O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Experiência internacional –
versão primeiros socorros

|anomadintheworld.wordpress.com |

/Anomadintheworld

@andrefanjos
Tópicos
# Pontos abordados
neste e-book

Motivo
O que se entende por experiência internacional?
Por que é importante uma e...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

Motivo

Nunca viajar foi tão fácil para tantos brasileiros. A
estud...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

Definir o foco de
sua experiência é o
1° passo!

O que se entende p...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

Por que é importante uma
experiência internacional?
As fronteiras g...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

O mais importante: qual é o seu
propósito?
Não existe uma única for...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

O mais importante: qual é o seu
propósito?
Logo, a resposta para es...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

Reflexão: o mundo não é só EUA e Europa
Faça
combinação
de formas p...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

Dicas para
uma boa
experiência
internacional
|anomadintheworld.word...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

1

Busque conhecer a cultura do país de destino

Antes de ir viajar...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

2

Tenha em mente com que experiência voltar ao Brasil

Independent...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

3

Não vá ao exterior de mãos vazias

Você quer voltar com uma baga...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

Agora ou
mais
tarde?

Outro ponto importante para quem busca uma
ex...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

Como em
toda e
qualquer
viagem...

|anomadintheworld.wordpress.com ...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

Dicas extras
1
Não viaje com visto de
turista caso o seu objetivo
s...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

Outras dicas
1
Verifique seu cartão de
vacinas: muitos países
exige...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

4

6

Tenha contatos no país de destino:
procure sempre viajar com ...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

E a passagem?

|anomadintheworld.wordpress.com |

Comprar com antec...
Experiência internacional – versão primeiros socorros

André Fernandes
Qualquer coisa, estou à disposição!

Nas mídias soc...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Experiência internacional versão primeiros socorros

395 visualizações

Publicada em

Dicas importantes para uma excelente experiência internacional e de como tirar proveito de um intercâmbio ou viagem ao exterior

Publicada em: Turismo
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Experiência internacional versão primeiros socorros

