SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
REGISTRO REFLEXIVO DAS ATIVIDADES ENVOLVENDO O LIVRO “O QUE TEM NESTA VENDA? “ ELIAS JOSÉ

       Sou Ana Lúcia Antunes. Leciono na Escola Santo Antônio, em Petrópolis, Rio de Janeiro. Minha turma de 1°
ano é composta de 15 crianças.

       Através do blog oficinasdealfabetizacao, conheci o livro O que tem nesta venda?, de Elias José e algumas
propostas de atividades bem interessantes, as quais pude colocar em prática na minha classe. Como foi muito
relevante o trabalho, cujos resultados foram muito positivos, resolvi compartilhar o registro a seguir.

         Comecei o trabalho com o livro “O que tem nesta venda?”, de Elias José, muito entusiasmada e ansiosa.
Minha turma gosta muito de brincadeiras, textos rimados e sabia que este poderia ser um trabalho interessante.
Iniciei explorando, como sempre faço, a capa do livro, informando sobre o autor e sobre o ilustrador. As crianças
acharam interessante uma pessoa em uma cadeira de rodas. Conversamos sobre isso. Quando perguntei sobre o
que deveria falar este livro, eles responderam que deveria ser sobre alguma loja e que iria mostrar prateleiras com
produtos de um mercado.

       Quando li a primeira parte: “Fui à venda comprar ricota. Como não tinha, comprei torta.” Começaram a rir!
Naquele momento tive a certeza de que gostariam muito do livro. Acharam inusitado, porém não fizeram perguntas.
Fui lendo cada parte e fui deixando um suspense quanto ao produto que ser ia substituído. Cada vez que eu lia
achavam muita graça. Ao término da leitura disseram que gostaram muito e pediram para que eu lesse novamente.
Fui lendo e eles respondendo com a rima correta. Quando terminei de ler perguntei o que acharam interessante.
Luis Eduardo disse: “Eu já entendi. Quando ela não encontra o que quer compra outra coisa que rima!” Todos
perceberam! A pedidos, fiz uma terceira leitura e depois deixei o livro com as crianças, passando de mão em mão
para que vissem de perto! Eles adoram isso!

        Fui perguntando se rimar era fácil, como eles faziam quando queriam rimar e pedi que explicassem. Algumas
crianças disseram que tinha que ter o mesmo som, entretanto não souberam dar mais detalhes. Comecei então a
explorar a rima em nossos nomes. Fui anotando o que iam falando para as rimas dos nomes da classe. Algumas
crianças confundiam o final da palavra com o começo. Assim, quando perguntava sobre uma palavra que rimava
com Gabriel, alguém disse: garoto. Penso que seja porque começa com ga e porque Gabriel é um menino, talvez.
Mas a maioria da turma conseguiu fazer as reflexões sonoras e encontramos diversas rimas. Bacana nisso tudo foi
a alegria na classe! Todos achavam a maior graça em tudo que era falado e inventado. Os que não gostavam da
rima pediam outra.

         Fizemos uma atividade com as rimas do próprio livro. O trabalho era completar uma tabela com as rimas do
livro, afinal queria trabalhar com o Lince, então estávamos apenas começando. O desafio da tarefa era ler o nome
do produto e escrever a rima correta, de acordo com o livro.
Fiz oralmente, como sugerido, a atividade de “ Lá vai a barca carregadinha de...” Utilizei palavras que
davam várias possibilidades de respostas. Todos gostaram muito. Em outra oportunidade fizemos também por
escrito. Gabriel disse que gostou da atividade porque teve que pensar muito para achar as respostas. Maria
Antonia disse que gostou por achar divertido e engraçado. Luis Eduardo gostou porque a barca pode carregar
qualquer coisa.

       Quando a atividade da barca foi escrita (feijão e canela), levei várias palavras em forma de ficha. Umas
terminadas com ão e outras com ela. Eles classificaram os finais para saber em qual barca cada palavra deveria
embarcar. Após, guardei as palavras e fui ditando para que escrevessem no lugar certo. Dessa forma, houve o
primeiro desafio que seria o de classificar e o segundo de refletir na escrita de tais palavras e não ficar apenas
numa tarefa de cópia.

