sobre o Apocalipse(Revelação) de Cristo

249 visualizações

Publicada em

Apocalipse significa Revelação -> de Deus p/ com o mundo, aqui está o ponto de vista do estudioso Paul C Jong sobre tudo oq ja, aconteceu, acontece, e acontecerá, com uma linguagem simples de entendimento do último livro da bíblia.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
249
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

sobre o Apocalipse(Revelação) de Cristo

  1. 1. www.nlmafghanistan.com www.nlmafrikaans.com www.nlmalbania.com www.nlmamharic.com www.nlmangola.com www.nlmarabemirates.com www.nlmarabic.com www.nlmargentina.com www.nlmarmenia.com www.nlmaruba.com www.nlmaustralia.com www.nlmaustria.com www.nlmbahamas.com www.nlmbahrain.com www.nlmbangladesh.com www.nlmbelarus.com www.nlmbelgium.com www.nlmbengali.com www.nlmbenin.com www.nlmbhutan.com www.nlmbolivia.com www.nlmbotswana.com www.nlmbrasil.com www.nlmbriton.com www.nlmbrunei.com www.nlmbulgalia.com www.nlmburkinafaso.com www.nlmburundi.com www.nlmcameroon.com www.nlmcanada.com www.nlmcebuano.com www.nlmchichewa.com www.nlmchile.com www.nlmchin.com www.nlmchina.com www.nlmcolombia.com www.nlmcongo.com www.nlmcostarica.com www.nlmcotedivoire.com www.nlmcroatia.com www.nlmczech.com www.nlmdenmark.com www.nlmdioula.com www.nlmdominica.com www.nlmdrcongo.com www.nlmdutch.com www.nlmecuador.com www.nlmegypt.com www.nlmelsalvador.com www.nlmequatorialguinea.com www.nlmethiopia.com www.nlmfinland.com www.nlmfrance.com www.nlmfrench.com www.nlmgabon.com www.nlmgeorgian.com www.nlmgerman.com www.nlmgermany.com www.nlmghana.com www.nlmgreek.com www.nlmgrenada.com www.nlmguatemala.com A B C D E F G Please find your vernacular websites below. You can download Christian e-books and request Christian books for free. Feel free to visit our websites below right now! Please find your vernacular websites below. You can download Christian e-books and request Christian books for free. Feel free to visit our websites below right now! Please find your vernacular websites below. You can download Christian e-books and request Christian books for free. Feel free to visit our websites below right now! The Official Website of The New Life Mission www.nlmission.comwww.nlmission.com or www.bjnewlife.orgwww.bjnewlife.org W The New Life Mission orldwide websites of Some of these websites may not work because they are still under construction. ◄ Índice ►
  2. 2. www.nlmgujarati.com www.nlmhaiti.com www.nlmhindi.com www.nlmholland.com www.nlmhonduras.com www.nlmhungary.com www.nlm-india.com www.nlmindonesia.com www.nlmiran.com www.nlmiraq.com www.nlmisrael.com www.nlmitaly.com www.nlmjamaica.com www.nlmjapan.com www.nlmjavanese.com www.nlmkannada.com www.nlmkazakhstan.com www.nlmkenya.com www.nlmkhmer.com www.nlmkirghiz.com www.nlmkirundi.com www.nlmkorea.com www.nlmlatvia.com www.nlmluganda.com www.nlmluo.com www.nlmmadi.com www.nlmmalagasy.com www.nlmmalayalam.com www.nlmmalaysia.com www.nlmmarathi.com www.nlmmauritius.com www.nlmmexico.com www.nlmmindat.com www.nlmmizo.com www.nlmmoldova.com www.nlmmongolia.com www.nlmmyanmar.com www.nlmnepal.com www.nlmnewzealand.com www.nlmnigeria.com www.nlmnorthkorea.com www.nlmnorway.com www.nlmpakistan.com www.nlmpanama.com www.nlmperu.com www.nlmphilippines.com www.nlmpoland.com www.nlmportugal.com www.nlmportuguese.com www.nlmprcongo.com www.nlmqatar.com www.nlmromania.com www.nlmrussia.com www.nlmsaudiarabia.com www.nlmserbian.com www.nlmshona.com www.nlmsingapore.com www.nlmslovakia.com www.nlmslovene.com www.nlmsolomon.com www.nlmsouthafrica.com www.nlmspain.com www.nlmspanish.com www.nlmsrilanka.com www.nlmsuriname.com www.nlmswahili.com www.nlmswaziland.com www.nlmsweden.com www.nlmswiss.com www.nlmtagalog.com www.nlmtaiwan.com www.nlmtamil.com www.nlmtanzania.com www.nlmtelugu.com www.nlmthailand.com www.nlmtogo.com www.nlmtonga.com www.nlmturkey.com www.nlmuganda.com www.nlmukraine.com www.nlmurdu.com www.nlmusa.com www.nlmvenezuela.com www.nlmvietnam.com www.nlmzambia.com www.nlmzimbabwe.com www.nlmzou.com H J K L M N P Q R S T U V Z I W The New Life Missionorldwide websites of ◄ Índice ►
  3. 3. Você pode baixar os livros cristãos de Paul C. Jong no seu iPhone, iPad ou Blackberry acessando Amazon’s Kindle e-bookstore (www.amazon.com). ◄ Conteúdo ► O Motivo Para Escrever este livro Meu motivo para escrever este livro é, antes de tudo, para ressaltar cuidadosamente e testemunhar toda a verdade bíblica que aguarda este mundo no fim dos tempos – explicar em detalhes tudo sobre o Anticristo, a marca do 666, o martírio dos santos, seu arrebatamento, o Reino Milenar e o Novo Céu e Nova Terra. Meu segundo motivo é para libertar os crentes da falsa doutrina do arrebatamento pré-tribulação, que os está levando à destruição. O último motivo para escrever este livro é para derramar luz na verdade do Apocalipse para que a verdade do fim dos tempos possa ser conhecida e a fé dos verdadeiros crentes não seja roubada. Todas estas coisas são o que Deus permitiu que eu escrevesse para o bem de todos que vivem nesta época atual. Este livro trará luz sobre tudo aquilo que aguarda este mundo no futuro, como está escrito no Livro de Apocalipse, responderá todas as suas perguntas sobre o fim dos tempos, e te abençoará com a verdadeira fé. Que Deus possa derramar sobre ti todas as Suas bênçãos.
  4. 4. Você pode baixar os livros cristãos de Paul C. Jong no seu iPhone, iPad ou Blackberry acessando Amazon’s Kindle e-bookstore (www.amazon.com). ◄ Conteúdo ► A Era do Anticristo, Martírio, Arrebatamento e do Reino Milenar está chegando? ( I ) A Era do Anticristo, Martírio, Arrebatamento e do Reino Milenar está chegando? ( I ) PAUL C. JONG Hephzibah Publishing House Um ministério da The New Life Mission Seoul, Korea
  5. 5. Você pode baixar os livros cristãos de Paul C. Jong no seu iPhone, iPad ou Blackberry acessando Amazon’s Kindle e-bookstore (www.amazon.com). ◄ Conteúdo ► A era do Anticristo, Martírio, Arrebatamento e do Reino Milenar está chegando? (I) Copyright © 2003 por The New Life Mission Todos os Direitos Reservados Nenhuma Parte deste livro pode ser reproduzida Ou trasmitida de qualquer forma ou por qualquer meio Eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia, gravação ou qualquer foram de guardar informações, sem a permissão escrita do detentor dos direitos autorais. As citações bíblicas foram retiradas da Bíblia traduzida por João Ferreira de Almeida, Revista e Atualizada. ISBN 978-89-6532-273-3 Website : http://www.nlmission.com http://www.bjnewlife.org http://www.nlmbookcafe.com E-mail : newlife@bjnewlife.org Agradecimentos É pela graça de Deus que o primeiro volume dos Comentários e Sermões sobre o Livro de Apocalipse está sendo publicado. Em primeiro lugar, eu gostaria de agradecer a Deus por me permitir espalhar a Palavra do Apocalipse por todo o mundo, iluminado pela Escritura e sendo guiado pelo Espírito Santo, neste tempo da iminente chegada da era do cavalo amarelo. Eu creio que agora é o tempo urgente para que todas as almas nasçam de novo pelo evangelho da água e do Espírito, para que ouçam o que a Palavra de Apocalipse fala sobre o fim dos tempos, e obedeçam os seus ensinamentos em fé.
  6. 6. Você pode baixar os livros cristãos de Paul C. Jong no seu iPhone, iPad ou Blackberry acessando Amazon’s Kindle e-bookstore (www.amazon.com). ◄ Conteúdo ► As palavras não podem expressar a minha profunda gratidão por todos os servos e membros da The New Life Mission, que trabalharam junto para lançar este livro, e que têm, até este momento, unido seus corações para pregar o evangelho. Cada um deles é o verdadeiro publicador deste livro. Eu gostaria de agradecer também ao Rev. Sangchan Lee e ao Rev. John Shin, meus companheiros de trabalho que têm fielmente cumprido com todas as tarefas para publicarmos este livro. Eu estendo meus sentimentos para o irmão Matheus Gonçalves Ferreira por sua tradução. É uma pena que eu não possa agradecer pessoalmente a todos os meus companheiros de trabalho envolvidos na edição e impressão deste livro. Eu dou toda a glória a Deus, que nos permitiu nascer de novo no evangelho da água e do Espírito, e que nos fez, pela divulgação da Palavra do Apocalipse nesta geração má, guardar a nossa esperança pelo Reino Milenar e o Novo Céu e a Nova Terra, e defender a nossa fé. PAUL C. JONG
  7. 7. Você pode baixar os livros cristãos de Paul C. Jong no seu iPhone, iPad ou Blackberry acessando Amazon’s Kindle e-bookstore (www.amazon.com). ◄ Cobrir Página ► Conteúdo Prefácio--------------------------------------------- 11 CAPÍTULO 1 Ouçam a Palavra da Revelação de Deus (Apocalipse 1:1-20)--------------------------- 15 Nós Devemos Conhecer as Sete Eras ---------- 25 CAPÍTULO 2 Carta à Igreja de Éfeso (Apocalipse 2:1-7) ----------------------------- 36 A Fé que Pode Abraçar o Martírio -------------- 44 Carta à Igreja de Esmirna (Apocalipse 2:8-11)---------------------------- 73 Sê Fiel até a Morte -------------------------------- 77 Quem é Salvo do Pecado? ----------------------- 92 Carta à Igreja de Pérgamos (Apocalipse 2:12-17)------------------------- 103 Os Seguidores da Doutrina dos Nicolaítas --- 107
  8. 8. Você pode baixar os livros cristãos de Paul C. Jong no seu iPhone, iPad ou Blackberry acessando Amazon’s Kindle e-bookstore (www.amazon.com). ◄ Cobrir Página ► Carta à Igreja de Tiatira (Apocalipse 2:18-29)------------------------- 147 Você foi Salvo Pela Água e pelo Espírito? --- 153 CAPÍTULO 3 Carta à Igreja de Sardes (Apocalipse 3:1-6)---------------------------- 169 Aqueles que não Contaminaram as Suas Vestes ------------------------------------ 173 Carta à Igreja de Filadélfia (Apocalipse 3:7-13) -------------------------- 194 Os Servos e Santos de Deus que Agradam Seu Coração ----------------------------------- 198 Carta à Igreja de Laodicéia (Apocalipse 3:14-22)------------------------- 214 A Verdadeira Fé para a Vida de Discipulado-------------------------- 219 CAPÍTULO 4 Olhe para Jesus que Está Assentado no Trono de Deus (Apocalipse 4:1-11)-------- 226 Jesus é Deus -------------------------------------- 231 CAPÍTULO 5 Jesus que é Entronizado como o Representante de Deus Pai (Apocalipse 5:1-14)---------- ---------------- 236
  9. 9. Você pode baixar os livros cristãos de Paul C. Jong no seu iPhone, iPad ou Blackberry acessando Amazon’s Kindle e-bookstore (www.amazon.com). ◄ Cobrir Página ► O Cordeiro que está Assentado no Trono----- 241 CAPÍTULO 6 As Sete Eras Preparadas por Deus (Apocalipse 6:1-17) -------------------------- 247 As Eras dos Sete Selos -------------------------- 253 CAPÍTULO 7 Quem será Salvo Durante a Grande Tribulação? (Apocalipse 7:1-17) -------------------------- 269 Vamos ter uma Fé que Batalha----------------- 275
  10. 10. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 11 Prefácio PREFÁCIO A era do Cavalo Amarelo está chegando As Escrituras revelam para todos que a era do cavalo amarelo não está longe e, quando esta chegar a este mundo, as pessoas irão sofrer muito sob a tirania do Anticristo. Mas, mesmo em um mundo tão desesperado, os santos ainda serão capazes de conquistar o Reino Milenar e o Novo céu e Nova Terra através da sua fé vitoriosa dada por Deus. Com este livro, você também será capaz de descobrir os esquemas do Anticristo para destruir a sua fé e como permanecer firme no tipo de fé que tinha a sábia noiva, que preparou óleo e esperou pela chegada do noivo. Por que você
