃO VS. EXPLORAÇÃO
  70. 70. 35 LÍDERES
  71. 71. DesignWorks
  72. 72. Connect + Develop
  73. 73. 15%
  74. 74. US$ 57 bi
  75. 75. US$ 200 bi
  76. 76. 20ª
  77. 77. 51ª
  78. 78. E NA SAÚDE?
  79. 79. Relatório de 1999: “To Err is Human: Bulding a Safer Health System” mortes por ano com erros de medicamentos
  80. 80. Relatório de 1999: “To Err is Human: Bulding a Safer Health System” de pessoas por ano sofrem as consequências dos erros de administração de medicamentos
  81. 81. Relatório de 1999: “To Err is Human: Bulding a Safer Health System” de dólares são gastos por ano tratando pacientes que sofreram as consequências da má administração dos medicamento
  82. 82. COMO PODERÍAMOS REDUZIR OS ERROS NA ADMINISTRAÇÃO DOS MEDICAMENTOS?
  83. 83. QUAL O IMPACTO?
  84. 84. unidades
  85. 85. os erros na administração de medicamentos
  86. 86. 33% a confiança dos pacientes na administração dos medicamentos
  87. 87. E NO TURISMO?
  88. 88. COMO PODERÍAMOS MELHORAR A EXPERIÊNCIA DO SERVIÇO EM VIAGENS?
  89. 89. Persona Paulo 26 anos “Eu sou um cara pragmático e adoro tecnologia.”
  90. 90. Comprar a passagem...
  91. 91. Começou a preparar a viagem...
  92. 92. A caminho do aeroporto...
  93. 93. Faz o check-in...
  94. 94. Despacha as malas...
  95. 95. Aguarda o horário de embarque...
  96. 96. Vai para a fila de embarque...
  97. 97. Viagem de avião...
  98. 98. A caminho de hotel...
  99. 99. Compartilhar com amigos...
  100. 100. compra de passagem despachar as malas aguardar embarque fila para embarcar viagem de avião preparação das malas a caminho do hotel ANTES DURANTE DEPOIS a caminho do aeroporto faz o check-in comentar com amigos
  101. 101. SATISFAÇÃO DO CLIENTE EXPECTATIVA VS. EXPERIÊNCIAS
  102. 102. PRÉ-SERVIÇO SERVIÇO PÓS-SERVIÇO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Satisfação do Cliente Expectativas Experiências Satisfação
  103. 103. PRÉ-SERVIÇO SERVIÇO PÓS-SERVIÇO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Satisfação do Cliente Expectativas Experiências Satisfação
  104. 104. PRÉ-SERVIÇO SERVIÇO PÓS-SERVIÇO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Satisfação do Cliente Expectativas Experiências Satisfação
  105. 105. PRÉ-SERVIÇO SERVIÇO PÓS-SERVIÇO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Satisfação do Cliente Expectativas Experiências Satisfação
  106. 106. PRÉ-SERVIÇO SERVIÇO PÓS-SERVIÇO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Satisfação do Cliente Expectativas Experiências Satisfação
  107. 107. 4 MILHÕES 0
  108. 108. O VALOR DAS AÇÕES
  109. 109. DE DÓLARES EM PREJUÍZO
  110. 110. ENTENDIMENTO EMPATIA DEFINIÇÃO IDEAÇÃO PROTOTIPAGEM TESTE ITERAÇÃO
  111. 111. Formação de grupos • Formem 2 grupos de 5 pessoas. • Seu grupo, é uma consultoria. 2 min DESIGN THINKING LAB
  112. 112. Orientação Básica • Mantenha-se focado. • Uma conversa por vez. • Evite julgamentos. • Encoraje ideias malucas. • Construa na ideia dos outros. • Uma idea/pergunta por post-it. 2 min DESIGN THINKING LAB
  113. 113. Definição de Desafio • O que tentaremos resolver? • Listagem de problemas. • Desafio esteja próximo... • COMO PODERÍAMOS...? 8 min DESIGN THINKING LAB
  114. 114. Quer ajuda? • Varejo... • Mobilidade • Restaurante... • Sala de Aula... 2 min DESIGN THINKING LAB
  115. 115. Matriz de Alinhamento • Alinhamento sobre o Desafio. • Quais são as certezas? • Quais são as dúvidas? • Quais são as suposições? 20 min DESIGN THINKING LAB
  116. 116. Preparar entrevista • Confirmar certezas... • Tirar dúvidas... • Validar suposições.. 15 min DESIGN THINKING LAB
  117. 117. Entrevista em Profundidade • Abertura... • Expansão... • Profundidade... 15 min DESIGN THINKING LAB
  118. 118. Telefone: / + 55 81 9.9734.6779 + 55 81 9.7115.6779 andre@designthinkersgroup.com.br www.designthinkersgroup.com