       Parti para o objetivo de reconhecimento das imagens que foram utilizadas no jogo. Fiz uma nova tabela com
as imagens. Eles deveriam escrever os nomes das figuras, mas para não ficar igual à primeira atividade propus uma
ampliação das rimas. Foi uma atividade interessante porque tiveram que pensar em novas rimas a partir de outras
construídas pelo autor. Essas atividades de ampliação das rimas foram interessantíssimas porque propuseram
novas reflexões. A principal foi que puderam observar na prática que um mesmo som pode ter escritas diferentes:
pastel/chapéu pé de moleque/Shrek. Nesse momento pensei que se o tabuleiro do Lince não estivesse pronto eu
poderia ampliá-lo. Também há outra possibilidade: ampliar as cartas que servem de base para a busca das imagens
no tabuleiro. Assim o torna até mais desafiador. Mas isso só se descobre na Prática mesmo!
Levei para a sala de aula diversas palavras para que classificassem. Deixei folhas coloridas coladas no
quadro e disse que teriam que fazer a leitura das palavras e classificar num grupo de rimas. Todos participaram
dando dicas para os colegas. Quando terminamos essas classificações, lemos os grupos e as crianças ilustraram.
Formamos um painel de rimas.




        Propus aos alunos que utilizássemos as rimas com nossos nomes para a criação de um novo livro! Ana
Carolina, muito esperta, disse “ O que tem na venda do 1° ano?” Considero que o processo de pensamento dessas
rimas foi um dos mais produtivos, pois tinham que seguir a linha do livro e foi muito interessante e em alguns
momentos espantoso. Usamos as rimas do trabalho inicial, em alguns casos achamos outras e ainda ampliamos.
Ana foi à venda comprar banana (rima inicial), como não tinha, comprou.... iguana (ampliação), disse Luis Filipe.
Gabriel perguntou o que era iguana e Luis todo metido responde: “É um bicho, você não sabe! Meu pai já me
mostrou num livro de bichos!” Os alunos ficam repetindo oralmente o final de cada palavra até encontrarem uma
rima. Maria Antonia.... onia, onia, onia: colônia/Amazônia. Maria Antonia foi à venda comprar colônia. Como não
tinha, viajou para a Amazônia. A ampliação do vocabulário é outra grande contribuição: histérica, iguana, colônia,
manicure, pequi, América... e tudo isso de forma bem lúdica. A interação entre eles também foi muito positiva!
Certamente se tivesse todos esses objetivos, com atividades tradicionais eu não teria esses resultados.

        No dia 16 de agosto cheguei à sala de aula com um computador para mostrar uma novidade: o Lince no
blog! Fiz a leitura do post e expliquei o jogo. Eles ficaram interessados e intrigados em saber como algo que eu
havia feito estava na internet. Tirei o jogo da bolsa e todos começaram a gritar! Tive que contê-los! Todos queriam ir
para a mesa coletiva para jogar. Aos poucos foram se acalmando. Expliquei as regras e jogamos o Lince fonológico.
Jogaram muito bem, procuraram as imagens e foi uma diversão! Todos gostaram bastante. Como era o jogo de
reflexão fonológica e envolvia o pensamento rápido, todos tiveram a chance de jogar de igual pra igual, inclusive
alguns alunos que possuem mais dificuldades. Como o tabuleiro é feito de vinil, a cada rodada girávamos o tabuleiro
e dessa forma não se decorava a posição das figuras.




         No dia seguinte jogamos o Lince como reconhecimento de palavras. Ficou evidente que quem tem mais
autonomia e fluência na leitura consegue ganhar o jogo. É necessário equilibrar os participantes. Jogávamos sempre
com quatro pessoas. Os outros torciam e aguardavam sua vez. Dessa forma, pude organizar os quartetos para que
o jogo ficasse desafiador e interessante para todos. Durante uma avaliação perguntei a cada aluno qual o tipo de
jogo preferido. Como imaginava, os que ainda não lêem com fluência preferem o lince fonológico e aqueles cuja
leitura já é autônoma, preferem o lince de reconhecimento de palavras. Maria Luiza: “Eu prefiro o jogo de ler porque
eu li rápido e ganhei!”