  11. 11. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 12 Prefácio encontrará a verdade ouvindo a Palavra do Apocalipse, você não será mais enganado por aqueles que espalham uma fé falsa. Aqueles que ouvem e crêem no evangelho da água e do Espírito receberão o paraíso na terra e o Reino do Céu. Neste livro você descobrirá as sete eras planejadas por Deus. O mundo hoje precisa de verdadeiros profetas que possam testemunhar para todos as mudanças que estão para ocorrer neste mundo. Os verdadeiros profetas de Deus irão mostrar o que nos espera neste mundo no futuro. Assim como o Senhor falou aos pecadores que o homem deve nascer de novo da água e do Espírito, não somente para entrar no Reino do Céu, mas para vê-lo, os profetas também nos darão a segurança da nossa salvação. Nós devemos perceber agora que a era do cavalo amarelo é iminente. A Grande Tribulação de sete anos, dividida em dois períodos de três anos e meio, é a providência de Deus para a era do cavalo amarelo. Na era do cavalo amarelo, o mundo irá enfrentar as pragas das sete trombetas e dos sete cálices. Saraiva e fogo do céu destruirão um terço das florestas do mundo; cometas cairão no mar e matarão um terço das criaturas e tornarão um terço das águas venenosas; e um terço do sol, da lua e das estrelas serão atingidas e se tornarão escuras. Como heróis que surgem em tempos de grandes dificuldades, o Anticristo surgirá como um herói do mundo no fim dos tempos e o mundo inteiro será dele. Ele irá resolver todos os problemas e dificuldades do mundo e será adorado como um deus. O Anticristo irá então determinar que todos recebam a marca do 666, seu nome e número, em suas mãos direitas e testas. Mas os santos nascidos de novo não receberão
  12. 12. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 13 Prefácio a marca e serão martirizados para defender a sua verdadeira fé. Estes santos que permanecerão contra o Anticristo e serão martirizados por sua fé, serão então arrebatados pelo Senhor e chamados para as bodas do Cordeiro. A era do cavalo amarelo está se aproximando de nós rapidamente. Devemos ter o conhecimento e a fé que pode nos preparar para o fim dos temos. Que as bênçãos de Deus estejam com você! PAUL C. JONG
  13. 13. Você pode baixar os livros cristãos de Paul C. Jong no seu iPhone, iPad ou Blackberry acessando Amazon’s Kindle e-bookstore (www.amazon.com). ◄ Conteúdo ► CAPÍTULO 1
  14. 14. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 15 Ouçam a Palavra da Revelação de Deus Ouçam a Palavra da Revelação de Deus < Apocalipse 1:1-20 > “Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer e que ele, enviando por intermédio do seu anjo, notificou ao seu servo João, o qual atestou a palavra de Deus e o testemunho de Jesus Cristo, quanto a tudo o que viu. Bem-aventurados aqueles que lêem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as coisas nela escritas, pois o tempo está próximo. João, às sete igrejas que se encontram na Ásia, graça e paz a vós outros, da parte daquele que é, que era e que há de vir, da parte dos sete Espíritos que se acham diante do seu trono e da parte de Jesus Cristo, a Fiel Testemunha, o Primogênito dos mortos e o Soberano dos reis da terra. Àquele que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados, e nos constituiu reino, sacerdotes para o seu Deus e Pai, a ele a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém! Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até quantos o traspassaram. E todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Certamente. Amém! Eu sou o Alfa e Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-Poderoso. Eu, João, irmão vosso e companheiro na tribulação, no reino e na perseverança, em Jesus, achei-me na ilha chamada Patmos, por causa da palavra de Deus e do testemunho de Jesus. Achei-me em espírito, no dia do Senhor, e ouvi, por detrás de mim, grande voz, como de trombeta, dizendo: O que vês escreve em livro e manda às sete igrejas: Éfeso, Esmirna, Pérgamo,
  15. 15. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 16 Ouçam a Palavra da Revelação de Deus Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia. Voltei- me para ver quem falava comigo e, voltado, vi sete candeeiros de ouro e, no meio dos candeeiros, um semelhante a filho de homem, com vestes talares e cingido, à altura do peito, com uma cinta de ouro. A sua cabeça e cabelos eram brancos como alva lã, como neve; os olhos, como chama de fogo; os pés, semelhantes ao bronze polido, como que refinado numa fornalha; a voz, como voz de muitas águas. Tinha na mão direita sete estrelas, e da boca saía-lhe uma afiada espada de dois gumes. O seu rosto brilhava como o sol na sua força. Quando o vi, caí a seus pés como morto. Porém ele pôs sobre mim a mão direita, dizendo: Não temas; eu sou o primeiro e o último e aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno. Escreve, pois, as coisas que viste, e as que são, e as que hão de acontecer depois destas. Quanto ao mistério das sete estrelas que viste na minha mão direita e aos sete candeeiros de ouro, as sete estrelas são os anjos das sete igrejas e os sete candeeiros são as sete igrejas.” Exegese Versículo 1: “Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer e que ele, enviando por intermédio do seu anjo, notificou ao seu servo João,” O Livro de Apocalipse foi escrito pelo Apóstolo João, que gravou a revelação dada por Jesus Cristo a ele durante sua estada em Patmos, uma ilha no Mar Egeu a qual foi enviado em exílio nos últimos anos de reinado do Imperador Romano Domiciano (Cerca de 95 D.C.). João foi
  16. 16. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 17 Ouçam a Palavra da Revelação de Deus exilado na ilha de Patmos por testemunhar a Palavra de Deus e o testemunho de Jesus, e foi nessa ilha que João viu o reino de Deus mostrado por Jesus Cristo através da inspiração do Espírito Santo e dos Seus anjos. O que é esta “Revelação de Jesus Cristo”? Pela revelação de Jesus Cristo, significa que Deus revelou para nós, através de Seu representante Jesus Cristo, o que irá acontecer a este mundo e o Reino do Céu no futuro. Quem é Jesus em seus fundamentos? Ele é o Deus Criador e o Salvador que libertou a humanidade dos pecados do mundo. Jesus Cristo é o Deus do Novo Reino que vem, é o revelador que nos mostra tudo sobre este novo mundo e o representante do Deus Pai. Através da Palavra do Apocalipse escrito por João, nós podemos ver como Jesus irá lidar com o mundo antigo e irá inaugurar o novo mundo. Versículo 2: “o qual atestou a palavra de Deus e o testemunho de Jesus Cristo, quanto a tudo o que viu.” João podia testemunhar a palavra da verdade particularmente porque ele viu o que Jesus Cristo fará no futuro como representante de Deus Pai. João viu e ouviu o que será cumprido através de Jesus Cristo e, dessa forma, ele pôde testemunhar sobre tudo nesse assunto. Versículo 3: “Bem-aventurados aqueles que lêem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as coisas nela escritas, pois o tempo está próximo.” Está dito aqui que bem-aventurados são aqueles que lêem e ouvem a Palavra de Deus testificada por João. Quem são os bem- aventurados? Primeiro são os crentes que se tornaram o povo de Deus sendo libertos de todos os seus pecados através da sua fé na Palavra de
  17. 17. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 18 Ouçam a Palavra da Revelação de Deus Deus. Apenas os santos podem ser abençoados porque eles lêem, ouvem e guardam o testemunho da Palavra de Deus – todas as coisas que estão por vir através de Jesus Cristo – escrito por João. Aqueles que se tornaram os santos de Deus dessa forma receberão as bênçãos do céu ouvindo a Palavra de Deus e guardando a sua fé no Senhor. Deus não profetizou, através de João, o segredo da verdade de tudo que está para acontecer na terra e no Céu, como os santos podem ouvir e ver isso? Como eles poderiam ter a benção de saber de antemão e crer em todas as mudanças que o mundo irá atravessar? Eu dou graças e glória a Deus por nos mostrar através de João tudo o que espera a terra e o céu. Em nosso presente tempo, abençoados de verdade são aqueles que podem ver e ler com seus próprios olhos as Palavras da revelação de Deus através de Jesus Cristo. Versículo 4: “João, às sete igrejas que se encontram na Ásia, graça e paz a vós outros, da parte daquele que é, que era e que há de vir, da parte dos sete Espíritos que se acham diante do seu trono,” João diz aqui que ele está enviando esta carta para as sete igrejas na Ásia. Tendo escrito as profecias e revelações que Deus o concedeu durante o seu exílio na ilha de Patmos, João enviou a carta para as sete igrejas na Ásia, bem como para todas as igrejas de Deus no mundo inteiro. Versículo 5: “e da parte de Jesus Cristo, a Fiel Testemunha, o Primogênito dos mortos e o Soberano dos reis da terra. Àquele que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados,” Por que João chama Jesus Cristo de “fiel testemunha”? Nosso Senhor veio a este mundo e
  18. 18. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 19 Ouçam a Palavra da Revelação de Deus foi batizado por João Batista para libertar todos aqueles que estão em pecado e prestes a serem destruídos. Através do Seu batismo, Jesus levou todos os pecados do mundo de uma vez, derramou sangue na Cruz para pagar o salário do pecado com a sua própria vida e ressuscitou da morte em três dias. Porque não há nenhum outro senão o próprio Jesus Cristo, que libertou todos os pecadores do mundo de seus pecados, ele é a testemunha viva para a salvação. Ao se referir ao “primogênito dos mortos”, João está nos dizendo que Jesus tornou-se a primícia ao vir a este mundo e cumprir todos os requisitos da Lei – pagando, em outras palavras, o salário do pecado – levando sobre si todos os pecados com o Seu batismo, morte na Cruz e ressurreição da morte. E como Cristo “nos amou e nos libertou de nossos pecados”, Deus libertou de todos os seus pecados aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito. Versículo 6: “e nos constituiu reino, sacerdotes para o seu Deus e Pai, a ele a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém!” Como representante de Deus Pai, Jesus veio a este mundo em carne e salvou os pecadores com o Seu batismo e sangue na Cruz. Com estes atos de graça, Cristo nos limpou e nos fez o povo e sacerdotes de Deus. Para o Pai, que nos deu estas bênçãos da Sua maravilhosa graça, e para o Filho, que é o Seu representante e o nosso Salvador, seja toda a glória, louvor, e graça para todo o sempre! O propósito da encarnação de Cristo foi nos tornar povo e sacerdotes de Deus Pai. Nós fomos feitos “reis”, em outras palavras, do Reino do Céu onde nós viveremos eternamente com Deus. Versículo 7: “Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até quantos o traspassaram. E todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele.
