Adão´meu 1º beijo

59 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
59
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Adão´meu 1º beijo

  1. 1. CONSTRUÇÃO DE UMA SITUAÇÃODE APRENDIZAGEM COM FOCO EMLEITURA.Texto: Meu Primeiro Beijo ( Antônio Barreto)
  2. 2. *Ativação de conhecimento de mundo.*Antecipação ou predição*Checagem de hipóteses*Recuperação do contexto de produção;definição de finalidade e metasda atividade da leitura.A atividade se inicia com um diálogo com os alunos abordando os seguintes tópicos:•O autor( Quem foi? Onde viveu? O que escreveu? Quais tipos de texto?•Gênero do texto ( conto )•Para quem o autor escreve? Em que situação? Com que finalidade? O autor valoriza tal tema positivamenteou negativamente?•Título do texto( Meu primeiro beijo)•Discussão sobre possíveis situações que envolvem um primeiro beijo.•A leitura do texto será realizada pelo professor e acompanhada pelos alunos em seus próprios textos. ( Otrabalho será realizado na sala de informática)•Serão feitas pausas entre cada parágrafo do texto para análise e levantamento de hipóteses sobre o tema.•Ex: Levantamento sobre o possível conteúdo dos “milhares de bilhetinhos”/ sobre o porquê das exóticasalcunhas “cultura inútil”, “culta”, “Paracelso”.
  3. 3. *Localização de informações.*Comparação de informações.*Generalizações.•Sugerir que os alunos façam uma pesquisa sobre as informações científicas e reaçõesquímicas( que são apresentadas no texto) sobre o beijo.•Como a atividade está sendo desenvolvida na sala de informática instruiremos osalunos, primeiramente, a grifarem em seus textos as informações que eles julguemimportantes e as palavras desconhecidas e, em seguida façam uma pesquisa nainternet sobre suas anotações. ( Esta atividade será realizada sempre nas pausas entreos parágrafos)•Durante as conversas pediremos que os alunos façam a socialização de suasimpressões e do resultado de suas pesquisas e, ainda, apresentarem suas opiniõessobre as sensações e situações que podem ser vivenciadas.
  4. 4. * Produção de inferências locais.* Produção de inferências globais.1- Produção de inferências locais: A partir da seguinte frase do texto “ Você é aglicose do meu metabolismo”, trabalharemos a construção de sentido a partir dosseguintes questionamentos com os alunos:a)O que é glicose?b)Qual o papel da glicose dentro do metabolismo?c)Na construção do novo sentido, fazer o paralelo entre a importância da glicosepara o metabolismo e a importância da menina para o menino em questão.2- Produção de inferências globais.A partir do último parágrafo do texto “ Desci, cheguei em casa, nos beijamos denovo no portão do prédio, e aí ficamos apaixonados por várias semanas. Até que omundo rolou, as luas vieram e voltaram, o tempo se esqueceu do tempo, ascontas de telefone aumentaram, depois diminuíram... E foi ficando nisso. Normal.Que nem meu primeiro beijo. Mas foi inesquecível.”, considerando as expressõesgrifadas, nos diálogos com os alunos, analisaremos o sentido pretendido peloautor em relação ao tempo e à intensidade da relação.
  5. 5. Percepção das relações de intertextualidade ;percepção das relações de interdiscursividade.• 1- percepção das relações de intertextualidade: Levando em consideraçãoque o repertório textual de um aluno de sexto ano não é muito amplo,resolvemos trabalhar a intertextualidade do conto com a clássica cena dobeijo do Homem Aranha com a Mary Jane, onde os personagens do contovivem sensações semelhantes às dos personagens do filme. Trecho doconto a ser explorado: “ Cheguei em casa, nos beijamos de novo noportão do prédio, e aí ficamos apaixonados por várias semanas.(...)”• 2- Percepção das relações de interdiscursividade: Usaremos como basepara esta análise a atribuição de apelidos ou alcunhas presente no texto eque também é muito frequente no discurso adolescente. Aproveitaremosa oportunidade para mostrar que o excesso dessa prática podetransformar-se em bullying. Num segundo momento trabalharemos afrase “você é a glicose do meu metabolismo”, comparando com outrasmetáforas do cotidiano dos alunos como “ você é a azeitona da minhaempada. Fazendo assim uma explanação superficial sobre comparação,metáfora e figuras de linguagem.
  6. 6. Percepção de outras linguagens; elaboração deapreciações estéticas e/ou afetivas; elaboração deapreciações relativas a valores éticos e/ou políticos.• Fazendo uso do “data show”, apresentaremos a cena clássicado beijo do Homem Aranha com a Mary Jane. Este recursonos possibilitará trabalhar as sensações geradas pela cenacom seus recursos visuais e auditivos( trilha sonora). Faremosainda a discussão em grupo sobre a afetividade gerada nestescontextos e valores éticos sobre beijos públicos como o dofilme e, ainda da possibilidade fantástica de um romanceentre super-herói e uma pessoa normal.
  7. 7. Percepção de outras linguagens; elaboração deapreciações estéticas e/ou afetivas; elaboração deapreciações relativas a valores éticos e/ou políticos.• Fazendo uso do “data show”, apresentaremos a cena clássicado beijo do Homem Aranha com a Mary Jane. Este recursonos possibilitará trabalhar as sensações geradas pela cenacom seus recursos visuais e auditivos( trilha sonora). Faremosainda a discussão em grupo sobre a afetividade gerada nestescontextos e valores éticos sobre beijos públicos como o dofilme e, ainda da possibilidade fantástica de um romanceentre super-herói e uma pessoa normal.

×