Formação Econômica da Sociedade

1.056 visualizações

Publicada em

Material Retirado da Internet

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.056
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
66
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Formação Econômica da Sociedade

  1. 1. Na sociedade tecnológica, o ser humanonão vive mais num meio natural e sim nummeio técnico, que interpõe entre o homeme a natureza uma rede de máquinas etécnicas apuradas. O homem explora anatureza, domina-a e utiliza-a para seusfins. Em decorrência da expansão dosrecursos técnicos, a estrutura da sociedadetecnológica resulta muito mais complexado que a da sociedade tradicional.
  2. 2. G enêse de um novo m undoR e v o lu ç ã o d a C r is e e c o n ô m ic a A p o g e u m o v im e n t o st e c n o lo g ia d a d o c a p it a lis m o c u lt u r a is In fo r m a ç ã o In te ra ç ã o e R eações N o v a E s tru tu ra N o v a E c o n o m ia N o v a C u lt u r a S o c ia l D o m in a n t e S o c ie d a d e e m E c o n o m ia C u lt u r a d a R ede I n fo r m a c io n a l / V ir t u a lid a d e G lo b a l R eal
  3. 3. • Características deste novo mundo: • Na esfera tecnológica: • Revolução tecnologia da informação • base material = informacionalismo • riqueza, poder e códigos culturais • elemento principal = tecnologia da informação • ferramenta principal para reestruturação socioeconômica • possibilitou a formação de redes • maior dinamismo e flexibilidade
  4. 4. • Características deste novo mundo: • Na esfera econômica • Meados 70: Crise capitalismo e estatismo • Nova forma de capitalismo = Capitalismo informacional • globalizado • flexível • menor poder trabalhador • Tecnologia: Dualidade conexão x desconexão • Estatismo: • Queda União Soviética (incapacidade de assimilar o informacionalismo)
  5. 5. • Uma nova sociedade Revolução Reestruturação Crítica da Tecnológica Econômica Cultura Redefinição das relações de produção, poder e experiência Nova sociedade
  6. 6. 1 Modificações das Relações de Produção: • Capitalismo Informacional • Processos: • produtividade inovação • competitividade flexibilidade • Novo tipo de organização: empresa em rede • Redefinição mão-de-obra: • genérica x autoprogramável • diferenciação: educação, capacidade de incorporar conhecimentos e informação • Apropriação dos lucros: • acionistas, administradores e rede financeira global
  7. 7. • Sob a ótica marxista: • Produção x Apropriação dos Produtos • Capitalismo informacional: • inovação = fonte principal de produtividade • conhecimentos e informação = elementos novos do processo produtivo • educação = qualidade principal do trabalhador • geradores de conhecimentos e processadores de informação = novos produtores • Quem apropria? Empregadores • Mudança no mecanismo • relações individualizadas • nr. Crescente de produtores independentes • transferência de receitas para mercado capitais • Desaparecimento gradativo da estrutura de classes
  8. 8. • Depois deste milênio (tendências) • Expansão da economia global • telecomunicações • tecnologias de informação • Acentuação de contrastes entre regiões • Segmentação do planeta • 2 reações • conexão perversa • exclusão pelos excluídos • exemplo: fundamentalistas

×