  19. 19. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 20 Ouçam a Palavra da Revelação de Deus Certamente. Amém!” É dito aqui que Cristo virá entre com as nuvens, e eu creio absolutamente nisso. Esta não é uma história de ficção científica, mas a profecia de que Jesus Cristo realmente irá retornar à terra do Céu. Também é dito aqui que “até quantos o traspassaram” o verão. Quem são estes? Estes são aqueles que viram a Palavra da água e do Espírito como uma das meras doutrinas do mundo, mesmo tendo esta Palavra o poder de salvá-los. Quando Cristo voltar, aqueles que o traspassaram com sua descrença com certeza irão lamentar. Eles irão chorar e agonizar, porque quando perceberem que o evangelho da água e do Espírito é realmente o evangelho da redenção e libertação dos pecados, e que Jesus foi batizado por João para levar sobre si todos os pecados do mundo, será muito tarde para eles. Versículo 8: “Eu sou o Alfa e Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-Poderoso.” Pelo “Alfa e Ômega”, João nos diz que o nosso Senhor é o Deus do julgamento de quem o início, o fim do universo e a história da humanidade são derivados. O Senhor retornará para recompensar os justos e julgar os pecadores. Ele é o Deus todo-poderoso que irá julgar os pecados das pessoas e recompensar a justiça daqueles que crêem em Sua justiça. Versículo 9-10: “Eu, João, irmão vosso e companheiro na tribulação, no reino e na perseverança, em Jesus, achei-me na ilha chamada Patmos, por causa da palavra de Deus e do testemunho de Jesus. Achei-me em Espírito, no dia do Senhor, e ouvi, por detrás de mim, grande voz, como de trombeta” A palavra “irmão” é usada quando os
  20. 20. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 21 Ouçam a Palavra da Revelação de Deus companheiros crentes chamam uns aos outros. Na igreja de Deus nascida de novo, aqueles que se tornaram família crendo no evangelho da água e do Espírito chamam uns aos outros de irmãos e irmãs, e estes títulos são dados a nós por nossa fé no evangelho da água e do Espírito. O “Dia do Senhor” se refere aqui ao dia após o sábado, quando Jesus ressuscitou da morte. Neste dia da semana que Jesus ressuscitou, e é por isso que o chamamos de domingo, “o Dia do Senhor”. Este dia marca o fim do tempo da Lei e o início do novo tempo da salvação. Também, com Sua ressurreição, nosso Senhor nos diz que o Seu Reino não está nesse mundo. Versículo 11: “dizendo: O que vês escreve em livro e manda às sete igrejas: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia.” João registrou o que ele viu através da revelação de Jesus Cristo e enviou as cartas para as sete igrejas na Ásia. Isto significa que Deus fala para a Igreja toda através de Seus servos que viveram antes de nós. Versículo 12: “Voltei-me para ver quem falava comigo e, voltado, vi sete candeeiros de ouro,” Porque as Escrituras de Deus ainda não foram completadas nos dias dos Apóstolos, havia a necessidade de mostrar sinais e visões para os discípulos. Quando João voltou a ouvir a voz de Deus, ele viu “sete candeeiros de ouro”. Os candeeiros aqui simbolizam as igrejas de Deus, as comunidades dos santos que crêem na revelação do evangelho da água e do Espírito. Deus foi o Senhor das sete igrejas na Ásia, e Ele foi e é o Cordeiro que toma conta de todos os santos. Versículo 13: “e, no meio dos candeeiros, um
  21. 21. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 22 Ouçam a Palavra da Revelação de Deus semelhante a filho de homem, com vestes talares e cingido, à altura do peito, com uma cinta de ouro.” “Um semelhante ao Filho do Homem”, que João viu “no meio dos candeeiros”, se refere a Jesus Cristo. Como o Cordeiro dos santos, Jesus visita e fala para aqueles que crêem na Palavra da verdade do Seu batismo e crucificação. A descrição de Jesus Cristo feita por João com “vestes talares e cingido, à altura do peito, com uma cinta de ouro” simboliza o status do nosso Senhor como o representante de Deus Pai. Versículo 14: “A sua cabeça e cabelos eram brancos como alva lã, como neve; os olhos, como chama de fogo;” Nosso Senhor é perfeitamente santo, majestoso, e digno. “Os olhos, como chama de fogo” significa que Ele, como o Deus todo poderoso, é o justo Juiz de todos. Versículo 15: “os pés, semelhantes ao bronze polido, como que refinado numa fornalha; a voz, como voz de muitas águas.” Quem nós achamos que Jesus é? Os santos crêem que Ele é o próprio Deus. Nosso Senhor é todo poderoso e não tem fraqueza. Mas porque Ele experimentou nossas fraquezas enquanto viveu nesta terra, Ele tem um profundo entendimento de nossas condições e circunstâncias e, portanto, pode nos ajudar melhor. Aquela voz que era como voz de muitas águas mostra o quanto Deus é santo e todo poderoso. Não há sequer um traço de imperfeição ou fraqueza no Senhor, e Ele é cheio de santidade, amor, majestade e honra. Versículo 16: “Tinha na mão direita sete estrelas, e da boca saía-lhe uma afiada espada de dois gumes. O seu rosto brilhava como o sol na sua força.”
  22. 22. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 23 Ouçam a Palavra da Revelação de Deus “Tinha na mão direita sete estrelas” significa que o Senhor guarda a igreja de Deus. A “espada de dois gumes” que sai da sua boca simboliza que Jesus é o Deus todo poderoso que trabalha com a palavra de autoridade e com poder de Deus. “Como o sol da sua força”, nosso Senhor é o Deus da Palavra, o Deus Onipotente. Versículo 17: “Quando o vi, caí a seus pés como morto. Porém ele pôs sobre mim a mão direita, dizendo: Não temas; eu sou o primeiro e o último.” Este versículo nos mostra o quanto nós somos fracos diante da santidade de Deus. Nosso Senhor sempre é onipotente e perfeito, e Ele se revela para os servos de Deus algumas vezes como amigo e outras vezes como o Deus do julgamento severo. Versículo 18: “e aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno.” Nosso Senhor vive para sempre e tem toda a autoridade no Céu como o representante de Deus Pai. Como Salvador e Juiz da humanidade, Ele é o Deus que tem a autoridade sobre a vida eterna e a morte. Versículo 19: “Escreve, pois, as coisas que viste, e as que são, e as que hão de acontecer depois destas.” Os servos de Deus têm o dever de registrar o propósito e as obras Dele, do passado e do futuro. O Senhor, portanto, falou para João para espalhar pela fé o que Ele lhe revelou, a fé da igreja de Deus que ganharia a vida eterna, e todas as coisas que estão por vir no futuro. Isso é o que Deus, através de João, também nos ordenou.
  23. 23. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 24 Ouçam a Palavra da Revelação de Deus Versículo 20: “Quanto ao mistério das sete estrelas que viste na minha mão direita e aos sete candeeiros de ouro, as sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete candeeiros são as sete igrejas.” O que é o “mistério da sete estrelas”? Significa que Deus construiria Seu Reino nos tornando seu povo através dos Seus servos. “Os candeeiros de ouro” simbolizam as igrejas de Deus construídas por meio dos santos que creram no evangelho da água e do Espírito que Deus deu para a humanidade. Através dos Seus servos e Suas igrejas, Deus mostrou para os crentes qual é o Seu propósito e o que espera este mundo no futuro. Através da Palavra da revelação que Ele mostrou para João e o fez registrar, nós, também, veremos em breve Suas obras com nossos próprios olhos. Eu agradeço e louvo a Deus pela Sua divina providência que revelou todas as coisas que irão acontecer neste mundo.
  24. 24. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 25 Nós Devemos Conhecer as Sete Eras Nós Devemos Conhecer as Sete Eras < Apocalipse 1:1-20 > Eu agradeço a Deus que nos dá esperança nesta época obscura. Nossa esperança é que todas as coisas serão reveladas como estão escritas no Livro de Apocalipse, e esperar pela fé que toda a Palavra da profecia será cumprida. Muito tem sido escrito sobre o Livro de Apocalipse. Enquanto abundam teorias e interpretações de estudiosos, ainda é difícil encontrar uma obra que seja verdadeiramente bíblica em seu método. É só pela graça de Deus que eu, tendo gastado horas estudando e pesquisando sobre o Livro de Apocalipse, estou apto a escrever este livro. Mesmo enquanto eu falo agora, meu coração está cheio da palavra do Apocalipse. O Espírito Santo também me encheu enquanto eu preparava os meus comentários e sermões para este livro. É uma pequena surpresa, então, que meu coração esteja abundantemente preenchido pela esperança do Céu e pela glória do Reino Milenar. Eu também percebi quão glorioso será o martírio dos santos para o nosso Senhor. Agora, estou pronto para compartilhar com você a Palavra da sabedoria que Deus me mostrou e para ajudar você a entendê-la. Enquanto eu escrevo este livro sobre o Apocalipse, a glória de Deus enche meu coração cada vez mais. Com toda franqueza, eu realmente não havia percebido quão grande é a Palavra de Apocalipse. Deus mostrou para João o mundo de Jesus Cristo. O que significam as palavras de abertura, “a Revelação de Jesus Cristo”? A definição no
  25. 25. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 26 Nós Devemos Conhecer as Sete Eras dicionário da palavra revelação é: o ato de revelar ou comunicar a verdade divina. A revelação de Jesus Cristo, portanto, significa a revelação do que aconteceria no futuro em Jesus Cristo. Assim, Deus mostrou a João, um servo de Jesus Cristo, todas as coisas que se passarão no fim dos tempos. Antes de mergulharmos na Palavra de Apocalipse, há uma coisa da qual precisamos estar certos de antemão – ou seja, nós devemos determinar se a Palavra da profecia escrita em Apocalipse é simbólica ou factual. Tudo o que está escrito no Livro de Apocalipse certamente é factual, pois, através das visões de João, Deus revelou para nós com detalhes o que irá acontecer neste mundo. É verdade que muitos estudiosos desenvolveram diferentes teorias teológicas e interpretações sobre as profecias do Apocalipse. Também é verdade que os esforços destes estudiosos têm sido para revelar a verdade do Apocalipse o máximo que podem. Mas tais proposições hipotéticas têm produzido mais danos para o Cristianismo, pois não correspondem com a verdade da Bíblia e apenas trazem confusão. Por exemplo, muitos estudiosos conservadores têm defendido o tão falado “Amilenialismo” – ou seja, eles dizem que não haverá um Reino Milenar. Mas tais opiniões estão longe da verdade bíblica. O Reino de Mil anos é fato registrado no capítulo 20 de Apocalipse, onde está escrito que os santos irão não apenas dirigir este Reino, mas também viverão com Cristo por Mil anos. O capítulo 21, por outro lado, nos fala que depois do Reino Milenar, os santos herdarão novo Céu e nova Terra e viverão e reinarão com Cristo para toda a eternidade. Tudo isso são fatos. A Bíblia nos fala que todas estas verdades serão percebidas não como um cumprimento simbólico
  26. 26. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 27 Nós Devemos Conhecer as Sete Eras nos corações dos crentes, mas como um verdadeiro cumprimento na história. Mas olhando para os Cristãos de hoje, nós percebemos que muitos deles têm pouca esperança pelo Reino Milenar. Se tais afirmações fossem verdadeiras, isso não significaria que as promessas de Deus para os crentes seriam palavras vazias? Se não houvesse o Reino Milenar esperando pelos crentes, nem um Novo Céu e Terra, então a fé daqueles que foram salvos por crerem em Jesus como seu Salvador seria vã. Muitos teólogos e pastores de hoje dizem que a marca do 666 profetizada no Apocalipse é apenas simbólica. Mas não há erro: quando o dia do cumprimento dessa profecia chegar, a fé daquelas pobres almas que acreditaram em tais mentiras irá afundar de vez, como uma casa construída na areia. Aqueles que crêem em Jesus, mas não crêem na Palavra da verdade revelada na Bíblia serão tratados da mesma forma que os não crentes. Isso só pode significar que eles não apenas não conhecem o evangelho da água e do Espírito dado por Deus, mas que o Espírito santo nem mesmo habita em seus corações. É por isso que seus corações não têm esperança pelo Reino Milenar ou pelo Novo Céu e Terra que Deus nos prometeu. Mesmo se eles cressem em Jesus, não creram segundo a verdade escrita na Palavra de Deus. O que está escrito em Apocalipse é a Palavra de Deus que nos mostra o que irá acontecer neste mundo. Os capítulos 2 e 3 de Apocalipse registram a Palavra de admoestação para as sete igrejas na Ásia. Neles são encontradas as recomendações e repreensões de Deus para as sete igrejas. Em particular, Deus prometeu que a coroa da vida será dada para aqueles que perseverarem em sua fidelidade e que superarem suas tribulações. Isso significa que certamente haverá martírio