  119. 119. Compartilhar entrevistas • Abertura... • Expansão... • Profundidade... 25 min DESIGN THINKING LAB
  120. 120. Mapeamento dos Stakeholders • Qual o ecossistema de envolvidos do contexto do seu desafio? • Liste primeiro, depois hierarquize com os círculos, no meio ficam os mais importantes e na ponta os menos importantes. 15 min DESIGN THINKING LAB
  121. 121. Entendendo o Cliente • TAREFAS: O que ele faz hoje para resolver o problema? 10 min DESIGN THINKING LAB
  122. 122. Entendendo o Cliente • DORES: Quais são as suas dores mais latentes? 10 min DESIGN THINKING LAB
  123. 123. Entendendo o Cliente •GANHOS: O que ele espera ter de ganho? 10 min DESIGN THINKING LAB
  124. 124. Butterfly Test: perfil do cliente • Priorizar ganhos esperados • Priorizar dores • 3 post-its por pessoa. 10 min DESIGN THINKING LAB
  125. 125. Produtos e Serviços • Geração de ideias • Produtos e Serviços • Quantidade é importante! • Comece com: E SE... 8 min DESIGN THINKING LAB
  126. 126. Butterfly Test: • Priorizar produtos e serviços 4 min DESIGN THINKING LAB
  127. 127. Analgésicos • Analgésicos indicam alívio da dor. • Quanto a dor será sanada? • É quantificável? Quase sempre! • Gera insumos para indicadores futuros da dor sanada. 10 min DESIGN THINKING LAB
  128. 128. Criadores de Ganhos • Que criadores de ganho irão promover o ganho esperado? • O que vai ter no seu produto ou serviços que vai criar o ganho que a pessoa espera. 10 min DESIGN THINKING LAB
  129. 129. Prototipação: Mapa da Jornada do Cliente • Qual a jornada do cliente a medida que ele interage com o serviço? • Quais são suas tarefas? • Quais são os pontos de contato do serviço? 40 min DESIGN THINKING LAB
  130. 130. Antes de tudo: insights e oportunidades • A medida que mapear a jornada do cliente, registre os insights e oportunidades que surgirem. Podem ser novas ideias, elementos que precisam de atenção, etc. DESIGN THINKING LAB
  131. 131. Jornada - Atividade • Quais ações essa pessoa faz para alcançar seu objetivo? • Comece antes dela decidir usar o serviço. 20 min DESIGN THINKING LAB
  132. 132. Pontos de Contato • Para cada ação, qual o ponto de contato (canais, objetos, pessoas, plataformas, etc) a pessoa se relaciona? • Não liste apenas os pontos de contato do serviço, vá além. 4 min DESIGN THINKING LAB
  133. 133. Jornada Emocional • Como você acha que a pessoa se sente em cada estágio? 4 min DESIGN THINKING LAB
  134. 134. Contexto • Em qual contexto a pessoa se encontra a medida que realiza as ações? • Por exemplo: familiar doente a muito tempo. DESIGN THINKING LAB
  135. 135. Ações da empresa • Quem é o responsável por cada ponto de contato? • Quais são as atividades da empresa para oferecer cada ponto de contato? DESIGN THINKING LAB
  136. 136. Validação de Negócios • Quem faz? Deadline? Duração? • Qual a hipótese? Pode ser uma ideia, uma dor, uma proposta de serviço, uma tarefa... • Como será validada? • Quais métricas serão usadas? • Qual critério será usado? DESIGN THINKING LAB
  137. 137. Evolua e inove • 1ª iteração, é só o início do trabalho. • Valide com clientes reais o que foi preenchido e ajuste o que for preciso. • Para cada etapa da jornada faça seções de brainstorming para gerar novas ideias sobre como melhorar a experiência do cliente. DESIGN THINKING LAB
  138. 138. ENTENDIMENTO EMPATIA DEFINIÇÃO IDEAÇÃO PROTOTIPAGEM TESTE ITERAÇÃO
  139. 139. SÓ MAIS UMA COISA…
  140. 140. PERMITE • Entender as pessoas envolvidas no processo. • Entender a troca de valores entre os envolvidos e o que os motiva. • Dar um passo atrás, para ter a visão do todo. O DESIGNTHINKING
  141. 141. PILARES • Colaboração • Co-criação • Criatividade • Empatia • Prototipação • Iteração DO DESIGNTHINKING
  142. 142. Telefone: / + 55 81 9.9734.6779 + 55 81 9.7115.6779 andre@designthinkersgroup.com.br www.designthinkersgroup.com

×