Universidade Federal do Rio Grande do Sul           Hospital de Clínicas de Porto Alegre        AVALIAÇÃO DE COMORBIDADES ...
Objetivo principalAvaliar a associação de psoríase com: Comorbidades:        hipertensão,   diabetes,  dislipidemia, obes...
Métodos : caso-controle Entrevista com questionário padrão: Exame físico: medidas de PA, circunferência  abdominal, peso...
Resultados: diferença entre casos    e controles. Cintura abdominal aumentada: 60,9% vs. 38,2% com  p<0,01 e OR=2,1 (IC 9...
Resultados BSA menor de 20% vs. maior de 20%, mostraram  diferença significativa nas comorbidades :   Hipertensão (p=0,0...
Considerações Finais Achados reforçam a necessidade da implementação de  uma rotina de rastreamento para riscos metabólic...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação Oral - Trabalho 85 (19/09/2012 - Tarde)

292 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
292
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Oral - Trabalho 85 (19/09/2012 - Tarde)

  1. 1. Universidade Federal do Rio Grande do Sul Hospital de Clínicas de Porto Alegre AVALIAÇÃO DE COMORBIDADES NOS PACIENTES COM PSORÍASE GPPG: 09-012Dóris Baratz Menegon, Ana G da Silva, Anna C Camerin. Tania CestariDoença inflamatória crônica: Pele, courocabeludo, unhas e articulaçõesDistribuição, morfologia e gravidade variadaPrevalência: 1 a 3 % na população mundialAssociação com comorbidades
  2. 2. Objetivo principalAvaliar a associação de psoríase com: Comorbidades: hipertensão, diabetes, dislipidemia, obesidade e depressão Hábitos de vida: tabagismo e ingestão de bebidas alcoólicas 2
  3. 3. Métodos : caso-controle Entrevista com questionário padrão: Exame físico: medidas de PA, circunferência abdominal, peso e altura Hábito de fumar e ingerir bebidas alcoólicas no presente e no passado e quantidade utilizada Forma da psoríase e estimativa de de superfície corporal acometida (BSA- Body Surface Area) Coleta de exames (glicose, colesterol e triglicerídeos) 3
  4. 4. Resultados: diferença entre casos e controles. Cintura abdominal aumentada: 60,9% vs. 38,2% com p<0,01 e OR=2,1 (IC 95%1,3-3,3) IMC: 79% vs. 56,6% com p=0,01 e OR=1,8 (IC95%1,1-2,9) Tabagismo: 57,4% vs. 38,2% com p<0,01, OR=2,1 (IC 95% 1,4-2,9) Depressão: 32% vs. 19,4% com p < 0,01 e OR=2,1 (IC 95% 1,4-3,2) Síndrome Metabólica 4
  5. 5. Resultados BSA menor de 20% vs. maior de 20%, mostraram diferença significativa nas comorbidades :  Hipertensão (p=0,03 e OR=1,69; IC 95% 1,1 - 2,6)  Diabetes (p<0,01 e OR= 2,9; IC 95% 1,6 - 5,4) Tabagismo foi mais significativo entre os pacientes com BSA menor que 20% (p<0,01 OR 0,5; IC 95% 0,3-0,8) Demais variáveis não mostraram diferença entre os pacientes com maior e menor BSA 5
  6. 6. Considerações Finais Achados reforçam a necessidade da implementação de uma rotina de rastreamento para riscos metabólicos e cardiovasculares, assim como orientações sobre o estilo de vida e hábitos saudáveis. 1)Langley RG et al. Ann Rheum Dis 2005; 64 Suppl 2: ii18-23 2)Gottlieb AB, et al. J Drugs Dermatol 2008; 7: 563-72. 3) Armesto S, et al. J. Psoriasis and hypertension: a case-controlstudy. J of the Europ Acaded of Dermatol and Venereol, May 2011. 6

×