  27. 27. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 28 Nós Devemos Conhecer as Sete Eras esperando por todos os crentes no fim dos tempos. A Palavra de Apocalipse é sobre o martírio dos santos, sua ressurreição e arrebatamento, e a promessa do Reino Milenar e o Novo Céu e Terra que Deus fez para eles. Esta Palavra pode ser um grande conforto e benção para aqueles que crêem na certeza de seu martírio, mas existe pouco a ser oferecido para aqueles que não crêem nisso. Nós podemos, portanto, viver em fidelidade guardando a nossa fé na Palavra da promessa escrita em Apocalipse e sua Palavra da verdade no fim dos tempos. O assunto mais importante tratado na Palavra de Apocalipse é o martírio, a ressurreição e o arrebatamento dos santos, e o Reino dos mil anos e o Novo Céu e Terra. É por isso que o propósito e a vontade de Deus para a igreja primitiva era que os santos defendessem a sua fé até o fim com o seu martírio. É porque Deus planejou todas estas coisas que Ele falou sobre o martírio para todos os santos. Deus nos falou, em outras palavras, que todos os santos irão vencer o Anticristo por meio do seu martírio no fim dos tempos. Um entendimento completo dos capítulos 1-6 é essencial para entender o Livro de Apocalipse por inteiro. O capítulo 1 pode ser descrito como introdução, enquanto os capítulos 2 e 3 falam sobre o martírio dos santos da Igreja Primitiva. O capítulo 4 nos fala de Cristo sentado no trono de Deus. O capítulo 5 nos fala de Jesus Cristo abrindo o pergaminho do plano do Pai e seu cumprimento, e o capítulo 6 discute as sete eras que Deus preparou para a humanidade. O entendimento do capítulo 6 é particularmente importante, pois abrirá a porta para o entendimento de todo o Apocalipse para você. O capítulo 6 pode ser descrito como o plano para as sete eras que Deus Pai planejou para a
  28. 28. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 29 Nós Devemos Conhecer as Sete Eras humanidade em Jesus Cristo. Neste plano de Deus é encontrada a divina providência para as sete eras que Deus trará para a raça humana. Quando nós conhecermos e entendermos o que estas sete eras são, poderemos perceber em qual delas estamos vivendo agora. Também poderemos perceber que tipo de fé é necessária para nós vencermos a era do cavalo amarelo, a era em que virá o Anticristo. Como descrito em Apocalipse 6, quando o primeiro selo foi aberto, surgiu um cavalo branco. Seu cavaleiro usa um arco, ele recebeu uma coroa, e saiu vencendo, para vencer. O cavaleiro no cavalo branco aqui se refere a Jesus Cristo, enquanto o fato de que ele tinha um arco significa que Ele irá continuar a lutar contra Satanás. Em outras palavras, a era do cavalo branco se refere à era da vitória do evangelho da água e do Espírito que Deus deu à terra, e esta era irá continuar até que o propósito de Deus seja cumprido. A segunda é a era do cavalo vermelho. Ela se refere ao advento da era de Satanás, na qual ele irá enganar o coração das pessoas para gerar guerras, tirar a paz da terra e perseguir os santos. Após a era do cavalo vermelho vem a era do cavalo preto, quando a fome irá atingir o corpo e a alma das pessoas. Você e eu estamos vivendo nesta era da fome espiritual e física. Ela é seguida da era do cavalo amarelo em um futuro próximo, onde o Anticristo virá e com sua chegada o mundo irá cair em calamidades mortais. A era do cavalo amarelo é a quarta era. Nesta era, o mundo será atingido pelas pragas das sete trombetas, onde um terço das florestas serão queimadas, um terço do mar se tornará sangue, um terço da água potável também se tornará em sangue, e um terço do sol e da lua, sendo atingidos, ficarão escuros.
  29. 29. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 30 Nós Devemos Conhecer as Sete Eras A quinta era é a da ressurreição e arrebatamento dos santos. Como registrado em Apocalipse 6:9-10, “Quando ele abriu o quinto selo, vi, debaixo do altar, as almas daqueles que tinham sido mortos por causa da palavra de Deus e por causa do testemunho que sustentavam.Clamaram em grande voz, dizendo: Até quando, ó Soberano Senhor, santo e verdadeiro, não julgas, nem vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?”. A sexta era é a destruição do primeiro mundo. Segundo Apocalipse 6:12-17, “Vi quando o Cordeiro abriu o sexto selo, e sobreveio grande terremoto. O sol se tornou negro como saco de crina, a lua toda, como sangue, as estrelas do céu caíram pela terra, como a figueira, quando abalada por vento forte, deixa cair os seus figos verdes, e o céu recolheu-se como um pergaminho quando se enrola. Então, todos os montes e ilhas foram movidos do seu lugar. Os reis da terra, os grandes, os comandantes, os ricos, os poderosos e todo escravo e todo livre se esconderam nas cavernas e nos penhascos dos montes e disseram aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós e escondei-nos da face daquele que se assenta no trono e da ira do Cordeiro, porque chegou o grande Dia da ira deles; e quem é que pode suster-se?” O que, então, irá acontecer na sétima era que Deus preparou para nós? Nesta última era, Deus dará aos santos o Seu Reino Milenar e o Novo Céu e Nova Terra. Em qual dessas sete eras nós estamos vivendo agora? Tendo passado a era do cavalo vermelho, durante a qual o mundo atravessou muitas guerras, nós estamos vivendo a era do cavalo preto. Toda a Palavra de Apocalipse está escrita não negativamente, mas com espírito positivo para os crentes. Deus disse que Ele não quer apenas dar
  30. 30. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 31 Nós Devemos Conhecer as Sete Eras aos crentes do fim dos tempos esperança para o Seu Reino Milenar, mas também não quer abandoná-los como órfãos no mundo. Para percebermos a verdade revelada em Apocalipse, contudo, nós devemos primeiro descartar os falsos ensinamentos e teorias de arrebatamento pré-tribulação, amilenialismo e arrebatamento pós-tribulação, e retornar às Escrituras. Deus preparou sete eras para nós em Jesus Cristo e estas foram todas planejadas por Deus para os santos em Jesus Cristo no início da Sua criação. Mas porque muitos estudiosos, permanecendo ignorantes sobre estas sete eras preparadas por Deus, ofereceram suas próprias interpretações e hipóteses infundadas sobre a Palavra de Apocalipse, as pessoas ficaram ainda mais confusas. Mas nós devemos reconhecê-las com o conhecimento e fé nesta verdade, dar graças e glórias Deus por tudo o que Ele fez por nós. Todos os planos de Deus para os santos estão preparados e serão cumpridos nestas sete eras. Eu espero que a minha discussão até agora tenha dado um entendimento básico da passagem inicial de Apocalipse. Através do Livro de Apocalipse, nós encontramos a criação de Deus marcada pelo início das setes eras que Ele preparou em Jesus Cristo com o evangelho da água e do Espírito. Conhecendo estas eras, nossa fé se tornará mais forte e iremos perceber quais tipos de provações nos esperam enquanto vivemos na era do cavalo preto e, com isso, poderemos viver pela fé. Os crentes – e isso inclui eu e você – seremos martirizados quando a era do cavalo amarelo chegar como uma das sete eras planejadas por Deus. Quando os crentes perceberem isso, seus corações serão preenchidos pela esperança e seus olhos verão o que eles não podiam ver antes.
  31. 31. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 32 Nós Devemos Conhecer as Sete Eras Quando os servos e o santos de Deus perceberem a iminente chegada da era do martírio, suas vidas serão limpas de toda futilidade, pois assim que eles perceberem que se tornarão mártires na era do cavalo amarelo, seus corações estarão preparados mesmo que não percebam isso no momento. Nós seremos martirizados da mesma forma que os santos da Igreja Primitiva foram martirizados. Você deve perceber que quando a era do cavalo amarelo chegar, o martírio se tornará a realidade inevitável para os verdadeiros crentes, pois imediatamente após o seu martírio será a sua ressurreição. Após o martírio virá a ressurreição, e com a ressurreição virá o arrebatamento, e com o arrebatamento virá o nosso encontro com o Senhor no céu. Após o martírio dos santos, nosso Senhor ressuscitará os santos da morte e os trará por meio do arrebatamento para o banquete da noiva no céu. Quando o arrebatamento dos santos chegar, a terra terá sido tão destruída que estará praticamente inabitável. Um terço das florestas terão sido queimadas; mares, rios e mesmo riachos se tornarão em sangue. Você gostaria de viver em um mundo como esse? Os santos terão mais razões ainda para se unirem ao martírio, pois não haverá mais esperança para o mundo. Você quer viver em um mundo desolado, tremendo de medo? Claro que não! No fim dos tempos haverá o martírio dos santos e, após isso, sua ressurreição e arrebatamento, e com sua ressurreição e arrebatamento a glória da vida eterna com Deus no Reino Milenar e no Novo Céu e Nova Terra. A Bíblia nos fala claramente que após a metade da Grande Tribulação – ou seja, três anos e meio do período de sete anos – os santos serão martirizados por permanecerem contra o
  32. 32. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 33 Nós Devemos Conhecer as Sete Eras Anticristo com sua fé, e isso será seguido por sua ressurreição e arrebatamento e a segunda vinda de Cristo. Em outras palavras, o retorno de Cristo e a ressurreição e arrebatamento dos santos irão ocorrer após o seu martírio durante a Grande Tribulação. Chegou a hora de você pensar com mais cuidado sobre estes assuntos. Nós poderemos ser martirizados mesmo antes da era do cavalo amarelo chegar? Claro que não. Mas a “teoria do arrebatamento pré-tribulação” ensina que todos os santos serão arrebatados por Deus antes do início da Grande Tribulação e que, portanto, eles não irão atravessar os sete anos de Tribulação. Esta visão diz que não há martírio e não crê que a era do cavalo amarelo virá para os santos. Se esta “teoria do arrebatamento pré- tribulação” é verdadeira, o que, então, significa o martírio dos santos de que fala o capítulo 13 de Apocalipse? É dito aqui claramente que os santos serão martirizados porque eles, cujos nomes estão escritos no Livro da Vida de Deus, não desistirão diante de Satanás. Aqueles que ensinam a “teoria do arrebatamento pós-tribulação” também não conseguem entender corretamente a era do cavalo amarelo, e o martírio, ressurreição e arrebatamento dos santos. Segundo esta hipótese, os santos permanecerão nessa terra até que a última das sete trombetas das pragas seja soada. Mas Apocalipse nos fala sem dúvida que a ressurreição e o arrebatamento dos santos ocorrerá quando o último anjo soar a trombeta – antes, em outras palavras, as sete taças da ira de Deus são derramadas. É por isso que Apocalipse é a Palavra do grande conforto e bênçãos para aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito. O “Amilenialismo” trouxe apenas desapontamentos e confusões para as pessoas, e
  33. 33. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 34 Nós Devemos Conhecer as Sete Eras não é a verdade. O que o nosso Senhor prometeu para os Seus discípulos – que os santos serão recompensados com a autoridade para reinar sobre cinco ou dez cidades – é o que realmente acontecerá no Reino Milenar. Você deve lembrar que tais noções hipotéticas como as teorias do arrebatamento pré-tribulação, arrebatamento pós-tribulação e o amilenialismo são alegações sem fundamento que trazem apenas inverdades e confusão para os crentes. Por que, então, Deus nos deu o Livro de Apocalipse? Ele nos deu a Palavra do Apocalipse para nos mostrar Sua providência através das sete eras e para dar àqueles que se tornaram discípulos de Jesus a verdadeira esperança do Céu. Mesmo agora, as coisas estão acontecendo como planejado por Deus. A era na qual vivemos é a era do cavalo preto. No futuro próximo, esta era do cavalo preto passará e a era do cavalo amarelo chegará. E com a era do cavalo amarelo começará o martírio dos santos com a chegada do Anticristo. Esta era é aquela em que o mundo todo será integrado e unido sob a autoridade única do Anticristo. Os discípulos de Jesus devem se preparar agora e estar prontos para encarar com a sua fé a iminente chegada da era do cavalo amarelo.
