A história do Vale Transporte e como ele se tornou um problema de Gestão
Financeira e de Responsabilidade Social.
Em 1985,...
Existe na internet mais de mil registros de denúncias dos maiores veículos da imprensa
nacional nas últimas três décadas, ...
é especializada em identificar o GAP, ou compra a mais do que o necessário nas operações
de compra e uso e capaz também de...
A História do Vale Transporte
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A História do Vale Transporte

22 visualizações

Publicada em

Criado em 1985 o vale transporte é uma das maiores conquistas do trabalhador brasileiro.

Publicada em: Recrutamento e RH
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
22
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A História do Vale Transporte

  1. 1. A história do Vale Transporte e como ele se tornou um problema de Gestão Financeira e de Responsabilidade Social. Em 1985, foi instituído, através da lei 7.418, o Vale Transporte, uma das maiores conquistas do trabalhador brasileiro. Em 1987, através do decreto 95.247 o benefício foi regulamentado. Contudo o que era para ser um case de sucesso do legislativo brasileiro, tornou-se um grave problema de gestão financeira para as empresas e um problema social para as cidades. Isso porque a legislação vem sendo desrespeita, desde a sua criação e até os dias de hoje. Esse desrespeito se dá através do famoso “jeitinho brasileiro”, já que o beneficiário viu no vale transporte uma forma de obter um "dinheirinho extra" já no início do mês. Já que os vales eram inicialmente fornecidos em papel era impossível para o empregador fiscalizar qual o efetivo uso de cada vale fornecido a cada funcionário de sua empresa, então sem qualquer mecanismo de controle e fiscalização por parte dos empregadores, o vale em papel transformou-se em moeda paralela em todo o Brasil. O trabalhador, portanto, se acostumou a fazer do vale transporte um Plus de seus ganhos mensais e para isso passou a solicitar mensalmente valores acima da sua necessidade ou ainda solicitar o benefício mesmo que não tivesse necessidade e direito, para então vendê-los as chamadas “quadrilhas de vale transporte” o que é passível de justa causa na esfera administrativa e de prisão no âmbito criminal, pois essa atividade é criminosa. Por falar em crime, ao longo das últimas décadas, a polícia e demais órgãos de justiça vem empregado sucessivos esforços para conter os avanços das quadrilhas que compram e vendem o vale transporte e apesar dos grandes esforços não obteve sucesso já que a capilaridade desse tipo de esquema é gigantesca, tão grande quanto o prejuízo que gera as empresas e as cidades.
  2. 2. Existe na internet mais de mil registros de denúncias dos maiores veículos da imprensa nacional nas últimas três décadas, jornais, revistas e inúmeras matérias em vídeo com flagrantes do esquema de compra e vendas de vale transporte em todo o Brasil como essa impressionante denúncia do Diário do Nordeste dos anos 90. QUAL O TAMANHO DO PROBLEMA? Bom, o número de carteiras assinadas neste momento no Brasil é de 39 Milhões. É claro que nem todos os trabalhadores recebem vale transporte, contudo é do trabalhador essa opção, bastando ele se manifestar para receber o benefício e como existe uma possibilidade de ganho extra através da venda do VT concomitante com a cultura já está enraizada em nosso país, estimamos que 80% dos trabalhadores formais recebam o VT, mas que apenas 1/3 desse total de fato tenha direito a esse recebimento. Se consideramos a tarifa modal da cidade do Rio de Janeiro por exemplo, R$ 3,80, e considerarmos o gasto mínimo mensal, ou seja, uma condução para ir e outra para retornar, teremos um gasto mínimo de 167,20, multiplicando esse valor por 31,2 Milhões, (80% de 39 Milhões de carteiras assinadas no Brasil), temos o número impressionante de R$ 5,21 Bilhões de Reais, gastos mensalmente com vale transporte. Se consideramos o gasto anual, R$ 62 Bi, entendemos o tamanho desse mercado. A plataforma Otimiza + Vale Transporte, registrou uma média de 30% de redução da compra de vale transporte de seus clientes no último ano. Isso se deu porque a plataforma
  3. 3. é especializada em identificar o GAP, ou compra a mais do que o necessário nas operações de compra e uso e capaz também de apontar a compra estritamente necessária. Se todas as empresas empregadoras do Brasil aproveitassem essa redução, teríamos um total de R$ 18,5 Bilhões de economia obtida e todas as quadrilhas de vale transporte do Brasil seriam extintas.

×