      Tivemos também uma proposta de escrita na aula de informática. Samuel lia as frases e as crianças
completavam com a rima e escreviam no Word.

      Nosso livro ainda não está pronto porque as crianças ainda estão ilustrando. Em breve mando notícias dele.
Estamos ampliando o trabalho com a música “Sopa” Palavra Cantada. Iremos propor novas rimas para a música.

       Estou terminando a confecção do baralho e do bingo fonológico “O que tem nesta venda?” Vou continuar
explorando. Mandei plastificar para ficar mais resistente.

        Este trabalho para mim foi muito interessante, principalmente por confirmar a ideia de que um trabalho
significativo é a certeza de bons resultados. As crianças estiveram muito motivadas e aprenderam com interesse.
Além disso, todos participaram, inclusive os mais quietinhos, silenciosos. Aproveitei para elogiar o grupo e espero
continuar proporcionando novos desafios e poder mostrar que aprender a ler e escrever pode ser de forma divertida,
alegre e estimulante. O blog da Lica proporciona a qualquer professor novas possibilidades, basta querer.

                                                                 Ana Lúcia Pinto Antunes

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto de Leitura: Minha Escola Lê
Projeto de Leitura: Minha Escola LêProjeto de Leitura: Minha Escola Lê
Projeto de Leitura: Minha Escola LêCirlei Santos
 
Somos todos iguais, porém diferentes!
Somos todos iguais, porém diferentes! Somos todos iguais, porém diferentes!
Somos todos iguais, porém diferentes! Maria da Paz Cerqueira
 
SEQUENCIA DIDÁTICA DO LIVRO AA JOANINHA QUE PERDEU AS PINTINHAS.
SEQUENCIA DIDÁTICA DO LIVRO AA JOANINHA QUE PERDEU AS PINTINHAS.SEQUENCIA DIDÁTICA DO LIVRO AA JOANINHA QUE PERDEU AS PINTINHAS.
SEQUENCIA DIDÁTICA DO LIVRO AA JOANINHA QUE PERDEU AS PINTINHAS.Maria Aparecida Mendes
 
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Fernando Faustino
 
Projeto Borboleta Metamorfose
Projeto Borboleta MetamorfoseProjeto Borboleta Metamorfose
Projeto Borboleta MetamorfoseClaudia Ramos
 
Avaliação adaptada_português (alfabetização)
Avaliação adaptada_português (alfabetização)Avaliação adaptada_português (alfabetização)
Avaliação adaptada_português (alfabetização)Isa ...
 
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiroComo fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiroCarilusa Branchi
 
Sequencia didatica poesia
Sequencia didatica poesiaSequencia didatica poesia
Sequencia didatica poesiaKeila Arruda
 
O corpo humano
O corpo humanoO corpo humano
O corpo humanoIsa ...
 
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de AlfabetizaçãoApostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de AlfabetizaçãoIolanda Sá
 
Plano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência Visual
Plano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência VisualPlano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência Visual
Plano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência VisualCarla Cristina Alves
 
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leituraEMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leituraSMEC PANAMBI-RS
 
Como orientar os alunos com dificuldades na leitura
Como orientar os alunos com dificuldades na leituraComo orientar os alunos com dificuldades na leitura
Como orientar os alunos com dificuldades na leituraDeisilene Ramos
 
Plano de ensino ciências
Plano de ensino   ciênciasPlano de ensino   ciências
Plano de ensino ciênciassimonclark
 
Sequencia didatica dia dos pais 2º ano
Sequencia didatica dia dos pais   2º anoSequencia didatica dia dos pais   2º ano
Sequencia didatica dia dos pais 2º anoAndré Moraes
 

Mais procurados (20)

Projeto de Leitura: Minha Escola Lê
Projeto de Leitura: Minha Escola LêProjeto de Leitura: Minha Escola Lê
Projeto de Leitura: Minha Escola Lê
 
Somos todos iguais, porém diferentes!
Somos todos iguais, porém diferentes! Somos todos iguais, porém diferentes!
Somos todos iguais, porém diferentes!
 