  34. 34. Você pode baixar os livros cristãos de Paul C. Jong no seu iPhone, iPad ou Blackberry acessando Amazon’s Kindle e-bookstore (www.amazon.com). ◄ Conteúdo ► CAPÍTULO 2
  35. 35. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 36 Carta Igreja de Éfeso Carta à Igreja de Éfeso < Apocalipse 2:1-7 > “Ao anjo da igreja em Éfeso escreve: Estas coisas diz aquele que conserva na mão direita as sete estrelas e que anda no meio dos sete candeeiros de ouro: Conheço as tuas obras, tanto o teu labor como a tua perseverança, e que não podes suportar homens maus, e que puseste à prova os que a si mesmos se declaram apóstolos e não são, e os achaste mentirosos; e tens perseverança, e suportaste provas por causa do meu nome, e não te deixaste esmorecer. Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas. Tens, contudo, a teu favor que odeias as obras dos nicolaítas, as quais eu também odeio. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus.” Exegese Versículo 1: “Ao anjo da igreja em Éfeso escreve: Estas coisas diz aquele que conserva na mão direita as sete estrelas e que anda no meio dos sete candeeiros de ouro.” A Igreja de Éfeso era a igreja de Deus plantada pela fé no evangelho da água e do Espírito que Paulo pregava. Os “sete candeeiros de ouro” nesta passagem se referem às igrejas de Deus, os ajuntamentos daqueles que crêem no
  36. 36. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 37 Carta Igreja de Éfeso evangelho da água e do Espírito, e as “sete estrelas” se referem aos servos de Deus ali. A frase “Aquele que conserva na mão direita as sete estrelas” significa, em outras palavras, que o próprio Deus segura e usa os Seus servos. Nós devemos perceber que o que Deus falou para as sete igrejas na Ásia através do Seu servo João também está endereçado para todas as igrejas dos dias de hoje, que agora estão enfrentando o fim dos tempos. Através das Suas igrejas e Seus servos, Deus fala conosco e nos diz como superar as provações e tribulações que nos esperam. Nós devemos vencer Satanás ouvindo e crendo na Palavra do Apocalipse. Deus fala para todos da Sua igreja. Versículo 2 “Conheço as tuas obras, tanto o teu labor como a tua perseverança, e que não podes suportar homens maus, e que puseste à prova os que a si mesmos se declaram apóstolos e não são, e os achaste mentirosos;” O Senhor qualificou a Igreja de Éfeso pelas suas obras, labor, perseverança, pela sua intolerância ao mal e por provar e revelar os falsos apóstolos. Nós podemos perceber nesta passagem como era grande a fé e a dedicação da Igreja de Éfeso. Mas devemos perceber que, mesmo tendo sido bom o início da sua fé, ela decaiu mais tarde e então se tornou inútil. Nossa fé deve ser a verdadeira fé que começa e firme permanece da mesma forma até o fim. Mas a fé dos servos da Igreja de Éfeso não era assim e, por isso, a Igreja foi duramente advertida por Deus de que Ele moveria Seu candeeiro do lugar. Como a história da igreja revela, as sete igrejas da Ásia Menor estavam fadadas a terem seus candeeiros removidos. Nós devemos aprender com as lições da Igreja de Éfeso e lembrar que nossas igrejas devem ser aprovadas por Deus e fundamentadas na fé do
  37. 37. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 38 Carta Igreja de Éfeso evangelho da água e do Espírito, também lembrar que devemos nos tornar servos de Deus que mantêm nossas igrejas por esta fé. Versículo 3: “e tens perseverança, e suportaste provas por causa do meu nome, e não te deixaste esmorecer.” Nosso Senhor olha para todas as Suas igrejas e sabe bem como os Seus santos trabalham pelo Seu nome. Mas os santos da Igreja de Éfeso estavam esquecendo de sua primeira fé e começaram a cair em caminhos errados, misturando o evangelho da água e do Espírito com outras crenças. Versículo 4: “Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor.” As obras da fé dos servos e santos da Igreja de Éfeso eram tão grandes que o próprio Senhor elogiou-as por suas obras, labor e perseverança. Eles testavam e descobriam falsos apóstolos, perseveravam e trabalhavam pelo nome do Senhor e não se deixaram esmorecer. Mas, no meio destas obras, eles perderam o mais importante de tudo: eles deixaram o primeiro amor dado por Jesus Cristo. O que significa isso? Significa que eles falharam em guardar o evangelho da água e do Espírito que permitiu que eles fossem libertos de uma vez por todas de seus pecados pela fé no Senhor. O seu abandono do evangelho da água e do Espírito, por outro lado, significa que eles aceitaram novos ensinamentos e outros evangelhos em sua igreja. O que eram, então, estes novos evangelhos e ensinamentos? Eram as filosofias mundanas e ideologias humanistas. Estas coisas ainda permanecem contra a verdade da salvação que Deus deu à humanidade. Elas podem ser benéficas para a carne humana, ou mesmo talvez
  38. 38. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 39 Carta Igreja de Éfeso conduzir à unidade e paz entre as pessoas, mas não podem fazer os corações das pessoas se unirem a Deus. Foi assim que os servos e santos da Igreja de Éfeso transformaram sua fé em uma fé apóstata, abominável diante de Deus, e é por isso que foram reprovados pelo Senhor. Quando olhamos para a história da igreja, podemos ver que o evangelho da água e do Espírito começou a se degenerar desde o tempo da Igreja Primitiva. Aprendemos então que nós devemos guardar com firmeza o evangelho da água e do Espírito, agradar a Deus com nossa fé permanente e superar Satanás e o mundo em nossa luta contra eles. O que era, então, o “primeiro amor” para os servos e santos da Igreja de Éfeso? O seu primeiro amor não era outro senão o evangelho da água e do Espírito que Deus os deu. O evangelho da água e do Espírito é a Palavra da salvação que tem o poder de libertar a todos dos pecados do mundo. Deus revelou a Paulo, João e aos servos das sete igrejas na Ásia o que o evangelho da água e do Espírito era e os permitiu que o compreendessem. Foi assim que eles puderam crer no evangelho e como aqueles que ouviram e creram no evangelho pregado por eles puderam ser salvos de todos os pecados do mundo. Versículo 5: “Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas.” O significado da queda dos servos da Igreja de Éfeso é que a congregação abandonou o evangelho da água e do Espírito. É por isso que o Senhor nos falou para refletirem sobre onde eles podem ter perdido a sua fé, arrepender-se e voltarem à prática das primeiras obras. O que, então, pode ter causado na Igreja de
  39. 39. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 40 Carta Igreja de Éfeso Éfeso a perda do evangelho da água e do Espírito? A fraqueza na fé da Igreja de Éfeso, seguida pelos pensamentos carnais dos seus servos, é o que leva a igreja à instabilidade. O evangelho da água e do Espírito é de Deus, a absoluta verdade que revelou todas as mentiras das falsas doutrinas e ensinamentos de todas as religiões deste mundo. Isso significa que quando a Igreja de Éfeso pregava e divulgava o evangelho da água e do Espírito, o conflito com as pessoas mundanas era inevitável. Este conflito tornou mais difícil para os crentes da Igreja de Éfeso lidar com as pessoas mundanas, fazendo com que fossem perseguidos pela fé. Para evitar isso e tornar as coisas mais fáceis para as pessoas entrarem na Igreja de Deus, os servos da Igreja de Éfeso se afastaram do evangelho da água e do Espírito e permitiram que outro evangelho filosófico fosse ensinado. O “evangelho filosófico” aqui é o falso evangelho derivado de pensamentos humanísticos que buscavam não apenas restaurar o relacionamento entre Deus e o homem, mas também trazer paz no relacionamento entre os homens. Este tipo de fé horizontal e vertical não é o tipo de fé que Deus quer de nós. A fé que Deus quer de nós é a fé que, através da nossa relação obediente com Deus, restaure a nossa paz com Ele. A razão pela qual os servos da Igreja de Éfeso perderam o evangelho da água e do Espírito é porque eles tentaram aceitar o que não poderia ser aceito na igreja de Deus – ou seja, as pessoas mundanas que não crêem no evangelho da água e do Espírito – e adequaram seus ensinamentos aos seus caprichos. A igreja de Deus só pode ser plantada na fundação da Palavra do evangelho da água e do Espírito. Mas existem muitas pessoas, nos dias de hoje e na Igreja Primitiva, que pensam que é
  40. 40. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 41 Carta Igreja de Éfeso suficiente crer em Jesus de qualquer forma para ser salvas e que não vêem porque devem crer no evangelho da água e do Espírito. Mas crer em Jesus e ignorar o evangelho da água e do Espírito dado por Deus é uma fé errada. Aqueles que crêem no Senhor apenas como uma mera prática religiosa, sem inspiração, se tornarão inimigos de Deus. É por isso que o Senhor repreendeu e admoestou os servos da Igreja de Éfeso para se arrependerem da sua fé errada e retornarem para a fé primeira e verdadeira, a primeira fé que eles tiveram quando ouviram o evangelho da água e do Espírito pela primeira vez. Há uma importante lição para nós aqui: se uma igreja de Deus cai na sua fé no evangelho da água e do Espírito, Deus não a chamará mais de Sua igreja. É por isso que o Senhor disse que Ele removeria o candeeiro do lugar e o daria para os crentes no evangelho da água e do Espírito. Uma igreja que abandonou e não prega mais o evangelho da água e do Espírito não é uma igreja de Deus. É importantíssimo para nós percebermos que crer, defender e pregar o evangelho da água e do Espírito é muito mais importante que qualquer outra obra. A Ásia Menor, onde as sete igrejas citadas estão localizadas, agora é uma região de Muçulmanos. O Senhor, portanto, removeu o candeeiro, a igreja de Deus, dali e nos fez pregar o evangelho da água e do Espírito por todo o mundo. Na verdadeira igreja de Deus, o evangelho da água e do Espírito é a verdade, ela não pode existir sem esse evangelho. Os doze discípulos de Jesus tinham uma fé consistente no evangelho da água e do Espírito durante a época apostólica (1 Pedro 3:21, Romanos 6, 1 João 5). O que é mais triste, todavia, é que as igrejas de Deus da Ásia Menor perderam o evangelho da água e do Espírito, desde a época da Igreja Primitiva, e que essa região se tornou
  41. 41. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 42 Carta Igreja de Éfeso muçulmana como resultado. Além disso, mesmo a Igreja de Roma foi atingida pela tragédia de perder o evangelho da água e do Espírito com o Edito de Milão publicado pelo Imperador Romano Constantino. Versículo 6: “Tens, contudo, a teu favor que odeias as obras dos nicolaítas, as quais eu também odeio.” Os Nicolaítas eram aqueles que usavam o nome de Jesus para perseguir os seus ganhos materiais e mundanos. Mas a Igreja de Éfeso odiava as obras e as doutrinas deles. Para a Igreja de Éfeso, esta era uma coisa que foi grandemente reconhecida por Deus. Versículo 7: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus.” Os servos e santos de Deus devem ouvir o que Espírito Santo falar para eles. O que o Espírito Santo os fala é para defender sua fé e espalhar o evangelho da água e do Espírito até o fim. Para isso, eles devem lutar contra aqueles que espalham as mentiras. Perder a luta contra a mentira significa destruição. Os crentes e servos de Deus devem conquistar e vencer seus inimigos com seus braços – ou seja, com a Palavra de Deus e o evangelho da água e do Espírito. Deus disse, “Ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus”. Deus dará os frutos da árvore da vida para “os vencedores”. Mas vencer significa o que? Nós temos que vencer com a nossa fé aqueles que não crêem no evangelho da água e do Espírito. Os crentes devem se empenhar constantemente nas batalhas espirituais com aqueles que pertencem à mentira
  42. 42. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 43 Carta Igreja de Éfeso e devem sair como vitoriosos nestas batalhas pela sua fé. Também devem dar toda a glória a Deus e viver uma vida de vitória com sua fé no evangelho da água e do Espírito. Apenas aqueles que, com a sua fé na verdade, vencerem seus inimigos na luta estarão aptos a viver no Novo Céu e Nova Terra dada por Deus. No tempo da Igreja Primitiva, aqueles que buscavam crer e defender o evangelho da água e do Espírito tinham que enfrentar o martírio. Da mesma forma, quando chegar o tempo da vinda do Anticristo, virão muitos outros martírios.