  1. 1. Experiência internacional – versão primeiros socorros |anomadintheworld.wordpress.com | /Anomadintheworld @andrefanjos
  2. 2. Tópicos # Pontos abordados neste e-book Motivo O que se entende por experiência internacional? Por que é importante uma experiência internacional? O mais importante: qual é o seu propósito? Reflexão: o mundo não é só EUA e Europa Dicas para uma boa experiência internacional
  3. 3. Experiência internacional – versão primeiros socorros Motivo Nunca viajar foi tão fácil para tantos brasileiros. A estudo, a trabalho ou a turismo, as opções para viajar são muitas. Mas por qual tipo de viagem optar? Logo... É exatamente nessa questão que pretendo lhe ajudar a responder através deste e-book. Agradeço por ter se interessado e boa leitura! Feedbacks e recomendações são mais que bem-vindos! |anomadintheworld.wordpress.com | /Anomadintheworld @andrefanjos
  4. 4. Experiência internacional – versão primeiros socorros Definir o foco de sua experiência é o 1° passo! O que se entende por experiência internacional? Muito mais que viajar ao exterior ou aprender um outro idioma, a vivência em um país estrangeiro implica também situações como ter de se virar diante de fatos inusitados como viver sozinho, adaptar-se a diferentes estilos de vida, entre outras situações que viver fora do país de origem ocasiona. Uma experiência internacional pode proporcionar inúmeros benefícios; seja uma experiência profissional, o domínio de um idioma estrangeiro, conhecer novos lugares e pessoas, vivenciar diferentes culturas - desde que aproveitada com foco. Viver uma experiência no exterior é uma oportunidade de ser mais flexível, de se adaptar a diferentes situações e contextos e de desafiar-se pessoalmente. Neste e-book, pretendo transmitir a você algumas dicas essenciais para que você possa desfrutar (mas nem sempre esse é o exato sentido da experiência) de uma boa experiência internacional. |anomadintheworld.wordpress.com | /Anomadintheworld @andrefanjos
  5. 5. Experiência internacional – versão primeiros socorros Por que é importante uma experiência internacional? As fronteiras geográficas estão cada vez menores - se é que ainda existem - e o contraste com as barreiras culturais desafiam paradigmas e modelos mentais cultivados pelas sociedades mundo afora. Se estamos a toda hora em contato com o diferente, por que não conviver com as diferenças à nossa volta e delas tirar proveito? Em meio a fluxos migratórios em todo o mundo cada vez maiores, à expansão dos mercados e dos intercâmbios econômicos em escalas cada vez mais globais, aprender a conviver com diferentes culturas e nacionalidades é uma questão necessária e urgente. Afinal de contas, é através do contato e da vivência numa outra realidade cultural que podemos aprender coisas novas, viver experiências enriquecedoras e, sobretudo, desenvolvermos pessoal e profissionalmente. É uma excelente oportunidade de conhecer as inúmeras culturas locais que compõem o mosaico da cultura global, e ao mesmo tempo, de interagir, de realizar trocas e até descobrir novos conhecimentos e habilidades . Viver uma experiência no estrangeiro significa, antes de tudo, sair da zona de conforto, desafiar-nos e descobrir que por trás de quaisquer diferenças, todos nós somos humanos. |anomadintheworld.wordpress.com | /Anomadintheworld @andrefanjos
  6. 6. Experiência internacional – versão primeiros socorros O mais importante: qual é o seu propósito? Não existe uma única forma de se vivenciar uma experiência internacional. Parafraseando Seiti Arata, no post 9 passos para decolar sua carreira internacional (que vale a pena conferir!), é necessário ter em mente o que você quer: “ Tenha clareza sobre qual é o seu propósito: não disperse seu tempo, recursos, e muito menos o seu foco em atividades que não lhe ajudem a concretizar os seus objetivos; É necessário ter em mente o que você quer da vida. O que você quer de verdade? O dinheiro pago por atividades que trazem pouco enriquecimento pessoal? A aventura de se virar no exterior? Ou uma experiência pessoal e profissional realmente relevante? A escolha é sua! Mas o mais importante é ser honesto consigo mesmo: qual o seu principal objetivo com a viagem? “ |anomadintheworld.wordpress.com | /Anomadintheworld @andrefanjos
  7. 7. Experiência internacional – versão primeiros socorros O mais importante: qual é o seu propósito? Logo, a resposta para esta última pergunta (qual o seu principal objetivo com a viagem?) é o que vai indicar-lhe qual a melhor opção de se jogar no exterior. Por exemplo, se você está a fim de estudar, o intercâmbio acadêmico pode ser a melhor opção; no caso de quem procura aventura, talvez um mochilão; no caso de quem procura uma experiência profissional ou um projeto social, vale a pena instituições como a AIESEC, como eu mesmo fiz. |anomadintheworld.wordpress.com | /Anomadintheworld @andrefanjos
  8. 8. Experiência internacional – versão primeiros socorros Reflexão: o mundo não é só EUA e Europa Faça combinação de formas para diferenciar o visual Você acha estranho uma experiência internacional na Índia? Ou no Egito? Eu mesmo comecei na Índia e no Egito! Por que estranho? Já pensou nas inúmeras oportunidades comerciais, políticas e econômicas inexploradas nos países emergentes? Ou nas inúmeras oportunidades de aventura e desafio pessoal existentes em países emergentes (que não são poucas...)? |anomadintheworld.wordpress.com | /Anomadintheworld Ao decidir por uma experiência internacional, pense primeiramente no que você realmente quer e na qualidade da experiência que você procura (tal qual os desafios e oportunidades que você pretende encarar), ao invés de focar apenas num determinado país em si. Esqueça os preconceitos e estereótipos sobre um determinado país, e pense nos aprendizados e nas experiências que você pode obter onde jamais imaginou estar. @andrefanjos
  9. 9. Experiência internacional – versão primeiros socorros Dicas para uma boa experiência internacional |anomadintheworld.wordpress.com | /Anomadintheworld @andrefanjos
  10. 10. Experiência internacional – versão primeiros socorros 1 Busque conhecer a cultura do país de destino Antes de ir viajar, busque conhecer a cultura, os hábitos e costumes praticados no país de destino; e claro, pelo menos um básico do idioma local. Com tais informações, fica mais fácil de se adaptar diante das possíveis barreiras culturais. Além disso, aprender um outro idioma possibilita uma maior imersão cultural, tal qual facilita no relacionamento com as pessoas locais. |anomadintheworld.wordpress.com | É bom ter em mente que nem em todos os países dá pra se virar falando inglês. Logo, ficar ligado neste ponto é essencial para driblar a barreira do idioma desde a chegada ao país. /Anomadintheworld @andrefanjos Vale lembrar também! Caso haja muitos brasileiros (brasileiro é praga! hahaha), não cair na tentação de se juntar ao grupo e ficar apenas falando português. De que valeria a sua experiência caso você fique toda hora falando português e andando com brasileiros?