Sequência didática a casa e seu dono (1)
Sequência didática a casa e seu dono (1)Sequência didática a casa e seu dono (1)
Sequência didática a casa e seu dono (1)
 
SEQUENCIA DIDÁTICA DO LIVRO AA JOANINHA QUE PERDEU AS PINTINHAS.
SEQUENCIA DIDÁTICA DO LIVRO AA JOANINHA QUE PERDEU AS PINTINHAS.SEQUENCIA DIDÁTICA DO LIVRO AA JOANINHA QUE PERDEU AS PINTINHAS.
SEQUENCIA DIDÁTICA DO LIVRO AA JOANINHA QUE PERDEU AS PINTINHAS.
 
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012
 
Projeto Borboleta Metamorfose
Projeto Borboleta MetamorfoseProjeto Borboleta Metamorfose
Projeto Borboleta Metamorfose
 
Avaliação adaptada_português (alfabetização)
Avaliação adaptada_português (alfabetização)Avaliação adaptada_português (alfabetização)
Avaliação adaptada_português (alfabetização)
 
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiroComo fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
 
Sequencia didatica poesia
Sequencia didatica poesiaSequencia didatica poesia
Sequencia didatica poesia
 
O corpo humano
O corpo humanoO corpo humano
O corpo humano
 
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de AlfabetizaçãoApostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
 
Vaca Amarela 2
Vaca Amarela 2Vaca Amarela 2
Vaca Amarela 2
 
Rotina pronta
Rotina prontaRotina pronta
Rotina pronta
 
Plano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência Visual
Plano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência VisualPlano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência Visual
Plano de Aula de Ciências Inclusiva - Aluno com Deficiência Visual
 
Carteirinha biblioteca
Carteirinha bibliotecaCarteirinha biblioteca
Carteirinha biblioteca
 
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leituraEMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
EMEI PQ'Ninos - Sacola da leitura
 
Como orientar os alunos com dificuldades na leitura
Como orientar os alunos com dificuldades na leituraComo orientar os alunos com dificuldades na leitura
Como orientar os alunos com dificuldades na leitura
 
Plano de ensino ciências
Plano de ensino   ciênciasPlano de ensino   ciências
Plano de ensino ciências
 
Projeto o folclore
Projeto o folcloreProjeto o folclore
Projeto o folclore
 
Sequencia didatica dia dos pais 2º ano
Sequencia didatica dia dos pais   2º anoSequencia didatica dia dos pais   2º ano
Sequencia didatica dia dos pais 2º ano
 

Semelhante a Registro completo O que tem nesta venda?

Palestra doutora Fabiana Rodrigues Cruvinel -PNAIC 2013
Palestra doutora Fabiana Rodrigues Cruvinel -PNAIC 2013Palestra doutora Fabiana Rodrigues Cruvinel -PNAIC 2013
Palestra doutora Fabiana Rodrigues Cruvinel -PNAIC 2013Rosemary Batista
 
Atividade biblioteca nivando
Atividade biblioteca nivandoAtividade biblioteca nivando
Atividade biblioteca nivandoRosemary Batista
 
1º ano c profª amanda Antonio Moral
1º ano c   profª amanda Antonio Moral1º ano c   profª amanda Antonio Moral
1º ano c profª amanda Antonio MoralRosemary Batista
 
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014Claudio Pessoa
 
Sequência gabriela 1
 Sequência gabriela 1 Sequência gabriela 1
Sequência gabriela 1Marisa Seara
 
Trabalhando um projeto
Trabalhando um projetoTrabalhando um projeto
Trabalhando um projetoAna Antunes
 
Porquê Ler ao meu Bebé?
Porquê Ler ao meu Bebé?Porquê Ler ao meu Bebé?
Porquê Ler ao meu Bebé?Henrique Santos
 
Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013
Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013
Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013silviacerqueira1
 
Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013
Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013
Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013silviacerqueira1
 