  43. 43. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 44 A Fé que Pode Abraçar o Martírio A Fé que Pode Abraçar o Martírio < Apocalipse 2:1-7 > Para a maioria de nós, martírio não é uma palavra familiar, mas para aqueles que cresceram em uma cultura não cristã é ainda mais estranha. Certamente a palavra “martírio” não é uma palavra que encontramos freqüentemente em nossa vida diária; nos sentimos distantes e separados desta palavra, pois é muito surreal para nós imaginarmos o nosso verdadeiro martírio. Todavia, os capítulos 2 e 3 do Livro de Apocalipse falam sobre este martírio e das suas Palavras nós devemos estabelecer a fé no martírio em nossos corações – ou seja, a fé com a qual nós poderemos ser martirizados. Os imperadores romanos eram os governantes absolutos do seu povo.Tendo o poder absoluto sob o seu domínio, eles podiam fazer qualquer coisa que seus corações desejassem. Tendo pago e ganho muitas guerras, o Império Romano subjugou muitas nações sob a sua lei, enriquecendo com os tributos pagos pelas nações conquistadas. Não tendo perdido nenhuma guerra, uma pequena nação cresceu para se tornar um dos maiores impérios do mundo. Apenas o céu era o limite do poder que o seu imperador recebeu, esse poder era tão grande que eles eventualmente eram adorados como deuses vivos pelo povo. Não era incomum para os imperadores, por exemplo, construir estátuas com sua imagem e deixar que as pessoas ajoelhassem diante delas. Para os imperadores que se proclamavam deuses, a proliferação dos crentes em Jesus foi uma séria ameaça ao seu poder absoluto. Proibindo as
  44. 44. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 45 A Fé que Pode Abraçar o Martírio reuniões dos Cristãos, eles recorreram a políticas opressivas para perseguir os crentes, prendendo, encarcerando e, até mesmo, os executando pela sua fé. Para fugir deste cenário histórico que os Cristãos Primitivos desciam a lugares como as Catacumbas para escaparem da perseguição, e é essa perseguição que criou a base para que eles abraçassem o martírio para defenderem sua fé justa. Foi assim que os mártires surgiram na época da Igreja Primitiva. Os santos daquela época, é claro, não eram martirizados simplesmente por se recusarem a reconhecer a autoridade dos imperadores. Eles reconheciam a sua autoridade terrena, mas não aceitavam mais aquela autoridade quando eram forçados a adorar um homem como deus e abandonar Jesus de seus corações, mesmo pagando o preço com suas próprias vidas. Os imperadores Romanos mandavam os Cristãos negarem a Jesus e a adorá-los não simplesmente como imperadores, mas também como deuses. Sem poder e sem querer desistir diante dessas situações, os Cristãos Primitivos continuaram a enfrentar a perseguição e a ser martirizados para defenderem a sua fé, até que o Edito de Milão em 313 D.C. finalmente trouxe a eles a liberdade religiosa. Assim como estes pais na fé que viveram antes de nós, também preferiremos a morte justa do que abandonar a nossa fé. A passagem acima sobre as sete igrejas da Ásia Menor não é apenas uma descrição das circunstâncias e situações daquele tempo, mas também é uma revelação sobre o que acontecerá no mundo. Nela é encontrada a revelação de que os servos de Deus e Seus santos serão martirizados para defender a sua fé. Assim como no tempo do Império Romano, virá um tempo em que um governante absoluto surgirá em uma versão moderna de imperador romano, sujeitando
  45. 45. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 46 A Fé que Pode Abraçar o Martírio a todos sob o seu reino tirânico, fazendo estátuas com a sua imagem, requerendo a todos que se ajoelhem diante delas e pedindo que seja adorado como um deus. Isso não está muito longe do nosso próprio tempo e, quando esta época chegar, muitos santos seguirão os passos dos crentes da Igreja Primitiva rumo ao martírio. Nós devemos, portanto, guardar em nossos corações a Palavra de admoestação que nosso Senhor deu às sete igrejas na Ásia. Congratulando, encorajando e admoestando as sete igrejas na Ásia, Deus prometeu a elas que “aquele que vencer” irá “comer da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus”, e receber a “coroa da vida”, “o maná escondido”, “a estrela da manhã” e mais! É a promessa fiel de Deus para aqueles que vencerem através do seu martírio, que Ele dará todas as bênçãos eternas do Céu. Como, então, os santos da Igreja Primitiva puderam enfrentar o seu martírio? A primeira coisa que precisamos nos lembrar é que aqueles que foram martirizados eram os servos de Deus e Seus santos. Nem todos podem ser martirizados, mas apenas aqueles que crêem em Jesus como seu Salvador, que não desistirem durante a perseguição e que abraçarem a sua fé e confiarem no Senhor, poderão ser martirizados. O Apóstolo João, a quem nós vemos aqui repreendendo a Igreja de Éfeso no seu exílio na ilha de Patmos, era o último apóstolo vivo entre os doze Apóstolos de Jesus. Todos os outros apóstolos foram martirizados, bem como outros santos. Falando historicamente, os santos das sete igrejas na Ásia eram apenas alguns entre os incontáveis cristãos que foram martirizados até 313 D.C. Fugindo da perseguição das autoridades romanas, eles literalmente foram para baixo, escavando cavernas para escapar do seu alcance e reunindo-se para adorar em
  46. 46. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 47 A Fé que Pode Abraçar o Martírio cemitérios conhecidos como Catacumbas – atravessando tudo isso e muito mais, eles nunca renunciaram a sua fé e abraçaram com vontade o seu martírio. Os servos e santos das sete igrejas na Ásia, incluindo a Igreja de Éfeso, apesar de serem repreendidos por Deus aqui, também foram todos martirizados. O que os capacitou para serem martirizados foi a sua fé no Senhor. Todos eles criam que o Senhor era Deus, que Ele levou todos os seus pecados e que era o Pastor que os guiaria para o Reino Milenar e para o Novo Céu e Nova Terra. É essa fé e a convicção da esperança que permitiu que eles vencessem todo o seu medo e temor da morte pelo seu martírio. Nós estamos vivendo agora no fim dos tempos. Não está muito longe o tempo em que o mundo será unido sob uma única autoridade e que um governante que terá poder absoluto surgirá. Este governante absoluto, como está escrito em Apocalipse 13, irá ameaçar as vidas dos santos e pedirá que eles renunciem à sua fé. Mas nós, os santos do fim dos tempos, poderemos vencer suas ameaças e coerções e defender a nossa fé através do nosso martírio, porque nós temos a mesma fé que os santos da Igreja Primitiva tinham. Nos versos 4-5, Deus repreendeu a Igreja de Éfeso,dizendo, “Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas.” O que isso significa? Significa que a Igreja de Éfeso tinha abandonado o evangelho da água e do Espírito. Todos os santos da Igreja Primitiva, incluindo aqueles da Igreja de Éfeso, criam no evangelho da água e do Espírito. É por isso que os discípulos de Jesus divulgavam e pregavam o evangelho da água e
  47. 47. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 48 A Fé que Pode Abraçar o Martírio do Espírito. Portanto, o evangelho que os santos receberam dos Apóstolos foi o evangelho completo, não o falso, criado por homens que só crê no sangue da Cruz. Mas está dito aqui que os servos da Igreja de Éfeso abandonaram o seu primeiro amor, isso significa que eles tinham abandonado o evangelho da água e do Espírito em seu ministério da igreja. É por isso que o Senhor disse que removeria o candeeiro do seu lugar ao menos que a igreja se arrependesse. Remover o candeeiro de seu lugar significava remover a igreja, que, por conseguinte, significava que o Espírito Santo não poderia mais trabalhar na Igreja de Éfeso. Para os servos da Igreja de Éfeso, retornar para o evangelho da água e do Espírito não era realmente algo difícil para se fazer, mas este era o menor dos seus problemas. O que os levou a ter problemas foi que, enquanto criam no evangelho da água e do Espírito em seus corações, eles falharam explicitamente em pregar no que eles criam. Eles aceitaram em sua igreja todos aqueles que meramente confessavam Jesus como seu Senhor, mesmo se que não cressem no evangelho da água e do Espírito, quando na verdade confessar a fé no evangelho da água e do Espírito significava para os crentes estar preparado para o martírio. Dessa forma, eles recebiam, em outras palavras, todos aqueles que vinham para a igreja, independentemente se aquela pessoa tinha ou não a fé em Deus e no Seu evangelho da água e do Espírito. Porque a entrada na igreja de Deus requeria muito sacrifício e porque os servos da Igreja de Éfeso estavam com medo que estes sacrifícios evitassem que pessoas entrassem na igreja, eles falharam em pregar a verdade absoluta em seus precisos termos. Mas como o Espírito Santo não pode habitar
  48. 48. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 49 A Fé que Pode Abraçar o Martírio onde não está a verdade, Deus disse que Ele removeria o candeeiro. Não por causa da falta de obras dos servos e santos da Igreja de Éfeso que Deus disse que removeria a igreja; pelo contrário, disse que não poderia continuar habitando na Igreja porque a verdade não podia mais ser encontrada ali. É um requisito absoluto que a igreja de Deus siga o evangelho da água e do Espírito. Os servos e santos de Deus devem não somente crer no evangelho, mas também pregá-lo e ensiná-lo nos seus termos precisos e absolutos, pois apenas neste evangelho nós podemos encontrar o amor de Deus, Sua graça e todas as Suas benção para nós. Em vez de pregar o evangelho, os servos da Igreja de Éfeso aceitaram em sua congregação aqueles que só criam no sangue na Cruz. Mas mesmo para um servo nascido de novo, para um santo ou para a igreja, crer mas não pregar o evangelho da água e do Espírito, que levou todos os nossos pecados com o batismo de Jesus e Seu sangue na Cruz, tornará todas as obras do nosso Senhor inúteis. Apesar de podermos faltar diante dos olhos de Deus, se crermos e pregarmos este evangelho, o Senhor poderá habitar e trabalhar em nós com o Espírito Santo. Mesmo se os servos de Deus ou os santos estiverem cheios de deficiências, o Senhor poderá ensiná-los e guiá-los através da Sua Palavra. Na igreja do evangelho da água e do Espírito o Espírito Santo é encontrado e a presença dEle significa que esta é santa. Não pode haver santidade para os servos de Deus ou santos se eles não pregarem o evangelho da água e do Espírito. Eles podem dizer que não tem mais pecados, mas a santidade não pode ser encontrada onde o evangelho da água e do Espírito não é pregado. Este é o evangelho que os santos da Igreja
  49. 49. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 50 A Fé que Pode Abraçar o Martírio Primitiva criam, o evangelho que proclama que o Senhor veio a terra para salvar a humanidade, tomando sobre si todos os pecados do mundo com o Seu batismo e levando todos eles com a Sua morte na Cruz. Ele levou todas as nossas fraquezas e deficiências com o Seu batismo. Deus levou todos os pecados das nossas fraquezas e deficiências, e se tornou o nosso eterno Pastor. Tendo sido tão ricamente abençoado, como alguém pode trocar o Senhor por um imperador Romano e adorar um mero mortal como seu deus? Porque a graça de Deus foi tão grande e abundante, nem as promessas, nem as ameaças de um imperador Romano puderam fazer os santos negarem o amor de Deus e eles abraçaram com vontade e alegria o martírio para defenderem a sua fé. Eles desafiaram ambas as ameaças que buscavam coagi-los a renunciar a sua fé e os esforços para indicá-los a cargos públicos a fim de convencê-los a abandonar sua fé por benefícios materiais. Nada podia fazê-los renunciar a sua fé e abandonar o seu Deus, e esta fé imortal foi o que permitiu que eles fossem martirizados. Os corações dos mártires estavam cheios de agradecimentos pela graça e amor de Deus que havia libertado todos eles de seus pecados através do evangelho da água e do Espírito. Aqueles cuja fé não podia negar o amor de Deus, que tinha libertado para sempre todos eles de seus pecados, abraçaram o martírio sobre a apostasia. O tempo virá quando, assim como os imperadores romanos exigiram que os santos da Igreja Primitiva reconhecessem a sua santidade e os adorassem como deuses, nós também seremos coagidos a renunciar a nossa fé. Quando isso acontecer, devemos seguir os passos dos nossos ancestrais na fé e defender nossa fé com o martírio.