  11. 11. Experiência internacional – versão primeiros socorros 2 Tenha em mente com que experiência voltar ao Brasil Independentemente se remunerada ou voluntária, pensar no que você irá aprender a partir da sua experiência no exterior é uma das questões centrais ao tomar a decisão de sair do país. Não perca seu tempo com atividades que nada agregarão aos seus objetivos, quer sejam estes profissionais, pessoais, etc. Busque atividades que tenham relação com os seus objetivos e que possam propiciar-lhe uma bagagem na volta pra casa, como foi anteriormente mencionado no tópico O mais importante: qual é o seu propósito?. |anomadintheworld.wordpress.com | /Anomadintheworld E se você busca experiência internacional para incrementar o seu currículo, lembre-se de que nos processos seletivos é visto como diferencial apenas o que é útil para a organização em que você deseja entrar. Não é apenas a experiência internacional em si que importa, mas as competências técnicas e comportamentais com ela adquiridas que fazem valer a pena. @andrefanjos
  12. 12. Experiência internacional – versão primeiros socorros 3 Não vá ao exterior de mãos vazias Você quer voltar com uma bagagem útil aos seus objetivos, certo? E qual seria a sua moeda de troca para o seus futuros contatos no exterior? Quais experiências você levará a quem lhe abrir as portas? Pois, então, viajar de mãos vazias não dá! Sem falar um outro idioma (pelo menos o inglês ou qualquer outro idioma que seja necessário), sem o domínio de algum conteúdo, contatos ou experiências dentro do Brasil, você será apenas mais um a ser explorado e rotulado como mão-de-obra desqualificada! |anomadintheworld.wordpress.com | /Anomadintheworld Não há milagres! Quanto mais cedo você se preparar, mais proveitosa será a sua experiência. Então, não perca tempo para aprimorar numa língua estrangeira que lhe seja útil, assim como para adquirir conhecimentos e competências que sejam úteis para a sua vivência internacional. #Dica: planeje o que você quer e mantenha o foco! @andrefanjos
  13. 13. Experiência internacional – versão primeiros socorros Agora ou mais tarde? Outro ponto importante para quem busca uma experiência internacional é refletir acerca do estágio em que se encontra atualmente na carreira e/ou na universidade. Se você ainda quer crescer na carreira ou necessita adquirir mais conhecimentos e experiências, talvez adiar a viagem seja a melhor opção no momento. Mas se você se sente estagnado, ou na necessidade de viver diferentes experiências, ou de aprender um outro idioma, não hesite! Neste caso, nada mais oportuno que investir na sua formação pessoal e profissional. Aproveite o máximo que puder! Ou vai deixar pra viver essa experiência quando estiver casado e com filhos para cuidar? Não se trata de ser impossível, mas é muito mais fácil quando se é jovem. |anomadintheworld.wordpress.com | /Anomadintheworld @andrefanjos
  14. 14. Experiência internacional – versão primeiros socorros Como em toda e qualquer viagem... |anomadintheworld.wordpress.com | Antes de embarcar e dos preparativos para a viagem, não se esqueça de se informar sobre as leis e as condições de visto de entrada ou permanência para o país aonde pretende ir. O mesmo vale sobre os cuidados a se tomar no país, cuja melhor fonte de informação é com pessoas que já vivem ou viveram onde você pretende ir. /Anomadintheworld @andrefanjos
  15. 15. Experiência internacional – versão primeiros socorros Dicas extras 1 Não viaje com visto de turista caso o seu objetivo seja trabalhar. Caso contrário, você corre o risco de ser deportado ou até ser preso |anomadintheworld.wordpress.com | 2 3 Atenção básica, e sempre válida, com a validade do passaporte, pois para obter o visto normalmente é exigido passaporte com pelo menos 6 meses de validade /Anomadintheworld @andrefanjos Leve os endereços e telefones das embaixadas e consulados brasileiros no país de destino. Em caso de emergências e dificuldades, peça ajuda. Estes órgãos possuem plantão consular 24 horas
  16. 16. Experiência internacional – versão primeiros socorros Outras dicas 1 Verifique seu cartão de vacinas: muitos países exigem vacinas específicas para receber estrangeiros (por exemplo, contra malária, febre amarela, etc.). Estas informações devem ser buscadas nas embaixadas e nos consulados |anomadintheworld.wordpress.com | 2 3 Divida igualmente os objetos e roupas nas malas: não se esqueça de levar roupas e objetos essenciais na bagagem de mão, caso as malas cheguem ao destino depois de você. Pra quem vai de mochilão, levar somente o essencial, para evitar dores e cansaço ao longo da viagem em caso de bagagem pesada /Anomadintheworld @andrefanjos Guarde sempre alguns dólares ou euros: em países com moedas diferentes de dólar e euro, o melhor é sempre andar com "moedas universais" (em cartão e em notas) para evitar possíveis imprevistos. Uma ATM já engoliu o meu cartão! Hahaha!
  17. 17. Experiência internacional – versão primeiros socorros 4 6 Tenha contatos no país de destino: procure sempre viajar com pelo menos um contato no país de destino. Informe com antecedência sua data e hora de chegada. E claro, providenciar um sim card/chip para usar um número de celular no país de destino |anomadintheworld.wordpress.com | /Anomadintheworld deixar uma procuração no Brasil antes de viajar: caso tenha algum imprevisto, por exemplo, de ter de pedir um novo cartão bancário (como eu tive de fazer), a procuração em nome de algum familiar ou pessoa de confiança facilitará a sua vida @andrefanjos
  18. 18. Experiência internacional – versão primeiros socorros E a passagem? |anomadintheworld.wordpress.com | Comprar com antecedência é sempre o melhor negócio! O quanto antes, verifique nas companhias aéreas o preço, as condições de pagamento, qual o prazo de reserva e compra da passagem. Sites especializados também são válidas fontes de consulta e compra de passagens. /Anomadintheworld @andrefanjos
  19. 19. Experiência internacional – versão primeiros socorros André Fernandes Qualquer coisa, estou à disposição! Nas mídias sociais /Anomadintheworld @andrefanjos CONTATO andref.anjos@gmail.com /anomadintheworld.wordpress.com/ |anomadintheworld.wordpress.com | /Anomadintheworld @andrefanjos

×