Trabalhando alfabetização
Trabalhando alfabetizaçãoTrabalhando alfabetização
Trabalhando alfabetizaçãoMarly Freitas
 
Entrevista m teresa g
Entrevista m teresa gEntrevista m teresa g
Entrevista m teresa gHugo Moreira
 
Trilhas pedagógicas correta pronta
Trilhas pedagógicas correta prontaTrilhas pedagógicas correta pronta
Trilhas pedagógicas correta prontaTatiana Schiavon
 
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2Graça Sousa
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02moborba
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02moborba
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02moborba
 

Semelhante a Registro completo O que tem nesta venda? (20)

A galinha ruiva
A galinha ruivaA galinha ruiva
A galinha ruiva
 
Palestra doutora Fabiana Rodrigues Cruvinel -PNAIC 2013
Palestra doutora Fabiana Rodrigues Cruvinel -PNAIC 2013Palestra doutora Fabiana Rodrigues Cruvinel -PNAIC 2013
Palestra doutora Fabiana Rodrigues Cruvinel -PNAIC 2013
 
Atividade biblioteca nivando
Atividade biblioteca nivandoAtividade biblioteca nivando
Atividade biblioteca nivando
 
1º ano c profª amanda Antonio Moral
1º ano c   profª amanda Antonio Moral1º ano c   profª amanda Antonio Moral
1º ano c profª amanda Antonio Moral
 
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO TOMÉ NO SEMINÁRIO FINAL DO PNAIC 2014
 
Sequência gabriela 1
 Sequência gabriela 1 Sequência gabriela 1
Sequência gabriela 1
 
Trabalhando um projeto
Trabalhando um projetoTrabalhando um projeto
Trabalhando um projeto
 
Porquê Ler ao meu Bebé?
Porquê Ler ao meu Bebé?Porquê Ler ao meu Bebé?
Porquê Ler ao meu Bebé?
 
Relato ocridalina
Relato ocridalinaRelato ocridalina
Relato ocridalina
 
Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013
Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013
Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013
 
Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013
Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013
Planejamento semanal 06_05 a 10_05_2013
 
Trabalhando alfabetização
Trabalhando alfabetizaçãoTrabalhando alfabetização
Trabalhando alfabetização
 
Entrevista m teresa g
Entrevista m teresa gEntrevista m teresa g
Entrevista m teresa g
 
Trilhas pedagógicas correta pronta
Trilhas pedagógicas correta prontaTrilhas pedagógicas correta pronta
Trilhas pedagógicas correta pronta
 
Atividades sequenciadas
Atividades sequenciadas Atividades sequenciadas
Atividades sequenciadas
 
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
 
Atividades sequenciadas para alfabetizar letrando
Atividades sequenciadas para alfabetizar letrandoAtividades sequenciadas para alfabetizar letrando
Atividades sequenciadas para alfabetizar letrando
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
 

Último

19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzAlexandrePereira818171
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 

Último (20)

19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 

Registro completo O que tem nesta venda?