  50. 50. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 51 A Fé que Pode Abraçar o Martírio Apesar de sermos cheios de deficiências, Deus nos amou tanto que Ele levou todas as nossas deficiências e pecados sobre si. Inobstante sermos tão pequenos diante da Sua glória, ele nos aceitou em Seus braços. Ele não apenas nos abraçou, mas também resolveu todos os problemas do pecado e da destruição e nos tornou Seus filhos e Suas noivas para sempre. É por isso que nunca podemos negar a nossa fé Nele e devemos abraçar o martírio com vontade e alegria pelo Seu nome. O martírio é para defender o primeiro amor que Deus deu para nós. Não é um produto de emoções humanas, pelo contrário, vem da fé no fato de que Deus deu a todos as Suas bênçãos, não obstante as nossas deficiências e fraquezas. Não é pela nossa força de vontade que nós seremos martirizados, mas pela nossa fé na grandeza de Deus. Existem, é claro, pessoas que morrem mártires pelo seu país ou ideologia. Estas pessoas têm uma convicção inabalável que o que eles crêem é o certo e estão dispostos a perder a vida pelas suas causas. Mas e nós? Como podem os filhos de Deus que nasceram de novo da água e do Espírito através da fé em Jesus Cristo serem martirizados? Nós podemos ser martirizados porque estamos muito agradecidos pelo evangelho com o qual nosso Senhor nos amou e nos salvou. Porque Deus nos aceitou apesar de nossas inúmeras deficiências, porque Ele nos deu o Espírito Santo e porque Ele nos tornou Seu povo e nos abençoou para viver eternamente na Sua presença, nós nunca podemos abandoná-Lo. Deus também nos prometeu o Novo Céu e a Nova Terra e por esta esperança nós não podemos abandonar a nossa fé. Não importa o que aconteça – mesmo se o Anticristo nos ameaçar e nos perseguir até a morte no fim dos tempos – nós nunca podemos negar nosso Senhor e Seu evangelho da água e do Espírito. Mesmo se
  51. 51. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 52 A Fé que Pode Abraçar o Martírio formos carregados aos pés do Anticristo para a morte, nunca poderemos renunciar a graça e amor de Deus que nos salvou. Como diz o ditado, “nem por cima dos nossos cadáveres” iremos negar o Senhor. Nós podemos ser coagidos a fazer outras coisas, mas há uma coisa que nunca iremos sucumbir: não deixaremos, nem renunciaremos o amor de Cristo que nos salvou. Você pensa que o Anticristo teria misericórdia de nós porque temos deficiências? É claro que não! Ele não se importaria! Mas, nosso Senhor nos fez completos, levando sobre ele todos os nossos problemas e sendo julgado em nosso lugar, apesar de sermos tão fracos e deficientes. É por isso que não podemos deixar o amor da salvação de Deus, que nos libertou através do evangelho da água e do Espírito, nem abandonar a nossa fé no primeiro amor. Nada pode ser abandonado, ao menos que nós façamos isso em nossos corações. Da mesma forma, se nós mantermos a nossa fé em nossos corações, poderemos defender a nossa fé até o fim, não importa quantas ameaças, promessas ou coerção sejam usadas contra nós. Se reconhecermos em nosso coração o precioso amor de Deus por nós e se nos prendermos a esse amor até o fim, nós poderemos defender o evangelho até o fim dos dias. Para aqueles que andam na fé, o martírio não é difícil de abraçar. Devemos pensar seriamente sobre a possibilidade do nosso próprio martírio. Ele não é apenas dor e sofrimento permanentes. Nossa carne é de tal forma que até mesmo o menor furo de uma agulha pode trazer dores insuportáveis. O martírio não é resistir a tais dores na carne. Pelo contrário, o martírio é desistir da nossa própria vida. Martírio não é sofrer meramente dores físicas, mas realmente perder a vida. Quando o Anticristo pedir que o adoremos como deus, nós iremos resistir até a nossa própria morte. Porque apenas o Senhor é o nosso Deus e só Ele merece
  52. 52. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 53 A Fé que Pode Abraçar o Martírio a nossa adoração, é cabível que sejamos martirizados para defender o Seu nome. Nós não podemos trocar esta fé por nada. O Anticristo, que nega a Deus e pede para ser adorado como deus, realmente merece ser adorado? É claro que não! Apenas Deus tem o poder de criar o mundo e o universo. Só ele tem o poder sobre a vida e a morte, só Ele não tem defeitos, pecados e é completamente justo diante de toda a criação, e só ele tem o poder de tirar os pecados do mundo. E o Anticristo? A única coisa que o Anticristo tem é o poder mundano. É por isso que nós não podemos trocar o nosso Senhor por ele e é por isso que nunca podemos renunciar a nossa fé no Deus Todo-Poderoso. Deus é o único que com certeza nos fará eternamente felizes. Ele irá ressuscitar aqueles que foram feitos sem pecados, pela crença em Jesus Cristo, em corpos glorificados e abrirá o portão do Reino Milenar e para o Novo Céu e Nova Terra para eles. Mas aqueles que se prostrarem diante do Anticristo irão enfrentar a punição eterna e serão lançados no inferno com Satanás. Seria a coisa mais idiota a fazer se nós jogássemos fora a nossa felicidade eterna para apoiarmos o Anticristo com medo da dor e do sofrimento passageiros. Conhecendo esta verdade, aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito em seus corações irão resistir bravamente ao Anticristo, serão martirizados e receberão a felicidade eterna como recompensa pelo seu sacrifício. Você e eu, nós seremos todos martirizados. Não cometa um erro: quando a era do cavalo negro terminar, a era do cavalo amarelo chegará e, então, o Anticristo surgirá e as pragas das sete trombetas se iniciarão. O Anticristo certamente surgirá, nós os cristãos certamente seremos martirizados e com a nossa ressurreição certamente seremos arrebatados, então
  53. 53. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 54 A Fé que Pode Abraçar o Martírio entraremos no Reino dos Mil anos. É por isso que nós teremos que estar dispostos a sermos martirizados quando o Anticristo nos perseguir e pedir a nossa morte. Quo Vadis, um dos filmes clássicos, mostra muitos cristãos que desistiram de suas vidas para defenderem a sua fé e cantavam louvores, mesmo quando eram mortos. O filme é uma ficção, mas o contexto histórico é todo verdadeiro – ou seja, muitos cristãos desistiram de suas vidas para defenderem a sua fé. Por que eles fizeram isso? Porque o que as autoridades romanas exigiam deles – negarem a Deus, adorarem outros deuses e abandonarem a sua fé – era algo que eles não podiam aceitar. Se eles tivessem mudado o seu Deus, como exigido pelos imperadores romanos, teriam mudado tudo. O imperador teria se tornado seu deus, os teria subjugado sob a sua tirania e eles morreriam em batalha como sua marionete. Eles não seriam libertos do pecado, nem poderiam entrar no Novo Céu e Nova Terra. É por isso que não podiam desistir da sua fé e deviam escolher encarar a morte certa com alegria e louvor. Eles podiam cantar louvores ao Senhor mesmo quando estavam morrendo, porque sua esperança era maior do que a dor da morte. É absolutamente importante para nós defender o evangelho da água e do Espírito. Também é imperativo vivermos em esperança, crendo que além da nossa morte a vida eterna, nos espera um novo mundo cheio de alegria e glória. Você já sofreu pelo Senhor? Você realmente já sofreu, não em razão das nossas fraquezas ou erros, mas por causa do Senhor? Se o nosso sofrimento é pelo Senhor, todas as nossas dores se tornarão em grande alegria. Como o Apóstolo Paulo expressava esta alegria, “Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a
  54. 54. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 55 A Fé que Pode Abraçar o Martírio glória a ser revelada em nós” (Romanos 8:18). Porque a alegria da glória que será revelada em nós será muito maior do que a dor do sofrimento pelo Senhor, todos os nossos sofrimentos presentes serão enterrados sob a grande alegria e felicidade da nossa fé. Em outras palavras, os santos e os mártires da Igreja Primitiva podiam superar a sua dor e desistir das suas vidas pelo Senhor porque sabiam que a alegria que os aguardava era maior do que o seu sofrimento imediato. O seu martírio não era um produto da habilidade que eles tinha para lidar com a dor e suportarem o sofrimento, mas da sua esperança na glória que os aguardava. Geralmente, as pessoas suportam suas dores pensando que elas podem lidar com isso. É uma batalha difícil e cansativa. Quando a sua resistência traz desapontamento, a sua frustração torna-se ainda maior – todo aquele sofrimento por nada! Mas para nós Cristãos, o que se torna maior é a alegria e a felicidade da nossa perseverança, pois estamos seguros na certeza da nossa esperança e recompensa. Se guardarmos a nossa mente para servirmos ao Senhor com todo o nosso coração, como servos fiéis, nós sabemos que a alegria e o conforto que nos esperam será maior do que a dor dos nossos sacrifícios presentes. Porque todas as dificuldades serão enterradas nesta alegria, nós todos podemos viver nossas vidas pelo Senhor e mesmo abraçar o nosso martírio por Sua causa. As pessoas têm almas, emoções, pensamentos e fé. Para as almas nascidas de novo, porque o Espírito do nosso Senhor está habitando nelas, ser perseguido por sua justiça só poderá trazer alegria e felicidade indescritíveis pela glória que os aguarda. Mas, se eles deixarem o primeiro amor, o Senhor não hesitará em remover o candeeiro. Se aqueles que serviram com alegria ao
  55. 55. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 56 A Fé que Pode Abraçar o Martírio evangelho da água e do Espírito com todo o seu coração e vida cessarem de fazer isso, só poderia significar que deixaram gradualmente a alegria de servir ao evangelho, o seu primeiro amor, mesmo se não abandonaram totalmente o evangelho. Eles ainda podem estar guardando a sua fé, mas se não pregarem mais o evangelho e não tiverem mais um claro entendimento do que é necessário para ser salvo – que o sangue da Cruz não é suficiente para a salvação – então a sua fé será diluída e seu martírio se tornará inalcançável. Deus então removerá o seu candeeiro do lugar. Aqueles que servem ao evangelho com alegria e firmeza poderão abraçar o martírio, porque nunca deixaram o seu primeiro amor. Porque estas pessoas foram abençoadas por Deus, por crerem e pregarem o amor de Cristo, elas podem ser martirizadas. Não importa a sua capacidade ou seus dons; se você não pregar o evangelho da água e do Espírito, a igreja será removida do seu lugar. Esta é uma mensagem importante que Deus quer que guardemos. Se nós percebermos e crermos nesta verdade, podemos renovar nossos corações no fim dos tempos e poderemos ser martirizados pelo nome do Senhor. Qual é a essência fundamental que sustenta a nossa fé? É o evangelho da água e do Espírito. Se não fosse o evangelho da água e do Espírito, de que valeria as nossas obras de fé? A razão pela qual nós podemos manter a nossa fé é porque Deus nos amou e nos abraçou em Seus braços com Seu evangelho da água e do Espírito. Porque este amor é imutável, que nos glorifica, nós podemos manter a nossa fé e continuar pregando e espalhando o evangelho. Apesar das nossas fraquezas, nós podemos buscar a Deus até o final, porque o evangelho da água e do Espírito nos salvou e porque neste evangelho é encontrado o amor de Cristo. Nós
