9 Passos para Criação Colaborativa de Software para Startups

597 visualizações

Publicada em

Este é o Slide simples apresentado sobre os 9 Passos para Criação Colaborativa de Software para Startups.

Estejam a vontade para entrar em contato comigo pelo email da empresa: contato@businesspt.pt
Podem também me adicionar ao Linkedin: bit.ly/andrepmgr

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

9 Passos para Criação Colaborativa de Software para Startups

  1. 1. 9 PassosNA CRIAÇÃO COLABORATIVA DE SOFTWARE PARA STARTUPS André Luiz de Almeida Convidado para a 3º Congresso Online de TI Apoio Business Portugal – www.businesspt.pt Apresenta:
  2. 2. Introdução – Os 9 passos
  3. 3. 1 - Brainstorming O que é??? Liberar seus Conhecimentos sem barreiras, temores ou Restrições. Deve ser Feito Presencialmente. Facilitar a escolha das melhores ideias. Necessidade de uma clara definição do que exatamente será desenvolvido Os profissionais de Criação e Design Os profissionais de Desenvolvimento E o Gerente de Projetos O diferencial está justamente na aplicação desta técnica em conjunto com todos os envolvidos
  4. 4. 2 - Métodos de Registro Quais recursos tecnológicos serão utilizados para que se tenha um bom registro das atividades? Existir um acompanhamento constante pelo Gerente de Projetos do que está sendo feito . WBS -- Work Breakdown Structure (EAP – Estrutura Analítica do Projeto) objetivo a obtenção das principais atividades de cada integrante. Definição de Escopo e Prazos Contabilização e acompanhamento das Horas de Atividade as definições dos meios a serem utilizados devem ser feitas ainda em fase inicial seguindo as boas práticas do gerenciamento – Pelo PMBOK – PMI Evitar o Retrabalho
  5. 5. 2 - Métodos de Registro Quais recursos tecnológicos serão utilizados para que se tenha um bom registro das atividades? Existir um acompanhamento constante pelo Gerente de Projetos do que está sendo feito . WBS -- Work Breakdown Structure (EAP – Estrutura Analítica do Projeto) objetivo a obtenção das principais atividades de cada integrante. Definição de Escopo e Prazos Contabilização e acompanhamento das Horas de Atividade as definições dos meios a serem utilizados devem ser feitas ainda em fase inicial seguindo as boas práticas do gerenciamento – Pelo PMBOK – PMI Evitar o Retrabalho WBS
  6. 6. Escopo e Prazos do Projeto – MS Project
  7. 7. 3 - Definição das Funcionalidades do Software Segundo SHINYASHIKI (2012): “Quando uma pessoa assume que uma dificuldade a está atrapalhando, seu cérebro imediatamente procura uma solução. Aí, claro, você dá a solução para o problema”. Verifica-se sempre alguma necessidade ou dificuldade existente e é então iniciada uma busca por soluções Longevidade do produto – Software / APP - constante atualização das funcionalidades e recursos. Especificar numericamente para Quando gerar o MVP (Mínimo Produto Viável) Disponibilidade das informações na alimentação dessas reuniões (Registros) Android com 91% Maiores do que 4 polegadas, que representam 63%
  8. 8. 4 - O Plano de Negócios É uma ferramenta que serve para levantar informações e analisar a viabilidade do futuro negócio”. (SEBRAE. 2015) Como resultado, terá a descoberta a viabilidade do projeto que está se desenvolvendo Segundo o SEBRAE (2015), uma Startup é uma empresa nova, até mesmo embrionária ou ainda em fase de constituição, que conta com projetos promissores, ligados à pesquisa, investigação e desenvolvimento de ideias inovadoras. Diferença entre uma empresa comum e uma Startup Uma Startup é sinônimo de renovação Responsável??? Algum integrante ligado a Business. Segmentação de Mercado – Público alvo Outra forma, mais simplificada, é trabalhar com o Business Model Canvas
  9. 9. 4 - O Plano de Negócios
  10. 10. 5 - MVP - Início O que é?? “Trata-se de uma versão de um produto que permite agregar o máximo de aprendizado validado com o menor esforço” (PESCE, 2012). Delimitação das Funcionalidades Priorizadas As funcionalidades secundárias ou melhorias são sempre adicionadas em fases posteriores Fluxo de funcionalidades e a clarificação do que é realmente o MVP Equipe a manter a sintonia e o direcionamento conjunto. Esforço para Definição das Principais Funcionalidades e Tempo de Pesquisa após o Plano de Negócios
  11. 11. 5 - MVP – Exemplo
  12. 12. 6 - Entrevistas e Design "A experiência do usuário abrange todos os aspectos da interação do usuário final com a empresa, seus serviços e seus produtos” (NIELSEN, NORMAN, 2015, Tradução livre) Prestar atenção aos de uma pessoa comportamentos, sentimentos e atitudes Wireframes do aplicativo / Software Poucas Instituições de Ensino no Brasil Recomenda-se a busca deste tipo de recurso humano ou consulta de algum especialista Comunicação direta com os potenciais utilizadores do Software. Testes de usabilidade do aplicativo e entrevista com usuários --Gravação em vídeo destas entrevistas
  13. 13. 7 - Do MVP para os Testes Reais Comunicação da equipe Identificar alguma necessidade ou expectativa fora do escopo Após as definições das funcionalidades no 3º passo, criação do plano de negócios no 4º passo e o design da aplicação com testes nos wireframes, no 6º passo, todo material do projeto está no papel e ainda não se transformou em nenhum resultado prático, mas segue uma metodologia coerente e um fluxo com escopo bem formado para que venha este 7º passo. Neste momento é colocada à prova todo conceito idealizado No 2º passo foram definidos os métodos de registro, aqui este acompanhamento é Maior. Como resolver e produzir o produto de software idealizado durante os passos 1 a 6 de forma prática e sadia para toda a equipe? R: Boa Comunicação e Documentação destes processos
  14. 14. 8 -Validação Técnica das Funcionalidades Todo o grupo participa Repassar várias vezes até que se concretize esta metodologia dos testes para validar o uso correto Existem diversas formas de testes que podem ser definidas conforme cada tipo de aplicação O time pode definir os próprios métodos com base na experiência da equipe Na ausência de algum integrante com experiência neste assunto, deve-se buscar algum apoio especializado na área de testes. No 6º passo houveram os testes em Usabilidade das Funcionalidades (3 passo) que foram para o MVP (5º passo) Com uma clara definição de rotina de testes e maior empenho possível de todos os integrantes e eventualmente convidados para a execução destas rotinas.
  15. 15. 8 -Validação Técnica das Funcionalidades Exemplo de Rotina de Testes:
  16. 16. Lançamento do Produto / Software - App E agora, tudo pronto? Só lançar e “Ficar Rico”?? Não é bem assim.. Agora que realmente começa a “Vida Real” do produto de Software – APP Validação do Estudo do 4º Passo (Plano de Negócios) Aplicatvo?  Google Play, App Store e Windows Store... Como divulgar e efetivar campanhas de mídia/marketing Publicação e registros nos ambientes de download. Disponibilização do aplicativo para download. Estrutura de TI para que a aplicação possa ser utilizada por muitas pessoas. $$$ Investimentos$$$ - Sucesso ou Insucesso (mas fracasso Nunca)
  17. 17. Encerramento Agradecimentos Rafael Libânio Esposa - Monica Dioconde Família Deus
  18. 18. Contatos André Luiz de Almeida Linkedin bit.ly/andrepmgr Business Portugal Link e Logo www.businesspt.pt contato@businesspt.pt

×