  • 1. REGISTRO REFLEXIVO DAS ATIVIDADES ENVOLVENDO O LIVRO “O QUE TEM NESTA VENDA? “ ELIAS JOSÉ Sou Ana Lúcia Antunes. Leciono na Escola Santo Antônio, em Petrópolis, Rio de Janeiro. Minha turma de 1° ano é composta de 15 crianças. Através do blog oficinasdealfabetizacao, conheci o livro O que tem nesta venda?, de Elias José e algumas propostas de atividades bem interessantes, as quais pude colocar em prática na minha classe. Como foi muito relevante o trabalho, cujos resultados foram muito positivos, resolvi compartilhar o registro a seguir. Comecei o trabalho com o livro “O que tem nesta venda?”, de Elias José, muito entusiasmada e ansiosa. Minha turma gosta muito de brincadeiras, textos rimados e sabia que este poderia ser um trabalho interessante. Iniciei explorando, como sempre faço, a capa do livro, informando sobre o autor e sobre o ilustrador. As crianças acharam interessante uma pessoa em uma cadeira de rodas. Conversamos sobre isso. Quando perguntei sobre o que deveria falar este livro, eles responderam que deveria ser sobre alguma loja e que iria mostrar prateleiras com produtos de um mercado. Quando li a primeira parte: “Fui à venda comprar ricota. Como não tinha, comprei torta.” Começaram a rir! Naquele momento tive a certeza de que gostariam muito do livro. Acharam inusitado, porém não fizeram perguntas. Fui lendo cada parte e fui deixando um suspense quanto ao produto que ser ia substituído. Cada vez que eu lia achavam muita graça. Ao término da leitura disseram que gostaram muito e pediram para que eu lesse novamente. Fui lendo e eles respondendo com a rima correta. Quando terminei de ler perguntei o que acharam interessante. Luis Eduardo disse: “Eu já entendi. Quando ela não encontra o que quer compra outra coisa que rima!” Todos perceberam! A pedidos, fiz uma terceira leitura e depois deixei o livro com as crianças, passando de mão em mão para que vissem de perto! Eles adoram isso! Fui perguntando se rimar era fácil, como eles faziam quando queriam rimar e pedi que explicassem. Algumas crianças disseram que tinha que ter o mesmo som, entretanto não souberam dar mais detalhes. Comecei então a explorar a rima em nossos nomes. Fui anotando o que iam falando para as rimas dos nomes da classe. Algumas crianças confundiam o final da palavra com o começo. Assim, quando perguntava sobre uma palavra que rimava com Gabriel, alguém disse: garoto. Penso que seja porque começa com ga e porque Gabriel é um menino, talvez. Mas a maioria da turma conseguiu fazer as reflexões sonoras e encontramos diversas rimas. Bacana nisso tudo foi a alegria na classe! Todos achavam a maior graça em tudo que era falado e inventado. Os que não gostavam da rima pediam outra. Fizemos uma atividade com as rimas do próprio livro. O trabalho era completar uma tabela com as rimas do livro, afinal queria trabalhar com o Lince, então estávamos apenas começando. O desafio da tarefa era ler o nome do produto e escrever a rima correta, de acordo com o livro.
  • 2. Fiz oralmente, como sugerido, a atividade de “ Lá vai a barca carregadinha de...” Utilizei palavras que davam várias possibilidades de respostas. Todos gostaram muito. Em outra oportunidade fizemos também por escrito. Gabriel disse que gostou da atividade porque teve que pensar muito para achar as respostas. Maria Antonia disse que gostou por achar divertido e engraçado. Luis Eduardo gostou porque a barca pode carregar qualquer coisa. Quando a atividade da barca foi escrita (feijão e canela), levei várias palavras em forma de ficha. Umas terminadas com ão e outras com ela. Eles classificaram os finais para saber em qual barca cada palavra deveria embarcar. Após, guardei as palavras e fui ditando para que escrevessem no lugar certo. Dessa forma, houve o primeiro desafio que seria o de classificar e o segundo de refletir na escrita de tais palavras e não ficar apenas numa tarefa de cópia. Parti para o objetivo de reconhecimento das imagens que foram utilizadas no jogo. Fiz uma nova tabela com as imagens. Eles deveriam escrever os nomes das figuras, mas para não ficar igual à primeira atividade propus uma
  • 3. ampliação das rimas. Foi uma atividade interessante porque tiveram que pensar em novas rimas a partir de outras construídas pelo autor. Essas atividades de ampliação das rimas foram interessantíssimas porque propuseram novas reflexões. A principal foi que puderam observar na prática que um mesmo som pode ter escritas diferentes: pastel/chapéu pé de moleque/Shrek. Nesse momento pensei que se o tabuleiro do Lince não estivesse pronto eu poderia ampliá-lo. Também há outra possibilidade: ampliar as cartas que servem de base para a busca das imagens no tabuleiro. Assim o torna até mais desafiador. Mas isso só se descobre na Prática mesmo!