  56. 56. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 57 A Fé que Pode Abraçar o Martírio somos cheios de fraquezas, mas porque fomos agasalhados pelo evangelho da água e do Espírito, que está cheio do amor do nosso Senhor, podemos amar nossos irmãos e irmãs, os servos de Deus e todas as almas do mundo. Fundamentalmente, o perfeito amor está além do alcance humano. Porque não há amor entre nós, somos incapazes de amar alguém além de nós mesmos, em razão do nosso egoísmo. Muitas pessoas são enganadas pelo que aparece no exterior, julgam as pessoas segundo o que elas possuem. Mas entre os verdadeiros crentes está presente o amor de Deus. É isso que nos permite pregar o evangelho, o perfeito amor de nosso Senhor. Nosso Senhor veio a essa terra, foi batizado para aceitar todas as nossas fraquezas e nos limpou de todos os nossos pecados para nos salvar. Como, então, podemos deixar o nosso primeiro amor que nos fez filhos de Deus? Nós podemos fraquejar em muitos aspectos, mas nunca podemos fraquejar na nossa fé nesta verdade. Devemos pregar este evangelho com nossa fé absoluta. O que é mais necessário em tempos de tribulação é exatamente esta fé no evangelho da água e do Espírito. Quando enfrentarmos provações e tribulações, a força para defender a nossa fé e vencer as dificuldades virá apenas da fé no evangelho da água e do Espírito. É pelo poder deste evangelho que nossa face pode brilhar, mesmo quando estamos fracos pelas incontáveis lutas que nós encaramos em nossas vidas diárias. Este é o amor do nosso Senhor. Algumas vezes, as pessoas estão a ponto de cair na armadilha do legalismo, pensam que Deus as abençoou pelo que elas fizeram. Eu não diria, é claro, que isso é inteiramente falso, pois Deus disse que ele amaria aqueles que o amassem, mas não é pelo que nós fizemos que
  57. 57. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 58 A Fé que Pode Abraçar o Martírio Deus nos amou tanto para nos tornar sem pecados. Porque Deus conhece todas as promessas que Ele fez para nós e todos os nossos pecados, Ele tem nos abraçado em Sua perfeita vontade e amor, nos tornando completos. Apenas pelas suas bênçãos é que podemos viver felizes. É porque Deus nos fez Seu povo e Seus servos que nós podemos trabalhar pelo Senhor, sermos vestidos por Sua glória, pregarmos o evangelho para outros e, quando o tempo vier, sermos martirizados em Seu nome. Ele é o único capaz de fazer todas estas coisas. Onde as mulheres mártires em Quo Vadis encontravam força para cantar louvores ao Senhor, mesmo quando estavam sendo mortas? Elas encontravam a força no amor do nosso Senhor. Porque o amor de Cristo foi tão grande, puderam abraçar o martírio com louvores. Os mesmos princípios se aplicam às nossas próprias vidas. Nós vivemos nossas vidas porque o Senhor nos permite; não é pelas nossas próprias obras que vivemos como os filhos e os servos de Deus. Nós não fizemos nada para merecer isso. É pelo perfeito e imutável amor de Deus por nós e pela nossa fé neste amor que podemos segui-Lo até o fim, mesmo que tropecemos às vezes. Esta força é a força de Deus e não a nossa. O martírio é possível apenas pelo amor de Deus que nos fez completos – só pela graça de Deus nós podemos abraçar o martírio. Lembre-se desta verdade, é Deus que permite que você seja martirizado e não perca seu tempo tentando se preparar para o martírio, como se fosse algo que vocês pudessem fazer. Apenas a nossa fé no evangelho da água e do Espírito poderá nos capacitar para louvar ao Senhor até o nosso último suspiro. O Senhor falou para as sete igrejas na Ásia: “Ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de
  58. 58. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 59 A Fé que Pode Abraçar o Martírio Deus.” A árvore da vida é encontrada no Novo Céu e Nova Terra. Lá está o trono de Deus, casas construídas de pedras preciosas e o abundante rio da vida. Para aqueles que vencerem, Deus prometeu este paraíso, onde viverão eternamente com Ele na perfeição. Aqueles que vencerem farão isso com a sua fé no evangelho da água e do Espírito. Qualquer coisa além deste evangelho tornaria a vitória impossível, pois ela só pode ser alcançada pela força de Deus, não pela força do homem. A força que nos permite vencer vem apenas de Deus. Nós devemos perceber e apreciar quão grande o evangelho da água e do Espírito é, quão grande é o amor e a salvação de Deus, porque é este evangelho que nos dará a fé necessária para abraçarmos o martírio. Podemos ser todos fracos, sem talento, sem dons, incompetentes, ignorantes e burros, mas nós ainda temos o poder, pois temos o evangelho da água e do Espírito em nossos corações. Os nomes daqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito estão escritos no Livro da Vida. Todos cujo nome não estiver escrito no Livro da Vida serão derrotados diante de Satanás e apenas aqueles cujos nomes foram escritos neste Livro, pela crença no evangelho da água e do Espírito, não se dobrarão diante do Diabo. Você deve estar certo que o seu nome está claramente escrito no Livro da Vida. Quando formos martirizados, será pela nossa fé no primeiro amor de Cristo, que nosso Senhor nos deu. Nós podemos aguardar o nosso martírio sem medo ou temor porque cremos que o Espírito Santo que habita em nós nos dará força para enfrentarmos o martírio. Porque o sofrimento do martírio não pode ser comparado à glória do céu que nos espera, nós não recuamos diante da morte, pelo contrário, abraçamos o martírio para defender o precioso evangelho.
  59. 59. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 60 A Fé que Pode Abraçar o Martírio Devemos agora deixar para trás qualquer divagação sobre como seremos martirizados, pois isto não será por nossa própria força, mas por Deus que seremos martirizados. Eu tenho certeza que o seguinte anúncio será realizado através de alto-falantes algum dia: “queridos cidadãos, este é o último dia para receber a marca. Apenas alguns cidadãos têm que receber a marca hoje. Estamos muito gratos por sua cooperação até agora. Receber a marca é muito bom e indispensável para você, pois servirá para estabelecer a ordem em nosso país. Então, por favor venha até a prefeitura e receba a marca o mais rápido possível. Novamente eu digo, este é o último dia para receber a marca. Aqueles que não receberem a marca até o tempo determinado hoje serão punidos severamente. Agora, para esclarecer, eu chamarei o nome daqueles que ainda não receberam a marca.” É claro que isso é ficção, mas estas coisas certamente acontecerão em um futuro próximo. Os crentes da Igreja Primitiva identificavam uns aos outros com o sinal do peixe. Esta era a senha entre eles. Nós, também, preferiríamos fazer um sinal que nos permitisse reconhecer os nossos irmãos e irmãs, para que nós pudéssemos encorajar a fé uns dos outros para abraçar o martírio. Porque o martírio não é algo que possamos alcançar com nossos próprios esforços, nós podemos deixar de lado as nossas preocupações e encarar o martírio com coragem. Não há nada a temer diante da nossa morte justa. Tudo o que temos que fazer é viver pelo Senhor enquanto estivermos na terra. Nós podemos nos dedicar a Deus porque sabemos que estamos destinados a ser martirizados pelo nome do nosso Deus. Você deve perceber que se você fosse tentar escapar do martírio, por medo de perder as suas posses, você iria enfrentar grandes sofrimentos e desastres.
  60. 60. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 61 A Fé que Pode Abraçar o Martírio Vocês devem se tornar o povo de fé que, sabendo que serão martirizados por Cristo, vivem suas vidas pelo Senhor até o fim. Quando percebermos que seremos martirizados, nós nos tornaremos mais sábios na nossa fé, mente e em nossas vidas atuais. Este conhecimento é a cura para toda a ignorância, permitindo que deixemos para trás todas as ligações mundanas. Isso não significa que devemos desistir de nossas vidas, mas que nós devemos viver para o Senhor. Até que o poder de Deus lance Satanás para o abismo, nós vivemos pelo Senhor que nos salvou, lutando contra e vencendo Satanás e o Anticristo, e dando toda glória da vitória somente a Deus. Deus que ser glorificado por nós. Eu agradeço a Deus por nos permitir, com a nossa fé, dar glória a Ele, que tanto tem nos dado. Nós cremos que o Senhor retornará em breve para nos buscar. Quando muitas almas retornarem para Deus no fim dos tempos, Deus as receberá em Seus braços e as levará consigo. Como Deus disse à Igreja de Filadélfia em Apocalipse 3:10, “Porque guardaste a palavra da minha perseverança, também eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro, para experimentar os que habitam sobre a terra.” Deus certamente cumprirá Sua Palavra da promessa. Com “Porque guardaste a palavra da minha perseverança”, Deus está se referindo às vidas fiéis dos santos. Isso significa que eles guardaram com firmeza a sua fé, não importando o que os outros diziam ou faziam com eles. Quando Deus diz que “eu te guardarei da hora da provação”, Ele está dizendo que aqueles que guardarem o Seu mandamento de perseverar serão isentos das provações da fé. Quando o tempo da tribulação e do martírio chegarem, em outras palavras, Deus irá
  61. 61. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 62 A Fé que Pode Abraçar o Martírio simplesmente nos tomar quando fielmente estivermos em nossas vidas diárias de cultos e orações. Quando percebermos que estamos prestes a ser martirizados, nossos corações serão limpos de toda sujeira e, como resultado, nossa fé se tornará ainda mais forte. Nós devemos viver nossas vidas presentes de fé diante de Deus lembrando a promessa de Deus, que, com o nosso martírio, seremos libertos da hora da provação. Nós devemos viver pela nossa fé. O tempo atual é o tempo do Apocalipse. Existem muitos Cristãos ignorantes que, enquanto ignoram a Palavra de Deus, se apegam obstinadamente em suas falsas crenças na doutrina do arrebatamento pré-tribulação. Quando chegarem os últimos dias, eles descobrirão quão errados estavam. Seus dias de influência e poder estão contados; tudo o que temos a fazer é vivermos na certeza da nossa esperança que Deus irá cumprir a Sua Palavra da promessa. Quando nós alcançarmos o meio da Grande Tribulação, seremos martirizados para defender a nossa fé e, um pouco antes das pragas das sete taças começarem, seremos arrebatados no ar por Deus e entraremos no Reino Milenar. Quando a nossa esperança de reinar com Cristo for realizada, todos os nossos sofrimentos nesta terra serão mais do que compensados pelas recompensas que nos esperam, e nossa entrada no eterno Novo Céu e Nova Terra então acontecerá com grande alegria. Hoje, nós vivemos pela fé, pelo Senhor, na esperança do cumprimento da promessa de Deus. Confiando que o nosso Senhor cumprirá todas as Suas promessas, vivemos ansiosos pelo dia em que nós poderemos viver com Ele para sempre em nossos corpos glorificados. Eu agradeço a Deus por nos dar o evangelho da perfeita remissão do pecado, por nos capacitar
  62. 62. ◄ Conteúdo ► Solicitação de Livros gratuitos www.nlmission.com 63 A Fé que Pode Abraçar o Martírio para abraçar o martírio para defender a nossa fé Nele e por nos guardar nas Suas bênçãos. Contexto da Igreja de Éfeso Éfeso, uma grande cidade portuária na região da Ásia Menor do Império Romano, era um centro de comércio e atividades religiosas. No tempo da Igreja Primitiva, era uma crescente cidade internacional; ao norte ficava Esmirna e, ao sul, Mileto. Segundo a mitologia, Amazona, a valente deusa da guerra, construiu a cidade no século 12 A.C., quando ela a cedeu para Androclus, um rei coroado de Atenas. Éfeso era, materialmente falando, uma cidade próspera, o que significa que também era uma cidade muito mundana. É por isso que Deus disse à Igreja de Éfeso para lutar até o fim e vencer Satanás, para que não se perdesse o evangelho da água e do Espírito. Nós devemos perceber quão importante é a Palavra da verdade de Deus e devemos defender a nossa fé a qualquer custo. Através do Apóstolo João, Deus escreveu para a Igreja de Éfeso: “Estas coisas diz aquele que conserva na mão direita as sete estrelas e que anda no meio dos sete candeeiros de ouro: Conheço as tuas obras, tanto o teu labor como a tua perseverança, e que não podes suportar homens maus, e que puseste à prova os que a si mesmos se declaram apóstolos e não são, e os achaste mentirosos; e tens perseverança, e suportaste provas por causa do meu nome, e não te deixaste esmorecer.” A Igreja de Éfeso foi elogiada por Deus pelas suas obras, pela perseverança e por não tolerar o mal, e por testar os falsos apóstolos, trabalhando incansavelmente por causa do Seu nome em perseverança e paciência. Mas a Igreja de Éfeso também foi repreendida

×