  • 4.
  • 5. Levei para a sala de aula diversas palavras para que classificassem. Deixei folhas coloridas coladas no quadro e disse que teriam que fazer a leitura das palavras e classificar num grupo de rimas. Todos participaram dando dicas para os colegas. Quando terminamos essas classificações, lemos os grupos e as crianças ilustraram. Formamos um painel de rimas. Propus aos alunos que utilizássemos as rimas com nossos nomes para a criação de um novo livro! Ana Carolina, muito esperta, disse “ O que tem na venda do 1° ano?” Considero que o processo de pensamento dessas rimas foi um dos mais produtivos, pois tinham que seguir a linha do livro e foi muito interessante e em alguns momentos espantoso. Usamos as rimas do trabalho inicial, em alguns casos achamos outras e ainda ampliamos. Ana foi à venda comprar banana (rima inicial), como não tinha, comprou.... iguana (ampliação), disse Luis Filipe. Gabriel perguntou o que era iguana e Luis todo metido responde: “É um bicho, você não sabe! Meu pai já me mostrou num livro de bichos!” Os alunos ficam repetindo oralmente o final de cada palavra até encontrarem uma rima. Maria Antonia.... onia, onia, onia: colônia/Amazônia. Maria Antonia foi à venda comprar colônia. Como não tinha, viajou para a Amazônia. A ampliação do vocabulário é outra grande contribuição: histérica, iguana, colônia, manicure, pequi, América... e tudo isso de forma bem lúdica. A interação entre eles também foi muito positiva! Certamente se tivesse todos esses objetivos, com atividades tradicionais eu não teria esses resultados. No dia 16 de agosto cheguei à sala de aula com um computador para mostrar uma novidade: o Lince no blog! Fiz a leitura do post e expliquei o jogo. Eles ficaram interessados e intrigados em saber como algo que eu havia feito estava na internet. Tirei o jogo da bolsa e todos começaram a gritar! Tive que contê-los! Todos queriam ir para a mesa coletiva para jogar. Aos poucos foram se acalmando. Expliquei as regras e jogamos o Lince fonológico. Jogaram muito bem, procuraram as imagens e foi uma diversão! Todos gostaram bastante. Como era o jogo de reflexão fonológica e envolvia o pensamento rápido, todos tiveram a chance de jogar de igual pra igual, inclusive
  • 6. alguns alunos que possuem mais dificuldades. Como o tabuleiro é feito de vinil, a cada rodada girávamos o tabuleiro e dessa forma não se decorava a posição das figuras. No dia seguinte jogamos o Lince como reconhecimento de palavras. Ficou evidente que quem tem mais autonomia e fluência na leitura consegue ganhar o jogo. É necessário equilibrar os participantes. Jogávamos sempre com quatro pessoas. Os outros torciam e aguardavam sua vez. Dessa forma, pude organizar os quartetos para que o jogo ficasse desafiador e interessante para todos. Durante uma avaliação perguntei a cada aluno qual o tipo de jogo preferido. Como imaginava, os que ainda não lêem com fluência preferem o lince fonológico e aqueles cuja leitura já é autônoma, preferem o lince de reconhecimento de palavras. Maria Luiza: “Eu prefiro o jogo de ler porque eu li rápido e ganhei!” Tivemos também uma proposta de escrita na aula de informática. Samuel lia as frases e as crianças completavam com a rima e escreviam no Word. Nosso livro ainda não está pronto porque as crianças ainda estão ilustrando. Em breve mando notícias dele. Estamos ampliando o trabalho com a música “Sopa” Palavra Cantada. Iremos propor novas rimas para a música. Estou terminando a confecção do baralho e do bingo fonológico “O que tem nesta venda?” Vou continuar explorando. Mandei plastificar para ficar mais resistente. Este trabalho para mim foi muito interessante, principalmente por confirmar a ideia de que um trabalho significativo é a certeza de bons resultados. As crianças estiveram muito motivadas e aprenderam com interesse. Além disso, todos participaram, inclusive os mais quietinhos, silenciosos. Aproveitei para elogiar o grupo e espero continuar proporcionando novos desafios e poder mostrar que aprender a ler e escrever pode ser de forma divertida, alegre e estimulante. O blog da Lica proporciona a qualquer professor novas possibilidades, basta querer. Ana Lúcia Pinto Antunes